Página 1 dos resultados de 2488 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação do controle metabólico de pessoas com diabetes mellitus cadastradas em um programa de automonitorização da glicemia capilar no domicílio; Evaluation of metabolic control of people with diabetes mellitus accessed in a Programme of Self-monitoring of Capillary Glicemy at home

Veras, Vivian Saraiva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.14%
Estudo retrospectivo, realizado em quatro Unidades Básicas de Saúde, em uma cidade do interior do Estado de São Paulo, em 2009. O objetivo foi avaliar a glicemia capilar e o controle metabólico das pessoas com diabetes mellitus (DM) cadastradas no Programa de Automonitorização da Glicemia Capilar no domicílio, em quatro Unidades Básicas de Saúde do Distrito Oeste da Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto-SP. A amostra foi constituída por 97 usuários com DM, no período de novembro de 2005 a dezembro de 2008. Para a coleta de dados, foram utilizados dois formulários contendo as variáveis demográficas, clínicas, relacionadas ao Programa e ao controle metabólico. Os dados foram obtidos mediante consulta às planilhas de perfil glicêmico e ao prontuário de saúde. Para a análise, utilizaram-se estatística descritiva e os testes de Shapiro-Wilk, teste de Levene, teste de Wilcoxon, teste de Mann-Whitney e teste de Kruskal-Wallis. Os resultados mostraram que a maioria dos sujeitos era do sexo feminino (73,2%), com um predomínio da faixa etária de 60 a 69 anos. O tempo de participação no Programa variou de 5 a 42 meses, mediana de 33 meses. A média do número de medidas de glicemia capilar no domicílio ao longo de um mês...

Glicemia na ressuscitação cardiopulmonar; Serum glucose during cardiopulmonary resuscitation: a predictor of outcome

Palácio, Manoel Angelo Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.1%
Hiperglicemia está associada a mal prognóstico nas doenças crônicas e agudas, mas poucos estudos abordaram a glicemia durante a ressuscitação cardiopulmonar. Objetivo: Avaliar a evolução da glicemia em modelo de parada cardíaca similar ao atendimento atual dos casos de morte súbita extra-hospitalar. Métodos: Em estudo prospectivo, randomizado e cego, fibrilação ventricular foi induzida em 32 animais. Após 7 min, suporte de vida padrão foi iniciado e mantido até o retorno da circulação espontânea ou por 30 min no máximo. Os animais foram randomizados em três grupos, de acordo com o fármaco aplicado: Epinefrina (n=12), Vasopressina (n=12) ou Salina (n=8). A glicemia basal foi mensurada e novamente aos 4 min, 8 min, após o primeiro choque aos 9 min (coincidindo com a 1ª dose de fármaco) e a cada 5 min. Resultados: O retorno da circulação espontânea ocorreu em 19 animais: grupo Epinefrina 10/12, vasopressina 7/12 e Salina 2/8, diferença significante somente entre Epinefrina e Salina (p=0,019). A evolução foi típica ao longo do suporte de vida em todos os grupos, com grande aumento da glicemia ocorrendo também no grupo controle. A cada instante, com apenas 2 min de suporte de vida, a glicemia dos animais que sobreviveram à parada cardíaca foi maior do que a glicemia dos animais que não sobreviveram (229 ± 15 mg/dL vs. 182 ± 15 mg/dL; p=0...

Análise da glicemia e de IGF-1 após laserterapia nas glândulas salivares de ratas diabéticas; Analysis of glucose and IGF-1 after laser therapy in the salivary glands of diabetic rats

Carvalho, Danielle Lima Correa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
O Diabetes mellitus é um distúrbio metabólico de etiologia múltipla que leva a uma hiperglicemia, podendo ocasionar inúmeras disfunções e falências de alguns órgãos e também alterações em cavidade oral. Estudos demonstraram diminuição da glicemia de ratas diabéticas com o uso de laser de baixa potência (LBP) em glândulas salivares. Como o insulin-like growth factor 1 (IGF-1) tem uma estrutura semelhante a da insulina, podendo mimetizar algumas de suas funções, o objetivo do presente trabalho foi analisar o efeito da irradiação com LBP na concentração de IGF-1, nas glândulas parótidas (GP) e submandibulares (GSM), e o efeito na glicemia de ratas diabéticas induzidas por estreptozotocina. Ratas da raça Wistar foram utilizadas e receberam uma injeção intraperitoneal de estreptozotocina ou de tampão conforme o grupo ao qual pertenciam, C (controle) ou D (diabético). Posteriormente, as ratas foram divididas em 4 subgrupos (C0, D0, C5 e D5), de acordo com a dose de irradiação recebida (0 ou 5 J/cm²). O estado diabético dos animais foi confirmado através da glicemia e, após 29 dias, os animais foram submetidos à simulação ou irradiação. O LBP utilizado foi o Photon Lase III (DMC Equipamentos LTDA®). Vinte e quatro horas após o procedimento os animais foram sacrificados para coleta de sangue e das glândulas salivares para as análises da glicemia (método da glicose oxidase e do glicosímetro) e concentração de IGF-1...

Monitorização da glicemia em tempo real durante cirurgia odontológica ambulatorial em portadores de diabetes mellitus tipo 2: estudo comparativo entre anestésico local sem e com vasoconstritor; Glucose monitoring in real time during outpatient dental surgery in patients with type 2 diabetes mellitus: a comparative study of local anesthetics with and without epinephrine

Santos, Marcela Alves dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
INTRODUÇÃO: A segurança da administração de anestésicos locais com vasoconstritor em pacientes diabéticos submetidos à cirurgia oral não está bem fundamentada na literatura. OBJETIVO: Investigar a ocorrência de variação da glicemia nos períodos pré, trans e pós-operatório de exodontia de dentes superiores, sob anestesia local com lidocaína 2% sem e com adrenalina 1:100.000, em portadores de diabetes mellitus tipo 2. Secundariamente, avaliar os efeitos hemodinâmicos e o grau de ansiedade. MÉTODOS: Estudo prospectivo e randomizado com pacientes portadores de diabetes acompanhados na Unidade Clinica de Coronariopatia Crônica do Instituto do Coração do Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. A monitorização contínua da glicemia durante 24 horas foi realizada através do MiniMed Continuous Glucose Monitoring System (CGMS, Medtronic). Os pacientes foram divididos em dois grupos: LSA - que recebeu 5,4 mL lidocaína 2% sem adrenalina e LCA - que recebeu 5,4 mL de lidocaína 2% com adrenalina 1:100.000. Os níveis de glicemia foram avaliados nas 24 horas (período basal) e nos tempos determinados: uma hora antes, durantes e até uma hora após a exodontia (período de procedimento). Os parâmetros hemodinâmicos foram avaliados por meio de um medidor de pressão arterial digital automático e o nível de ansiedade através de uma escala. RESULTADOS: Dos 400 pacientes avaliados...

Glicemia perioperatória e complicações pós-operatórias em cirurgia cardíaca pediátrica

Alves, Rodrigo Leal; Cerqueira, Macius Pontes; Kraychete, Nadja Cecília de Castro; Campos, Guilherme Oliveira; Martins, Marcelo de Jesus; Módolo, Norma Sueli Pinheiro
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 372-379
POR
Relevância na Pesquisa
36.12%
FUNDAMENTO: Anestesia para cirurgia cardíaca pediátrica é sistematicamente realizada em pacientes graves sob condições fisiológicas anormais. No intraoperatório, existem variações significativas da volemia, temperatura corporal, composição plasmática e fluxo sanguíneo tecidual, além de ativação da inflamação, com consequências importantes. Medidas seriadas da glicemia podem indicar estados de exacerbação da resposta neuroendocrinometabólica ao trauma servindo como marcadores prognóstico de morbidade nessa população. OBJETIVO: Correlacionar os níveis de glicemia do período perioperatório de crianças submetidas a cirurgia cardíaca com a ocorrência de complicações no pós-operatório e comparar os níveis intraoperatórios de glicemia de acordo com as condições perioperatórias. MÉTODOS: Informações referentes ao procedimento anestésico-cirúrgico e condições perioperatórias dos pacientes foram coletadas em prontuário. Comparações das médias dos valores perioperatórios da glicemia nos grupos de pacientes que apresentaram, ou não, complicações pós-operatórias e as frequências referentes às condições perioperatórias foram estabelecidas conforme cálculo da razão de chances e em análises univariáveis não paramétricas. RESULTADOS: Valores mais elevados de glicemia intraoperatória foram observados nos indivíduos que apresentaram complicações pós-operatórias. Prematuridade...

O efeito da ingestão de um café com e sem canela na glicémia pós prandial em adultos saudáveis

Fernandes, Sara Raquel Soares
Fonte: Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Publicador: Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Nutrição Clínica; Introdução: A canela é uma das especiarias mais conhecidas e de uso generalizado. Estudos anteriores demonstraram que a sua ingestão reduz tanto a glicemia pós-prandial como os níveis de stress oxidativo, o que parece estar subjacente à resistência à insulina. A maioria dos estudos sobre a canela procura verificar seus efeitos em doentes diabéticos de tipo 2, mas estudos em indivíduos saudáveis são raros.; Objetivos: Observar se existe diferença entre os valores de glicemia pós-prandial em dois grupos após a ingestão de um café expresso com 1g de canela e após a ingestão de um café expresso simples. Além disso, pretendeu-se analisar a atividade antioxidante do pau-de-canela e do café; e determinar se os níveis de antioxidantes variam com a presença de canela no café.; Materiais e Métodos: Este estudo, realizado em indivíduos saudáveis do distrito de Aveiro, onde ao longo de 2 horas, foi monitorizada a sua glicémia, antes e depois da ingestão de um café com canela. Através dos métodos de FRAP e ABTS foi quantificada a presença de compostos fenólicos e avaliada a capacidade antioxidante. Após recolha, os dados foram analisados estatisticamente por análise multivariada com recurso ao software SPSS.; Resultados e Discussão: Apesar de não existirem diferenças da glicémia entre o grupo experimental e controlo...

Efeito da ingestão de 1g de chá branco, chá verde e chá preto na glicémia pós-prandial de indivíduos saudáveis após uma prova de tolerância oral à glucose

Lopes, Sandra Marisa Gomes
Fonte: Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz Publicador: Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.1%
Dissertação para obtenção do grau de Mestre em Nutrição Clínica; Enquadramento: O chá é a segunda bebida mais consumida em todo o mundo. Vários estudos realizados em modelos animais e em humanos têm sugerido um possível efeito benéfico sobre a glicémia pós prandial estando este efeito directamente associado à riqueza em polifenóis do chá bem como à sua actividade antioxidante.; Objectivos: Estudar o efeito da ingestão de 1 g de C. sinensis na forma de chá branco, chá verde e chá preto na glicémia capilar pós prandial de indivíduos saudáveis após uma prova de tolerância oral à glucose (PTOG). Determinar o conteúdo em fenóis, flavonóis, proantocianidinas e capacidade antioxidante de cada um dos chás em estudo.; Materiais e Métodos: 40 indivíduos adultos saudáveis foram distribuídos por quatro grupos experimentais, tendo o efeito do chá sido obtido por comparação de valores médios de glicémia capilar em jejum e após PTOG nos instantes 0, 30, 60, 90 e 120 minutos do grupo controlo com os valores médios de glicémia capilar obtidos no jejum e após PTOG com ingestão de 300 mL de chá branco, chá verde e chá preto. Foram ainda conduzidos testes químicos colorimétricos para a determinação do teor em fenóis e flavonóis totais...

Valor preditivo da glicemia de jejum pré-operatória de pacientes diabéticos quanto ao resultado cirúrgico da cirurgia de catarata

Nascimento,Maurício Abujamra; Lira,Rodrigo Pessoa Cavalcanti; Kara-José,Newton; Arieta,Carlos Eduardo Leite
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.18%
OBJETIVO: Determinar o valor preditivo do resultado da glicemia de jejum pré-operatória de pacientes diabéticos tipo 2, com idade superior a 40 anos, sobre a acuidade visual pós-operatória e a ocorrência de complicações clínicas peroperatórias, em facectomias sob anestesia local, num centro médico acadêmico. MÉTODOS: Foram analisados pacientes diabéticos tipo 2, maiores que 40 anos de idade, com facectomias indicadas entre 10 de fevereiro de 2000 e 10 de janeiro de 2001 em hospital universitário, cujo Serviço de Oftalmologia assiste a região em torno da cidade de Campinas, São Paulo, Brasil. Os pacientes foram avaliados por um clínico uma semana antes da cirurgia, além de realizarem os exames glicemia de jejum e eletrocardiograma. Os pacientes com resultados de glicemia de jejum anormal não tiveram as cirurgias postergadas, ou seja, o resultado do exame laboratorial, isoladamente, não foi considerado motivo para suspender a cirurgia. De acordo com o resultado da glicemia de jejum, o paciente era designado para um dos grupos: grupo de glicemia normal (60-115 mg/dL) e grupo de glicemia anormal (>115 mg/dL). Acuidade visual pós-operatória corrigida e complicações clínicas peroperatórias eram registradas em formulário padronizado. RESULTADOS: A amostra incluiu um total de 193 pacientes diabéticos tipo 2...

Associação entre glicemia de jejum e morbimortalidade perioperatória: estudo retrospectivo em pacientes idosos cirúrgicos

Segurado,Arthur Vitor Rosenti; Pedro,Flavia Salles Souza Pinotti; Gozzani,Judymara Lauzi; Mathias,Lígia Andrade da Silva Telles
Fonte: Sociedade Brasileira de Anestesiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.08%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: As relações entre valores alterados de glicemia e complicações perioperatórias na população de idosos submetidos a procedimentos cirúrgicos ainda não são conhecidas. O objetivo deste estudo foi avaliar a associação entre glicemia de jejum e morbimortalidade perioperatória em pacientes cirúrgicos idosos. MÉTODO: Foram analisados os prontuários de pacientes acima de 60 anos submetidos a diversos procedimentos cirúrgicos num período de seis meses, divididos de acordo com os valores de glicemia de jejum nos grupos: < 100 mg.dL-1, entre 100 e 125 mg.dL-1 e > 126 mg.dL-1. Foram analisados quanto à idade, estado físico (ASA), história prévia de diabete melito (DM) e tratamento e risco cardíaco perioperatório cirurgia-específico. Por meio de análise univariada e de um modelo de regressão logística multivariada, foi avaliada a relação entre os desfechos (freqüência de complicações pós-operatórias [CPO] e óbitos) e as variáveis: glicemia de jejum, história prévia de DM, estado físico (ASA) e risco cardíaco. RESULTADOS: Houve associação estatística apenas entre os grupos glicêmicos e as variáveis estado físico e história prévia de DM. Todas as variáveis estudadas revelaram associação estatística em relação à maior freqüência de CPO e óbitos...

Uso de medicamentos, glicemia capilar e índice de massa corpórea em pacientes com diabetes mellitus

Araújo,Márcio Flávio Moura de; Araújo,Thiago Moura de; Alves,Priscila de Jesus dos Santos; Veras,Vivian Saraiva; Zanetti,Maria Lúcia; Damasceno,Marta Maria Coelho
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.1%
Objetivou-se relacionar o uso de medicamentos com a glicemia capilar e o índice de massa corpórea em pacientes com diabetes mellitus tipo 2. Estudo transversal realizado entre janeiro e julho de 2009, nos domicílios de 437 pacientes de doze centros de saúde de Fortaleza-CE. Utilizou-se um formulário para o registro das variáveis sociodemográficas e clinicas, glicemia capilar, índice de massa corpórea e uso de medicamentos. Dos pacientes com glicemia capilar normal, 93% não utilizavam antidepressivos / ansiolíticos (p = 0,02). Aproximadamente 99% dos que apresentavam a glicemia capilar elevada não utilizavam cálcio diariamente (p = 0,04). Entre aqueles com índice de massa corpórea normal, 45,5% tomavam diariamente anti-hipertensivos da classe inibidor da ECA (p = 0,03). O uso diário de drogas inibidoras da ECA, antidepressivos / ansiolíticos e cálcio apresentou associação com a glicemia capilar e o índice de massa corpórea, respectivamente. É importante que o enfermeiro avalie o peso corporal e a glicemia capilar dos pacientes com diabetes, em particular daqueles que fazem uso contínuo de medicamentos.

Determinantes precoces da glicemia casual em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS

Horta,Bernardo L; Gigante,Denise P; Victora,Cesar G; Barros,Fernando C; Oliveira,Isabel; Silveira,Vera
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
OBJETIVO: Avaliar o efeito de variáveis socioeconômicas, peso ao nascer, duração da amamentação e mudança de renda sobre a glicemia ao acaso em jovens adultos. MÉTODOS: Estudo sobre coorte de nascidos em 1982, quando os 5.914 nascimentos hospitalares ocorridos na cidade de Pelotas foram identificados e as mães entrevistadas. As crianças, cujas famílias residiam na área urbana da cidade, foram acompanhadas diversas vezes. Em 2004-5, 4.927 indivíduos da coorte foram entrevistados e 3.730 tiveram sangue da polpa digital coletado para medida da glicemia casual. Foi avaliada a associação entre glicemia casual e cor da pele, renda familiar ao nascer, escolaridade materna, mudança de renda entre 1982 e 2004-5, peso ao nascer e duração da amamentação. RESULTADOS: A média da glicemia foi de 97,3±15,1mg/dL, sendo maior entre os homens. Nenhuma das variáveis estudadas esteve associada com a glicemia dos homens. Entre as mulheres, a escolaridade materna, a renda familiar aos 23 anos e o peso ao nascimento estiveram inversamente associados com a glicemia. Contudo, o efeito do peso ao nascer perdeu a significância estatística na análise multivariável. CONCLUSÕES: O peso ao nascer e a duração da amamentação não apresentaram efeito em longo prazo sobre a glicemia casual...

Glicemia perioperatória e complicações pós-operatórias em cirurgia cardíaca pediátrica

Alves,Rodrigo Leal; Cerqueira,Macius Pontes; Kraychete,Nadja Cecília de Castro; Campos,Guilherme Oliveira; Martins,Marcelo de Jesus; Módolo,Norma Sueli Pinheiro
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
FUNDAMENTO: Anestesia para cirurgia cardíaca pediátrica é sistematicamente realizada em pacientes graves sob condições fisiológicas anormais. No intraoperatório, existem variações significativas da volemia, temperatura corporal, composição plasmática e fluxo sanguíneo tecidual, além de ativação da inflamação, com consequências importantes. Medidas seriadas da glicemia podem indicar estados de exacerbação da resposta neuroendocrinometabólica ao trauma servindo como marcadores prognóstico de morbidade nessa população. OBJETIVO: Correlacionar os níveis de glicemia do período perioperatório de crianças submetidas a cirurgia cardíaca com a ocorrência de complicações no pós-operatório e comparar os níveis intraoperatórios de glicemia de acordo com as condições perioperatórias. MÉTODOS: Informações referentes ao procedimento anestésico-cirúrgico e condições perioperatórias dos pacientes foram coletadas em prontuário. Comparações das médias dos valores perioperatórios da glicemia nos grupos de pacientes que apresentaram, ou não, complicações pós-operatórias e as frequências referentes às condições perioperatórias foram estabelecidas conforme cálculo da razão de chances e em análises univariáveis não paramétricas. RESULTADOS: Valores mais elevados de glicemia intraoperatória foram observados nos indivíduos que apresentaram complicações pós-operatórias. Prematuridade...

Perfil de risco cardíaco no diabetes mellitus e na glicemia de jejum alterada

Schaan,Beatriz D'Agord; Harzheim,Erno; Gus,Iseu
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.1%
OBJETIVO: A mortalidade dos pacientes diabéticos é maior do que a da população em geral e decorre especialmente das doenças cardiovasculares. O objetivo do estudo foi identificar a prevalência dos fatores de risco cardiovasculares em indivíduos com diabetes mellitus (DM) ou glicemia de jejum alterada, a fim de direcionar as ações em saúde. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, com amostragem aleatória por conglomerado, constituída de 1.066 individuos, representativa da população urbana adulta (>20 anos) do Estado do Rio Grande do Sul, realizado entre 1999 e 2000. Foi aplicado um questionário estruturado sobre os fatores de risco coronariano e as características sociodemográficas a todos os adultos maiores de 20 anos residentes no domicílio selecionado. Após.os pacientes foram submetidos à avaliação clínica e coleta de sangue para determinação de colesterol total e glicemia de jejum. Para a análise dos dados foi utilizado o pacote estatístico Stata 7. Foi estabelecido nível prévio de significância de 5%. As variáveis categóricas foram comparadas utilizando-se qui-quadrado de Pearson, enquanto que as contínuas mediante teste t de Student ou Anova, além de análise multivariável, todas controladas para efeito de conglomerado. RESULTADOS: De 992 indivíduos...

Efecto de la glicemia materna en la monitoría electrónica fetal

Perdomo Murcia, Luis Enrique
Fonte: Facultad de Medicina Publicador: Facultad de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2013 SPA
Relevância na Pesquisa
36.12%
Introducción: Después del ingreso de la monitoría fetal electrónica como estudio de bienestar fetal, se ha considerado por décadas que un aporte de carbohidratos a la gestante antes de la realización de la monitoría fetal influye en el reporte pero existen estudios que consideran que los niveles de glicemia materna no afecta la variabilidad de la monitoría fetal. Metodología: Se realizó un estudio de corte transversal, para evaluar el efecto de la glicemia materna en la monitoría fetal electrónica comparando los valores de glicemia materna con su resultado, según la categorización del ACOG. Las principales variables fueron las horas de ayuno, valores de glicemia, variabilidad de la monitoría fetal y presencia de aceleraciones. Resultados: Se incluyeron un total de 60 pacientes, que ingresaron al servicio de obstetricia y ginecología del Hospital Universitario Mayor Méderi en el periodo de estudio. No se encontraron diferencias estadísticamente significativas entre los resultados de monitoría fetal y los valores de glicemia materna. Ninguna paciente presentó monitoría categoría III (según categorización de la ACOG). Discusión Se requieren estudios analíticos más amplios para evaluar el papel de la glicemia en el resultado de la monitoría...

Determinantes precoces da glicemia casual em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS; Determinantes precoces de la glicemia casual en adultos de la cohorte de nacimientos de 1982, Pelotas, Sur de Brasil; Early determinants of random blood glucose among adults of the 1982 birth cohort, Pelotas, Southern Brazil

Horta, Bernardo L; Gigante, Denise P; Victora, Cesar G; Barros, Fernando C; Oliveira, Isabel; Silveira, Vera
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
36.19%
OBJETIVO: Avaliar o efeito de variáveis socioeconômicas, peso ao nascer, duração da amamentação e mudança de renda sobre a glicemia ao acaso em jovens adultos. MÉTODOS: Estudo sobre coorte de nascidos em 1982, quando os 5.914 nascimentos hospitalares ocorridos na cidade de Pelotas foram identificados e as mães entrevistadas. As crianças, cujas famílias residiam na área urbana da cidade, foram acompanhadas diversas vezes. Em 2004-5, 4.927 indivíduos da coorte foram entrevistados e 3.730 tiveram sangue da polpa digital coletado para medida da glicemia casual. Foi avaliada a associação entre glicemia casual e cor da pele, renda familiar ao nascer, escolaridade materna, mudança de renda entre 1982 e 2004-5, peso ao nascer e duração da amamentação. RESULTADOS: A média da glicemia foi de 97,3±15,1mg/dL, sendo maior entre os homens. Nenhuma das variáveis estudadas esteve associada com a glicemia dos homens. Entre as mulheres, a escolaridade materna, a renda familiar aos 23 anos e o peso ao nascimento estiveram inversamente associados com a glicemia. Contudo, o efeito do peso ao nascer perdeu a significância estatística na análise multivariável. CONCLUSÕES: O peso ao nascer e a duração da amamentação não apresentaram efeito em longo prazo sobre a glicemia casual...

Calidad del control glicémico según la hemoglobina glicosilada vs la glicemia en ayunas: análisis en una población urbana y otra rural de diabéticos costarricenses

Laclé Murray,Adriana; Jiménez-Navarrete,Manuel Francisco
Fonte: Acta Médica Costarricense Publicador: Acta Médica Costarricense
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 ES
Relevância na Pesquisa
36.12%
La hemoglobina glicosilada (HbA1c) es actualmente la mejor prueba disponible que refleja el control glicémico del paciente diabético, pero su uso y disponibilidad no están ordenados en el sistema nacional de salud de Costa Rica, aunque sí normados en las "Guías de atención al paciente diabético". El objetivo de este estudio fue comparar la calidad del control glicémico, según se use la glicemia en ayunas o el nivel de HbA1c en pacientes diabéticos costarricenses, de una comunidad urbana y otra rural. Materiales y métodos: Estudio retrospectivo descriptivo, que documenta los dos parámetros mencionados en 237 diabéticos, controlados en 6 EBAIS urbanos del área de Salud Desamparados 3, provincia de San José, y en 257 diabéticos controlados en 3 EBAIS rurales del área de Salud de Nicoya, provincia de Guanacaste, durante el año 2000. En los pacientes de Desamparados se registró la glicemia más próxima al mes de julio de 2000, y su respectiva HbA1c tomada concomitantemente. En los diabéticos nicoyanos se recolectaron todas las glicemias del año 2000 y sus respectivas HbA1c, con un promedio anual de cada una de las variables. Resultados: Los niveles de glicemia de los diabéticos urbanos (U) se presentaron con mayor frecuencia en los rangos superiores: >200 mg/dl en un 35%; de 141-180 mg/dl...

Características manométricas do corpo esofágico em doentes diabéticos tipo 2 de acordo com a glicemia basal matinal

Jorge,João Xavier; Borges,Cláudia Iracema; Delgado,Fernando Jorge; Panão,Edgard Augusto; Coelho,Álvaro Correia; Simões,Mário Amaral; Almeida,Carlos Costa
Fonte: Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
Introdução:Recentes estudos referem que a glicemia basal influencia a atividade motora do esófago. Alguns autores recusam esse postulado. Pretende-se com este estudo contribuir para o conhecimento deste facto. Doentes e métodos:Estudou-se a atividade motora esofágica por manometria estacionária em 25 doentes diabéticos tipo 2 com idades compreendidas entre 44 e 81 anos (média de idades de 58,25 anos) com níveis glicémicos diferentes em jejum. Compararam-se as características das ondas esofágicas entre diabéticos com glicemia≤7,0 mmol/l e > 7,0 mmol/l. Os dados foram analisados pelo Teste t de Student SPSS 17. Resultados:Características das ondas do corpo do esófago nos grupos (glicemia≤7,1 mmol/l vs glicemia > 7,0 mmol/l): ondas peristálticas 84,9 vs 80,1% p > 0,05; ondas não transmitidas 4,5 vs 16,3% p < 0,01; ondas retrógradas 3,5 vs 2,0% p > 0,05; ondas simultâneas 6,2 vs 1,0% p > 0,05. A amplitude das ondas (em mmHg), nos 3 diferentes canais (P), nos grupos (glicemia≤7,0 mmol/l vs glicemia > 7,0 mmol/l) foi: P1 32,3 vs 31,1 p > 0,05; P2 44,8 vs 44,2 p > 0,05; P3 49,2 vs 49,8; p > 0,05; amplitude média 42,2 vs 41,7; p > 0,05. A velocidade das ondas foi semelhante entre grupos. Conclusão:Nos indivíduos estudados a percentagem de ondas não transmitidas foi significativamente mais elevada nos indivíduos com glicemia basal > 7 mmol/l. As outras características das ondas esofágicas foram semelhantes.

Modificaciones de la glicemia en anestesia pediátrica prolongada con la administración de suero glucosado 5% y suero lactato Ringer

Zunini,Graciela; Monteiro,Karina; Barreiro,Gonzalo; Ayala,Walter
Fonte: Anestesia Analgesia Reanimación Publicador: Anestesia Analgesia Reanimación
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 ES
Relevância na Pesquisa
36.12%
El objetivo del presente trabajo es comparar el curso temporal de la glicemia en lactantes y preescolares repuestos con suero glucosado al 5% (SG5%) y suero lactato Ringer (SLR) durante cirugía pediátrica prolongada. La población estudiada estuvo integrada por 31 niños con edades comprendidas entre 5 meses y 5 años, coordinados para cirugía craneofacial prolongada, bajo anestesia general y con reposición sanguínea. Se consideraron dos grupos de edades: I) lactantes y II) preescolares. El grupo I estuvo integrado por 14 lactantes, de los cuales siete recibieron SG5% y siete recibieron SLR. El grupo II estuvo integrado por 17 niños de los cuales 3 recibieron SG5% y 14 SLR. En total 10 niños recibieron SG5% y 21 niños recibieron SLR. Se realizaron dosificaciones de glicemia preoperatorias, intraoperatorias precoces (aproximadamente una hora después de comenzada la anestesia, antes de la cirugía y la transfusión sanguínea) y tardías (aproximadamente cinco horas después de iniciada la anestesia, durante la cirugía y luego de recibir transfusión sanguínea). La glicemia de la sangre transfundida fue de 3,72 g/l ± 1,18. Todos los niños recibieron anestesia general balanceada. Ningún paciente presentó hipoglicemia. Todos los pacientes que recibieron SG5% incrementaron sus glicemias precoces y tardías con respecto a la glicemia preoperatoria. Cinco de los 10 niños que recibieron SG5% presentaron hiperglicemia intraoperatoria (glicemia > 2 g/l). El grupo que recibió SLR también incrementó sus valores de glicemia precoz y tardía con respecto a los valores basales. En este grupo sólo se comprobó un caso de hiperglicemia. Se concluye que en anestesia pediátrica prolongada el aporte de soluciones sin glucosa acompañado de monitoreo de la glicemia es el indicado. La transfusión sanguínea debe recordarse como una fuente de aporte de glucosa.

Perfil de risco cardíaco no diabetes mellitus e na glicemia de jejum alterada

Schaan,Beatriz D'Agord; Harzheim,Erno; Gus,Iseu
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.1%
OBJETIVO: A mortalidade dos pacientes diabéticos é maior do que a da população em geral e decorre especialmente das doenças cardiovasculares. O objetivo do estudo foi identificar a prevalência dos fatores de risco cardiovasculares em indivíduos com diabetes mellitus (DM) ou glicemia de jejum alterada, a fim de direcionar as ações em saúde. MÉTODOS: Estudo transversal de base populacional, com amostragem aleatória por conglomerado, constituída de 1.066 individuos, representativa da população urbana adulta (>20 anos) do Estado do Rio Grande do Sul, realizado entre 1999 e 2000. Foi aplicado um questionário estruturado sobre os fatores de risco coronariano e as características sociodemográficas a todos os adultos maiores de 20 anos residentes no domicílio selecionado. Após.os pacientes foram submetidos à avaliação clínica e coleta de sangue para determinação de colesterol total e glicemia de jejum. Para a análise dos dados foi utilizado o pacote estatístico Stata 7. Foi estabelecido nível prévio de significância de 5%. As variáveis categóricas foram comparadas utilizando-se qui-quadrado de Pearson, enquanto que as contínuas mediante teste t de Student ou Anova, além de análise multivariável, todas controladas para efeito de conglomerado. RESULTADOS: De 992 indivíduos...

Determinantes precoces da glicemia casual em adultos da coorte de nascimentos de 1982, Pelotas, RS

Horta,Bernardo L; Gigante,Denise P; Victora,Cesar G; Barros,Fernando C; Oliveira,Isabel; Silveira,Vera
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
OBJETIVO: Avaliar o efeito de variáveis socioeconômicas, peso ao nascer, duração da amamentação e mudança de renda sobre a glicemia ao acaso em jovens adultos. MÉTODOS: Estudo sobre coorte de nascidos em 1982, quando os 5.914 nascimentos hospitalares ocorridos na cidade de Pelotas foram identificados e as mães entrevistadas. As crianças, cujas famílias residiam na área urbana da cidade, foram acompanhadas diversas vezes. Em 2004-5, 4.927 indivíduos da coorte foram entrevistados e 3.730 tiveram sangue da polpa digital coletado para medida da glicemia casual. Foi avaliada a associação entre glicemia casual e cor da pele, renda familiar ao nascer, escolaridade materna, mudança de renda entre 1982 e 2004-5, peso ao nascer e duração da amamentação. RESULTADOS: A média da glicemia foi de 97,3±15,1mg/dL, sendo maior entre os homens. Nenhuma das variáveis estudadas esteve associada com a glicemia dos homens. Entre as mulheres, a escolaridade materna, a renda familiar aos 23 anos e o peso ao nascimento estiveram inversamente associados com a glicemia. Contudo, o efeito do peso ao nascer perdeu a significância estatística na análise multivariável. CONCLUSÕES: O peso ao nascer e a duração da amamentação não apresentaram efeito em longo prazo sobre a glicemia casual...