Página 1 dos resultados de 1333 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

História ambiental no Brasil: o percurso historiográfico de Warren Dean

Oliveira, João Rafael Moraes de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 281 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
Pós-graduação em História - FCLAS; A história ambiental no Brasil é nova e diversifica. Carece, ainda, de pesquisas pormenorizadas, que dêem atenção ao específico, que particularizem as contribuições de cada autor para o estabelecimento do campo. Enfrentou-se, neste trabalho, o desafio de lançar luz sobre a trajetória e a obra de história ambiental de Warren Dean (1932-1994), a partir de um exame crítico de material bibliográfico diverso e fontes orais. Ao incorporar as variáveis ambientais em seus estudos, buscando compreender as relações históricas entre a sociedade brasileira e o meio ambiente, esse brasilianista norte-americano produziu trabalhos inovadores sobre a produção de borracha na Amazônia e o desflorestamento da Mata Atlântica, muito mencionados, porém pouco estudados. Ofereceu uma interpretação do passado, refletindo sobre os problemas colocados pelo presente, com base nos temas do “desenvolvimento econômico” e da “degradação ambiental”. No plano analítico, empregou a “fórmula” from the origins to the present, denotando certo sentido “pragmático” e “presentista”. O rigor objetivista dá lugar a uma intencionalidade, a uma vontade de transformação da realidade. A história ambiental assume um caráter utilitário...

História ambiental: um olhar prospectivo

Martinez, Paulo Henrique
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 23-35
POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
Examination of methodological approaches and work possibilities for historians in the research and teaching of history of environment, its themes and potential objects of studies. The attention to books and articles helps on this balance and on the identification of future routes for the Environmental History in Brazil. This historiographical practice has been keeping, among us, a salutary opening for the dialogue with the foreign historiography, with an increasing valorization of the research in Latin America and with social science and natural subjects. The incipient Foreign Exchange Program suggests the tasks and the success found by this approach will be result of the interaction between researchers, projects in group, circulation of publications and institution strengthening of the historical knowledge in the beginning of the century.; Exame de abordagens metodológicas e de possibilidades de trabalho dos historiadores na pesquisa e no ensino da história do meio ambiente, suas temáticas e potenciais objetos de estudos. A atenção a livros e artigos auxilia neste balanço e na identificação de rumos futuros para a História Ambiental no Brasil. Esta prática historiográfica tem mantido, entre nós, salutar abertura ao diálogo com a historiografia estrangeira...

A história ambiental : temas, fontes e linhas de pesquisa

Drummond, José Augusto Leitão
Fonte: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil - CPDOC/FGV Publicador: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil - CPDOC/FGV
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.25%
O artigo examina as origens e a situação atual da história ambiental, tal como entendida nos Estados Unidos e em outros países de língua inglesa. São avaliados os problemas encontrados pelas ciências sociais em incluir variáveis ou aspectos ambientais em seu campo de pesquisa legitimado. Algumas características das pesquisas e de textos produzidos pela história ambiental são descritos. O artigo também menciona outras disciplinas científicas intimamente relacionadas a esse novo campo e proporciona informações sobre o periódico "Environmental Review". Em seguida, oferece pequenos sumários dos principais livros sobre história ambiental publicados nos últimos vinte anos, e menciona alguns escritores e ensaístas brasileiros da atualidade que, de diferentes formas, hoje ou no passado, revelaram uma sensibilidade para variáveis ambientais. Por fim, o texto avalia como a história ambiental pode contribuir para um melhor entendimento da história e da sociedade brasileiras.

As bases teóricas da história ambiental

Pádua,José Augusto
Fonte: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.2%
O artigo analisa a emergência da história ambiental, como uma ciência consciente de si mesma, no contexto histórico e cultural da passagem do século XX para o século XXI. Ele define a história ambiental como uma investigação aberta e não reducionista das interações entre sistemas sociais e sistemas naturais ao longo do tempo. Também são discutidos os fatores sociológicos e as principais questões epistemológicas presentes na constituição desse novo campo historiográfico.

Una herencia en Manaos (anotaciones sobre historia ambiental, ecología política y agroecología en una perspectiva latinoamericana)

Alimonda,Héctor
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 ES
Relevância na Pesquisa
66.07%
Este artículo pretende explorar algunas vinculaciones de la agroecología con la historia ambiental, en sus escalas macro y micro, y con la ecología política. Una clave de interpretación es un interrogante sobre la identidad latinoamericana, que es percibida como articulación y sedimentación de varias herencias diferentes, en la cultura, la tecnología, los paisajes y la naturaleza.

Vetas y vertientes de la historia ambiental latinoamericana: una nota metodológica y epistemológica

Leff,Enrique
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 ES
Relevância na Pesquisa
76.25%
O artigo discute a necessidade da realização de um corte epistemológico que estabeleça o campo próprio de uma história ambiental, incluindo um repertório de métodos para a abordagem de diferentes processos, como as racionalidades econômicas, ecológicas e culturais do uso da natureza, assim como o regate de saberes e práticas tradicionais das diferentes culturas com seu entorno ecológico. São abordadas três vertentes para o estudo da história ambiental: a história epistemol ógica da complexidade ambiental, a hermenêutica das narrativas sobre as relações sociedade-natureza, a construção de identidades e as transformações sociais induzidas pelo movimento ambientalista.

Forasteiros na floresta subtropical: notas para uma história ambiental da colonização alemã no Rio Grande do Sul

Bublitz,Juliana
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
O presente artigo trata da colonização alemã no Rio Grande do Sul do século XIX, a partir da perspectiva da história ambiental, dando atenção especial às relações estabelecidas entre os colonos e a floresta subtropical. O texto analisa o que sentiram os imigrantes em seus primeiros contatos com a fauna e a flora regionais e discute o "desmatamento civilizador" empreendido nas antigas colônias, demonstrando as relações predatórias estabelecidas na nova terra e o impacto ambiental desse processo.

Apuntes sobre historiografía y técnicas de investigación en la historia ambiental mexicana

Simón Ruiz, Inmaculada
Fonte: Universidad de Alcalá. Instituto de Estudios Latinoamericanos (IELAT) Publicador: Universidad de Alcalá. Instituto de Estudios Latinoamericanos (IELAT)
Tipo: Trabalho em Andamento Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
66.13%
En este documento de trabajo se presentan las principales líneas de investigación abiertas por los historiadores mexicanistas en historia ambiental. También se analizan las diferentes técnicas de investigación utilizadas por estos autores y se comentan algunas líneas de investigación que aún no han sido abordadas. Con este análisis se pretende responder a una serie de preguntas generales: ¿es posible hacer una historia aplicada? ¿Puede la historia colaborar en la investigación sobre problemas ambientales? ¿Puede incidir en la toma de decisiones y en la puesta en marcha de políticas públicas?; This paper presents the principal lines of investigation opened by the historiography about Mexico in environmental history. Also there are analyzed the different technologies of investigation used by these authors and are commented some lines of investigation that still have not been approached. With this analysis it is tried to answer to a series of general questions: is it possible to do an applied history? Can history collaborate in the investigation on environmental problems? Can it affect the decision making and the implementation of public policies?

Las Ordenanzas Locales como fuente para la Historia Ambiental durante el Antiguo R??gimen en Extremadura

Rodr??guez Grajera, Alfonso
Fonte: Universidad de Granada Publicador: Universidad de Granada
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
66.07%
Art??culo de la secci??n: Estudios; Las Ordenanzas locales son especialmente ??tiles para la historia ambiental. La explotaci??n y aprovechamiento de bosques y montes, las preocupaciones por la higiene social y la normativa sobre caza y pesca, son analizadas en este art??culo. Con este fin se estudian un n??mero significativo de Ordenanzas Municipales publicadas en Extremadura durante el Antiguo R??gimen. En todas ellas se aprecia un prop??sito conservacionista, aunque con un sentido diferente al actual. Tambi??n a veces se observan contradicciones entre la finalidad utilitaria de estos espacios y recursos y la necesidad de preservar el modelo socioecon??mico y cultural vigente.; Local Regulations on everyday life are especially useful for environmental research. Explotation and having a profit from forests and hills, care about social hygiene and regulations for hunting and fishing are analyzed in the following. For doing that, a significant number of Local Regulations published in Extremadura during the Ancien R??gime are taken. In all of them it is appreciated a conservacionist aim although in a different sense of present meaning. Also sometimes it appears a contradiction among utilitarianism on taking advantage of spaces...

Scheherazade tropical: narrativas e diálogos da história ambiental no Brasil

Duarte,Regina Horta
Fonte: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.18%
Por meio da evocação de elementos narrativos d'As mil e uma noites, este ensaio discute o surgimento e o desenvolvimento da história ambiental desde 1970, em consonância com graves desequilíbrios naturais que ameaçam a sociedade contemporânea. A história ambiental possibilita diálogos sociais com grupos ambientalistas, cientistas de diversas áreas e pesquisadores da história social, cultural e política. As amplas e promissoras possibilidades de investigação propiciam abordagens transdisciplinares e transnacionais. Um dos enfoques estimulantes diz respeito ao patrimônio. Abrem-se perspectivas para o estudo do patrimônio natural urbano - como no caso dos fícus de Belo Horizonte - e do patrimônio representado por áreas protegidas, a exemplo da ilha da Trindade.

As bases teóricas da história ambiental

Pádua, José Augusto
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
66.2%
O artigo analisa a emergência da história ambiental, como uma ciência consciente de si mesma, no contexto histórico e cultural da passagem do século XX para o século XXI. Ele define a história ambiental como uma investigação aberta e não reducionista das interações entre sistemas sociais e sistemas naturais ao longo do tempo. Também são discutidos os fatores sociológicos e as principais questões epistemológicas presentes na constituição desse novo campo historiográfico.; The article analyzes the emergence of environmental history as a self-conscious science in the historical and cultural context of the passage of the twentieth to the twenty-first century. He defines environmental history as an open and non-reductive investigation of the interactions between social systems and natural systems over time. Also discussed are the sociological factors and the fundamental epistemological issues present in the constitution of this new historiographical field.

Expedição pelo riacho do Ipiranga: história, ciência e ambiente na educação; The Ipiranga creek expedition: history, science and environment in education

Bandeira, Camila Martins da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.23%
O presente trabalho discute sobre os referenciais conceituais e metodológicos que subsidiam o Trabalho de Campo denominado Expedição pelo riacho do Ipiranga com a intenção de promover reflexões acerca das relações existentes entre história, ciências naturais e ambiente, através do Jardim Botânico de São Paulo e do Museu Paulista circunscritos na microbacia hidrográfica do Ipiranga. Apresentamos primeiramente a origem da proposta didática e os outros contextos em que o trabalho já foi aplicado mostrando que, embora todos possuam o mesmo recorte, por ser um instrumento educativo, a sua construção é permanente, depende do contexto e dos atores que estão envolvidos. Dentre esses distintos momentos, optamos por focar na disciplina História das ciências no Brasil, situada no programa de pós-graduação da Faculdade de Educação (USP) e, por meio de entrevistas, trouxemos o olhar dos alunos sobre a Expedição para compreender de que modo eles apreendem a prática em campo. Consideramos que as apreensões dos alunos se relacionam a construção de uma visão mais crítica acerca das ciências e da historicidade dos espaços percorridos. Esse sentido vai de encontro com uma historiografia além da ciência europeia que...

Colonos ervateiros: história ambiental e imigração no Rio Grande do Sul; “Ervateiros” settlers: environmental history and immigration in Rio Grande do Sul

Gerhardt, Marcos; Doutorando no Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Integrante do Laboratório de Imigração, Migração e História Ambiental (Labimha) da UFSC.
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
86.2%
The European immigrants that had colonized the south of Brazil have devoted themselves, mostly, to the agriculture and small livestock, but also on a smaller scale, to the extraction of natural assets. This research, which is part of a broader research, used the approach of Environmental History and studied the involvement of immigrants linked to colonization projects with the extraction and cultivation of erva-mate (Ilex paraguariensis, Saint-Hilaire) in Rio Grande do Sul state. The time frame from the century XIX into the beginning of XX, corresponds to a time that this product had strong presence in the southern economy. The search interpreted a variety of sources, such as official reports, images, oral testimonies and newspapers that circulated in the areas of colonization. The results indicate a considerable presence of European immigrants or their descendants born in Brazil, in interaction with the national peasantry, the forestry extraction of erva-mate and in the further cultivation of the plant.; http://dx.doi.org/10.5007/2175-7976.2011v18n25p73Os imigrantes de origem europeia que colonizaram o Sul do Brasil se dedicaram, na maioria, à agricultura e à pequena pecuária, mas também e em menor escala à extração de bens naturais. Esta pesquisa...

A história Ambiental e a "crise ambiental" contemporânea: um desafio político para o historiador

Bergo de Carvalho, Ely; UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
A new concept has begun to be used in brazil in the last 15 years, the environmental history. The works which follow such line represent an answer to the present history "environmental crisis", which even threaten the future of mankind. the aim of this work is to analyze such political engagement, in which are presented the works of envionmental history.; Um novo conceito começou a ser empregado no Brasil nos ultimos 15 anos, o de história ambiental. Os trabalhos que seguem tal linha representam uma resposta da história à atual "crise ambiental", que põe em cheque o futuro da própria espécie humana. O objetivo deste trabalho é analisar tal engajamento político, no qual se inserem as obras de história ambiental.

Construindo a História Ambiental da América Latina

Leff, Enrique
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/11/2007 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
Este artigo discute os caminhos de desenvolvimento da História Ambiental como uma área de estudo autônoma na historiografia latino-americana, discutindo seu nascimento, seus aspectos epistemológicos, seus protagonistas e temas.

Modernismo agrícola e cultivo de macieiras: uma história ambiental da “correção da natureza” em Fraiburgo, Brasil; Agriculture Modernism and apple planting: an environmental history of the “correction of nature” in Fraiburgo, Brazil

Klanovicz, Jó; Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7976.2011v18n25p118Este artigo discute o cultivo de macieiras em Fraiburgo, Brasil como exemplo de modernismo agrícola desde a década de 1960. Para isso, apresenta o debate em torno do conceito de modernização e de modernismo agrícolas, considerando a agricultura modernista a partir de três elementos: a influência do saber técnico, a aspiração pública e privada de administrar e ordenar a natureza e a sociedade, o uso irrestrito de poder e do conhecimento para dar vida a essa aspiração e uma sociedade civil que anseia, ou que se prostra mediante a esses planos. As escolhas modernistas na pomicultura de Fraiburgo trouxeram consequências ambientais. Por isso, aborda-se o problema a partir da história ambiental.; This article discusses the apple planting in Fraiburgo, Brazil, as an example of modernist agriculture since the 1960s. To do so, it presents the debate around the concept of agriculture modernism and agriculture modernization, considering the modern agriculture based on three elements: the influence of technical knowledge on agribusiness projects, public and private aspiration to manage nature and society, the unrestricted use of power and scientific knowledge to give life to this aspiration...

A EXPANSÃO SUCROALCOOLEIRA E A DEVASTAÇÃO AMBIENTAL NAS MATAS DE SÃO PATRICIO, MICRORREGIÃO DE CERES, GOIÁS

Silva, Sandro Dutra e; UEG; Barbalho, Maria Gonçalves da Silva; UFG; Franco, José Luiz de Andrade; UnB
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB) Publicador: Programa de Pós-Graduação em História da Universidade de Brasília (PPGHIS/UnB)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.11%
A microrregião de Ceres está situada na mesorregião central de Goiás, em uma área que era conhecida como Mato Grosso de Goiás. A descrição dessa região como “Mato Grosso” decorre da formação florestal em áreas de Cerrado, que compunha, com outras fitofisionomias, o mosaico de vegetação do bioma em Goiás. Essa área foi, por muitos anos, preservada em função das características econômicas da ocupação do território goiano, que no século XVIII experimentou uma expansão da fronteira da mineração, e, no século XIX, da fronteira pecuária. Nessas duas formas de ocupação de fronteira, a área florestal do Mato Grosso de Goiás não apresentava interesse aos exploradores do território, em parte por não favorecer essas atividades econômicas. A partir das primeiras décadas do século XX, essa região inicia-se um processo de ocupação, em decorrência da ampliação da ferrovia e de redes rodoviárias que valorizaram áreas próximas ao Mato Grosso de Goiás. Em 1935, a ferrovia chegava a Anápolis e iniciava a construção de Goiânia nessa região florestal. Na década de 1940, na política da Marcha para o Oeste, o governo federal instalava uma Colônia Agrícola Nacional na região das Matas de São Patrício...

A Fronteira do Gado e a Melinis Minutiflora P. Beauv. (POACEAE): A História Ambiental e as Paisagens Campestres do Cerrado Goiano no Século XIX

Silva, Sandro Dutra; Universidade Estadual de Goiás (UEG) e Centro Universitário de Anápolis (UniEVANGELICA); Mateus, Rosimeire; Braz, Vivian; Peixoto, Josana
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.21%
Este artigo objetiva apresentar uma revisão da bibliografia que informa sobre a introdução de gramíneas exóticas, sobretudo de origem africana, no Cerrado goiano. A pecuária foi a principal atividade econômica de Goiás no século XIX e na primeira metade do século XX. Os campos do Cerrado goiano favoreceram o assentamento de parte da sociedade rancheira com seus currais e boiadas. Neste artigo, pretendemos analisar, por meio da história ambiental das gramíneas e da pecuária, a relação entre sociedade e natureza nas savanas do Planalto Central do Brasil nesse período. Dialogamos com os estudos de botânica e a sua relação com a história ambiental, no que se refere às transformações das paisagens pelas ações antrópicas. O estudo destaca a introdução de gramíneas exóticas, especialmente os registros históricos sobre o capim-gordura na expansão da atividade pastoril em Goiás.

Rio Parnaíba... Um cadinho de mim e a história ambiental

Silvério Gandarra, Gercinair
Fonte: Textos de História. Revista do Programa de Pós-graduação em História da UnB. Publicador: Textos de História. Revista do Programa de Pós-graduação em História da UnB.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.13%
O rio Parnaíba é o traço mais expressivo da paisagem parnaibana. Em seu caráter ambivalente, ao mesmo tempo limite e caminho, é um agente unificador. É caminho e berço. Um ponto de referência gigantesco. Um atrativo, uma trilha da sorte, da fortuna e da vida. O ponto de reunião de indivíduos, do comércio, dos objetos materiais e imateriais. É o lugar dos encontros e dos desencontros. Ele representou/representa o renascer para uma nova vida. Como elemento natural foi/é determinante na paisagem do vale. Como caminho/estrada marcou/marca a vida da s pessoas, das coisas e do lugar. Entender sua história como espaço social e ambiental exige conhecer, recuperar e preservar a sua geograficidade, seus contornos, o vale, a bacia, o rio.

Historia ambiental del área rural de Pelicurá sobre la base de registros pluviométricos: Partido de Tornquist, provincia de Buenos Aires

Gabella,Julia Inés; Gil,Verónica; Del Pozo,Olga
Fonte: Revista Universitaria de Geografía Publicador: Revista Universitaria de Geografía
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 ES
Relevância na Pesquisa
66.18%
El presente artículo tiene como objetivo analizar la historia ambiental del asentamiento rural de Pelicurá y su área de influencia. La misma pertenece al partido de Tornquist, ubicado en el Suroeste de la provincia de Buenos Aires. Para comprender las transformaciones que se sucedieron en este espacio fue necesario identificar, mediante una mirada retrospectiva, los acontecimientos que estructuraron la región. Para ello, se seleccionaron cortes temporales, en función de hechos significativos determinados luego de un análisis climático. De esta manera se establecen las variaciones y fluctuaciones climáticas que afectan la zona de estudio. Al realizar la historia ambiental del área, se analizan de manera integrada al espacio, distinguiendo sus transformaciones a lo largo del tiempo, el papel que ha desempeñado cada componente del medio natural y a su vez, cuáles han sido los impactos provocados por la presencia del hombre en el mismo. Se contribuye así, a lograr un mayor conocimiento de la situación ambiental actual y pronosticar posibles tendencias futuras, así como estudio base para la toma de decisiones por parte de los agentes planificadores, en vista al mejoramiento de las condiciones ambientales del área.