Página 1 dos resultados de 8236 itens digitais encontrados em 0.028 segundos

Regionalização e dinâmica política do federalismo sanitário brasileiro; Regionalization and political dynamics of Brazilian health federalism; Regionalización y dinámica política del federalismo sanitario brasileño

DOURADO, Daniel de Araujo; ELIAS, Paulo Eduardo Mangeon
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.04%
Examinaram-se implicações da estrutura federativa brasileira no processo de regionalização de ações e serviços de saúde do Sistema Único de Saúde, considerando que o planejamento regional de saúde no Brasil deve realizar-se no contexto das relações intergovernamentais que expressam o federalismo cooperativo no âmbito sanitário. A análise foi baseada numa abordagem diacrônica do federalismo sanitário brasileiro, reconhecendo dois períodos de desenvolvimento, a descentralização e a regionalização. Explorou-se o planejamento regional do Sistema Único de Saúde à luz do referencial teórico do federalismo. Conclui-se que há necessidade de relativa centralização desse processo no nível das Comissões Intergestores Bipartite, para o exercício da coordenação federativa, e que é imprescindível formalizar espaços de dissenso nos Colegiados de Gestão Regional e nas próprias Comissões Intergestores, para efetivar a construção política consensual na regionalização da saúde.; The implications from the Brazilian federal structure on the regionalization of health actions and services in the National Unified Health System (SUS) were analyzed, considering that the regional health planning in Brazil takes place within the context of intergovernmental relations as an expression of cooperative federalism in health. The analysis was based on a historical approach to Brazilian health federalism...

A dinâmica de três Colegiados de Gestão Regional - Um olhar sobre a regionalização e pactuação; The dynamics of three Colegiados de Gestão Regional - A view on regional health planning and pactuation.

Carneiro, Pedro Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.17%
O presente estudo buscou compreender, a partir das percepções dos atores que os constituem, a dinâmica dos Colegiados de Gestão Regional (CGRs) do Departamento Regional de Saúde(DRS) XIII no que diz respeito a seus papeis previstos de pactuação e regionalização. Construímos esse entendimento a partir da teoria de Matus do planejamento estratégico e do pensamento estratégico como crítica ao planejamento normativo. O cenário de estudo foi composto pelos Colegiados de Gestão Regional (CGRs) pertencentes à região do DRS-XIII, cujo pólo é Ribeirão Preto-SP. A coleta de dados foi realizada nos meses de julho e agosto de 2012 mediante entrevistas realizadas com 21 representantes de três CGRs. O instrumento de entrevista foi semiestruturado, incluindo uma escala de Likert e uma parte aberta para verificar a opinião sobre sete temáticas pré-definidas existentes na regulamentação relativa aos CGRs: Sobre o Colegiado de Gestão Regional; Territorialização; Cooperação; Regulação; Instrumentos de Regionalização; Financiamento Solidário e Participação Social. Utilizamos a abordagem qualitativa, usando como método de análise de dados a análise de conteúdo. Os resultados mostraram nas temáticas diversos elementos da dinâmica instituída entre os atores sociais da regionalização presentes no espaço estudado. Entre eles surgiram questões pertinentes às relações entre os entes das diferenças esferas...

A regionalização da saúde no Estado de Mato Grosso: o processo de implementação e a relação público-privada na região de saúde do Médio Norte Mato-grossense; The health's regionalization in the State of Mato Grosso: the process of implementation and the relationship public-private in the region's health of the Middle North's Mato Grosso

Martinelli, Nereide Lúcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.18%
A regionalização da saúde está contemplada no artigo 198 da Constituição Federal de 1988 e é uma diretriz do SUS, que prevê a articulação dos três entes federativos para a conformação do sistema de saúde e a efetivação do direito à saúde. Na implementação do SUS, a regionalização ganha destaque nos anos 2000, mas, no Estado de Mato Grosso, a partir de 1995, a reorientação político-institucional da Secretaria de Estado da Saúde definiu estratégias para a implementação do SUS por regiões de saúde e fortaleceu as instâncias públicas regionalizadas. A partir de 2003, houve trocas sucessivas do gestor estadual de saúde, com repercussão na maneira de conduzir a política estadual de saúde e, apesar da institucionalidade anteriormente construída, o processo de regionalização sofre certa estagnação. O presente estudo de caso analisa o processo de regionalização da saúde e o mix público-privado no sistema de saúde da região do Médio Norte do Estado, no período de 2006 a 2011. Tal recorte se justifica pela edição do Pacto pela Saúde 2006, que contempla a regionalização. Faz-se uso de análise qualitativa das entrevistas realizadas com informantes-chave e se utiliza de análise quantitativa de dados secundários. Com essas informações...

An appraisal of the health planning method proposed by the Pan-American Health Organization for Latin America

Araújo,José Duarte de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1972 EN
Relevância na Pesquisa
56.13%
A brief description of the main features of the health planning technique developed by the "Centro de Estudios del Desarrollo" (CENDES) in Venezuela, and proposed by the Pan-American Health Organization for use in Latin America, is presented. This presentation is followed by an appraisal of the planning method which includes comments both upon its positive aspects and upon its negative points. Comments are also made referring to other recent publications of the WHO/PAHO on health planning. In conclusion, the CENDES technique is considered a health planning method of great potential for use especially in underdeveloped areas, the success of its application depending upon the hability of the health planners to introduce the necessary modifications to adapt to the local circunstamces.

Emergency Health Planning

Hardman, A. C.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 01/12/1962 EN
Relevância na Pesquisa
56.06%
This paper outlines the development of emergency health planning as a function of government. Ten provinces have the basic responsibility for the organization, preparation and operation of medical, nursing, hospital and public health services in an emergency. The Department of National Health and Welfare is responsible for the provision of advice and assistance to the provincial and municipal governments in such matters. Eight provinces have now hired full-time planning staffs to co-ordinate the health planning of the Provincial Departments of Health and Provincial Emergency Measures Organization.

Use of existing data for public health planning: a study of the prevalence of hepatitis B surface antigen and core antibody in Al Ain Medical District, United Arab Emirates.

al-Owais, A.; al-Suwaidi, K.; Amiri, N.; Carter, A. O.; Hossain, M. M.; Sheek-Hussein, M. M.
Fonte: World Health Organization Publicador: World Health Organization
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2000 EN
Relevância na Pesquisa
56.02%
INTRODUCTION: Hepatitis B is of major public health importance. Accurate information on its occurrence, with particular reference to the prevalence of immunity and chronic infection (marked by the presence of hepatitis B core antibody and surface antigen, respectively, in serum), is essential for planning public health programmes for the control of the disease. The generation of marker prevalence data through serological surveys is costly and time-consuming. The present study in Al Ain Medical District, United Arab Emirates, investigated the possibility of obtaining sufficiently accurate marker prevalence estimates from existing data to plan public health programmes. METHODS: Two antenatal screening databases, one student serological survey database, one immunization programme database and one pre-marriage screening database containing information on marker prevalence were identified. Epidemiological data were abstracted from these databases and analysed. RESULTS: The data showed that the prevalence of hepatitis B surface antigen and the prevalence of core antibody in young citizens in 1998 were approximately 2% and 14% respectively, that any immunization campaign aimed at citizens of the United Arab Emirates should target teenagers as they had the highest risk of acquiring the disease...

Data, circumstance and politics: reflections on regional mental health planning

Fuller, J.; Edwards, J.
Fonte: Australian Healthcare Association Publicador: Australian Healthcare Association
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 EN
Relevância na Pesquisa
66.14%
We use our experience as consultants to a regional mental health planning project in South Australia to describe three practical aspects of regional health planning. First, we systematically summarised various data on socio-demographic indicators, health status and health service use along with qualitative opinion about needs and services from consultations with over 200 stakeholders. In addition to these data, we found that attention to two other aspects of planning, circumstance and politics, were of critical importance, particularly if the plan was to be implemented and as a way of turning thinking into action.

Defining the role of Public Health in Disaster Recovery: An Evaluation of State Public Health Planning Efforts

Davidson, Nicholas E.
Fonte: Monterey California. Naval Postgraduate School Publicador: Monterey California. Naval Postgraduate School
Relevância na Pesquisa
56.03%
CHDS State/Local; There is very little to direct public health planning for long-term disaster recovery. This research surveyed plans from nine hurricane-prone states to determine the extent to which those plans comply with recently published standards from the Centers for Disease Control (CDC) in 2011. An abstraction form was devised to score each plan and to document novel or innovative components within each plan. Results indicate poor compliance with the CDC standards; 79 percent of the assessments of individual preparedness components resulted in a score of zero (on a scale of zero to four). Particularly notable was a lack of planning for continuity of operations and the insufficient plans for advising residents and partner agencies as to the plans and locations for providing services after a disaster. A complicating factor was the general lack of acceptance, by public health, of the fact that public health recovery should be focused on restoring community services instead of simply restoring operations of public health agencies. This research identifies smart practices that can be adopted by public health agencies in an attempt to ensure a robust level of recovery preparedness.

Better Reproductive Health for Poor Women in South Asia

Chatterjee, Meera; Levine, Ruth; Rao-Seshadri, Shreelata; Murthy, Nirmala
Fonte: World Bank Publicador: World Bank
Tipo: Economic & Sector Work :: Other Health Study; Economic & Sector Work
ENGLISH
Relevância na Pesquisa
56.18%
The overall purpose of this review is to bring attention to the opportunities that five countries in the region - Bangladesh, India, Nepal Pakistan and Sri Lanka have to strengthen and expand interventions to improve the reproductive health of poor women. The report's specific objectives are: 1) to provide an accurate picture of the current status of women's reproductive health and describe the use of reproductive health services and barriers to use; 2) to identify individual and household characteristics that affect reproductive health status and use of services; 3) to develop a simple and effective approach to decentralized health planning that can be used widely in each of the five countries to improve health service delivery and outcomes locally; and 4) to strengthen the case for investing in poor women's reproductive health by demonstrating the links between poverty, inequality and reproductive health. The review puts forth the following recommendations for reforms for reproductive health: to increase the supply of reproductive health services to poor women and adolescents by specifically targeting the poorest areas and households; to enhance demand among the poor for key services using BCC and demand-side financing; to integrate reproductive health services through a client-centered approach and strengthen weak services using specific relevant approaches; and to improve the reach...

A Framework for Reform: Report of the Premier's Advisory Council on Health

Alberta. Premier's Advisory Council on Health
Fonte: Edmonton: Premier's Advisory Council on Health Publicador: Edmonton: Premier's Advisory Council on Health
EN
Relevância na Pesquisa
65.82%
Established in August 2000 by Premier Ralph Klein, the Advisory Council on Health was mandated to provide strategic advice to the Premier on the preservation and future enhancement of quality health services for Albertans and on the continuing sustainability of the publicly funded health system.; Paper copy - CA2 AL HW700 2001F66 Stauffer Library - Documents

Metropolitan and regional health planning: dilemmas of the Pact for Health in the Baixada Santista Metropolitan Area, Sao Paulo State, Brazil

Zoellner Ianni, Aurea Maria; Nico Monteiro, Paulo Henrique; Faberge Alves, Olga Sofia; Salum e Morais, Maria de Lima; Barboza, Renato
Fonte: CADERNOS SAUDE PUBLICA; RIO DE JANIERO Publicador: CADERNOS SAUDE PUBLICA; RIO DE JANIERO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.05%
This paper focuses on the relationship between metropolitan and regional health planning based on the processes of regionalization and the Pact for Health in the Baixada Santista Metropolitan Area, Sao Paulo State, Brazil. The method used was a case study in two stages, namely during initial implementation of the Pact for Health (2007) and the Regional Administration Committees (CGR) and in 2010. Municipal and regional health systems managers and the director of the Metropolitan Agency were interviewed, and records were analyzed from ten years of meetings of the Regional Inter-Administration Committee and the Regional Development Council. Four issues emerged: financing and infrastructure; health services utilization; inefficiency of the Regional Health Administration's instruments and decision-making levels; and the relationship between different levels in the Administration. Metropolitan health management remained as an underlying issue, appearing only incidentally or tangentially to regional management. Despite some limitations, the CGR has been legitimized as a space for regional health management.

Um olhar histórico sobre a questão regional e os serviços básicos de saúde no Estado de São Paulo; A historical overview of regional health planning and primary care services in the state of São Paulo

MELLO, Guilherme Arantes; IBAÑEZ, Nelson; VIANA, Ana Luiza d'Ávila
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.05%
Com notável vigor, nos últimos anos, o debate da saúde pública brasileira tem sedimentado a ideia de que a organização regional da atenção primária à saúde é um passo inicial obrigatório para a consecução dos princípios da universalidade, equidade e integralidade do Sistema Único de Saúde (SUS). Ideário que contrapõe em definitivo o peso histórico mobilizado pela descentralização como essência do processo de organização dos serviços nos estados, mas explicita a insuficiência do modelo burocrático de gestão e dos papéis clássicos das instâncias governamentais, com reflexo particular na aptidão gerencial das Secretarias de Estado da Saúde. Sendo assim, este artigo busca contribuir com uma visão histórica geral da trajetória, as concepções, as mudanças gerenciais e o papel da instância estadual na conformação da organização regional e dos serviços básicos de saúde no estado de São Paulo. Sob o referencial da história do discurso e balizado pela introdução do modelo dos centros de saúde distritais nos anos 1920 como origem mais remota do discurso contemporâneo da atenção básica, o texto se estrutura sobre a identificação de quatro fases dinâmicas, marcadas por reformas que alteram de modo incisivo a questão regional e dos serviços básicos no estado.; In recent years...

Abordagem teorica e aplicação de um metodo de qualidade em serviços publico odontologico; Theoretical approach and application of a quality method in a dental health public service

Cristiana Tengan
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.05%
A avaliação da qualidade em serviços de saúde constitui um passo importante no planejamento e na gestão dos serviços. Este trabalho, composto por dois estudos, teve como objetivos: a) Capítulo 1 - apresentar, baseado na literatura, uma visão geral e atual da qualidade dos serviços de saúde; b) Capítulo 2 - planejar a qualidade em um serviço público odontológico por meio de um método de qualidade, denominado QFD (Quality Function Deployment -Desdobramento da Função Qualidade); definir os requisitos fundamentais do atendimento odontológico com base nas necessidades dos usuários. No primeiro estudo, buscou-se subsídios da literatura para abordar os aspectos da gestão da qualidade total, as características da qualidade em serviços de saúde e o movimento pela qualidade na saúde dentro do contexto histórico. Os métodos e as ferramentas de qualidade que são ou que poderão ser utilizados na gestão da qualidade foram apresentados. Adicionalmente, as dificuldades e a situação atual da gestão de serviços de saúde foram discutidas, principalmente no serviço público. No segundo estudo, a fim de contemplar a metodologia proposta, definiu-se a equipe multiprofissional, estabeleceu-se os itens de qualidade e entrevistou-se 190 usuários do serviço público odontológico de Unidades Básicas de Saúde do município de Piracicaba-SP. Após a análise dos dados e a construção da matriz da qualidade...

Designing HIGH-COST Medicine Hospital Surveys, Health Planning, and the Paradox of Progressive Reform

Perkins, Barbara Bridgman
Fonte: American Public Health Association Publicador: American Public Health Association
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /02/2010 EN
Relevância na Pesquisa
65.95%
Inspired by social medicine, some progressive US health reforms have paradoxically reinforced a business model of high-cost medical delivery that does not match social needs. In analyzing the financial status of their areas’ hospitals, for example, city-wide hospital surveys of the 1910s through 1930s sought to direct capital investments and, in so doing, control competition and markets. The 2 national health planning programs that ran from the mid-1960s to the mid-1980s continued similar strategies of economic organization and management, as did the so-called market reforms that followed. Consequently, these reforms promoted large, extremely specialized, capital-intensive institutions and systems at the expense of less complex (and less costly) primary and chronic care. The current capital crisis may expose the lack of sustainability of such a model and open up new ideas and new ways to build health care designed to meet people's health needs.

Uma apreciação do método de planejamento de saúde proposto pela Organização Panamericana da Saúde para a América Latina; An appraisal of the health planning method proposed by the Pan-American Health Organization for Latin America

Araújo, José Duarte de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/1972 ENG
Relevância na Pesquisa
56.13%
Foram descritos os principais aspectos da técnica de planejamento de saúde desenvolvida pelo "Centro de Estudios del Desarrollo" (CENDES) na Venezuela e proposta pela Organização Panamericana da Saúde para uso na América Latina. Foi feita análise da técnica de planejamento incluindo comentários tanto sobre os seus aspectos positivos como sobre suas limitações. Foram referidas algumas publicações recentes da OMS/OPAS sobre planejamento de saúde. Conclui-se que a técnica CENDES é considerada como uma metodologia de planejamento de saúde de grande potencial para uso especialmente em regiões em desenvolvimento, dependendo o sucesso na sua aplicação sobretudo da habilidade dos planejadores, em introduzir as modificações necessárias à sua adaptação às condições locais.; A brief description of the main features of the health planning technique developed by the "Centro de Estudios del Desarrollo" (CENDES) in Venezuela, and proposed by the Pan-American Health Organization for use in Latin America, is presented. This presentation is followed by an appraisal of the planning method which includes comments both upon its positive aspects and upon its negative points. Comments are also made referring to other recent publications of the WHO/PAHO on health planning. In conclusion...

O curso de planejamento da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo: ensaio de avaliação; The course on health planning of Public Health School of University of S. Paulo: evaluation test

Ramos, Reinaldo; Witt, Aracy
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/1974 POR
Relevância na Pesquisa
66.1%
After describing the organization and contents of the course on health planning, of Public Health School of U.S.P., the Authors relate the results obtained through a research with the professionals prepared in such courses from 1968 to 1972. In spite of some deficiencies pointed out in the course, the opinion of almost all of the interviewers was that the knowledges and techniques given in the course confere them large capacity for carrying out planning activities. The major difficulties found are related to the administration of the health services, to personnel and material shortage and to the lack of central, regional and local support. Some suggestions are made in order to eliminate or reduce such difficulties.; Após descreverem sucintamente a organização e conteúdo do curso de especialização em planejamento do setor saúde, da Faculdade de Saúde Pública da USP, foram relatados os resultados de uma pesquisa levada a efeito junto a profissionais preparados no referido curso, no período de 1968 a 1972. A despeito de algumas falhas apontadas, os entrevistados, em sua maioria, manifestaram a opinião de que os conhecimentos e técnicas ministrados asseguram capacitação suficiente para o desempenho da função planejadora. As maiores dificuldades por eles sentidas dizem respeito a deficiências da máquina administrativa dos serviços de saúde...

Regionalização e dinâmica política do federalismo sanitário brasileiro; Regionalización y dinámica política del federalismo sanitario brasileño; Regionalization and political dynamics of Brazilian health federalism

Dourado, Daniel de Araujo; Elias, Paulo Eduardo Mangeon
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/02/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
56.04%
Examinaram-se implicações da estrutura federativa brasileira no processo de regionalização de ações e serviços de saúde do Sistema Único de Saúde, considerando que o planejamento regional de saúde no Brasil deve realizar-se no contexto das relações intergovernamentais que expressam o federalismo cooperativo no âmbito sanitário. A análise foi baseada numa abordagem diacrônica do federalismo sanitário brasileiro, reconhecendo dois períodos de desenvolvimento, a descentralização e a regionalização. Explorou-se o planejamento regional do Sistema Único de Saúde à luz do referencial teórico do federalismo. Conclui-se que há necessidade de relativa centralização desse processo no nível das Comissões Intergestores Bipartite, para o exercício da coordenação federativa, e que é imprescindível formalizar espaços de dissenso nos Colegiados de Gestão Regional e nas próprias Comissões Intergestores, para efetivar a construção política consensual na regionalização da saúde.; Se examinaron implicaciones de la estructura federativa brasileña en el proceso de regionalización de acciones y servicios de salud del Sistema Único de Salud, considerando que la planificación regional de salud en Brasil debe realizarse en el contexto de las relaciones intergubernamentales que expresan el federalismo cooperativo en el ámbito sanitario. El análisis fue basado en un abordaje diacrónico del federalismo sanitario brasileño...

Um olhar histórico sobre a questão regional e os serviços básicos de saúde no Estado de São Paulo; A historical overview of regional health planning and primary care services in the state of São Paulo

Mello, Guilherme Arantes; Ibañez, Nelson; Viana, Ana Luiza d'Ávila
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.05%
Com notável vigor, nos últimos anos, o debate da saúde pública brasileira tem sedimentado a ideia de que a organização regional da atenção primária à saúde é um passo inicial obrigatório para a consecução dos princípios da universalidade, equidade e integralidade do Sistema Único de Saúde (SUS). Ideário que contrapõe em definitivo o peso histórico mobilizado pela descentralização como essência do processo de organização dos serviços nos estados, mas explicita a insuficiência do modelo burocrático de gestão e dos papéis clássicos das instâncias governamentais, com reflexo particular na aptidão gerencial das Secretarias de Estado da Saúde. Sendo assim, este artigo busca contribuir com uma visão histórica geral da trajetória, as concepções, as mudanças gerenciais e o papel da instância estadual na conformação da organização regional e dos serviços básicos de saúde no estado de São Paulo. Sob o referencial da história do discurso e balizado pela introdução do modelo dos centros de saúde distritais nos anos 1920 como origem mais remota do discurso contemporâneo da atenção básica, o texto se estrutura sobre a identificação de quatro fases dinâmicas, marcadas por reformas que alteram de modo incisivo a questão regional e dos serviços básicos no estado.; In recent years...

An appraisal of the health planning method proposed by the Pan-American Health Organization for Latin America

Araújo,José Duarte de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1972 EN
Relevância na Pesquisa
56.13%
A brief description of the main features of the health planning technique developed by the "Centro de Estudios del Desarrollo" (CENDES) in Venezuela, and proposed by the Pan-American Health Organization for use in Latin America, is presented. This presentation is followed by an appraisal of the planning method which includes comments both upon its positive aspects and upon its negative points. Comments are also made referring to other recent publications of the WHO/PAHO on health planning. In conclusion, the CENDES technique is considered a health planning method of great potential for use especially in underdeveloped areas, the success of its application depending upon the hability of the health planners to introduce the necessary modifications to adapt to the local circunstamces.

Use of existing data for public health planning: a study of the prevalence of hepatitis B surface antigen and core antibody in Al Ain Medical District, United Arab Emirates

Al-Owais,A.; Al-Suwaidi,K.; Amiri,N.; Carter,A.O.; Hossain,M.M; Sheek-Hussein,M.M.
Fonte: World Health Organization Publicador: World Health Organization
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2000 EN
Relevância na Pesquisa
76.07%
INTRODUCTION: Hepatitis B is of major public health importance. Accurate information on its occurrence, with particular reference to the prevalence of immunity and chronic infection (marked by the presence of hepatitis B core antibody and surface antigen, respectively, in serum), is essential for planning public health programmes for the control of the disease. The generation of marker prevalence data through serological surveys is costly and time-consuming. The present study in Al Ain Medical District, United Arab Emirates, investigated the possibility of obtaining sufficiently accurate marker prevalence estimates from existing data to plan public health programmes. METHODS: Two antenatal screening databases, one student serological survey database, one immunization programme database and one pre-marriage screening database containing information on marker prevalence were identified. Epidemiological data were abstracted from these databases and analysed. RESULTS: The data showed that the prevalence of hepatitis B surface antigen and the prevalence of core antibody in young citizens in 1998 were approximately 2% and 14% respectively, that any immunization campaign aimed at citizens of the United Arab Emirates should target teenagers as they had the highest risk of acquiring the disease...