Página 1 dos resultados de 1044 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Gestão democrática na rede municipal de educação de Porto Alegre de 1989 a 2000 : a tensão entre reforma e mudança

Medeiros, Isabel Letícia Pedroso de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.79%
Esta dissertação de mestrado tem como objetivo a análise da gestão democrática da educação na rede municipal de Porto Alegre, no período de 1989 a 2000, enfocando nesse movimento os aspectos de reforma – introdução de inovações que garantem a continuidade de determinadas práticas sociais – e mudança – estabelecimento de rupturas geradoras de práticas sociais inéditas, considerando os diferentes agentes sociais envolvidos, dentre eles o Estado e suas políticas públicas. Trata-se de uma investigação qualitativa, a partir da análise de material escrito (legislação instituinte dos instrumentos de gestão democrática, textos de enunciado político produzidos pela Secretaria Municipal de Educação e outros agente sociais e documentos das escolas) e oral (depoimentos de atores envolvidos no processo: assessores da Secretaria Municipal de Educação; membros de Conselhos Escolares das escolas municipais, representantes dos segmentos pais, alunos, professores e funcionários; presidente do Conselho Municipal de Educação; diretor de escola; dirigente da Associação de Trabalhadores em Educação). A pesquisa focalizou questões sobre as práticas e as relações (regulatórias e emancipatórias) dos diferentes agentes sociais presentes nesse cenário...

A formação de conselheiros municipais de educação e gestão democrática dos sistemas municipais de ensino : uma política pública em ação

Batista, Neusa Chaves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
O presente trabalho tem por finalidade analisar o processo de construção da política nacional de formação de conselheiros municipais de educação. Esta política pretende, em cumprimento ao dispositivo constitucional que afirma o princípio de gestão democrática do ensino público, induzir o fortalecimento da gestão democrática dos sistemas municipais de ensino a partir da qualificação de conselheiros. Com base nesta meta, já prevista no Plano de Educação do Governo Lula, no ano de 2003, o Ministério da Educação (MEC), a partir de uma combinação específica de leis, de atribuições de crédito, de administrações e de pessoal voltados para a realização de um conjunto de objetivos - constrói o programa de ação governamental, o Pró-conselho. Tendo como unidade de análise o programa Pró-conselho, se dá foco à sua gestão. No estudo da formulação e da implementação do Programa, mapeiam-se os atores que participam direta ou indiretamente na construção da política, bem como as estratégias de implementação. O estudo da implementação "in loco" é realizado no estado do Rio Grande do Sul. O referencial teórico, analítico e metodológico compreende desde uma reflexão sobre a relação entre o Estado...

Participação da comunidade e gestão democrática : um estudo em escolas estaduais de Mato Grosso

Baldinotti, Sérgio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.69%
O objeto de estudo nesta dissertação é a participação da comunidade na Gestão Democrática das escolas estaduais de Mato Grosso. Escolhi este tema porque acredito que a democracia, como processo de decisão coletiva no plano institucional, concretizase com a participação dos agentes envolvidos a quem se destinam as ações. A Gestão Democrática deve ser inserida nas transformações da reforma do Estado, provocadas pelas alterações no mundo da produção. Estas alterações estão repercutindo com muita intensidade nos procedimentos administrativos das instituições escolares, sejam elas públicas ou privadas. Nesta perspectiva desenvolvi o exercício de conhecer a participação na gestão escolar, procurando identificar quem participa, onde participa, como participa e quais são os veículos facilitadores, ou não, da participação, ou seja, tentando entender o grau de participação da comunidade nesse processo – o seu sentido político e pedagógico. A noção de democracia utilizada para compreender a Gestão Democrática tem suas bases nas idéias de Norberto Bobbio (2000b), para o qual o processo decisório deve envolver as pessoas que terão suas vidas reguladas pelas decisões tomadas pelo órgão ao qual pertence. Para desenvolver de reconhecimento da participação utilizei entrevistas com pessoas da comunidade que integram aos Conselhos Escolares...

Gestão democrática na escola pública na perspectiva da educação popular do campo : um estudo de caso na E.M.E.F. Dr. Jaime de Faria

Bierhals, Patricia Rutz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
Este trabalho tem como proposição de pesquisa investigar o que condiciona e o que potencializa a gestão democrática no cotidiano da E.M.E.F. Dr. Jaime de Faria na perspectiva da Educação Popular do Campo, a partir da vivência camponesa e experiência enquanto educadora neste espaço escolar, objetivando evidenciar junto à comunidade que constitui a Escola Dr. Jaime de Faria a importância da gestão democrática no cotidiano de uma escola comprometida com a educação do povo, contribuindo através da pesquisa para o aprimoramento do processo de desenvolvimento da gestão democrática no cotidiano da escola tendo como base estrutural a Educação Popular do Campo. Também desafia-se a mostrar os limites e condicionamentos presentes no cotidiano da comunidade escolar, bem como anunciar as potencialidades presentes nas relações estabelecidas com vistas a promover a gestão democrática na escola pública do campo. O aprofundamento da investigação sustenta-se no estudo teórico e levantamento bibliográfico do processo histórico da gestão democrática, da escola pública e da Educação Popular do Campo, evidenciando as diferentes perspectivas no decorrer da história anunciando um projeto educativo e societário na lógica das classes trabalhadoras ou na lógica do capital...

A trajetória legal dos mecanismos de gestão democrática no Estado de São Paulo: os caminhos percorridos

Trindade, Elaine Freitas Romo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 165 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Pós-graduação em Educação - FFC; Este trabalho será desenvolvido através de pesquisa bibliográfica e análise documental e terá como objetivo principal investigar a atuação da legislação, federal e estadual, na implementação e regulamentação da gestão democrática da escola pública. A gestão democrática possui grande potencial de realização na escola através dos colegiados e das instituições escolares, quais sejam: o Conselho de Escola, o Conselho de Classe e Série, a Associação de Pais e Mestres e o Grêmio Estudantil, espaços estes reconhecidos e instituídos legalmente como espaços de participação no interior da escola. Sendo assim, tendo como eixo principal a legislação federal, que fundamenta a legislação estadual, municipal e do Distrito Federal, analisaremos mais detalhadamente o princípio da gestão democrática na legislação educacional do Estado de São Paulo, assim como a atuação das normas legais nos colegiados e nas instituições escolares. Para tanto, serão analisadas leis, decretos, resoluções, pareceres, regimentos, ou seja, a base legal que sustenta a organização e o funcionamento das escolas públicas estaduais paulistas. Trabalhamos com a hipótese de que a gestão democrática pode se realizar no interior das escolas públicas paulistas...

Movimento estudantil, gestão democrática e autonomia na Universidade

Ferraro, Karina Perin
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 209 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação - FFC; Este trabalho procura discutir a intervenção e contribuição do movimento estudantil (ME) para a construção da autonomia e gestão democrática da Universidade Estadual Paulista (UNESP). O movimento de democratização da gestão foi desencadeado em 1984 pelas entidades representativas dos três segmentos da comunidade universitária, isto é, estudantes, docentes e funcionários, o qual resultou na primeira reforma democrática desta instituição. A autonomia outorgada pelo Governo Estadual em 1989 às Universidades Estaduais Paulistas, a saber: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e UNESP, consolidou-se como um aspecto da gestão democrática. Esse movimento de democratização foi retomado, de forma explícita, em 2007 pelas Universidades Estaduais Paulistas, em resposta ao conjunto de decretos promulgados pelo Governador José Serra. Neste contexto, o trabalho tem como objetivo geral verificar a intervenção e contribuição do ME para a construção da autonomia e gestão democrática da UNESP. Os objetivos específicos são analisar a literatura e documentação disponível sobre a temática; verificar o desenvolvimento da autonomia e da gestão democrática na UNESP no período determinado...

A re-configuração das atribuições do diretor escolar com a instauração do regime de gestão democrática da escola

Silva, Maraisa Priscila Samuel da
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação - FFC; A discussão sobre a gestão democrática na escola pública está intimamente ligada a um importante instrumento para a melhoria da qualidade da educação pública. As vantagens de uma gestão democrática da escola, em que as decisões são tomadas pelo grupo, não se referem apenas à democratização interna, mas também ao fortalecimento da unidade escolar externamente. Sabendo que a escola possui uma organização que prevê uma estrutura organizacional interna, estabelecida através de documentos legais, a discussão a respeito das atribuições do diretor de escola se faz cada vez mais freqüente na realidade educacional brasileira. Desse modo, a gestão democrática da escola pública é considerada um marco no que se refere à organização da escola, tendo em vista que esse paradigma de gestão apresenta uma proposta de mudança nas relações de poder existentes no ambiente escolar. Assim, analisar as funções do diretor da escola pública e suas implicações na organização do ambiente escolar, significa entender também o contexto histórico, econômico e sobretudo, político no qual essas atribuições foram instituídas. Frente ao exposto...

Gestão democrática escolar em Cuiabá: estudo de caso

Gomes, Delarim Martins
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 220 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
Pós-graduação em Educação - FFC; Esta é uma pesquisa qualitativa, na modalidade estudo de caso, na qual a coleta de dados se deu, principalmente, através de entrevistas semi-estruturadas e, complementarmente, mediante observações em campo e análise de documentos. Uma vez preparados, os dados foram tratados através da análise léxica e análise de conteúdo - em procedimento seqüencial, recorrente e complementar - a fim de investigar, com lastro em aspectos da teoria geral do estado, a gestão democrática da escola municipal cuiabana, de 1993 a 2004, com contextualização, por meio de consulta bibliográfica, com o período de 1986 a 1988, no qual a rede municipal passou por uma experiência, convenientemente, denominada de protodemocracia. No segundo período, constituído como foco da pesquisa, examina-se a primeira e a segunda leis municipais de gestão democrática e, ainda, as práticas supostamente democráticas, na escola pesquisada, tendo como referência a e os próprios estatutos legais. Adicionalmente, procura-se avaliar se a gestão democrática, supostamente já estabelecida, é, também, democratizante na perspectiva de fazer emergir o . Conclui-se que, embora o ponto de partida haja sido a democracia inexistente...

A participação do aluno no processo de gestão democrática da Escola De Formação de Professores da Lunda Norte - Angola

Mário, Santos
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
A gestão democrática será objecto de estudo dessa pesquisa. Visamos conhecer o nível de participação dos alunos no processo de gestão democrática da Escola de Formação de Professores da Lunda Norte, Angola. O princípio de gestão democrática ou participação está instituído na legislação vigente, sobretudo na Lei Constitucional da República de Angola (Artigos 2º, 21º na alínea l) e na Lei da Reforma Educativa (Lei n.º 13/01 de 31 de Dezembro, artigo 6º). Embora no sistema de ensino angolano ainda não esteja definida a regulamentação sobre gestão democrática, as instituições escolares a implementam de forma conveniente, com base nos modelos de gestão democrática universalmente em vigor, permitindo a aparente envolvimento de todos segmentos nas decisões do quotidiano escolar afim de satisfazer a iniciativa legislativa e consequente melhoria da gestão e da qualidade do ensino. Portanto, a investigação será feita com intenção de produzir radiografia referente a níveis de participação dos alunos; ##### ABSTRACT: STUDENT PARTICIPATION IN THE DEMOCRATIC PROCESS MANAGEMENT SCHOOL TEACHER LUNDA NORTE-ANGOLA The democratic management will be the subject of study of this research. We aim to meet the level of student participation in the process of democratic management of the Training School for Teachers of Lunda Norte...

A educação de qualidade e os critérios para uma gestão democrática na escola pública em Macapá, Amapá-Brasil

Sousa, Benedita do Socorro Sousa de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
O estudo desta Dissertação trata da educação de qualidade e os critérios para uma gestão democrática na escola pública em Macapá, Amapá-Brasil. Tem como objetivo desvendar os critérios que permeiam para que a gestão da escola campo de pesquisa seja de fato democrática. A pesquisa se fundamenta em estudo de caso, de abordagens quantitativa e qualitativa com enfoque dialético, na qual foi envolvida para investigação a Escola Estadual Raimunda Virgolino, do Município de Macapá, Estado do Amapá, Brasil, como foco para o conhecimento do processo de gestão democrática adquirida por prêmio em Referência de Gestão Escolar Nacional em 2008. A coleta de dados envolveu: alunos, professores, equipe gestora, pais e equipe de apoio, realizada mediante a aplicação de questionários e observação in loco com a finalidade de desvelar a mais abrangente situação sobre o tema abordado. Foram utilizados como suporte à pesquisa estudos bibliográficos de diferentes autores que abordam a temática em questão. Traz como resultado a busca incessante da escola em sustentar a referida premiação, tendo como visão o que dizem os autores a respeito de gestão democrática. O que se espera é uma maior aplicação de estudos que visem a promover realmente a gestão democrática...

Estado patrimonial e gestão democrática do ensino público no Brasil

Mendonça,Erasto Fortes
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 PT
Relevância na Pesquisa
66.62%
O artigo aborda o tema da Gestão Democrática do Ensino Público no Brasil. Busca identificar como os sistemas de ensino dos estados, do Distrito Federal e dos municípios das capitais organizaram-se para responder ao ordenamento constitucional que estabeleceu a gestão democrática como princípio do ensino público e em que níveis adaptaram suas legislações e normas, sua estrutura administrativa e seu funcionamento às demandas por participação. Analisa as concepções de gestão democrática à luz das categorias participação, processo de indicação de diretores, constituição e funcionamento de colegiados, descentralização e autonomia. Aponta estudos e pesquisas recentes sobre os esforços e as resistências verificados em processos de implementação de mecanismos de gestão democrática em diversos sistemas de ensino. Considera que a gestão democrática é adotada pelo Estado para alcançar seus objetivos estratégicos. Analisa as dificuldades decorrentes da implantação desses mecanismos que, pressupondo forte participação da sociedade, é patrocinada por um Estado fortemente marcado por ordenamentos patrimonialistas.

O discurso de gestão democrática na administração da educação no município de Santa Cruz do Capibaribe

Quetti Marques de Souza, Débora; Malaquias de Moraes Santos, Evson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.62%
O presente estudo se insere no debate sobre o discurso e prática de gestão democrática da educação e tem como objetivo analisar as significações de democracia da gestão educacional no município de Santa Cruz do Capibaribe PE. Compreendemos que a sociedade se efetiva por redes simbólicas e imaginárias, que implicam instauração de sentidos e afetividade em suas instituições e em suas relações sociais e interinstitucionais. Cada sociedade é governada por um imaginário central e, no nosso caso, predomina o patrimonial: o domínio do privado sobre o público, relações de favores hierarquizadas e domésticas. A democracia é expressão de um imaginário fundado pelo indivíduo e pela liberdade o que implica a instauração de uma representação e afetividade, ou seja, a democracia é um valor sócio-histórico. Os procedimentos teórico-metodológicos englobam uma narrativa histórica do poder político do município de Santa Cruz do Capibaribe; análises de documentos que tratam de políticas de gestão democrática e participativa, em nível do discurso federal e local; observações das reuniões da Secretaria Municipal de Educação com os diretores e entrevista com um dirigente escolar. Os resultados mostraram que existe uma propagação de um discurso de gestão democrática...

A materialização da política de gestão democrática na escola : uma análise da experiência do sistema municipal de ensino do Cabo de Santo Agostinho no período de 1997-2003

Selma Dos Santos, Ana; Macedo Gomes, Alfredo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.63%
Este trabalho teve como objetivo analisar a materialização da política de gestão democrática na escola tendo como fio condutor à experiência do sistema municipal de ensino do Cabo de Santo Agostinho PE, no período de 1997 a 2003. A perspectiva teórica adotada tomou por referência uma análise do contexto de formulação e implementação das políticas públicas sob a perspectiva dos embates travados no âmbito do Estado. Dimensões da política educacional e da política de gestão democrática também foram consideradas e serviram como caminho para investigar os elementos que se interpõem entre os processos de formulação da política educacional e sua materialização até chegar ao chão da escola no contexto das ações implementadas pelo município em estudo no período referenciado. A análise de conteúdo dos documentos que tratam das diretrizes de governo e da política educacional de gestão democrática implementada e a análise de conteúdo das entrevistas realizadas junto aos professores das duas escolas pesquisadas constituíram a base de referência de nossa pesquisa. Os resultados evidenciaram que, apesar da existência de lacunas verificadas na implementação do modelo de gestão instituído no sistema municipal de ensino...

Os conselhos escolares e a construção da gestão democrática no município de Jaboatão dos Guararapes

Maria de Lima, Iágrici; Rosa Marques, Luciana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.64%
O presente trabalho insere-se no debate sobre a gestão democrática da educação mais especificamente, a gestão democrática escolar, tendo como objetivo compreender como esta vem se materializando no âmbito da escola através das ações do Conselho Escolar. Para tal, fez-se necessário a realização de uma revisão bibliográfica no sentido de construir as categorias teóricas que o norteiam: democracia e participação (BORDENAVE, 1994; DAGNINO 2007; DEMO, 1999; GONH, 2001; LUCK, 2010; MOTTA, 1994; MOUFFE, 2003; PATEMAN, 1992; SAVIANI, 1983;), gestão democrática (AGUIAR, 2000; BORDIGNON, 2005; CURY, 2004; DOURADO, 2007; FERREIRA, 2006; SALERNO, 2007; VIEIRA, 2005) e Conselho Escolar (ABRANCHES, 2006; CURY, 2000; CYRINO, 2010; GRACINDO, 2006; MARQUES, 2007; WERLE, 2003). A metodologia se fundamenta na Teoria do Discurso, concebido como uma prática de mudança social (FAIRCLOUGH, 2008). Para a coleta de dados foram realizados dois Grupos Focais com sujeitos de oito escolas da rede municipal do Jaboatão dos Guararapes. Utilizaram-se, também, entrevistas informais com sujeitos da Secretaria de Educação e outros atores da escola que não integravam nenhuma instância participativa. Ainda compuseram os dados documentos cedidos pela Secretaria de Educação para análise de quais definições partem dessa chefia para as escolas com relação aos Conselhos Escolares. Os Grupos Focais foram registrados através de filmagens e gravações transcritas para que posteriormente pudessem ser analisadas. A análise dos dados indica que os Conselhos Escolares vêm se constituindo como um espaço de democracia e participação...

Gestão democrática nas escolas: a atuação dos diretores escolares e os desafios para sua consolidação na rede municipal de Natal/RN

Oliveira, Elane de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.66%
The democratic management is a challenge for education, on the one hand for its actualization needs a link between the government and the educational institution. From that, research aims to understand the main challenges faced by the school administration to consolidate the management of public schools in Natal/RN. Against this context the methodology used was multiple cases, qualitative approach in which respondent were manager (director, deputy director and coordinator) of the four municipal schools and two representatives of the Democratic Management Commission of a Government departament of Education, Natal/RN. The analysis was made by peers, between schools that had grade superior IDEB that average stipulated by the federal government and two that had grade lower and between managers and representatives of the Secretary. Were used techniques of categorization and content analysis of the speeches of respondents. Was note that managers understand the importance of the participation about whole community in the democratic management, however only one school highlighted means of attracting the parents against to the difficulty of representing these. The lack of knowledge about the democratic management is evident mainly in the pair of schools with lower IDEB. That schools with a lower IDEB adhere to this management as a way to meet rules. So unanimous...

Gestão democrática da educação : as orientações e recomendações dos organismos internacionais à gestão educacional na América Latina e no Caribe; Democratic management of education : orientations and recomendations from international organisms for the management of educational systems in Latine America and the Caribbean

Mendel Jean Baptiste
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.7%
Este trabalho apresenta um estudo sobre a gestão democrática da educação no contexto das orientações e recomendações feitas para a América Latina e Caribe. À luz da gestão democrática da educação, o objetivo geral da pesquisa é analisar as concepções de gestão educacional presentes nos Organismos Internacionais para a América Latina e no Caribe durante os doze primeiros anos do século XXI (2000-2012). Neste sentido a análise refere-se, principalmente, a duas concepções de gestão educacional: a concepção técnico racional e a concepção sociocrítica. Os objetivos específicos são assim identificados: reconhecer as diferentes visões orientadas para uma gestão democrática da educação; identificar, baseando-se nos documentos das Agências Internacionais, se a equidade foi vista como mecanismo que contribui para gerir democraticamente a educação; identificar se conceitos como: democratização, descentralização, autonomia, e participação, têm sido considerados pelas Organizações Internacionais que influenciam a configuração da gestão dos sistemas educacionais na região. A pesquisa busca verificar em que medida as orientações e recomendações das Agências internacionais defendem uma configuração de gestão democrática nos sistemas educacionais dos países da América Latina e do Caribe durante o período considerado. Os fundamentos desta investigação pauta-se na análise documental...

Gestão democrática em escola pública de nível médio em Belém do Pará: realidade ou utopia?

Silva, Shirley Maria Dias da
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.65%
O estudo baseia-se na metodologia fenomenológica cuja investigação acerca de uma realidade é baseada nas experiências dos sujeitos, com pesquisa bibliográfica e de campo, tendo como objetivo no âmbito geral, analisar os fatores que interferem no processo de gestão democrática em escolas públicas de ensino médio em Belém do Pará, e como específicos, buscou-se identificar a base legal da gestão democrática na escola pública; estudando a importância do papel do gestor da escola pública na gestão democrática; identificando a gestão democrática como concepção inovadora de educação e analisando o papel da escola e sua articulação com a gestão democrática. O questionamento, se a participação da comunidade escolar é fundamental para a democratização da Gestão da Educação em nível de ensino médio da escola pública em Belém do Pará? foi respondida por meio de pesquisa entre gestores, professores e alunos, tendo como instrumento de coleta de dados, questionário com perguntas fechadas, entrevistas semi-estruturada, observação participante e grupos focais. Observou-se durante este estudo que democratizar a gestão da educação requer, fundamentalmente, que a sociedade possa participar no processo de formulação e avaliação da política de educação e na fiscalização de sua execução...

Liderança e gestão democrática na organização escolar: o papel do gestor em uma escola pública de Santa Izabel-PA

Xavier, Jozèfa Alves
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.62%
Dissertação de Mestrado em Gestão; O tema da Dissertação Liderança e Gestão Democrática Escolar: o papel do gestor em uma Escola Pública de Santa Izabel do Pará, Pará, Brasil, é fruto de uma vivência ou teoria prática observadas com parâmetros norteadores da ação pedagógica diária. O aprofundamento com o tema seguiu um roteiro a ser analisado e pensado de forma a esclarecer certas indagações: o que é liderança no âmbito da gestão democrática escolar? Quais os estilos de liderança? Como a liderança contribui para melhorar o desempenho na organização escolar?A reflexão sistêmica ajudou a esclarecer que a hierarquia não tem uma definição única e é vista pela maioria dos autores como um processo de influência exercido por uma pessoa para alcançar determinados objetivos e finalidades. Os estilos de liderança Autocrática, Liberal (Laisserfaire) e Democrática estão presentes nas organizações, disfarçados ou evidentes, com a predominância de um estilo, com ligação direta ao estilo do gestor da organização. A liderança contribui para melhorar o desempenho da organização escolar, para o exercício dos “vários poderes” no espaço escolar: Gestão, Coordenação, Professores...

Continuing educationanddemocratic management: challengesformanagersof theinteriorof the amazon; Formación continua y gestión democrática: desafíos para directores del interior del amazonas; Formação continuada e gestão democrática: desafios para gestores do interior da Amazônia

Colares, Maria Lilia Imbiriba Sousa; Bryan, Newton Antonio Paciulli
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; Bibliográfico Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.64%
The study analyzes the importance of continuing education in the expectation of obtaining social changes through the construction and reconstruction of knowledge. The object of analysis is the Specialization Course in School Management, linked to the National School of Public Managers Basic Education / MEC / SEB, implemented by the Federal University of Western Para / UFOPA in 2011. The study was performed by means of literature analysis and field survey with questionnaires and focus groups with graduates of that course, having sustained analysis on three themes: Continuing education by the school manager EAD; management and improving learning outcomes and democratic management: problems and possibilities. It was found that continuing education for managers contributed to add knowledge to be applied in their daily practice. The subjects recognize the importance of continuing education to achieve social change from the perspective of building a school socially relevant and that the knowledge acquired in the course also led to improved learning outcomes of students in schools where they work, considered not only the perspective statistic, but mostly about the gains related to the understanding of the problems and the possibility of collaborative solution. The directors surveyed consider that they now know what democratic management is...

A GESTÃO DEMOCRÁTICA NO PROGRAMA ESCOLA ATIVA/MEC – POLÍTICAS PARA O CONSENSO

Jacomeli, Mara Regina Martins; Cardoso, Maria Angélica
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.63%
O artigo trata da análise da concepção de gestão democrática presente no Programa Escola Ativa, implementado pelo Ministério da Educação (MEC), o qual se destinava à melhoria da qualidade do ensino nas escolas multisseriadas. No Brasil, o Programa Escola Ativa teve início em 1997, sendo implantado em 1998 no Nordeste; em 1999 expandiu-se para o Norte e o Centro-Oeste; a partir de 2008, passou a atender às regiões Sul e Sudeste. Tinha como base a melhoria do ensino por meio da formação docente continuada e da gestão democrática. O Escola Ativa, em 2012, foi substituído pelo Programa Nacional de Educação do Campo, que manteve na proposta alguns princípios, como o da gestão democrática. A noção de gestão democrática tem relação direta com a implementação de instâncias de decisão entre os vários segmentos que compõem a escola. A concepção contida no documento da Escola Ativa atrela a gestão democrática à implementação dos Conselhos Escolares e dos Colegiados Estudantis. Após análise documental, questionamos o conceito de gestão e de democracia esposados pelos documentos oficiais. Em contrapartida, sugerimos uma prática social transformadora, quer nas escolas urbanas quer nas escolas do campo.