Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.085 segundos

Índice de qualidade de vida dos professores do curso de educação física de uma universidade do Distrito Federal

Matos, Carolina Alves de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
95.87%
O presente trabalho trata do tema qualidade de vida, presente na área e subáreas da saúde, estudadas científica e academicamente. Atualmente o conceito de qualidade de vida apresenta diversas definições, porém não há um consenso ou uma única definição que seja absoluta. Tal fato ocorre por se tratar de uma temática abrangente. Objetivo: Assim, o presente trabalho buscou identificar o nível de qualidade de vida dos professores do curso de educação física que ministram disciplinas específicas do curso na Universidade Católica de Brasília. Para tanto, foi utilizada a Escala de Qualidade de Vida, validada por Soares (2004). Resultados: Os achados indicaram que os professores desta amostra têm predomínio do fator comportamental (escore = 3,18) e baixo índice nos fatores psicológicos (escore=0,82). Conclusão: os professores do curso de Educação Física da UCB apresentam os fatores comportamentais como o principal componente interferindo na qualidade de vida. A implicação imediata destes resultados é que há uma necessidade de se considerar estes aspectos no momento elaboração de um programa de qualidade de vida; desenvolvendo-se estratégias de melhoria da qualidade de vida e assim tornar a intervenção eficaz e eficiente.; The present study deals with the subject quality of life in this area and sub-health...

Indicadores de bienestar psicológico percibido en alumnos de Educación Física

González, Juan; Garcés de Los Fayos Ruiz, Enrique J.; García Dantas, Ana
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
55.89%
Suplemento de artículos seleccionados con revisión del Congreso Andaluz de Psicología de la Actividad Física y el Deporte (13 : 2011 : Sevilla). Editores : José Carlos Caracuel ; Rocío Bohórquez.; Adolescence is a critical step in learning healthy and wellness behaviours, which include physical activity; furthermore the habits developed during this phase may continue into adulthood. If psychological well-being is considered one of the factors that facilitates adhesion to exercise and health and allows physical exercise to be practiced, adequately perceiving indicators of well-being should be teachers’ main objective in teaching physical education at school. We aimed to establish the correspondence between teaching styles in physical education teachers for organising classes and the indices of psychological well-being perceived by students in learning contexts. We conducted a correlational descriptive study between teaching styles indicators (n = 15) using the Styles Questionnaire Educational Profiles (PEE) (Magaz and Garcia, 1998) and the perceptions of subjective well-being by students (n = 150) between 12 and 16 years of age using the Spanish version of Ryff's Scale of Psychological Well-Being (Diaz et al., 2005), corresponding to compulsory secondary education. The data analysis suggests a positive correspondence between the indices of psychological well-being perceived by the students with the way in which their physical education teachers taught the subject. The results showed the importance of the pedagogical transmission of physical activity as a model that encourages adolescents’ psychological well-being as a basis for healthy behaviours in adulthood.