Página 1 dos resultados de 406 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Efeitos dos métodos de hemólise e da pré-incubação com ATP na Ca+, composição lipo-proteica e orientação de vesículas membranares

Santos, Maria Augusta de Sousa Fernandes dos
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
27.84%
A problemática investigada e discutida nesta tese parte da ideia inicial de que as membranas dos eritrócitos têm sido largamente utilizadas como modelo para o estudo de membranas biológicas. Contudo, apesar de facilmente preparadas, as membranas obtidas por diferentes métodos apresentavam diferenças nalgumas características estruturais e funcionais. Assim, o objectivo inicial da tese foi o de investigar o efeito na Ca2+ ATPase e na composição lipo-proteica membranar de dois métodos de hemólise vulgarmente utilizados na preparação de membranas, respectivamente hemólise isotónica na presença de saponina e hemólise hipotónica na presença de Tris/EDTA. Subsequentemente, foi estudado o efeito da pré-incubação com ATP de membranas preparadas por hemólise hipotónica nos parâmetros acima referidos, uma vez que este tratamento é vulgarmente utilizado para a preparação de um modelo de membranas conhecido por membranas invertidas, o qual é particularmente útil para o estudo da bomba de Ca2+ da membrana plasmática. Resultados obtidos durante os estudos cinéticos da Ca2+ ATPase sugeriram a existência nestas membranas duma fosfatase estimulada por ATP e Ca2+ que actuava em componentes fosforilados da membrana. Estudos preliminares para a caracterização desta enzima bem como do seu substrato são incluídos neste trabalho. Finalmente...

Identificação de protease(s) endógena(s) de eritrócitos humanos, ativada(s) por esfingomielinases D de venenos de aranhas Loxosceles, envolvidas no fenômeno de hemólise dependente de complemento.; Identification of human erythrocyte endogenous protease(s), triggered by sphingomyelinases D form Loxosceles spiders venom, involved in the phenomenon of complement-dependent hemolysis.

Melo, Alessandra Veloso de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
Hemólise intravascular, causada pelo envenenamento por aranhas Loxosceles, é dependente da ação da esfingomielinase D, toxina do veneno que se liga à membrana dos eritrócitos e ativa proteases responsáveis pela clivagem de glicoforinas, tornando as células sensíveis à ação lítica do Sistema Complemento autólogo. O objetivo do estudo foi identificar possíveis proteases envolvidas nesse processo. A toxina foi expressa, purificada e apresentou suas funções biológicas ativas. O tratamento de eritrócitos humanos com a toxina removeu glicoforinas da membrana, não teve ação sobre Kell, CD59, DAF e CR1 e induziu a deposição de C1q, C3, C4, C5b-9, fator B e properdina. O pré-tratamento das células com os inibidores galardina, bestatina e fenantrolina reduziu a hemólise dependente de complemento autólogo. A ativação de proteases das membranas sobre o substrato fluorescente Abz-FRSSR-EDDnp, induzida pela toxina, foi prevenida por PMSF, simvastatina e fenantrolina, sugerindo o envolvimento de metalo- e serinoproteases no modelo de hemólise dependente de complemento estudado.; Intravascular hemolysis caused by poisoning by spiders Loxosceles, is dependent on the sphingomyelinase D action, a toxin that binds to the erythrocytes membrane and activates proteases responsible for the glycophorins cleavage...

Predição da hemólise fetal em gestantes aloimunizadas; Prediction of fetal hemolysis in alloimmunized pregnancies

Nishie, Estela Naomi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.77%
OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi avaliar fatores clínicos, laboratoriais, dopplervelocimétricos e hematimétricos preditivos da velocidade de hemólise entre a primeira e a segunda transfusões intrauterinas em gestantes aloimunizadas. MÉTODOS: Este estudo retrospectivo compreendeu gestações únicas, com fetos não hidrópicos, submetidos à primeira e à segunda transfusões intrauterinas pela técnica intravascular direta simples, acompanhadas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Foram coletados os seguintes dados das gestantes: idade materna, antecedente obstétrico, antecedente obstétrico relacionado à aloimunização (classificado em grave, moderado, leve e nenhum), tipos e títulos dos anticorpos antieritrocitários e dados da transfusão intrauterina (TIU) (idade gestacional da TIU, valores da concentração da hemoglobina antes e depois da primeira e antes da segunda TIU, medida da velocidade sistólica máxima da artéria cerebral média antes da primeira e da segunda TIUs, volume de sangue infundido, concentração de hemoglobina do sangue transfundido, intervalo de tempo entre as transfusões e o tipo de punção uterina transplacentária ou não). Foram calculados a razão entre a quantidade de hemoglobina endógena em relação à quantidade total de hemoglobina após a primeira transfusão...

Suplementação com L-Arginina como terapia complementar aos pacientes com doença falciforme

Bittar, Christina Matzenbacher
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.65%
A doença falciforme (DF), nas duas últimas décadas, tornou-se um problema de saúde global crescente, pela alta incidência (276.168 nascimentos/ ano global e 3.000/ano no Brasil, informe do Programa Nacional de Triagem Neonatal), por apresentar alta morbi-mortalidade e baixa qualidade de vida, mesmo com o atual aumento na sobrevida. A melhora nas curvas de sobrevida, observada em países desenvolvidos, é devida ao diagnóstico precoce, através da triagem neonatal, ao início de tratamento já nos primeiros meses de vida e ao acompanhamento por equipes multiprofissionais especializadas. Uma população grande, desde o nascimento até a idade mais avançada, precisa ser assistida, com o objetivo de prevenir e tratar as complicações da doença, com o firme propósito de minimizar as complicações tardias. A hipertensão arterial pulmonar (HAP) secundária está entre as complicações tardias mais severas e talvez possa ser evitada. Recursos precisam ser alocados, para que os países em desenvolvimento e subdesenvolvidos possam copiar os modelos bem sucedidos das políticas em saúde para DF, para a pesquisa clínica e básica. A Organização Mundial da Saúde incluiu, em 2006, a DF na lista de prioridade em saúde pública. Nas duas últimas décadas vêm sendo desvendados os complexos mecanismos envolvidos na patogenia da DF...

Determinação do valor da heptoglobina sérica para diagnóstico de hemólise na síndrome HELLP

Menegazzo, Ana Barbara Bordignon Rodrigues
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 68 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.74%
Pós-graduação em Ginecologia, Obstetrícia e Mastologia - FMB; Context: HELLP syndrome is a severe complication of pre-eclampsia, caracterized by hemolysis, elevated liver enzymes and low platelet count. Although there are standardized laboratory values that define the HELLP syndrome, the difficulty still exists for the characterization of hemolysis. PURPOSE: to evaluate the haptoglobin value to diagnose the hemolysis in HELLP syndrome. METHODS: transversal and prospective study of pregnant and postdelivery women with pre-eclampsia. Laboratory tests evaluated: serum haptoglobin. ROC curve to determine the cutoff value of haptoglobin in the diagnosis of hemolysis in HELLP syndrome. RESULTS: The haptoglobin value for hemolysis diagnosis in HELLP syndrome was 0.26 g / L. DISCUSSION: The best correlation was with haptoglobin and DHL, indicating that this is the best marker of intravascular hemolysis for the diagnosis of HELLP syndrome. CONCLUSION: Serum haptoglobin in cases of pre-eclampsia should be part of routine tests for diagnosis of intravascular hemolysis in HELLP syndrome; Introdução: A síndrome HELLP é uma complicação severa da pré-eclâmpsia, caracterizada por hemólise, elevação das enzimas hepáticas e trombocitopenia. Apesar de haver padronização dos valores laboratoriais que definem a síndrome HELLP...

Eficácia da haptoglobina como marcador de hemólise no diagnóstico da síndrome HELLP

Higa, Thais Tiemi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
Introduction: The HELLP syndrome is a severe complication of pregnant women with preeclampsia (PE), characterized by association of hemolysis, changes in liver enzymes and thrombocytopenia. Hemolysis, defined by the presence of microangiopathic hemolytic anemia, is one of the characteristics in this syndrome. However, as hemolysis occurs in a short time there is some difficulty in its laboratory diagnosis. Therefore, the search for a more sensitive and specific method for hemolysis determination may help in the early diagnosis of the HELLP syndrome. Objectives: a) To determine the plasma concentration of haptoglobin in normotensive pregnant women and in pregnant women with PE, classified into mild PE, severe PE and HELLP/partial HELLP syndrome; b) To compare the efficacy of haptoglobin plasma concentration and serum total bilirubin as criteria for hemolysis diagnosis in HELLP/partial HELLP syndrome. Methods: We conducted a cross-sectional analytical and comparative study involving 66 pregnant women diagnosed with PE, being 25 cases with mild PE, 28 with severe PE, and 13 with HELLP/partial HELLP syndrome. Twenty-one normotensive pregnant women were included for comparison of haptoglobin plasma concentration between the groups and to determine the normal values for pregnant women. The variables studied were: maternal age...

Contribuição do sistema microssomal hepatico na hemolise induzida por trifluoperazine (TFP)

Sonia Valeria Pinheiro Malheiros
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/1995 PT
Relevância na Pesquisa
27.39%
As drogas fenotiazínicas são amplamente utilizadas como neurolépticos e antipsicóticos. A trifluoperazina (TFP), um derivado fenotiazínico, dependendo da concentração, pode induzir hemólise ou proteger eritrócitos da lise em condição isosmótica. Nesse trabalho verificamos a interferência do sistema microssomal hepático (SMH), que é o principal responsável pela biotransformação de drogas nos organismos vivos, no efeito hemolítico causado pela TFP. O efeito hemolítico da TFP é abolido em presença de microssomas de fígado de rato (SMH), o que se deve em parte à biotransformação dirigida pelas enzimas P-450 microssomais e em parte à partição da droga na membrana microssomal, diminuindo a concentração livre da droga. Foi detectado um sobrenadante pós-microssomal (SPM) que mantinha a mesma característica de proteção hemolítica apresentada pelo SMH. Para essa fração solúvel (SPM) de composição proteica 48% e ribonucleica 24 % foi feita uma caracterização bioquímica, constituída basicamente de: determinação do pH, condutividade, caracterização dos espectros de absorção óptica e de ressonância magnética nuclear de prótons (lH-RMN), além da análise cromatográfica por HPLC e determinação da massa molecular aparente por eletroforese. Para todas as nove frações de SPM obtidas na separação cromatográfica...

Solubilização de membranas eritrocitarias : analise quantitativa do efeito hemolitico induzido por surfatantes

Paulo Sergio Castilho Prete
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.39%
Surfatantes ou detergentes são compostos anfifílicos que, na presença de água, têm a característica de formar agregados micelares. Surfatantes induzem a desestruturação de outros agregados como bicamadas sendo, por isso, usados para ruptura celular ou solubilização de lipídios e proteínas de membrana. A capacidade lítica dos surfatantes resulta de sua estrutura química, que determina o modo de interação dos mesmos com as membranas. Em concentrações mais altas (acima da concentração micelar crítica), os surfatantes desestabilizam as bicamadas lipídicas, levando à formação de micelas-mistas. Ensaios hemolíticos são bons modelos para estudo do efeito lítico de surfatantes em biomembranas. Aplicando em eritrócitos humanos o tratamento quantitativo proposto por Lichtenberg (1985) para estudo da solubilização de bicamadas lipídicas mensurou-se, neste trabalho, as concentrações para início (Csat) e 100% de hemólise (Csol), induzidas por 25 surfatantes clássicos, pertencentes a cinco diferentes famílias. A variação dos valores de Csat, Csol determinada com diferentes hematócritos permitiu o cálculo da constante de ligação surfatante/membrana e da razão surfatante/lipídio de membrana (Re) para início e 100% de hemólise. O parâmetro Re foi usado para classificar os detergentes como fortes...

Estudo da atividade hemolitica induzida pelo veneno de Bothrops lanceolatus (Fer de Lance) in vitro; Hemolytic activity study induced by in vitro Bothrops lanceolatus (Fer de Lance) venom

Lucimara Julio Martins
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.51%
O veneno de Bothrops lanceolalus exerce várias atividades biológicas, dentre elas a atividade hemolítica indireta. Neste trabalho verificamos algumas das características desta atividade in vitro. O veneno induziu hemólise indireta em eritrócitos de cavalo, boi, rato e carneiro, sendo que, dentre essas espécies, a primeira foi mais sensível; não houve atividade hemolítica direta. A hemólise foi concentração-dependente e atenuada em temperaturas >40°C. O tratamento do veneno com brometo de p-bromofenacil aboliu a atividade da fosfolipase A2 (PLA2) do veneno e impediu a hemólise. Corroborando estes achados, uma PLA2 ácida purificada deste veneno também induziu hemólise. Esta PLA2 reagiu contra o anti-soro do veneno de B. lanceolatus. Estes resultados indicam que atividade hemolítica do veneno de B. lanceolatus é mediada pela PLA2. A reação cruzada da PLA2 com o anti-soro sugere que a atividade desta enzima pode eficazmente ser neutralizada durante a terapia sorológica; Bothrops lanceolatus venom exerts a variety of biological activities, including indirect hemolysis. In this work, we examined some of the characteristics of this activity in vitro. The venom caused indirect hemolysis in horse, ox, rat and sheep erythrocytes...

Hemólise produzida por Candida tropicalis isoladas de amostras clínicas

França,Emanuele Júlio Galvão de; Fávero,Daniel; Scremin,Henrique; Oliveira,Marcelo Tempesta de; Furlaneto-Maia,Luciana; Quesada,Regina Mariuza Borsato; Furlaneto,Márcia Cristina
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.7%
INTRODUÇÃO: Leveduras do gênero Candida são responsáveis pela maioria das infecções fúngicas em humanos. Candida tropicalis tem sido uma das mais comumente isoladas dentre as espécies não-albicans. O objetivo foi analisar a hemólise in vitro promovida por isolados clínicos de C. tropicalis provenientes de sangue e outras amostras clínicas de pacientes internados no Hospital Universitário da UEL, PR-Brasil. MÉTODOS: Foi avaliada a hemólise promovida por 28 isolados clínicos de C. tropicalis, sendo os isolados agrupados em classes de acordo com os níveis de hemólise. RESULTADOS: A maioria dos isolados de sangue apresentou hemólise fraca (+), enquanto as classes de hemólise forte (+++) e muito forte (++++) foram as predominantes nos isolados de outras amostras clínicas como urina, lesão de unha e secreção traqueal, embora não tenham sido detectadas diferenças estatísticas (p>0,05). CONCLUSÕES: Isolados de C. tropicalis, obtidos de diferentes amostras clínicas, apresentam capacidade de promover hemólise in vitro.

Significado da presença de esquizócitos no sangue periférico de gestantes com pré-eclâmpsia

Silva,Rosângela de Fátima do Nascimento e; Resende,Lucilene Silva Ruiz e; Cardoso,Bruno Rabelo; Abbade,Joélcio Francisco; Peraçoli,José Carlos
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.51%
OBJETIVO: avaliar o significado da presença de esquizócitos em esfregaço de sangue periférico de gestantes com pré-eclâmpsia, identificando-os e correlacionando-os com outros marcadores de hemólise e da gravidade da doença. MÉTODOS: foram avaliadas 76 lâminas de esfregaço de sangue periférico de gestantes portadoras de pré-eclâmpsia. Após a realização do esfregaço, as lâminas foram submetidas ao corante de Leishman e armazenadas até a leitura, feita em microscópio modelo DLMB, da marca Leica, com aumento de 40 vezes e imersão em óleo. O microscópio era dotado de software Qwin Lite 2.5, que permitia gravar as imagens dos campos escolhidos em CD-ROM. Em cada lâmina foram contados dez campos com aproximadamente 100 eritrócitos. Foi considerada presença de esquizócitos (fragmento irregular ou em forma de capacete, de mordida ou triângulo) quando a porcentagem dos mesmos era maior ou igual que 0,2%. A presença de esquizócitos foi correlacionada com outros marcadores de hemólise (hemoglobina, bilirrubina total, desidrogenase lática e reticulócitos), marcadores da pré-eclâmpsia (proteinúria e número de plaquetas) e com a gravidade da pré-eclâmpsia. Para análise estatística foi utilizado o programa Statistical Package in Social Science (SPSS)...

Soroepidemiologia de Rhodococcus equi em equinos da região de Bagé, RS, pelo teste de inibição da hemólise sinérgica

Lazzari,Andrea; Vargas,Agueda Castagna de; Dutra,Valéria; Pedrozo,Andreia Foletto; Weiss,Lucia Helena Niederauer; Ferreira,Gregori Luis
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Com o objetivo de avaliar a situação soroepidemiológica da infecção por Rhodococcus equi na região de Bagé, RS, foram testadas 290 amostras de soro sanguíneo de éguas e potros aparentemente sadios, obtidos de 6 haras com diferentes histórias de rodococose. Para relacionar o resultado sorológico com a presença deste agente bacteriano no trato intestinal destes animais, foram coletadas 123 amostras de fezes. O teste sorológico utilizado foi a inibição da hemólise sinérgica (IHS) que detecta anticorpos neutralizantes contra o "fator equi". Um percentual de 87,93% (255/290) dos animais amostrados apresentaram estes anticorpos. O título médio geométrico (GMT) destes anticorpos foi mais elevado nos potros do que nas éguas. A soropositividade destes equinos ao teste sorológico teve correlação com o isolamento do R. equi nas fezes dos respectivos animais. A maior taxa de isolamento de R. equi das fezes dos equinos e o maior GMT, ocorreu no único haras com casos clínicos recentes de enfermidade causada por esta bactéria. No entanto, todos os animais deste e dos demais haras, encontravam-se aparentemente sadios, sendo necessário, estabelecer em trabalho futuro, a possível relação entre títulos de anticorpos e sua importância na detecção da enfermidade.

Correção da origem anômala de artéria coronária esquerda com insuficiência mitral e hemólise mecânica

Caliani,José Alberto; Machado,Alessandra Amorim; Marinho,José Augusto Toledo; Simões,Luiz Carlos; Barbosa,Odilon Nogueira
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.22%
Criança do sexo feminino, 2 meses de idade, apresentando quadro clínico de insuficiência cardíaca e sopro. Durante a investigação, foi realizado ecocardiograma e estudo cineangiocardiográfico que evidenciaram origem anômala da artéria coronária esquerda do tronco pulmonar e insuficiência mitral importante demonstrada ao doppler. A paciente foi submetida a tratamento cirúrgico com auxílio de circulação extracorpórea, que consistiu no reimplante da artéria coronária esquerda na aorta, associado à anuloplastia da valva mitral. No pós-operatório tardio, houve importante hemólise mecânica ocasionada pela plastia mitral. A paciente foi reoperada para remoção de retalho de pericárdio bovino. O ecocardiograma pós-operatório mostra insuficiência mitral leve e o paciente apresenta-se em classe funcional I (NYHA).

Hemólise na circulação extracorpórea: correlação com tempo e procedimentos realizados

Vieira Junior,Francisco Ubaldo; Antunes,Nilson; Vieira,Reinaldo Wilson; Álvares,Lúcia Madalena Paulo; Costa,Eduardo Tavares
Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular Publicador: Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.74%
INTRODUÇÃO: A circulação extracorpórea (CEC) é indispensável para a maioria das operações cardíacas, mas causa danos significantes ao sangue, dentre eles a hemólise. OBJETIVO: Quantificar as taxas de hemólise em diferentes tempos nas operações para revascularização do miocárdio com uso de CEC. MÉTODOS: Foram medidas as taxas de hemólise de 22 pacientes em 6 tempos distintos durante a revascularização do miocárdio com uso de CEC: T0 - antes do início da CEC, T1 - 5 minutos após o início da CEC, T2 - com 30 minutos de CEC, T3 - imediatamente antes do despinçamento da aorta, T4 - imediatamente antes da passagem do volume residual para o paciente e T5 - 5 minutos após o término da passagem do volume residual para o paciente. Foram calculadas as taxas de hemólise entre os intervalos de tempo: T0-T1; T1-T2; T2-T3; T3-T4 e T4-T5. RESULTADOS: Os primeiros 5 minutos após a CEC demonstraram maior taxa de hemólise (P = 0,0003) em comparação às outras taxas calculadas, representando 29% da hemólise total até T4 (imediatamente antes da passagem do volume residual para o paciente). CONCLUSÃO: Não foram observadas variações significantes nas taxas de hemólise durante a aspiração na raiz da aorta (P > 0,38) nem com o procedimento utilizado para a passagem do volume residual de sangue no circuito para os pacientes.

Efeito da bomba de infusão de soluções sobre o grau de hemólise em concentrados de hemácias

Carvalho,Eunice B.; Borges,Émerson L.; Carlos,Luciana M. B.; Silva,Marcos Antônio M.; Magalhães,Sílvia M. M.; Gomes,Francisca V. B. A. F.; Carvalho,Márcio J. C.; Quixadá,Acy T. S.; Pitombeira,Maria H. S.
Fonte: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular Publicador: Associação Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e Terapia Celular
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
A lise das hemácias, de causa imune ou não imune, pode provocar a elevação da hemoglobina plasmática induzindo efeitos deletérios principalmente nos rins e no sistema cardiovascular. Este trabalho objetiva evidenciar o possível efeito hemolítico induzido pelo trauma mecânico provocado pela passagem das hemácias em diferentes modelos de bombas de infusão de soluções, em concentrados de hemácias com até dez dias de armazenamento, preparados com Sag-Manitol. Foram utilizados três modelos de bombas (Nutrimat, Infusomat Compact e Volumed), com quatro aparelhos de cada modelo, testados em três velocidades de infusão (120 mL/h, 240 mL/h e 360 mL/h). Os parâmetros utilizados para evidenciar o grau de hemólise foram o percentual de hemólise e os níveis de hemoglobina e potássio livres no plasma. As amostras foram coletadas antes da passagem do concentrado de hemácias pelas bombas, na metade do tempo de infusão e no final da infusão, nas diferentes velocidades. Não ocorreu variação significativa entre os valores dos parâmetros analisados nas amostras controle e naquelas coletadas nas diferentes velocidades, marcas de bombas, mecanismos de infusão entre as bombas da mesma marca e entre os diferentes tempos de infusão. A principal variação encontrada foi relacionada com o potássio livre...

Escolha e padronização de um protocolo de hemólise de amostras para extração de RNA.

IBELLI, A. M. G.; RIBEIRO, A. R. B.; SOUZA, J. R. T. de.; ALENCAR, M. M. de; REGITANO, L. C. de A.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA-EMBRAPA SÃO CARLOS, 2009, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SP: Embrapa Pecuária Sudeste: Embrapa Instrumentação Agropecuária, 2009. Editado por Luiz Francisco Zafalon, Simone Cristina Méo Niciura. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA-EMBRAPA SÃO CARLOS, 2009, São Carlos, SP. Anais... São Carlos, SP: Embrapa Pecuária Sudeste: Embrapa Instrumentação Agropecuária, 2009. Editado por Luiz Francisco Zafalon, Simone Cristina Méo Niciura.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE) Formato: p. 21
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.59%
Estudos de regulação da expressão gênica dependem de amostras de RNA de alta pureza e integridade. A maioria das coletas de amostras para esses estudos ocorre a campo e, em grande parte das vezes, em diferentes momentos do experimento, exigindo que o transporte, a estocagem e o isolamento do RNA sejam adequados para que material de boa qualidade seja obtido. Dessa maneira, os objetivos deste trabalho foram: testar soluções de hemólise existentes na literatura e verificar a qualidade do RNA extraído após o processamento das amostras em diferentes tempos do experimento. Foram utilizadas amostras de sangue provenientes da Embrapa Pecuária Sudeste, São Carlos, SP. Em um primeiro teste, dois protocolos de obtenção de leucócitos a partir de amostras de sangue total foram avaliados. No primeiro, as amostras foram mantidas em gelo e, então, transferidas para um tubo de 15 mL, em que se adicionavam 10 mL de tampão de hemólise contendo 10 mM de Tris.HCl pH 7,6, 5 mM de MgCl2 e 10 mM de NaCl. A seguir, as amostras foram homogeneizadas e centrifugadas por 10 min a 3000 rpm, por 2 ou 3 vezes. No segundo teste, após a coleta, as amostras mantidas em gelo foram transferidas para tubo de 50 mL e centrifugadas por 5 minutos a 2500 rpm a 4oC. Após descarte do plasma...

Influência das condições pré-analíticas no índice de hemólise: resultados preliminares do 1º Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico

Gaio, Vânia; Barreto, Marta; Faria, Ana Paula; Kislaya, Irina; Namorado, Sónia; Santos, Ana João; Gil, Ana Paula; Nunes, Baltazar; Dias, Carlos Matias
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge, IP Publicador: Instituto Nacional de Saúde Dr Ricardo Jorge, IP
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 18/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.65%
Introdução: As condições pré-analíticas influenciam significativamente a hemólise das amostras de soro e plasma. No âmbito do 1º Inquérito Nacional de Saúde com Exame Físico, estão a ser realizadas, em média, 26 colheitas por dia, desde fevereiro de 2015. O objetivo deste trabalho é analisar os fatores pré-analíticos que influenciam o índice de hemólise nas amostras de soro e plasma colhidas. Materiais e Métodos: Foram analisados 230 registos de colheitas efetuadas em três regiões de saúde por 6 técnicos diferentes, que incluem informação relativa ao técnico, posição do participante durante a colheita, braço utilizado e duração da mesma. Foi também obtida informação sobre o tempo até à centrifugação das amostras e o grau de hemólise avaliado através de uma escala visual. Resultados: Os índices de hemólise detetados para as amostras de soro e plasma foram respetivamente 2,7% e 3,3%. Os mesmos índices estratificados por técnico foram 0%, 0%, 2.4%, 4.4%, 7.7% e 6.9% para o soro e 0%, 5.88%, 5%, 0%, 4.2% e 11.1% para o plasma. Nas amostras hemolisadas de soro e plasma, verifica-se que 83% e 71%, respetivamente foram realizadas à segunda tentativa no braço direito. Conclusões: Embora se trate de resultados preliminares...

Estudos quantitativos sobre o fenomeno da hemolise passiva indireta

Marlene Braide Serafim
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1974 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
O método da hemólise passiva indireta utilizando para titular diferentes anticorpos anti-proteína. Os antígenos foram ligados covalentemente à hemácia, utilizando-se a benzidina Bis-diazotada (BDB) ou 4'4' bi -fenil - bis -diazonio -flouoroborato (BDF). Os dados obtidos mostraram que: o BDF -composto bi -funcional estável -além de possuir as mesmas vantagens da BDB, supera-a quanto a estabilidade. O método da hemólise passiva indireta é capaz de detectar entre 7 a 12 ng Nac/ml sendo cerca de 13 vezes mais sensível do que os métodos de fixação do C ou da hemólise passiva direta.Este método pose ser empregado para detectar anticorpos que não preciptam ou que não fizam complemento.; Not informed.

Ação de xenobioticos em membranas biologicas e sinteticas

Sonia Valeria Pinheiro Malheiros
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/04/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.59%
O presente trabalho reporta um estudo da interação do antipsicótico trifluoperazina (TFP), do anestésico local dibucaína (OSC) e do antihelmíntico praziquantel (PZQ) com membranas biológicas e sintéticas. A interação droga-membrana foi estudada através da determinação do coeficiente de partição das drogas entre vários sistemas de membrana e água, e também pela monitoração da atividade hemolítica (determinação das razões efetivas drogas/lipídio para proteção e indução de lise, determinação do efeito térmico envolvido na hemólise, análise morfológica e determinação do perfil de eluição de lipídios). Além do estudo da contribuição do grau de ionização da TFP e da OSC na interação com membranas. A TFP apresentou o maior coeficiente de partição em todas as membranas e a melhor eficácia hemolítica, seguida pela OSC e pelo PZQ. A maior partição da TFP em relação à OSC deve-se às interações específicas com as proteínas da membrana bem como à contribuição da maior concentração da forma neutra em pH 7,4. A proteção induzida pelos xenobióticos em condições hiposmóticas está diretamente relacionada à hidrofobicidade dos compostos e é produzida pela inserção das formas monoméricas na membrana em concentrações inferiores às de saturação da membrana. A razão efetiva drogallipídio para a hemólise isosmótica induzida pela TFP ocorre muito antes de uma real saturação da membrana...

HEMOLISIS DE ERITROCITOS EN DISPOSITIVOS DE INFUSIÓN: REVISIÓN INTEGRATIVA DE LA LITERATURA; HEMOLYSIS OF ERYTHROCYTES IN INTRAVENOUS INFUSION DEVICES: AN INTEGRATIVE REVIEW OF THE LITERATURE; HEMÓLISE DE ERITRÓCITOS EM DISPOSITIVOS DE INFUSÃO INTRAVENOSA: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Pardo, Larissa Perez; Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP; Kusahara, Denise Miyuki; Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP; Peterllini, Maria Angélica Sorgini; Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP; Avelar, Ariane Ferreira Machado;
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 31/03/2015 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.65%
Hemolisis extracorpórea puede ser identificada durante procesos hemoterápicos. El enfermero es uno de los profesionales responsables por la administración de hemocomponentes y control de posibles riesgos, por lo tanto debe apropriarse de conocimientos para garantizar la práctica clínica. El objetivo fue identificar en la literatura aspectos de la hemolisis en concentrados de hematíes decurrentes de administración de sangre por dispositivos de infusión intravenosa. Fue realizada revisión integrativa de la literatura. Se utilizaron ar tículos en lengua inglesa, española y por tuguesa, sin delimitación de fecha, indexados en cuatro bases de datos. Fueron seleccionadas 12 (100,0%) producciones científicas, siendo que en siete (58,3%) fueron analizadas bombas de infusión, en dos (16,7%) la manipulación de eritrocitos, en dos (16,7%) la hemolisis con combinaciones de dispositivos y en una (8,3%) catéter intravenoso. Los resultados de cuatro (33,3%) de estos estudios evidenciaron ocurrencia de hemolisis. Los estudios apuntaron que puede ocurrir hemolisis durante la pasaje del componente por bombas de infusión y catéteres.; Extracorporeal hemolysis may be identified during hemotherapy. The nurse is one of the professionals responsible for the administration of blood components and the control of possible risks...