Página 1 dos resultados de 1451 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Geomorfologia da planície fluvial do rio Pinheiros entre os bairros de Pinheiros, Butantã e Cidade Jardim, São Paulo (SP); Geomorphology of Pinheiros river fluvial plain between the districts of Pinheiros, Butantã and Cidade Jardim, São Paulo (SP)

Luz, Rodolfo Alves da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.08%
Na presente pesquisa investiga-se a geomorfologia da planície fluvial do rio Pinheiros entre os bairros de Pinheiros, Butantã e Cidade Jardim, na cidade de São Paulo. Para tal, propõe-se uma carta geomorfológica de detalhe deste setor da planície na escala de 1:20.000, confeccionada a partir de pesquisa arquivística prévia e, principalmente, de fotografias aéreas e de mapas antigos. A análise da carta e a sua correlação com informações sedimentológicas e estratigráficas encontradas, principalmente, em recentes relatórios de engenharia para a construção do Metrô de São Paulo, permitem a caracterização do sistema fluvial deste setor do rio Pinheiros, bem como de parte da morfodinâmica atuante no sistema antes da perturbação antrópica de alto impacto decorrente da urbanização que ali se instalou a partir da década de 1930. A pesquisa permitiu também a interpretação de uma provável sequência de eventos geomorfológicos atuantes no setor estudado durante o Pleistoceno Superior e o Holoceno. Parâmetros morfométricos tais como índice de sinuosidade de canais e paleocanais e largura da planície no trecho estudado evidenciaram aspectos da influência da estrutura geológica em sua evolução. O reconhecimento de sistemas geomorfológicos em seu estágio préperturbação antrópica é essencial para a compreensão dos processos atuais...

Geomorfologia Urbana Histórica aplicada à análise das inundações na bacia hidrográfica do Córrego da Mooca - São Paulo/SP; Urban Historic Geomorphology applied to the analysis of floods in the Mooca Stream basin - São Paulo/SP

Berges, Barbara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Com base nos procedimentos metodológicos da Geomorfologia Antropogênica (RODRIGUES 1997a, 1997b, 2004, 2005 e 2010) e na abordagem da Geomorfologia Urbana Histórica, esse trabalho objetiva avaliar as correlações entre as intervenções urbanas nos sistemas hidromorfológicos e as tendências espaciais e frequência das inundações na bacia hidrográfica do Córrego da Mooca. Para essa avaliação foram gerados o mapa da morfologia original na escala de 1:25.000, para o reconhecimento das tendências originais dos processos hidromorfológicos, e os mapas do uso do solo de diversos anos (1952, 1962, 1972, 1994 e 2008), para investigar a história cumulativa das intervenções urbanas e obter dados de indicadores morfológicos e de materiais superficiais para a avaliação dos impactos da urbanização (RODRIGUES, 2010). Foram também identificados os eventos de inundação que ocorreram na bacia do Córrego da Mooca entre os anos de 1971 e 2011, com base nos reportagens dos jornais Gazeta da Vila Prudente e Folha de Vila Prudente. Os 85 eventos de inundação identificados no levantamento histórico foram mapeados e suas informações sistematizadas no quadro de geoindicadores de mudanças. Com base nessa sistematização foram selecionados indicadores para a avaliação das variáveis antrópicas e naturais na ocorrência das inundações. Os resultados obtidos permitiram avaliar que as inundações ocorrem em setores da antiga planície de inundação onde as tendências da morfologia original foram potencializadas pela morfologia antropogênica. Identificou-se também que os eventos de inundação relatados ao longo de 40 anos foram mais frequentes nas faixas de precipitação com o total diário de até 60 mm...

Sobre o leito vacilante: mudanças na geomorfologia fluvial em meados do século XX; About the wavering bed: changes on fluvial Geomorphology in the mid-20th century

Barros, Luiz Gustavo Meira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Um momento chave para o entendimento da evolução da linhagem filogenética da Geomorfologia é o pós-Segunda Guerra Mundial, quando profundas transformações sociais, econômicas e culturais, contribuem para uma nova fase do pensamento científico, mais objetivo e pragmático, e é nesse momento em que a Geomorfologia americana passa por uma quebra de seu paradigma. A construção do conhecimento sobre os processos naturais é antiga e passa por uma série de evoluções ao longo da história, merecendo destaque o estabelecimento dos estudos a partir da revolução científica do século XVII, quando a Geologia começa a ser organizada como um corpo de conhecimento bem definido, e dentro dele, a Geomorfologia aparece como uma importante base de estudos sobre a evolução do relevo. A segunda metade do século XIX é dominada pela influencia de William Moris Davis, que através de seus estudos estabeleceu um modelo de evolução do relevo, denominado de Ciclo Geográfico, dominado por fases de acordo com o grau de transformação provocada pelos rios. Essa teoria, calcada em uma abordagem histórica e geológica, acaba sendo largamente utilizada nos Estados Unidos, Europa Ocidental (exceto Alemanha) e países de língua inglesa em geral. Porém em 1945 é publicado um artigo seminal de Robert E. Horton...

Geomorfologia do megaleque do Rio Paraguai, quaternário do pantanal mato-grossense, centro-oeste do Brasil

Silva, Aguinaldo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 128 f. : il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Geociências e Meio Ambiente - IGCE; Fluindo de norte para sul, o Paraguai é o rio-tronco de um trato de sistemas deposicionais composto por inúmeros megaleques fluviais, que caracteriza a paisagem do Pantanal Mato-Grossense. Desde o Pleistoceno, o rio Paraguai vem construindo um megaleque fluvial na borda noroeste do Pantanal, cuja geomorfologia é objeto desta tese. Para desenvolvimento da tese, foram utilizadas imagens de satélites para compartimentação geomorfológica, trabalho de campo para validação dos dados e amostragem de sedimentos com vibrotestemunhador, datação por Luminescência Opticamente Estimulada (LOE) e dados hidrológicos obtidos no campo e de estações fluviométricas. Antes de sua entrada na planície do Pantanal, o rio Paraguai corre num cinturão de meandros com 5 km de largura, de idade holocênica de 1 a 3 ka AP, com padrão de canal meandrante a norte e retilíneo a sul. O cinturão está embutido num vale inciso em depósitos pleistocênicos, que revelaram idades de 10 a 160 ka AP. Datação de depósitos de antigos lobos deposicionais do megaleque do Paraguai...

Relações entre a pintura de paisagem e o desenvolvimento da geomorfologia nos Estados Unidos; The relationship between the landscape painting and the development of geomorphology in the United States

Maíra Kahl Ferraz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Os métodos e os conceitos científicos são constantemente questionados e revistos, influenciados pela sociedade vigente. Desta maneira o conceito de paisagem que foi utilizado para a sistematização da geografia, também passou por mudanças em suas concepções. A princípio o termo estava muito ligado as artes e a estética, porém aos poucos foi caindo em desuso e se distanciando das ideias artísticas. Este rompimento se deu no século XIX, momento em que ocorria a fragmentação científica e, portanto, o surgimento de vários ramos acadêmicos, dentre deles a geomorfologia. Entretanto este rompimento não foi abrupto e as relações entre geomorfologia e artes perduraram durante este século. Esta pesquisa tem como objetivos reconstruir a trajetória do conceito de paisagem na ciência geográfica, mais especificamente na geomorfologia e o relacionar com os ideais artísticos. Enfatizando as ligações que houveram entre essas duas áreas, evidenciando tanto a influência da arte nos cientistas artistas que usavam a pintura de paisagem como metodologia para o desenvolvimento de suas teorias, como para os artistas cientistas que se utilizavam das novas teorias para representarem a paisagem. Dentre esses artistas selecionamos aqueles que faziam parte da Hudson River School e apresentavam em suas obras tendências científicas mais acentuadas...

Geomorfologia fluvial e navegabilidade do baixo curso do Rio Tocantins

Oliveira, Laiza Rodrigues Leal de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Departamento de Geologia Geral e Aplicada, 2010.; Diversos projetos de desenvolvimento regionais estão carentes de complementação hidroviária, sendo o mais premente o da Zona de Frente de Expansão Centro-Norte. Esta região, banhada pelos rios Tocantins, Araguaia e Rio das Mortes, experimenta um novo ciclo de desenvolvimento, onde a pecuária começa a ceder espaço para a implantação de novos pólos de cultura de grãos, notadamente de soja, arroz, milho e sorgo. Sendo assim, o presente trabalho se insere como um estudo acerca da geomorfologia fluvial do rio Tocantins, visando à sua navegabilidade de forma perene e segura. Foram aplicadas técnicas de processamento de imagens de sensoriamento remoto; uma metodologia para o levantamento hidrográfico, a partir do uso de um ecobatímetro multifeixe de alta resolução; uma proposta metodológica para o mapeamento e classificação das feições morfológicas do fundo da hidrovia por meio de um perfilador de subfundo; e, por fim, foram definidos os limites para o canal navegável, seu calado e as bocas máximas das embarcações ou comboios. Analisando os valores batimétricos encontrados na área mapeada e os valores adotados pela AHIMOR para o comboio-tipo...

Análise das características gerais e do valor intrínseco da geomorfologia das áreas protegidas de Portugal Continental; General characteristics and value of geomorphology in protected areas of Mainland Portugal

Pereira, D. I.
Fonte: Associação Portuguesa de Geomorfólogos (APGeom) Publicador: Associação Portuguesa de Geomorfólogos (APGeom)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Em Portugal continental, as acções de conservação e de valorização no âmbito das áreas protegidas (AP) são essencialmente dedicadas à biodiversidade. Com a intenção de apreciar o valor que assumem a geomorfologia e as geoformas nas AP, bem como o reconhecimento que é dado a estes aspectos, são analisados alguns dados e conhecimentos disponíveis. A análise às referências a termos relacionados com a biologia, a geologia, a geomorfologia, o ambiente físico, o património e os recursos naturais, a paisagem e os aspectos culturais nos textos divulgados pelo ICN relativos à criação das diversas AP, evidencia o largo predomínio do tema biodiversidade sobre os restantes. Encontram-se, ainda assim, um número significativo de referências à natureza abiótica e à paisagem. A análise do tipo de ambiente geomorfológico dominante indica que as AP estão maioritariamente associadas a ambiente de montanha (52 %), ambiente litoral (17 %) e a ambiente fluvial (29 %). Esta análise preliminar reforça a geomorfologia como factor primordial, apesar de não intencional, na demarcação das AP. A estimativa da importância relativa dos principais conjuntos de geoformas nas AP sugere um predomínio das geoformas residuais e fluviais sobre as litorais...

Evaluación de amenaza por deslizamiento con base en mapas de geología y geomorfología

Castiblanco Ruiz, Diego Andrés
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Formato: application/pdf
Relevância na Pesquisa
37.18%
Los desastres relacionados con eventos naturales en particular los relacionados con deslizamientos, son responsables en mayor proporción de las pérdidas económicas y sociales en Colombia. La recurrencia de eventos extremos de lluvia ha generado la activación de procesos de remoción en masa a lo largo y ancho del territorio Colombiano. Los mapas de Geología y Geomorfología no se han empleado certeramente en la evaluación de amenaza por deslizamiento. Por esta razón, la evaluación de amenaza por deslizamiento con base en mapas de geología y geomorfología se puede convertir en un método versátil y de bajo costo para ser empleado en la planeación y construcción de proyectos de infraestructura, o como herramienta en la planeación y desarrollo territorial. Las variables geológicas y geomorfológicas propuestas en la metodología para la evaluación de la amenaza por deslizamiento, permiten que su aplicación se pueda llevar a cabo en cualquier espacio geográfico de nuestro país, teniendo en cuenta que la escala de trabajo propuesta puede variar entre 1:10.000 y 1:50.000.

Geología y Geomorfología del Complejo de Remoción en Masa la Engorda Chile Central

González Ramos, Pablo Andrés
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
37.08%
El presente estudio tiene como propósito determinar la geología y geomorfología de la zona ubicada en la confluencia del estero Morado con el río Colina, en el flanco oeste del volcán San José (Región Metropolitana de Santiago, 33.7° S), caracterizada por una serie de grandes depósitos previamente descritos en la geología regional como un conjunto de morrenas o de depósitos de remoción en masa sin distinción interna. La geomorfología del área se define a partir de las características de cada uno de los distintos depósitos, su tipología y relación morfoestratigráfica. Para lograr este objetivo, se realizó un trabajo descriptivo en terreno con el fin de definir las principales unidades (identificables a una escala 1:20.000) geológicas y geomorfológicas de la zona, enfocándose principalmente en la descripción de las características de los depósitos no consolidados (facies granulométricas, dimensiones, morfología y litología predominante en sus clastos) y sus relaciones de contacto. La zona se encuentra en gran parte cubierta por depósitos no consolidados dentro de los cuales es posible distinguir: superficies y depósitos de origen fluvial, glacial y lacustre, planicies y abanicos aluviales, conos coluviales...

V Reunió Nacional de Geomorfologia. Granada, 16-18 de setembre de 1998

Nadal Tersa, Jordi; Molina Gallart, David
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //1999 CAT
Relevância na Pesquisa
37.39%
Els dies 16 al 18 de setembre de 1998 s'ha celebrat a la Universidad de Granada la V Reunió Nacional de Geomorfologia, organitzada per la Societat Espanyola de Geomorfologia. Durant les tres jornades de treball s'han presentat gran nombre de comunicacions i panells sobre temes d'interès general, com ara geomorfologia fluvial, erosió de sòls, SIG, etc., a més s'ha realitzat treball pràctic durant les excursions programades per l'organització.; Los días 16 al 18 de septiembre de 1998 ha tenido lugar en la Universidad de Granada la V Reunión Nacional de Geomorfología, organizada por la Sociedad Española de Geomorfología. Durante las jornadas de trabajo se han presentado numerosas comunicaciones y paneles sobre geomorfología fluvial, erosión de suelos, SIG, etc., además se ha realizadotrabajo práctico durante las excursiones programadas por la organización.; Du 16 au 18 Septembre 1988 la Société Espagnole du Géomorphologique a organisé la Vème Réunion Nationale de Geomorphologie à l'Université de Granada. Pendat ces trois jours de travail, on a présenté de nombreuses communications et des panneaux sur plusieurs sujets dont la geomorphologie fluviale, l'érosion du sol, SIG..., en plus des travaux practiques réalisés pendant les excursions programmees par l'organisation.

Habilidades e competências no pensar e fazer geomorfologia: proposta para a formação em geografia; Skills and Competence in Reasoning and Practice of Geomorphology: Proposal for Training in Geography

Souza, Carla Juscélia Oliveira; Valadão, Roberto Célio
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
The rare contributions necessary on skills for thinking and execute geomorpholo- gy, in geography, is the main reason that guides this work. Based on these notions about skill and competence coined by researchers in the field of education, on literature review relevant to the construction of geomorphological knowledge and observations of the practical works of Twenty-eight students, we propose a reference guide for evaluating the performance of undergraduate students in Geography, referring to the content of geomorphology. In this guide, we present and discuss skills identified in readings and discussions of concepts, notions, visualization and spatial representation, important geomorphological reasoning. The skills are organized in three axes regarding: (i) the conceptual understanding and geomorphological reasoning, (ii) the geomorphological representation: imagery language, (iii) the language. These enable to verify the performance of students with geomorphological reasoning. ; As raras contribuições acerca de habilidades necessárias para o pensar e o fazer geomorfologia, em Geografia, constitui a motivação principal que norteia este trabalho. Amparado em noções acerca de habilidade e competência cunhadas por pesquisadores da área educacional e na revisão de literatura pertinente à edificação do conhecimento geomorfológico...

OS CAMPOS GERAIS DO PARANÁ E A CONTRIBUIÇÃO DA GEOMORFOLOGIA CLIMÁTICA

Martins, Tiago Damas; Vieira, Bianca Carvalho
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
No Brasil, especificamente na região dos Campos Gerais, no estado do Paraná, a ampliação das descrições das paisagens dadas por naturalistas e viajantes, ainda no século XIX, trouxe questionamentos quanto à ocorrência de vegetações distintas, como campos e cerrados, entremeadas em florestas úmidas nas zonas planálticas. Desta forma, este trabalho tem como objetivo central descrever as principais pesquisas sobre a origem da paisagem dos Campos Gerais do Paraná com base, sobretudo, nos preceitos da Geomorfologia Climática. Reinhard Maack foi um dos primeiros pesquisadores que identificou evidências geomorfológicas referentes às mudanças climáticas durante o Quaternário especialmente neste estado. Destacam-se na paisagem dos Campos Gerais, que se estendem por 19 mil km², características geológicas e geomorfológicas peculiares, abrigando grupos vegetacionais que remontam ao Pleistoceno. A beleza cênica da paisagem tem sido utilizada no desenvolvimento de projetos turísticos, em função, tanto do seu patrimônio natural, quanto pelo seu valor cultural.

CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DA IMPORTÂNCIA DA GEOMORFOLOGIA NA QUESTÃO DOS LIMITES TERRITORIAIS; CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DA IMPORTÂNCIA DA GEOMORFOLOGIA NA QUESTÃO DOS LIMITES TERRITORIAIS

Ross, Jurandyr Luciano Sanches
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DA IMPORTÂNCIA DA GEOMORFOLOGIA NA QUESTÃO DOS LIMITES TERRITORIAIS; CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DA IMPORTÂNCIA DA GEOMORFOLOGIA NA QUESTÃO DOS LIMITES TERRITORIAIS

GEOMORFOLOGIA E DINÂMICA QUATERNÁRIA NO SUDESTE DO BRASIL; GEOMORFOLOGIA E DINÂMICA QUATERNÁRIA NO SUDESTE DO BRASIL

Coltrinari, Lylian
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
GEOMORFOLOGIA E DINÂMICA QUATERNÁRIA NO SUDESTE DO BRASIL; GEOMORFOLOGIA E DINÂMICA QUATERNÁRIA NO SUDESTE DO BRASIL

GEOMORFOLOGIA E MUDANÇAS GLOBAIS: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES; GEOMORFOLOGIA E MUDANÇAS GLOBAIS: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

Coltrinari, Lylian
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
GEOMORFOLOGIA E MUDANÇAS GLOBAIS: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES; GEOMORFOLOGIA E MUDANÇAS GLOBAIS: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES

METODOLOGIA EM GEOGRAFIA FÍSICA: CIÊNCIA, TECNOLOGIA E GEOMORFOLOGIA EXPERIMENTAL; METODOLOGIA EM GEOGRAFIA FÍSICA: CIÊNCIA, TECNOLOGIA E GEOMORFOLOGIA EXPERIMENTAL

Colangelo, Antônio Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 02/11/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
METODOLOGIA EM GEOGRAFIA FÍSICA: CIÊNCIA, TECNOLOGIA E GEOMORFOLOGIA EXPERIMENTAL; METODOLOGIA EM GEOGRAFIA FÍSICA: CIÊNCIA, TECNOLOGIA E GEOMORFOLOGIA EXPERIMENTAL

GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL E AGRICULTURA FAMILIAR NA BACIA DO RIO IRATIM - GUARAPUAVA - PR

THOMAZ, Edivaldo Lopes
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.08%
O objeto da Geomorfologia é o relevo e ele deve ser entendido quanto a sua forma, gênese, dinâmica entre outros elementos. Além disso, o relevo é o suporte para as atividades humanas e no caso da bacia do rio lratim a principal atividade é a agricultura. No entanto, a prática agrícola tem causado a degradação dos solos, que é o principal fator de produção e reprodução familiar no âmbito da bacia. O presente trabalho enfoca a importância da geomorfologia ambiental no entendimento da degradação da paisagem, bem como no planejamento do uso dos solos agrícolas. Enviromental geomorpholy and familiar agriculture on the river Iratim basin - Guarapuava - PR Abstract The object of the Geomorphology is the relief, and it must be understood in its form, genesis, and dynamic among others. Besides, the relief, is the support for human activities, and concerning to basin of Iratim river the main use is for agriculture. Nevertheless, the agricultural practice has been causing the degradation of the soils. The soil is the most important factor for production and reproduction of familial agriculture in the whole basin. The present work aims to show the importance of environmental geomorphology in the understanding of the landscape degradation...

VI Simpósio Nacional de Geomorfologia (VI SINAGEO)

Carvalho, Vilma Lúcia Macagnan
Fonte: Revista Geografias Publicador: Revista Geografias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2006 POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
A cidade de Goiânia, entre 7 e 10 de setembro de 2006, recebeu os participantes do VI Simpósio Nacional de Geomorfologia (SINAGEO), evento nacional promovido pela UGB – União da Geomorfologia Brasileira, e a Conferência Regional de Geomorfologia, evento internacional promovido pela IAG – Associação Internacional de Geomorfólogos, realizados pelo Instituto de Estudos Sócio-Ambientais (IESA) da Universidade Federal de Goiás (UFG). (...)

Geomorfologia, paisagem e arte: um percurso em construção; Geomorphology, landscape and art: a route under construction; Geomorfología, paisaje y arte: un recorrido en construcción

Valdati, Jairo; Università degli Studi di Modena e Regio Emilia, Modena
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.46%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2012v9n1p181 O artigo apresenta algumas concepções pertinentes às ciências naturais, de modo especial na geomorfologia, as quais são usadas para representar a paisagem no campo das artes. Para isso, parte-se das origens de alguns princípios norteadores da geomorfologia, tais como catastrofismo e uniformitarismo que tentam explicar a paisagem, o relevo, segundo a corrente de pensamento vigente em cada época, até trabalhos mais recentes de geomorfologia aplicados aos estudos ambientais, tais como os estudos sobre os geomorfosites. O conceito de espaço natural, evolutivo da geomorfologia, e a ideia de espaço construído dos paisagistas, especialmente a de Burle Marx, conduzem ao universo da Land Art, ou arte e paisagem. A metodologia se baseia principalmente em material bibliográfico e trabalhos realizados pelo autor e na aplicação de técnicas mistas sobre suporte fixo (tela) em forma de obras artísticas. Finalizando a análise, evidencia-se que os conceitos aplicados nos estudos acadêmicos sobre a relação homem e ambiente ou homem e paisagem natural podem ser aplicados nas artes. Por fim, são apresentadas obras realizadas pelo autor em que o conceito de espaço aparece em uma relação de escala (desproporção) e tempo...

A GEOMORFOLOGIA: UMA REFLEXÃO CONCEITUAL (The Geomorphology: a reflection conceptual)

Souza, Alexandre dos Santos; Furrier, Max Furrier; Nóbrega, Wesley Ramos; Valadares, Diego Nunes; dos Santos, Aparecida Danielle Garcia
Fonte: CADERNOS DO LOGEPA Publicador: CADERNOS DO LOGEPA
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 12/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este trabalho visa apresentar um ensaio lacônico sobre a importância do estudo da Geomorfologia. Este ramo científico não é fortuito, sendo de grande relevância para compreensão da dinâmica formadora do relevo Terrestre, isto porque, seu objeto de estudo é inegavelmente, palco dos eventos físicos e sociais que configuram a paisagem. A partir dessa premissa, ressalva-se que o emprego das novas tecnologias tem dado vigor ainda maior aos estudos geomorfológicos, possibilitando compreensão acurada dos fenômenos que os cerca. Nessa perspectiva, observa-se que no conjunto das conhecidas ciências da Terra, a Geomorfologia possui indubitavelmente sua identidade própria e deve ser estudada considerando-se as particularidades das bases e conceitos que estruturam essa Ciência.