Página 1 dos resultados de 158 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Identidades invisibilizadas: contributo para o conhecimento população cigana

Nicolau, Lurdes Fernandes
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação Publicador: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.43%
No concelho de Bragança os ciganos residem no meio rural e urbano, apresentando diferenciações variadas em relação a outro grupo de ciganos da região. Na sua grande maioria vivem em condições precárias, sobretudo na cidade, onde muitas famílias se concentram na periferia de bairros periféricos, invisibilizados por uma boa parte da população não cigana, que desconhece esta realidade. Entre os ciganos do meio rural e urbano verificam-se diferenciações relativamente às suas condições sócio- económicas e também habitacionais. In Bragança county, gypsies reside in rural and urban environment, showing several differentiations comparing to other gipsy groups in this region. The vast majority lives in precarious conditions, especially in towns, where many families are concentrated in the outskirts of peripheral neighborhoods, living in ghettos in this suburb areas, not easily seen from some of the non-gypsy population, which is unaware of this reality. Between gypsies of rural and urban areas there are differences in their social and economic and also housing conditions.

O associativismo transnacional cigano: identidades, diásporas e territórios; The gypsy transnational associativism: identities, diasporas and territories

Guimarãis, Marcos Toyansk Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.62%
O objetivo deste trabalho é analisar o surgimento do movimento transnacional cigano e suas abordagens políticas na esfera internacional, destacando os dilemas acerca da integração e da autodeterminação. Esta tese examina o surgimento de ideias políticas ciganase como foi moldado o chamado movimento romani. Apesar de ser a mais numerosa minoria europeia, os ciganos não são representados adequadamente no contexto político doméstico dos Estados onde vivem. Diante da situação caracterizada pelamarginalização e exclusão, os ativistas objetivam proteger os ciganos em todo o mundo contra a discriminação e a perseguição por meio da garantia dos seus direitos humanos. Acondição multiterritorial e multicultural dos grupos ciganos coloca um importante desafio aos objetivos dos ativistas. Assim, esta pesquisa também explora as dimensões identitárias e históricas dos ciganos a fim de analisar as tentativas e possibilidades de criar uma comunidade romani transnacional. Por fim, esta tese investigatambém a possibilidade desta comunidade ser formada a partir de uma conexão religiosa, coordenada pelomovimento evangélico ciganoda Europa Ocidental, a fim de compreender sua rápida expansão por meio das redes ciganas e identificar suas abordagens territoriais.; The aim of this work is to examinethe emergence of the Romani transnational movementand its political approaches in the international arena...

Identidade, alteridade e resistência dos ciganos brasileiros

Sibar, Lina Maria Lorenzon
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115 f. il
POR
Relevância na Pesquisa
27.43%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Ciências Sociais - FFC; Esta pesquisa tem por objetivo analisar aspectos ligados a identidade, alteridade e resistência de uma família cigana Calon, buscando mostrar como foi construído o imaginário comum sobre os assim chamados ciganos. Através de perspectivas de ciganólogos, ativistas ciganos e pró-ciganos, dos ciganos rom e dos calon mostramos a construção da categoria étnica cigano. A partir do contato com essa família, procuramos apresentar algumas características dessa socialidade, além das constantes perseguições e práticas sectárias das quais tem sido vítimas, bem como suas experiências coletivas voltadas à defesa de seus direitos e interesses no Brasil; This research aims to analyse aspects of identity, otherness and resistance from a gypsy family Calon, attempts to show how the imagery was built on the common socalled Gypsies. Through prospects ciganologos, roma activists and pro-roma, gypsies anda roma calon show the construction of the gypsy ethnic category. From the contact with this family, we present some characteristics of sociability, and the constant persecution and sectarian practices which have been victims as well as their collective experiences gearedto the defense of their rights and interests in Brazil

Ciganos, peregrinos do tempo : ritual, cultura e tradição; Gypsies : pilgrims of the time : ritual, culture and tradition

Regiane Aparecida Rossi Hilkner
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.84%
Pesquisar as manifestações da cultura cigana é sempre um empreendimento ambicioso, pois se constitui em uma prática polissêmica, que traz diversas possibilidades de interpretação, considerada ao mesmo tempo exótica, artística, religiosa, entre outras definições. Esta pesquisa procurou inicialmente enfocar apenas um de seus aspectos: o corpo cigano enquanto uma construção social que, ao expressar-se, agencia memórias. No entanto, como nos ensina a poesia, não existem pré-caminhos. O caminho se faz ao caminhar. Ciganos, unidade complexa, mosaico étnico. Ritmos e imagens. Materialidade e significação. Assim, o corpo-memória foi abordado no complexo universo cigano. Os capítulos deste trabalho nasceram e cresceram em função dessa complexidade cigana que impossibilita a fragmentação. Neste contexto, o objeto central de análise, ao longo do percurso de estudo e pesquisa, deslocou-se para além do corpo-memória, fazendo-se necessário um aprofundamento do ethos1 cigano, suas histórias, memórias, crenças e em especial a sua crença maior: Sara Kali. Para tanto, buscou-se em uma constelação harmônica apresentar os Ciganos - livres de estereótipos (Primeiro Capítulo). Ciganos peregrinos que juntam as vozes...

Ciganos e Não Ciganos em Trás-os-Montes: Investigação de um Impasse Inter-Étnico

Nicolau, Lurdes Fernandes
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
28.14%
Tese de doutoramento em Ciências Sociais; As representações sociais dos ciganos transmontanos evidenciam a heterogeneidade da população portuguesa, no que diz respeito a estes cidadãos, já que apresentam diferenciações relevantes, relativamente a outros ciganos da região e do país, na opinião dos dois grupos. Os “outros”, que designam de gitanos, chamam-lhes “chabotos”, auto-denominando-se, ambos, ciganos. Recorreu-se a uma metodologia qualitativa, no sentido de melhor compreender o significado das acções dos sujeitos que integravam o nosso universo de observação. Este situou-se no concelho de Bragança, em contexto urbano, em três bairros da cidade e em seis localidades do meio rural. Para além do estudo da vida objectiva dos ciganos da região, em determinadas dimensões, tanto no meio urbano como no meio rural, investigam-se as relações inter-étnicas entre os mesmos e as populações locais abrangendo, também, o contexto escolar. Os ciganos residentes na cidade são objectivamente marcados pela exclusão que se materializa na falta de condições de habitação, emprego, educação e em diversas situações no seu quotidiano. No meio rural, em geral, as condições de habitabilidade são precárias e...

Gypsies and health care.

Sutherland, A
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/1992 EN
Relevância na Pesquisa
27.74%
Gypsies in the United States are not a healthy group. They have a high incidence of heart disease, diabetes mellitus, and hypertension. When they seek medical care, Gypsies often come into conflict with medical personnel who find their behavior confusing, demanding, and chaotic. For their part, Gypsies are often suspicious of non-Gypsy people and institutions, viewing them as a source of disease and uncleanliness. Gypsy ideas about health and illness are closely related to notions of good and bad fortune, purity and impurity, and inclusion and exclusion from the group. These basic concepts affect everyday life, including the way Gypsies deal with eating and washing, physicians and hospitals, the diagnosis of illness, shopping around for cures, and coping with birth and death.

Genetic markers in Welsh gypsies.

Harper, P S; Williams, E M; Sunderland, E
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/1977 EN
Relevância na Pesquisa
27.74%
Data are presented on polymorphic genetic markers of 84 Welsh gypsies, members of an inbred population characterised by a high incidence of phenylketonuria and other recessively inherited diseases. Sixteen polymorphic loci were studied: the ABO blood group distribution was comparable to that of the surrounding population, the B gene frequency being 7-5%, a lower frequency than most earlier studies in gypsies. The haptoglobin 1 gene frequency (23-7%) was very different from that of the British population, resembling the frequency found in India and some previously reported gypsy groups. The data on Welsh gypsies for the various loci are discussed in relation to the known evidence for a number of European gypsy populations, and in relation to the genetic structure of these populations. It is concluded that genetic divergence has occurred in the European gypsies, and that this may have been accentuated by the dispersal, isolation, and inbreeding which have occurred during the present century.

Mutation History of the Roma/Gypsies

Morar, Bharti; Gresham, David; Angelicheva, Dora; Tournev, Ivailo; Gooding, Rebecca; Guergueltcheva, Velina; Schmidt, Carolin; Abicht, Angela; Lochmüller, Hanns; Tordai, Attila; Kalmár, Lajos; Nagy, Melinda; Karcagi, Veronika; Jeanpierre, Marc; Herczegf
Fonte: The American Society of Human Genetics Publicador: The American Society of Human Genetics
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
27.74%
The 8–10 million European Roma/Gypsies are a founder population of common origins that has subsequently split into multiple socially divergent and geographically dispersed Gypsy groups. Unlike other founder populations, whose genealogy has been extensively documented, the demographic history of the Gypsies is not fully understood and, given the lack of written records, has to be inferred from current genetic data. In this study, we have used five disease loci harboring private Gypsy mutations to examine some missing historical parameters and current structure. We analyzed the frequency distribution of the five mutations in 832–1,363 unrelated controls, representing 14 Gypsy populations, and the diversification of chromosomal haplotypes in 501 members of affected families. Sharing of mutations and high carrier rates supported a strong founder effect, and the identity of the congenital myasthenia 1267delG mutation in Gypsy and Indian/Pakistani chromosomes provided the best evidence yet of the Indian origins of the Gypsies. However, dramatic differences in mutation frequencies and haplotype divergence and very limited haplotype sharing pointed to strong internal differentiation and characterized the Gypsies as a founder population comprising multiple subisolates. Using disease haplotype coalescence times at the different loci...

Traveller Gypsies and childhood immunization: a study in east London.

Feder, G S; Vaclavik, T; Streetly, A
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /07/1993 EN
Relevância na Pesquisa
27.62%
The immunization status of the children of Traveller Gypsies presenting to two general practices and a paediatric accident and emergency department in east London between July 1988 and February 1990 was compared with that of a control group presenting to the same services. Study of parental reports and other records for 72 Traveller Gypsy children and 106 control children aged 10 months to six years revealed that Traveller Gypsy children had significantly lower completion rates for pertussis, measles, diphtheria/tetanus and poliomyelitis vaccines than the control group. The difference between the uptake of the first and third diphtheria/tetanus, pertussis and poliomyelitis vaccines was significantly greater among the Traveller Gypsy children than among the control group. The low immunization rates are due to poor access to services as well as rejection of certain vaccines by Traveller Gypsies. The 1990 general practitioner contract and reforms to the health service may result in decreased access for Traveller Gypsies unless steps are taken by family health services and district health authorities to meet the health care needs of this group. Possible solutions to this problem include outreach services to caravan sites, opportunistic immunization...

Traveller gypsies and primary care.

Feder, G
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /10/1989 EN
Relevância na Pesquisa
27.62%
Traveller gypsies have resided in the British Isles for over 500 years, making them one of our oldest ethnic minorities. They experience widespread prejudice and discrimination from the settled population. In the sphere of health care the marginalization of traveller gypsies has resulted in poor access to services and relative neglect of their health needs. In this paper the health of traveller gypsies is reviewed from the perspective of primary care, and the role of general practitioners in improving health care for this community is discussed.

Identification of a single ancestral CYP1B1 mutation in Slovak Gypsies (Roms) affected with primary congenital glaucoma

Plasilova, M.; Stoilov, I.; Sarfarazi, M.; Kadasi, L.; Ferakova, E.; Ferak, V.
Fonte: BMJ Group Publicador: BMJ Group
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /04/1999 EN
Relevância na Pesquisa
27.43%
Primary congenital glaucoma (PCG) is an autosomal recessive eye disease that occurs at an unusually high frequency in the ethnic isolate of Roms (Gypsies) in Slovakia. Recently, we linked the disease in this population to the GLC3A locus on 2p21. At this locus, mutations in the cytochrome P4501B1 (CYP1B1) gene have been identified as a molecular basis for this condition. Here, we report the results of CYP1B1 mutation screening of 43 PCG patients from 26 Slovak Rom families. A homozygous G→A transition at nucleotide 1505 in the highly conserved region of exon 3 was detected in all families. This mutation results in the E387K substitution, which affects the conserved K helix region of the cytochrome P450 molecule. Determination of the CYP1B1 polymorphic background showed a common DNA haplotype in all patients, thus indicating that the E387K mutation in Roms has originated from a single ancestral mutational event. The Slovak Roms represent the first population in which PCG is found to result from a single mutation in the CYP1B1 gene, so that a founder effect is the most plausible explanation of its increased incidence. An ARMS-PCR assay has been developed for fast detection of this mutation, thus allowing direct DNA based prenatal diagnosis as well as gene carrier detection in this particular population. Screening of 158 healthy Roms identified 17 (10.8%) mutation carriers...

Aqui, todo mundo é da mesma família : parentesco e relações étnicas entre os ciganos na cidade alta, Limoeiro do Norte CE

Silva, Laílson Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.84%
This study aims to understand how facing a context of Constant interaction whit the local population, the gypsies family Alves dos Santos, neighborhood residentes in uptown, Limoeiro do Norte Ce, maintain a sense of ethnic belonging. To that end, I analyze both the social relations between Gypsies and non-gypsies community, as it is from the contact that the social boundaries are delineated, as the discourses and social representations that are used to qualify them from stigma. So, I found that grounded in the notion of family, gypsies are seen as a group, searching the history / past nomadic origing and blood common elements that underlie its condition, and the language a cultural trait that makes it possible to establish objective distinctions among gypsies and other community residentes, becoming thus a diacritical mark.; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; O presente trabalho tem como objetivo compreender como diante de um contexto de constante interação com a população local, os ciganos da família Alves dos Santos, residentes no bairro Cidade Alta, Limoeiro do Norte - Ce, mantêm o sentimento de pertencimento étnico. Para tanto, analiso tanto as relações sociais entre ciganos e não-ciganos na comunidade...

La inmigraci??n ignorada: Rom?? / gitanos de Europa oriental en Espa??a, 1991-2006

Gamella, Juan F.
Fonte: Pedro G??mez Publicador: Pedro G??mez
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
27.62%
Los rom?? o gitanos constituyen la minor??a ??tnica m??s numerosa, m??s pobre y con mayor crecimiento de todas las que viven en la Uni??n Europea, especialmente en los pa??ses de reciente incorporaci??n. En este art??culo estudiamos el car??cter de la inmigraci??n rom??/gitana de Europa oriental a Espa??a y los per????odos anal????ticamente distintos de este proceso migratorio. Nos hemos basado en una revisi??n de noticias publicadas en la prensa escrita utilizando la metodolog????a de an??lisis de eventos hist??ricos tal como ha sido desarrollada por historiadores de la acci????n colectiva (ver Franzosi 1995; Olzak 1992). Tambi??n, a partir de los datosde una investigaci??n etnogr??fica en curso, describimos y analizamos la situaci????n de los inmigrantes rom?? de Rumania en Espa??a atendiendo sobre todo a la organizaci??n social de sus comunidades o asentamientos, sus estrategias de b??squeda de recursos y las diferencias cruciales con las otras poblaciones de emigrantes. Esta emigraci????n est???? generando tambi??n, sobre todo en las nuevas generaciones criadas en Espa??a, una nueva identidad donde convergen, se entrelazan y entran en conflicto varias influencias nacionales, ??tnico-culturales y morales y, en suma, una nueva forma de ser "gitanos" y rom?? en Espa??a que...

Inequality aversion among gypsies: a field investigation

Cobo-Reyes, Ram??n; Jim??nez, Natalia
Fonte: Universidad de Granada. Departamento de Teor??a e Historia Econ??mica Publicador: Universidad de Granada. Departamento de Teor??a e Historia Econ??mica
Tipo: Relatório
ENG
Relevância na Pesquisa
37.62%
This paper presents a first attempt to measure inequality aversion among gypsies. We conducted an experiment among adult gypsies living at slums outside Vallecas (Madrid). To analyze this variable we use the mechanism provided by Kroll & Davidovitz (2003) among 38 voluntary participants. Results indicate that: i) 52.6% of the individuals are inequality averse; ii) there is a positive relationship between inequality aversion and some features of the population such as individual religious practise, marital status, family size, position in the hierarchy of the family or club association and, iii) neither wealth, nor participation in voluntary activities affect inequality aversion.

Etnicidade, subclasse e exclusâo social: uma comunidade cigana em Oleiros Vilaverde - Noroeste de Portugal

Silva, Manuel Carlos; Silva, Susana
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.84%
[Resumo] : Neste artigo os autores, partindo de resultados de estudos, inquéritos, sondagens e de um pequeno estudo etnográfico realizado em Oleiros, concelho de Vila Verde, uma comunidade do noroeste de Portugal, constatam a persistência de preconceitos e discriminações por parte de portugueses não ciganos para com ciganos portugueses. Tais factos indiciam que Portugal, apesar de ser multicultural e ter registado alguns avanços em termos seculares na relação com a minoria cigana secularmente presente, perseguida, estigmatizada, tem ainda dificuldade em lidar com a diferença, convertendo esta em subalternização e tratamento discriminatório para com esta minoria. Depois de definir e equacionar os conceitos de etnicidade, subclasse e exclusão social, os autores consideram-nos pertinentes e aplicáveis às relações sociais entre maioria não cigana e minoria cigana, não obstante a relativa ambiguidade nomeadamente dos conceitos de subclasse e exclusão social. Perante as formas de exclusão social nas suas formas institucional e social e, eventualmente, a condescendência paternalista ou o multiculturalismo benigno, importa salientar a necessidade de contrapor um multiculuralismo crítico aliado a um combate às diversas formas de discriminação e racismo não só flagrante como subtil.; [Abstract] In this article the authors...

Segmentation et exclusion des Gitans de Perpignan : émergence d'une élite politique?

Grimard, Léon
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
27.84%
Dans la dernière décennie, une abondante littérature a documenté la situation des Rroms d'Europe Centrale et de l'Est, où a émergé une nouvelle élite politiquement activiste. Mais chez les Tsiganes d'Europe de l'Ouest, l’activisme politique d’une élite semblait absent. Cette étude de terrain a été réalisée chez Gitans de Perpignan, à la recherche d’une action et d’une élite politique chez ce groupe, dans le contexte culturel d’une société segmentaire à pouvoir diffus, frappée d’exclusion par la société majoritaire. En effet, je propose que le concept de société segmentaire puisse s’appliquer aux Gitans, et que l’exclusion des Gitans par les païos (non Gitans) constitue un déni de la réalité relationnelle des Gitans avec la majorité païa. Enfin, l’enquête a révélé la position de «médiateurs culturels» des différents agents qui interviennent entre le monde des Gitans et celui des païos. C’est à travers le rôle de «médiateurs culturels» qu’émerge peut-être une élite politique.; In the last decade, a wealth of literature has documented the situation of Rroma living in Central and Eastern Europe, in a context in which there has emerged new elite and new forms of political action. Among Western Europe’s Romani...

Atitude dos professores face à organização da escola para a inclusão dos alunos ciganos

Cabral, Maria de Fátima Ferreira da Costa
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.62%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Docência e Gestão da Educação, especialização em Administração Escolar e Administração Educacional; Nesta Dissertação, procuramos estudar a atitude dos professores face à organização da escola para a inclusão dos alunos de etnia cigana. Embora na década de 70 se tenha operado, na sociedade portuguesa, a igualdade de oportunidades no acesso à escola pública, as condições de obtenção do sucesso ainda geram desigualdades entre os alunos, nomeadamente as minorias de etnia cigana. O povo cigano é quase mítico e tem um longo historial de perseguição, adaptação, sobrevivência, errância e culto da liberdade. Ao longo dos tempos, tem sido encarado com suspeição e receio. Fixados há vários séculos no país, os ciganos continuam a ser os maiores alvos de segregação, discriminação e exclusão, entre todas as minorias. A família é a instituição nuclear e a matriz da identidade e cultura do povo cigano. Os ciganos têm um forte sentido de pertença à comunidade: a família cuida, protege, educa, instrui, celebra e administra a justiça. Pelo contrário, não valorizam a instituição escolar e os saberes que ela transmite. Geralmente...

Nos interstícios das sociedades plurais e desigualitárias: a situação social dos ciganos

Mendes, Maria Manuela
Fonte: Escola Superior de Educação de Viseu Publicador: Escola Superior de Educação de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.43%
A coexistência de pessoas e grupos marcados pela diversidade étnica, social, cultural, geográfica, religiosa e linguística é um tema que continua a gerar controvérsias acrescidas nas sociedades hodiernas. Se pensarmos na coexistência dos ciganos nas sociedades europeias não deixa de ser interessante verificar que a “questão cigana” é um facto iniludível que trespassa as fronteiras dos diferentes países europeus, suscitando controvérsias e ambivalências nas sociedades ditas multiculturais e/ou interculturais e pautadas pelo princípio do universalismo. Apesar da feição intercultural e universalista imprimida às políticas públicas, o não reconhecimento ou o reconhecimento incorreto do que é ser cigano, por parte das instituições, bem como a sua invisibilidade social no espaço público têm afetado negativamente várias dimensões da vida das pessoas ciganas. Acresce que o universalismo das políticas sociais (dignidade igual a todos os cidadãos) não tem surtido os efeitos desejados na redução dos níveis de pobreza, exclusão, discriminação e racismo face aos portugueses ciganos.; Abstract: The coexistence of people and groups marked by ethnic, social, cultural, geographic, religious and linguistic diversity is a topic that continues to generate controversy in today's societies. If we think of coexistence of Roma/Gypsies in European societies it is nonetheless interesting to note that the "Roma/Gypsy issue" is an inescapable fact that pierces the borders of different European countries...

Estrategias migratorias de la población gitana búlgara en España

Slávkova, Magdalena
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2010 SPA
Relevância na Pesquisa
27.62%
La migración laboral de ciudadanos búlgaros comenzó a partir del año 1990 y se incrementó a finales de los noventa, desarraigando a mucha gente y constituyendo flujos migratorios que siguen produciéndose y modificándose en la actualidad. España se ha convertido, además, en uno de los destinos preferidos para trabajar fuera. En ese contexto, los gitanos, junto con el resto de ciudadanos búlgaros, se incluyeron e incluyen también en dichos flujos generales hacia España. Sin embargo, han mantenido en este proceso su heterogeneidad como comunidad étnica, sobre todo a un nivel de diferentes grupos, que además pueden tener estrategias migratorias específicas. Este artículo presenta las estrategias migratorias de los gitanos búlgaros, su experiencia en el mercado de trabajo, la adaptación al sistema médico local y su vida cotidiana como inmigrantes.; This article deals with the various migration strategies of Bulgarian Gypsies who currently live in Spain. I focus on two aspects of their way of life abroad: labour activities and cultural adaptation to the local health care system. Following the downfall of the socialist regime in Bulgaria (1944-1989) a social and economic crisis emerged. The life of the Roma/Gypsies changed dramatically and a great many of them remained jobless. Many people turned towards cross-border labour mobility as a new economic strategy. In the migration process they left their birth places either temporarily or permanently with the hope of providing better lives for their families. In the late 1990s Spain became one of the best preferred destinations for work abroad. Like the rest of the surrounding population the Gypsies joined the common migration flows towards that destination. Within the framework of the common migration flow different Gypsy groups preserve a certain differentiation as community (mostly on group or regional-residence) level...

Nômades e peregrinos: o passado como elemento identitário entre os ciganos calons na cidade deSousa-PB; Nomads and Pilgrims: the past as an Element of Identity among the Calon Gypsies in the City of Sousa-Paraiba

Goldfarb, Maria Patrícia Lopes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.43%
Este trabalho analisa elementos da identidade cigana presentes em suas formas de identificação coletiva, como esta identidade é narrada e os elementos que articulam uma visão de grupo social. Para isso, toma como modelo empírico grupos ciganos residentes na cidade de Sousa (PB). Aborda ainda a importância da religiosidade para uma parcela significativa da comunidade cigana no tocante a sua identidade cultural.; This work analyzes elements of gypsyidentity found in their forms of collective identifica-tion, how this identity is narrated, and the elementsthat articulate a vision of social group. With thispurpose, it chooses as its empirical model groupsof gypsies residing in the city of Sousa (PB). It alsoanalyzes the importance of religiosity for a signifi-cant portion of the gypsy community regarding itscultural identity.