Página 1 dos resultados de 452 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

A situação epidemiológica da tuberculose na República da Guiné-Bissau, 2000 - 2005; The epidemiological situation of tuberculosis in the Republic of Guinea-Bissau, 2000-2005

MANJUBA, Cristóvão; NOGUEIRA, Péricles Alves; ABRAHÃO, Regina Maura Cabral de Melo
Fonte: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva Publicador: Associação Brasileira de Pós -Graduação em Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
67.44%
INTRODUÇÃO: A tuberculose na República da Guiné-Bissau não apresenta bons indicadores de saúde, assim como na maioria dos países em vias de desenvolvimento. OBJETIVO: Estudar na República da Guiné-Bissau e nas suas Províncias, a situação epidemiológica da doença no período de 2000 a 2005. MÉTODO: Realizou-se levantamento de dados secundários junto ao Programa Nacional de Luta Contra Lepra e Tuberculose, no período de 2000 a 2005, e análise de relatórios anuais da Capital e das Províncias da Guiné-Bissau, para o cálculo de coeficientes e taxas dos indicadores. RESULTADOS: O número de casos de tuberculose manteve-se estável no período de 2000 (1.959 casos) a 2005 (1.888 casos). O percentual de casos pulmonares variou de 96,0 a 98,8%, dos quais 55% eram bacilíferos. Em 2005 o coeficiente de prevalência foi de 142,4/100.000, o de incidência 131,3/100.000 e o de mortalidade, 16,8/100.000 habitantes. A maior concentração de casos ocorreu na região da Capital. A taxa de cura variou entre 46,5% em 2000 e 69,6% em 2005, e a de abandono de tratamento de 29,8% em 2000 para 12,1% em 2005. CONCLUSÃO: Os indicadores do Plano Estratégico Nacional devem ser melhorados, sobretudo no que diz respeito à busca ativa de casos...

A luta pela independência na Guiné-Bissau e os caminhos do projeto educativo do PAIGC: etnicidade como problema na construção de uma identidade nacional

Namone, Dabana
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 120 f. : mapas, tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.51%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; Esta dissertação analisou o projeto educativo do Partido Africano para Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), no período da luta de independência da Guiné-Bissau, e o seu desdobramento na fase pós-independência. Com base nos estudos bibliográficos, a pesquisa buscou analisar se, e como, a educação projetada pelo movimento libertador PAIGC contribuiu para a construção do Estado-nação, com a ideia de promover a unidade nacional e despertar o espírito de solidariedade numa sociedade culturalmente heterogênea, socialmente estratificada e inserida no contexto de globalização econômica como a Guiné-Bissau. Para compreender a origem do pensamento educativo do PAIGC, analisou-se a trajetória da educação pré-colonial e colonial no território que é atual Guiné-Bissau. Além disso, observou-se o surgimento dos movimentos de libertação nas colônias portuguesas em África, particularmente o PAIGC na Guiné-Bissau e os seus fundamentos político-ideológicos, escritos por Amílcar Cabral, entre os quais: a unidade Guiné e Cabo Verde na luta pela independência e formação do Estado binacional após a independência e o combate à distinção étnica...

Amílcar Cabral e a independência da Guiné Bissau e Cabo Verde

Cassama, Daniel Julio Lopes Soares
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 91 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
67.42%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências Sociais - FCLAR; This work proposes a study concerning the independence of Guinea-Bissau and Cape Verde, a process led by Amilcar Lopes Cabral. The importance of the theme is, firstly, to realize the reasons that made Amilcar Cabral to integrate the struggle of national liberation, understands the influences received and how it has incorporated in the construction and development of political and cultural strategies aimed at territorial liberation of Guinea-Bissau and Cape Verde. Furthermore, aims also to physical and psychological liberation of the black African man, educated in a colonial system. Secondly, to contribute to filling significant voids with regard to knowledge of the war of liberation in Guinea-Bissau and Cape Verde; O presente trabalho propõe um estudo referente à independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde, processo esse liderado por Amílcar Lopes Cabral. A importância do tema consiste, em primeiro lugar, em perceber os motivos que levaram Amílcar Cabral a integrar-se na luta da libertação nacional, compreender as influências recebidas e a forma como este as integrou na construção e desenvolvimento de estratégias políticas e culturais que visavam uma libertação territorial da Guiné-Bissau e Cabo Verde. Além disso...

A interferência do Banco Mundial na Guiné-Bissau

Djaló, Mamadú
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 131 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
67.61%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia Política, Florianópolis, 2009; Na Guiné-Bissau a questão da educação é muito preocupante. Preocupação esta que se estende a partir da educação básica. Esta pesquisa analisou a interferência do Banco Mundial na Guiné-Bissau na dimensão da educação básica no período de 1980 a 2005. A questão principal que norteou a pesquisa relaciona-se com a atuação do Banco Mundial no ensino básico guineense, através do seu projeto denominado firkidja. Uma das questões cruciais seria: quais são seus os efeitos sobre a educação e especificamente sobre "o ensino de base" na Guiné-Bissau, decorrente dos acordos internacionais? Ocorreram mudanças de diretrizes na educação? Os acordos internacionais oferecem alternativas efetivas, em termos de indicadores, para o "ensino de base"? Foram também analisadas questões relacionadas à influência do Banco Mundial nas políticas educativas da Guiné-Bissau, que em muitos casos embute condicionalidades aos Estados. Uma vez que a Guiné-Bissau depende totalmente de "ajuda externa", comprometendo a ação estatal com as políticas do Banco Mundial...

Relações Sul-Sul: a cooperação Brasil-Guiné-Bissau na educação superior no período de 1990-2011

Djaló, Mamadú
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 255 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
67.49%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, Florianópolis, 2014.; Este estudo teve como tema as "Relações Sul-Sul: a Cooperação Brasil - Guiné-Bissau na Educação Superior no Período de 1990-2011", em que abordou e analisou a influência dessa cooperação para a disseminação de formação superior na Guiné-Bissau para a possível consolidação da esfera da educação no âmbito universitário do país. Optei por trazer as experiências e trajetórias dos sujeitos beneficiados por essa formação superior da cooperação no Brasil. De modo que construí, a partir das suas falas, os percursos históricos ligados aos Programas de Convênios Educacionais entre esses dois países, como também os processos da formação educacional e profissional desses entrevistados, a fim de elaborar o objeto da pesquisa - que seria: inferir a possível formação da identidade nacional guineense unificada sob a ótica do ensino universitário. Compreende-se que esses sujeitos fazem parte dessa construção; a partir desta perspectiva, procurei entrevistá-los. Normalmente, é um grupo muito heterogêneo, formado por ex-estudantes do Programa de Estudante Convênio de Graduação (PEC-G) e do Programa de Estudante Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG) da Guiné-Bissau e da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. As entrevistas foram feitas com 10 estudantes de Graduação e Pós-graduação...

Aportes para a avaliação de programas de Cooperação Sul-Sul : o caso da Cooperação em Registro Civil com Guiné-Bissau

Andrade, Melissa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
67.6%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2014.; A Cooperação Sul-Sul (CSS) tem se tornado central dentro da cooperação internacional para o desenvolvimento. Neste contexto, o Brasil se destaca por ser um dos países líderes neste tipo de cooperação. Apesar dos esforços em aumentar a Cooperação Sul-Sul, esta ainda carece de mecanismos de gestão que a tornem mais eficiente, eficaz e efetiva. Por isso, a avaliação de projetos de CSS figura como tão necessária. Este trabalho fez uma revisão do Estado da Arte na área de avaliação associada à cooperação internacional e propôs alguns possíveis caminhos de avaliação para a CSS, associando dimensões tradicionais de análise a características próprias deste tipo de cooperação. A experiência avaliada foi o caso da Cooperação em Registro Civil com Guiné-Bissau promovida pela Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal. A CSS normalmente acontece em contextos instáveis e onde o fator político e estratégico das relações entre os países adquire especial relevância. A avaliação lançou um olhar sobre o programa que passou pela discussão da complexidade...

O mapa político e a liberdade de imprensa na Guiné-Bissau

Évora, Silvino Lopes; Sousa, Helena
Fonte: LUSOCOM – Federação Lusófona de Ciências da Comunicação; SOPCOM – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação/CECS – Centro de Estudos Comunicação e Sociedade - Universidade do Minho Publicador: LUSOCOM – Federação Lusófona de Ciências da Comunicação; SOPCOM – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação/CECS – Centro de Estudos Comunicação e Sociedade - Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
67.43%
O panorama mediático da Guiné-Bissau está marcado pela história do nascimento do país. Depois de cinco séculos de colonização portuguesa, os guineenses passaram a gerir os destinos da nação. No campo dos meios de comunicação social, a história da Guiné-Bissau conta que o Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) foi o primeiro actor social guineense a usar de voz impressa própria, com intuitos propagandísticos e independentistas. Os jornais escassearam, mercê da falta de meios humanos e materiais do país. Por outro lado, a propaganda pró-colonialista fazia-se nas rádios, sobretudo, mas também em jornais que dedicavam mais espaço à metrópole do que à Guiné-Bissau. No entanto, ao longo da década de 1960 surgiram órgãos de orientação independentista, como a rádio de Amílcar Cabral, Libertação. Nô Pintcha foi o primeiro jornal guineense da era pós-colonial. O percurso do sector dos media, depois da independência, está marcado pelas diversas dificuldades com que lida, até hoje, a Guiné-Bissau. As carências de meios técnicos e humanos e a instabilidade política impedem a proliferação de uma indústria mediática.

A política externa angolana no processo de reforma das forças armadas da Guiné-Bissau

Pintinho, Zeferino Cariço André
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.45%
A Guiné-Bissau é um destino inevitável dos esforços angolanos no âmbito da sua politica externa e de investimentos. O presente trabalho tem por objectivo estudar as motivações da intervenção de Angola no processo de Reforma das Forças de Defesa e Segurança da Guiné- Bissau. Apresenta uma análise do sector, desvendando as raízes dos problemas que o assolam, escrutinando a situação actual, identificando os constrangimentos e as ameaças, antes de anunciar um conjunto de propostas concretas de solução. O ambiente de insegurança causado por vários episódios de guerras e sublevações armadas transformou-se num importante obstáculo para o desenvolvimento económico e social, desencorajando os investimentos desviando os poucos recursos do país para as despesas improdutivas, impedindo o desenvolvimento. Perante este cenário a construção de condições sólidas para uma segurança duradoura, torna-se uma premissa incontornável, e uma condição fundamental para repor a Guiné-Bissau ao rumo de desenvolvimento sustentável para a construção do bem-estar das populações; ### Abstract: The Angolan Foreign Policy Reform Process in the Armed Forces of Guinea-Bissau The Guinea-Bissau is an inevitable fate of Angolan efforts in its foreign policy and investments . The present work aims to study the motivations of the intervention of Angola in the process of reform of the Defence and Security of Guinea-Bissau. Presents an analysis of the sector ...

Diversidade parasitária em animais domésticos e silvestres na Guiné-Bissau: os últimos 22 anos

Rosa, Fernanda; Crespo, Maria Virgínia
Fonte: Colóquio Internacional Cabo Verde e Guiné-Bissau, Percursos do Saber e da Ciência, 21-23 Junho 2012, Lisboa, ISCSP-UTL Publicador: Colóquio Internacional Cabo Verde e Guiné-Bissau, Percursos do Saber e da Ciência, 21-23 Junho 2012, Lisboa, ISCSP-UTL
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 21/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
87.55%
A importância e o interesse pela diversidade parasitária, sua distribuição espacial e evolução temporal em diferentes ecossistemas, assim como a sua interacção com diferentes hospedeiros, aumentou nas últimas décadas, especialmente quando estão envolvidos temas como a protecção e conservação de ecossistemas, o uso sustentável de recursos naturais e a protecção da saúde das populações residentes. Para além disto, a introdução recente do conceito de medicina conservativa, no qual a saúde do meio ambiente, animais e homem é considerada como um todo, veio reforçar aquele interesse. Durante 1990, num contexto de contaminação ambiental por parasitas, com especial relevância para as espécies zoonóticas, a equipa do IICT e os seus colaboradores têm vindo a estudar na Guiné-Bissau a fauna parasitária em hospedeiros domésticos e silvestres, nomeadamente em Rodentia1 (Thryonomys swinderianus, Cricetomys gambianus, Arvincanthis niloticus, Rattus rattus e Praomys (Mastomys) sp.), Arctyodactyla1,2,3,4 (Bos taurus, Cephalophus rufilatus e Tragelaphus s. scriptus), Carnivora1 (Canis familiaris e Genetta pardina pardina), Primates não-humanos1 (Cercopithecus mona campbelli, Chlorocebus aethiops sabaeus, Papio cynocephalus papio e Procolobus badius temminckii) e Testudines1 (Kinixys belliana nogueyi)...

Formação de professores de língua portuguesa na Escola Normal Superior Tchico Té, Guiné Bissau

Baldé, Baró
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
67.51%
Tese de mestrado, Língua e Cultura Portuguesa, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2013; Este trabalho pretende abordar a questão relativa a formação de professores de Língua Portuguesa na Escola Normal Superior “Tchico Té”, buscando enfatizar o processo histórico dessa formação, o papel assumido pela instituição, assim como problemática do ensino do Português na Guiné Bissau. Julgamos que a formação deve ser assumida como ponto de partida para resolução de vários problemas que afetam negativamente o sistema educativo guineense. Isto é, através dela, procurar caminhos para melhorar o ensino da Língua Portuguesa, definir objetivos bem claros e específicos para o seu devido emprego nas escolas, capacitando o aluno para atuação competente e efetiva na sua interação social. Para o desenvolvimento deste trabalho, foi realizada uma pesquisa a partir de aplicação de questionários sobre a formação de professores e a problemática do ensino da LP, com dezoito inquiridos (professores-formadores, formandos e professores do ensino secundário). Fizemos uma análise qualitativa dos resultados e constatamos que todos os entrevistados apresentam um discurso onde se reconhecem a importância da formação de professores como garantia de um trabalho de qualidade no sistema de ensino guineense. No entanto...

Língua e desenvolvimento: o caso da Guiné-Bissau

Barbosa, José Augusto
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
67.68%
A questão do ensino da língua portuguesa como língua oficial e língua segunda em África tem merecido críticas, ao mesmo tempo que tem sido objeto de estudo, mesas redondas e colóquios em áreas diversas, em especial no âmbito do ensino/aprendizagem de LE/L2 e da sua repercussão na política linguística e na política educativa aí desenvolvida nas últimas décadas. A língua portuguesa na Guiné-Bissau é a única com estatuto de língua oficial, idioma de escolarização e da administração pública. Na verdade, é nessa língua que se processa todo o ensino, desde o ensino básico até ao ensino superior. Sabemos que a educação é um dos eixos estratégicos do desenvolvimento, à qual deve ser atribuído um papel de grande importância. O papel da língua materna na aprendizagem de outras línguas é um dos aspetos que julgo ser particularmente relevante no caso da Guiné-Bissau, tendo em conta a diversidade linguística existente no território. A inexistência de uma política educativa que alie de forma construtiva a presença das línguas maternas africanas e do crioulo com a língua portuguesa, aliada à situação de diglossia reinante na Guiné-Bissau, são fatores inibidores do processo de desenvolvimento da qualidade e do sucesso do sistema de ensino...

Tráfico de crianças e exploração do trabalho infantil na Guiné- Bissau

Jesus, Djenane Pereira de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
67.56%
Mestrado em Comunicação, Cultura e Tecnologias de Informação; O Tráfico de Seres Humanos é uma prática de décadas. Embora as questões relativamente a sua dinâmica ainda não estão muito bem especificadas, são traficadas cerca de 12,3 milhões de pessoas, anualmente e em todo o mundo, de acordo com o relatório (2010), do Departamento dos Estados Unidos apoiado em dados da OIT. Tendo em conta a relevância deste número, a UNICEF-GB, através de um estudo de caso realizado em 2010 acredita que cerca de 2.500 crianças guineenses são traficadas todos os anos. Para combater este fenómeno deve-se primeiramente, compreender as suas origens (TSH), e fazer valorizar mais a implementação da Declaração Universal dos Direitos Humanos em especial a dos Direitos da Criança. Para além de constituir uma violação aos direitos humanos, a prática do tráfico de seres humanos, engloba igualmente, o trabalho infantil e outras formas de exploração humana. A ausência de uma política real de ensino e formação de crianças e jovens na Guiné-Bissau impede com que muitas crianças com idade escolar estejam a frequentar a escola, como também que os diplomados do ensino secundário tenham emprego, uma vez que o desemprego juvenil representa a mais importante fatia em termos da população que compõem a Guiné-Bissau. Para além disso...

Os militares portugueses na Guiné- Bissau: da contestação à descolonização

Duarte, Rui Filipe de Brito Camacho
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
67.43%
Mestre em História Moderna e Contemporânea; A 25 de Abril de 1974, Portugal despertava com um golpe militar, depois de um longo período de regime ditatorial, iniciado a 28 de Maio de 1926 e fossilizado sob a forma do Estado Novo. Os militares revoltosos decidiram tomar o poder com vista à mudança do paradigma governativo vigente, que persistia no arrastamento de uma guerra no Ultramar dividida em três frente distintas – Guiné, Angola e Moçambique – e sem fim aparente. Com efeito, a ruptura que se verificou em Portugal proporcionou o começo da etapa final do processo de Descolonização, que conhecera o seu princípio, em 1961, com o despontar das lutas nacionalistas armadas nas colónias portuguesas. A transferência de poderes e de soberania, nas colónias, para os movimentos nacionalistas foi um desígnio assumido pela elite governativa que se estabeleceu após o 25 de Abril de 1974, dando origem ao processo mais marcante da história contemporânea portuguesa, que culminou no fim do domínio português sobre vastos territórios africanos. O presente trabalho é fruto de uma investigação que procurou averiguar como se desenvolveu, numa dessas colónias – a Guiné -, um núcleo de militares contestatários e...

Memoriais culturais e históricos como promotores do desenvolvimento: os memoriais de Guiledje e Cacheu na Guiné-Bissau

Barreto, Antónia; Filipe, Santos
Fonte: Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL) Publicador: Centro de Estudos Internacionais do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL)
Tipo: Parte de Livro
Publicado em 05/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
67.46%
Este artigo apresenta as linhas estruturais de dois Memoriais da Guiné-Bissau, o Memorial de Guiledje, dedicado à Luta de Libertação, e o Memorial de Cacheu, ainda em construção, sobre a herança cultural do tráfico negreiro dos séculos XVI e XVII na região norte da Guiné-Bissau. Estes Memoriais, implementados por uma Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento guineense foram concebidos com o objetivo de preservar e promover a herança cultural, tornar a história e cultura acessíveis às populações locais, criar desenvolvimento económico nas duas regiões em causa e promover a convivência multicultural.; This article presents the structural guidelines of two Memorials in Guiné-Bissau: the Guiledje Memorial, about the "Luta de Libertação", and the Cacheu Memorial, still being constructed, about the cultural heritage of the slave trade of the XVI and XVII centuries in the northern region of Guiné-Bissau. These Memorials, implemented by an Non-Governmental Organization for Development, have the following objectives: preservation and promotion of the cultural heritage; making history and culture accessible to the local populations; creation of economic development in the two affected regions and promote multicultural acquaintanceship in Guiné-Bissau.

Estado e ensino superior na Guiné-Bissau 1974-2008

Sucuma, Arnaldo; Lima, Marcos Costa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
67.46%
Este Trabalho consiste numa pesquisa de dissertação do mestrado, em que se propõe a estudar o Estado e o Ensino Superior no contexto da Guiné-Bissau no período entre 1974 e 2008. Tem como objetivo analisar os efeitos da institucionalização do ensino superior no desenvolvimento da Guiné-Bissau, que é muito recente. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de campo, para levantamento de informações, haja vista que ainda são poucas as informações sobre a temática. Após a independência política do País, proclamada em 1973 na Madina do Boé, reconhecida por Portugal em 1974, o país estava vinculado ao sistema do socialismo real, com forte influência da antiga União Soviética, que sofreu colapso em 1989. Em termos políticos, o Estado da Guiné-Bissau adotou o sistema político do semi - presidencialismo. A democratização do país teve início nos anos 1990. Nas últimas décadas a Guiné-Bissau tem enfrentado uma série de instabilidades políticas e institucionais que impede o país de construir um estado de direito democrático. Partimos de princípio de que realizar estudos sobre a real situação do país ajuda a identificar os caminhos teóricos e técnicos mais viáveis para tirar o país de uma situação de instabilidade política e institucional em que se encontra atualmente. Tanto a institucionalização quanto a consolidação do Ensino Superior na África tem suscitado um amplo processo de discussão e de iniciativas. A evolução educacional no continente...

A educação superior no desenvolvimento da Guiné- Bissau: contribuições, limites e desafios

Sani, Quecoi
Fonte: Pato Branco Publicador: Pato Branco
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
67.59%
This paper aims to present the design of an exploratory field research linked to the Graduate Program in Regional Development, of UTFPR Pato Branco Campus, near its conclusion. The research has as analysis focus the higher education in the development of Guinea-Bissau - its contributions, limitations and challenges. Formal education in Guinea-Bissau began during the Portuguese colonization, 1446 -1974, however, a very tiny number of Guineans had access to school because of the policy adopted by the colonizer which was "asleep" as possible the natives not to make them realize the exploration that the country was suffering. The colonial situation did not create opportunities for the country to be able to develop a qualified education for everybody, because for most of Guineans were denied the access to what is regarded as a fundamental value in human society. The colonizer Country invested just a little in the education for the population, in relation to other countries like England, France in its colonies as Gambia and Senegal, respectively. It is a qualitative study, since these studies reveal a dynamic relationship between the real world and the subject, that is, an indissoluble link between the objective world and the subjectivity of the subject that cannot be translated into numbers. For this...

Mutilação genital feminina; percepções de jovens guineenses residentes em Portugal e de profissionais com experiência na Guiné-Bissau

Silva, Carina Castro da
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
67.44%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Acção Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento; A presente dissertação de mestrado tem como tema “Mutilação Genital Feminina: Percepções de Jovens Guineenses residentes em Portugal e de Profissionais com experiência na Guiné-Bissau”. Para tal, pretende-se estudar em que medida a sociedade guineense, mais particularmente o grupo jovem desta população, vê o fenómeno da MGF. De forma a complementar a informação adquirida através deste público, temos a percepção de profissionais que são externos à sociedade guineense, mas que devido ao trabalho realizado no país têm uma visão imparcial sobre a questão da MGF e como a sociedade vê a mesma. A investigação aqui apresentada teve por base a informação obtida através das entrevistas realizadas a dois jovens guineenses que residem actualmente em Portugal e a um profissional que, em determinado momento, desenvolveu funções na área da educação/acção humanitária na Guiné-Bissau. Infelizmente não foi possível, com esta investigação, perceber exactamente como a população guineense e principalmente os jovens, vêm o fenómeno da MGF. Devido à pequena amostra analisada...

Perspectiva historica da organização do sistema educacional da Guine-Bissau

Lourenço Ocuni Ca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2004 PT
Relevância na Pesquisa
67.59%
Este trabalho pretende documentar e analisar as estruturas educacionais da GuinéBissau, a falta de infra-estrutura deixada pelo colonialismo português e a implementação do novo sistema educacional pelo Partido Mricano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (P AIGC). A análise é feita por meio da avaliação do desempenho de sucessivos governos que fizeram parte da história educacional do país no período de 1471 a 1997. Nesta análise, destacamos, em primeiro momento, a ausência de instituições escolares na (sociedade africana tradicional, não que isto significasse a inexistência de ensinoaprendizagem, pois se tratava de urna cultura oral que veio a ser sobreposta pela cultura escrita européia. Nesse sentido, no ensino colonial, a Igreja Católica desempenhou o papel fundamental na docilização dos guineenses. A Igreja não só ajudou na implantação da política educacional, como também participou na legitimação do colonialismo português, sancionando e santificando a missão civilizadora e função histórica de Portugal. Paralelamente a essa educação, o movimento de libertação nacional da Guiné e Cabo verde (P AIGC) instaurou a educação nas zonas libertadas (1963-1973), esta educação era mais aberta e mais dinâmica em relação ao mundo exterior. Ela não tinha mais como objetivo principal produzir uma situação de equilíbrio e de estagnação e sim procurava apoiar-se e favorecer o processo geral da luta de libertação em que se inseria. Logo após a independência da Guiné-Bissau...

Colapso do Estado na Guiné-Bissau ou a outra face de qualquer Estado de Direito?

Fernandes Júnior, José
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
67.42%
O presente trabalho pretende fazer uma analise do colapso do Estado na Guiné- Bissau, evidente no conflito político-militar que desembocou no assassinato do presidente da República em 2009. O propósito do trabalho foi o de tomar a situação da Guiné-Bissau como modelo de convívio entre Estado de Direito e Estado de exceção como regra. No Estado guineense os conflitos político-militares tenderam a se acirrar com a nova onda de democratização da década de 90. Enquanto, muitos países da África, América Latina e Europa, com uma longa tradição de regimes autoritários enveredaram pelo caminho da democracia a Guiné-Bissau entrou em um processo de colapso estatal. Com base na análise de discurso, o trabalho busca expor à gramática subjacente a argumentação da continuidade da ordem democrática apesar do golpe; as expressões de perplexidade da imprensa internacional diante do "golpe de Estado" sem golpe à democracia, do assassinato ao Presidente da República por militares permanecendo intocada a "ordem democrática", serão analisadas no contexto lógico e ontológico dos Estados de Direito na modernidade.; Ce travail pretend faire une analise Du colaps de l´etat de La Guinée Bissau , qui est evident au conflit polítique-militaire de l´assassina du président de La République em 2009. Ce travail se propose de prendre la situation de la Guinée Bissau comme um modèle de cohabitation entre l´etat de droit et l´etat de l´exception comme régle. Dans l´etat guinéen les conflits polítique-militaire tendent a s´établir avec la nouvelle vague de democratization des années 90. Au moment oú plusieurs pays de l´Afrique...

A educação durante a colonização portuguesa na Guiné-Bissau (1471-1973)

Cá, Lourenço Ocuni
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
67.55%
Neste trabalho pretende-se tratar da educação pré-colonial, educação colonial e educação durante a luta de libertação nacional da Guiné-Bissau. Antes da dominação colonial na Guiné-Bissau, não havia instituição escolar tal como existe hoje. Portanto, a educação consistia em aquisição de conhecimentos e normas de comportamento como em qualquer sociedade. A ausência das instituições escolares na sociedade guineense tradicional não significava a inexistência de ensino-aprendizagem, porque se tratava de uma cultura oral, que foi sobreposta pela cultura escrita européia. Palavras-chave Educação Pré-Colonial; Educação Colonial; Guiné-Bissau Resumen Neste trabajo pretiende si tratar de la educación pré-colonial, educación colonial e educación duranti la lucha de libartación naciaonal de Guine-Bissau. Antes de la dominación colonial na Guine-Bissau, no habia institución escolar como hay. Portanto, la educación consistia en aquisición de conocimientos y normas de comportamiento como en qualquiera sociedad. La ausencia de las institucines escolares na sociedad guineense tradicional no significaba la inexistencia de ensino-apredizaje, porque se trataba de una cultura oral que hay sobreposta pela cultura escrita europea. Palabras-llave Educación Pre-Colonial ; Educación Colonial ; Guiné-Bissau