Página 1 dos resultados de 29 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Obstrução de vias lacrimais associada ao tratamento radioiodoterápico de carcinoma de tireoide; Lacrimal drainage system obstruction associated to radioactive iodine therapy for thyroid carcinoma

Fonseca, Fabricio Lopes da; Lunardelli, Patricia; Matayoshi, Suzana
Fonte: CONSEL BRASIL OFTALMOLOGIA; SAO PAULO Publicador: CONSEL BRASIL OFTALMOLOGIA; SAO PAULO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.83%
OBJETIVO: Descrever uma série de pacientes portadores de obstrução do sistema lacrimal associado à radioiodoterapia para tratamento de carcinoma de tireoide, revisar os dados clínicos e a resposta ao tratamento cirúrgico desta rara complicação. MÉTODOS: Foi realizada uma análise retrospectiva dos achados oftalmológicos de pacientes com histórico de carcinoma de tireoide previamente submetidos à tireoidectomia e à RIT que foram encaminhados para cirurgia de vias lacrimais. RESULTADOS: Dezessete pacientes com carcinoma de tireoide tratados com tireoidectomia e RIT apresentaram obstrução do ducto nasolacrimal sintomática após período médio de 13,2 meses do tratamento do câncer. Onze pacientes tiveram epífora bilateral, 8 com mucocele de saco lacrimal. A idade dos pacientes variou entre 30 e 80 anos, sendo 10 com idade menor ou igual a 49 anos. A dose cumulativa média de radioiodo administrada foi de 571 mCi (variação entre 200-1200 mCi). Sintomas de obstrução nasal e aumento de glândulas salivares ocorreram em 53% dos pacientes. Todos os pacientes foram submetidos à dacriocistorrinostomia. Observou-se ainda que nos 3 pacientes mais jovens houve maior sangramento intraoperatótio e dilatação de saco lacrimal. A resolução completa da epífora e da dacriocistite ocorreu em 82...

Avaliação de formulações de uso tópico a base de insulina no distúrbio das glândulas lacrimais e na regeneração da córnea em ratos diabéticos; Evaluation of topical formulations based insulin disorder of lacrimal glands and in the regeneration of the cornea in diabetic rats

Cruz, Estael Luzia Coelho Madeira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.99%
Distúrbios na superfície da córnea e nas glândulas lacrimais acometem com frequência os indivíduos com diabetes mellitus. Atualmente não existe tratamento seguro e eficaz para feridas na córnea e o tratamento da síndrome do olho seco (SOS) é predominantemente sintomático. A administração tópica da insulina (INS) é uma estratégia promissora para tratar esses distúrbios, devido à presença de seus receptores na superfície ocular e na glândula lacrimal, e aos seus efeitos metabólicos e mitogênicos. No entanto, os fármacos aplicados topicamente na forma de solução são rapidamente drenados do olho, resultando em uma baixa biodisponibilidade local. O objetivo deste trabalho foi desenvolver formulações contendo INS e avaliar a sua influência no distúrbio das glândulas lacrimais e na regeneração da córnea em ratos diabéticos. Foram desenvolvidas quatro formulações contendo 1 UI/mL de INS: dispersão contendo insulina (DISP INS), dispersão contendo micropartículas quitosana/INS (DISP MP INS), gel termorreversível in situ com INS (Gel INS) e Gel contendo as micropartículas quitosana/INS (Gel MP INS). Também foram produzidas formulações "brancas", sem a veiculação do fármaco: dispersão contendo micropartículas sem insulina (DISP MP s/INS); gel termorreversível in situ sem insulina (Gel s/INS). As MP incorporadas nas formulações foram preparadas por spray drying e apresentaram tamanho de 4...

Prolapso da glândula da terceira pálpebra em cães

Menezes, Claudio Leonardo Montassieur de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.94%
O prolapso da glândula da terceira pálpebra (“olho de cereja”) é o distúrbio primário mais comum deste anexo oftálmico. Caracteriza-se pelo edema e inflamação da glândula, resultando em exposição desta no canto naso medial do olho. Esta condição afeta cães e gatos e sua etiologia envolve a fraqueza das bandas de tecido conectivo que unem a membrana nictitante aos tecidos periorbitais. Devido significativa colaboração da glândula à produção lacrimal, esta não deve ser excisada, o que pode levar ao desenvolvimento de ceratoconjuntivite seca. O tratamento de escolha é a cirurgia, na qual a glândula é reduzida, voltando à sua posição anatômica. Objetivou-se realizar, neste trabalho, revisão bibliográfica sobre o prolapso da glândula da terceira pálpebra, abordando algumas das técnicas de reposicionamento cirúrgico previamente descritas.; The third eyelid gland prolapse (“cherry eye”) is the most comon afection of this ophthalmic adnexa. It’s caracterized by gland’s oedhema and inflamation, resulting in it’s exposure in the naso medial canthus of the eye. This condition occurs in dogs and cats and his ethiology involves a weakness of the connective tissue bands that bind the membrana nictitans to the periorbital tissues. Due the significant contribution of the gland of the third eyelid to lacrimal production...

Avaliação do estresse oxidativo em modelo experimental de olho seco e a resposta ao uso de antioxidantes ômega 3 e ácido lipoico

Andrade, Alexey Santos de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.18%
O filme lacrimal é o principal mecanismo de proteção da superfície ocular contra agentes externos e a quebra de sua homeostase pode levar à síndrome do olho seco, causando desde desconforto leve a dano severo na superfície ocular com prejuízo irreversível para a visão. A produção de lágrima pela glândula lacrimal está intimamente relacionada a fatores neuroendócrinos, hormonais e imunológicos e o estresse oxidativo pode ter um papel importante na sua regulação. Induzimos, neste estudo, o olho seco em modelo animal por supressão hormonal e realizamos a suplementação dietética com ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 (AGPI n-3) e ácido lipoico, objetivando avaliar o estresse oxidativo e a resposta antioxidante na superfície ocular e glândula lacrimal e o papel destas substâncias no tratamento do olho seco. A produção lacrimal, medida através do teste de Schirmer, mostrou recuperação com a suplementação dietética com ácidos graxos poli-insaturados ômega 3 e ácido lipoico. O estresse oxidativo foi levemente modificado pelo ômega 3, enquanto o ácido lipoico teve um efeito pró-oxidante e antioxidante sítio específico, com influência importante na preservação da integridade da superfície ocular e melhora do olho seco. O dano oxidativo em proteínas foi medido através da quantificação dos níveis de carbonil e a peroxidação lipídica pela formação de MDA...

Canine lacrimal and third eyelid superficial glands macroscopic and morphometric characteristics

Cabral, Vânia Pais; Laus, José Luiz; Dagli, Maria Lúcia Zaidan; Pereira, Gener Tadeu; Talieri, Ivia Carmem; Monteiro, Eduardo Raposo; Mamede, Fabrício Villela
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 391-397
ENG
Relevância na Pesquisa
47.08%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); As glândulas lacrimal e superficial da terceira pálpebra atuam produzindo o componente aquoso do filme lacrimal. Nesta pesquisa, estudaram-se aspectos morfológicos e morfométricos do parênquima e do estroma de ambas as glândulas em cães mestiços, hígidos, adultos (machos ou fêmeas). As glândulas lacrimal e superficial da terceira pálpebra de 14 cães foram colhidas, totalizando 56 amostras. Foram estudadas, à estatística, as variáveis macroscópicas e morfométricas, comparando-as quanto ao tipo glandular (lacrimal e superficial da terceira pálpebra) e quanto ao dimorfismo sexual (macho e fêmea). Às glândulas lacrimais foram significativamente maiores comparativamente as superficiais da terceira pálpebra. Foram evidenciados diferenças morfométricas expressivas quanto aos vasos e ductos interlobulares, ducto interlobular, infiltração linfocitária e parênquima secretório entre os dois tipos glandulares. As glândulas lacrimais dos machos foram significativamente maiores comparativamente às fêmeas, assim como as glândulas superficiais da terceira pálpebra apresentaram-se mais espessas. A maior infiltração linfocitária e a menor proporção de parênquima secretor nas fêmeas poderá ser uma das razões para uma maior incidência de ceratoconjuntivite seca (CCS) em fêmeas na população canina.; The lacrimal and third eyelid superficial glands produce the aqueous component of the preocular tear film. In this research...

Iatrogenic keratoconjunctivitis sicca in a dog

Almeida, Denise Eliza de; Mamede, Fabricio Villela; Duque Ortiz, Juan Pablo; Laus, José Luiz
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Publicador: Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 921-924
ENG
Relevância na Pesquisa
47.25%
Anormalidades quali-quantitativas em componentes primários da lágrima podem alterar a dinâmica do filme lacrimal, comprometendo sua função. O filme lacrimal é composto por lipídios, uma fração aquosa e por mucoproteínas. A ceratoconjuntivite seca (CCS) é uma enfermidade freqüentemente diagnosticada em cães, caracterizada pela deficiência da fração aquosa do filme lacrimal, resultando em dessecação e inflamação da conjuntiva e córnea, dor, doença corneana progressiva e redução da visão. Devido à contribuição significativa da glândula da terceira pálpebra na produção da porção aquosa do filme lacrimal, a remoção desta glândula, quando prolapsada, constitui-se em importante causa de CCS iatrogênica. Este trabalho relata um caso clínico de ceratoconjuntivite seca iatrogênica, em um cão da raça Boston Terrier de 10 meses de idade, causada pela remoção cirúrgica da glândula lacrimal da terceira pálpebra, quando esta encontrava-se prolapsada.; Qualitative and quantitative abnormalities in primary components of the tear can alter the dynamics of the lacrimal film, compromising its function. Lipids, an aqueous fraction and mucoproteins constitute the lacrimal film. Keratoconjunctivitis sicca (KCS) is a disease commonly diagnosed in dogs. It is characterized by the deficiency of the aqueous fraction in the lacrimal film that results in dryness...

Proposta de um modelo experimental de prolapso da glândula da terceira pálpebra em cães: estudo clínico e à morfologia

Cabral, Vania Pais
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiii, 44 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
47.1%
Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; Com o trabalho, propõe-se apresentar um modelo experimental de prolapso da glândula da terceira pálpebra em cães, valendo-se, para tal, da ressecção do retináculo glandular periorbitário e de estudos macro e microscópicos, bem como das intercorrências clínicas, quanto à produção lacrimal. As variáveis foram estudadas em bulbos dos olhos com glândulas prolapsadas, em outros com glândulas sepultadas cirurgicamente e em bulbo do olhos que passaram por exérese glandular. Mediante análise dos resultados constatou-se que a produção lacrimal diminuiu, comparativamente às glândulas normais não prolapsadas, notadamente naqueles casos em que as glândulas prolapsadas não foram sepultadas. Glândulas prolapsadas apresentaram-se maiores, quanto ao comprimento, à largura e à espessura. Microscopicamente, glândulas prolapsadas não sepultadas cirurgicamente, exibiram alterações inflamatórias glandulares e ductais em maior intensidade. Das glândulas prolapsadas, 84,2% assim permaneceram, permitindo que fossem estudadas quanto às variáveis concebidas.; The work proposes to present an experimental model of prolepsis of the third eyelid gland in dogs, using for such a thing the resection of the periorbital glandular support and macro and rnicroscopic studies...

Estudo da glandula lacrimal extra orbitaria de ratos, cujas mães foram tratadas com palmitato de vitamina "A" no decimo dia de gestação

Maria Amalia Valadão Dias
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1987 PT
Relevância na Pesquisa
36.45%
Não informado; Not informed

Sinalização da insulina em glandulas lacrimais e salivares, e em superficie ocular

Eduardo Melani Rocha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.8%
As células da superficie ocular assim como os tecidos das glândulas salivares e lacrimais respondem à insulina quando em cultura, e podem softer modulação no seu ritmo de proliferação quando expostas a este hormônio. Os objetivos do presente estudo foram: (1) investigar a presença da insulina no filme lacrimal; (2) identificar o receptor de insulina, bem como os elementos participantes da via de sinalização intracelular da insulina nestes tecidos; (3) conhecer os efeitos de diabetes mellitus, envelhecimento e gênero sobre as etapas iniciais da sinalização da insulina em glândulas lacrimais e salivares de ratos. A presença de insulina na lágrima foi avaliada por radioimunoensaio enquanto que a identificação dos elementos envolvidos na transmissão do sinal insulínico e a resposta celular ao hormônio foram avaliados através de imunohistoquímica, imunoprecipitação e "imunoblotting". A insulina foi identificada em lágrima humana, havendo aparente relação com níveis circulatórios do hormônio. Demonstrou-se que: o receptor de insulina e o IGFIR estão presentes na cómea e na conjuntiva humana, e também que o RI, IRS-l, IRS-2, Shc, IGF-IR e STAT-l estão presentes em glândulas lacrimais e salivares de ratos; a fosforilação insulino-induzida do receptor de insulina foi significativamente menor em glândula lacrimal de ratos diabéticos...

Avaliação dos produtos finais de glicosilação e o fator nuclear K-B em glandulas lacrimais e superficie ocular de modelos animais de diabetes e envelhecimento; Advanced glycation end-products and Nuclear Factor K-B in lacrimal glands and ocular surface of diabetes and aging animal models

Monica de Cassia Alves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.8%
Este estudo avaliou as possíveis vias comuns na fisiopatogênese da síndrome do olho seco no Diabetes Mellitus (DM) e no envelhecimento, envolvendo o acúmulo dos produtos de glicosilação ("Advanced Glycation End-products" - AGEs), seu receptor RAGE e a ativação do Fator Nuclear-?B (NF-?B) na glândula lacrimal (GL) e alterações do filme lacrimal nessas condições. Modelos animais de DM induzido com estreptozotocina e animais senis (24 meses de vida) foram comparados a animais controle tratados com tampão citrato e adultos jovens (2 meses de vida). Foram avaliadas vias de sinalização, envolvendo AGEs, RAGE e a ativação do NF-?B na GL e alterações no filme lacrimal em ratos Wistar de todos os grupos. A análise do filme lacrimal foi realizada através de medidas de volume de secreção basal e dosagem de citocinas como a Interleucina-1 ß (IL-1 ß) e Fator de Necrose Tumoral - a (TNF- a). A capacidade secretória da GL foi avaliada através de medidas da atividade de peroxidase. Técnicas de "western blot" foram utilizadas para avaliar a expressão e ativação do NF-?B na GL. A expressão de AGE, RAGE e NF-?B na GL e córnea nos grupos estudados, foi avaliada através de microscopia confocal com imunofluorescência. O volume lacrimal foi significativamente menor nos animais diabéticos e senis (P=0...

Avaliação da superfície ocular de cães com protrusão da glândula da terceira pálpebra

Mota, Luana Paes de Aguiar
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.99%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2014.; O presente trabalho foi um estudo abrangente e optou-se por dividi-lo em dois artigos. O primeiro redigido e formatado segundo as normas de submissão para publicação na revista Pesquisa Veterinária Brasileira (Brazilian Journal of Veterinary Research, ISSN: 0100-736X; Fator de impacto 0.51, Qualis A2) e o segundo, redigido e formatado segundo as normas de submissão para publicação da revista Veterinary Ophthalmology (Fator de impacto 0.959, ISI Journal Citation Reports © Ranking: 2012: 66/143 (Veterinary Sciences) Online ISSN: 1463-5224)”. ______________________________________________________________________________ RESUMO DO ARTIGO 1; O teste de cristalização da lágrima (TCL) ainda não foi padronizado em cães. Este trabalho propõe padroniza-lo e validar o programa STEPanizer © stereology tool version 1.0 como método de classificação complementar para o teste. Foram utilizados 31 cães (62 olhos), sem predominância de sexo ou raça, com idade média de 18,8 ± 18.4 meses. Dentre estes, 14 apresentavam a superfície ocular hígida e 17 apresentavam protrusão unilateral da glândula da terceira pálpebra. Foram realizados em todos os cães...

Proteómica das glândulas lacrimais : estudo da acção da ecstasy

Aroso, Miguel Ângelo Mouta Martins
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.23%
As lágrimas são de grande importância na saúde ocular, cite-se como exemplo o síndrome do olho seco (DES), que afecta milhões de pessoas todos os anos. A glândula lacrimal, principal responsável pela constituição das lágrimas, modula a sua secreção de acordo com estimulação parassimpática e simpática, sendo, por isso, afectada por medicação tópica ou sistémica. Assim, nos últimos anos tem havido um interesse crescente no estudo da composição proteica do fluido lacrimal e da relação dessa composição com diferentes estímulos da glândula lacrimal. A Ecstasy (3,4-metilenodioximetanfetamina, MDMA) é a terceira droga ilegal mais utilizada, depois da cannabis e anfetamina e é um composto simpaticomimético de acção indirecta, afectando a secreção glandular. O objectivo deste trabalho foi avaliar o efeito, ao tempo de uma e 24 horas, da MDMA na expressão proteica da glândula lacrimal após administração aguda em rato e determinar a distribuição da MDMA em diferentes tecidos de rato. A MDMA foi quantificada, após hidrólise ácida e extracção em fase sólida das amostras, por espectrometria de massa (Triplo-Quadrupolo). Ao tempo de 1 hora, concentração de MDMA na glândula lacrimal é bastante elevada relativamente aos restantes tecidos. Para a análise da expressão proteica da glândula lacrimal e de forma a reduzir a complexidade do proteoma glandular efectuou-se o fraccionamento subcelular desta glândula...

Exérese do segmento vertical do canalículo lacrimal na síndrome do olho seco: estudo preliminar

Forno,Eliana; Buzalaf,Flavio
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.99%
OBJETIVO: Avaliar a eficácia e possíveis complicações da remoção do segmento vertical do canalículo lacrimal, em pacientes com síndrome do olho seco grave. MÉTODOS: Seis canalículos de quatro pacientes, 3 dos quais tinham o diagnóstico de olho seco associado à síndrome de Sjögren primária e o quarto, ceratoconjuntivite sicca por remoção completa de glândula lacrimal, foram submetidos a exérese do segmento vertical do canalículo lacrimal. Os critérios de inclusão foram: sinais e sintomas de olho seco que não melhoraram com tratamento clínico, Schirmer menor que 5 mm, rosa bengala corando córnea e conjuntiva e casos de recanalização após eletrocauterização dos pontos. Os pontos lacrimais foram avaliados por exame biomicroscópico após 7, 15, 30, 90 e 180 dias da cirurgia. RESULTADOS: No período de seguimento, nenhum canalículo sofreu recanalização. Em cinco olhos, houve diminuição da ceratite ponteada difusa e dos filamentos corneanos e melhora nos valores do teste de Schirmer e rosa bengala. No olho submetido à remoção completa da glândula lacrimal, a córnea ainda apresentava ceratite ponteada difusa, mesmo após dois meses de cirurgia. Não houve alterações da margem palpebral. CONCLUSÃO: Esta técnica...

Efeito da hiperprolactinemia induzida pela metoclopramida na glândula lacrimal: estudo experimental

Verna,Carina; Martins,Fernanda Watanabe; Mosquette,Rejane; Simões,Ricardo Santos; Simões,Manuel de Jesus; Soares Júnior,José Maria; Baracat,Edmund Chada
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
67.06%
OBJETIVO: avaliar as alterações morfológicas promovidas pela hiperprolactinemia induzida pela metoclopramida na glândula lacrimal de camundongas durante a fase de proestro e gestação. MÉTODOS: 40 camundongas adultas foram divididas em dois grupos: CTR1 (controle) e MET1 (tratadas com metoclopramida). Após 50 dias, metade dos animais de cada grupo foram sacrificados por decapitação. Os restantes foram acasalados, constituindo os grupos controle prenhe (CTR2) e metoclopramida prenhe (MET2), que foram sacrificadas no 6º dia de gestação. O sangue foi coletado e submetido à dosagem hormonal dos níveis de estradiol e de progesterona por quimioluminescência. Em seguida as glândulas lacrimais foram removidas, fixadas em formol a 10% e processadas segundo metodologia histológica para inclusão em parafina, sendo as lâminas coradas pelo HE. A análise morfométrica foi realizada com o programa AxionVision (Carl Zeiss), medindo-se os volumes celulares e nucleares das células acinares. RESULTADOS: os volumes nuclear e celular das glândulas lacrimais dos grupos experimentais MET1 (152,2±8,7; 6,3±1,6 µm³) e MET2 (278,3±7,9; 27,5±0,9 µm³) mostraram-se reduzidos em relação aos grupos controles CTR1 (204...

Tear film and ocular surface alterations in chronic users of antiglaucoma medications; Alteração do filme lacrimal e superfície ocular em usuários crônicos de medicação antiglaucomatosa

BAFFA, Lina do Prado; RICARDO, Jose Reinaldo da Silva; DIAS, Ana Carolina; MÓDULO, Carolina Maria; BRAZ, Alexandre Martins; PAULA, Jayter Silva de; RODRIGUES, Maria de Lourdes Veronese; ROCHA, Eduardo Melani
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
36.76%
PURPOSE: Tear film can be altered by chronic medications that may disrupt the equilibrium responsible for the functioning of the lacrimal gland and ocular surface. The purpose of this study was to determine if antiglaucomatous chronic treatment induced alterations in the tear film and ocular surface. METHODS: After informed consent, 21 patients using antiglaucomatous eye drops for more than 8 months and 20 age- and sex-matched volunteers without eye and systemic medications (control group) were enrolled. The data of ocular discomfort, fluorescein and lisamine green staining, tear film break-up time and Schirmer test were collected and compared by Student's t test. The impression cytology data were graded and compared by chi-square test. RESULTS: Patients chronically using antiglaucomatous medications presented with significant higher fluorescein staining (p=0.003), lisamine green staining (p=0.02) and lower TFBUT (p=0.001). The other comparedparameters, including impression cytology were similar between the treated and control group (p>0.05). CONCLUSIONS: The present study shows that the tear film and the ocular surface are altered in patients under antiglaucomatous medications. In common, all medications were preserved with benzalkonium chloride. Efforts to minimize the adverse effects of chronic use of antiglaucomatous drugs must be addressed.; OBJETIVO: O filme lacrimal pode ser alterado por medicações crônicas...

Estudio experimental sobre dos peculiares estructuras del Armadillo Chaetophractus villosus : El núcleo de Onuf y la glándula de Harder; Experimental study of two peculiar structures of the armadillo Chaetophractus villosus : The Onuf’s nucleus and the Harderian gland

Aldana Marcos, Hernán Javier
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //1996 SPA
Relevância na Pesquisa
47.11%
Esta Tesis se divide en: 1-El modelo experimental y la importancia del armadillo Chaetophractus villosus en la investigación biométrica; 2-Estudio del Núcleo de Onuf del Chaetophractus villosus; 3-Estudio de la glándula de Harder (GH) del Chaetophractus villosus. En la primera, se realizó, un resumen de la Sistemática y Taxonomía del Chaetophractus villosus y se mencionaron algunas líneas de investigación biomédica que han utilizado con éxito este modelo experimental. En la segunda se exponen los resultados obtenidos en la investigación del Núcleo de Onuf (NO). El trabajo fue dividido en: I-Revisión de los conocimientos actuales sobre el NO y la musculatura perineal dimórfica; II- Estudio del pene y de los músculos isquiocavernosos (IC), bulbocavernosos PC) y levator penis (LP), estudio de la inervación de dichas estructuras; III- Estudio de la columna vertebral y de la médula espinal, IV-Estudio del NO mediante ME y MO, marcación retrógrada de los IC, BC y LP con HRP y con colorantes fluorescentes-relación con el NO-. La tercera parte está abocada al estudio de las glándulas perioculares-fundamentalemente la GH- del Chaetophractus villosus. El trabajo se dividió en: I-Revisión de los conocimientos actuales de las glándulas perioculares. II-Estudio topográfico y macroscópico de la GH...

Estudio experimental sobre dos peculiares estructuras del Armadillo Chaetophractus villosus : El núcleo de Onuf y la glándula de Harder; Experimental study of two peculiar structures of the armadillo Chaetophractus villosus : The Onuf’s nucleus and the Harderian gland

Aldana Marcos, Hernán Javier
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: Tesis Doctoral Formato: text; pdf
Publicado em //1996 ESPAñOL
Relevância na Pesquisa
46.91%
Esta Tesis se divide en: 1-El modelo experimental y la importancia del armadillo Chaetophractus villosus en la investigación biométrica; 2-Estudio del Núcleo de Onuf del Chaetophractus villosus; 3-Estudio de la glándula de Harder (GH) del Chaetophractus villosus. En la primera, se realizó, un resumen de la Sistemática y Taxonomía del Chaetophractus villosus y se mencionaron algunas líneas de investigación biomédica que han utilizado con éxito este modelo experimental. En la segunda se exponen los resultados obtenidos en la investigación del Núcleo de Onuf (NO). El trabajo fue dividido en: I-Revisión de los conocimientos actuales sobre el NO y la musculatura perineal dimórfica; II- Estudio del pene y de los músculos isquiocavernosos (IC), bulbocavernosos PC) y levator penis (LP), estudio de la inervación de dichas estructuras; III- Estudio de la columna vertebral y de la médula espinal, IV-Estudio del NO mediante ME y MO, marcación retrógrada de los IC, BC y LP con HRP y con colorantes fluorescentes-relación con el NO-. La tercera parte está abocada al estudio de las glándulas perioculares-fundamentalemente la GH- del Chaetophractus villosus. El trabajo se dividió en: I-Revisión de los conocimientos actuales de las glándulas perioculares. II-Estudio topográfico y macroscópico de la GH...

Histopathological, immunohistochemical and molecular characterization of ocular and adnexal involvement in canine leishmaniosis

Naranjo i Freixa, Carolina
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2011 ENG
Relevância na Pesquisa
26.87%
La leishmaniosis canina (LC) es una zoonosis endémica en el Mediterráneo, está causada por Leishmania infantum y se transmite por Phlebotomus. En áreas endémicas, la prevalencia de la infección es muy superior a la prevalencia de la enfermedad. La LC es una enfermedad sistémica y los perros se pueden presentar con gran variedad de signos clínicos. Los signos clínicos oculares aparecen en el 16% al 80% de los perros con leishmaniosis y queratoconjuntivitis seca (KCS) se diagnostica en 2 - 17% de ellos. Pocos estudios han investigado los mecanismos patogénicos que causan los signos clínicos oculares. El principal objetivo de este proyecto fue adquirir un mayor conocimiento de las alteraciones que ocurren en los ojos y anejos oculares de los perros con leishmaniosis. En el primer estudio se caracterizó el tipo de infiltrado inflamatorio presente en los ojos de perros con leishmaniosis, en qué estructuras oculares estaba localizado y se evaluó la presencia de amastigotes de Leishmania mediante inmunohistoquímica. El 30% de los globos oculares presentaban inflamación granulomatosa a piogranulomatoso con linfocitos y células plasmáticas. El parásito se detectó en el 26,6% de los ojos. El infiltrado granulomatoso y el parásito estaban asociados significativamente. Las estructuras afectadas fueron...

Imunomarcação de leishmania sp. e aspectos histológicos na terceira pálpebra de cães naturalmente infectados por leishmania (leishmania) chagasi; Hystopathology and leishmania sp. immunostaining in third eyelid of leishmania (leishmania) chagasi naturally infected dogs

Lima, Aline Maria Vasconcelos; Santos, Adriana da Silva; Faleiro, Mariana Batista Rodrigues; Moura, Veridiana Maria Brianezi Dignani de; Brito, Fábio Luiz da Cunha; Brito, Luiz Augusto Batista
Fonte: Jose Henrique Stringhini; brasil; UFG; Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG) Publicador: Jose Henrique Stringhini; brasil; UFG; Escola de Veterinária e Zootecnia - EVZ (RG)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.79%
v.16, n.4, p. 538-547 out./dez. 2015.; Canine visceral leishmaniasis (CVL) is a disease with multisystemic injuries, and among the various tissues affected, the third eyelid (TE) is often involved. This ocular adnexa has been studied for the leishmaniasis pathogenesis elucidation and for diagnosis advance. This study aimed to carry out the parasite immunodetection and evaluate histologic lesions in TE of Leishmania (leishmania) chagasi naturally infected dogs. Twenty-six TE samples from infected dogs were submitted to histologic evaluation and to immunohistochemistry for Leishmania sp. The main lesion observed in the third eyelid conjunctiva (TEC) was lymphoplasmacytic inflammation, with Mott cells and parasitized histiocytes. Additionally, loss of epithelial stratification, ulceration, goblet cells thinning or hyperplasia were often found. The same inflammatory pattern was observed in the third eyelid lacrimal gland (TELG), often accompanied by acinar atrophy and secretory ducts dilatation. Immunohistochemistry revealed parasitism in all samples, in different intensities.; Programa de Apoio à Publicações Periódicas Científicas (PROAPUPEC) da UFG;CNPq; CAPES; A leishmaniose visceral canina (LVC) é uma doença que envolve lesões multissistêmicas e...

Tratamiento de la obstrucción del conducto lacrimal con el stent Tear-Leader

Ferrer,D.; Esteban,E.; Aparisi,P.; Cosín,O.
Fonte: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología Publicador: Archivos de la Sociedad Española de Oftalmología
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/10/2009 SPA
Relevância na Pesquisa
36.74%
Objetivo: Describir los resultados clínicos y estudiar la permeabilidad del stent de Tear-Leader (PBN) en el tratamiento de la obstrucción del conducto lacrimal. Método: Estudio prospectivo de 68 pacientes, remitidos desde el Servicio de Oftalmología para estudio de epífora por sospecha de obstrucción del conducto lacrimal. Hemos colocado un total de 74 stents Tear-Leader. Los criterios de inclusión fueron: obstrucción completa del conducto lacrimal con permeabilidad de canalículos y de puntos lacrimales así como ausencia de infección aguda. Hemos realizado en todos los pacientes el control clínico y una encuesta de satisfacción. Se realizó un estudio estadístico descriptivo y se evaluó la permeabilidad de la prótesis usando las curvas de Kaplan Meier. Resultados: El seguimiento de los pacientes se realizó durante dos años. Se confirmó la resolución total de la epífora en el 77%, (en el 23% persistió una epífora grado I). Permeabilidad del stent: la mediana fue de 490 días (15 meses) con rango de 11-730 días, al año la permeabilidad fue de 0,51 y a 2 años de 0,31. Refieren implantación dolorosa el 10% de los casos implantados. Aparecieron episodios de dacriocistitis leve en el 18% de los casos. Encuesta de satisfacción a los 68 pacientes: con respecto a la técnica...