Página 1 dos resultados de 9402 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Resíduos de fenitrotion e esfenvalerato em grãos de milho e trigo, em alguns de seus produtos processados e sua ação residual sobre Sitophilus oryzae (L., 1763), Sitophilus zeamais Motsch.,1855 (Coleoptera: Curculionidae) e Rhyzopertha dominica (Fabr.,1792) (Coleoptera: Bostrichidae); Fenitrothion and esfenvalerate residues in corn and wheat grain and in some of their processed products, and residual action on Sitophilus oryzae (L., 1763), Sitophilus zeamais Motsch., 1855 (Coleoptera: Curculionidae), and Rhyzopertha dominica (Fabr., 1792) (Coleoptera: Bostrichidae)

Castro, Javier Alberto-Vásquez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.97%
Em razão dos problemas causados pelos insetos nos armazéns, no Brasil tem-se usado principalmente substâncias químicas para controlar essas pragas, porém, com relativo sucesso na solução do problema. Em fase disso, alguns aspectos sobre a proteção de grãos armazenados foram estudados, entre eles: 1) o efeito do volume de pulverização no teor de umidade dos grãos, 2) a estabilidade de inseticidas durante o processamento de amostras, 3) a influência da formulação concentrado emulsionável nas propriedades físicas do líquido, características do spray e depósito de inseticidas, 4) os resíduos de inseticidas nos grãos e em alguns de seus produtos processados e 5) a eficácia de inseticidas no controle de Sitophilus oryzae (L.), Sitophilus zeamais Motsch. e Rhyzopertha dominica (Fabr.). Para o tratamento dos grãos foi utilizado o bico hidráulico de jato duplo, modelo, TJ-60 8002EVS. O sistema de aplicação foi calibrado de modo a se obter tratamento dos grãos na concentração teórica de 10 e/ou 0,5 mg.kg-1 de fenitrotion e esfenvalerato, respectivamente. Os experimentos de eficácia foram instalados aos 15 dias, 30 dias e, a partir desta em intervalos mensais até 12 meses após o tratamento dos grãos, ou até que não houvesse mais mortalidade nas parcelas. Nos experimentos de resíduo...

Levantamento da micoflora de grãos ardidos de milho e avaliação da resistência genética à Fusarium verticillioides; Survey of mycoflora in damaged corn grains and evaluation of genetic resistance to Fusarium verticillioides

Ramos, Adalgisa Thayne Munhoz
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
Este trabalho teve dois objetivos distintos, o primeiro foi realizar um levantamento da micoflora associada a grãos ardidos de híbridos comerciais de milho pertencentes à empresa Dow AgroSciences e o outro foi avaliar linhagens de milho tropical para a resistência a podridão da espiga, incidência de grãos ardidos e produção de fumonisinas por Fusarium verticillioides. Para o primeiro objetivo, coletou-se grãos de dois híbridos (2B587 e 2B710) cultivados em diferentes localidades do Brasil durante a safra verão e safrinha, sob as zonas macro-climáticas SA (subtropical alta), SB (subtropical baixa), TA (tropical alta), TB (tropical baixa) e TT (tropical de transição) afim de, realizar a determinação da incidência fúngica através do método do papel de filtro com congelamento. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro repetições de 50 grãos de cada amostra. Os resultados indicaram Fusarium spp. e Penicillium spp. como os fungos de maior incidência nos grãos, sendo que na safra verão o comportamento dos híbridos em relação a incidência desses fungos variou de acordo com a zona climática. Na safrinha, o híbrido 2B710 foi o mais resistente a Fusarium spp. e Penicillium spp. independente da zona climática. Para o segundo objetivo...

Métodos e temperaturas de secagem sobre a qualidade físico-química e microbiológica de grãos de milho no armazenamento; Methods and drying temperatures on quality physical-chemical and microbiological grain of corn in storage

Ferrari Filho, Edar
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.93%
O trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade físico-química, microbiológica e a presença de micotoxinas em grãos de milho, desde o cultivo no campo e durante o armazenamento por nove meses, submetendo-os a diferentes métodos e temperaturas de secagem, assim como estabelecer os custos totais de secagem. Foram utilizados grãos de milho (Zea mays L.), cultivados na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, na safra agrícola 2008/2009. O trabalho foi dividido em dois estudos, conforme descrito a seguir: Estudo 1 - S1 - Secagem estacionária, com ar não aquecido, na condição ambiente, a 20+5 ºC; S2 - Secagem estacionária, com ar aquecido, uso de GLP, a 40+5 ºC; S3 – Secagem estacionária, em silo secador solar. Estudo 2 - S4 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 60+5 ºC, com uso de GLP; S5 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 70+5 ºC, com uso de GLP; S6 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 80+5 ºC, com uso de GLP. Durante as secagens foram acompanhadas a umidade e temperatura da massa de grãos, temperatura e velocidade do ar de secagem, calculada a taxa de secagem e estabelecido os custos totais de secagem. Durante o armazenamento, as análises físico-químicas, microbiológicas e toxicológicas foram realizadas em intervalos de três meses...

Avaliação das melhores condições de secagem de grãos de soja visando à manutenção do teor de proteínas

Santos, Cláudia Destro dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
A soja é um grão rico em proteínas e a sua inclusão na alimentação das pessoas possibilita uma maior fonte de proteína que alimentos comuns como o arroz e o feijão. Entretanto, para possibilitar o armazenamento e transporte sem afetar a qualidade dos grãos, há a necessidade de um processo de secagem que normalmente é otimizado para produção de óleo de soja, e não há preocupação em preservar a parte proteica dos grãos. Tratamentos térmicos aplicados a alimentos, como a secagem, podem modificar a funcionalidade das proteínas. Logo, torna-se necessário estudar as melhores condições da utilização do processo de secagem que possibilitem minimizar a desnaturação proteica dos grãos de soja. Neste estudo foram realizados, inicialmente, experimentos de secagem de grãos de soja variando o tipo de secador, a altura de camada da amostra, assim como a velocidade e a temperatura do ar de secagem, para avaliar o processo em função da redução do teor de umidade. Com os resultados obtidos nestes experimentos, foi avaliado o ajuste de modelos matemáticos retirados da literatura através da análise do percentual do erro médio relativo (EMR) e do coeficiente de determinação (R2) obtidos via regressão nãolinear. Para os dois secadores avaliados (secador piloto e estufa de secagem)...

Projeção e localização da infraestrutura de armazenamento das safras de grãos; Projection and localization of storage infrastructure for grain crops

Marina Falascina Machado
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
A agricultura brasileira apresentou, nos últimos anos, altas taxas de crescimento, sobretudo no setor de grãos. Para o acondicionamento de toda a produção de forma adequada, as redes de armazenamento são indispensáveis, e os armazéns, por sua vez, devem estar localizados em áreas de maior concentração de produção de grãos evitando a perda desnecessária do produto e garantindo a sua qualidade. O presente trabalho buscou diagnosticar a capacidade de armazenamento existente e, comprovar, calculando a previsão futura da produção, da produtividade e da área a necessidade de infraestrutura de armazenamento de grãos, assim como simular o tamanho, o número, o custo e a localização de novas unidades de armazenamento nas principais microrregiões produtoras. O trabalho foi dividido em três etapas: a primeira consistiu no diagnóstico da quantidade existente de unidades estáticas de armazenamento de grãos no país e na previsão da produção da produtividade e área das culturas da soja, do milho e do arroz. Na segunda etapa foram identificadas as 100 principais microrregiões produtoras de grãos do Brasil, e a localização de novas unidades de armazenamento. A terceira etapa consistiu na definição do número e tamanho das unidades de armazenamento que devem ser instaladas para suprir a futura necessidade de armazenamento de grãos...

Avaliação da produção de grãos e características agronômicas em genótipos de trigo, em 1999 e 2000

Mistro,Júlio César; Camargo,Carlos Eduardo de Oliveira
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
Avaliaram-se 18 linhagens e duas cultivares de trigo, em experimentos instalados em condição de irrigação por aspersão, solo corrigido e adubado, na Estação Experimental de Agronomia de Tatuí (SP), em 1999 e 2000. Determinaram-se as seguintes características agronômicas: produção de grãos, altura das plantas, ciclo - em dias - da emergência ao florescimento, número de grãos por espiga, massa de cem grãos e comprimento, largura e espessura dos grãos. Correlações simples entre todas essas características foram estimadas para os dois experimentos. As geadas ocorridas na época de enchimento dos grãos, em 2000, ocasionaram em todos os genótipos de trigo redução nas produção de grãos e, na maioria dos genótipos, no número de grãos por espiga e na massa de cem grãos. Os genótipos mais altos tenderam ser menos afetados pela ação das geadas. Destacaram-se, em 1999, o genótipo 9 (BANACORA T 88) pelo porte baixo; os genótipos 2 (KAUZ*2/MNV//KAUZ), 9 e 14 (WH 542) pelo maior número de grãos por espiga e, o genótipo 3 (SAWGAI) pela maior massa de cem grãos, constituindo-se em fontes genéticas dessas características para programas de cruzamentos de trigo.

Desempenho agronômico de trigo cultivado para grãos e duplo propósito em sistemas de integração lavoura-pecuária

Santos,Henrique Pereira dos; Fontaneli,Renato Serena; Caierão,Eduardo; Spera,Silvio Tulio; Vargas,Leandro
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e os componentes de produção de trigo cultivado para grãos e duplo propósito em sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP), em plantio direto. A produtividade de grãos dos dois tipos de trigo e os componentes de produção do trigo para produção de grãos foram avaliados nos anos agrícolas de 2003 a 2008, em um Latossolo Vermelho distrófico típico, em Coxilha, RS, nos sistemas de rotação: 1, trigo/soja e ervilhaca/milho; 2, trigo/soja e pastagem de aveia-preta/milho; 3, trigo/soja e pastagem de aveia-preta/soja; 4, trigo/soja e ervilha/milho; 5, trigo/soja, triticale de duplo propósito/soja e ervilhaca/soja; e 6, trigo/soja, aveia-branca de duplo propósito/soja e trigo de duplo propósito/soja. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Não houve diferença entre as médias dos componentes de produção (número de espigas, número de grãos por espiga e massa de grãos) do trigo para produção de grãos, nos diferentes sistemas ILP. Os sistemas 2, 3, 4 e 5 proporcionaram maior produtividade do trigo para grãos em comparação ao 6. Não há diferença significativa na produtividade de grãos, na massa hectolítrica e na massa de mil grãos...

Qualidade sanitária e produção de fumonisina B1 em grãos de milho na fase de pré-colheita

Pinto,Nicésio Filadelfo Janssen de Almeida; Vargas,Eugênia Azevedo; Preis,Rosinalva de Almeida
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.96%
Trinta e seis (36) cultivares de milho foram avaliadas em relação à incidência de grãos ardidos, mofados e produção de fumonisina B1. Amostras de 1,2 kg de grãos foram analisadas visualmente para a quantificação de grãos ardidos (Fusarium subglutinans), mofados (Penicillium oxalicum) e para a análise de fumonisina B1. Os grãos ardidos foram submetidos à análise de sanidade (papel de filtro com congelamento) visando identificar os fungos a eles associados. A cultivar Hatã 3052 apresentou 7,6% de grãos ardidos, ultrapassando o limite de tolerância que é de 6,0%. As cultivares AG 5011, HT 7105-3, Dina 1000 e C 701 apresentaram 16,8% , 3,4%, 3,2% e 3,1% de grãos mofados, respectivamente, acima do limite de tolerância que é de 3,0%. O fungo Fusarium subglutinans (Gibberella fujikuroi var. subglutinans) foi o causador de grãos ardidos, cuja detecção variou de 50,0 a 99,0%. A análise de variância mostrou diferenças significativas entre as cultivares com relação às incidências de grãos ardidos e de grãos mofados. Com relação à produção de fumonisina B1, as cultivares Hatã 3052, NB 6077 e 983 P produziram 7,0; 6,1 e 5,9 µg.g-1 de grãos, respectivamente, diferindo significativamente da cultivar P3071 (2...

TAXA E DURAÇÃO DE ACÚMULO DE MATÉRIA SECA E ÓLEO NOS GRÃOS EM DUAS CULTIVARES DE GIRASSOL

Almeida,Milton Luiz de; Silva,Paulo Régis Ferreira da
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1994 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
O objetivo deste experimento foi determinar a taxa e a duração do período de enchimento de grãos e acúmulo de óleo de duas cultivares de girassol (Contisol 711 e DK 180), sob duas densidades de plantas (50 e 70 mil pl/ha). Este trabalho foi realizado na Estação Experimental Agronômica/Universidade Federal do Rio Grande do Sul em Eldorado do Sul, RS, no ano agrícola de 1989/90. Para a realização das determinações foram coletadas, a partir da antese, oito plantas por subparcela, a cada sete dias. A densidade de plantas afetou o rendimento de grãos, de maneira variável conforme a cultivar, mas não influenciou a taxa e a duração de acúmulo de matéria seca nos grãos. A cultivar Contisol 711 apresentou período de enchimento de grãos 7 dias mais curto que a DK 180. De outra parte, a DK 180 apresentou maior taxa de enchimento de grãos. No presente trabalho não foi possível detectar se a taxa ou a duração do enchimento de grãos esteve mais associada com o rendimento de grãos e o teor de óleo nos grãos.

Efeitos do atraso na colheita e do período de armazenamento sobre o rendimento de grãos inteiros de arroz de terras altas

Ribeiro,Gilson José Teixeira; Soares,Antônio Alves; Reis,Moisés de Souza; Cornélio,Vanda Maria de Oliveira
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar os efeitos do atraso da colheita sobre o rendimento de grãos inteiros no beneficiamento de 12 cultivares e linhagens de arroz, bem como diferentes períodos de armazenamento sobre a recuperação da porcentagem de grãos inteiros. Para tanto, procedeu-se à avaliação da umidade dos grãos e ao rendimento de grãos inteiros de amostras de arroz colhidas aos 0, 7, 14, 21 e 28 dias após a maturação. Foram armazenadas também amostras de grãos para determinação do rendimento de grãos inteiros aos 30, 60, 90, 120 e 150 dias após a colheita de cada cultivar e linhagem. Os maiores rendimentos de grãos inteiros são obtidos quando a colheita é realizada com umidade em torno de 20%; a cultivares Caiapó e a linhagem CNAs 8983 toleram atraso na colheita sem maiores prejuízos ao rendimento de grãos inteiros. O armazenamento dos grãos por mais de 90 dias mantém ou favorece o rendimento de grãos inteiros no beneficiamento.

Desempenho de cordeiros terminados em confinamento, consumindo silagens de milho de grãos com alta umidade ou grãos de milho hidratados em substituição aos grãos de milho seco da dieta

Reis,Wagner dos; Jobim,Clóves Cabreira; Macedo,Francisco de Assis Fonseca; Martins,Elias Nunes; Cecato,Ulysses; Silveira,Amauri da
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
O experimento foi conduzido para avaliar o uso dos grãos de milho em diferentes formas (grãos de milho secos, silagem de grãos de milho hidratado e silagem de grãos de milho úmido) sobre o desempenho de cordeiros terminados em confinamento. Foram usados 60 cordeiros (machos e fêmeas), distribuídos aleatoriamente em cinco tratamentos com doze repetições e alimentados com dietas isoprotéicas e isoenergéticas, em diferentes tratamentos: T1 (silagem de grãos de milho hidratados - SMGH), T2 (Grãos de milho seco - GMS), T3 (50% SGMH + 50% GMS), T4 (silagem de grãos de milho úmidos - SGMU) e T5 (50% SGMU + 50% GMS). O volumoso utilizado foi feno de aveia. Foram avaliados ganho de peso diário e conversão alimentar aos 28, 56 e 73 dias de confinamento. A dieta com substituição total dos grãos de milho seco por silagem de grãos de milho úmidos apresentou maior ganho de peso aos 73 dias em relação àqueles obtidos aos 56 e 28 dias de confinamento. Este fato pode ser explicado pela melhor digestibilidade apresentada pelas silagens, atribuída à gelatinização que o amido sofre durante o processo. Assim, a silagem de grãos úmidos pode ser usada com eficácia em dietas para cordeiros.

Resposta de Cultivares de Girassol a Densidade de Plantas em Duas Epocas de Semeadura. I. Rendimento de Graos e Oleo e Componentes do Rendimento.

RIZZARDI, M.A.; SILVA, P.R.F. da
Fonte: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.6, p.675-687,jun.1993 Publicador: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.28, n.6, p.675-687,jun.1993
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Dois experimentos foram conduzidos em Eldorado do Sul, RS, objetivando determinar a densidade de plantas mais adequada para a obtencao de elevados rendimentos de graos e oleo de diferentes cultivares, e verificar os efeitos de densidade sobre os componentes do rendimento de graos. Foram utilizadas em 1989/90 as cultivares Conti 711, DK 180 e GR-10, semeadas em 28.07 e 18.09 sob densidades de 30, 50, 70 e 90 mil plantas/ha. Em 1990/91, utilizaram-se as cultivares GR-16 e GR-10, semeadas em 26/07 e 17/09 sob densidades de 30, 50, 70 e 90 mil plantas/ha. Os resultados evidenciaram que as cultivares, em densidades distintas potencializaram o rendimento de graos e/ou oleo, independentemente da epoca de semeadura. Em 1989/90, a cultivar de ciclo curto e porte baixo (Conti 711) apresentou maior potencial de rendimento de oleo sob a densidade de 90 mil plantas/ha. Ja as cultivares de ciclo longo e porte medio e alto (DK 180 e GR-10, respectivamente) apresentaram maior rendimento de grãos e óleo na densidade de 30 mil plantas/ha. Em 1990/91, a cultivar de ciclo curto e porte baixo (GR-16) apresentou maior potencial de rendimento de graos e oleo sob densidade de 70 mil plantas/ha. Para rendimento de grãos e oleo, a cultivar GR-10 nao reagiu a densidade em funcao dos baixos tetos de rendimento de graos obtidos. Com o incremento na densidade...

Controle genético do teor proteico nos grãos e de caracteres agronômicos em milho cultivado com diferentes níveis de adubação nitrogenada.

BUENO, L. G.; CHAVES, L. J.; OLIVEIRA, J. P. de; BRASIL, E. M.; REIS, A. J. dos S.; ASSUNÇÃO, A.; PEREIRA, A. F.; RAMOS, M. R.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 6, p. 590-598, jun. 2009. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 6, p. 590-598, jun. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
O objetivo deste trabalho foi determinar o controle genético do teor de proteína em grãos e de caracteres agronômicos de milho (Zea mays) cultivado com diferentes níveis de adubação nitrogenada. Foram avaliados nove genitores de milho e seus híbridos, em dialelo completo, com dois níveis de adubação nitrogenada. Os caracteres avaliados foram: índice relativo de clorofila, altura de plantas, altura de espigas, produção de espigas, produção de grãos, coloração de grãos, massa de cem grãos, densidade de grãos, teor de nitrogênio nas folhas e teor de proteína nos grãos. A elevação da adubação nitrogenada promoveu aumento nos caracteres índice relativo de clorofila, altura de espigas e teor de proteínas nos grãos. Apenas a variável produção de grãos apresentou controle genético distinto nos diferentes níveis de nitrogênio. A análise dialélica mostrou significância dos efeitos dos genótipos sobre todos os caracteres, com exceção da produção de espigas e de grãos, e foi possível observar significância da heterose na maioria das variáveis. Para o teor de proteínas nos grãos, não houve significância da capacidade específica de combinação, e a capacidade geral de combinação dos genótipos teve efeito mais importante na manifestação desse caráter.; 2009

Desempenho agronômico de trigo cultivado para grãos e duplo propósito em sistemas de integração lavoura-pecuária.

SANTOS, H. P. dos; FONTANELI, R. S.; CAIERAO, E.; SPERA, S. T.; VARGAS, L.
Fonte: Pesquisa agropecuária Brasileira, Brasília, v.46, n.10, p.1206-1213, out. 2011 Publicador: Pesquisa agropecuária Brasileira, Brasília, v.46, n.10, p.1206-1213, out. 2011
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e os componentes de produção de trigo cultivado para grãos e duplo propósito em sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP), em plantio direto. A produtividade de grãos dos dois tipos de trigo e os componentes de produção do trigo para produção de grãos foram avaliados nos anos agrícolas de 2003 a 2008, em um Latossolo Vermelho distrófico típico, em Coxilha, RS, nos sistemas de rotação: 1, trigo/soja e ervilhaca/milho; 2, trigo/soja e pastagem de aveia-preta/milho; 3, trigo/soja e pastagem de aveia-preta/soja; 4, trigo/soja e ervilha/milho; 5, trigo/soja, triticale de duplo propósito/soja e ervilhaca/soja; e 6, trigo/soja, aveia-branca de duplo propósito/soja e trigo de duplo propósito/soja. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Não houve diferença entre as médias dos componentes de produção (número de espigas, número de grãos por espiga e massa de grãos) do trigo para produção de grãos, nos diferentes sistemas ILP. Os sistemas 2, 3, 4 e 5 proporcionaram maior produtividade do trigo para grãos em comparação ao 6. Não há diferença significativa na produtividade de grãos, na massa hectolítrica e na massa de mil grãos...

Desempenho agronômico de trigo cultivado para grãos e duplo propósito em sistemas de integração lavoura-pecuária.

SANTOS, H. P. dos; FONTANELI, R. S.; CAIERAO, E.; SPERA, S. T.; VARGAS, L.
Fonte: Pesquisa agropecuária Brasileira, Brasília, v.46, n.10, p.1206-1213, out. 2011 Publicador: Pesquisa agropecuária Brasileira, Brasília, v.46, n.10, p.1206-1213, out. 2011
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e os componentes de produção de trigo cultivado para grãos e duplo propósito em sistemas de integração lavoura-pecuária (ILP), em plantio direto. A produtividade de grãos dos dois tipos de trigo e os componentes de produção do trigo para produção de grãos foram avaliados nos anos agrícolas de 2003 a 2008, em um Latossolo Vermelho distrófico típico, em Coxilha, RS, nos sistemas de rotação: 1, trigo/soja e ervilhaca/milho; 2, trigo/soja e pastagem de aveia-preta/milho; 3, trigo/soja e pastagem de aveia-preta/soja; 4, trigo/soja e ervilha/milho; 5, trigo/soja, triticale de duplo propósito/soja e ervilhaca/soja; e 6, trigo/soja, aveia-branca de duplo propósito/soja e trigo de duplo propósito/soja. Utilizou-se o delineamento de blocos ao acaso, com quatro repetições. Não houve diferença entre as médias dos componentes de produção (número de espigas, número de grãos por espiga e massa de grãos) do trigo para produção de grãos, nos diferentes sistemas ILP. Os sistemas 2, 3, 4 e 5 proporcionaram maior produtividade do trigo para grãos em comparação ao 6. Não há diferença significativa na produtividade de grãos, na massa hectolítrica e na massa de mil grãos...

Avaliação de danos de Sitophilus zeamais Motschulsky, 1855 em grãos de sorgo com gluma inteiros limpos e limpos quebrados em condições de laboratório.

WAQUIL, J.M.; NAKANO, O.
Fonte: Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, Jaboticabal, v. 8, n. 1, p. 63-75, 1979. Publicador: Anais da Sociedade Entomológica do Brasil, Jaboticabal, v. 8, n. 1, p. 63-75, 1979.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Os graos de sorgo sao infestados pelas pragas de graos armazenados. Dentre os gorgulhos que atacam os graos de cereais no Brasil, destaca-se o Sitophilus zeamais Motschulsky, 1855 pela sua maior distribuicao, constituindo assim numa importante praga do sorgo. O sorgo granifero depois de colhido e trilhado a massa de graos apresenta tres categorias distintas: graos com gluma, inteiros limpos e quebrados, cujas proporcoes dependem da regulagem da maquina utilizada na operacao. Procurou-se estimar, em laboratorio, os danos experimentais causados pelo S.zeamais, confinando-se 0, 10, 30 e 60 gorgulhos adultos em 20g de graos de cada categoria, por trinta dias, utilizando-se como substrato um hibrido-Dekalb E57 e uma linhagem - Contibrasil - 75. Verificou-se que os graos inteiros foram mais danificados em todos os niveis de infestacao estudados. Em condicoes de baixa infestacao, os graos com gluma foram menos atacados que os graos quebrados, mas em condicoes de alta infestacao os graos quebrados perderam menos peso e produziram insetos mais leves.; 1979

Incidência de grãos ardidos em cultivares de milho precoce.

PINTO, N.F.J. de A.
Fonte: Summa Phytopathologica, Piracicaba, v. 27 n. 4, p. 433-435, 2001. Publicador: Summa Phytopathologica, Piracicaba, v. 27 n. 4, p. 433-435, 2001.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.93%
Quarenta e quatro cultivares de milho precoce, semeadas em outubro de 1997, foram avaliadas em relação a incidência de grãos ardidos, empregando-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, com três repetições. Nos dois meses subsequentes à polinização, a temperatura média compensadas e a precipitação pluviométrica foram de 23,9o C e 339,8mm; e 24,9 C e 223,2 mm respectivamente. Os grãos foram colhidos com 12,3% de umidade, com base úmida, e as produções de grãos das parcelas foram homogeneizadas e fracionadas em amostras de trabalho de 2,0 kg. Sub-amostras de 250g foram analisadas visualmente para a quantificação de grãos ardidos, tendo-se como base de cálculo o número total de grãos e de grãos ardidos. Visando identificar os fungos associados aos grãos ardidos, esses foram submetidos à análise de sanidade, empregando-se o método do papel de filtro com congelamento. Na condição edafoclimática deste experimento, os seguintes resultados foram obtidos: 1. As cultivares avaliadas tiveram o percentual de graos ardidos (0,4 a 4,2%) abaixo do limite máximo de tolerância adotado por agroindústrias, que é de 6,0%. 2. As cultivares C491, CD 1723, G 165 S, Dina 657, C 625, PL322, BR 205, CO 36, P 3041...

Secagem de grãos de girassol em leito fixo e em leito de jorro

Evangelista Neto, Alcivan Almeida
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.95%
This work studies two methods for drying sunflower grains grown in the western region of Rio Grande do Norte, in the premises of the Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN - Campus Apodi. This initiative was made because of the harvested grain during the harvest, being stored in sheds without any control of temperature, humidity etc. Therewith, many physical, chemical and physiological characteristics are compromised and grains lose much quality for oil production as their germination power. Taking into account that most of the stored grain is used for replanting, the studied methods include drying of grains in a thin layer using an oven with air circulation (fixed bed) and drying in a spouted bed. It was studied the drying of grains in natura, i.e., newly harvested. The fixed bed drying was carried out at temperatures of 40, 50, 60 and 70°C. Experiments in spouted bed were performed based on an experimental design, 2² + 3, with three replications at the central point, where the independent variables were grains load (1500, 2000 and 2500 g) and the temperature of the inlet air (70, 80, and 90 °C), obtaining the drying and desorption equilibrium isotherms. Previously, the characteristic curves of the bed were obtained. Both in the fixed bed as in the spouted bed...

Potencial genético de populações segregantes de feijoeiro-comum para escurecimento e cocção dos grãos; Genetic potential of segregating populations of common bean for slow darkening and cooking time of grains

Silva, Fernanda de Cássia
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas; Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas; Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos - EAEA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
The obtain cultivars which have slow darkening allows storage of grains for a longer period, making it more flexible bean market. Recent studies have demonstrated the possibility of selecting line of common bean grain slow darkening. The objectives of this study were i) to select parents who meet slow darkening, low cooking time after storage and productivity, ii) select promising populations segregating for extraction of lines, iii) determine the relationship between the slow darkening of the grains and shortest time cooking after storage, and iv) determine the genetic control of slow darkening the grains in the populations evaluated. We used twelve common bean genotypes divided into two groups: group I consists of two genotypes with slow darkening of grains, and group II consisted of ten genotypes with regular darkening of grains, which were crossed according to the partial diallel genetic design, yielding twenty populations. The population obtained in this diallel were evaluated, along with his parents in Santo Antônio de Goiás/inverno/2010-F3 (STO) and Ponta Grossa/águas/2010-F4 (PGA) in randomized complete block design with three replications and four lines meters. The characters were: the darkening of grain during the storage...

Efeitos do atraso na colheita e do período de armazenamento sobre o rendimento de grãos inteiros de arroz de terras altas

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
36.93%
O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar os efeitos do atraso da colheita sobre o rendimento de grãos inteiros no beneficiamento de 12 cultivares e linhagens de arroz, bem como diferentes períodos de armazenamento sobre a recuperação da porcentagem de grãos inteiros. Para tanto, procedeu-se à avaliação da umidade dos grãos e ao rendimento de grãos inteiros de amostras de arroz colhidas aos 0, 7, 14, 21 e 28 dias após a maturação. Foram armazenadas também amostras de grãos para determinação do rendimento de grãos inteiros aos 30, 60, 90, 120 e 150 dias após a colheita de cada cultivar e linhagem. Os maiores rendimentos de grãos inteiros são obtidos quando a colheita é realizada com umidade em torno de 20%; a cultivares Caiapó e a linhagem CNAs 8983 toleram atraso na colheita sem maiores prejuízos ao rendimento de grãos inteiros. O armazenamento dos grãos por mais de 90 dias mantém ou favorece o rendimento de grãos inteiros no beneficiamento.