Página 1 dos resultados de 994 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A gestão universitária de projetos de extensão na perspectiva da gestão social

Borges, Jussara Maria
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 288 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.55%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico, Programa de Pós-Graduação em Administração Universitária, Florianópolis, 2013; A presente dissertação, ao realizar um estudo de caso para pesquisar a gestão universitária de Projetos de Extensão, teve por objetivo geral: "Propor alternativas para que a Gestão Universitária dos Projetos de Extensão do CSE/UFSC possa produzir resultados na perspectiva da Gestão Social". O estudo realizou uma pesquisa aplicada, qualitativa, descritiva, pesquisa bibliográfica e documental, com levantamento de campo. Foram conceituadas e utilizadas as categorias: Administração Pública e Gestão Universitária; Gestão Estratégica e Gestão Social. Os resultados apontaram que: i) as instâncias deliberativas e a legislação da UFSC e do CSE configuram a gestão da Extensão Universitária com estruturas e operacionalização fundamentadas na racionalidade burocrática e valores normativos, processo decisório e comunicação verticalizados e monológicos, autonomia e poder centralizados, atendendo, na maior parte, aos interesses da Universidade, em detrimento do interesse coletivo de caráter público; ii) as competências do CSE...

MOVIMENTOS SOCIAIS E AÇÕES AFIRMATIVAS NA EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA: UMA PERSPECTIVA DE AMPLIAÇÃO DA CIDADANIA NA GESTÃO UNIVERSITÁRIA

Oliveira, Antonio José Barbosa de; Magalhães, Rosélia Pinheiro
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.2%
Este artigo aborda o tema dos movimentos sociais na perspectiva da resistência social, conforme tratado por Scott (2000) e sua relação com a implantação de Políticas de Ação Afirmativa no Brasil. Dá enfoque à análise dos movimentos sociais, a partir da abordagem feita por Gohn (2011), no campo da educação, focando a educação superior. Considera as características históricas da questão da cidadania no Brasil a partir de Carvalho (2006). Concebe as Políticas de Ação Afirmativa nas Universidades brasileiras como desmembramento das pressões organizadas dos movimentos sociais e como dispositivos do Estado para democratização do acesso ao ensino superior, revertendo uma curva de exclusão que sempre caracterizou a história da educação superior. Apresenta o cenário atual da assistência estudantil, com as novas demandas dos movimentos sociais, que reivindicam a existência de condições materiais e simbólicas para a permanência, na universidade, dos estudantes oriundos das classes populares. Tal realidade contemporânea traz novos – e sérios - desafios para a gestão universitária brasileira.

GESTÃO UNIVERSITÁRIA PARA PROMOVER O DESENVOLVIMENTO LOCAL E REGIONAL: TERMOS DO DEBATE E ALUSÃO A UMA EXPERIÊNCIA EM SANTA CATARINA (BRASIL)

Lins, Hoyêdo Nunes
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.32%
A promoção do desenvolvimento tem canalizado muitos esforços e exibido distintas abordagens, sobretudo na escala das regiões subnacionais e localidades. As instituições sempre participaram desses processos, destacando-se as universidades pelo seu papel educacional e na produção e difusão de conhecimento. A globalização, com seus desafios, ampliou sobremaneira a importância da aprendizagem e da inovação para o desenvolvimento, aumentando ainda mais a relevância da universidade. Baseado em pesquisa bibliográfica e documental, este artigo discorre sobre a necessidade de uma gestão universitária sintonizada com as exigências desse contexto, mirando-se uma efetiva participação da universidade no desenvolvimento local ou regional. Argumenta-se que uma gestão nesses termos deve favorecer o “alcance” do entorno territorial pelas atividades universitárias, sobretudo em pesquisa. Esse transbordamento há de transferir conhecimento, estimular a aprendizagem e a inovação no setor produtivo e ajudar a resolver problemas concretos da sociedade. O envolvimento da Universidade Federal de Santa Catarina com o cultivo de moluscos no litoral desse estado representa projeção universitária digna de nota na sociedade regional e sugere uma gestão bem sintonizada...

OS INDICADORES DE CAPITAL SOCIAL EM PUTNAM: DELINEANDO UMA GESTÃO UNIVERSITÁRIA SOCIALMENTE RESPONSÁVEL

Nunes, Valéria Fontoura
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.39%
A gestão universitária é delineada por seu planejamento institucional. Esse planejamento corresponde ao Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). Nessa perspectiva, o planejamento da gestão institucional deve permitir o diálogo entre a instituição de ensino superior e a comunidade para gerar princípios e abordagens, os quais difundirão melhores práticas em uma solidariedade social. Nesse contexto, o presente artigo tem o objetivo de ponderar se a categoria capital social em Putnam pode delinear uma gestão universitária socialmente responsável. Para dinamizar o estudo, aproximou-se a perspectiva de Putnam à Responsabilidade Social Empresarial (RSE) e a Teoria dos Stakeholders. Essas questões se constituem um alicerce para a inter-relação (interna e externa), como também, perfaz o conjunto de princípios normativos que orienta as relações da instituição com os diferentes grupos (internos e externos). Enfim, percebe-se que a integração da categoria capital social, da responsabilidade social empresarial e da teoria dos stakeholders pode auxiliar uma gestão universitária socialmente responsável. Ser socialmente responsável perpassa pelo planejamento e gestão transparentes. Logo, abrange o aperfeiçoamento das redes de compromisso...

O MARKETING EDUCACIONAL NO ENSINO SUPERIOR: LEVANTAMENTO DOS TRABALHOS APRESENTADOS NOS COLÓQUIOS INTERNACIONAIS DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA

Hornink, Erica Nicacio; Hornink, Gabriel Gerber
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.32%
O marketing vem sendo utilizado e aplicado em diversas instituições, com diferentes ênfases, sendo a educacional relativamente recente no Brasil, principalmente quando se trata da aplicação em instituições públicas. Objetivou-se identificar os trabalhos na área de marketing educacional apresentados no principal evento que discute a gestão universitária na América Latina. Para tanto, realizou-se um levantamento de trabalhos que utilizaram o marketing no Colóquio Internacional de Gestão Universitária nas Américas, verificando-se quais pesquisas estão sendo desenvolvidas, assim como em quais instituições. Verificou-se que dentre os 2118 artigos apresentados, nos treze Colóquios realizados, apenas 310 artigos apresentaram a palavra “marketing”, sendo que após a leitura dos mesmos, apenas 50 artigos apresentaram o marketing aplicado a Instituições de Ensino Superior. Destaca-se que destes, 18 apresentavam pesquisas diagnósticas e 16 voltados para gestão. Conclui-se que o marketing vem sendo utilizado em instituições de ensino superior, porém ainda de modo superficial e com necessidade de maior sistematização, utilizando-se dos fundamentos teóricos e procedimentais, ou seja, é um campo que ainda tem muito a ser explorado e potencializado.

CARACTERÍSTICA CENTRAIS DEFINIDORAS DE UMA GESTÃO UNIVERSITÁRIA INOVADORA: A VISÃO DE GESTORES DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA BRASILEIRA

Janissek, Janice; Peixoto, Adriano de Lemos Alves; Cerqueira, Andreia; Santos, Elder Carlos dos
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.38%
O presente estudo teve como objetivo identificar a concepção de gestores centrais de uma universidade pública brasileira sobre o que define uma gestão inovadora no contexto universitário. Para tanto aplicou-se um questionário a 114 gestores das áreas acadêmicas e administrativas (75 acadêmicos e 32 da administração e 7 outros) que continha um conjunto de questões abertas e fechadas. Uma das questões abertas do questionário explorou quais características os gestores pesquisados consideravam mais importantes para definir uma gestão universitária inovadora. A partir das respostas tal questão procedeu-se uma análise de conteúdo que identificou categorias e subcategorias representativas dos temas centrais abordados pelos respondentes. Os gestores da universidade pesquisada consideram que uma universidade inovadora em sua gestão é aquela que adota um modelo de gestão gerencial; que investe na capacitação de seus funcionários e que valoriza o trabalho em equipe como foco de sua gestão de pessoas; que apresenta um ambiente adequado em termos de infra-estrutura física (prédios, equipamentos e condições de trabalho) e que possui lideranças que se preocupam com o planejamento de suas atividades e seguem as regras e normas da organização.

NATUREZA E AUTONOMIA DAS INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR (IFES) BRASILEIRAS E OS REFLEXOS NA GESTÃO UNIVERSITÁRIA

Zielinski, Dioleno Zella; Costaldello, Angela Cassia
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.2%
A proposta deste artigo inclina-se para reflexões na seara da Administração Pública brasileira, voltadas ao exame das instituições educacionais que dela fazem parte. Nesse sentido, o objetivo geral do presente estudo consiste em analisar as Instituições Federais de Ensino Superior (IFES), identificando como a natureza jurídica e a extensão da autonomia dessas entidades impactam a gestão universitária. Para tanto, inicialmente, será trazido um referencial teórico sobre a educação - “direito de todos e dever do Estado e da família” (art.205, da CR/88), bem como sobre a estrutura de ensino no Brasil, notadamente do ensino superior relativo ao sistema federal. Em termos metodológicos, vislumbra-se uma pesquisa do tipo aplicada, que busca contribuir para fins práticos, e não só teóricos. Ainda, no tocante às técnicas de pesquisa, adota-se a documentação indireta: pesquisa documental (fontes primárias) e estudo bibliográfico (fontes secundárias). Segue-se o desenvolvimento do artigo com a discussão e apresentação dos resultados referentes à natureza jurídica das IFES (autarquias e fundações universitárias) e aos contornos da autonomia que lhes é correlata, conduzindo essa abordagem à conclusão de que...

REFLEXÕES SOBRE A GESTÃO DA INFORMAÇÃO COM A GESTÃO UNIVERSITÁRIA: UMA INTEGRAÇÃO IMPRESCINDÍVEL

Reis, Edson Andrade dos; Reis, Everson Andrade dos
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.45%
A velocidade da geração de informação hoje é uma realidade em que as empresas de um modo geral estão inseridas. Analisar as oportunidades que as informações fornecem pode se tornar uma vantagem competitiva importante em um cenário globalizado e competidor. Aspectos relacionados à gestão empresarial e o uso de tecnologias da informação podem gerar condições favoráveis ao uso da gestão da informação no contexto da gestão universitária. Entretanto, a discussão de conceitos relacionados à gestão universitária aliada a estratégias para tomada de decisão, aderentes a modelos de gestão da informação são consideradas fundamentais para a investigação de soluções de sistemas de informação capazes de apoiar os processos empresariais. O objetivo desta pesquisa é verificar o estado da arte no contexto de gestão universitária, apresentado reflexões sobre conceitos de gestão empresarial, tomada de decisão e modelos de informação proporcionando a disseminação de informações a cerca de gestão da informação e sua aplicabilidade na gestão do conhecimento. Acredita-se que a abordagem dessa pesquisa possa contribuir na propagação do conhecimento em torno da gestão universitária em consonância com as técnicas da gestão da informação.

SETOR DE OUVIDORIA: UMA FERRAMENTA ESTRATÉGICA PARA A TOMADA DE DECISÃO NA GESTÃO UNIVERSITÁRIA

Palmeiras, Jenifer de Brum; Stacia, Maria Aparecida; Sgari, Rosani
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.38%
A pesquisa objetivou investigar os dados do Setor de Ouvidoria de uma Universidade do Norte do Estado do RS, utilizados como ferramenta estratégica na tomada de decisão na gestão universitária. A pesquisa evidencia que o setor tem funcionado como um amplificador de manifestações (de alunos, professores, funcionários e comunidade externa) que, por diferentes razões, não chegam diretamente aos setores ou não são percebidas na atividade cotidiana. O gestor universitário precisa conhecer as dificuldades para resolvê-las e o setor ajuda a procurar soluções. A pesquisa evidencia o papel que as ouvidorias vêm assumindo no atual cenário acadêmico, pois elas têm se revelado como instrumentos importantes no processo de humanização das estruturas organizacionais e como canais ágeis e aprimorados de participação, considerando-se o atual modelo de gestão participativa, hoje almejado e estimulado. Como metodologia, foram analisados os dados do setor, através dos registros arquivados no período 8(oito) meses durante o ano de 2013, e desses selecionados os que tiveram impactos na tomada de decisão na gestão universitária. Através do exercício da escuta singular de cada sujeito, do diálogo, da mediação e dos regulamentos internos...

GESTÃO UNIVERSITÁRIA: UMA PROPOSTA DE INDICADORES INSTITUCIONAIS

Silveira, Everton Wirbitzki da; Castro, Rosangela Nunes Almeida De; Silveira Neto, Luiz Cruz
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.27%
A Gestão orientada por Indicadores de Desempenho se consolida cada vez mais como uma prática de gestão e, ao reconhecer uma Universidade como um mundo repleto de informações, é importante saber escolher aquelas que são relevantes. Dessa forma, os indicadores assumem duas funções básicas: de descrever por meio da geração de informações o estado real dos acontecimentos e o seu comportamento, bem como analisar as informações presentes com base nas anteriores de forma a realizar proposições valorativas. Esse artigo apresenta uma proposta de indicadores institucionais, tendo em vista a importância da elaboração e utilização destes, como grandes norteadores e apoiadores de decisões no âmbito da gestão universitária. Ao respeitar instrumento atualizado que subsidia os atos de credenciamento e recredenciamento de instituições de educação superior de janeiro de 2014, que possui cinco eixos temáticos a serem avaliados, estabeleceu-se 25 critérios a serem mensurados com a proposição de pelo menos um indicador para cada quesito. Tal proposta de indicadores inclui uma série deles com características indutoras, que visam nortear os processos de planejamento, monitoramento, avaliação e informação das unidades institucionais da Universidade Federal de Goiás (UFG)...

A INOVAÇÃO NA GESTÃO UNIVERSITÁRIA PELO USO DA TECNOLOGIA ATRAVÉS DE UM SISTEMA DE EMISSÃO DE DIPLOMAS BASEADO EM CERTIFICAÇÃO DIGITAL NA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – UFSC

Pereira, Fernando Lauro; Pinto, Marcia Teixeira; Lengler, Fernando Ramos; Bregalda, Andressa; Jacobsen, Alessandra de Linhares
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.36%
O objeto do presente artigo é fomentar a analise de uma perspectiva para o desenvolvimento e implantação de um sistema de emissão de diplomas baseado em certificação digital na, pela inovação na gestão universitária, através do uso da tecnologia de certificação digital. Essa ferramenta de gestão, que necessita de um estudo de análise sociotécnica de viabilidade para implantação, tem por finalidade a otimização de processos e agregar segurança ao processo de emissão de diplomas da UFSC. A proposta de valor desta pesquisa contempla o estudo dos requisitos mínimos, no que tangem a tecnologia, as pessoas e os processos, para auxiliar a administração universitária na tomada de decisão quanto a implantação da certificação digital no processo de emissão de diplomas na UFSC. A busca pela qualidade no diploma está contemplado na proposta de valor supracitada, com melhoria na eficiência do processo, na inovação da gestão pela difusão da tecnologia, e oportunizará agregar confiabilidade, agilidade e segurança aos diplomas emitidos pela UFSC. O diploma com certificação digital, como estratégia para divulgação e difusão do uso da certificação digital na comunidade universitária, é outro ponto relevante na proposta de valor desta pesquisa.

Gestão universitária e gestão do conhecimento em instituições de ensino superior: o processo de aprendizagem organizacional da UNOESC, campus de São Miguel do Oeste

Ferasso, Marcos
Fonte: Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul; Curitiba Publicador: Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária na América do Sul; Curitiba
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
66.19%
Objetivando identificar como a cultura e a estratégia influenciam o processo de Aprendizagem Organizacional, este estudo quantitativo descritivo utilizou-se do levantamento de atitudes de 25 coordenadores de curso da Unoesc São Miguel. Na opinião destes, o principal valor é o comportamento ético. Há possibilidade de aprendizagem em equipe. Conceitualmente, compreendem que a cultura e a estratégia podem aumentar a visão compartilhada. A principal fonte de aprendizagem sobre atribuições foi os ordenamentos. A maioria avalia a capacitação docente como parcialmente satisfatória. Há necessidade de capacitação em gestão do projeto pedagógico, liderança organizacional e elaboração de projetos. Sugeriu-se articular cursos de capacitação.

Controle do trabalho docente: provocações foucaultianas para análise da gestão universitária

Mendonça Neto,Octavio Ribeiro de; Antunes,Maria Thereza Pompa; Vieira,Almir Martins
Fonte: Universidade de Sorocaba Publicador: Universidade de Sorocaba
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.2%
ResumoEste trabalho aborda os dispositivos de vigilância, controle e adestramento (dressage) da prática docente introduzidos no ambiente educacional pelos modelos gerencialistas presentes na gestão universitária. Seu objetivo é apresentar uma análise sobre a utilização desses dispositivos no contexto educacional brasileiro e ampliar a discussão sobre o tema. Teoricamente, assume-se o trabalho de Michel Foucault, especialmente sua concepção de poder, desenvolvida na obra Surveiller et punir (FOUCAULT, 1975), para identificação de elementos para análise dos dispositivos presentes no ambiente educacional brasileiro contemporâneo. São consideradas também as proposições de Moeglin (2010), em sua análise sobre as indústrias educativas. A prática docente parece se encontrar vinculada aos dispositivos mencionados anteriormente, fato que compromete seu papel de responsável pela transformação social dos estudantes. Gestores escolares se esquecem de que, ao instituírem novas práticas para o trabalho docente, se deparam com outras já existentes, imbricadas na figura do professor.

Utilização do sistema de gestão ABNT NBR ISO/IEC 17025 em laboratórios de ensaio: aplicação na gestão universitária

Foliatti Scheid, Jane de Fátima; Souza Schmidt, Alberto; Scheid, Julio C.; Kanaan Oliveira, Luis P.
Fonte: Universidad de Carabobo Publicador: Universidad de Carabobo
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT
Relevância na Pesquisa
66.29%
O objetivo principal é verificar os fatores críticos verificados na implantação, os impactos e influências que resultaram do sistema e o aprendizado na aplicação da gestão universitária. Este artigo apresenta sistematização dos depoimentos prestados por gerentes da qualidade de laboratórios de ensaio acreditados. Ainda traz uma série de questões que contribuíram para o êxito na meta de implementação do sistema de gestão adequado e conforme a ABNT NBR ISO/IEC 17025 (2005). Com vistas à acreditação em organismos de reconhecimento. Também analisa questões que foram entraves para o desenvolvimento do projeto. O trabalho faz uma relação dos fatores críticos, as ações feitas, as ferramentas utilizadas, os desafios de manutenção e melhoria e as influências proporcionadas, tanto positivas como negativas. Além disso estabelece-se relação de importância dos laboratórios de ensaio que propiciam: rastreabilidade ao sistema de controle da inocuidade dos alimentos; resíduos e contaminantes; e, sua representatividade para as ações públicas. A contemplação dos requisitos dos compradores nos mercados, interno e externo e ganhos para a sociedade, por decorrência, que aumentam a competitividade dos produtos e serviços. Os resultados do estudo relacionam que...

Sentidos e implicações da gestão universitária para os gestores universitários

Gomes, Osmailda da Fonseca; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Gomide, Tainá Rodrigues; Universidade Federal de Viçosa - UFV; Gomes, Maria Ângela do Nascimento; Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG; Araujo, Djair Cesario de; Universidade Fed
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n4p234 Este estudo objetivou compreender os significados e as implicações da gestão universitária para os gestores universitários da alta administração de uma universidade federal de Minas Gerais. Como objetivo específico verificou a concepção de gestão para o gestor universitário e Identificou a implicação da gestão na vida pessoal e profissional do gestor universitário. O método utilizado na coleta de dados foi a historia oral e evocação de palavras por meio de entrevistas, na analise fez-se uso da analise de conteúdo. Os resultados da pesquisa apontam para a concepção de gestão universitária formada desde a docência até a aprendizagem dos gestores nos cargos administrativos. Quanto a implicação na vida profissional identificou o melhora aquisição de liderança, prazer em poder contribuir para comunidade acadêmica e melhora na habilidade gerencial e a diminuição do contato com área de atuação.Nas implicações na vida pessoal identificou ganho  com a valorização do ser humano e melhor gerenciamento de conflitos na vida pessoal. Como perda identificou-se menos tempo para família, lazer, férias, menos atividades físicas corroborando para uma péssima saúde e aumento do stress. Conclui-se que há muito a se melhorado na gestão de uma universidade...

Gestão universitária: qualidade, investigação científica e inovação educacional

Franco, Maria Estela Dal Pai; Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS; Afonso, Mariangela Rosa; Universidade Federal de Pelotas; Bordignon, Luciane Spanhol; Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.2%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n1p83 O estudo objetiva identificar dimensões de qualidade na gestão universitária do conhecimento na perspectiva da pesquisa e da inovação tecnológica, tendo como referência: estudos prévios, políticas governamentais, documentos de evento identificação de convergências temáticas que permitiram a construção de dimensões de qualidade. Evidencia-se que a investigação científica e a inovação educacional de base tecnológica são fatores fundamentais para o desenvolvimento econômico e obem-estar social a partir de discussão focal, documento da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico - OCDE de 2010 e Plano Nacional de Educação 2011-2020. As conclusões sinalizam a importância de fontes diversificadas nas dimensões de qualidade, o reconhecimento do potencial de impacto da pesquisa e da inovação tecnológica na qualidade de vida e nas relações sociais, bem com a importância de critérios enraizados nos quadros humanos, na ética e no respeito.

Balanced scorecard in higher education: mapping the theme using the proknow-c; Balanced Scorecard na Gestão Universitária: mapeamento sobre o tema utilizando o proknow-c

Matos, Lucas dos Santos; Universidade Federal de Santa Catarina; Petri, Sergio Murilo; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
The growing importance of higher education in economic and social scenario has forced universities to improve their management methods, and one of the forms used has been the application of the Balanced Scorecard. This research, exploratory and descriptive in nature, with qualitative and quantitative, objective to build the necessary knowledge about the use of the Balanced Scorecard in university management, performing a mapping on the topic from the boundaries of the researchers. This knowledge is made tangible by the selection of relevant articles and with scientific recognition on the topic. It is used bibliometric analysis of international literature, through the process Knowledge Development Process - Constructivist (ProKnow-C). The main results were: (i) International Journal of Educational Management is the period of greatest prominence; (ii) "Commodification of education and academic LABOUR - using the balanced scorecard in a university setting" stands out among the articles; (iii) Janne Kettunen is the most prolific author.; http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n2p50A crescente importância do ensino superior no cenário econômico e social tem obrigado as universidades a melhorarem seus métodos de gestão, e uma das formas utilizadas tem sido a aplicação do Balanced Scorecard. Esta pesquisa...

Perfil metodológico da produção científica no Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas

Freitas, Alair Ferreira de; Universidade Federal de Minas Gerais; Costa, Danilo de Melo; UFMG; Ckagnazaroff, Ivan Beck; UFMG; Barbosa, Francisco Vidal; UFMG
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2014v7n1p18A educação superior é um dos principais pilares para as nações buscarem o desenvolvimento tecnológico e a capacitação da população. Por este motivo, torna-se cada vez mais frequente o debate em prol de uma gestão universitária eficiênte. Sendo o Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas um dos principais eventos para a comunicação científica na área, o presente artigo objetiva identificar as abordagens metodológicas da produção científica dos eventos, traçando um perfil metodológico dos artigos. Para tanto, analisou-se 293 artigos científicos divididos em nove eventos (Colóquio I ao IX). Os dados coletados foram divididos nas seguintes categorias: Pesquisa Científica, Caracterização do estudo, Abordagem, Método de Pesquisa, Coleta de Dados e Análise de Dados. Os resultados demonstram uma evolução no rigor metodológico dos artigos com o passar dos anos, mas sinalizou a necessidade de se expandir os tipos de métodos utilizados. Finalmente, demonstrou-se que o Colóquio Internacional sobre Gestão Universitária nas Américas é um evento que atingiu um alto nível de maturidade e está pronto para receber as mais diversas contribuições metodológicas para ampliação dos estudos na importante área da gestão universitária.

“Managerialism” na Gestão Universitária: uma análise de suas manifestações em uma instituição empresarial

Meyer, Bernardo; Centro Universiário Estácio de Sá de Santa Catarina; Meyer Junior, Victor; Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.27%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2013v6n3p1As instituições de educação superior estão sendo desafiadas pelas inúmeras mudanças impostas pelo seu ambiente de atuação. No Brasil esta realidade é representada pelo aumento do número de instituições de educação superior e o fortalecimento de grupos estrangeiros no setor. A ausência de abordagens próprias e a necessidade de maior eficiência e desempenho têm feito com que muitas instituições incorporem práticas gerenciais empresariais na gestão universitária. No Brasil este fenômeno é recente e seus efeitos são ainda pouco conhecidos. O objetivo deste trabalho é analisar o impacto da adoção de práticas gerenciais, de origem empresarial, identificadas como “managerialism” na gestão acadêmica de uma instituição de educação superior de caráter empresarial. Trata-se de um estudo de caso qualitativo, aplicado a uma das maiores instituições privadas de ensino superior. Os principais resultados indicam claras limitações das abordagens empresariais de gestão quando aplicadas à área acadêmica. A prática gerencial concentra-se na mensuração de algumas variáveis mensuráveis e seus resultados práticos ainda são pouco evidentes, gerando frustrações e desapontamentos entre gestores e stakeholders. As conclusões indicam que o desempenho de uma instituição educacional resulta de um grande número de variáveis tangíveis e intangíveis dificultando a medição dos resultados e do valor agregado.

Perspectivas desafiadoras da gestão universitária das instituições de educação superior públicas não estatais de Santa Catarina

Cimadon, Aristides; Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC; Mota, Jéssica Romeiro; Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
http://dx.doi.org/10.5007/1983-4535.2011v4nespp37 O artigo faz uma reflexão sobre os desafios da gestão universitária nas instituições de educação superior públicas não estatais de Santa Catarina. A primeira parte descreve-se um breve histórico da criação dessas instituições mostrando que se originaram por decisão dos municípios e das comunidades, com a finalidade de suprir uma necessidade de oferta do ensino superior no interior do Estado.  Identificam-se alguns pontos da contribuição dada ao desenvolvimento do Estado por essas instituições. Na segunda parte procura-se, a partir de uma discussão teórica e de uma constatação vivencial na gestão de uma dessas instituições, de modo crítico, refletir sobre quais são os perigos, os desafios e as oportunidades atuais e futuras dessas instituições públicas não estatais que compõe o sistema ACAFE (Associação das Fundações Educacionais). Faz-se uma breve incursão sobre a gestão dessas instituições, suas perspectivas e problemas. Por fim, aponta para algumas prospectivas que estas instituições deverão tomar para superar o maior desafio que possuem, ou seja, aquele da sustentabilidade.