Página 1 dos resultados de 227 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Dyspharynx nasuta (Nematoda: Acuariidae) em Guira guira e Crotophaga ani (Cuculiformes: Cuculidae) no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil; Dyspharynx nasuta (Nematoda: Acuariidae) in Guira guira and Crotophaga ani (Cuculiformes: Cuculidae) on Rio Grande do Sul State, Brazil

Bartmann, Adriane; Amato, Suzana Bencke
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.05%
Os nematóides do gênero Dispharynx (Railliet, Henry & Sisoff, 1912) parasitam aves de diversas ordens e têm sido estudados, principalmente, em aves de importância econômica devido às lesões que provocam no proventrículo dos hospedeiros. Dispharynx nasuta (Rudolphi, 1819) Stiles & Hassall, 1920 é registrado em duas espécies de Cuculiformes, anu-branco, Guira guira Gmelin, 1788 e anu-preto, Crotophaga ani Linnaeus, 1758, no Sul do Brasil. Entre 2005 e 2008 foram coletados e necropsiados 120 espécimes de G. guira e 120 espécimes de C. ani nos municípios de Cacequi, São Vicente do Sul e Jaguari, Rio Grande do Sul, Brasil. A prevalência de D. nasuta foi de 28,3% em G. guira e 26,7%, em C. ani, e a intensidade média de infecção foi de 8,81 (DP=18,41; Amplitude 1 – 82) helmintos/hospedeiro, em G. guira, e de 5,10 (DP=6,17; Amplitude 1 – 30) helmintos/hospedeiro, em C. ani. Já a abundância média de infecção foi de 2,28 (DP=10,02) helminto/hospedeiro, em G. guira, e de 1,32 (DP=3,82) helminto/hospedeiro em C. ani. Análise comparativa entre o sexo, a maturidade sexual e a estação do ano, para as duas espécies de aves, mostrou que em C. ani não ocorreram diferenças significativas com relação a qualquer dos parâmetros analisados. Em G. guira as fêmeas estavam mais parasitadas do que os machos (P=0...

Prosthogonimus ovatus (Rudolphi) (Digenea, Prosthogonimidae) em três espécies de aves aquáticas da região Sul do Brasil; Prosthogonimus ovatus (Digenea, Prosthogonimidae) in three species of aquatic birds of southern Brazil

Monteiro, Cassandra de Moraes; Amato, Jose Felipe Ribeiro; Amato, Suzana Bencke
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.05%
Três espécies de aves, dois anatídeos, Dendrocygna bicolor (Vieillot, 1816) (marreca-caneleira) e Netta peposaca (Vieillot, 1816) (marrecão) e um phalacrocoracídeo, Phalacrocorax brasilianus (Gmelin, 1789) (biguá) foram coletados em vários locais na Província da Planície Costeira e no Lago Guaíba, Estado do Rio Grande do Sul. O número de aves examinadas de cada espécie de hospedeiro, assim como os valores de prevalência e intensidade média de infecção foram: 33 D. bicolor, 3%, 1 helminto/hospedeiro; 20 N. peposaca 15%, 4,3 helmintos/hospedeiro e 47 P. brasilianus 2,1%, 1 helminto/hospedeiro. O espécime coletado no biguá e um dos espécimes, entre aqueles, coletados nos marrecões estavam na cloaca. Os outros espécimes coletados nos marrecões e o único espécime coletado nas marrecas-caneleiras, respectivamente, estavam na bolsa de Fabricius. Este é o primeiro registro de P. ovatus em biguás e em marrecões. A distribuição geográfica conhecida de P. ovatus é estendida para o sul do Brasil e para o Estado do Rio Grande do Sul.; Three species of birds, two anatids, Dendrocygna bicolor (Vieillot, 1816) (Fulvous Whistling Duck) and Netta peposaca (Vieillot, 1816) (Rosy-billed Pochard), and one phalacrocoracid...

Recent Studies on Neoechinorhynchus curemai Noronha, 1973 (Acanthocephala: Neoechinorhynchidae), in Prochilodus lineatus Valenciennes, 1836, from Volta Grande Reservoir, MG, Brazil

MARTINS, M. L.; FUJIMOTO, R. Y.; ANDRADE, P. M.; TAVARES-DIAS, M.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 673-682
ENG
Relevância na Pesquisa
17.05%
O presente trabalho estudou a helmintofauna do curimbatá, Prochilodus lineatus Valenciennes, 1836, do reservatório de Volta Grande, MG, Brasil. Foram analisados 18 peixes com comprimento médio de 46,7 ± 1,1 cm e peso médio de 1.674,8 ± 75,6 g, sendo que 15 apresentaram acantocéfalos no intestino com prevalência de 83,3%. O helminto foi identificado como Neoechinorhynchus curemai Noronha, 1973 (Acanthocephala: Neoechinorhynchidae), que diferiu das outras espécies descritas pelas dimensões dos caracteres e pela morfologia. da descrição original de N. curemai difere pelas maiores dimensões dos testículos, pela glândula de cimento alongada, pela presença de núcleos nos lemniscos, pelas dimensões dos ovos e pelos maiores ganchos da probóscide presentes na segunda e na terceira fileiras nos machos e na primeira fileira nas fêmeas. Foi observada menor porcentagem ocupada pelo sistema reprodutivo em relação ao tronco da fêmea. A observação dos parátipos de N. curemai de Noronha (1973) mostrou grande semelhança com os do presente trabalho. Este fato complementa a descrição do helminto em outra localidade.; The present work described helminth parasites of curimbatá, Prochilodus lineatus Valenciennes, 1836 from Volta Grande Reservoir...

Supracomunidade de helmintos associados a anfíbios: uso do hábitat, modo reprodutivo dos hospedeiros e distribuição espacial dos parasitas

Toledo, Gislayne de Melo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 94 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.05%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; O objetivo deste estudo foi avaliar a composição e estrutura da comunidade de helmintos de anfíbios de acordo com suas características reprodutivas e uso do hábitat pelo hospedeiro; determinar a riqueza e diversidade comunidade parasitária; e avaliar a distribuição espacial dos helmintos parasitas. As espécies de anfíbios coletadas foram agrupadas em seis guildas de acordo com as características reprodutivas e uso do habitat pelo anfíbio. Em todas as guildas os anfíbios estavam parasitados por pelo menos uma espécie de helminto, abrangendo desde um único hospedeiro parasitado na guilda VI até a maioria nas guildas II, III, IV e V. As guildas II, III e IV apresentaram as maiores valores de riqueza e diversidade parasitária enquanto as guildas V e VI os menores. A helmintofauna foi composta por 13 taxa, sendo os nematóides não identificados da família Cosmocercidae o taxon mais prevalente, seguido por Rhabdias sp.. As espécies de helmintos na supracomunidade apresentaram um padrão de agregação próximo ao máximo, mas nas guildas esse mesmo padrão não foi observado. Somente duas espécies foram classificadas como colonizadoras sem sucesso, larva de Physaloptera sp. e larva de Cestoda...

Diagnóstico laboratorial de blastocistose humana - ocorrência de Blastocystis hominis (BRUMPT,1912) em habitantes da região de Araraquara-SP

Miné, Júlio César
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 83 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.05%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Biociências e Biotecnologia Aplicadas à Farmácia - FCFAR; Blastocystis hominis é protozoário causador da infecção intestinal denominada blastocistose humana, cujo diagnóstico é realizado pelo exame coproparasitológico e por meio de técnicas de colorações permanentes que foram utilizadas neste estudo para avaliar a prevalência de Blastocystis hominis nos espécimes fecais de habitantes na região de Araraquara-SP. Foram estudadas 503 amostras de fezes submetidas às técnicas de exame direto a fresco, de Faust e cols., de Lutz e de Rugai, Mattos e Brisola, além das colorações pela hematoxilina férrica, tricrômio e de Kinyoun modificada. Do total das amostras analisadas 174 (34,6%) apresentaram-se positivas para a presença de parasitas intestinais. O protozoário e helminto mais freqüentes foram respectivamente: Entamoeba coli (14,6%) e Strongyloides stercoralis (6,7%). Blastocystis hominis foi observado em 23 (4,6%) amostras fecais com consistência predominantemente pastosa, não caracterizando quadro diarréico. Apesar da baixa prevalência de Blastocystis hominis encontrada na região de Araraquara, comparativamente a outras regiões brasileiras...

Diversidade de helmintos de Notothenia coriiceps Richardson, 1844 da Baía do Almirantado, Ilha do Rei George, Antártica

Wunderlich, Alison Carlos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 47 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.05%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; A busca por fatores que levam a variação na composição e estrutura das comunidades de parasitas é um ponto chave nos estudos de ecologia do parasitismo. O presente estudo teve como objetivos avaliar se a composição, estrutura e diversidade das comunidades componentes de helmintos de Notothenia coriiceps podem variar em termos locais e temporais na baía do Almirantado, Ilha Rei George, Península Antártica. Os peixes foram coletados em cincos locais diferentes denominados, Arctowiski, Ipanema, Punta Ullman, Refúgio I e Smok Point, totalizando 126 indivíduos. Após capturados, os peixes foram necropsiados e os parasitas encontrados foram coletados, quantificados, fixados e identificados. Todos os peixes foram infectados por pelo menos uma espécie de helminto parasita. Das 13 espécies de helmintos encontradas, cinco eram larvas (2 cestóides, 2 nematóides e 1 acantocéfalo) e oito adultos (5 digenéticos e 3 de acantocéfalos). As espécies dominantes e com as maiores intensidades em todos os locais foram adultos de Macvicaria georgiana e Aspersentis megarhynchus e cistacanto de Corynosoma sp....

Aspectos ecológicos da helintofauna de anfíbios Leptodactylidae (ANURA) no Estado do Mato Grosso, Brasil

Morais, Drausio Honorio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 121 f.
POR
Relevância na Pesquisa
27.05%
Pós-graduação em Ciências Biológicas (Zoologia) - IBB; Nos necropsiamos 668 espécimes de 21 espécies de rãs da família Leptodactylidae colecionadas entre os anos de 1987 e 2010, provenientes de 36 municípios, distribuídos por quatro regiões: Amazônia, Cerrado, Pantanal e áreas de transição de Cerrado e Amazônia no Estado do Mato Grosso, Brasil. 535 anfíbios estavam parasitados e destes, recuperamos 31.580 helmintos representados por 38 espécies, distribuídos em Nemátoda, Tremátodas (Digenéticos e Monogenéticos), Cestoda e Acantocephala. Os padrões de infecção foram estimados através da prevalência, abundância média e intensidade de infecção. A hierarquia dos termos foram de comunidades parasitárias, que inclui infrapopulações, infracomunidade, comunidade componente e supracomunidade. As espécies de helmintos foram classificadas como centrais, secundárias e satélite de acordo com suas prevalências. Para análises das diferenças entre as abundancias médias nas quatro diferentes regiões foram realizados testes de Kruskal-Wallis para cada uma das três espécies de hospedeiros que ocorreram em todas as regiões, em seguida foram feitas comparações através do método de Dunn para verificar qual seria a diferença. A análise de similaridade entre as supracomunidades foi feita pela a presença e ausência das espécies parasitas presentes em cada região estudada e calculada pelo índice qualitativo de Jaccard e elaborado um Dendrograma de similaridade. O helminto mais comum nas populações de anfíbios foram os cosmocercídeos...

Viabilidade do parasitismo por Haemonchus contortus em bovinos experimentalmente infectados

Fávero, Flávia Carolina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 62 p. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
27.05%
Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; O sistema de criação conjunta ovinos/bovinos, visando melhor aproveitamento da pastagem, provendo diversificação lucrativa, pode deparar com problemas graves nas propriedades rurais, tais como as parasitoses. Dentre as mais importantes, destaca-se a hemoncose. As espécies Haemonchus placei e Haemonchus contortus são comumente encontradas parasitando bovinos e ovinos, respectivamente. A infecção de bovinos por H. contortus constitui, ainda, uma incógnita na literatura, sobretudo a brasileira. Este helminto tem sido descrito parasitando principalmente ovinos e caprinos. As espécies mais citadas parasitando bovinos são H. placei e H. similis. Portanto, objetivou-se no presente estudo avaliar a infectividade de H. contortus para bovinos e comparar sua patogenicidade à de H. placei. Para tal, foram utilizados 10 bezerros, criados e mantidos sem contato com helmintos, assim distribuídos: GI - dois bezerros não inoculados (controle), GII – quatro bezerros inoculados com larvas infectantes (L3) de H. contortus e GIII – quatro bezerros infectados com larvas (L3) de H. placei. Cada bovino recebeu 10.000 L3, de acordo com o grupo experimental, em dose única. Exames coproparasitológicos (McMaster e coproculturas) foram realizados diariamente após o 60 dia da inoculação...

Um estudo sôbre a eosinofilia nas helmintoses

Moraes,Ruy Gomes de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1968 PT
Relevância na Pesquisa
17.05%
1 - Foram examinadas as fezes de 2.666 indivíduos, operários e funcionários de duas Emprésas industriais, situadas, uma na cidade do Rio de Janeiro e outra no Estado do Rio (Brasil); 2 - Dos 2.666 indivíduos, 1941 (72.80%) estavam parasitados por um ou mais helmintos e 725 (27,20%) tinham seus exames de fezes negativos; 3 - De cada um dos 2.666 indivíduos foi feito um hemograma completo, tendo sido aproveitada a taxa de eosinófilos que, em associação com os exames de fezes, constituiu o objeto principal dêste trabalho. 4 - Na Tabela A observa-se o número de vêzes em que cada um dos vermes foi observado e seus respectivos percentuais. Embora não seja um trabalho de epidemiologia, verifica-se que 46,81% são infestados pelo Trichuris trichiura; 23,85% pelo Strongyloides stercoralis; 22,46% pelo Necator americanus e/ou Ancylostoma duodenale; 20,51% pelo Ascaris lumbricóides; 1,65% pelo Schistosoma mansoni; 0.67% pelo Enterobius vermicularis; 0,26% por Taenia solium ou T. saginata e 0,11% por Hymenolepis nana; 5 - Os exames de fezes foram feitos pelos métodos de Faust (ou de Ritchie), de Willis, de Baermann e de sedimentação; 6 - A eosinofilia anotada foi a relativa ou em seu percentual, sendo considerada hipereosinofilia uma taxa de eosinófilos igual ou superior a 5% (Eo > 5%); 7 - Foram abordados de modo conciso os fatores que provocam oscilações na eosinofilia normal tais como a idade...

Verificação do número de machos e fêmeas de schistosoma mansoni capturados em camundongos infectados por duas cepas do helminto

Magalhães,Luiz A.; Carvalho,José F. de
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1969 PT
Relevância na Pesquisa
27.05%
Os autores estudam comparativamente a proporção de machos e fêmeas de S. mansoni obtidos por perfusão de camundongos infectados por cepas diferentes de helminto, concluindo que não há variação entre as cepas quanto ao fenômeno estudado.

Patogenia da anemia na Ancilostomose: portadores de parasitos - relação entre a atividade do helminto e a deficiencia de ferro na genese da doença

Cruz,W. O.
Fonte: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde Publicador: Instituto Oswaldo Cruz, Ministério da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1934 PT
Relevância na Pesquisa
27.05%
Recapitulamos, neste trabalho, os principais dados que documentam a existencia de portadores de parasitos na ancilostomose, o papel da nutrição nesta doença e nas anemias em geral, e tambem as diversas concepções sôbre a patogenia dessa verminose. Apresentamos cinco casos de ancilostomose com graves anemias (Hb. de 13 a 30%), curados e assim conservados mediante diaria administração de ferro, durante lomgo tempo (3 a 10 mêses), apesár da persistencia de infestações muito intensas (25 a 40 mil ovos de ancilostomo por gr. de fezes). No periodo da manutenção fôram feitos diferentes exames, que mostraram quasi sempre cifras normais ou muito proximamente normais, persistindo, entretanto, uma intensa eosinofilia no sangue periferico. Fica assim constatado quais as perturbações corrigidas pelo ferro e quais as derivadas de uma ação direta do verme parasito. Discutimos, finalmente, a pouca ação dos processos diretos resultante da atividade do helminto, em relação á influencia preponderante da alimentação, salientando-se nesta última a importancia essencial da riqueza em ferro.

Prosthogonimus ovatus (Rudolphi) (Digenea, Prosthogonimidae) em três espécies de aves aquáticas da Região Sul do Brasil

Monteiro,Cassandra M.; Amato,José F. R.; Amato,Suzana B.
Fonte: Sociedade Brasileira de Zoologia Publicador: Sociedade Brasileira de Zoologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.05%
Três espécies de aves, dois anatídeos, Dendrocygna bicolor (Vieillot, 1816) (marreca-caneleira) e Netta peposaca (Vieillot, 1816) (marrecão) e um phalacrocoracídeo, Phalacrocorax brasilianus (Gmelin, 1789) (biguá) foram coletados em vários locais na Província da Planície Costeira e no Lago Guaíba, Estado do Rio Grande do Sul. O número de aves examinadas de cada espécie de hospedeiro, assim como os valores de prevalência e intensidade média de infecção foram: 33 D. bicolor, 3%, 1 helminto/hospedeiro; 20 N. peposaca 15%, 4,3 helmintos/hospedeiro e 47 P. brasilianus 2,1%, 1 helminto/hospedeiro. O espécime coletado no biguá e um dos espécimes, entre aqueles, coletados nos marrecões estavam na cloaca. Os outros espécimes coletados nos marrecões e o único espécime coletado nas marrecas-caneleiras, respectivamente, estavam na bolsa de Fabricius. Este é o primeiro registro de P. ovatus em biguás e em marrecões. A distribuição geográfica conhecida de P. ovatus é estendida para o sul do Brasil e para o Estado do Rio Grande do Sul.

Prevalência de Paramphistomum no rúmen e retículo de bovinos no Estado do Rio Grande do Sul - Brasil

Mattos,Mary Jane Tweedie de; Ueno,Hakaru
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1996 PT
Relevância na Pesquisa
27.05%
Estudou-se a prevalência de trematódeos no rúmen e retículo de 2.202 bovinos provenientes de 24 municípios do Estado do Rio Grande do Sul, através de necropsias efetuadas em matadouro. Constatou-se que 21 dos municípios estudados estavam positivos para Paramphistomum spp. e 26,3% dos rumens e retículos parasitados com o helminto. A prevalência deste trematódeo foi maior nos municípios de Santa Vitória do Palmar (100%); Capão do Leão (97,6%) e Palmares (90%).

Dispharynx nasuta (Nematoda: Acuariidae) em Guira guira e Crotophaga ani (Cuculiformes: Cuculidae) no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil

Bartmann,Adriane; Amato,Suzana Bencke
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
17.05%
Os nematóides do gênero Dispharynx (Railliet, Henry & Sisoff, 1912) parasitam aves de diversas ordens e têm sido estudados, principalmente, em aves de importância econômica devido às lesões que provocam no proventrículo dos hospedeiros. Dispharynx nasuta (Rudolphi, 1819) Stiles & Hassall, 1920 é registrado em duas espécies de Cuculiformes, anu-branco, Guira guira Gmelin, 1788 e anu-preto, Crotophaga ani Linnaeus, 1758, no Sul do Brasil. Entre 2005 e 2008 foram coletados e necropsiados 120 espécimes de G. guira e 120 espécimes de C. ani nos municípios de Cacequi, São Vicente do Sul e Jaguari, Rio Grande do Sul, Brasil. A prevalência de D. nasuta foi de 28,3% em G. guira e 26,7%, em C. ani, e a intensidade média de infecção foi de 8,81 (DP=18,41; Amplitude 1 - 82) helmintos/hospedeiro, em G. guira, e de 5,10 (DP=6,17; Amplitude 1 - 30) helmintos/hospedeiro, em C. ani. Já a abundância média de infecção foi de 2,28 (DP=10,02) helminto/hospedeiro, em G. guira, e de 1,32 (DP=3,82) helminto/hospedeiro em C. ani. Análise comparativa entre o sexo, a maturidade sexual e a estação do ano, para as duas espécies de aves, mostrou que em C. ani não ocorreram diferenças significativas com relação a qualquer dos parâmetros analisados. Em G. guira as fêmeas estavam mais parasitadas do que os machos (P=0...

Atividade de extratos de pinhão manso sobre a eclosão de ovos de nematoides gastrintestinais.

NASCIMENTO, M. T. dos S. C. do; BRAGA, A. C. L.; CAVALCANTE, A. C. R.; VIEIRA, L. da S.; ANDRADE, L. B. da S.; SALLES, H. O.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PARASITOLOGIA VETERINÁRIA, 18., 2014, Gramado. Fronteiras da parasitologia: anais. Gramado: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2014. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PARASITOLOGIA VETERINÁRIA, 18., 2014, Gramado. Fronteiras da parasitologia: anais. Gramado: Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária, 2014.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
17.05%
2014

Uso urbano não potável de água de lagoas do sistema de drenagem de Natal

Silva, Selma Thaís Bruno da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-graduação em Engenharia Sanitária; Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.05%
The detention and infiltration ponds of urban drainage system has function to protect the population from undesirable effects of floods. In general these ponds are not completly used and it potential is wasted. As it are disseminated at different places at cities it can reduce costs with water transport and permit water preservation of best quality. Some it utilities includes use in green areas irrigation, industrial among than cooling towers and boiler, soil compaction, cleaning urban road, pisciculture and fire fighting system. The quality these water is influenced by anauthorized sewage in the drainage system. This study was performed in six detention and infiltration ponds at drainage system of Natal, which aim was to verify the non-portable use these ponds on urban environment. As indirect aim would to incentive the water utilization these ponds as a water source to another uses in urban environment. These ponds represents the characteristics of detention and infiltration of Natal city and consequently of Brazil. As the water quality, the ponds presents following characteristics: three has apparently good quality, other showed intermediate condition and two had water polluted. Were performed twenty sample in each ponds and the following parameters assessed: pH...

Caracterização histológica de vermes adultos machos de Lagochilascaris minor; Histological characterization of adult males worms of Lagochilascaris minor

Vieira, Ana Paula de Toledo
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Pública (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Pública (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.05%
Nematoda Lagochilascaris minor is the etiologic agent of lagochilascaríase in human beings. Until today, no one knows the natural host of this helminth and Brazil registers about 90% of the cases of lagochilascaríase world-wide human being. The life cycle of L. minor was described using an experimental model in mice and domestic cat, behaving as an intermediate host and definitive host respectively. The objective of this study was to evaluate the histology of the adult males of this helminth worms, using light microscopy. These specimens were removed after necropsy of cats kept in their cages cataloged in male and female worms, and the adult male specimens were fixed in formalin solution 10 % hot, AFA and 4% paraformaldehyde in sodium cacodylate buffer 0 1 M, pH 7.2. After the different fixations, the samples were dehydrated in a gradual series of ethanol in different concentrations of alcohol levels, and included in historesin cut with 3μm –thick microtome, with horizontal and transverse serial sections. The sections were stained with Hematoxylin & Eosin (HE), Carmin, Giemsa and Toluidine Blue. The best fixation was achieved with the use of AFA and 4% paraformaldehyde in 0.1 M sodium cacodylate buffer pH 7.2 and the best staining was obtained from the use of the dye HE...

Seleção de ovelhas para resistência ao parasitismo gastrintestinal empregando a contagem de ovos nas fezes

Guimarães, Nilton Gabriel Paiva
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.05%
O parasitismo gastrintestinal em ovinos, principalmente aquele realizado pelo helminto Haemonchus contortus, tem limitado o crescimento da ovinocultura. O controle da haemoncose tem se tornado um desafio ainda maior em virtude do progresso da resistência parasitária. Por esse motivo, medidas de controle alternativo têm sido desenvolvidas para utilização em conjunto com os fármacos. O presente trabalho objetivou identificar individualmente o nível de sensibilidade aos nematódeos gastrintestinais em um rebanho “Pantaneiro” utilizando a contagem de OPG como parâmetro a esta seleção. As ovelhas foram divididas em grupos: sensível (SS), intermediário (RS) e resistente (RR), cada grupo foi subdividido e submetido a dois planos nutricionais, com (+) e sem (-) suplementação proteica. Aos animais suplementados foi oferecido concentrado proteico com 18% de proteína bruta (PB). Nos primeiros 12 meses, 150g animal/dia foram oferecidos, e, posteriormente, 250g animal/dia até os 25 meses. Foram realizadas contagens de OPG e coprocultura a cada 28 dias. Um total de 20 aferições do método Famacha® e seis do volume globular (VG) foram realizadas no período. As médias das OPG dos grupos resistentes foram inferiores àquelas dos demais grupos em todas as amostragens (p≤0...

Valoración de unidades de filtración lenta en arena como alternativa para la remoción de contaminación bacteriológica en aguas residuales de efluentes secundarios anaerobios

Aguirre Osorio, Kelly Andrea
Fonte: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad de Ciencias Ambientales Publicador: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad de Ciencias Ambientales
Tipo: Tese de Doutorado Formato: PDF
ES
Relevância na Pesquisa
17.05%
En nuestro país, los vertimientos de aguas residuales afectan los cuerpos de agua y a la salud pública con contaminación orgánica y organismos patógenos; específicamente en las áreas rurales los sistemas de tratamiento más utilizados son los sistemas sépticos, y en los últimos años ha aumentado la aplicación de humedales construidos para la remoción de materia orgánica, principalmente como sistemas de tratamiento secundario, siendo pocos los casos en donde se llega a un nivel de tratamiento superior. Dado que la mayoría de los sistemas convencionales de tratamiento de aguas residuales liberan una gran cantidad de microorganismos, la desinfección de efluentes secundarios es necesaria para salvaguardar la salud pública y el medio ambiente. Se requieren entonces, tecnologías apropiadas, confiables y seguras para la desinfección de aguas residuales, particularmente en países en desarrollo. Por lo tanto, y ante la necesidad de disminuir la contaminación bacteriológica en aguas superficiales, el objetivo principal de esta investigación fue evaluar la efectividad y determinar variables de operación de unidades de filtración lenta en arena (FLA) para la remoción de organismos patógenos de aguas residuales provenientes de efluentes secundarios anaerobios a escala piloto. El montaje experimental se llevó a cabo en la Planta de Tratamiento de Aguas Residuales de la Universidad Tecnológica de Pereira. Se evaluaron como factores la carga hidráulica (alta y baja)...

Eisenia phoetida (Lumbricidae), um novo hospedeiro intermediário para Metastrongylus salmi (Metastrongylidae), em suínos, a partir de infecções experimentais

Maio, Fábio Geraldo; Professor do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário de Vila Velha, ES.; Ramalho, Leandro Dantas; Médico-veterinário autônomo.; Figueiredo, Marcelo Abidu; Professor do Dep. de Biologia Animal/IB/UFRRJ; Grisi, Laert
Fonte: Universidade Federal Fluminense Publicador: Universidade Federal Fluminense
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; MVP; Comunicação Científica; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
17.05%
Exames de fezes de suínos criados em regime de pastejo, procedentes do município de Seropédica, estado do Rio de Janeiro,foram diagnosticados positivamente para a presença de ovos do nematóide Metastrongylus salmi. Estas fezes foram oferecidascomo alimento para minhocas da espécie Eisenia phoetida, nas quais desenvolveram-se larvas do helminto. Estasmesmas minhocas foram oferecidas, juntamente com ração comercial, para suínos não-infectados, que após 28 dias, atravésde exame de fezes e necrópsia, foram diagnosticados como positivos para este helminto.