Página 1 dos resultados de 418 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

A toga e a farda: o Supremo Tribunal Federal e o Regime Militar (1964-1969); The robe and the regimentals: Supremo Tribunal Federal and the military regime (1964-1969)

Valério, Otávio Lucas Solano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.27%
O tema desta dissertação é a relação entre Supremo Tribunal Federal e executivo militar no período de institucionalização do regime militar brasileiro (1964-1969). O trabalho examina (i) o papel desempenhado pelo Supremo durante tal período, (ii) as causas e os mecanismos pelos quais o tribunal foi enquadrado no espírito da Revolução, e (iii) como o regime militar de 1964 interferiu no exercício pela corte de suas funções de poder político e protetor dos direitos e garantias individuais. A pesquisa foca os acórdãos proferidos pelo Supremo entre 1964 e 1969. A dissertação está dividida em duas grandes partes. A primeira parte tem por objetivo contextualizar o leitor, descrevendo, entre outros tópicos, (i) o impacto da doutrina da segurança nacional no direito e no ordenamento jurídico, e (ii) a importância do bacharéis da UDN para história da corte durante tal período. A segunda parte do trabalho é o coração da dissertação. O capítulo 2 explica o novo direito constitucional brasileiro criado pelo preâmbulo do Ato Institucional nº 1. O capítulo 3 analisa dezenas de decisões proferidas pelo Supremo entre o Ato Institucional nº 1 (9.4.1964) e o Ato Institucional nº 2 (27.10.1965). Demonstra como a jurisprudência do Supremo evoluiu da incompetência declarada pela própria corte para julgar os habeas corpus ajuizados pelos inimigos da Revolução à concessão de dezenas desses habeas corpus...

Da crise política ao golpe de estado: conflitos entre o poder executivo e o poder legislativo durante o governo João Goulart; From the political crisis to the coup: conflicts between Executive Power and Legislative Power during the government of João Goulart

Ribeiro, David Ricardo Sousa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
96.43%
O objeto central desta dissertação é a transição da crise política estabelecida durante o governo João Goulart para o Golpe Político Militar de 1964. Trabalhando especificamente com a dimensão política do Golpe de Estado, analisamos o conflito conjuntural sistêmico existente entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo como sendo sua principal causa político-institucional. Partimos então da seguinte questão: como em um intervalo de menos de três anos o Poder Legislativo foi capaz de abandonar sua postura anti-golpista, sendo determinante para a efetivação do regime militar? Nesse contexto, formulamos a hipótese de que, além de potencializar os conflitos ideológicos da sociedade, as decisões políticas tomadas no Congresso Nacional em meio aos debates sobre as reformas foram cruciais para o desgaste e isolamento político de João Goulart. De tal modo, avaliamos como a incompatibilidade entre o caráter reformista do Poder Executivo e a predominância de uma postura conservadora no Congresso Nacional foi determinante para o término do período democrático da República de 46. Utilizamos os Diários do Congresso Nacional, os discursos presidenciais e as atas de algumas Convenções Partidárias, para analisar os principais conflitos políticos ocorridos entre 1963 e 1964...

A marcha, o terço e o livro: catolicismo conservador e ação política na conjuntura do golpe de 1964

Codato,Adriano Nervo; Oliveira,Marcus Roberto de
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2004 PT
Relevância na Pesquisa
106.17%
Este ensaio discute a atuação política dos grupos conservadores que, em São Paulo e no Paraná, apoiaram a intervenção militar de 1964. Analisamos a "Marcha da Família com Deus pela Liberdade". Conclui-se que, em Curitiba, o evento (rebatizado para "Marcha a favor do Ensino Livre") priorizou a luta pelas "liberdades individuais", deixando em segundo plano os valores tradicionais cristãos, diferentemente do enredo seguido em outras cidades. O caso em questão ilustra a complexidade da conjuntura ideológica no pré-1964, a natureza crítica das iniciativas do governo Goulart para levar adiante sua agenda reformista e as diferentes motivações não somente sociais, mas também regionais no engajamento da "sociedade civil" na campanha golpista.

Reinventando a história: Lincoln Gordon e as suas múltiplas versões de 1964

Green,James N.; Jones,Abigail
Fonte: Associação Nacional de História - ANPUH Publicador: Associação Nacional de História - ANPUH
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
86.22%
Lincoln Gordon, embaixador dos Estados Unidos no Brasil, esteve no centro das operações norte-americanas que apoiaram o golpe de Estado de 1964, desde a coordenação das conexões entre Vernon Walters e os conspiradores militares, até o lobby por uma força-tarefa naval dos Estados Unidos que interviria no caso da explosão de uma guerra civil entre forças pró e anti-Goulart. Apesar disso, naquele momento, e nos anos seguintes, Gordon insistiu em que o golpe de Estado tinha sido "100% brasileiro". Através de documentos do Departamento de Estado norte-americano, discursos de Gordon, testemunhos orais, e de uma entrevista em 2005 com o embaixador, este artigo analisa as diversas justificativas que Gordon ofereceu ao longo dos últimos quarenta anos para explicar por que apoiou a derrubada de Goulart e concedeu suporte incondicional ao novo regime militar.

Representações do golpe de 1964 e da ditadura na mídia: sentidos e silenciamentos na atribuição de papéis à imprensa, 1984-2004

Biroli,Flávia
Fonte: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais. Publicador: Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
106.26%
Este artigo discute representações sobre os papéis assumidos pela imprensa no golpe de 1964, na ditadura e na redemocratização, em textos publicados em jornais e revistas brasileiras entre 1984 e 2004. A análise demonstra como as significações atribuídas ao golpe e à ditadura nos textos jornalísticos sobrepõem-se a discursos que vinculam a prática jornalística à defesa da democracia, tendo por base uma oposição simplista entre liberdade de imprensa e ditadura. A associação entre crise, autoritarismo e um passado já encerrado permite a afirmação da democracia como realidade consensual, esvaziada das disputas e tensões que a caracterizam.

O Governo João Goulart e o golpe de 1964: memória, história e historiografia

Delgado,Lucilia de Almeida Neves
Fonte: EdUFF - Editora da UFF Publicador: EdUFF - Editora da UFF
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
86.21%
Análise sobre os diferentes enfoques interpretativos e historiográficos referentes à trajetória política do ex-presidente João Goulart, a crise institucional do início da década de 1960 e o golpe político de 1964. Ênfase especial recai sobre a relação da memória com a história, buscando demonstrar como a construção do esquecimento, entre outros desdobramentos, relaciona-se também com a dinâmica construtiva das análises acadêmicas.

Os sentidos do Golpe de 1964 nos livros didáticos de história (1970-2000): entre continuidades e descontinuidades

Pereira,Mateus H. F.; Pereira,Andreza C. I.
Fonte: EdUFF - Editora da UFF Publicador: EdUFF - Editora da UFF
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
86.22%
Nossa pesquisa pretende pensar sobre o Golpe de 1964, através da história escrita por autores de livros didáticos. Utilizamos como corpus documental livros editados de 1970 até 2000, a fim de apreender dimensões das metamorfoses do acontecimento. Pretendemos, assim, compreender e explicar como esses impressos de ampla circulação buscaram "origens" com fins de realizar didaticamente um trabalho de luto sobre o "acontecimento traumático" no tempo presente do próprio evento.

O golpe de estado de 1964 e a disputa de hegemonia através dos veículos de comunicação : a experiência da mídia imprensa Alagoana

Eloy Zaidan, Tiago; Antônio Mondaini de Souza, Marco (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.34%
A despeito do mito da imparcialidade, no Brasil do pré-1964 os meios de comunicação atuaram como importantes aliados na confecção de um consenso mínimo em torno das causas propugnadas pelo bloco modernizante-conservador artífice do golpe de Estado que assolaria o país naquela década. No início da década de 1960, o então presidente da república, João Goulart, foi alvo da oposição do bloco modernizante-conservador, que se empenhava na manutenção do capitalismo dependente do país, além de labutar pela conquista da liderança do consenso, que fundaria o novo bloco histórico, pretenso condutor do capitalismo brasileiro dali para diante. No final de março de 1964, entretanto, prevaleceu, como se sabe, o golpe de Estado de 1964 , engendrado pelo bloco modernizante-conservador em nível nacional. Em Alagoas, o envolvimento de meios de comunicação de massa com o movimento golpista não foi exceção à regra. Aqui, especialmente o já extinto Jornal de Alagoas integrante dos Diários Associados e a Gazeta de Alagoas único diário remanescente do período, prestaram-se a causa modernizante-conservadora; Universidade Federal de Alagoas

Ditadura e desterro: trajetórias de exilados brasileiros do golpe de 1964 nos Estados Unidos (1964-1979); Dictatorship and exile: trajectories of Brazilian exiles from the military coup of 1964 in the USA(1964-1979)

SILVEIRA, Lorenna Burjack da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em História; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em História; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.32%
This thesis aims at analyzing the trajectory of Brazilian exile victims of the 1964 military coup that opted for the United States as a place of exile in that country or were there denouncing the repressive character of the Brazilian military dictatorship. In order to more appropriately approach and understand that issue, the study presents a reflection on the characteristics of the exile as a major concern, before addressing what happened to Brazilian exile victims. Thus, this is a multidisciplinary study, developed to understand how people who have been exiled can be framed in International Law, the difficulties imposed to individuals and yet the possibilities that arise from this situation for those who experience it. Eventually, the pathological aspects of exile and torture are also discussed. The main places where Brazilian exiles were found are traced in this research, among them the United States are highlighted. This country was also responsible for granting weapons as well as logistical and financial support to the military government that overthrew late president Goulart. The relations between Brazil and the United States in the 1960s and 1970s were prioritized in this study, in an attempt to signal how the American society during this period questioned the foreign policy adopted by their country...

Os reflexos políticos do golpe de 1964 no Paraná e as eleições de 1965

Batistella,Alessandro
Fonte: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho Publicador: Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
96.27%
No presente artigo pretende-se, primeiramente, analisar o contexto político paranaense na década de 1960, a relação do governador Ney Braga com João Goulart e a sua participação no golpe civil-militar de 1964. Em um segundo momento, o propósito é verificar as repercussões do golpe de Estado no Paraná, sobretudo o processo de cassações políticas dos adversários/opositores do governador Ney Braga, consolidando-se, assim, o neysmo como a principal força política do Paraná no período do regime militar.

Do golpe à ditadura: a doutrina de segurança nacional e a construção do regime militar; From the coup to a dictatorship: the national security doctrine and the constrution of military regime; La dictadura de golpe de estado: la doctrina de seguridad nacional y la construcción del régimen militar

Fagundes, Ailton Laurentino Caris
Fonte: Teresinha Maria Duarte; brasil; Regional de Catalão (RC) Publicador: Teresinha Maria Duarte; brasil; Regional de Catalão (RC)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.35%
v. 14, n. 1, p. 60-78 - jan./jun. 2014.; The military coup of State of 1964 can be thought in three phases: the plot, the seizure of power by military and the construction of a new regime. Civil-military alliance that conspires and deposes President João Goulart wasn’t homogeneous, and right away to the coup, it was confronted to crucial issues to the construction of a new institutional order. For the military regime, it was necessary to legitimize the seizure of power but before was necessary too resolving differences within the armed forces and overcome the mistrust of the civic groups. This article explores how the National Security Doctrine, formulated by Escola Superior de Guerra served to the group attached to school become majority in the military regime in the early years but too it formulated a project of the nation and government who conquered legitimacy to the population .; El golpe militar de 1964 se puede considerar en tres etapas: la conspiración, la toma del poder por los militares y la construcción de un nuevo régimen. La Alianza cívico-militar que conspira y derroca a presidente João Goulart distaba de ser homogéneo y, poco después del golpe de estado, frente a temas cruciales para la construcción de un nuevo orden institucional. Para los militares...

Discursos de intervenção: o cinema de propaganda ideológica para o CPC e o ipês às vésperas do golpe de 1964; Discursos de intervenção: o cinema de propaganda ideológica para o CPC e o ipês às vésperas do golpe de 1964

Cardenuto Filho, Reinaldo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.38%
Esta dissertação tem o objetivo de investigar o cinema de propaganda política produzido por duas associações de caráter ideológico, entre os anos 1961 e 1964: o Instituto de Pesquisas e Estudos Sociais (Ipês), dirigido principalmente por ricos empresários liberais e anticomunistas; e o Centro Popular de Cultura (CPC da UNE), constituído por jovens artistas influenciados pelas idéias marxistas. Para tanto, busquei articular informações provenientes da análise intrínseca de seus filmes com as do contexto histórico em que foram feitos e exibidos e, em especial, as extraídas da documentação a que tive acesso, com o intuito, então, de compreender os modelos cinematográficos aos quais essas obras se alinharam. Ao estudar como ipesianos e cepecistas foram adversários em meio às instabilidades de um Brasil próximo ao Golpe de 1964, foi possível constatar como os dois grupos financiaram a atividade cinematográfica com a expectativa de intervir nos rumos socioeconômicos e culturais do país a partir de projetos conflitantes que, por um lado, pretendiam fortalecer o poder da elite com um capitalismo de base liberal e, por outro, romper com as estruturas de poder capitalistas. Nesse sentido, mesmo com essas divergências...

Representações do golpe de 1964 e da ditadura na mídia : sentidos e silenciamentos na atribuição de papéis à imprensa, 1984-2004; Representations of the1964's coup and the dictatorship in the media : meanings and silences in the roles ascribed to press, 1984-2004

Tokarski, Flávia Millena Biroli
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.26%
Este artigo discute representações sobre os papéis assumidos pela imprensa no golpe de 1964, na ditadura e na redemocratização, em textos publicados em jornais e revistas brasileiras entre 1984 e 2004. A análise demonstra como as significações atribuídas ao golpe e à ditadura nos textos jornalísticos sobrepõem-se a discursos que vinculam a prática jornalística à defesa da democracia, tendo por base uma oposição simplista entre liberdade de imprensa e ditadura. A associação entre crise, autoritarismo e um passado já encerrado permite a afirmação da democracia como realidade consensual, esvaziada das disputas e tensões que a caracterizam. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This study discuss the form of representation of the role played by Brazilian press in the coup of 1964's dictatorship and redemocratization, in texts that were published in Brazilian papers and magazines between 1984 and 2004. The analysis shows how the meanings assumed by the coup and the dictatorship in the texts are superposed to discourses that tie the practice of journalism to the defense of democracy, based on a reductionist oposition between freedom of the press and dictatorship. The association among crise...

O Governo João Goulart e o golpe de 1964 : memória, história e historiografia; The João Goulart Government and the 1964 coup d'état : memory, history and historiography; Le gouvernement João Goulart et le coup d'Etat de 1964 : mémoire, histoire et historiographie

Delgado, Lucilia de Almeida Neves
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
96.33%
Análise sobre os diferentes enfoques interpretativos e historiográficos referentes à trajetória política do ex-presidente João Goulart, a crise institucional do início da década de 1960 e o golpe político de 1964. Ênfase especial recai sobre a relação da memória com a história, buscando demonstrar como a construção do esquecimento, entre outros desdobramentos, relaciona-se também com a dinâmica construtiva das análises acadêmicas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; An analysis of the various interpretative and historiography approaches on the political career of former president João Goulart, the institutional crisis of the early 1960's and the 1964 coup d'état. Special emphasis was placed on the memory/history relation, showing how the construction of oblivion, among other developments, is related to the constructive dynamics of academic analyses. _________________________________________________________________________________ RÉSUMÉ; Analyse sur les différentes approches interprétatives et historiographiques relatives à la trajectoire politique de l'ex-président João Goulart, la crise institutionnelle du début des années 1960 et le coup politique de 1964. Un accent particulier est mis sur la relation de la mémoire avec l'histoire...

Higher Education in Brazil. 1. From Independence to the Military Coup of 1964; La Educación Superior en Brasil. 1. Desde la Independencia al Golpe Militar de 1964; A educação superior no Brasil. 1. Da independência ao golpe militar de 1964

Gómez de la Torre, Ignacio Berdugo
Fonte: Universidade de São Paulo, Universidade de Salamanca e Universia Publicador: Universidade de São Paulo, Universidade de Salamanca e Universia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/07/2014 SPA
Relevância na Pesquisa
76.45%
This article analyses the evolution of higher education in Brazil from independence until the military coup of 1964, approaching the following events: the influence of the University of Coimbra and the lack of universities throughout all of the 19th c. owing to the role of the Professional Schools and the influence of positivist thought; the beginning of an important debate about the need to create universities to coalesce and transmit Brazilian culture after the founding of the University of Rio in 1920; the centralization of educational policy and the importance of the model of the University of Rio, now the University of Brazil, which took place during the Estado Novo; and the democratization process that reopened the debate on higher education, with the added problem of responding to new economic needs. The period analyzed closes with the founding of the University of Brasilia and with the considerations of President Goulart regarding educational reform as one of the “basic reforms” needed. The military coup in 1964, however, marked the beginning of a very different period in the history of the country.; El artículo analiza la evolución de la educación superior en Brasil desde la independencia hasta el golpe militar de 1964. La influencia de la Universidad de Coimbra y la no fundación de universidades durante todo el siglo XIX por el papel de las Escuelas Profesionales y el peso del pensamiento positivista. El inicio...

Tempo coletivo em A difícil manhã, de Cassiano Ricardo

Pinto, Pedro Augusto
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
86.07%
Comparando uma análise gráfica e rítmica do poema A difícil manhã do poeta e ensaísta Cassiano Ricardo Leite com a sua trajetória intelectual e política, o presente artigo pretende extrair o vetor político-temporal, nos termos de Reinhart Koselleck, da produção de Cassiano nos anos do Golpe de 1964, ligando-a a uma problemática pessoal fundamental em sua obra e em sua atuação no funcionalismo público ao longo de 30 anos.

Resenha do livro 'A ditadura que mudou o Brasil – 50 anos do golpe de 1964'; Review of the book 'A ditadura que mudou o Brasil – 50 anos do golpe de 1964'

Oliveira, Samuel Silva Rodrigues de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, D. História
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
86.34%
; A obra A ditadura que mudou o Brasil: 50 anos do Golpe de 1964 foi lançada em 2014, diante da efeméride dos cinquenta anos do golpe civil-militar. Este, como os outros livros publicados nesse ano, busca refletir sobre o regime autoritário na história recente do país. Daniel Aarão Reis, Marcelo Ridenti e Rodrigo Patto Sá Motta organizaram uma coletânea de artigos e cumpriram a difícil missão de selecionar um grupo de pesquisadores de programas de pós-graduação para apresentar as tendências de interpretação do fenômeno autoritário recente. A coletânea de artigos, juntamente com outras duas publicações (Ditadura e democracia no Brasil e As universidades e o regime militar), compõe a coleção 1964: 50 anos depois, publicada pela editora Zahar.

“Quase sem dar um tiro"?: a resistência ao Golpe de 1964 em Pernambuco

Santos, Thayana de Oliveira; PPGH-UFPE
Fonte: Revista Convergência Crítica Publicador: Revista Convergência Crítica
Formato: application/pdf
Publicado em 17/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
96.24%
Durante a década de 1960 no Nordeste, sobretudo em Pernambuco, os movimentos sociais assumiram um papel de destaque. Trabalhadores(as) urbanos e rurais se organizavam e questionavam a situação a que estavam submetidos(as). O Golpe de 1964 veio interromper esse processo de crescente participação popular. Contudo, os trabalhadores(as) não ficaram passivos(as) diante do movimento golpista e diversas manifestações contrárias ao golpe ocorreram, já em suas primeiras horas, sendo uma delas liderada por uma mulher, militante das Ligas Camponesas, no interior de Pernambuco. Este trabalho pretende discutir como se deu o Golpe de Estado e a reação a ele em Pernambuco.

Um acontecimento em disputa: sentidos da exumação de Jango

Silva, Terezinha; Universidade Federal de Minas Gerais; Simões, Paula Guimarães; Universidade Federal de Minas Gerais
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Análise de acontecimento Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2014 POR
Relevância na Pesquisa
96.08%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-6924.2014v11n1p34O objetivo deste texto é analisar a exumação dos restos mortais do ex-presidente João Goulart, ocorrida em 2013, a partir da discussão teórico-metodológica sobre acontecimento. Tomando como objeto de análise textos jornalísticos publicados no jornal Zero Hora, buscamos identificar como se realiza a descrição, a narração e a recepção pública dessa “segunda morte” de Jango. A análise revela que disputas de sentido foram instauradas em torno desse acontecimento, visto tanto como uma possibilidade de retratação histórica quanto como um gasto público despropositado. Essas disputas simbólicas expressam o modo como o acontecimento afeta de diferentes maneiras os públicos que convoca (e constitui) e apontam possibilidades de ressignificação da narrativa acerca do golpe de 1964.

O DESENCANTO DA POLÍTICA E O TOTALITARISMO EM HANNAH ARENDT: PERCEPÇÕES DO GOLPE DE 1964

Sousa, Ana Paula de Castro; Prado, Jeovandir Campos do; Lima, Antonio Bosco de
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
106.31%
Estabelecer uma relação entre o golpe militar e o período da ditadura que vigorou no Brasil entre 1964 e 1984 e as tese de Arendt é o objeto central desde trabalho, destacando-se o poder político, as ideias de totalitarismo, de individualismo e de liberdade. Condensa-se neste trabalho o postulado que o golpe de 1964 caminhou paralelamente com a perspectiva de individualização, de uma sociedade para o mercado, afastada do social-coletivismo, agregada a um modelo de liberdade vigiada, contrária à essencialidade de liberdade presente no pensamento de Arendt.