Página 1 dos resultados de 5414 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Specific immunotherapy using Hymenoptera venom: systematic review; Imunoterapia específica com venenos de Hymenoptera: revisão sistemática

WATANABE, Alexandra Sayuri; FONSECA, Luiz Augusto Marcondes; GALVÃO, Clóvis Eduardo Santos; KALIL, Jorge; CASTRO, Fabio Fernandes Morato
Fonte: Associação Paulista de Medicina - APM Publicador: Associação Paulista de Medicina - APM
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.99%
CONTEXT AND OBJECTIVE: The only effective treatment for patients who have severe reactions after Hymenoptera stings is venom immunotherapy. The aim of this study was to review the literature to assess the effects of venom immunotherapy among patients presenting severe reactions after Hymenoptera stings. DESIGN AND SETTING: Randomized controlled trials in the worldwide literature were reviewed. The manuscript was produced in the Discipline of Allergy and Clinical Immunology, Universidade de São Paulo (USP). METHODS: Randomized controlled trials involving venom immunotherapy versus placebo or only patient follow-up were evaluated. The risk of systemic reactions after specific immunotherapy was evaluated by calculating odds ratios (OR) and their 95% confidence intervals. RESULTS: 2,273 abstracts were identified by the keywords search. Only four studies were included in this review. The chi-square test for heterogeneity showed that two studies were homogeneous and could be included in a meta-analysis. By combining the two studies, the odds ratio became significant: 0.29 (0.10-0.87). However, analysis on the severity of the reactions after immunotherapy showed that the benefits may not be so significant because the reactions were mostly similar to or milder than the original reaction. CONCLUSIONS: Specific immunotherapy should be recommended for adults and children with moderate to severe reactions...

Comportamento olfativo de três espécies de parasitóides (Hymenoptera: Braconidae) de moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae); Olfactory behavior of three parasitoid species (hymenoptera: braconidae) of fruit flies (diptera: tephritidae)

Silva, José Wilson Pereira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
Entre os inimigos naturais das moscas-das-frutas, os representantes da subfamília Opiinae (Hymenoptera: Braconidae) têm sido os mais utilizados em programas de controle biológico. Entretanto, algumas espécies da subfamília Alysiinae são comumente relacionadas ao parasitismo desses dípteros, em particular Asobara anastrephae (Muesebeck). No estudo da eficiência desses parasitóides é de fundamental importância o conhecimento dos estímulos utilizados para a localização do hábitat de seus hospedeiros. Dessa forma, foram avaliadas as respostas olfativas do parasitóide exótico Diachasmimorpha longicaudata Ashmead, e dos nativos, Doryctobracon areolatus (Szépligeti) e A. anastrephae a frutos de goiaba (Psidium guajava L.) com e sem larvas de moscasdas- frutas, em condições de laboratório. D. longicaudata e D. areolatus foram também estudados em telado. As fêmeas de D. longicaudata e de D. areolatus responderam aos odores de frutos podres não-infestados, embora D. areolatus também tenha sido atraído aos frutos em maturação inicial (de vez). As fêmeas dessas espécies demonstraram reconhecer os voláteis de frutos com larvas de Ceratitis capitata (Wied.). No entanto, em bioensaios realizados com frutos contendo larvas de diferentes instares...

Revisão sistemática: imunoterapia específica para venenos de hymenoptera; Systematic review: specific immunotherapy for Hymenoptera venoms

Watanabe, Alexandra Sayuri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
A hipersensibilidade a veneno de Hymenoptera representa importante problema do ponto de vista de saúde da população, uma vez que pacientes alérgicos aos componentes do veneno podem desenvolver reações graves, às vezes fatais. A única profilaxia efetiva em pacientes sensibilizados é a imunoterapia veneno específica. Objetivos: avaliar as evidências científicas a respeito dos efeitos da imunoterapia específica utilizada na profilaxia secundária das reações graves em pacientes sensibilizados a veneno de Hymenoptera, por meio da realização de uma revisão sistemática. Métodos: a estratégia de busca seguiu as recomendações do Grupo de Pele da Colaboração Cochrane. A pesquisa foi realizada nas seguintes bases de dados: MEDLINE, the Cochrane Central Register of Controlled Trials (CENTRAL, The Cochrane Library), EMBASE, LILACS, SciSEARCH e nas referências de artigos mais relevantes. Todos os ensaios clínicos controlados e randomizados envolvendo imunoterapia com veneno de Hymenoptera versus imunoterapia com placebo ou apenas seguimento dos pacientes foram avaliados. Dois revisores de forma independente (ASW e LAMF) avaliaram a elegibilidade e a qualidade metodológica de cada ensaio clínico e extraíram os dados. O risco de reações sistêmicas...

A interação Wolbachia - Trichogramma galloi Zucchi, 1988 (Hymenoptera: Trichogrammatidae); The interaction of Wolbachia - Trichogramma galloi Zucchi, 1988 (Hymenoptera: Trichogrammatidae)

Souza, Amanda Rodrigues de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Wolbachia é uma -Proteobacteria transmitida transovarianamente, comum a diversas espécies de insetos. Este simbionte é conhecido pela habilidade em explorar os sistemas reprodutivos de seus hospedeiros, induzindo alterações no modo de reprodução dos mesmos, como a indução de incompatibilidade citoplasmática, telitoquia, feminização e morte de machos, favorecendo, assim, sua própria disseminação na população hospedeira. Em Hymenoptera e outros insetos haplodiplóides, machos haplóides são produzidos a partir de ovos não-fecundados; porém, quando infectados por linhagem de Wolbachia indutora de telitoquia, produzem apenas fêmeas. Os parasitoides de ovos do gênero Trichogramma são muito utilizados no controle biológico aplicado e são comumente associados a Wolbachia. No Brasil, Trichogramma galloi Zucchi, 1988 (Hymenoptera: Trichogrammatidae) se destaca como o principal parasitoide de ovos de Diatraea saccharalis (Fabr., 1794) (Lepidoptera: Crambidae), sendo inúmeras as iniciativas para a sua utilização em programas de controle biológico aplicado desta praga. Dada a importância destes inimigos naturais no combate aos insetos-praga e aos efeitos na reprodução e aptidão biológica induzidos pela associação com Wolbachia...

Diversidade de himenópteros parasitoides (Hymenoptera: Chalcididae) e coleobrocas (Coleoptera: Cerambycidae) associados à cultura de Tectona grandis Linn. f. (Lamiaceae); Diversity of parasitoids (Hymenoptera: Chalcididae) and wood borers (Coleoptera: Cerambycidae) in teak Tectona grandis linn. f. (Lamiaceae)

Moura, Rogério Goularte
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.91%
Com o objetivo de analisar a fauna de himenópteros parasitoides (Hymenoptera:Chalcididae) e de coleobrocas (Coleoptera: Cerambycidae) associados à cultura de T. grandis, foram utilizadas 5 armadilhas de Malaise instaladas no interior da floresta plantada. As coletas foram realizadas, semanalmente, de outubro de 2009 a setembro de 2010, em área de reflorestamento situado no município de Cáceres, MT. Foram analisados os índices faunísticos de frequência, constância, abundância e dominância e também diversidade de espécies. Foram coletados 414 parasitoides; pertencentes às famílias Chalcididae e distribuídos em 3 gêneros e 16 espécies e 715 espécies de coleobrocas, pertencentes à família Cerambycidae e distribuídos em 2 subfamílias, 18 tribos, 33 gêneros e 36 espécies. As espécies de parasitoides mais abundantes foram Brachymeria pandora e Ceyxia ventrispinosa. As espécies mais abundantes de coleobrocas foram Neoclytus pusillus, Achryson surinamum, Chlorida festiva, Coleoxestia atrata, Cosmoplatidius abare, Hexoplon uncinatum e Megacyllene acuta.; This research deals with the association of parasitoids (Hymenoptera: Chalcididae) with wood borers (Coleoptera: Cerambycidae) in a commercial forest of Tectona grandis located in Cáceres...

Diversity of social wasps (Hymenoptera, Vespidae, Polistinae) in three fragments of semideciduous seasonal forest in the northwest of São Paulo State, Brazil

Gomes, Bruno; Noll, Fernando Barbosa
Fonte: Soc Brasileira Entomologia Publicador: Soc Brasileira Entomologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 428-431
ENG
Relevância na Pesquisa
36.96%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Processo FAPESP: 07/08633-1; Diversity of social wasps (Hymenoptera. Vespidae, Polistinae) in three fragments of semideciduous seasonal forest in the northwest of São Paulo State, Brazil. Human exploitation of the forest in the northwest of São Paulo State has generated enormous fragmentation of that forest. Such disturbance has reduced the populations of insects in general. This work was a survey of social wasps (Hymenoptera, Vespidae; Polistinae) in three areas in different stages of regeneration: Paulo de Faria - SP (435 ha), Pindorama - SP (128 ha) and Neves Paulista - SP (1 ha). These three areas were chosen for comparative purposes. To capture the wasps. it was used: active collecting with attractant liquid (solution of water, salt and sugar) with the aid of a dorsal spray bag. During the period from July to December 2006. 414 social wasps were collected in Paulo de Faria, constituting seven species belonging to four genera: 111 social wasps were collected in Pindorama, constituting six species belonging to four genera. and 129 social wasps were collected in Neves Paulista Constituting 12 species belonging to seven genera. In order to compare these three areas ecological indexes were calculated. Neves Paulista had the greatest diversity...

Macromolecular array patterns of silk gland secretion in social Hymenoptera larvae

Gomes, Guilherme; Silva-Zacarin, Elaine C.M.; Zara, Fernando J.; Silva de Moraes, Regina L.M.; Caetano, Flávio H.
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 309-322
ENG
Relevância na Pesquisa
36.91%
The cocoon, produced by most holometabolous insects, is built with silk that is usually produced by the larval salivary gland. Although this silk has been widely studied in the Lepidoptera, its composition and macromolecular arrangement remains unknown in the Hymenoptera. The macromolecular array patterns of the silk in the larval salivary gland of some meliponids, wasps, and ants were analyzed with polarized-light microscopy, and they were compared with those of Bombyx mori (Lepidoptera). There is a birefringent secretion in the glandular lumen of all larvae, due to filamentous structural proteins that display anisotropy. The silk in the distal, middle and proximal regions of the secretory portion of Formicidae and Vespidae glands presented a lattice optical pattern. We found a different pattern in the middle secretory portion of the Meliponini, with a zigzag rather than a lattice pattern. This indicates that the biopolymer fibers begin their macromolecular reorganization at this glandular region, different from the Formicidae and the Vespidae, in which the zigzag optical pattern was only found at the lateral duct. Probably, the mechanism of silk production in the Hymenoptera is a characteristic inherited from a common ancestor of Vespoidea and Sphecoidea; the alterations in the pattern observed in the Meliponini could be a derived characteristic in the Hymenoptera. We found no similarity in the macromolecular reorganization patterns of the silk between the Hymenoptera species and the silkworm.

Diversidade de vespas sociais (Hymenoptera: Vespidae; Polistinae) em fragmentos de Floresta Estacional Semidecidual no noroeste paulista

Gomes, Bruno
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 67 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Pós-graduação em Biologia Animal - IBILCE; O conhecimento de vespas sociais (Hymenoptera: Vespidae; Polistinae) em Florestas Estacionais Semideciduais na região noroeste do Estado de São Paulo, os quais vêm sendo degradadas pelo modelo econômico adotado no passado nesta região, é muito escasso. Neste trabalho foi realizado um levantamento de vespas sociais (Hymenoptera: Vespidae; Polistinae) no período de Setembro de 2005 a Dezembro de 2006 em um fragmento de mata no município de Paulo de Faria - SP, Brasil. Foram coletadas 7 espécies de vespas de 4 gêneros, utilizando as metodologias passivas (armadilhas Malaise e garrafas-armadilha) e ativas (coleta ativa com auxílio de iscas de carne e líquido atrativo). A metodologia de líquido atrativo e uma metodologia nova e alternativa e se mostrou muito eficiente, coletando todas as espécies obtidas nas demais. Agelaia foi o gênero mais abundante em todas as metodologias utilizadas, sendo 80% de toda a amostra. O levantamento apresentou uma baixa quantidade de espécies coletadas no fragmento e a eficiência das metodologias empregadas neste, sendo a metodologia de coleta ativa com auxílio de líquido atrativo muito eficiente na captura de vespas.; The knowledge of the social wasps (Hymenoptera: Vespidae; Polistinae) in semidecidual seasonal forests of northwest of Sao Paulo State is very poorly...

Respostas comportamentais de operárias de Atta sexdens rubropilosa forel, 1908 (hymenoptera, formicidae) a substâncias voláteis

Barros, Tierla Giani Schussler
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: ix, 70 f. : il. color., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; As formigas cortadeiras, insetos pertencentes aos gêneros Atta e Acromyrmex (Hymenoptera: Formicidae), recebem no Brasil, os nomes populares de saúvas e quenquéns. Devido a seu hábito alimentar polífago ocupam diversos ambientes, acarretando danos econômicos em áreas cultivadas. As partes vegetais cortadas são transportadas para suas colônias e preparadas para servir de substrato ao fungo simbionte do qual se alimentam. Apesar de inúmeros estudos sobre esses insetos sociais, novas descobertas sobre o comportamento das formigas, seus atos ou estratégias comportamentais que levam esses organismos a encontrar e utilizar as fontes de energia e nutrientes para a sua sobrevivência são regularmente divulgadas na literatura, evidenciando uma grande diversidade dos seus padrões de organização social. Dessa maneira, o presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a percepção de odores de diferentes substratos por Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera: Formicidae) através de catálogos comportamentais. Os experimentos foram conduzidos no Laboratório de Insetos Sociais – Praga, pertencente ao Departamento de Proteção Vegetal - Faculdade de Ciências Agronômicas – Universidade Estadual Paulista (UNESP) – Campus de Botucatu...

Morfologia dos espermatozoides de Melittobia hawaiiensis, Perkins, M. australica, Girault (Chalcidoidea: Eulophidae) e Neochrysis lecointei, Ducke (Chrysidoidea: Chrysididea), com considerações filogeneticas em apocrita (Hymenoptera); Spermatozoa morphology of Melittobia hawaiiensis, Perkins, M. australica, Girault (Chalcidoidea: Eulophidae) and Neochrysis lecointei, Ducke (Chrysidoidea: Chrysididea), with phylogenetic considerations in Apocrita (Hymenoptera)

Pedro Vale de Azevedo Brito
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Hymenoptera é uma das maiores ordens de inseto no mundo e nenhum outro grupo possui tantas espécies benéficas para o homem quanto esse. A morfologia dos espermatozóides tem provado ser capaz de fornecer dados úteis para estudos filogenéticos em diversos grupos de insetos, inclusive os Hymenoptera. Porém, os estudos existentes até o momento descrevendo a morfologia dos espermatozóides nessa ordem ainda não são suficientes para permitir inferências filogenéticas mais abrangentes. Neste trabalho descrevemos a morfologia dos espermatozóides de Melittobia hawaiiensis e M. australica (Chalcidoidea) e de Neochrysis lecointei (Chrysidoidea) resultando em dois manuscritos que estão em fase de submissão. Comparando os dados desse estudo com os disponíveis na literatura observamos que algumas características como a presença de estruturas espiraladas nos espermatozóides, presença de material extracelular associado ao ápice dos espermatozóides e a ordem de desorganização dos microtúbulos do axonema no final do flagelo, parecem fornecer informações possíveis de serem utilizadas na filogenia das superfamílias de Hymenoptera. Outras características, como a morfologia do adjunto do centríolo e dos derivados mitocôndrias...

Estudo da fauna de parasitoides (Insecta: Hymenoptera) associada a agroecossistema de manejo orgânico em Jaguariúna, SP; Studies on parasitoid entomofauna (Insecta: Hymenoptera) associated to organic agroecosystem at Jaguariúna, SP

Camila Pozzo Maioralli
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Embora os agroecossistemas resultem da ação humana sobre os ecossistemas naturais, sua estrutura e funcionamento se matem a partir de princípios e processos ecológicos. Dadas as externalidades negativas causadas pela agricultura convencional, alguns setores acadêmicos e movimentos em prol da agricultura de base ecológica buscam por um novo paradigma de agricultura, pautado na sustentabilidade. Dentre as práticas utilizadas pela agricultura de base ecológica para o controle de pragas está o controle biológico, incluindo o uso dos himenópteros parasitoides. Estes são responsáveis por grande parte da regulação populacional de insetos fitófagos. O objetivo deste trabalho foi estudar a fauna de himenópteros parasitoides associada a um agroecossistema de manejo orgânico, e comparar três áreas com estruturas distintas ¿ bananal, horta e mata ¿ em relação à diversidade de famílias de himenópteros parasitoides presentes em cada área. Foram realizadas coletas mensais de janeiro a março de 2013, com o uso de armadilhas Malaise. Foram coletados 1990 indivíduos, distribuídos em 8 superfamílias e 25 famílias. As famílias mais abundantes foram Braconidae, Ichneumonidae e Figitidae. O maior número de indivíduos e a maior riqueza de famílias foram obtidos na área da horta. O maior número de famílias raras foi obtido na área de mata. As três áreas apresentaram valores muito próximos para os índices de diversidade...

The spatial distribution of Hymenoptera parasitoids in a forest reserve in Central Amazonia, Manaus, AM, Brazil

Querino,RB.; Couceiro,SRM.; Queiroz,LO.; Penteado-Dias,AM.
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 EN
Relevância na Pesquisa
36.91%
Parasitoids are of great importance to forest ecosystems due to their ecological role in the regulation of the population of other insects. The species richness and abundance of parasitoids in the forest canopy and understory, both on the borders and in the interior of a tropical forest reserve in Central Amazonia were investigated. For a 12-month period, specimen collections were made every 15 days from suspended traps placed in the forest canopy and in the understory strata, both on the border and in the interior of forest areas. A total of 12,835 Hymenoptera parasitoids from 23 families were acquired. Braconidae, Diapriidae, Mymaridae, Eulophidae, and Scelionidae were the most represented in the area and strata samples. The results indicate that there were no significant differences in the species richness or abundance of Hymenoptera between the forest borders and the inner forest. The data does show that the presence of Hymenoptera is significantly greater in the understory in both the border and interior areas than in the canopy (vertical stratification). Aphelinidae and Ceraphronidae were significantly associated with the inner forest, while the other seven families with the border of the reserve. The abundance of Hymenoptera parasitoids presented seasonal variations during the year related to the rainy and dry seasons.

Famílias de Hymenoptera (Insecta) como ferramenta avaliadora da conservação de Restingas no Extremo Sul do Brasil

Oliveira, Eduardo Alves; Calheiros, Filipe Neves; Carrasco, Daiane Silveira; Zardo, Cristina Maria Loyola
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.99%
Com o objetivo de estimar e comparar a diversidade e flutuação populacional das famílias de Hymenoptera em área de restinga foi realizado um levantamento faunístico em duas áreas de restinga com diferentes níveis de conservação. Foram coletados 5.518 himenópteros distribuídos em 30 famílias. Os picos populacionais na flutuação das famílias ocorreram no verão confirmando a alta correlação da temperatura com a distribuição das famílias. Constatou-se na restinga em sucessão maior riqueza, porém, com alta dominância, abrigando representantes dos três grupos ecológicos (antófilos, generalistas e parasitóides) em alta abundância. A restinga preservada, com 17 famílias, verificou-se mais diversa e homogênea, onde verificou-se maior abundância dos parasitóides, devido à maior estabilidade do sistema. A riqueza de famílias de Hymenoptera em áreas de restinga pode ser utilizada como parâmetro indicativo de qualidade ambiental, para este tipo de bioma.; With aim to estimate and compare the diversity and population of the Hymenoptera families in a sandbank area was carried out a wildlife survey in two areas of sandbank with different levels of conservation. We collected 5 518 Hymenoptera distributed in 30 families. The peaks in the families fluctuation occurred in the summer confirmed the high correlation of temperature with the distribution of families. The sandbank in succession had the highest richness...

Contrasting rates of mitochondrial molecular evolution in parasitic diptera and hymenoptera

Castro, L.; Austin, A.; Dowton, M.
Fonte: Soc Molecular Biology Evolution Publicador: Soc Molecular Biology Evolution
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 EN
Relevância na Pesquisa
37.02%
We investigated the putative association between the parasitic lifestyle and an accelerated rate of mt genetic divergence, compositional bias, and gene rearrangement, employing a range of parasitic and nonparasitic Diptera and Hymenoptera. Sequences were obtained for the cox1, cox2, 16S, 28S genes, the regions between the cox2 and atp8 genes, and between the nad3 and nad5 genes. Relative rate tests indicated generally that the parasitic lifestyle was not associated with an increased rate of genetic divergence in the Diptera but reaffirmed that it was in the Hymenoptera. Similarly, a departure from compositional stationarity was not associated with parasitic Diptera but was in parasitic Hymenoptera. Finally, mitochondrial (mt) gene rearrangements were not observed in any of the dipteran species examined. The results indicate that these genetic phenomena are not accelerated in parasitic Diptera compared with nonparasitic Diptera. A possible explanation for the differences in the rate of mt molecular evolution in parasitic Diptera and Hymenoptera is the extraordinary level of radiation that has occurred within the parasitic Hymenoptera but not in any of the dipteran parasitic lineages. If speciation events in the parasitic Hymenoptera are associated with founder events...

The larval head morphology of Xyela sp (Xyelidae, Hymenoptera) and its phylogenetic implications

Beutel, Rolf G.; Krogmann, Lars; Vilhelmsen, Lars
Fonte: Blackwell / Wiley Publicador: Blackwell / Wiley
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN
Relevância na Pesquisa
36.91%
Larval head structures of Xyela sp. are described in detail. The characters are compared to conditions found in larvae of other groups of Hymenoptera and Endopterygota. Like other symphytan larvae the immature stages of Xyelidae are mainly characterized by presumably plesiomorphic features of the head. The head sutures are well developed and all parts of the tentorium are present. The labrum is free and a complete set of labral muscles is present. The maxillae are in a retracted position. In contrast to other hymenopteran larvae Xyela possesses a clypeofrontal suture, a comparatively long antenna and three well-developed antennal muscles. Apomorphic features of Xyela are the absence of muscles associated with the salivarium and the complete absence of Musculus craniocardinalis. A clade comprising Orussidae and Apocrita is supported by the unsegmented maxillary and labial palps and the absence of the lacinia. Six potential autapomorphies for the Hymenoptera were revealed: (1) the caudal tentorial apodeme, (2) the bifurcated tendon of Musculus craniomandibularus internus, (3) the lateral lobe of the cardo, (4) the origin of M. tentoriohypopharyngalis from the posterior head capsule, (5) the exceptionally strong prepharyngo-pharyngeal longitudinal muscle and (6) the longitudinal muscle of the silk press. The maxillolabial complex...

Fenología anual y actividad nictemeral de los Hymenoptera (Insecta) en un bosque mixto mediterráneo

Mederos-López, Jorge L.; Mata Casanova, Noel; Pujade, Juli,
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2012 SPA
Relevância na Pesquisa
36.99%
El Parque de Collserola es un espacio natural adyacente a la ciudad de Barcelona que recientemente ha sido declarado Parque Natural. El presente estudio se centra en las familias de Hymenoptera muestreadas en un bosque mixto mediterráneo de Pinus-Quercus. Desde mayo de 2009 hasta abril de 2010 se muestreó en el dosel y sotobosque del sitio de estudio: los himenópteros fueron el segundo grupo en abundancia por detrás de los dípteros. Se discute la fenología anual y la actividad nictemeral de las familias más abundantes de Hymenoptera. Un total de 7796 especímenes (6933 en trampa Malaise del sotobosque; 863 en trampa Malaise entre sotobosque y dosel) fueron capturados durante el estudio, repartidos en 37 familias. El sotobosque resultó ser el estrato donde tiene lugar la mayor parte de la actividad de los himenópteros (88,9%). La mayor parte de familias capturadas resultaron ser endo- o ectoparasitoides de un amplio espectro de hospedadores. Aunque la tendencia de los himenópteros sea presentar una mayor actividad durante los meses más cálidos del año, las distintas familias mostraron curvas de actividad particulares, con picos que oscilan entre junio y agosto a excepción de los Xyelidae, que fueron recolectados en febrero. Diapriidae resultó ser la familia más abundante en ambos muestreos...

Nuevas observaciones sobre la fenología y distribución espacial de los artrópodos en el dosel y sotobosque de un rodal mixto mediterráneo (Collserola, Cataluña), con énfasis en Diptera e Hymenoptera

Mederos-López, Jorge L.; Kuncová, Aneta; Sala Coromina, Joan; Pujade, Juli,
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
36.91%
El presente trabajo es una continuación del monitoreo permanente que se viene realizando desde 2009 en el Parc Natural de la Serra de Collserola, y se centra en la actividad de las familias de Diptera e Hymenoptera muestreadas en un bosque mixto mediterráneo Pinus- Quercus. De abril a octubre de 2012 se realizaron muestreos en el dosel y sotobosque, con un total de 7789 especímenes muestreados y resultando Diptera (1393; 17,9%) e Hymenoptera (1039; 13,3%) entre los grupos dominantes en el área. Se encontró una clara estratificación de la fauna, donde el dosel se mostró no solo como el estrato donde se desarrolla el mayor volumen de la actividad de los artrópodos, sino también como el estrato más biodiverso. Estos resultados contrastan con estudios realizados anteriormente en la misma área, donde el sotobosque jugaba un papel dominante sobre el dosel. Las diferencias entre los resultados del primer estudio y los obtenidos en este trabajo evidencian la necesidad de focalizar la atención hacia los diversos factores que marcan la actividad de los artrópodos entre estratos con exposición solar total y parcial.; This work is part of permanent monitoring that has been conducted since 2009 in the Serra de Collserola Natural Park...

Gnathopleura quadridentata (Wharton) (Hymenoptera: Braconidae: Alysiinae) como inimigo natural de sarcodexia lambens (Wiedemann) (Diptera: Sarcophagidae) no Brasil; Gnathopleura quadridentata (Wharton) (Hymenoptera: Braconidae: Alysiinae) as natural enemy of Sarcodexia Lambens (Wiedemann) (Diptera: Sarcophagidae) in Brazil

Marchiori, Carlos Henrique; Silva-Filho, Otacílio Moreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 ENG
Relevância na Pesquisa
36.91%
O objetivo do presente estudo é relatar a primeira ocorrência do parasitóide Gnathopleura quadridentata (Wharton) (Hymenoptera: Braconidae) como inimigo natural de Sarcodexia lambens (Wiedemann) (Diptera: Sarcophagidae). Para coleta dos insetos foi utilizado como isca fezes humanas. Obtiveram-se 50 pupas de S. lambens, das quais 28 emergiram parasitóides pertencentes à espécie G. quadridentata. A prevalência de parasitismo foi de 56,0%. Esta nota relata a primeira ocorrência do parasitóide G. quadridentata em pupas de S. lambens no Brasil.; The objective of the study is to report the first occurrence of the parasitoid Gnathopleura quadridentata (Wharton) (Hymenoptera: Braconidae) on pupae of Sarcodexia lambens (Wiedemann) (Diptera: Sarcophagidae). Human feces was used as bait to collect the insects. In the study, 50 pupae of Sarcodexia lambens were obtained, 28 of which yielded the parasitoid G. quadridentata. The prevalence of parasitism was of 56.0%. This note is to report the first occurrence of parasitoid G. quadridentata on pupae of S. Lambens in Brazil.

Triplasta coxalis (Ashmead) (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae) como parasitóide de Palaeosepsis spp. (Diptera: Sepsidae) em fezes de búfalos em Itumbiara, Goiás, Brasil; .

Marchiori, Carlos H.; Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara-ILES-ULBRA; Costa, Fábio D.; Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara-ILES-ULBRA; Silva Filho, Otacílio M.; Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara-ILES-ULBRA
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
36.91%
Este estudo relata a primeira ocorrência de Triplasta coxalis (Ashmead) (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae) como parasitóide de Palaeosepsis spp. (Diptera: Sepsidae) encontrado em fezes de búfalos em Itumbiara, Goiás, Brasil. Amostras de fezes foram coletadas no campo em intervalos de duas semanas de sua exposição, levadas para o laboratório para extração das pupas pelo método de flutuação. As pupas foram individualizadas em cápsulas de gelatina e mantidas até a emergência das moscas ou dos parasitóides. A prevalência de parasitismo foi de 1,2%.; Triplasta coxalis (Ashmead) (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae) as a parasitoid of Palaeosepsis spp. (Diptera: Sepsidae) in buffalo dung at Itumbiara, Goiás, Brazil. This study reports, for the first time, the occurrence of Triplasta coxalis (Ashmead) (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae) as a parasitoid of Palaeosepsis spp. (Diptera: Sepsidae) found in buffalo dung at Itumbiara, Goiás, Brazil. Feces samples were collected in the field at two-week intervals and later were taken to the laboratory to extract pupae by the water flotation method. Each pupa was placed in a capsule of colorless gelatin until the emergence of flies or their parasitoids. The parasitism prevalence was 1.2%.

Mortality due to Hymenoptera stings in Costa Rica, 1985-2006

Prado,Mónica; Quirós,Damaris; Lomonte,Bruno
Fonte: Organización Panamericana de la Salud Publicador: Organización Panamericana de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2009 EN
Relevância na Pesquisa
37.02%
OBJECTIVE: To analyze mortality due to Hymenoptera stings in Costa Rica during 1985-2006. METHODS: Records of deaths due to Hymenoptera stings in 1985-2006 were retrieved from Instituto Nacional de Estadística y Censos (National Statistics and Census Institute). Mortality rates were calculated on the basis of national population reports, as of 1 July of each year. Information for each case included age, gender, and the province in which the death occurred. In addition, reports of Hymenoptera sting accidents received by the Centro Nacional de Intoxicaciones (National Poison Center, CNI) in 1995-2006 were obtained to assess exposure to these insects. RESULTS: Over the 22-year period analyzed, 52 fatalities due to Hymenoptera stings were recorded. Annual mortality rates varied from 0-1.73 per 1 million inhabitants, with a mean of 0.74 (95% confidence interval: 0.46-0.93). The majority of deaths occurred in males (88.5%), representing a male to female ratio of 7.7:1. A predominance of fatalities was observed in the elderly (50 years of age and older), as well as in children less than 10 years of age. The province with the highest mortality rate was Guanacaste. The CNI documented 1 591 reports of Hymenoptera stings (mostly by bees) in 1995-2006...