Página 1 dos resultados de 3265 itens digitais encontrados em 0.040 segundos

Pequenos poemas em prosa: vestígios da leitura ficcional na infância brasileira, nas décadas de 30 e 40; Small poems in prose: traces of reading fictional Brazilian childhood, during the 30s and 40s

Raffaini, Patricia Tavares
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
85.88%
Durante as décadas de 30 e 40, o escritor Monteiro Lobato reuniu e preservou inúmeras cartas enviadas a ele por crianças leitoras, nelas estão registradas muitas opiniões sobre sua obra além de considerações sobre a vida das próprias crianças e como elas viam o mundo a seu redor. A presente pesquisa pretende analisar através dessa fonte documental qual era a recepção da obra infantil de Lobato, naquele período. Abordaremos ainda a circulação dos livros de Lobato assim como as maneiras de leitura praticadas na infância. Como forma de ampliarmos a percepção sobre a recepção da leitura ficcional no período, utilizamos também uma outra rica fonte documental: O jornal produzido pelas crianças freqüentadoras da Biblioteca Infantil Municipal, em São Paulo. Esse jornal intitulado A Voz da Infância veiculava resenhas e comentários de livros escritos pelas crianças, possibilitando assim uma compreensão mais abrangente da recepção da literatura infanto-juvenil, pois mencionava os autores mais lidos no período.; The writer Monteiro Lobato, during the 30s and 40s, reunited and preserved a number of letters sent to him by children who read his books. Those letters had registered many opinions about his work, beyond statements about those kids way of life and their environment. Analyzing this corpus this research wants to show how children realize Lobatos children books...

Leitura de impressos de RPG no Brasil: o satânico e o secular.; The satanic and the secular: the reading of RPG publications in Brazil.

Fairchild, Thomas Massao
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
Este trabalho discute a incorporação de novos materiais pela escola através do estudo da leitura de impressos de RPG (role-playing games, ou jogos de interpretação de papéis). Estes impressos (livros e revistas) começaram a surgir no país por volta de 1990 e no decurso da década se diversificaram bastante, inclusive graças a uma volumosa produção de títulos nacionais. Em 2001, quando uma estudante foi assassinada em Ouro Preto e o crime foi associado à prática dos role-playing games, dois aspectos aparentemente contrários tornaramse evidentes por um lado, a presença de jogos que parodiam temas religiosos e aos quais se atribuiu influência sobre o comportamento criminoso, e por outro, a existência de livros dedicados a assuntos do currículo escolar. Com base numa aliança entre preceitos da História Cultural, da Lingüística e da Psicanálise, este trabalho procura compreender esse trajeto, pensando particularmente no problema de como surgem novos sentidos na leitura e como esses sentidos passam a ser negociados uma vez que se instauram no discurso. Através da descrição de impressos de RPG e da análise de diversos aspectos da sua leitura, manuseio e circulação, o trabalho visa discutir as formas como a linguagem não apenas manifesta...

A leitura e a escrita no silêncio das mulheres : uma intersecção entre psicanálise e cultura; The reading and the writing at womens silence : an intersection between psychoanalysis and culture

Corrêa, Maria Celeste Arantes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
85.96%
Este trabalho investiga como um processo de silenciamento imposto historicamente às mulheres foi capaz de inseri-las parcialmente no mundo da cultura e ao mesmo tempo segregá-las em modos específicos de apropriação, por um triplo processo de apolitização, dessexuação e tutela intelectual, que ao mesmo tempo restringiu-a a campos marginais do consumo e da produção cultural. Analisa também como a via emancipadora da psicanálise, liberando a sexualidade mas privilegiando a lógica fálica obscureceu o papel da mãe, filiandose ao dispositivo foucaultiano da aliança e suas estratégias de poder, especialmente a histerização do corpo da mulher. A inserção feminina no processo de aculturação ressentiu-se de uma aprendizagem e de um ensino excessivamente investidos na escrita e na ausência de oralidade. Ao mesmo tempo surgia uma pretensão à escrita literária não submetida aos processos formais de pertencimento a escolas e a uma sólida tradição na escrita. Esse modo específico de apropriação delimitou para as mulheres gêneros, temas e estilos específicos, tal como aconteceu historicamente em suas práticas de leitura. Desse modo, pela lógica da distinção e pelas suas condições de possibilidade específicas de produção...

Entre palcos e páginas: a produção escrita por mulheres sobre música na história da educação musical no Brasil ( 1907-1958); Between stages and pages: womens written production about music in the history of musical education in Brazil (1907-1958).

Igayara-Souza, Susana Cecilia Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
Estudo histórico que tem por objetivo localizar e analisar a produção escrita por mulheres sobre música, relacionada a diversos contextos educacionais no Brasil, durante as primeiras cinco décadas do século XX. Como fontes, foram consultadas as publicações inventariadas na pesquisa, documentos manuscritos de arquivos históricos, documentos oficiais, periódicos, iconografia e arquivos pessoais de professoras. O 1º capítulo é dedicado a uma visão de conjunto sobre a produção escrita por mulheres sobre música. O capítulo 2 analisa as primeiras décadas e estabelece uma discussão sobre as representações de música brasileira e europeia na educação musical. O capítulo 3 trata da música na escola formal e da participação de mulheres no canto orfeônico, considerando o processo de institucionalização e escolarização da música e o papel da publicação de hinários, cancioneiros e livros didáticos nesse processo. O capítulo 4 aborda a formação de professores e a pedagogia da escola nova, destacando os conflitos na historiografia e na prática do canto orfeônico. O capítulo 5 concentra-se na formação artística, tendo por foco o ensino especializado de música, a presença de mulheres na atividade artística e as representações sobre o feminino. São analisados três exemplos da produção escrita...

Lições de coisas e sua transposição para livros de leitura brasileiros (1907-1945): a história da educação pela clivagem do impresso; Primeiras lições das cousas and its transposition to Brazilian reading books (1907-1945): the history of education seen through printing press process

Medina, Camila Beltrão
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
86.06%
Nos últimos anos, ampliaram-se significativamente os espaços de produção em história da educação no Brasil, provavelmente, em decorrência do crescente número de pesquisadores voltados a estudos que abarquem universos educacionais e escolares. Um balanço das pesquisas mais recentes nesse campo permite observar que as discussões historiográficas sobre a educação se estendem para além das fronteiras dos fatos e dados históricos e evidencia o grande interesse sobre temas voltados a desvendar práticas que constituíram o arcabouço do nosso sistema educacional e pedagógico contemporâneo. Um recurso investigativo reside na análise de materiais didáticos manipulados por professores e alunos que, por estarem presentes no interior das salas de aula, oferecem indícios do que acontecia na escola além do discurso. Desse modo, o trabalho aqui apresentado, pretende analisar Livros de Leitura produzidos entre os anos de 1907 e 1945 basicamente em duas perspectivas: como objeto de estudo e como fonte. No domínio da investigação que considera os materiais didáticos de leitura como objeto de estudo, propõe-se como uma das possibilidades de aprofundamento a melhor compreensão da sua materialidade, destacando o lugar do autor e do editor no contexto de sua produção e circulação. No que diz respeito à análise de conteúdos...

O resgate da história de um sebo na cidade de Rio Claro

Silva, Vânia Cristina Ferreira da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 63 f.
POR
Relevância na Pesquisa
76.06%
Este trabalho foi escrito com intuito de apontar a importância dos sebos na democratização da leitura. Partindo de uma perspectiva metodológica de análise documental e bibliográfica, apresento ao leitor deste trabalho, a história do sebo “Outras Histórias” localizado na cidade de Rio Claro/SP, inaugurado em 1992. Trago depoimentos escritos de quatro dos frequentadores/leitores deste sebo a fim de refletir acerca da importância do mesmo para a democratização da leitura. Faço uma reflexão crítica sobre estes depoimentos escritos traçando um caminho consonante com a minha concepção sobre o papel dos sebos na difusão do ato de ler. Explano também fragmentos de minha história pessoal, falando da minha estreita relação com a prática de leitura e com os livros ao longo de minha vida. Elaboro um breve histórico sobre a história dos livros e da história da leitura para apontar sua evolução juntamente com a evolução da humanidade. Evidencio assim, o papel fundamental que os sebos ocupam na sociedade ao fornecerem, ao mesmo tempo, boas opções de leituras a um preço condizente com a situação econômica da sociedade brasileira, mostrando assim o caráter democrático que o sebo representa

Pesquisa em leitura : um estudo dos resumos de dissertações de mestrado e teses de doutorado defendidas no Brasil, de 1980 a 1995

Norma Sandra de Almeida Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/1999 PT
Relevância na Pesquisa
75.98%
Nesta pesquisa leio e interrogo resumos das dissertações de mestrado e teses de doutorado produzidas no Brasil, de 1980 a 1995, nas faculdades de Letras / Lingüística, Biblioteconomia , Comunicações, Educação e Psicologia. O trabalho se compõe de duas partes. Na primeira, pretendo inventariar, analisar, descrever a trajetória de leitura no Brasil, enquanto campo de produção de conhecimentos, destacando: anos de defesa dos trabalhos; locais de produção; áreas de onde se originam as pesquisas; gênero/sexo dos orientadores e orientandos; e focos temáticos. Na segunda parte, ancorada em BAKHTIN (1997), tomo os resumos como um dos gêneros do discurso ligados à esfera acadêmica, com determinada finalidade e com certas condições específicas de produção. Recorrendo a CHARTIER (1996), interrogo os resumos como objetos possíveis de serem lidos, jogando com os protocolos de leitura inscritos pelo autor e editor nos próprios textos e pelas singularidades que apresentam a partir do suporte material em que aparecem (catálogos impressos e eletrônicos). Considerando que na história da leitura se encontram, se modulam, mutuamente, diferentes pontos de vista" tendências e teorias relacionadas com a esfera acadêmica, levanto as seguintes questões: Seria possível perceber um temário sobre Leitura que se manifesta de alguma maneira em perguntas essenciais nos títulos e nos resumos das dissertações e teses? Seria possível fazer um esforço de interrogar a história da produção acadêmica sobre Leitura...

Impressões em preto e branco : historia da leitura em Mato Grosso na segunda metde do seculo XIX; Impressions in black and white : reading history in Mato Grosso of the second part of the XIX century

Eni Neves da Silva Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.02%
O Mato Grosso, a partir de 1870, iniciou um ciclo de grandes transformações nas áreas política, econômica, social e cultural motivadas, principalmente, pela abertura da navegação pelo rio Paraguai, colocando a província em conexão direta com as repúblicas platinas e com o litoral brasileiro. O presente estudo teve como intuito o rastreamento desta transformação cultural, especialmente no que se refere ao universo da leitura, ocorrida nos arredores dos anos 70 do século XIX. Tendo os jornais mato-grossenses daquela época como ponto de partida, foi constatada a presença de notícias sobre a existência de uma rede de associações culturais ligadas ao teatro e à literatura/leitura, de informações sobre a comercialização de livros em livrarias e sobre a atuação de casas-editoras nacionais e estrangeiras do Rio de Janeiro presentes em Mato Grosso. Foram encontrados também vários textos sobre teoria e crítica literárias, com especial atenção para duas obras de Visconde de Taunay: Inocência e Histórias brasileiras. A análise do material levantado resultou na escrita de parte relevante da história da leitura em Mato Grosso na segunda metade do século XIX.; The Mato Grosso, since 1870, has started a cycle of big changes in politics...

Práticas de usos da leitura e da escrita, situadas na esfera escolar, no âmbito do trabalho docente e da gestão educacional; Reading and writing practices on the school, on the docents working environment and on the educational management

Leila Cristina Borges da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
85.88%
O presente estudo procurou compreender de que maneira acontecem as práticas de usos da escrita e da leitura, situadas na esfera escolar, no âmbito do trabalho docente e da gestão educacional. Baseando-me nos estudos da história cultural (CERTEAU, 1994; GIARD, 2009; MAYOL, 2009) e do letramento na perspectiva da esfera escolar (BUNZEN, 2009 e 2010; KLEIMAN, 1995 e 2001), analisei, especificamente, práticas de usos da escrita e da leitura, vivenciadas na Educação Infantil da rede municipal de ensino de Campinas, as quais envolveram um caderno de recados, um exercício escolar, um contrato de estágio e um planejamento de ensino. Respectivamente, em duas dessas práticas, participei na condição de professora e, nas outras duas, na condição de orientadora pedagógica e de diretora educacional. Como escolha metodológica, procurei indicar aos leitores os caminhos das análises, descrevendo-lhes o entrelaçamento de minhas relações sociais com a pesquisa, revelando as condições de produção em que ela se sustentou. O letramento escolar fora compreendido por mim como algo em mudança e em construção contínua pelos sujeitos que compartilham o trabalho pedagógico cotidiano na escola. As práticas de usos da escrita e da leitura foram analisadas como práticas heterogêneas...

Decência imperial, silêncio republicano: normas e gestualidades da leitura em regimentos e estatutos de bibliotecas (1821-1918)

Denipoti,Cláudio
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
95.99%
Este estudo se refere a algumas bibliotecas brasileiras, localizadas no Rio de Janeiro e no Paraná, durante a segunda metade do século XIX e as primeiras três décadas do século XX. Neste tocante, podemos pensar na instituição e manutenção destas bibliotecas no Brasil como forma de obtermos acesso a diferentes padrões culturais pelo estudo sistemático da História da Leitura. Algumas dessas bibliotecas apresentam conjuntos de regras de comportamento que, ao olhar contemporâneo, causam estranhamento. Certas proibições ajudam a definir universos representativos em torno do livro e da biblioteca, ao passo que as prescrições de comportamento, vestimenta e uso das bibliotecas nos falam sobre as representações civilizatórias e moralizantes da parcela da sociedade brasileira responsável pela criação e manutenção dessas bibliotecas. Essa reflexão pode auxiliar o historiador a compreender melhor práticas de leitura no passado.

Do tablado às livrarias: edição e transmissão de textos teatrais no Rio de Janeiro da segunda metade do século XIX

Souza,Silvia Cristina Martins de
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
85.92%
Neste artigo serão exploradas as relações entre texto e oralidade e entre edição e transmissão de textos teatrais com o objetivo de mostrar que o estudo da materialidade dos textos e suas modalidades de transmissão são essenciais para a compreensão das múltiplas formas de recepção e de apropriação, aspectos caros à chamada história da leitura. O corpus documental analisado é composto por peças teatrais comercializadas no mercado livreiro do Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX que constam do acervo da Biblioteca Nacional e do Real Gabinete Português de Leitura.

Histórias de leituras e de leitores: práticas e representações de leitura em narrativas de professores de diferentes disciplinas escolares

Pena, Selma Costa
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.07%
Nous avons pris comme point de départ le préssuposé que en exerçant ses practiques de lecture en salle de classe, les professeurs récuperent des signes de ses expériences socioculturelles par rapport à la lecture, construites au long de ses trajectoires. Indépendemment de sa discipline scolaire, la mémoire de ces expériences interviennent certainement, de manière positive ou négative, dans la médiation de la formation de l élève lecteur. C est donc, par l articulation entre les perspectives de ses études qui parlent sur l histoire de la lecture, narratives (auto)biographiques et formation du professeur que je prétends récupérer et reconstruire, par les narratives de lectures racontées par les professeurs de différentes disciplines scolaires, les processus d appropriation de la lecture en considérant ses tactiques d accès et d utilisation des matériels écrits en circulation dans les groupes sociaux auxquels ils appartennaient. Pour ça ce travail s inquérit : Quels models de lectures émergent dans les narratives de professeurs de différentes disciplines scolaires ? Comment se manifestent-elles les représentations sur sa performance pour la formation de l élève lecteur ? L objectif central est d inférer les rapports existants entre des expériences de lecture et la médiation dans la formation de lecteurs. Douze professeurs de l éducation de base des écoles de la ville de Belém y ont participé. Le corpus est constitué par les transcriptions de deux genres d instruments: douze interviews narratives et deux groupes de débats. Les analyses montrent deux grandes fases de la rencontre avec la lecture : une antérieure à l école et l autre à partir de l école. Ces fases montrent des pratiques et des représentations de lecture hétérogènes différenciés par rapport à ses aspects fonctionnaux. Elles revellent encore que la formation du lecteur professeur et élève se lie...

Inferências preliminares sobre a visão e significados da promoção da leitura nas Bibliotecas Públicas Municipais da Área Metropolitana de Lisboa

da Silva, Vera Maria; Universidade de Évora CIDEHUS Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 POR
Relevância na Pesquisa
85.99%
A promoção da leitura, uma necessidade que se foi afirmando desde a Sociedade Moderna, é de incontornável importância na cultura da informação que sustenta a actual Sociedade do Conhecimento que impera nos espaços culturais e económicos determinantes da Terra. Neste novo contexto societal em processo de transformação o que fazem as Bibliotecas Públicas Municipais (BPM) para prover a leitura nas suas comunidades? Para um melhor conhecimento das bases teóricas e empíricas modeladoras da sua acção propomo-nos partilhar e discutir inferências preliminares da visão e significados de promoção da leitura (PL) existente nas bibliotecas públicas. Elas resultam da identificação e interpretação de informação recolhida na investigação qualitativa que estamos a desenvolver, Práticas de Promoção da Leitura nas Bibliotecas da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Encenações da leitura na literatura infantil; Representations of reading in children's literature

Marcela Roberta Ferraro Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.94%
Dialogando com as questões levantadas pela História Cultural, o presente trabalho analisa as representações de leitura construídas pela Literatura Infantil. Ao olhar para essas imagens do leitor ficcional, é possível perceber como a idealização desse leitor vai divulgando modelos de comportamento legitimados para o público infantil. Cabe, portanto, analisar os implícitos da representação e investigar os protocolos ou dispositivos discursivos que procuram conduzir práticas de leitura. Sendo assim, sobressaem as seguintes indagações: Quem é esse leitor apresentado pela Literatura Infantil? Quais práticas são retratadas/construídas por essa literatura? Quais práticas legitima? Quais práticas divulga para formar o leitor? Ao reconhecer as representações mais recorrentes nessa literatura, este trabalho questiona as ausências e os silenciamentos em torno de leitores que o gênero não acolhe e de práticas não incluídas. Seguimos com a hipótese de que a construção literária do leitor, ao se apresentar como semelhante dos sujeitos reais, projeta os caminhos da história da leitura das crianças, sendo que as representações chamam à identificação, ao enquadramento e sugerem certas adequações através de dispositivos que visam regular seus usos e gestos. Atentar para esses aspectos nos possibilita perceber o caráter disciplinante dos textos para promover uma recepção mais consciente e mais cautelosa...

A historia da ciencia em periodicos brasileiros de quimica : contribuições para formação docente; The history of science in Brazilian periodic of chemistry : contribution for teaching formation

Helder Eterno da Silveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
95.88%
A tese apresenta resultados da análise documental da produção de história da ciência veiculada nos periódicos brasileiros Química Nova e Química Nova na Escola, no período de 1978 a 2004. Após mapeamento dos artigos e montagem de um banco de dados, analisamos aspectos sociológicos e historiográficos dessa produção, com intuito de dar-lhe maior visibilidade no campo educacional e aproximá-la da formação de professores. Apoiamo-nos nas matrizes teóricas de Pierre Bourdieu (1930-2002), e nas discussões de historiadores da ciência, dentre eles Ana Maria Alfonso-Goldfarb, membro da Sociedade Brasileira de História da Ciência, e Helge Kragh da American Chemical Society, History of Chemistry Division. Dos cento e quatorze artigos analisados, mais de sessenta por cento são assinados por cinco autores. Apesar de grande parte dos autores não desenvolver, como principal atividade investigativa, a produção da história da ciência, verificamos que a maioria dos trabalhos é marcada pelas discussões da moderna historiografia da ciência, com diversidade de temáticas - história institucional, história da química brasileira e história geral da ciência. Os periódicos também possuem um conjunto de textos como atas...

Historia da alfabetização no Brasil : a constitutição de sentidos e do sujeito da escolarização

Mariza Vieira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1998 PT
Relevância na Pesquisa
85.91%
Nesta tese, o tema da alfabetização é trabalhado em uma dimensão histórica, da perspectiva da Análise do Discurso, fundada nos trabalhos de Michel Pêcheux, visando compreender o processo de constituição dos sentidos e do sujeito da escolarização no Brasil, e tomando como referência as políticas e as práticas lingüísticas e pedagógicas de leitura e de escrita dos séculos iniciais da colonização. Busca-se, também, compreender como este sujeito constitui do na e pela linguagem constrói, como linguagem, a história da leitura e da escrita de um país colonizado. Três questões, formuladas a partir de trabalhos exploratórios, nortearam o desenvolvimento do trabalho: 1. a presença-ausência de um dos termos das dicotomias "analfabetismo/alfabetização" e "analfabeto/alfabetizado"; 2. a assimetria entre os termos desses mesmos pares e 3. a presença de um 'até' referido a 'analfabeto, mobilizador de um resto fundamental. Na constituição do corpus, optou-se por re-visitar obras conhecidas de grande público de dois tipos de discursos historicamente datados: o discurso religioso dos séculos XVI e XVII e o discurso científico de diferentes áreas do conhecimento dos séculos XIX e XX considerando a escassez de estudos e pesquisas sobre o tema e a raridade e fragmentação de arquivos e acervos no País. O trabalho com a materialidade do discurso científico permitiu a construção de um arquivo em que filiações discursivas de escrita alfabética vão adquirindo visibilidade...

Uma memoria : historia de leitura de professores de 3a. a 5a. serie da cidade de Teresina

Maria Jose de Moura
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/1998 PT
Relevância na Pesquisa
76.08%
Este trabalho conta a história de leitura de professoras de Língua Portuguesa do primeiro grau de escolas da rede pública de Teresina-Piauí. São histórias contadas pelas próprias professoras, por meio de depoimentos, e contextualizadas no seu presente pelas observações de aulas de leitura, pretendendo com isso verificar pelas histórias de leitura dessas professoras se aquele que forma leitores na escola é leitor. Através dos depoimentos as professoras falam da trajetória de leitura percorrida por elas desde a infância até o momento em que foram convidadas a falar sobre esta trajetória. Falam também da escola e do descontentamento com a profissão. Se por um lado os depoimentos mostraram o envolvimento das professoras com a escrita ao longo de sua vida, por outro as aulas complementam os depoimentos mostrando esse envolvimento com a leitura também sob o ponto de vista profissional, ou seja, enquanto aquele que pretende formar leitores. Ao lado dos depoimentos das professoras foram colocados outros: o de pessoas que escreveram e publicaram suas histórias de leitura - escritores-leitores que muito contribuíram para minha própria história e que mostram em seus relatos como se tornaram e permaneceram leitores -' o meu...

A extraordinária e irresoluta história da trajetória de Roxana e Moll Flanders; The extraordinary and unresolved history of the lifes of Roxana and Moll Flanders

Shellida Fernanda Da Collina Viegas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.81%
Como é possível o mesmo autor, na mesma época, escrever dois romances com a mesma temática e dar-lhes tratamento tão distinto? Essa é a pergunta que intriga os leitores de Defoe ao ler duas das suas principais obras literárias, Moll Flanders (1722) e Roxana (1724), e é também a pergunta que norteou esta pesquisa. Para responder a isso, estudamos a história da leitura, o surgimento e a popularização do romance, a história dos direitos autorais e a influência do público leitor na produção de romances. Isso porque ambas as obras de Defoe tiveram várias edições ao longo do séc. XVIII que se diferenciavam das primeiras tiragens. Visando estabelecer algumas hipóteses para explicar os motivos que levaram os editores a alterar os finais das obras, foram analisadas, nesses romances, as figuras da prostituta, amante, esposa e mãe e a condição da mulher na Inglaterra pré-Revolução Industrial, sem perder de vista a questão da edição e da recepção.; To what extent is it possible that an author over the same decade had written two novels about the same central theme, but from and with different perspectives? The readers of Daniel Defoe are right to raise this issue after reading Moll Flanders (1722) and Roxana (1724). This research sets about answering such questions. To this end...

Para uma memoria da leitura : a fotonovela e seus leitores; Reading memory : photonovela and its readers

Isabel Silva Sampaio
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
76.02%
No segundo semestre de 1970, as revistas que publicavam fotonovelas no Brasil ocupavam o segundo lugar em tiragem e circulação, entre todos os títulos de revistas em circulação naquele momento, perdendo apenas para os quadrinhos infantis: somadas as tiragens de todas as revistas de fotonovela da época, as cifras mensais ultrapassavam um milhão de exemplares. A partir da constatação da existência de poucos trabalhos acadêmicos a respeito da fotonovela, este trabalho propõe-se a investigar o tema sob a perspectiva teórica da História Cultural, com o objetivo de reconstruir uma parte da história desse impresso e produzir uma determinada memória da leitura de fotonovelas, tendo como foco o leitor e a leitora e suas lembranças pessoais das práticas de leitura que caracterizavam a apropriação da fotonovela.; In the second half of 1970, the magazines that published photonovels in Brazil were the second group in number of issues and distribution, among all the kinds of magazines circulating in the country at that time, overcome only by children cartoons, as Donald Duck and Mickey Mouse. All the titles of photonovel magazines together reached, at the time, more than one million of issues printed and sold monthly. But even with such a number of readers...

"Quomodo legis?" A leitura à luz do método inaciano na novela do jesuíta Alexandre de Gusmão: "História do Predestinado Peregrino e de seu irmão Precito" (1682)

Massimi, Marina; Universidade São Paulo
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB) Publicador: Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
75.99%
O objeto do artigo é a novela alegórica História do Predestinado Peregrino e de seu irmão Precito escrita no Brasil pelo jesuíta Alexandre de Gusmão e publicada em 1682, tendo várias reedições. Gusmão ocupou na Companhia de Jesus funções importantes dentre os quais a direção de um Colégio próximo da cidade de Salvador. A hipótese proposta é a de que a novela veicula no Brasil conteúdos e métodos dos Exercícios espirituais de Inácio de Loyola. O texto segue também as orientações da Ratio Studiorum. Portanto, Gusmão teria concebido a novela como importante veículo de circulação dos exercícios inacianos. Além disto, mostra-se que a novela foi texto pioneiro escrito com o objetivo pedagógico de iniciar à leitura o público brasileiro: para esta iniciação, a novela sugere um método de leitura orientado pelos Exercícios inacianos.