Página 1 dos resultados de 259 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

O original evidente em Fructuoso Vianna: as canções; O original evidente em Fructuoso Vianna: as canções

Castro, Marcos Camara de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
75.87%
Através de análises detalhadas de suas canções, este trabalho tem dois objetivos principais: 1) demonstrar a grandeza e a importância da obra de Fructuoso Vianna na história da música brasileira, através do estudo de seu idiomático; e 2) colocar à disposição do público uma edição crítica e completa de sua canção de câmara, para estudo, performance e divulgação. Vianna desenvolveu sua linguagem ao mesmo tempo em que no Brasil e no mundo conviviam as mais diferentes poéticas musicais. No período que vai de seu nascimento, 1896, até sua morte, em 1976, o mundo assistiu ao drama musical wagneriano, ao modernismo de Debussy, à revolução solitária de Stravinsky, ao charme de Ravel, às experiências com a atonalidade realizadas pela II Escola de Viena, ao pancromatismo de Bártok, ao serialismo etc. Especificamente em nosso país houve a questão do nacionalismo veementemente preconizada por Mário de Andrade, para a qual Vianna também não fechou os olhos (influência que, no entanto, não deve ser superestimada). Ao longo destas páginas será possível constatar que Vianna tinha propósitos claros de escrita vocal e pianística, carregando de sentido uma palavra de acordo com sua necessidade de expressão e...

A historiografia da música popular no Brasil (1971-1999); The historiography of popular music in Brazil (1971-1999)

Baia, Silvano Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/12/2010 PT
Relevância na Pesquisa
85.93%
Esta tese apresenta um estudo da historiografia da música popular no Brasil, realizada nos programas de pós-graduação em História, nos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro, no período delimitado entre o início da década de 1970 até o final da década de 1990. A pesquisa identifica e analisa temáticas, conteúdos, abordagens, conceitos, fontes e metodologias. Pretende também entender as agendas, dinâmicas e tendências de pesquisa, bem como seus influxos estéticos e ideológicos ao longo do tempo. Constitui-se num mapa analítico da historiografia da música popular no Brasil, a partir de uma perspectiva crítica. Apresenta uma reflexão histórica e teórico-metodológica, revisando o processo de formação e afirmação de um campo de estudos inscrito nas Ciências Humanas e, particularmente, na História.; This thesis presents a study on the historiography of popular music in Brazil which was developed in post-graduate education programs in History, in the states of São Paulo and Rio de Janeiro. delimited within the timeframe between the beginning of the 1970's and the end of the 1990's. This work aims at identifying and analyzing thematics, contents, as well as approaches, concepts, sources and methodologies. Another purpose for this work is to comprehend the agendas and dynamics of the researches...

Saudade do Brasil: Tom Jobim na cena musical brasileira (1963-1976); Saudade do Brasil: Tom Jobim in the brazilian musical scene (1963/1976)

Poletto, Fabio Guilherme
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.94%
Este trabalho é um estudo da obra do compositor Antonio Carlos Jobim e suas intersecções com o cenário musical brasileiro no período de 1963/1976. Seu objetivo é mapear as principais características estéticas da música de Jobim e avaliar suas ressonâncias no cenário cultural do país. Para tanto, examina os fonogramas originais gravados, manuscritos de composições, textos originais, entrevistas e avaliações críticas que circularam na imprensa brasileira no período. A análise destas ressonâncias busca o entendimento da formação de um espaço público de debates, cuja arena musical incorporou discussões sobre a modernização do país, da música popular e suas interfaces com a sociedade. Considera as especificidades da produção musical e as tensões resultantes de sua veiculação pela indústria fonográfica. Avalia o papel das instâncias de crítica cultural e de reconhecimento estético da música popular na formação de um cânone da música brasileira. Avalia a ação do Estado autoritário como indutor de projetos modernizantes, políticas culturais e ao mesmo tempo, como executor de práticas de censura. Em um sentido mais profundo, examina as perspectivas históricas que alimentaram a estética de Tom Jobim...

Entre palcos e páginas: a produção escrita por mulheres sobre música na história da educação musical no Brasil ( 1907-1958); Between stages and pages: womens written production about music in the history of musical education in Brazil (1907-1958).

Igayara-Souza, Susana Cecilia Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
76.07%
Estudo histórico que tem por objetivo localizar e analisar a produção escrita por mulheres sobre música, relacionada a diversos contextos educacionais no Brasil, durante as primeiras cinco décadas do século XX. Como fontes, foram consultadas as publicações inventariadas na pesquisa, documentos manuscritos de arquivos históricos, documentos oficiais, periódicos, iconografia e arquivos pessoais de professoras. O 1º capítulo é dedicado a uma visão de conjunto sobre a produção escrita por mulheres sobre música. O capítulo 2 analisa as primeiras décadas e estabelece uma discussão sobre as representações de música brasileira e europeia na educação musical. O capítulo 3 trata da música na escola formal e da participação de mulheres no canto orfeônico, considerando o processo de institucionalização e escolarização da música e o papel da publicação de hinários, cancioneiros e livros didáticos nesse processo. O capítulo 4 aborda a formação de professores e a pedagogia da escola nova, destacando os conflitos na historiografia e na prática do canto orfeônico. O capítulo 5 concentra-se na formação artística, tendo por foco o ensino especializado de música, a presença de mulheres na atividade artística e as representações sobre o feminino. São analisados três exemplos da produção escrita...

Tom Jobim e a moderna música popular brasileira - os anos 1950/60; Tom Jobim and the modern Brazilian popular music - the years 1950/60

Suzigan, Maria Lucia Cruz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.96%
Este trabalho é um estudo da obra do compositor Antonio Carlos Jobim. Seu objetivo é mostrar a sua importante contribuição para a modernização da música popular brasileira a partir da segunda metade da década de 1950, através de análises de partituras, gravações em LPs, CDs e DVDs, livros e trabalhos acadêmicos. Analisa as referências que traz do Impressionismo Francês, particularmente da obra do compositor Claude Debussy, assim como os diálogos com as obras de Villa-Lobos e de compositores da música popular brasileira e norte americana da primeira metade do século XX. Estuda ainda, a presença constante da paisagem carioca, da beleza do mar, das florestas, da Mata Atlântica em especial, dos pássaros, da força das águas, dos rios, como elementos fundamentais na inspiração sonora em suas composições instrumentais e poéticas, em suas canções, entrevistas e livros. Mostra também um pouco da sua história e a grande preocupação que sempre teve com a preservação ambiental.; This work is a study of the composer Antonio Carlos Jobims musical work. The aim is to show his important contribution to the modernization of Brazilian popular music from the second half of the 1950s, through the analysis of his scores...

Almirante, "a mais alta patente do rádio", e a construção da história da música popular brasileira (1938-1958); Almirante, "the highest rank in the radio", and the construction of the history of Brazilian popular music (1938-1958)

Lima, Giuliana Souza de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
86.05%
Esta investigação tem como objetivo central discutir peculiaridades da historiografia da música popular brasileira na primeira metade do século XX, por meio da trajetória de um de seus precursores: Almirante (Henrique Foreis Domingues, Rio de Janeiro, 1908-1980). Além de ter se tornado conhecido como a mais alta patente do rádio já no final da década de 1930, em razão de sua importância para a profissionalização e diversificação da programação radiofônica, Almirante teve papel fundamental nos estudos sobre a história da música popular brasileira, integrando o que podemos chamar de sua primeira geração de historiadores. Seus programas eram caracterizados pela organização e preocupação em conferir valor científico aos temas abordados que abrangiam do folclore à música urbana difundida pelos meios de comunicação em massa , e baseados em pesquisas que contribuíram para a formação de um vasto arquivo sobre música popular, o qual deu origem e sentido ao Museu da Imagem e do Som (MIS-RJ), em 1965. Almirante, junto com outros nomes de sua geração, foi responsável pela seleção, organização, compilação, e arquivamento de registros, estabelecendo hierarquias, determinando recortes, problemas e, assim...

Compassos e descompassos – Notas sobre a história da música popular brasileira

Leal, Luã Ferreira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Relevância na Pesquisa
96.05%
Em “Compassos e descompassos: notas sobre a história da música popular brasileira” trato das proposições de intelectuais acerca da identidade nacional e musical do Brasil. José Ramos Tinhorão, Ricardo Cravo Albin e Sérgio Cabral são os intelectuais escolhidos, pois em suas obras lançaram interpretações sobre as transformações ocorridas na esfera da produção musical a partir da década de 1960, quando começou a despontar no campo dos estudos e da crítica sobre a música popular. Tendo atuado como peritos do tema, em suas procuras pelo “autêntico” e pelo “nacional”, estes intelectuais construíram narrativas históricas sobre a música popular brasileira. Estas, forjadas por Tinhorão, Cravo Albin e Cabral, foram examinadas a fim de verificar como se insere em suas respectivas análises a busca pela autenticidade e pelo nacional-popular. Foram abordados os sistemas classificatórios em relação à categoria “música popular brasileira”. A metodologia privilegiou a análise textual para cotejar a produção intelectual desses mediadores culturais. A questão premente nesta investigação, portanto, é compreender a atuação desses mediadores culturais na constituição de lugares para determinados artistas e “gêneros” musicais em narrativas de longa duração das transformações no campo musical brasileiro. Para isso analisa-se em algumas obras de Tinhorão...

Um maestro no gabinete : musica e politica no tempo de Villa-Lobos

Analia Chernavsky
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
75.81%
Revisando a memória de um dos mitos mais importantes da história da música brasileira - Heitor Villa-Lobos - este texto recupera a sua trajetória como funcionário público (1932-1947) a serviço de um plano de educação cívicoartística baseado em princípios derivados de uma vertente do nacionalismo musical filiada ao movimento modernista. Embora pautadas sobre uma consicente identificação ideológica, as relações estabelecidas entre artista e Estado durante os quinze anos que marcaram o governo Vargas, apresentaram alguns momentos de tensão, que exprimiam descompassos ou algumas pequenas divergências, sempre sanadas com presteza.

Choro para piano e orquestra de Camargo Guarnieri : formalismo estrutural e presença de aspectos da musica brasileira

Mauricio Zamith Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2000 PT
Relevância na Pesquisa
95.93%
Esta pesquisa tem como objeto de estudo o Chôro para piano e orquestra de Camargo Guarnieri, obra através da qual analisa a relação entre os aspectos da música brasileira e o formalismo estrutural que caracteriza a produção do compositor. Antes, a pesquisa estabelece uma contextualização da vida e da obra de Camargo Guarnieri no cenário musical brasileiro, iniciando-se com um capítulo que aborda exclusivamente os dados biográficos do compositor: sua herança cultural interiorana, seus professores e mestres mais significativos, sua afirmação artística. Em seguida a dissertação traz um capítulo que envolve a presença de Camargo Guarnieri o nacionalismo brasileiro, compreendendo as origens do movimento, a inserção natural de Camargo Guarnieri na estética nacionalista e o envolvimento do compositor, ainda muito jovem, com o mentor intelectual do nacionalismo musical brasileiro: Mário de Andrade. O terceiro capítulo contextualiza o Chôro para piano e orquestra dentro do momento histórico em que foi composto - a década de 50, período emblemático da história da música brasileira. Em função do padrão clássico de estruturação formal que caracteriza a obra, este capítulo também estuda a relação de Camargo Guarnieri - assim como da corrente nacionalista em geral -com o neo classicismo. Na seqüência é traçado um histórico contendo informações gerais da obra. O quarto capítulo traz uma análise musical do Chôro para piano e orquestra...

Princípios de observação em três obras historiográficas panorâmicas sobre a música brasileira; Principles of observation in three panoramic historiographical Works on Brazilian music

Guilhermina Maria Lopes de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
76.05%
Partindo de uma concepção de História como um conjunto de discursos interpretativos sobre o passado, o presente trabalho teve por objetivo analisar três obras historiográficas panorâmicas sobre a música brasileira, escritas em diferentes momentos do século XX: A musica no Brasil desde os tempos coloniaes ate o primeiro decenio da Republica (1908), de Guilherme de Mello, 150 anos de musica no Brasil (1800-1950) (1956), de Luiz Heitor Correa de Azevedo e História da Música no Brasil (1981), de Vasco Mariz. Destacamos, nos referidos textos, princípios de observação, considerando dados biográficos dos autores, o contexto sociopolítico e cultural em que se inserem, aspectos metodológicos de suas obras, suas principais referências teóricas, as personalidades e instituições destacadas, bem como sua conceituação de música popular e erudita e sua abordagem de questões relativas a raça, nação e gênero. Observamos nas três obras uma forte relação entre nacionalismo e música, refletida na divisão estrutural dos livros, no juízo estético dos autores e no estabelecimento de um cânone artístico. Conjectura-se a relação entre o nacionalismo dos textos e a exaltação nacional presente nos distintos momentos políticos em que foram produzidos (início do período republicano...

A linhagem samba-bossa-MPB: sobre a construção de um discurso de tradição da música popular brasileira

Baia,Silvano Fernandes
Fonte: Escola de Música da UFMG Publicador: Escola de Música da UFMG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.94%
Este artigo apresenta um estudo acerca da construção dos discursos sobre música popular urbana no Brasil, desde o momento formativo dos primeiros textos historiográficos sobre o objeto, até a proposição da "linha evolutiva" e a institucionalização da MPB. Neste período, que vai da década de 1930 até o final dos anos 1960, constituiu-se uma linhagem da música popular no Brasil que tem como eixo central o samba carioca, em torno do qual formou-se um sistema sociocultural e um pensamento histórico-sociológico. A ideia desta linhagem, como articuladora da tradição da música popular brasileira, foi a concepção dominante sobre esta música até por volta dos anos 1980. Mesmo perdendo força e sendo submetida à crítica por pesquisas recentes, até hoje é um dos parâmetros para o debate sobre a produção e recepção da música no Brasil.

O Udigrudi da pernambucália: história e música do Recife (1968-1976)

Carlos de Oliveira Luna, João; Cristina Martins Guillen, Isabel (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.06%
A narrativa que se tem em mãos, apresenta uma discussão histórica acerca da música brasileira dos anos 1970, com foco para uma especifica atividade cultural/contracultural de jovens Pernambucanos nas artes; mais precisamente na música experimental, sem perder de vista as manifestações teatrais, cinematográficas e de artes plásticas que se desenvolveram, em proximidade do campo de produção da música pop, roqueira e experimental no Recife. Tal escrita se dividiu em três capítulos, que problematizam o fazer cultural experimental e marginalizado nas especificidades cotidianas das paisagens e das vozes de alguns personagens emblemáticos daquela temporalidade. Sobretudo, encontra-se um debate sobre a atuação do corpo histórico em função da arte música, literatura, poesia, fotografia, teatro, pintura, cinema... nos anos de rígida ditadura militar brasileira. O fazer cultural a que se refere, segue algumas específicas proposições metodológicas do historiador francês Michel de Certeau, e funciona também como suporte teórico da escrita que se volta para uma figuração da antidisciplina Michel Foucault , da errância Michel Maffesoli , e do dionisíaco Friedrich Nietzsche ...

De Petrópolis a Pasárgada : o cancioneiro de Guerra-Peixe : contextualização, processo criativo e análise; Petrópolis to Pasárgada : the songbook of Guerra-Peixe : constextualization, creative process and analysis

Joaquim Inacio De Nonno
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.77%
A obra de César Guerra-Peixe cumpriu notável trajetória dentro da história da música brasileira contemporânea. Nascida à luz de uma educação musical variada incluindo o convívio com a festa popular, ela cortejou o dodecafonismo, refutou-o num segundo momento e terminou entregando-se a uma das pesquisas folclóricas mais densas e sérias feitas sobre raízes brasileiras em seu tempo. Este trabalho consiste em relacionar, digitalizar, rever, analisar e estabelecer uma proposta de interpretação para todas as canções de câmara listadas pelo próprio Guerra-Peixe em sua "Relação de Obras para Canto". Excetuaram-se apenas os ciclos de canções Drummondiana e Sumidouro, que foram abordados na nossa dissertação de mestrado (1997). Tomando como fio condutor a trajetória intelectual minunciosamente anotada pelo próprio compositor, pretendeu-se acompanhar o seu processo criativo e verificar como isso impacta uma possível interpretação de sua obra vocal. Entre os elementos observados consideraram-se, sobretudo, as influências culturais marcadas, num primeiro momento pela personalidade e Hans Joachim Koellreutter. Posteriormente pela vivência e pelas pesquisas realizadas no Estado de Pernambuco e no Estado de São Paulo. Ao longo de nossa pesquisa pudemos observar...

Mário de Andrade e a Música Brasileira

Contier, Arnaldo Daraya
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/1994 POR
Relevância na Pesquisa
75.96%
Mário de Andrade defendia a pesquisa do folclore como a principal fonte temática e técnica do compositor erudito preocupado com a criação de uma música nacionalista e brasileira, durante as décadas de 1920 e 30. O projeto de Mário de Andrade explicitou-se na sua poesia "Paulicéia Desvairada", no "Prefácio Interessantíssimo" (sons e palavras) e n'A Escrava que não era Isaura (traços futuristas e nacionalistas). O programa doutrinário e programático sobre a construção do discurso a respeito da nacionalização da música no Brasil foi defendido pelo autor de Macunaíma nos seguintes textos: O ensaio sobre a música brasileira; Compêndio de História da Música; Introdução à Estética Musical; Evolução social da música brasileira (1939); o texto de colorações políticas para a ópera Café; O Banquete, artigos editados no Música, doce música; críticas publicadas no rodapé semanal da Folha da Manhã, sob o título de "O mundo musical" (início dos anos 40).

Súditos da rebelião: estrutura de sentimento da Nova MPB (2009-2015); Vassals of rebellion: the Nova MPB structure of feeling (2009-2015)

Gatti, Vanessa Vilas Boas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.02%
Este trabalho analisa a inserção de um grupo de músicos e compositores que surge no final da década de 2000 em São Paulo, denominado Nova MPB, num arranjo de forças que constitui o campo da música popular brasileira. Trata-se de caracterizar a estrutura de sentimento, definindo princípios implícitos e explícitos que permeiam a formação da Nova MPB, cristalizada na sua produção musical. Partindo do pressuposto de que a produção musical é uma produção social, o enredamento que sofrem esses artistas, tanto ao se inserirem num arranjo de forças em curso, quanto nas relações que mantém internas ao grupo, tem efeitos nos seus posicionamentos e composições. O objetivo deste trabalho é problematizar os processos sociais que envolvem a produção musical deste grupo enfocado. Dadas as novas formas de produção, distribuição e divulgação arranjadas pelos artistas, valendo-se de avanços tecnológicos, a Nova MPB colocase como protagonista de uma nova produção musical independente, de maneira autônoma e empreendedora. Os artistas formam uma rede colaborativa abrindo caminhos alternativos aos instituídos pela indústria fonográfica. Ademais, o pertencimento à fração artística da classe média intelectualizada e a proximidade da sonoridade de suas composições...

História e música popular: um mapa de leituras e questões

Napolitano, Marcos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
75.95%
This article intends to be a map of the historiographic questions on Brazilian popular music. Based on my personal experience as scholar, I propose research trends, heuristic problems and methodological debates, which characterize the agenda of popular music studies in Brazil since 1980's, from a historiographic perspective. Besides this points, the article proposes further themes and problems to new researches on Brazilian music.; Este artigo traça um roteiro de leituras e questões teórico-metodológicas em torno da reflexão historiográfica sobre a música popular brasileira. Partindo de uma experiência pessoal de formação e pesquisa, aponto tendências de investigação histórica, problemas heurísticos e debates metodológicos que vêm marcando o campo historiográfico da música popular desde os anos 1980. Além de mapear o estado da arte, o artigo sugere novos temas e problemas de trabalho sobre a música brasileira.

Pixinguinha, Quintessência da Música Popular Brasileira; Pixinguinha, the Brazilian Popular Music Quintessence

Giron, Luís Antônio
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/1997 POR
Relevância na Pesquisa
85.95%
A obra de Pixinguinha é uma das mais representativas para a música popular brasileira do século XX. No âmbito da arte da improvisação contrapontística e da qualidade de composições (duas, mil), é a mais importnte. Desenvolvo neste texto a idéia de que Pixinguinha é um caso único na história da MPB, em que um instrumentista popular, atinge a condição de maestro, arranjador e compositor, além de criar um estilo da execução. Não deixa, portanto, de ser espantoso o fato de el não ter deixado seguidores e de não haver criado uma escola. Para entender o fenômeno, o associo a vida do músico a sua obra, sem postular a precedência de um sobre outra.; The work of the composer, arranger and composer Pixinguinha is one of the most important to the brazilian popular music progress during this century. The Pixinguinha´s quality of contrapunctual imprivisation and his productivity (2.000 titles) place him on the top of the popular music tradition. Pixinguinha ocupies a single place in the MPB history: a popular instrumentist who reached the status of conductor, arranger and composer, besides the invention of a style of improvisation. It is amazing Pixinguinha didn´st let followers or disciples. He didn´s even create a school. The purpose of the article is to understand his fact by linking life and work...

Hino Nacional Brasileiro: que história é esta?; Brazilian National Hymn: which history is this?

Pereira, Avelino Romero Simões
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/1995 POR
Relevância na Pesquisa
75.88%
A música de Francisco Manuel da Silva, que serve de Hino Nacional Brasileiro, e as letras a ela justapostas, do Império à República, foram objeto de uma historiografia da música brasileira produzida num viés nacionalista, que conduziu à heroicização, tanto do compositor, quanto da obra. Neste artigo, o autor tece a crítica desta historiografia, entretecendo uma nova história do himo, à luz de três contextos históricos: a Abdicação de Pedro I (1831), a Coroação de Pedro II (1841) e as primeiras décadas republicanas.; The musical piece of Francisco Manuel da Silva, which is the Brazilian National Hymn, and the several lyrics concerned to it, from the Empire to the Republic, were object of historiography of Brazilian music. those studies were developed under a nationalistic view and considered both, composer and his work, as heroes. In this paper, our main goal was a discussion about that historiography, showing a new history of the hymn under three historical contexts: the Abdication of Pedro I (1831), the Coronation of Pedro II (1841) and the early republican decades.

The "Brazilian obnubilation" theory in Brazilian Music History: Renato Almeida and "The Earth´s Symphony"; A Teoria da Obnubilação Brasílica na História da Música Brasileira: Renato Almeida e "A Sinfonia da Terra"

Volpe, Maria Alice
Fonte: Deartes/Universidade Federal do Paraná Publicador: Deartes/Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 07/07/2008 POR
Relevância na Pesquisa
75.82%
  This paper discusses the historiographical construction of Brazilian musical nationalism by some of its foundational texts. It deals with the mapping of conceptions of national identity in the context of “scientificist” theories that influenced Brazilian social-anthropological thought, literary criticism, and, as proposed by this author, music historiography. The “scientificist” theories were disseminated by the so-called “Recife School” and influenced the authors of the first books the history of Brazilian music. The “Recife School” explained the “national character” according to two theories: the racial and the geographic determinism. In its early phase Brazilian musicology felt the impact of one of the current theories of “national character”, particularly based on geographic determinism. Renato Almeida’s História da Música no Brasil (1928) is analyzed under the light of the “Brazilian obnubilation” theory, proposed by Araripe Júnior, who adopted mesologism and considered the parameter “environment” (climate and geographical set) the predominant factor in the formation of culture. This paper offers a comparative analysis between Araripe Júnior’s ideas and the text in which Almeida proposes that the formation of the Brazilian “national character” was due mostly to the impact of nature on man and his adaptation to the hostile environment of the tropics...

A história da música colonial se esgotou?

Lima, Edilson V.
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
75.84%
Este artigo foi apresentado no III Congresso de Humanas promovido pela Universidade Cruzeiro do Sul e realizado entre os dias 15 e 17 de outubro de 2008. Na ocasião, foi sugerida pela organização do evento a seguinte questão: “A história da música colonial se esgotou?”. Foi, portanto, com base nesta questão, que desenvolvi esse artigo. Evidentemente que não pretendi com essas poucas páginas resolver um debate que vem sendo travado há quase um século. Porém, foi intenção colocar em discussão e, portanto fixar neste escrito, questões que considero fundamentais para uma discussão sobre reflexão teórica e performance da música colonial brasileira.