Página 1 dos resultados de 4 itens digitais encontrados em 0.102 segundos

O discurso (psico) pedagógico sobre a adolescência: análise dos impasses docentes provocados pela teorização da adolescência; The (Psycho) pedagogical discourse on adolescence: analysis of the teaching predicaments caused by the theorization of adolescence

Aguiar, Tânia Margareth Bancalero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.5%
Com o objetivo de analisar a circulação do 'significante adolescência' no discurso pedagógico, bem como os efeitos provocados por ela na prática pedagógica e educacional, essa pesquisa foi realizada em duas etapas complementares. Primeiramente, por meio da 'desconstrução' do conceito atual de adolescência, buscamos identificar - historicamente - a produção e o estabelecimento do conceito de adolescência, como resultado dos 'saberes' médicos e psicológicos do final do século XIX e começo do século XX, e da apropriação desses fundamentos 'científicos' pelo imaginário social. Para isso, embasamo-nos em estudos de teóricos que possibilitaram pensar a história do 'conceito' de adolescência em termos de continuidade e descontinuidade, como por exemplo, E. Hobsbawn, P. Ariès, G.Levi & J.C. Schmitt e outros. E, na segunda etapa, por meio de dois instrumentos de pesquisa, buscamos identificar, no discurso pedagógico, a circulação do 'significante adolescência' e os efeitos provocados pela movimentação desse significante na prática pedagógica. Um método foi a análise de entrevistas semi-estruturadas realizadas com professores de adolescentes, e o outro, a categorização e análise de textos das revistas Nova Escola e Educação (período de janeiro de 2000 a junho de 2006) que abordam o tema adolescência. Para analisar os dados...

O papel das interacções sociais (díades homogéneas/díades heterogéneas) durante a revisão de texto no desenvolvimento individual da escrita, no 5º ano de escolaridade

Margarido, Maria do Céu Godinho Moreira
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2003 POR
Relevância na Pesquisa
55.66%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; Com o presente estudo pretendemos comparar a evolução da competência individual na escrita, do início para o final do ano lectivo, de sujeitos que realizaram, ao longo deste período, a revisão de textos formando pares homogéneos quanto à competência na escrita com a de sujeitos que a realizaram formando pares heterogéneos. Pretendemos também comparar o processo de revisão de textos e a qualidade das interacções nos dois grupos de sujeitos. A investigação incidiu sobre uma amostra de 10 sujeitos duma turma 5o ano de escolaridade, escolhida por conveniência, duma Escola Básica Integrada do concelho de Vidigueira, com uma idade média de 11anos e 2 meses no pré-teste e uma idade média de 11 anos e 6 meses no post-teste. Os sujeitos da amostra foram seleccionados com base nos resultados do pré-teste de forma a constiturem-se dois grupos: um deles constituído por dídes homogéneas e outro constituído por díades heterogéneas quanto à competência na escrita. O estudo desenvolveu-se em três fases: Fase I: Pré-teste (Janeiro); Fase 2: Implementação de um programa para o desenvolvimento da escrita; Fase 3: Post-teste (Junho). Durante a Fase 2 tiveram lugar duas situações: Situação 1: Trabalho de aperfeiçoamento de texto...

A proibição de comportamento contraditório : tutela da confiança e venire contra factum propium

Schreiber, Anderson
Fonte: Renovar Publicador: Renovar
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.52%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00093848 347 S378p 3.ed. (2012)

Importância da entreajuda no apoio a pais em luto

Rebelo,José Eduardo
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
35.51%
Partindo do acompanhamento de um grupo de entreajuda a pais em luto, pretendeu-se sensibilizar todos os intervenientes sobre o meio de suporte social na evolução individual do processo de luto. Entre Janeiro de 2002 e Janeiro de 2003 foi feita a observação dos encontros mensais de duas horas de um grupo de entreajuda a pais em luto. Os encontros foram temáticos, sobre as fases de progressão do luto, moderados por dois pais com lutos muito experientes, e realizaram-se em Aveiro. A recolha de dados incluiu a história de vida e os textos observacionais. Participaram vinte e um pais, variando entre oito e catorze nos diferentes encontros, maioritariamente mulheres, com uma idade média de 52,5 anos. As idades dos filhos perdidos variaram entre 1 e 35 anos, e a causa de morte foi, maioritariamente, o acidente rodoviário. Os pais com lutos menores do que um ano encontraram no grupo um suporte social de apoio bastante eficaz. Os pais com lutos superiores registaram sentimentos contraditórios em relação ao grupo, abandonando-o ou permanecendo nele. Os pais que recorreram a medicação anti-depressiva, desde o início ou no curso do processo de luto, apresentaram traços comuns de conflito no desenvolvimento do luto saudável com tendência para luto não resolvido.