Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

O papel da batalha: a disputa pela vitória de Montijo na publicística do século XVII

Camenietzki,Carlos Ziller; Saraiva,Daniel Magalhães Porto; Silva,Pedro Paulo de Figueiredo
Fonte: Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
35.76%
A batalha de Montijo, ocorrida no dia 26 de maio de 1644, foi a primeira grande batalha da Guerra da Restauração Portuguesa (1640-68) e foi vencida por ambos os combatentes. Os comandantes castelhanos declararam sua vitória logo após o término do enfrentamento; houve ainda a publicação de relações, poemas e crônicas do acontecido. Os portugueses também se declararam vitoriosos no mesmo combate, publicando folhetos e apologias e inserindo sua narrativa dos acontecimentos em obras de história. O confronto entre textos de uns e de outros, bem como das circunstâncias de suas edições, permite identificar o caráter político da disputa pela vitória em uma batalha já terminada. Com isso, identifica- -se o esforço de vencer a batalha na opinião e na diplomacia do século XVII.

As ouvidorias de sa?de p?blica no Estado do Par?: uma rela??o dial?gica entre governo, medicina e sociedade?

MORAES, Diana Coeli Paes de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
35.7%
Esta Disserta??o tematiza sobre as ouvidorias de sa?de p?blica como um espa?o de participa??o cidad? na gest?o administrativa, indagando se acontece uma rela??o dial?gica entre governo, medicina e sociedade, na perspectiva de aproxima??o da gest?o e servi?os prestados pela sa?de p?blica, de acordo com a Pol?tica de Humaniza??o do SUS. A hip?tese norteadora do estudo ? a de que com a participa??o popular, atrav?s das ouvidorias, s?o produzidas transforma??es nas pr?ticas desempenhadas pelos diferentes atores na configura??o das pr?ticas no cuidado em sa?de, em aproxima??o com os princ?pios e estrat?gias de Humaniza??o do Sistema ?nico de Sa?de, com capacidade de tensionar os pap?is constitu?dos no contexto biom?dico que se constituiu como predominante, a partir dos fins do s?culo XVII. Objetiva identificar as contribui??es efetivas da atua??o das ouvidorias de sa?de p?blica, na constru??o e execu??o de novas pr?ticas da sa?de, de acordo com a PNH. Foi desenvolvida em quatro cap?tulos, que tratam da participa??o social e da hist?ria das ouvidorias de sa?de p?blica, no Brasil, do SUS e da Pol?tica de Humaniza??o na Sa?de,da pesquisa propriamente dita e as considera??es finais. A investiga??o, com desenho qualitativo e explorat?rio...

As bases históricas da formação territorial piauiense

Alves, Vicente Eudes Lemos; UNG - Guarulhos - SP
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
15.64%
Busca-se, nesse artigo, analisar a formação do território piauiense desde o início de sua ocupação no final do século XVII, quando grupos de aventureiros a procura de índios e de novas terras para a pecuária penetraram na região dos sertões. Após atravessarem o divisor de águas entre os rios São Francisco e Parnaíba, fundaram junto à margem oriental desse último várias fazendas de gado, em terras que viriam a ser posteriormente o Piauí. Tenta-se, assim, avaliar de que maneira a atividade criatória contribuiu para definir as bases históricas do território piauiense, as formas de uso da terra e dos recursos naturais, bem como, os agentes sociais que se envolveram nesse processo.; This article pretends to study the piauiense’s territorial formation from its origins since the begining of its occupation at the end of the seventeenth century, when groups of adventurers looking for indians as well as new lands for cattle raising penetrated the sertões’s region. After tresspassing the watershed between the rivers São Francisco and Parnaíba, they founded next to the oriental margin of this last one several cattle ranches...