Página 1 dos resultados de 9311 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Novos funcionais para o modelo de Heisenberg anisotrópico; New functionals for the anisotropic Heisenberg model

Prata, Guilherme Nery
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.87%
O modelo de Heisenberg destaca-se no estudo do magnetismo com origem em momentos magnéticos localizados. Semelhante ao bem conhecido modelo clássico de Ising, ele incorpora, no entanto, flutuações quânticas. Estamos interessados em sistemas antiferromagnéticos descritos pelo Hamiltoniano de Heisenberg com anisotropia de troca e que, eventualmente, possam apresentar magnetizações não-nulas. Neste trabalho, lidamos com sistemas não-homogêneos, apresentando impurezas e/ou sujeitos a condições de contorno abertas. Para tanto, utilizamos a Teoria do Funcional da Densidade, que proporciona uma metodologia de obtenção de resultados para um sistema não-homogêneo a partir dos resultados conhecidos do mesmo sistema quando homogêneo. Nosso trabalho resume-se a duas partes. Na primeira parte, trabalhamos inicialmente com um funcional, na aproximação ``local para o spin''(LSA), advindo da Teoria de Ondas de Spin, válido para anisotropia de troca com simetria XXZ e magnetização do sistema nula. E na segunda, exploramos a possibilidade de construção de um funcional, na aproximação LSA, válido para anisotropia de troca mas com um adicional: válido para magnetizações não-nulas. Os resultados advindos dos funcionais são confrontados com resultados numericamente exatos obtidos de um programa em Fortran 90...

Modelo de Heisenberg antiferromagnético com interações não-uniformes; Antiferromagnetic Heisenberg model applied to nonuniform interactions

Penteado, Poliana Heiffig
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
Nesta dissertação, estudamos cadeias unidimensionais antiferromagnéticas de spins 1/2 modeladas pelo Hamiltoniano de Heisenberg na presença de inomogeneidades causadas principalmente pela introdução de ligações substitucionais (defeitos nas ligações) e por efeitos de borda. Interessados então em determinar a energia do estado fundamental de sistemas com quaisquer distribuições das ligações, utilizamos o formalismo da Teoria do Funcional da Densidade (DFT) desenvolvido para o modelo de Heisenberg. O formalismo da DFT permite a estimativa da energia do estado fundamental de sistemas não-homogêneos conhecendo-se o sistema homogêneo. Construímos funcionais na aproximação da ligação local (LBA), proposta recentemente em analogia à já conhecida LSA (aproximação local para o spin). A obtenção dos funcionais se baseou no estudo do modelo de uma cadeia de spins em que as ligações são alternadas, isto é, a interação de troca se alterna em valor de sítio para sítio. Isso originou um funcional não-local na interação de troca da cadeia. Apesar disso, continuamos utilizando a nomenclatura LBA. Todos os resultados fornecidos pelos funcionais são comparados a dados provenientes de diagonalização numérica exata.; In this dissertation...

Método de diagonalização iterativa para o modelo de Heisenberg; Iterative diagonalization method for the Heisenberg model

Souza, Fabiano Caetano de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
Nesta tese desenvolvemos um método numérico para diagonalizar o Hamiltoniano de Heisenberg iterativamente. O método consiste basicamente em diagonalizar cadeias de spins, cada vez maiores, em que cada passo da diagonalização corresponde à adição de um novo spin à cadeia. A base de vetores para calcular o Hamiltoniano de uma cadeia de N spins, HN, é construída por meio do produto direto dos autovetores do Hamiltoniano Hn-1 da rede diagonalizada no passo anterior, pelos autoestados correspondentes ao N-ésimo spin adicionado. Além de usar a comutação do Hamiltoniano com a componente azimutal do spin total, Sz, prática comum em outros métodos, usufruímos da conservação com o quadrado do spin total, S2. Para uma classe específica de redes também implementamos a simetria de reflexão. Obtemos o espectro completo de energia de cadeias de spins 1/2 com até 20 sítios, para as quais mostramos resultados da dependência com a temperatura da susceptibilidade magnética e do calor específico, para redes com impurezas tipo spin substitucionais, com defeitos nas ligações ou com efeitos de bordas, isto é, para sistemas sem invariância translacional. Usualmente essa restrição impõe enormes dificuldades em métodos tradicionais. Para diagonalizar cadeias com um número maior de sítios...

Energia do estado fundamental de modelo de Heisenberg para cadeias de spin com ligações alternadas e com defeitos locais; Not available

Favaro, Ana Paula
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Estudamos modelos de materiais magnéticos não uniformes, ou seja, sem simetria translacional. Esta simetria pode ser quebrada pela bordas do sistema, e pela presença de impurezas ou defeitos, ou reduzida por modulações periódicas nas ligações. Como ferramenta nessas investigações utilizamos a formulação da Teoria do Funcional da Densidade para o modelo de Heisenberg. Baseados nos conceitos dessa formulação, propomos a aproximação de ligação local. com o intuito de prover uma forma viável para calcular a energia do estado fundamental de uma cadeia de spins com defeitos ou com modulações nas ligações. Submetemos os funcionais gerados pela aproximação de ligação local a testes de verificação, variando as condições de contorno. a dimensionalidade. e as parametrizações do sistema homogêneo. Com auxílio da aproximação proposta foi possível estudar como a energia do estado fundamental se comporta diante de hordas. e de defeitos locais ferromagnéticos e antiferromagnéticos. Verificamos a existência de urna lei de escala nas cadeias alternadas, e analisamos a dimerização de urna cadeia com modulações FM-AFM. Por Último, estudamos o comportamento crítico de uma cadeia alternada AFM-AFM no limite em que se torna homogênea...

BORN-INFELD ELECTRODYNAMICS and EULER-HEISENBERG-LIKE MODEL: OUTSTANDING EXAMPLES of THE LACK of COMMUTATIVITY AMONG QUANTIZED TRUNCATED ACTIONS and TRUNCATED QUANTIZED ACTIONS

Accioly, Antonio Jose; Gaete, Patricio; Helayel-Neto, Jose A.
Fonte: World Scientific Publ Co Pte Ltd Publicador: World Scientific Publ Co Pte Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 5951-5961
ENG
Relevância na Pesquisa
36.63%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); We calculate the lowest-order corrections to the static potential for both the generalized Born-Infeld electrodynamics and an Euler-Heisenberg-like model, in the presence of a constant external magnetic field. Our analysis is carried out within the framework of the gauge-invariant but path-dependent variables formalism. The calculation reveals a long-range correction (1/r(5)-type) to the Coulomb potential for the generalized Born-Infeld electrodynamics. Interestingly enough, in the Euler-Heisenberg-like model, the static potential remains Coulombian. Therefore, contrary to popular belief, the quantized truncated action and the truncated quantized action do not commute at all.

Efeitos de tamanho em cadeias de Heisenberg-Ising com interações antiferromagnéticas

Djalma Medeiros
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/05/1991 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
Cadeias quânticas finitas do tipo Heisenberg-Ising, com spin s = 1/2 e condições de contorno periódicas, são resolvidas por técnicas numéricas de uma forma exata, diagonalizando o Hamiltoniano com o método de lanczos até tamanhos N = 28 spins. Quantidades físicas interessantes, tais como a energia do estado fundamental, gap de massa, velocidade da onda de spin e funções de correlação são computadas leis de escala para as correções de tamanho são obtidas e comparadas com predições analíticas sugeridas pelo ansatz de Bethe e pela invariância conforme. Os resultados da computação mostram que em toda a região anisotrópica o gap de massa fecha-se exponencialmente com o tamanho. O estado fundamental extrapolado é duplamente degenerado e apresenta ordem de longo alcance com componentes dominantes do tipo Néel. Flutuações quânticas tornam-se mais importantes à medida que a anisotropia é reduzida, levando a um estado fundamental singleto sem ordem de longo alcance para o sistema infinito no ponto isotrópico. Neste regime, os efeitos de tamanho têm correções logarítmicas. Uma mudança no comportamento da velocidade da onda de spin é predito para N ~ 50, bem acima dos tamanhos disponíveis em um típico cálculo de lanczos. Tabelas e gráficos das quantidades computadas são apresentadas juntamente com valores extrapolados usando algoritmos padrões; Finite Heisenberg-Ising quantum chains...

Realismos e anti-realismos na física do século XX : Werner Heisenberg, o pensamento grego e os debates na construção da teoria quântica

Leite, Anderson Cleiton Fernandes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Humanidades, Departamento de Filosofia, Programa de Pós-Gradução, 2008.; Esta dissertação tem como objeto de pesquisa a relação entre as obras do físico Werner Heisenberg e a filosofia grega. Optou-se por contextualizar tal relação no âmbito dos debates acerca da teoria quântica realizados nas cinco primeiras décadas do século XX. Para tanto, fez-se necessário descrever o desenvolvimento histórico e conceitual da teoria quântica e o papel de Heisenberg nesse processo. Os conceitos filosóficos gregos são utilizados por Heisenberg como uma forma de clarificar problemas da própria mecânica quântica, para legitimar a Interpretação de Copenhague e na desqualificação das interpretações concorrentes. A história da ciência, para Heisenberg, é determinada pelo influxo de duas correntes de pensamento que surgiram na Grécia antiga: o materialismo e o idealismo. A partir de tal clivagem, Heisenberg fundamenta uma crítica aos opositores da Interpretação de Copenhague, assim como justifica filosoficamente suas teses pessoais quanto à mecânica quântica. Afirma-se que, apesar de suas concepções filosóficas não serem passíveis de uma sistematização completa...

Física e filosofia antiga em Werner Heisenberg: apropriações do legado clássico por um físico do século XX

Leite, Anderson Cleiton Fernandes; Simon, Samuel
Fonte: Grupo Archai: As Origens do Pensamento Ocidental Publicador: Grupo Archai: As Origens do Pensamento Ocidental
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.81%
O objetivo deste artigo é analisar os usos que Werner Heisenberg fez da filosofia grega em sua obra. Pretende-se relacionar tais usos não apenas com a argumentação interna presente nos textos do físico alemão, mas também com o contexto histórico, conflitos e debates entre as diversas interpretações da teoria dos quanta durante a primeira metade do século XX. Faremos, inicialmente, uma apresentação geral da teoria quântica e da presença da filosofia na obra de Heisenberg e, em seguida, um estudo de caso da apropriação que Heisenberg fez do pensamento de Leucipo, Demócrito, Heráclito, Platão e Aristóteles. ______________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The aim of this article is to analyze the uses Werner Heisenberg made of Greek philosophy in his works, and to relate such uses not only to the internal argumentation present in the texts of the German physicist, but also to the historical context, conflicts and debates between diverse interpretations of quantum theory during the first half of the 20th century. We shall first make a general presentation of the quantum theory and the presence of philosophy in the works of Heisenberg, followed by a case study of Heisenberg’s appropriation of the thought of Leucippus...

Superfícies máximas no espaço de Lorentz-Heisenberg

Araújo, Dhiego Loiola de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Exatas, Departamento de Matemática, 2013.; Neste trabalho, estudamos superfícies tipo-espaço imersas no espaço de Lorentz-Heisenberg tridimensional que possuem curvatura média constante nula, denominadas superfícies máximas. Mostramos que a aplicação de Gauss de tais superfícies é uma aplicação harmônica na esfera de Riemann trivial, C∪{∞}, munida com uma métrica conforme. Resolvemos o problema de Calabi-Bernstein mostrando a não existência de gráficos máximos inteiros no espaço de Lorentz-Heisenberg e perturbando a diferencial de Hopf, obtemos diferenciais quadráticas holomorfas em superfícies máximas neste espaço. Por fim, construímos uma correspondência entre superfícies de curvatura média constante não nula em R3 e superfícies máximas no espaço de Lorentz-Heisenberg. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; In this paper, we study the spacelike surfaces with zero mean curvature immersed in the Lorentz-Heisenberg space, called maximal surfaces. We prove that de Gauss map of maximal surfaces are harmonic maps into the trivial Riemann sphere...

Thermalisation and entropy in Heisenberg spin chains

Barbieri Del Rio, Lídia Pacheco Cañamero
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
ENG
Relevância na Pesquisa
36.63%
Este projecto tem como objectivo estudar o comportamento de medidas de entropia quântica em pequenos sistemas quânticos, de forma a se obter uma intuição sobre o assunto que veja a ser útil para um futuro projecto dedicado ao desenvolvimento de uma termodinâmica para pequenos sistemas quânticos baseada em entropias quânticas. Mostramos como modelar sistemas quânticos que interagem entre si. Introduzimos a noção de entropia quântica e discutimos o significado físico de algumas medidas de entropia, bem como as relações entre si. Apresentamos uma abordagem do ponto de vista da informação quântica ao problema da termalização e equilíbrio. De seguida introduzimos e discutimos os sistemas modelo estudados, cadeias de spin de Heisenberg. Para contribuir para esta linha de trabalho, desenvolvemos e executamos simulações numéricas nestas cadeias de spin, de forma a estudar o comportamento de várias medidas de entropia à medida que pequenos subsistemas termalizavam. Entre outras coisas, concluímos que as diferentes medidas de entropia apresentam diferentes tempos de saturação. Apenas a medida de entropia mais lenta constitui um indicador adequado acerca do estado de termalização do sistema. ABSTRACT: The goal of this project is to study the behaviour of quantum entropy measures in small quantum systems...

Certezas e incertezas sobre as relações de Heisenberg

Chibeni,Silvio Seno
Fonte: Sociedade Brasileira de Física Publicador: Sociedade Brasileira de Física
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.63%
O objetivo deste artigo é apresentar e discutir as famosas relações de Heisenberg, usualmente denominadas de "princípio da incerteza". A abordagem adotada é primordialmente conceitual, embora referências históricas sejam feitas para auxiliar a exposição. Distinguem-se três interpretações principais das relações, cada uma derivando de bases inteiramente distintas e conduzindo a conseqüências físicas e filosóficas igualmente diferentes.

Werner Heisenberg e a Interpretação de Copenhague: a filosofia platônica e a consolidação da teoria quântica

Leite,Anderson; Simon,Samuel
Fonte: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
Este artigo discute o uso que Werner Heisenberg faz da filosofia grega clássica no âmbito dos debates acerca da teoria quântica realizados na primeira metade do século xx. Para esse autor, a ciência foi determinada pelo influxo de duas correntes de pensamento que surgiram na Grécia antiga: o materialismo e o idealismo. A partir de tal clivagem, Heisenberg fundamenta sua crítica aos opositores da Interpretação de Copenhague, além de justificar filosoficamente suas próprias teses sobre a mecânica quântica. Apesar de suas concepções filosóficas não serem passíveis de uma sistematização completa, a relação que Heisenberg estabeleceu entre a filosofia grega e os problemas da teoria dos quanta acabou por resultar em uma interpretação da realidade física na qual é predominante um platonismo e um incipiente estruturalismo matemático.

As escadas de Heisenberg de N pernas

Ramos, Flávia Braga
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Compostos como o pirofosfato de vanadil (VO2)P2O7 e alguns sistemas de cupratos (exemplo: SrCu2O3 e Sr2Cu3O5) são realizações experimentais das escadas de Heisenberg. Estes compostos são exemplos bem conhecidos de sistemas fortemente correlacionados. A física destes sistemas é descrita, corretamente, somente por métodos não perturbativos. Neste trabalho, nós investigamos as escadas de Heisenberg de N pernas com spin-S usando a técnica do grupo de renormalização da matriz de densidade (DMRG). Nós obtivemos estimativas da energia do estado fundamental por sítio, no limite termodinâmico (e∞), assim como do gap de spin (ΔS) de escadas com spin até S = 5/2 . Nós encontramos que para escadas de spin semi-inteiro o gap é nulo (finito) para N ímpar (par); enquanto que escadas de spin inteiro nossos resultados indicam um gap de spin finito, independente do número de pernas. Esses resultados estão em acordo com a conjectura de Haldane-Sierra [1–3]. Nós estimamos, também, o valor de e∞ para o modelo de Heisenberg bidimensional com spin-S a partir das energias do estado fundamental, no limite termodinâmico, das escadas de Heisenberg. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT; Compounds such as vanadyl pirophosphate (VO2)P2O7 and some cuprate systems (example: SrCu2O3 and Sr2Cu3O5) are experimental realizations of the Heisenberg ladders. These compounds are well known examples of strongly correlated systems. The physics of these systems is described...

Geometry on the quantum Heisenberg manifold

Chakraborty, Partha Sarathi; Sinha, Kalyan B.
Fonte: Academic Press Inc Elsevier Science Publicador: Academic Press Inc Elsevier Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 EN
Relevância na Pesquisa
36.71%
A class of C*-algebras called quantum Heisenberg manifolds were introduced by Rieffel in (Comm. Math. Phys. 122 (1989) 531) as strict deformation quantization of Heisenberg manifolds. Using the ergodic action of Heisenberg group we construct a family of spectral triples. It is shown that associated Kasparov modules are homotopic. We also show that they induce cohomologous elements in entire cyclic cohomology. The space of Connes–deRham forms have been explicitly calculated. Then we characterize torsionless/unitary connections and show that there does not exist a connection that is simultaneously torsionless and unitary. Explicit examples of connections are produced with negative scalar curvature. This part illustrates computations involving some of the concepts introduced in Frohlich et al. (Comm. Math. Phys. 203 (1999) 119), for which to the best of our knowledge no infinite-dimensional example is known other that the noncommutative torus.

Simetrias de Lie de equações diferenciais parciais semilineares envolvendo o operador de Kohn-Laplace no grupo de Heisenberg; Lie point synmetrics of semilinear partial differential equations involving the Kohn-Laplace operator on the Heisenberg group

Igor Leite Freire
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.77%
Neste trabalho provamos um teorema que faz a classificacão completa dos grupos de simetrias de Lie da equação semilinear de Kohn - Laplace no grupo de Heisenberg tridimensional. Uma vez que tal equação possui estrutura variacional, determinamos quais são suas simetrias de Noether e a partir delas estabelecemos suas respectivas leis de conservação; In this work, we carry out a complete group classification of Lie point symmetries of semilinear Kohn - Laplace equations on the three-dimensional Heisenberg group. Since this equation has variational structure, we determine which of its symmetries are Noether's symmetries. Then we establish their respectives conservation laws

Werner Heisenberg e a interpretação de Copenhague : a filosofia platônica e a consolidação da teoria quântica

Leite, Anderson; Simon, Samuel
Fonte: Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Este artigo discute o uso que Werner Heisenberg faz da filosofia grega clássica no âmbito dos debates acerca da teoria quântica realizados na primeira metade do século xx. Para esse autor, a ciência foi determinada pelo influxo de duas correntes de pensamento que surgiram na Grécia antiga: o materialismo e o idealismo. A partir de tal clivagem, Heisenberg fundamenta sua crítica aos opositores da Interpretação de Copenhague, além de justificar filosoficamente suas próprias teses sobre a mecânica quântica. Apesar de suas concepções filosóficas não serem passíveis de uma sistematização completa, a relação que Heisenberg estabeleceu entre a filosofia grega e os problemas da teoria dos quanta acabou por resultar em uma interpretação da realidade física na qual é predominante um platonismo e um incipiente estruturalismo matemático. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This article discusses Werner Heisenberg's use of ancient Greek philosophy in the debates about quantum theory that occurred during the first half of the 20th century. For Heisenberg, science was determined by two concurrent streams of thought that arose in ancient Greece: materialism and idealism. Starting from this separation...

Mathematical aspects of the Heisenberg uncertainty principle within local fractional Fourier analysis

Yang, Xiao-Jun; Baleanu, Dumitru; Machado, J. A. Tenreiro
Fonte: SpringerOpen Publicador: SpringerOpen
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
36.63%
In this paper, we discuss the mathematical aspects of the Heisenberg uncertainty principle within local fractional Fourier analysis. The Schrödinger equation and Heisenberg uncertainty principles are structured within local fractional operators.

Werner Heisenberg e a Interpretação de Copenhague: a filosofia platônica e a consolidação da teoria quântica

Leite, Anderson; Simon, Samuel
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.87%
Este artigo discute o uso que Werner Heisenberg faz da filosofia grega clássica no âmbito dos debates acerca da teoria quântica realizados na primeira metade do século xx. Para esse autor, a ciência foi determinada pelo influxo de duas correntes de pensamento que surgiram na Grécia antiga: o materialismo e o idealismo. A partir de tal clivagem, Heisenberg fundamenta sua crítica aos opositores da Interpretação de Copenhague, além de justificar filosoficamente suas próprias teses sobre a mecânica quântica. Apesar de suas concepções filosóficas não serem passíveis de uma sistematização completa, a relação que Heisenberg estabeleceu entre a filosofia grega e os problemas da teoria dos quanta acabou por resultar em uma interpretação da realidade física na qual é predominante um platonismo e um incipiente estruturalismo matemático.; This article discusses Werner Heisenberg's use of ancient Greek philosophy in the debates about quantum theory that occurred during the first half of the 20th century. For Heisenberg, science was determined by two concurrent streams of thought that arose in ancient Greece: materialism and idealism. Starting from this separation, Heisenberg not only develops his criticism of the opponents of the Copenhagen interpretation...

Alcance y Función de las Teorias Físicas em Hilary Putnam y Werner Heisenberg; ; Alcance y Función de las Teorias Físicas em Hilary Putnam y Werner Heisenberg

de Ronde, Christian; Universidad Nacional Arturo Jauretche Universidad de Buenos Aires/ CONICET, ARGENTINA Center Leo Apostel y Foundations of the Exact Sciences Vrije Universiteit Brussel, BÉLGICA; Melogno, Pablo; Facultad de Información y Comunicació
Fonte: Federal University of Santa Catarina – UFSC Publicador: Federal University of Santa Catarina – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2013 ENG
Relevância na Pesquisa
36.81%
http://dx.doi.org/10.5007/1808-1711.2013v17n2p331 In this work we attempt to analyze the intra-theoretic characterization provided by Hilary Putnam and Werner Heisenberg between quantum mechanics and other theories. The first defended the idea that physical theories include macro principles that under specific definite historical conditions can be revised on the light of rival principles. Putnam will concentrate in the impact that quantum mechanics has produced in the classical image of knowledge. Heisenberg, on the other hand, develops his analysis from the notion of closed theories, assuming the independence and incommensurability of physical theories. These divergences between the two authors will allow us to analyze how the disagreement in the consideration of the status of physical theories, goes deeper into more profound aspects related to the nature of knowledge and the relation between theory and world.; ; http://dx.doi.org/10.5007/1808-1711.2013v17n2p331Neste trabalho nos propomos analisar as caracterizações intra-teoréticas apresentadas por Hilary Putnam e Werner Heisenberg entre a mecânica quântica e outras teorias. Enquanto que o primeiro defenderá que as teorias físicas incluem princípios marco que sob condições históricas concretas somente podem ser revisados à luz de princípios rivais e se centrará no impacto que a mecânica quântica teve na imagem clássica de conhecimento...

Física e Filosofia Antiga em Werner Heisenberg: apropriações do legado clássico por um físico do século XX

Leite, Anderson Cleiton Fernandes; Universidade de Brasília; Simon, Samuel; Universidade de Brasília
Fonte: Archai: Journal on the origins of Western thought; Archai: Revista de estudos sobre as origens do pensamento ocidental Publicador: Archai: Journal on the origins of Western thought; Archai: Revista de estudos sobre as origens do pensamento ocidental
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.71%
O objetivo deste artigo é analisar os usos que Werner Heisenberg fez da filosofia grega em sua obra. Pretende-se relacionar tais usos não apenas com a argumentação interna presente nos textos do físico alemão, mas também com o contexto histórico, conflitos e debates entre as diversas interpretações da teoria dos quanta durante a primeira metade do século XX. Faremos, inicialmente, uma apresentação geral da teoria quântica e da presença da filosofia na obra de Heisenberg e, em seguida, um estudo de caso da apropriação que Heisenberg fez do pensamento de Leucipo, Demócrito, Heráclito, Platão e Aristóteles.