Página 1 dos resultados de 1485 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Simulação de dados visando à estimação de componentes de variância e coeficientes de herdabilidade; Simulation of data aiming at the estimation of variance components and heritability

Coelho, Angela Mello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
A meta principal desse trabalho foi comparar métodos de estimação para coeficientes de herdabilidade para os modelos inteiramente ao acaso e em blocos casualizados. Para os dois casos foram utilizadas as definições de coeficiente de herdabilidade (h2) no sentido restrito, dadas respectivamente, por h2=4 σ2t/(σ2+σ2t) e h2=4 σ2t/(σ2+σ2t+σ2b). . Portanto, é preciso estimar os componentes de variância relativos ao erro experimental (σ2) e ao efeito de tratamentos (σ2t) quando se deseja estimar h2 para o modelo inteiramente ao acaso. Para o modelo para blocos casualizados, além de estimar os últimos dois componentes, é necessário estimar o componente de variância relativo ao efeito de blocos (σ2b). Para atingir a meta estabelecida, partiu-se de um conjunto de dados cujo coeficiente de herdabilidade é conhecido, o que foi feito através da simulação de dados. Foram comparados dois métodos de estimação, o método da análise da variância e método da máxima verossimilhança. Foram feitas 80 simulações, 40 para cada ensaio. Para os dois modelos, as 40 simulações foram divididas em 4 casos contendo 10 simulações. Cada caso considerou um valor distinto para h2...

Efeito da idade de exposição de novilhas à reprodução sobre estimativas de herdabilidade da idade ao primeiro parto em bovinos Nelore

Dias, L. T.; EL Faro, L.; Albuquerque, Lucia Galvão de
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 370-373
POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Estimou-se a herdabilidade da idade ao primeiro parto (IPP) a partir de quatro conjuntos com diferentes tipos de informação. A primeira estimativa (IPP1) foi realizada com as novilhas (n= 6.222) expostas apenas na estação normal, ou seja, aos 24 meses de idade. No segundo conjunto (IPP2), fizeram parte do arquivo todas as fêmeas (n= 15.746) com informação da IPP. No terceiro (IPP3), estimou-se a herdabilidade de um grupo mais restrito de novilhas (n= 9.524), as quais tiveram manejo diferenciado na fazenda; todas as fêmeas pertencentes a este grupo foram expostas mais cedo à reprodução, aproximadamente 18 meses de idade (estação de monta antecipada). Para o quarto grupo (IPP4), usou-se o arquivo completo de dados, ou seja, os registros de todas as fêmeas nascidas no rebanho (n= 40.954). Foram considerados no modelo o efeito aleatório de animal e os efeitos fixos de grupo contemporâneo e os efeitos linear e quadrático de idade da mãe ao parto. As herdabilidades estimadas para IPP1, IPP2, IPP3 e IPP4 foram, respectivamente, 0,00; 0,11; 0,20 e 0,36.; Heritability estimates of age at first calving (AFC) were obtained from four different data sets from Nellore heifers. The first set (AFCI) had information about heifers (n= 6...

Estimativas de herdabilidade para perímetro escrotal de animais da raça Nelore

Dias, Laila Talarico; El Faro, Lenira; Albuquerque, Lucia Galvão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1878-1882
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Estimaram-se parâmetros genéticos e de ambiente para perímetro escrotal ao sobreano (PE) de 9.355 animais da raça Nelore. Foram considerados no modelo o efeito aleatório de animal e os efeitos fixos de grupo contemporâneo (GC) e os efeitos linear e quadrático das covariáveis idade ao sobreano (IDS) e peso ao sobreano ajustado aos 550 dias de idade (PSAJ). O grupo contemporâneo foi definido pelas variáveis: ano, estação e fazenda de nascimento, grupo de manejo ao nascimento, desmama e sobreano. As estimativas de herdabilidade foram 0,42 ± 0,04, quando considerados PSAJ e IDS como covariáveis; 0,41± 0,04, considerando-se PSAJ como covariável; e 0,35 ± 0,03, com apenas IDS como covariável.; Genetic parameters and environmental effects were estimated for 9,355 Nelore cattle scrotal circumference measurements (PE). The univariate analysis considered animal effect (random effect) and fixed effects of contemporary group (GC) and linear and quadratic effects of age at yearling (IDS) and yearling weight adjusted to 550 days (PSAJ). Contemporary group was defined by: year, season at birth and management group at birth, weaning and yearling. Heritability estimates were: 0.42 ± 0.04 (after IDS and PSAJ); 0.41 ± 0.04 (after PSAJ) and 0.35 ± 0.03 (adjusting only for IDS).

Estimativas de herdabilidade para idade ao primeiro parto de novilhas da raça Nelore

Dias, Laila Talarico; El Faro, Lenira; Albuquerque, Lucia Galvão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 97-102
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Estimaram-se parâmetros genéticos para idade ao primeiro parto (IPP) de, aproximadamente, 6.000 novilhas, utilizando-se três diferentes definições de grupo contemporâneo (GC). Foram considerados no modelo o efeito aleatório de animal e os efeitos fixos de GC, além dos efeitos linear e quadrático da idade da mãe da novilha ao parto (IDV). A primeira definição de grupo contemporâneo (GC1) considerou as variáveis fazenda, ano, estação de nascimento, grupo de manejo de nascimento, desmama e sobreano e tipo de serviço (monta natural, monta controlada ou inseminação artificial). A segunda definição de grupo contemporâneo (GC2) incluiu as mesmas variáveis de GC1, além de ano e estação do parto. A terceira definição de grupo contemporâneo considerou as variáveis ano e estação de nascimento, fazenda, ano e estação do parto e tipo de cobertura. As estimativas de herdabilidade para IPP foram de 0,16 ± 0,03, 0,09 ± 0,03 e 0,11 ± 0,02, considerando-se GC1, GC2 e GC3, respectivamente.; Genetic parameters were estimated for, approximately, 6,000 records of age at first calving (IPP) in Nelore cattle using three different definitions for contemporary group. The univariate analysis considered as fixed effect: contemporary group (GC) and linear and quadratic effects of dam age (IDV). First contemporary group (GC1) was defined by farm...

Melhoramento do trigo: XIII. Estimativas de variância, herdabilidade e correlações em cruzamentos de trigo para produção de grãos e tolerância à toxicidade de alumínio

Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1987 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
Estimaram-se os valores da herdabilidade para várias características da planta do trigo (tolerância ao Al3+, comprimento da espiga, número de espiguetas por espiga e de grãos por espiga e por espigueta, peso de cem grãos, número de espigas por planta, altura das plantas e produção de grãos), bem como as correlações entre a produção de grãos e a tolerância ao Al3+ com os demais caracteres agronômicos estudados. Os dados foram obtidos a partir de cruzamentos envolvendo o cultivar BH-1146, tolerante ao Al3+, e os cultivares Alondra-S-46 e IAC-17, moderadamente tolerantes. Plântulas parentais e as gerações F1 e F2 foram testadas para a reação a 3 e 6 mg/litro de Al3+ em solução nutritiva. As plântulas, devidamente identificadas, foram transplantadas para vasos onde se desenvolveram até o final do ciclo vegetativo. A herdabilidade no sentido amplo para peso de cem grãos, comprimento da espiga e número de espiguetas por espiga foi, respectivamente, 0,73, 0,69 e 0,54. Para os demais caracteres, as herdabilidades foram baixas, variando de 0,09 a 0,24. Os valores da herdabilidade no sentido restrito, para os caracteres estudados, com exceção do peso de cem grãos e do número de espigas por planta, mostraram que grande parte da variabilidade genética nessas populações é aditiva. As correlações fenotípicas entre a produção de grãos e todos os demais caracteres agronômicos foram positivas e significativas para quase todas as populações estudadas. A correlação entre produção de grãos e número de espiguetas por espiga para a população BH-1146 x Alondra-S-46 foi negativa e significativa. Nessas populações...

Melhoramento do trigo: XXVII. Estimativas de variância, herdabilidade e correlações em populações híbridas para produção de grãos, tolerância a toxicidade de alumínio e altura das plantas

Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira; Ferreira Filho,Antonio Wilson Penteado; Rocha Júnior,Laércio Soares
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1992 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
Visando estimar a herdabilidade em sentido restrito para tolerância ao Al3+, altura das plantas e produção de grãos, bem como as correlações entre essas características, foram efetuados cruzamentos entre os cultivares BH-1146, tolerante ao Al3+ e de porte alto; IAC-24, tolerante ao Al3+ e de porte semi-anão, e Anahuac, sensível ao Al3+ e de porte semi-anão. Plântulas representando os pais, as gerações F1 e F2 e os retrocruzamentos para ambos os pais, foram testadas para a reação a 6 mg/litro de Al3+ em solução nutritiva. As plantas, devidamente identificadas, foram transplantadas para vasos localizados no telado. Os valores da herdabilidade em sentido restrito para altura das plantas foram altos para os cruzamentos BH-1146 x Anahuac (0,732) e IAC-24 x Anahuac (0,799), e moderado para BH-1146 x IAC-24 (0,432). Para o caráter tolerância ao Al3+, o valor da herdabilidade foi alto para o cruzamento BH-1146 x Anahuac (0,922) e moderado para os cruzamentos BH-1146 x IAC-24 (0,425) e IAC-24 x Anahuac (0,494). Os valores da herdabilidade para produção de grãos foram baixos para todos os cruzamentos, variando entre 0,037 e 0,195. As correlações fenotípicas entre a produção de grãos e a altura das plantas foram positivas e altamente significativas para todos os cruzamentos em estudo. As correlações fenotípicas entre produção de grãos e tolerância ao Al3+ foram não significativas para todos os cruzamentos...

HERDABILIDADE E CORRELAÇÕES ENTRE CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS EM POPULAÇÕES HÍBRIDAS DE TRIGO

CAMARGO,CARLOS EDUARDO DE OLIVEIRA; FERREIRA FILHO,ANTONIO WILSON PENTEADO; FELÍCIO,JOÃO CARLOS
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Foram estimados os valores da herdabilidade no sentido restrito referentes ao número de espigas por planta, de espiguetas por espiga, de grãos por espigueta e produção de grãos, bem como as correlações de ambiente, fenotípicas e genéticas, entre essas características. Os estudos foram realizados em cruzamentos entre o IAC-227 (P1), de porte alto, e quatro linhagens mexicanas, de porte baixo: CMH 78.390/CMH 77A.917//CMH 79.215 (P2), CMH 79.959/2* CNO 79 (P3), CMH 79.481/ CMH 77A.917 (P4) e CMH 80A. 747 (P5). Os parentais P1 , P2 e P3 mostraram ser germoplasmas de valor para o programa de melhoramento de trigo visando à obtenção de plantas com maior número de espigas, de espiguetas por espiga e de grãos por espigueta respectivamente. Estimativas médias a altas para herdabilidade no sentido restrito para número de espiguetas por espiga (0,582 a 0,756), com exceção do cruzamento P1 x P2 (0,244), indicaram que a seleção para esse caráter poderia ser feita nas primeiras gerações segregantes. Os valores médios a baixos da herdabilidade no sentido restrito para número de espigas por planta (0,157 a 0,547), de grãos por espigueta (0,225 a 0,327), com exceção do híbrido P1 x P2 (0,604), e produção de grãos (0...

Herdabilidade e correlações entre caracteres agronômicos em populações híbridas de trigo duro

Del Guercio,Anita Martins Fontes; Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.08%
Objetivou-se estimar os coeficientes de herdabilidade em sentido restrito referentes ao número de espigas por planta, de número de grãos por espiga, massa de cem grãos e produção de grãos, bem como as correlações ambientais, fenotípicas e genotípicas entre esses caracteres. Os estudos foram realizados em cruzamentos entre os genótipos de trigo duro P19 (P1) e P33 (P2), ambos originados no programa do Instituto Agronômico (IAC), de Campinas e IAC-1003 (P3), genótipo introduzido do Centro Internacional de Melhoramento de Milho e Trigo (CIMMYT), México. Baixas estimativas de herdabilidade no sentido restrito foram obtidas para o caráter número de espigas por planta (0,23 a 0,38), exceto pelo cruzamento P1 x P2 (0,77). Valores baixos também foram obtidos para número de grãos por espiga (0,13 a 0,31), excetuando-se o cruzamento P1 x P3 (0,77). Para o caráter massa de cem grãos, os valores variaram de médios a baixos (0,24 a 0,49) para todos os cruzamentos e também para produção de grãos (0,09 a 0,45), sugerindo que a seleção para todos os caracteres na maioria dos cruzamentos deveria ser postergada para gerações posteriores. As correlações fenotípicas entre produção de grãos e os demais caracteres avaliados foram todas positivas e significativas...

Efeito da idade de exposição de novilhas à reprodução sobre estimativas de herdabilidade da idade ao primeiro parto em bovinos Nelore

Dias,L.T.; EL Faro,L.; Albuquerque,L.G.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.08%
Estimou-se a herdabilidade da idade ao primeiro parto (IPP) a partir de quatro conjuntos com diferentes tipos de informação. A primeira estimativa (IPP1) foi realizada com as novilhas (n= 6.222) expostas apenas na estação "normal", ou seja, aos 24 meses de idade. No segundo conjunto (IPP2), fizeram parte do arquivo todas as fêmeas (n= 15.746) com informação da IPP. No terceiro (IPP3), estimou-se a herdabilidade de um grupo mais restrito de novilhas (n= 9.524), as quais tiveram manejo diferenciado na fazenda; todas as fêmeas pertencentes a este grupo foram expostas mais cedo à reprodução, aproximadamente 18 meses de idade (estação de monta "antecipada"). Para o quarto grupo (IPP4), usou-se o arquivo completo de dados, ou seja, os registros de todas as fêmeas nascidas no rebanho (n= 40.954). Foram considerados no modelo o efeito aleatório de animal e os efeitos fixos de grupo contemporâneo e os efeitos linear e quadrático de idade da mãe ao parto. As herdabilidades estimadas para IPP1, IPP2, IPP3 e IPP4 foram, respectivamente, 0,00; 0,11; 0,20 e 0,36.

Estimativa da herdabilidade para os caracteres adaptativos ciclo e estatura de planta em aveia

Amaral,Adriane Leite do; Carvalho,Fernando Irajá Felix de; Federizzi,Luiz Carlos; Mittelmann,Andrea; Pandini,Fábio
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1996 PT
Relevância na Pesquisa
37.25%
Foi conduzido um experimento a campo nos anos de 1993 e 1994, em Eldorado do Sul-RS, com o objetivo de estimar a herdabilidade dos caracteres ciclo, da emergência até o florescimento, e estatura de planta em aveia, para aumentar a eficiência da seleção artificial. Os valores de herdabilidade foram estimados segundo o sistema de regressão desenvolvido por LUSH (1940) para 19 populações segregantes, conduzidas pelo método genealógico. Em 1993, a cada semana, l0 plantas foram identificadas quanto ao ciclo por população segregante F3, num total de 5 semanas. A estatura de planta foi aferida 15 dias após a antese. Em 1994, as populações F4 tiveram todas suas plantas medidas e identificadas quanto ao ciclo. Distintos valores de herdabilidade (significativos a 1%) para os caracteres adaptativos foram obtidos nas diferentes populações segregantes, variando de 0,19 a 0,59 para ciclo e de 0,43 a 0,92 para estatura de planta. Os maiores valores de herdabilidade indicam alta probabilidade de ganho de seleção em gerações segregantes de aveia, devido a pequena influência relativa do ambiente e a possibilidade de uso de maiores intensidades de seleção.

Estimativa dos componentes de variância e herdabilidade para formato de fruto em porongo: Lagenaria siceraria (Mol.) Standl

Bisognin,Dilson António; Storck,Lindolfo
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
O conhecimento das estimativas dos componentes de variância e da herdabilidade de importantes características agronómicas, como é o caso do formato de fruto em porongo, é fundamental para definir as estratégias de seleção e estimar o ganho genético. Progênies de meio-irmãos de porongo foram avaliadas com os objetivos de: (i) estimar os componentes de variância e de covariância; (ii) estimar a herdabilidade do caráter formato de fruto e; (iii) delinear algumas inferências em relação ao ganho genético obtido com seleçâo de frutos individuais em porongo. Componentes de variância genética significativos foram obtidos para diâmetro maior e do pescoço da cuia e, ambiental, para formato de fruto. A estimativa de herdabilidade para o caráter formato de fruto, para seleçâo em nível de frutos individuais, foi intermediária (0,36), e moderadamente alta para médias de famílias (0,53). Seleçâo massal entre médias ou dentro de famílias de meio-irmãos é o método de melhoramento mais apropriado para seleçâo do caráter formato de fruto em porongo.

Variabilidade genética e estimativas de herdabilidade para o caráter germinação em matrizes de Albizia lebbeck

Rego,Flávio Luiz Hilário; Costa,Reginaldo Brito da; Contini,Adriana Zanirato; Moreno,Renata Gomez dos Santos; Rondelli,Karen Gomes da Silva; Kumimoto,Humberto Haruki
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
Em áreas rurais, buscam-se espécies arbóreas que apresentem rápido crescimento, habilidade para fixar nitrogênio e melhorar a estrutura do solo, especialmente em locais degradados, tendo usos múltiplos e facilidade para consórcio com culturas agrícolas. A Albizia lebbeck apresenta essas características. O presente estudo avaliou a variabilidade genética e estimou parâmetros genéticos em progênies de albizia para o caráter germinação. Sementes de 26 matrizes da espécie foram coletadas no município de Campo Grande, MS. Os testes de superação da dormência e germinação foram realizados no laboratório de Botânica da Universidade Católica Dom Bosco. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso, com cinco repetições e 15 plantas. As estimativas de herdabilidade no sentido amplo foram de 0,43 para indivíduos e 0,79 para média de matrizes, sugerindo expressivo controle genético. A seleção das 10 melhores matrizes proporcionou ganho genético de, pelo menos, 8,1%. Este germoplasma pode ser usado em programa de melhoramento genético para a espécie.

Estimativas de herdabilidade para perímetro escrotal de animais da raça Nelore

Dias,Laila Talarico; El Faro,Lenira; Albuquerque,Lúcia Galvão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
Estimaram-se parâmetros genéticos e de ambiente para perímetro escrotal ao sobreano (PE) de 9.355 animais da raça Nelore. Foram considerados no modelo o efeito aleatório de animal e os efeitos fixos de grupo contemporâneo (GC) e os efeitos linear e quadrático das covariáveis idade ao sobreano (IDS) e peso ao sobreano ajustado aos 550 dias de idade (PSAJ). O grupo contemporâneo foi definido pelas variáveis: ano, estação e fazenda de nascimento, grupo de manejo ao nascimento, desmama e sobreano. As estimativas de herdabilidade foram 0,42 ± 0,04, quando considerados PSAJ e IDS como covariáveis; 0,41± 0,04, considerando-se PSAJ como covariável; e 0,35 ± 0,03, com apenas IDS como covariável.

Estimativas de herdabilidade para idade ao primeiro parto de novilhas da raça Nelore

Dias,Laila Talarico; El Faro,Lenira; Albuquerque,Lúcia Galvão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
Estimaram-se parâmetros genéticos para idade ao primeiro parto (IPP) de, aproximadamente, 6.000 novilhas, utilizando-se três diferentes definições de grupo contemporâneo (GC). Foram considerados no modelo o efeito aleatório de animal e os efeitos fixos de GC, além dos efeitos linear e quadrático da idade da mãe da novilha ao parto (IDV). A primeira definição de grupo contemporâneo (GC1) considerou as variáveis fazenda, ano, estação de nascimento, grupo de manejo de nascimento, desmama e sobreano e tipo de serviço (monta natural, monta controlada ou inseminação artificial). A segunda definição de grupo contemporâneo (GC2) incluiu as mesmas variáveis de GC1, além de ano e estação do parto. A terceira definição de grupo contemporâneo considerou as variáveis ano e estação de nascimento, fazenda, ano e estação do parto e tipo de cobertura. As estimativas de herdabilidade para IPP foram de 0,16 ± 0,03, 0,09 ± 0,03 e 0,11 ± 0,02, considerando-se GC1, GC2 e GC3, respectivamente.

Herdabilidade do tamanho do umbigo em fêmeas da raça Canchim.

ALENCAR, M. M. de; CORRÊA, L. de A.; TULLIO, R. R.
Fonte: In: RESUMOS DOS TRABALHOS APRESENTADOS NA CONVENÇÃO NACIONAL DE CANCHIM, 4., 2000, São Carlos, SP. Anais...São Carlos : Embrapa Pecuária Sudeste, 2000. p.13. Publicador: In: RESUMOS DOS TRABALHOS APRESENTADOS NA CONVENÇÃO NACIONAL DE CANCHIM, 4., 2000, São Carlos, SP. Anais...São Carlos : Embrapa Pecuária Sudeste, 2000. p.13.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Dentre as características morfológicas em bovinos de corte, o tamanho do umbigo é de especial interesse, principalmente nos reprodutores. É comum a perda total de um reprodutor ou mesmo a redução no seu desempenho reprodutivo, como resultado de uma inflamação iniciada por lesão no umbigo. Este trabalho teve o objetivo de estimar a herdabilidade do tamanho do umbigo e sua correlação com o peso aos 12 meses de idade, na raça Canchim. Para tanto, mediu-se o tamanho do umbigo (altura até o abdome) de 285 fêmeas com idade acima de 24 meses, nascidas de 1980 a 1991, utilizando-se uma régua graduada em milímetros. A média estimada do tamanho do umbigo foi igual a 2,71 cm. A estimativa de herdabilidade obtida para o tamanho do umbigo foi igual a 0,75. A correlação genética entre o tamanho do umbigo e o peso aos 12 meses de idade foi igual a 0,37. Os resultados sugerem que há possibilidade de redução do tamanho do umbigo na raça Canchim, sem comprometimento do peso aos 12 meses de idade.; 2000; Editado por Maurício Mello de Alencar, Edison Beno Pott, Carlos Roberto Paino, Pedro Franklin Barbosa, Rogério Taveira Barbosa, Rui Machado.

Estimativas de herdabilidade para produção de leite em cabras mestiças no semi-árido do Nordeste do Brasil.

SILVA, F. L. R. da; ANDRADE, V. de O.; LIMA, F. de A. M.
Fonte: Revista Científica de Produção Animal, Fortaleza, v. 4, n. 1/2, p. 64-70, 2002. Publicador: Revista Científica de Produção Animal, Fortaleza, v. 4, n. 1/2, p. 64-70, 2002.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Conduziu-se estudo de estimativas de herdabilidade e das correlações genéticas para produção total de leite e das mensais acumuladas, com informações provenientes de 696 dias de lactação de 246 cabras meio sangue Pardo Alpina x Moxotó, filhas de 20 reprodutores Pardo Alpina, da Embrapa Caprinos, em Sobral-CE. As cabras foram mantidas em regime semi-intensivo em pastagem nativa, e no período seco recebiam 1,5 kg/cab/dia de silagem de sorgo e 300g/cab/dia de mistura de milho e farelo de soja. As estimativas de herdabilidade com os respectivos erros-padrão da produção total e mensais acumuladas de leite, estimadas pela correlação intra-classe entre meio-irmãs paternas, em cabras meio sangue Pardo Alpina x Moxotó ao seus valores 30, 60, 90, 120, 150, 180 e 210 dias foram 0,33+ 0,16; 0,20+ 0,13; 0,34+ 0,18; 0,35 + 0,17; 0,34+0,15; 0,35 + 0,17, 0,33+ 0,14 e 0,33 + 0,17, respectivamente. As correlações da produção total com as parciais foram próximas da unidade. A produção de leite apresentou variação genética com potencial de resposta à seleção, e a lactação até 60 dias, apresentou-se como a mais indicada para seleção buscando-se respostas correlacionadas na produção total.; 2002

Herdabilidade e correlações quanto a peso, perímetro escrotal e escores visuais à desmama, em bovinos Canchim.

BARICHELLO, F.; ALENCAR, M. M. de; TORRES JUNIOR, R. A. de A.; SILVA, L. O. C. da
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.45, n.6, p. 563-570, jun. 2010. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.45, n.6, p. 563-570, jun. 2010.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
O objetivo deste trabalho foi estabelecer o modelo mais adequado para avaliação genética de bovinos Canchim e estimar os parâmetros genéticos de características produtivas à desmama. Foram utilizados dados de: 12.103 animais, quanto ao peso (PD); 5.278, quanto ao perímetro escrotal (PE); 8.343, quanto ao escore visual da conformação frigorífica (CF); 9.111, quanto ao escore de umbigo (UM); e 7.986, quanto ao escore de pelame (PEL). Os modelos estatísticos incluíram os efeitos fixos e os efeitos aleatórios genéticos aditivos direto, materno e de ambiente permanente materno, em diferentes combinações. As análises foram feitas pelo método da máxima verossimilhança restrita livre de derivadas. O modelo completo foi o mais adequado para PD, PE, CF e UM, enquanto o modelo com uso apenas dos efeitos genéticos aditivos direto e materno foi o mais adequado para PEL. As estimativas de herdabilidade direta foram 0,17, 0,13, 0,20, 0,18, e 0,52 para PD, PE, CF, UM e PEL, respectivamente, o que indica a possibilidade de se obter progresso genético por meio da seleção para essas características, principalmente para PEL. As correlações genéticas aditivas diretas entre as características variaram de -0,16 a 0,61. As correlações entre PD e PE e entre PD e CF indicam que a seleção para PD deve proporcionar ganho genético em PE e CF.; 2010

Heterose e herdabilidade de caracteres relacionados ao rendimento de gr??os em trigo (Triticum aestivum L.); Heterosis and heritability of traits related to grain yield in wheat (Triticum aestivum L.).

TESSMANN, Elisane Weber
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Fitomelhoramento; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Agronomia; Programa de P??s-Gradua????o em Fitomelhoramento; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
Wheat is among the most important cereal crops in the world, being significant in the daily diet of large parts of Europe, Americas and Oceania. Brazil is not self-sufficient in this crop, producing less than half of the national demand. Several genetic and environmental factors affect wheat yield. The interaction among genotype and environment results in differential yield response depending of environmental conditions. Thus, the assessment of recommended cultivars and populations formed by the crosses between them, become important tools in helping selection of superior populations. The aim of this study was to evaluate elite cultivars and segregating populations. The assessment was focused on traits influencing yield in order to indicate promising combinations to wheat breeding programs. The experiment was conducted in the winter of 2012, in the Palma experimental farm (CGF/FAEM/UFPel), located in Cap??o do Le??o RS/ Brazil. Parental lines, hybrids (F1) and segregating populations (F2) were sown in a randomized block design with three replications. The experimental units consisted of two 3 meters long lines with 0.3 meters spacing between plants and between lines, with 15 plants per line. The population F1 was obtained in the winter of 2011 and one generation was advanced in greenhouse in 2011/2012 warm season. The following traits were evaluated: plant height (PH); leaf spot (LS); number of spikes per plant (NSP); spike length (SL); spike weight (SW); kernels per spike (KPS); kernels weight per spike (KWPS); spike harvest index (SHI) and plant yield (PY). The analysis of variance showed significant differences for all traits studied. The multiple comparisons of means showed similar behavior for the characters PH...

TOLERÂNCIA AO ALUMÍNIO E CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS EM POPULAÇÕES HÍBRIDAS DE TRIGO: ESTIMATIVAS DE VARIÂNCIA, HERDABILIDADE E CORRELAÇÕES

Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira; Ferreira Filho,Antonio Wilson Penteado
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Visando estimar a herdabilidade em sentido restrito para a tolerância ao Al3+, altura das plantas, comprimento da espiga, comprimento do internódio da raque e produção de grãos, bem como as correlações entre essas características, foram efetuados cruzamentos, em forma dialélica entre os cultivares 'BH-1146', tolerante ao Al3+ e de porte alto; 'IAC-161' e 'Anahuac' ambos de porte semi-anão, com média tolerância e sensibilidade à toxicidade de Al3+, respectivamente. Plântulas representando os pais, as gerações F1 e F2 e os retrocruzamentos para ambos os pais, foram testadas para a reação a 6 mg/L de Al3+ em solução nutritiva. As plantas, devidamente identificadas, foram transplantadas para vasos localizados no telado. Os valores da herdabilidade em sentido restrito para a tolerância ao Al3+ foram médios (0,409 a 0,593) e para altura de planta foram médios a altos (0,638 a 0,860) para os três híbridos avaliados. Em relação ao comprimento da espiga, os valores foram médios para os híbridos 'BH-1146' x 'IAC-161' (0,390) e 'BH-1146' x 'Anahuac' (0,522) e alto para Anahuac x IAC-161 (0,851). Valores baixos a médios da herdabilidade em sentido restrito foram estimados para os caracteres comprimento do internódio da raque (0...

HERDABILIDADE E CORRELAÇÕES GENÉTICAS, FENOTÍPICAS E AMBIENTAIS PARA PESOS EM DIFERENTES IDADES DE BOVINOS DA RAÇA TABAPUÃ

FERRAZ FILHO, P. B.; RAMOS, A. A.; SILVA, L. O. C.; SOUZA, J. C.; ALENCAR, M. M.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
O conhecimento dos parâmetros genéticos, fenotípicos e ambientais de características de valor econômico é de fundamental importância para o delineamento de programas de seleção em bovinos de corte, pois permite antever a possibilidade de sucesso com a seleção. O objetivo deste trabalho foi obter estimativas de herdabilidade e de correlações genéticas, fenotípicas e ambientais, para os pesos ao desmame (P205), aos doze meses (P365) e aos 18 meses (P550) de idade de zebuínos da raça Tabapuã. Os dados, referentes a 15.358 animais, foram analisados pelo método da máxima verossimilhança restrita livre de derivadas (DFREML). O modelo para P205 incluiu os efeitos aleatórios aditivos direto e materno e de ambiente permanente e os efeitos fixos de grupo de contemporâneos (fazenda, unidade da federação, sexo, estação e ano de nascimento do animal) e da covariável idade da vaca ao parto (efeitos linear e quadrático). Para P365 e P550, utilizou-se um modelo semelhante, porém sem os efeitos aditivos materno, de ambiente permanente e da idade da vaca. As estimativas de herdabilidade foram iguais a 0,23; 0,21 e 0,15, para P205, P365 e P550, respectivamente. As estimativas de correlações genéticas foram iguais a 0...