Página 1 dos resultados de 3127 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Governança corporativa e estrutura de propriedade: determinantes e relação com o desempenho das empresas no Brasil ; Corporate governance and ownership structure: determinants and association with firm value in Brazil

Silveira, Alexandre di Miceli da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/11/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
Governança corporativa pode ser entendida como o conjunto de mecanismos de incentivo e controle, internos e externos, que visam a minimizar os custos decorrentes do problema de agência. O tema é importante por ser bem difundida a hipótese de que as práticas de governança afetam o desempenho das empresas. Esta tese tem como objetivo avaliar se os mecanismos de governança são exógenos e se exercem influência sobre o valor de mercado e a rentabilidade das companhias abertas no Brasil. A pesquisa foi dividida em três partes inter-relacionadas. A primeira parte investigou os determinantes da qualidade da governança corporativa, isto é, os fatores que fazem com que algumas empresas apresentem um nível de governança maior do que outras submetidas a um mesmo ambiente contratual. Como aproximação para a qualidade da governança corporativa, construiu-se um índice de governança para as 161 companhias componentes da amostra. O resultado principal desta primeira parte sugere que a estrutura de propriedade influencia a qualidade da governança corporativa. Especificamente, encontrou-se uma relação negativa significante entre o excesso de direito de voto em posse do acionista controlador e a qualidade da governança. Os resultados também indicaram que as empresas maiores...

Governança corporativa e custo de capital próprio no Brasil; Corporate governance and cost of equity capital in Brazil

Salmasi, Silvia Vidal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Os mecanismos de proteção aos acionistas e credores surgiram prometendo às empresas que realizam investimentos em governança corporativa obter valorização da organização. Isto se daria porque os financiadores estariam menos expostos à expropriação do seu capital por meio de mecanismos de governança corporativa que assegurassem os seus direitos, o que facilitaria a comercialização de suas ações e títulos, o acesso ao mercado de capitais e uma redução do custo de capital, levando, assim, à valorização da empresa. Dentro deste contexto, este trabalho busca analisar a relação entre governança corporativa e o custo de capital próprio em empresas brasileiras de capital aberto. O presente estudo investiga se as empresas que adotam práticas de governança corporativa, medida pelos níveis diferenciados de governança corporativa da Bovespa, possuem um menor custo de capital próprio associado quando comparadas às empresas que não adotam tais práticas. Para o cálculo do custo de capital próprio foram utilizados o CAPM e o Modelo de Três Fatores com o intuito de verificar se a relação com as práticas de governança independe do método adotado. Utilizou-se a regressão linear múltipla para as análises estatísticas tendo como variável dependente o custo de capital próprio e as variáveis independentes de governança corporativa...

Governança nas entidades do terceiro setor : uma análise dos princípios de boa governança definidos pelo IBGC nas ONG's associadas à ABONG, sediadas nas regiões sul e sudeste do Brasil; Governance in the third sector entities : an analysis of the principles of good governance set out by the NGOs IBGC associated with ABONG, based in the southern and southeastern Brazil

Vargas, Sandra Ibañez
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
O Terceiro Setor foi reconhecido recentemente no Brasil, e sua ascensão como setor deve-se à sua crescente importância no mundo neoliberal de hoje, como uma forma de ampliar as alternativas que permitam acesso a bens ou serviços de cunho social e/ou econômico. Poder-se-ia dizer que o Terceiro Setor passa a atuar como uma composição ou conjunto de organizações contra as conseqüências excludentes da globalização econômica. As organizações sociais que formam o Terceiro Setor, no Brasil, e o propósito de sua criação, além de se constituir em um espaço intermediário entre o Estado e o mercado contribuem para o fortalecimento das instituições democráticas e para maior eficiência e melhor qualidade na realização dos serviços com finalidade pública que a sociedade necessita. A pesquisa teve como objetivo identificar e analisar em que medida as entidades associadas à ABONG sediadas nas regiões sul e sudeste se valem dos princípios de boa governança e definidos pelo IBGC. Os princípios de boa governança consideram-se direcionadores e caminhos que podem ser utilizados por todos os tipos de organizações e pelo tipo de estudo foram adaptados para as organizações do Terceiro Setor e com fins sociais. Buscou-se também...

A geopolítica da rede e a governança global de internet a partir da cúpula mundial sobre a sociedade da informação; The geopolitics of the net and global governance of the internet starting from the world summit on the information society

Silva, Michele Tancman Candido da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.24%
São inúmeros os países que debatem a supervisão política da Internet. Do ponto de vista geográfico, a atual supervisão, pela ICANN, reflete a centralização do poder e do controle mantido por um único país, os EUA. Este fato fragmenta os demais Estados Nacionais que buscam formar uma Governança de Internet multilateral. Uma das questões centrais que buscamos desvendar em nosso trabalho é identificar se há possibilidade de se estabelecer uma Governança Global de Internet capaz de atuar no modelo multistakeholder, ou multilateral, cuja responsabilidade governamental atua com atores da sociedade para um pacto global de Internet onde as correlações de forças se alteram de forma democrática, eqüitativa e equilibrada, igualitária com objetivo de atender as demandas da sociedade global. No intuito de verificar a constituição do modelo de governança da Internet brasileira investigamos a história da implantação da Internet no Brasil, desde instalação das redes acadêmicas não comerciais, no final dos anos 80, à formação do marco regulatório com a criação do Governo Eletrônico em 1995. Até o momento as questões geopolíticas que envolvem a Governança de Internet, a partir de um sistema internacional, demonstram que as propostas atendem a múltiplos interesses e que podem levar a conflitos...

A governança corporativa no setor público municipal - um estudo sobre a eficácia da implementação dos princípios de governança nos resultados fiscais; The Corporate Governance in the municipal public sector - a study on the effectiveness of implementation of the principles of governance in fiscal outcomes

Viana, Evandro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
A governança corporativa está associada com a tomada de decisões gerenciais internas, desempenho, controle, com direcionamento global para a organização, e, também, com a necessidade de prestação de contas para seus controladores. O Brasil avançou com o marco regulatório da Lei de Responsabilidade Fiscal em 2000, definindo para a gestão pública mais responsabilidades em relação ao desempenho econômico e quanto à transparência das suas ações. Todavia, o avanço ainda é insatisfatório, suscitando, então, a questão desta pesquisa: a implementação dos princípios de governança está associada com evidências e melhorias dos resultados fiscais no setor público? Assim, o trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estudar a governança no setor público e, especificamente, identificar a existência de práticas de governança corporativa no setor público comparativamente aos resultados fiscais. Trata-se de uma pesquisa de natureza exploratória com estudo de 25 (vinte e cinco) municípios da Região Administrativa de Ribeirão Preto, por meio de um questionário para levantamento dos dados relativos às práticas de governança pública; do levantamento dos dados contábeis do período de 5 (cinco) anos; e posterior cruzamento entre os referidos dados coletados. A partir da confrontação das práticas de transparência e de controle utilizadas pelos municípios...

Proposta de governança SOA utilizando capacidades dinâmicas: uma aplicação em centro de comunicação digital universitário.; SOA governance proposition using dynamic capabilities: an application at university digital communication center.

Onoe, Alberto Yoshinobu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
A Arquitetura Orientada a Serviço SOA (Service Oriented Architecture) firmou-se como paradigma de desenvolvimento de sistemas de tecnologia da informação e comunicação TIC, pelas suas características que proporcionam flexibilidade, agilidade, reuso e escalabilidade. Porém, para que uma aplicação SOA seja bem-sucedida é imperativo que seja embasada por uma governança eficaz. Como desenvolver e manter esta governança atualizada em um ambiente com rápidas e imprevisíveis mudanças é um grande desafio. Este trabalho tem como objetivo apresentar uma metodologia para que uma organização com infra-estrutura modesta de TI possa manter esta governança SOA (governança de sistemas baseados na Arquitetura Orientada a Serviço), utilizando as capacidades dinâmicas constituídas por habilidades e rotinas peculiares da organização. A contribuição do trabalho reside na ligação, praticamente inexistente, das linhas de pesquisa de governança SOA e de capacidades dinâmicas. Para isto, o trabalho identifica o que precisa ser feito (framework), quem são os responsáveis pelo desenvolvimento e manutenção (atores) e como atuar na governança SOA (plataforma). O desenvolvimento foi embasado por uma extensa pesquisa dos conceitos envolvidos...

Competição no mercado de produtos, governança corporativa e desempenho das companhias; Product market competition, corporate governance and organizational performance

Barros, Pedro Henrique de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Esta dissertação investiga de forma pioneira no Brasil os efeitos da competição no mercado de produtos sobre a qualidade da governança corporativa. O período de análise foi de 2005 a 2007, com uma amostra de 90 empresas no período. A pesquisa foi dividida em duas partes inter-relacionadas. A primeira investiga se as variáveis de competição no mercado de produtos impactam de forma significativa a qualidade de governança das companhias. Como aproximação da qualidade de governança, foi utilizado um índice de governança adotado pelo Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Como aproximação para competição no mercado de produtos, foram utilizadas diversas medidas, tais como o Índice de Herfindahl- Hirschmann, a razão de concentração das quatro principais empresas do mercado e o número de competidores. Os resultados, embora não conclusivos em virtude da ausência de significância estatística de algumas variáveis explicativas relativas à competição, sugerem no geral que a competição influencia a qualidade de governança corporativa. Em síntese, as análises indicam que quanto menor o grau de competição no mercado de produtos, menor a qualidade de governança corporativa das companhias. A segunda parte investiga se o impacto da qualidade da governança corporativa sobre o desempenho das companhias varia em função do grau de competição no mercado de produtos. No geral...

Análise das relações entre governança corporativa e governança de tecnologia da informação em organizações brasileiras; Analysis of relationship between corporate governance and information technology governance in Brazilian organizations

Gonçalves, Andréa de Paiva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.31%
Com o aumento da complexidade dos negócios fica claro que mecanismos de governança corporativa são necessários para proteger os investidores e os sistemas financeiros dos países. Neste ambiente de complexidade crescente as organizações fazem uso da tecnologia da informação (TI) para dar suporte e auxiliar no controle de seus negócios. Desta forma, as empresas precisam ampliar a governança corporativa já exercida nas áreas de negócio para a área de TI por meio de um modelo de governança de TI. Este estudo se justifica diante da relevância da relação entre governança corporativa e governança de TI nas organizações, visto que se observa o surgimento da necessidade de recorrer a modelos e ferramentas que auxiliem no estabelecimento desta relação, garantindo o retorno sobre os investimentos realizados na área de TI e avaliando as vantagens que o uso da tecnologia pode trazer às organizações. Como principal objetivo, este estudo buscou identificar as relações entre os níveis de maturidade de governança corporativa e de governança de tecnologia da informação em organizações que atuam no Brasil. Para tanto, foram elaborados índices para mensurar o nível de maturidade da governança corporativa (IGOVCORP) e da governança de TI (IGOVTI). Adicionalmente...

Análise dos custos das práticas de governança corporativa em cooperativas de crédito; Cost analysis of corporate governance practices in credit unions

Trindade, Luana Zanetti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
O objetivo de uma cooperativa de crédito é prestar serviços mais favoráveis, de natureza bancária, a seus associados. Com o intuito de melhorar a eficiência e transparência das cooperativas de crédito e fortalecer essas cooperativas, o Banco Central do Brasil-BACEN diagnosticou as características da governança das cooperativas de crédito e recomendou uma série de boas práticas. Para as cooperativas de pequeno porte, manter as práticas recomendadas de uma estrutura de boa governança pode ser mais difícil do que uma cooperativa de grande porte, em função dos custos associados a essas práticas. Assim, o trabalho tem como objetivo analisar os custos das práticas de compliance e disclosure da governança corporativa e analisar a percepção desses custos, segundo seus cooperados ativos. Foi realizada uma análise fatorial, utilizando-se dados do BACEN de boas práticas indicadas de governança corporativa. Como resultado, o primeiro fator agregou as variáveis de tamanho econômico da cooperativa, o segundo fator as variáveis de cooperativas com gestão tradicional e o último fator agregou as variáveis de boas práticas indicadas de governança. Os resultados indicam que tamanho econômico não está correlacionado com as boas práticas indicadas de governança corporativa indicadas pelo BACEN. Assim como o tamanho econômico também não está correlacionado com as práticas de gestão tradicional. Foi feito um estudo de caso em uma cooperativa de crédito de pequeno porte que apresenta os custos dessas práticas de governança corporativa. O resultado encontrado é que esses custos de práticas de compliance e disclosure da governança corporativa representam 0...

Governança em clusters de negócios: um estudo em clusters do Rio Grande do Sul; Governance cluster business : a study in the Rio Grande do Sul clusters

Cassanego Junior, Paulo Vanderlei
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
Esta tese teve como objetivo apresentar quais os elementos que devem constar em um modelo descritivo para representar o que ocorre na realidade na governança em clusters. Para atingir este objetivo desenvolveu-se uma pesquisa para compreender que elementos eram considerados por pesquisadores ao escreveram sobre a governança de aglomerados produtivos. De posse destes dados, o material resultante foi classificado considerando sua natureza. Se descritivos ou normativos. Assim foram constituídos os Elementos da Governança em Cluster com sua conceituação a partir do que indica a literatura da área. Os Elementos da Governança, a saber: Estrutura da Governança, Funções da Governança, Mecanismos /Meios da Governança, Objetivos da Governança, Agentes da Governança e Requisitos da governança. Após, para atingir o objetivo da Tese, fez-se necessária a confrontação das informações teóricas com dados empíricos. Então se desenvolveu pesquisa em 5 Clusters no Estado Rio Grande do Sul. Foram estudados os seguintes casos: Cluster de Doces, na região de Pelotas-RS; Cluster Bovinocultura de Corte, na região da Campanha Gaúcha; Cluster Vitivinícola, na Região da Fronteira Oeste de Campanha; Cluster Moveleiro, na Região Central do Estado; e Cluster Metal-Mecânico. Na Serra Gaúcha. Os dados coletados constituíram-se em um modelo descritivo visando representar como estão apresentados os Elementos da Governança na realidade. A Estrutura da Governança foi definida como a forma como se organiza a governança em um cluster. De forma hierárquica ou heterárquica...

A lei Sarbanes Oxley : o impacto da lei na estrutura de governança corporativa

Amorim, Elizabeth Yuriko Sinto
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
37.26%
Após uma série de escândalos e fraudes no mercado acionário norte-americano, o Congresso norte-americano decidiu promulgar a Lei Sarbanes-Oxley, em julho de 2002. A Lei, também conhecida como SarbOx ou SOx, é um extenso normativo de reformas corporativas, que estende seus domínios a importantes práticas de governança corporativa. Esse estudo teve como objetivo avaliar os artigos da lei à luz dos mecanismos de governança já existentes, a fim de detectar se a imposição de alguns mecanismos, no formato de lei, está surtindo efeito na estrutura de governança das empresas. Para isso, fomos buscar na literatura os conceitos de governança e seus mecanismos a fim de entendermos o impacto que causam na estrutura das empresas. A seguir, avaliamos os principais artigos da Lei e o exemplo do caso Enron, que foi uma das fontes inspiradoras dos legisladores – o intuito dessa pesquisa foi nos aprofundar na lei e seus artigos para que pudéssemos traçar uma relação entre a lei e os mecanismos de governança, avaliados no estudo preliminar. E, finalmente, analisamos os estudos realizados em empresas americanas, que buscavam comprovar o impacto da lei na estrutura de governança da Empresa. Complementamos essa análise com uma avaliação qualitativa...

Boas práticas de governança corporativa reduzem os riscos dos acionistas em crises econômicas?

Gonçalves, Rafael Estanislau
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A literatura nacional e internacional indicam que boas práticas de governança corporativa estão associadas a um maior retorno e menor risco dos investidores. Essa dissertação analisa se empresas que praticam um conjunto de boas práticas de governança apresentam menor risco durante crises internacionais. Para esse estudo, analisamos o impacto de um índice de governança sobre as variáveis ligadas ao retorno das empresas durante diversas crises econômicas, entre elas, a crise mexicana, asiática, as diversas crises entre 2000 e 2002 (Argentina, crise energética no Brasil, atentados terroristas nos EUA, a crise eleitoral no Brasil e os escândalos corporativos nos EUA) e a crise do subprime americano. Os resultados encontrados indicaram que, durante a crise asiática, as empresas que adotaram melhores práticas de governança tiveram um retorno até 7% maior do que as empresas que não adotaram tais práticas, enquanto as empresas mais endividadas apresentaram menores retornos quanto maior o grau endividamento. Já as empresas que pagaram maiores dividendos em relação aos seus lucros apresentaram menor volatilidade de seus retornos neste período. Em relação aos resultados encontrados para as crises gerais e a do subprime mostraram que o beta do CAPM ainda é um modelo de apreçamento bastante utilizado e que as boas práticas de governança corporativa...

Modelo de governança aplicado a cadeias logístico-portuárias

Vieira, Guilherme Bergmann Borges
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Os portos são elementos-chave para a competitividade dos setores exportadores e importadores que deles se utilizam e para o desenvolvimento das regiões em que estão inseridos. Para a adequada gestão portuária, é necessária a compreensão do porto em um sentido mais amplo, considerando o conjunto de atores que participam da cadeia logísticoportuária e as atividades por eles desenvolvidas. Nos últimos anos, vêm se aprofundando os estudos dos portos como aglomerados empresariais e dos mecanismos de coordenação ou governança dos diferentes atores da cadeia logístico-portuária. Nesse contexto, uma questão emergente diz respeito à análise dos modelos de governança e sua relação com a performance portuária. A governança de cadeias logístico-portuárias é um fator-chave para a competitividade dos portos, podendo ser definida como os mecanismos utilizados para coordenar as relações existentes entre os atores da cadeia logístico-portuária, buscando aumentar a eficiência e a eficácia dos fluxos logísticos relacionados e, consequentemente, melhorando a inserção competitiva do porto. Dado esse contexto, esta tese tem como objetivo propor um modelo de governança aplicado a cadeias logístico-portuárias. Para tanto...

Governança em agentes de fomento dos sistemas regionais de CT

Sartori, Rejane
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 229 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Florianópolis, 2011; O desenvolvimento econômico e social das nações está diretamente relacionado aos seus sistemas nacionais e regionais de inovação, constituídos pelo governo, um de seus principais atores, universidades, institutos de pesquisa e empresas. Do mesmo modo, passa necessariamente por uma gestão apropriada de recursos econômicos e sociais. Nesse contexto, um dos fatores críticos às organizações públicas diz respeito a seus mecanismos de transparência e prestação de contas à sociedade, assim como à crescente exigência dos cidadãos quanto à eficiência dos serviços e retorno dos investimentos públicos, temas estes inseridos no conceito de governança. A promoção da ciência, da tecnologia e da inovação (CT&I) tem na governança uma ferramenta central ao buscar maximizar os resultados dessa área em prol da sociedade, contudo, observa-se a inexistência de indicadores que permitam avaliar a governança em domínios públicos mais específicos, como é o caso dos agentes públicos de fomento dos Sistemas Regionais de Ciência, Tecnologia e Inovação (SRCT&I). Desta forma...

O significado de governança para os gestores estaduais do Sistema Único de Saúde

Almeida, Lourdes Lemos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2013.; Este estudo teve como objetivo analisar o processo de governança no Sistema Único de Saúde - SUS para apreender os seus principais modos, bem como para identificar os seus desafios mais importantes, visando oferecer subsídios para refletir sobre o seu aprimoramento. Trata-se de estudo qualitativo desenvolvido em duas etapas: na primeira foi realizada revisão integrativa de publicações em periódicos e documentos nacionais e internacionais, no período de 2000 a 2012 acerca da governança, com o intuito de verificar os seus significados, especialmente para subsidiar a compreensão da governança no SUS. São destacados três modos de governança: corporativa, social e pública. Alguns princípios desses modos de governança relacionados às estruturas, aos processos, ao financiamento, aos regulamentos e às responsabilidades de prestar contas podem ser destacados como elementos que atribuem significados à governança no SUS. Na segunda etapa foram realizadas entrevistas semiestruturadas com oito gestores estaduais de saúde das cinco regiões do País, onde o processo de regionalização estava mais estruturado...

A governança local nas reestruturações de áreas portuárias: uma reflexão sobre o caso de Natal-RN

Dos Santos Borges, Jennifer; Maria Ribeiro Leal, Suely (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Áreas portuárias de todo o mundo têm sido objetos, desde a década de 1980, de reformas em suas estruturas espaciais, tecnológicas e administrativas, visando adequá-las às necessidades e aos condicionantes da atualidade. Esses processos, denominados aqui de reestruturações de áreas portuárias , seguem determinados padrões que podem ser identificados nas experiências implementadas, mesmo considerando-se as especificidades locais. Neste trabalho estudamos os padrões de reestruturação de áreas portuárias predominantes em cidades da América do Norte, Europa e América Latina, buscando analisar as estruturas de governança local responsáveis pela condução desses processos. Ou seja, focamos nosso olhar sobre as relações estabelecidas entre representantes do setor público, do setor privado e da população, nos encaminhamentos de reestruturações de áreas portuárias. Essa análise mais geral do que vem ocorrendo nas áreas portuárias, nas últimas décadas, serve como fundamento para a reflexão que dirigimos ao caso específico observado na cidade de Natal-RN, Brasil. Considerando que, em Natal, o processo de reestruturação de sua área portuária encontra-se apenas insinuado nos muitos projetos propostos por diferentes agentes...

Governança corporativa e valor de instituições financeiras brasileiras

Lobato, Fernanda Tavares Rezende
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
A separação entre propriedade e controle nas organizações modernas gera conflitos, na medida em que gestores nem sempre agem de acordo com os interesses dos proprietários. A fim de assegurar que seus interesses sejam atendidos por meio da maximização de sua riqueza os proprietários incorrem em custos de monitoramento e controle da gestão. Neste contexto, emerge a governança corporativa como conjunto de mecanismos internos e externos que tem por objetivo o alinhamento de interesses entre gestores e proprietários e o atendimento aos direitos de outros stakeholders, como funcionários e credores. Acredita-se que o alinhamento de interesses afete o valor de mercado das empresas. A relação entre práticas de governança e valor de empresas tem sido alvo de estudos em todo o mundo buscando contribuir para o estabelecimento de diretrizes acerca do tema. Esta dissertação objetiva colaborar com as discussões sobre o tema a partir da investigação da relação existente entre melhores estruturas de governança corporativa, representadas pela adesão aos níveis diferenciados de governança corporativa instituídos pela Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), e o valor das instituições financeiras brasileiras. Neste sentido...

Governança corporativa e eficiencia informacional

Oliveira Neto, José Carneiro da Cunha
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2010.; A presente tese tem como objetivo analisar a relação entre governança corporativa e eficiência informacional. A governança corporativa pode ser definida como um conjunto de instrumentos que visam garantir aos fornecedores de capital o recebimento dos eventuais benefícios produzidos por seus investimentos. Para isso, uma empresa com níveis mais elevados de governança adota normas de divulgação de informações mais amplas, claras e rígidas, maior transparência no processo decisório e na relação entre administração e fornecedores de capital. No Brasil, as estruturas institucionais que fundamentam o funcionamento do mercado de governança diferenciada começaram a ser mais desenvolvidas a partir de 2001, com a criação do Novo Mercada e níveis diferenciados de governança e pela criação da Câmara de Arbitragem do Mercado (CAM). Para que funcione, as estruturas de garantem o cumprimento das promessas de melhores práticas devem ser aceitas como eficazes por parte dos participantes do mercado. Nesse sentido, há um processo de construção da reputação das novas instituições criadas para fundamentar o mercado de governança diferenciada. Após estabelecida a credibilidade...

Determinantes da qualidade da governança corporativa das companhias abertas brasileiras; Determinants of corporate governance quality of brazilian listed companies

Silveira, Alexandre Di Miceli da; Barros, Lucas Ayres Barreira de Campos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este artigo investiga os determinantes da qualidade da governança corporativa das companhias abertas brasileiras, isto é, os fatores que fazem com que algumas empresas apresentem um nível de governança corporativa maior do que outras submetidas a um mesmo ambiente contratual. Construiu-se um índice de governança corporativa com base em quatro dimensões consideradas importantes pela literatura para avaliação das práticas de governança: acesso às informações; conteúdo das informações; estrutura do conselho de administração; e estrutura de propriedade e controle. Regressões múltiplas foram aplicadas utilizando-se uma amostra de 161 empresas e um conjunto de variáveis explicativas selecionadas com base na literatura sobre o tema. Os resultados sugerem que a estrutura de propriedade influencia o nível de governança corporativa. Especificamente, encontrou-se uma relação negativa significante entre o direito de controle do acionista controlador e a qualidade da governança corporativa. A mesma relação negativa foi obtida entre o excesso de direito de controle em relação ao direito sobre o fluxo de caixa em posse do controlador e a qualidade da governança corporativa. Em outras palavras, os resultados indicam que...

A REPRESENTAÇÃO SOCIAL DO CONCEITO DE GOVERNANÇA DE TI SEGUNDO OS PROFISSIONAIS DE TI DE UMA EMPRESA DE PETRÓLEO BRASILEIRA

Salvador, Valéria
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.26%
O presente trabalho visou identificar as percepções dos profissionais de TI, em uma empresa de petróleo brasileira, sobre o tema Governança de TI. Para isso, foi utilizada a Teoria da Representação Social (TRS), mais especificamente a Teoria do Núcleo Central inaugurada por Jean-Claude Abric. Para proceder às investigações foi utilizado um questionário online, que incluiu um teste de evocação de palavras, visando à interpretação do núcleo central da representação social. Ao todo, foram consideradas as respostas de 140 profissionais da área de TI da empresa pesquisada que responderam ao questionário. A partir do teste de evocação de palavras, foi identificada a representação social de Governança de TI, por meio da construção do quadrante de Vergés, sendo os cálculos realizados em planilhas eletrônicas com posterior confirmação pelo software EVOC. Os elementos identificados no núcleo central, responsáveis por consolidar a visão consensual do grupo, foram Controle, Estratégia, Alinhamento, Gestão, e Planejamento. Os três primeiros elementos encontram sólido respaldo na literatura sobre Governança de TI, já que os profissionais de TI tem a visão de que a Governança de TI é responsável pelo controle da área de TI...