Página 1 dos resultados de 1001 itens digitais encontrados em 0.003 segundos
Resultados filtrados por Publicador: CEFAC Saúde e Educação

Sintomas e sinais de respiração predominantemente oral em adolescentes com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e queixa de prejuízo escolar

Costa,Tatiana Leonel da Silva; Campos Júnior,Dioclécio; Silva,Hilton Justino da; Cunha,Daniele Andrade da
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.46%
OBJETIVOS: caracterizar sintomas e sinais da Respiração Predominantemente Oral em adolescentes com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade e queixa de prejuízo escolar e relacionar as características com os Tipos do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade, gênero e faixa etária. MÉTODOS: realizada no ADOLESCENTRO, instituição pública do Distrito Federal, com 115 adolescentes de ambos os gêneros, faixa etária 10-18 anos, apresentando queixa de prejuízo escolar e Transtorno do Déficit de Atenção/Hiperatividade. Histórico dos sintomas diurnos e noturnos dos dois aos doze anos foi analisado e sinais da Respiração Predominantemente Oral. RESULTADOS: alta ocorrência (86,95%) de sintomas e sinais da Respiração Predominantemente Oral. Registrou-se associação entre amigdalite e tipos do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade com maior frequência no Tipo II hiperativo (60%), sialorreia no travesseiro com gênero predominando o masculino (65,5%) e respiração oral diurna (64,7%), respiração oral noturna (82,4%) e sialorreia no travesseiro (64,7%) todas estas com a faixa etária de 10 a 12 anos. Houve associação entre lábios (54,3%) e língua (54,3%) não funcionais e faixa etária de 10 a 12 anos. Encontrou-se diferença estatisticamente significante para expulsões (20%)...

Processamento auditivo temporal em crianças com transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH)

Romero,Ana Carla Leite; Capellini,Simone Aparecida; Frizzo,Ana Claúdia Figueiredo
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
OBJETIVO: comparar os achados da avaliação comportamental do processamento auditivo temporal em crianças com e sem Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade. MÉTODOS: participaram desse estudo 30 crianças na faixa etária de 8 a 12 anos, sendo 15 do grupo controle e 15 do grupo pesquisa, com limiares audiométricos dentro dos padrões de normalidade. Como procedimentos foram realizados os testes temporais de padrão de frequência e de duração. RESULTADOS: na comparação entre o grupo controle e grupo pesquisa em ambos os testes - padrão de frequência e padrão de duração foram verificadas diferenças significantes entre os grupos, sendo que o grupo pesquisa apresentou resultados alterados em sua maioria, enquanto que todas as crianças do grupo controle apresentaram resultados normais. Foi possível observar ainda que todas as crianças de ambos os grupos tiveram resultados inferiores para o Padrão de Duração quando comparado aos resultados do Padrão de Frequência e. CONCLUSÃO: a avaliação comportamental do processamento auditivo temporal de crianças com e sem Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade...