Página 1 dos resultados de 7942 itens digitais encontrados em 0.015 segundos

Encontros e desencontros de grupos sociais no feminino : o caso das técnicas da área social e as respectivas utentes

Monteiro, Maria Gabriela Soares de Morais
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.22%
Dissertação de Mestrado em Estudos Sobre as Mulheres apresentado à Universidade Aberta; Resumo - Encontros e desencontros de grupos sociais no feminino: o caso das técnicas da área social e as respectivas utentes Esta dissertação pretende estudar alguns aspectos do relacionamento entre dois grupos de mulheres que diariamente se encontram no âmbito de uma grande instituição de solidariedade social: a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa. Um dos grupos de mulheres é constituído pelas assistentes sociais que trabalham no serviço designado por Atendimento Social. O outro grupo é constituído por mulheres utentes que procuram auxílio para resolver problemas concretos das suas vidas, que envolvem frequentemente, ajuda financeira. As classes sociais destes dois grupos de mulheres são diferentes. As assistentes sociais provêm da chamada classe média e as utentes da chamada classe trabalhadora ou popular. A presente pesquisa pretende averiguar até que ponto esta pertença diferenciada de classe interfere na ajuda que é solicitada e prestada, estudando algumas expectativas e representações presentes nos dois grupos. Parte-se, por outro lado, da hipótese que a categoria social mulher a que os dois grupos pertencem...

Duração do aleitamento materno em menores de dois anos de idade em Itupeva, São Paulo, Brasil: há diferenças entre os grupos sociais?; Breast feeding duration in children under two years of age in Itupeva, São Paulo, Brazil: are there differences among social groups?

FUJIMORI, Elizabeth; MINAGAWA, Áurea Tamami; LAURENTI, Daniela; MONTERO, Rosali Maria Juliano Marcondes; BORGES, Ana Luiza Vilela; OLIVEIRA, Ida Maria Vianna de
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.08%
OBJETIVOS: conhecer a duração do aleitamento materno (AM) total e os determinantes associados à sua interrupção segundo perfis de reprodução social das famílias (formas de trabalhar e viver), fundamentados na teoria da determinação social do processo saúde-doença. MÉTODOS: estudo transversal conduzido em uma amostra de 261 crianças menores de dois anos, residentes em Itupeva, São Paulo, Brasil. A partir de uma base teórico-metodológica-operacional compuseramse três grupos sociais homogêneos (GSH) segundo semelhantes formas de trabalhar e de viver. A duração do AM total foi estimada com a técnica de tábuas de vida. O teste de Wilcoxon foi empregado para identificar associação entre as variáveis categóricas na análise bivariada. Para análise múltipla, as variáveis associadas com a duração mediana do AM (p<0,20) foram inseridas num modelo de Regressão de Cox. RESULTADOS: as medianas de aleitamento materno para os 3 GSH foram 6,7 meses, 7,1 meses e 9,9 meses, sem diferença estatística significante (p=0,31). O modelo de análise múltipla selecionou como significante as variáveis: ordem de nascimento (p=0,018), uso de chupeta (p<0,001) e uso de mamadeira (p<0,001). CONCLUSÕES: não foi constatada associação entre duração do AM e os grupos sociais estudados. Entretanto...

Jovens de Santo André, SP, Brasil: Um estudo sobre valores em diferentes grupos sociais; Young of Santo André, SP, Brazil: a study of values in different social groups

Lachtim, Sheila Aparecida Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.18%
Esta dissertação se propõe a: apreender valores sociais contemporâneos, notadamente aqueles referidos ao consumo de drogas, discutir diferenças entre esses valores nos diferentes grupos sociais; e analisar possíveis relações entre esses valores. Trata-se de um estudo qualitativo de caráter exploratório, descritivo e analítico que utilizou um roteiro de entrevista semi-estruturada para apreensão do objeto. Um total de 86 jovens participou, de diferentes regiões do município de Santo André, SP, Brasil - central, quase-central, quase-periférica e periférica. Os dados foram gravados, transcritos e analisados seguindo orientações da análise de conteúdo temática. A partir da categoria valores sociais, a análise captou o significado dos seguintes temas: juventude como provisoriedade, família como lócus de confiança, escola como degrau para o trabalho, trabalho como encaixe na formação social, realização como sucesso, futuro como acúmulo de capital, e consumo de drogas como um mal. Pode-se concluir que, especialmente nos grupos sociais moradores das regiões centrais, prevalecem: o elogio a valores provisórios de vivência juvenil - que prepara para o responsável mundo adulto, mais definitivo; valores de confiança na família que permite esse preparo pelo investimento na educação como dispositivo instrumental para apoiar a colocação compreendida como segura no mercado de trabalho - o que...

Operacionalização do conceito de classes sociais em epidemiologia crítica: uma proposta de aproximação a partir da categoria reprodução social; The measurement of social class in critical epidemiology: a proposal of approximation from the category of social reproduction

Trapé, Carla Andrea
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.24%
O presente trabalho toma por objeto a operacionalização do conceito de classes por meio da definição de variáveis para classificação da população em grupos sociais. O estudo apóia-se no arcabouço teórico-metodológico da Epidemiologia Crítica que fundamenta-se numa compreensão de saúde e doença que coloca no centro da explicação dos determinantes da saúde, o trabalho - a produção capitalista e, a ele subordinado, a vida - o consumo sob o comando do processo de acumulação capitalista. Esta investigação pretende averiguar a capacidade das variáveis de trabalho e vida - reprodução social de mostrar as diferenças de reprodução social das famílias e apoiar a operacionalização do conceito de classe na contemporaneidade. Tem por objetivos específicos: a) levantar por meio de inquérito domiciliar variáveis de reprodução social de famílias que vivem em diferentes espaços sociais de uma cidade da Região Metropolitana de São Paulo; b) analisar o comportamento dessas variáveis de reprodução social quanto à sua capacidade para formar grupos com semelhantes formas de trabalhar e de viver; c) construir um índice de reprodução social capaz de mostrar as diferenças de reprodução social entre as famílias no micro espaço. Partiu-se de arcabouço proposto na literatura...

Representações cotidianas sobre o início do uso de cigarro em diferentes grupos sociais; Everyday representations on the initiation of cigarette use across different social groups

Panaino, Edina Ferreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.23%
Este trabalho tem por objetivo analisar os contextos de início do consumo do cigarro em diferentes grupos sociais, a partir das representações cotidianas em torno do ato de fumar. Partiu-se dos referenciais teóricos do campo da Saúde Coletiva, que compreende a droga como mercadoria, cujo consumo relaciona-se aos diferentes desgastes inerentes às formas de reprodução social dos grupos sociais. Para apreender o objeto, cinco grupos sociais foram identificados no município de Santo André: população em situação de rua, trabalhadores do programa Geração de Trabalho de Interesse Social, estudantes de cursos profissionalizantes oferecidos pela prefeitura de Santo André e dos cursos de Educação para Jovens e Adultos, alunos de curso universitário que apresentam condições estáveis de reprodução social, apresentando situação de trabalho e vida confortáveis e alunos de curso superior com maior estabilidade no trabalho e na vida. Foram utilizados dois instrumentos, um questionário com questões fechadas sobre as condições de reprodução social de cada grupo, e um roteiro de grupo focal mediado por questões abertas, para promover a discussão sobre os contextos de início de uso. Seguindo-se as diretrizes de análise das representações cotidianas...

Representações e percepções sobre ambiente e conservação como subsídio ao Gerenciamento Costeiro Integrado: estudo de caso com grupos sociais da região de Cananéia, litoral sul do Estado de São Paulo; Representations and perceptions about environment and conservation as a subsidy to Integrated Coastal Management: case study with social groups from Cananéia region, São Paulo State, Brazil

Martinez, Diego Igawa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.12%
O Gerenciamento Costeiro Integrado (GCI) pressupõe diálogo entre diferentes interesses, e a participação social nas tomadas de decisão é um princípio importante. Entretanto, as ações de indivíduos e grupos não são fundamentadas em uma única realidade objetiva, mas sim em diferentes formas de perceber o mundo. Conflitos são gerados quando a tomada de decisão é feita pela visão unilateral de poucos segmentos da sociedade, em detrimento de diferentes entendimentos com base na vivência dos lugares. Este estudo investigou a variabilidade e os significados de diferentes formas de perceber e representar o ambiente existente entre diferentes grupos sociais, abordando ainda percepções sobre áreas protegidas e o senso de responsabilidade para a conservação. A região de Cananéia foi tomada como estudo de caso devido à sua relevância à conservação. Foi adotada metodologia de entrevistas com diferentes grupos sociais. Suas percepções e representações revelaram que a região, apesar das riquezas ambiental e cultural, é palco de diversos conflitos socioambientais, estando sujeita a diversas ameaças. Estudos de percepção e representações sociais fornecem um entendimento aprofundado sobre os significados atribuídos aos lugares e ao território...

Valores sociais e valores associados ao consumo de drogas entre jovens de diferentes grupos sociais na cidade de Santo André - São Paulo: uma análise de representações cotidianas; Social values and values associated with drug abuse among the youth from different social groups in Santo André, São Paulo: an analysis of everyday representations

Santos, Vilmar Ezequiel dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.17%
Este trabalho toma como objeto os valores sociais, com atenção especial àqueles relacionados ao consumo de drogas. Compreende-se valores sociais como fundamento das ações e atitudes dos homens. Constituídos nos processos de socialização, assumem historicamente diferentes conformações. Pressupôs-se que a análise de representações cotidianas de jovens de diferentes grupos sociais traria elementos para compreender diferenças nas tendências valorativas. Os objetivos do estudo foram: apreender e analisar representações cotidianas de jovens sobre os valores atuais; levantar o Índice de Reprodução Social de jovens de diferentes contextos sociais e relacioná-los às suas representações sobre valores. A investigação foi realizada em Santo André, SP. Os dados foram levantados através de 29 grupos focais com 229 participantes de 15 a 19 anos, estudantes do ensino médio, em 10 escolas de diferentes regiões do Município. Com o apoio de um jogo educativo, os grupos objetivaram promover o debate e a reflexão entre os jovens sobre expressões valorativas a eles apresentadas. O processo de análise das representações procurou compreender as tendências valorativas sobre: Educação, Escola e Trabalho; Família, Pares e Relacionamentos; Consumo de Drogas Lícitas e Ilícitas; Participação Política. Os resultados mostram: forte conexão entre escola e ingresso no mercado de trabalho...

Lazer e grupos sociais ; : concepções e metodo

Fernando Mascarenhas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
56.09%
A preocupação central que estimulou o conjunto das reflexões contidas neste trabalho, consiste na tentativa de apresentar novos subsídios que busquem nos orientar na elaboração de uma proposta de intervenção no campo do lazer com grupos e/ou movimentos sociais. Desta maneira, aproximando-se da problemática inerente à complexa realidade das crianças e adolescentes em situação de risco no Brasil, procuramos aprofundar estudos sobre o lazer e a relação que este guarda com a educação popular, interrogando o problema de como responder à necessidade de se desenvolver programas, propostas e novas políticas de lazer com e para este grupo. Como objetivos procuramos: fornecer possíveis contribuições ao debate acerca da problemática do lazer em suas inter-relações com a educação; apresentar novos elementos de ordem teórico-metodológica para a construção de propostas de intervenção no campo do lazer com grupos e movimentos sociais; compreender e explicar com maior profundidade a realidade das crianças e adolescentes em situação de risco; apresentar, avaliar e qualificar o Projeto Agente, intervenção no campo do lazer com crianças e adolescentes em situação de risco, desenvolvida na cidade de Goiânia. Quanto ao referencial metodológico...

Representações sociais de meio ambiente :

Azevedo, Genoveva Chagas de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xii, 165f.| il., tabs. +
POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas.; O estudo identificou conteúdos das representações sociais compartilhados e estruturados por indivíduos que pertencem a grupos sociais distintos. Os objetos da representação foram Meio Ambiente e a "Reserva Biológica Ducke" em Manaus/Amazonas. A pesquisa foi do tipo exploratória com um delineamento comparativo entre os grupos, envolvendo 55 pesquisadores do INPA (Grupo 1) e 55 moradores da Comunidade "Cidade de Cidade Deus/Etapa 2" (Grupo 2). As técnicas de coleta foram: a associação livre de palavras e entrevista semi-dirigida. Para análise dos dados textuais foi usado o software Alceste. A lista de palavras produzida durante associação livre foi analisada levando-se em conta sua freqüência e saliência. Os resultados mostraram campos estruturais diferentes para Meio Ambiente e para "Reserva Ducke" em ambos os grupos, embora tenham se aproximado em alguns aspectos, principalmente em relação à Reserva.

Enviesamentos na percepção dos grupos sociais : o papel da posição social e do contexto

Cabecinhas, Rosa
Fonte: ISPA Publicador: ISPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1996 POR
Relevância na Pesquisa
66.02%
Este artigo apresenta dois estudos experimentais realizados no âmbito da dissertação de Mestrado em Psicologia Social e Organizacional da autora intitulada: Assimetrias na percepção dos outros - Para uma abordagem psicossociológica do processamento da informação sobre grupos sociais.

As políticas sociais para a inserção de grupos em desvantagem face aos mercados de trabalho: a génese da resposta sistémica do estado português

Botelho, Alexandra Isabel Palmela Barbosa de
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 04/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.14%
Dissertação de Mestrado em Política Social; Nesta dissertação para obtenção do grau de mestre em Política Social, analisaremos a dinâmica de concepção das políticas sociais para a inserção de grupos em desvantagem face aos mercados de trabalho, no âmbito dos Governos Constitucionais eleitos após Abril de 1974. No seio destas políticas procuramos encontrar o momento sociopolítico em que o Estado Português reconheceu que as dificuldades de integração profissional de um conjunto de públicos, heterogéneos na sua origem mas com similitudes nas suas dificuldades no acesso aos mercados de trabalho, exigiam respostas específicas e uma abordagem sistémica para a promoção e facilitação da sua integração social e profissional. Assim, ao longo desta dissertação pretenderemos validar as proposições de que a génese da resposta sistémica, à questão expressa, ocorreu na segunda metade da década de 90, do séc. XX, coincidindo com o ideário do XIII Governo Constitucional, mas também que a adopção destas políticas públicas de promoção do emprego e inserção, dirigidas aos grupos sociais em desvantagem face aos mercados de trabalho, decorre, em muito, da adesão à UE e da consequente europeização das políticas sociais nacionais.; In this dissertation with the purpose of obtaining the Master in Social Politics degree...

Reformas sociais da 1ª República

Vaz, Maria Máxima
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.02%
Tese de Doutoramento em História Contemporânea; Esta tese tem como objectivo conhecer e analisar as leis de carácter social publicadas durante a Primeira República Portuguesa. Não existindo estudos sobre a totalidade destas leis, a maior parte do texto foi produzido com base em fontes documentais. A caracterização das épocas e dos grupos sociais, bem como a sua composição, estão fundamentadas com transcrições de textos de historiadores especializados neste período e nestas matérias. O trabalho foi dividido de acordo com os órgãos do poder que produziram os vários textos legislativos, pelo que temos: . Decretos emanados do Governo Provisório em 1910/1911; . Leis aprovadas pelo parlamento, durante os anos de 1913/1915; . Decretos do Governo no ano de 1919. As fontes principais a partir das quais foi feito este trabalho, foram os Diários das sessões da Assembleia Nacional Constituinte, da Câmara dos Deputados e da Câmara dos Senadores bem como os próprios textos legislativos. No caso da lei do descanso semanal e do horário dos menores e das mulheres, foram feitas consultas aos Diários das sessões da Câmara dos Senhores Deputados da monarquia, nas quais foram apresentados e debatidos projectos sobre estas duas leis. No texto estão declarados os contributos desses projectos para a lei publicada pelo Governo Provisório no caso do descanso semanal e para a lei do horário dos menores e das mulheres publicada em 1915. O estudo acompanha todo o processo pelo qual passou uma lei...

Desigualdade ambiental no município de São Paulo: análise da exposição diferenciada de grupos sociais a situações de risco ambiental através do uso de metodologias de geoprocessamento

Alves,Humberto Prates da Fonseca
Fonte: Associação Brasileira de Estudos Populacionais Publicador: Associação Brasileira de Estudos Populacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.19%
Este trabalho procura operacionalizar empiricamente o conceito de desigualdade ambiental, para identificar e caracterizar situações de desigualdade ambiental no município de São Paulo, através da utilização de metodologias de geoprocessamento. O objetivo é verificar e medir a existência (ou não) de associação entre piores condições socioeconômicas e maior exposição ao risco ambiental. Assim, são analisados os diferentes grupos sociais expostos a situações de risco ambiental, no município de São Paulo. A hipótese é de que os riscos ambientais são distribuídos de maneira desigual entre os diferentes grupos sociais, assim como a renda e o acesso a serviços públicos. Para testar essa hipótese, realizou-se uma análise comparativa da dinâmica demográfica e socioeconômica entre as populações residentes em áreas de risco ambiental e aquelas não residentes nestes tipos de área, com base em uma tipologia da distribuição espacial dos habitantes do município de São Paulo em três grupos sociais (pobres, classe média e classe alta). Os resultados mostram que, em todos os grupos sociais, as populações residentes em áreas de risco ambiental apresentam condições socioeconômicas significativamente piores do que as não residentes nessas áreas. Os resultados também revelam um aumento da desigualdade ambiental...

Grupos sociais e preferência política: o voto evangélico no Brasil

Rodrigues,Guilherme Alberto; Fuks,Mario
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
76.09%
O objetivo deste artigo é identificar os fatores responsáveis pela influência política dos grupos evangélicos sobre os fiéis e compreender como o pertencimento religioso direciona a escolha eleitoral. A abordagem sociológica do voto forneceu o arcabouço teórico para o estudo, sobretudo a partir da ideia de que os grupos sociais difundem informações e conformam as atitudes políticas dos indivíduos. Em diálogo com a literatura brasileira sobre o voto evangélico, foram analisadas três dimensões: (1) o nível de integração do indivíduo ao grupo religioso; (2) o modelo de organização das igrejas; e (3) o papel das lideranças religiosas. Os dados da pesquisa “Novo nascimento”, realizada com uma amostra da população evangélica de oito cidades da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, durante as eleições nacionais de 1994, forneceram as evidências empíricas para o estudo. Os resultados indicam que a exposição reiterada a atividades religiosas de cunho carismático e o hábito de frequentar a igreja são os fatores mais relevantes do voto evangélico.

Os grupos-nome: efeitos da substituição do imaginário pelo virtual na constituição dos grupos sociais

Carvalho,João Eduardo Coin de
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.22%
Os grupos sociais categoriais são alvo, desde o pós-guerra, de uma intenso esforço de compreensão e demarcação conceitual, principalmente por parte dos psicólogos sociais europeus. A ampliação desta importância na pauta dos pesquisadores se deve ao aumento da presença relativa deste tipo de grupo no cenário das relações sociais e de suas conseqüências na produção das identidades sociais. Neste trabalho indicamos como o crescimento da importância dada aos grupos categoriais acompanha o esvaziamento progressivo do imaginário dos grupos, que passam a operar socialmente menos a partir das relações efetivas entre os indivíduos que os compõem e mais pela sua borda, isto é, o nome do grupo. Chamamos de grupos-nome a esses grupos virtualizados, que não têm presença material mas apenas imagética. Os grupos-nome tendem a ser mais freqüentes do que os grupos "vivos" na medida em que facilitam um relacionamento mais descompromissado entre os indivíduos e portanto mais confortável pela facilidade com a qual os indivíduos poderiam "trocar" de grupo social. Como efeitos da incidência dos grupos-nome destacam-se a transformação dos grupos face a face, a ampliação de mecanismos de controle e manipulação social e o incremento da violência.

Contextos grupais e sujeitos em relação: contribuições às reflexões sobre grupos sociais

Zanella,Andréa Vieira; Lessa,Clarissa Terres; Da Ros,Sílvia Zanatta
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.14%
A partir dos aportes teóricos da psicologia histórico-cultural considera-se que o sujeito se constitui/ é constituído em seus vários aspectos via processo de apropriação, sempre singular, tanto do saber quanto do saber fazer da sociedade. Essa apropriação, por sua vez, não se dá em abstrato, mas através de relações em grupos sociais diversos, onde ganham destaque os lugares sociais imputados aos/assumidos pelos sujeitos. Cientes tanto da complexidade das teorias de grupos e suas relevantes contribuições para a psicologia, bem como de nossa limitada relação com a temática, é objetivo deste trabalho analisar, a partir de três investigações realizadas com diferentes grupos de adultos escolarizados reunidos em razão de atividades de ensinar e aprender sistematizadas, a dinâmica das relações entre sujeitos e grupos, com destaque para os diálogos estabelecidos entre os mesmos que, nesses contextos, mutuamente se constituíam.

Das categorias aos grupos sociais: representações sociais dos grupos urbano e rural

Bonomo,Mariana; Souza,Lídio de; Menandro,Maria Cristina Smith; Trindade,Zeidi Araujo
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.12%
As reflexões que conduziram o estudo focalizaram a referência entre a elaboração do campo representacional e o processo de identificação social referentes à ruralidade e à urbanidade. Esse propósito serviu-se de dois objetos que integram as categorias sociais de interesse e os grupos sociais vinculados, pessoas do meio rural e pessoas da cidade. Os corpora de dados, processados através do software EVOC- 2003, foram coletados por meio da técnica da associação livre a partir de entrevistas com 200 integrantes de quatro gerações de uma comunidade rural, com idades entre 07 e 81 anos. Os resultados indicaram que as representações sobre o endogrupo estão fundamentadas em estereótipos positivos, enquanto as representações sobre o exogrupo retratam a imagem dos citadinos como negativa, dinâmica que sugere um campo valorativo sustentado na ideologia, respectivamente, de um grupo com valores humanitários versus um grupo referenciado por valores capitalistas. Discute-se a função identitária do campo representacional para a manutenção da identidade social positiva do grupo rural.

Duração do aleitamento materno em menores de dois anos de idade em Itupeva, São Paulo, Brasil: há diferenças entre os grupos sociais?

Fujimori,Elizabeth; Minagawa,Áurea Tamami; Laurenti,Daniela; Montero,Rosali Maria Juliano Marcondes; Borges,Ana Luiza Vilela; Oliveira,Ida Maria Vianna de
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.08%
OBJETIVOS: conhecer a duração do aleitamento materno (AM) total e os determinantes associados à sua interrupção segundo perfis de reprodução social das famílias (formas de trabalhar e viver), fundamentados na teoria da determinação social do processo saúde-doença. MÉTODOS: estudo transversal conduzido em uma amostra de 261 crianças menores de dois anos, residentes em Itupeva, São Paulo, Brasil. A partir de uma base teórico-metodológica-operacional compuseramse três grupos sociais homogêneos (GSH) segundo semelhantes formas de trabalhar e de viver. A duração do AM total foi estimada com a técnica de tábuas de vida. O teste de Wilcoxon foi empregado para identificar associação entre as variáveis categóricas na análise bivariada. Para análise múltipla, as variáveis associadas com a duração mediana do AM (p<0,20) foram inseridas num modelo de Regressão de Cox. RESULTADOS: as medianas de aleitamento materno para os 3 GSH foram 6,7 meses, 7,1 meses e 9,9 meses, sem diferença estatística significante (p=0,31). O modelo de análise múltipla selecionou como significante as variáveis: ordem de nascimento (p=0,018), uso de chupeta (p<0,001) e uso de mamadeira (p<0,001). CONCLUSÕES: não foi constatada associação entre duração do AM e os grupos sociais estudados. Entretanto...

Equidade e inclusão de grupos sociais na política de saúde: o caso do Recife, Brasil

Albuquerque,Maria do Socorro Veloso de; Costa,André Monteiro; Lima,Luci Praciano; Melo Filho,Djalma Agripino de
Fonte: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira Publicador: Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.17%
OBJETIVOS: analisar a concepção e operacionalização do princípio da equidade no reconhecimento de necessidades de grupos sociais pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Recife entre 20012008. MÉTODOS: estudo de caso com triangulação de técnicas (entrevistas semiestruturadas e análise documental). Sujeitos: gestores da SMS. Selecionaram-se quatro grupos sociais: trabalhadores, portadores de sofrimento psíquico, mulheres e pobres. Utilizou-se a análise temática de conteúdo para analisar as categorias: participação social, racionalidade técnica-política e integralidade. RESULTADOS: a política de saúde da SMS incluiu diversos grupos sociais mais desassistidos, alocando recursos não restritos à atenção básica, porém com frágil articulação entre níveis de atenção, destacando-se limitações a superar: o Programa de Saúde da Família apresenta excesso de encaminhamentos à atenção especializada, indicando problemas na identificação/incorporação das necessidades dos usuários; a política de saúde do trabalhador não consolidou ações de vigilância em saúde; foi incipiente o processo de desospitalização/desinstitucionalização dos portadores de sofrimento psíquico; foi além das ações relativas à gravidez/parto...

Imaginário e representações sociais

Carvalho, João Eduardo Coin de; Universidade Paulista
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2000 POR
Relevância na Pesquisa
56.16%
A partir da proposta de Castoriadis sobre o imaginário radical, proponho seu desdobramento para, a presença do imaginário nos grupos sociais categoriais. Estes grupos se constituiriam a partir da presença do imaginário no seu interior, presença viva que os diferencia dos grupos cuja identidade se sustenta na sua organização. Neste cenário, a idéia de representações sociais, conforme indicada por Moscovici, encontraria no imaginário do grupo a sua fonte: é a partir dele que viria a se constituir o pensamento social deste grupo, como uma expressão simbólica deste mesmo imaginário. Caracterizado assim, o relacionamento entre as representações sociais e o imaginário do grupo se associa aos esforços de apresentar a TRS como campo especialmente profícuo para a construção e reconhecimento de uma instância que se constitua não "nos" indivíduos, mas "entre" eles e que submetida ao caótico do imaginário vem solicitor métodos de investigação diversos daqueles tradicionalmente utilizados nas Ciências Sociais.