Página 1 dos resultados de 6815 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

"A geografia escolar na prática docente: a utopia e os obstáculos epistemológicos da geografia crítica" ; School geography in teaching practice: utopia and epistemological obstacles in Critical geography

Kaercher, Nestor André
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Esta tese apresenta dois focos principais de interesse: o ensino de Geografia no Ensino Fundamental e Médio (EFM) e a formação de professores de Geografia. Nos interessamos, particularmente, em saber como o movimento de renovação da Geografia, genericamente denominado Geografia Grítica (GC), chegou no EFM. Os objetivos principais desta tese foram averiguar como a efervescência e renovação da Geografia Acadêmica pós-1978 chegaram ao ensino de Geografia do EFM, qual a contribuição do movimento denominado GC na renovação do ensino desta disciplina e quais as concepções de Educação e de Geografia que os licenciados estão construindo com e para seus alunos do EFM. Para alcançar estes objetivos observamos dez licenciados em Geografia, nos anos de 2002 e 2003, que lecinavam no EFM, em treze escolas distinas nos turnos da manhã, tarde e noite, na cidade de Porto Alegre, estado do Rio Grande do Sul, perazendo um total de 154 (cento e cinqüenta e quatro) observações que totalizaram 212 (duzentas e doze) horas/aula. Constatamos a dificuldade de se renovar as práticas pedagógicas, bem como de se construir um bom embasamento teórico que promova um ensino de Geografia atual, dinâmico, plural, instigante, reflexivo e radicalmente democrático. Este trabalho nao teve a pretensão de ser prescritivo do "bem ensinar Geografia"...

Geografia física: balanço da sua produção em eventos científicos no Brasil; Physical geography: balance of production in scientific events in Brazil

Souza, Marcos Barros de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
Discutir as tendências teóricas e conceituais da Geografia física é fundamental para que se possa visualizar trajetórias, abordagens, influências e debates que ocorreram na Geografia nos últimos 50 anos. Foi realizado um balanço dos trabalhos produzidos e publicados nos Anais e/ou Caderno de Resumos e Contribuições Científicas de eventos científicos, ocorridos no período de 1954 a 2004, tais como: Congresso Brasileiro de Geógrafos, Encontro Nacional de Geógrafos, Encontro Nacional de Estudos Sobre o Meio Ambiente, Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada, Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica e Simpósio Nacional de Geomorfologia. Esta pesquisa teve como objetivos: realizar levantamento bibliográfico e destacar alguns aspectos do percurso histórico da Geografia no mundo e no Brasil, destacando a Geografia Física; efetuar balanço de como vem sendo abordada a Geografia Física, em eventos científicos, utilizando-se como fonte de informações os Anais e/ou Cadernos de Resumos e Contribuições Científicas de eventos científicos realizados ao longo do período de 1954 a 2004; refletir sobre os direcionamentos da pesquisa em Geografia Física, contribuindo com uma visão crítica dos trabalhos analisados; identificar as tendências teórico-metodológicas e temáticas dos trabalhos publicados nos Anais e/ou Caderno de Resumos e Contribuições Científicas de eventos científicos; discutir e levantar hipóteses dos motivos porque muitos geógrafos físicos participam de eventos ligados à outras áreas de conhecimento fora do âmbito da Geografia; discutir possíveis motivos para que alguns eventos ligados à área de Geografia Física pararam de ocorrer; refletir e analisar o atual momento da Geografia Física. Foi aplicado...

O currículo de geografia: uma análise do documento de reorientação curricular da SEE-RJ; The Geography curriculum: an analysis of the document "curriculum guide" of SEE-RJ

Ferreira, Washington Aldy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Trata-se de uma pesquisa sobre o currículo de Geografia da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de analisar a construção da geografia escolar inserida no documento de Reorientação Curricular deste órgão oficial. Neste trabalho, o currículo de Geografia é analisado no atual contexto de transformações do mundo da educação pela perspectiva neoliberal. Tal contexto é marcado por transformações na educação brasileira que ocorre a partir da criação Lei de Diretrizes de Base Nacional (9.394/96), das reformas curriculares como os Parâmetros Curriculares Nacionais para os níveis fundamental e médio, das Diretrizes Curriculares Nacionais e dos sistemas de avaliação como o Exame Nacional do Ensino Médio, cujo objetivo é criar um novo modelo de escola e de ensino no país. No estado do Rio de Janeiro, essas transformações ocorreram dentro de uma mesma lógica global/nacional através de um programa de avaliação das escolas públicas intitulado de Nova Escola. O currículo de Geografia da Secretaria Estadual de Educação é parte desse contexto. Sua análise é feita através de um diálogo com o campo de estudos sobre currículo e a Geografia acadêmica e escolar brasileira, objetivando compreender as concepções de currículo e de Geografia escolar presentes no documento. A pesquisa aborda as relações existentes entre as políticas educacionais dos organismos multilaterais para os países emergentes...

A inflexibilidade do espaço cartográfico, uma questão para a geografia: análise das discussões sobre o papel da cartografia; The inflexibility of space cartography, a matter for the geography: analysis of the discussions on the role of cartography

Fonseca, Fernanda Padovesi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
Esta é uma das questões-chave da pesquisa: haveria um consenso que a Cartografia é a linguagem ideal para a expressão da Geografia? O que poderia ser uma óbvia resposta positiva, não o é. Não vivemos em um tempo no qual parece haver uma subtilização da Cartografia pela Geografia? Não estaríamos perdendo esse recurso sem que houvesse reação? Mas, qualquer Cartografia serve à Geografia? A verificação de qual Cartografia serviria à Geografia, um objetivo desse trabalho, leva em consideração a movimentação teórica no interior da disciplina que pode ser qualificada como de renovação. Nossa preocupação fica mais completamente expressa da seguinte maneira: haveria um desenvolvimento da Cartografia em consonância com a renovação da Geografia? Na pesquisa, inicialmente, verificamos se algumas transformações da Geografia escolar, em tese influenciadas pela renovação da Geografia, teriam alcançado a Cartografia escolar. Afinal, o segmento de renovação da Geografia que assume um viés mais epistemológico assumiu a reconstrução teórica do conceito de espaço geográfico, o que seguramente traria conseqüências para a representação cartográfica. Nesse sentido, constatamos uma ausência de novidade no campo da Geografia escolar e na Cartografia que se pratica...

O ensino das temáticas físico-naturais na geografia escolar; The teaching of physical and natural themes in school geography

Morais, Eliana Marta Barbosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.05%
Entendemos que o sentido da Geografia no currículo do ensino básico é a sua potencialidade para a formação de cidadãos críticos, autônomos e conscientes para atuarem em sociedade. A Geografia escolar pode contribuir para essa formação ao trabalhar, no ensino, as temáticas físico-naturais do espaço geográfico, todavia esta contribuição está vinculada à forma como o ensino é encaminhado. Esta forma se relaciona, além de outros fatores, à formação teórico-metodológica do docente que, bem fundamentada, lhe possibilita desenvolver o processo de ensino e aprendizagem a partir da articulação entre objetivos, conteúdos e métodos. Para refletir sobre esta questão, buscamos analisar a relação existente entre a concepção de professores de Geografia acerca dos conceitos de natureza e ambiente e o ensino realizado por eles sobre as temáticas físico-naturais do espaço geográfico nas Redes Municipal e Estadual de Educação de Goiânia-Goiás nos amparando nos conhecimentos didáticos do conteúdo. Assim, nesta tese tivemos a intenção de verificar se os docentes que atuam nestas redes, ao ensinarem os conteúdos relevo, rochas e solos na Geografia escolar, ratificam a separação entre os aspectos físicos e sociais instituída na dicotomia entre a Geografia Física e a Geografia Humana. Se assim o fazem...

O primeiro esboço do método geográfico de Vidal de La Blache a partir dos estudos do Mediterrâneo. Permanências e rupturas no contexto da institucionalização da geografia (1872-1918); The first draft of the geographic method of Vidal de la Blache based on studies of the Mediterranean. Continuities and ruptures in the context of the institutionalization of geography (1872-1918)

Lira, Larissa Alves de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Vidal de la Blache (1845-1918) é considerado um dos mestres de fundação da geografia universitária francesa. Tendo ministrado aulas de geografia de 1873 a 1914, na França, muitos estudos existem a seu respeito, principalmente sobre anos finais da carreira. O objetivo deste trabalho é esclarecer a concepção do método geográfico a partir dos estudos do geógrafo Vidal de la Blache sobre o Mediterrâneo. Apoiados em uma concepção de uma história social das ideias e das permanências, o Mediterrâneo foi visto como o objeto inicial (escritos existem a partir de 1872) e duradouro (até 1918) da obra do historiador que se tornou geógrafo em fins do século XIX. Portanto, foi possível observar as transições metodológicas dentro de um quadro de permanências e rupturas. O Mediterrâneo também é uma zona de interesse da geografia botânica e das expedições científicas do século XIX que ajudaram a estabelecer a glória do império napoleônico, além de zona de cobiça da sociedade francesa, que leva a cabo seus objetivos imperiais na África do Norte. Inserido neste contexto e apoiando-se na sua formação de historiador, Vidal elaborará uma concepção geográfica do Mediterrâneo. Assim, este trabalho assinala como pano de fundo alguns percursos da institucionalização da geografia...

Sobre a natureza da geografia entre Richard Hartshorne e Fred K. Schaefer: um fragmento inacabado; Over the nature of geography between Richard Hartshorne and Fred K. Schaefer: an unfinished fragment

Lima Neto, Everaldo Macena de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37%
A presente pesquisa refletiu sobre a natureza da geografia de Richard Hartshorne e de Fred K. Schaefer na busca por compreender elementos fundamentais da metodologia em geografia. Para tal, é apresentado um documento de Schaefer inédito na língua portuguesa, intitulado A Natureza da Geografia. O ponto de partida é uma introdução à trajetória intelectual de Richard Hartshorne, na qual são apontadas as principais questões envoltas ao seu pensamento. É destacada sua postura frente à caracterização metodológica da geografia, principalmente na explicação do conceito de região, da diferenciação e a integração de áreas, assim como a exposição filosófica sobre a corologia. A seguir, faço breve contextualização sobre o caminho acadêmico de Fred. K. Schaefer e volto esforço para a compreensão de seus trabalhos, em especial, seu único artigo publicado, Excepcionalismo na Geografia e o manuscrito A Natureza da Geografia. O documento traduzido para a língua portuguesa foi analisado, sucintamente, para que algumas questões já levantadas em seu artigo fossem explicadas com maior rigor. Essas questões dizem respeito aos aspectos metodológicos da disciplina, como a posição da ciência geográfica, enquanto sistemática ou idiográfica. Seguinte a exposição desses dois estudiosos...

As condições dos cursos de licenciatura em Geografia no Brasil: uma análise territorial e de situação.; The conditions of teaching courses of geography in Brazil: a territorial and situational analysis

Fiori, Vivian
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Esta tese trata da análise das condições existentes nos cursos de licenciatura em Geografia com a mediação do território brasileiro. A existência destes cursos tem relação com os processos históricos, sociais, políticos e espaciais. Os eventos, sobretudo os relativos à educação superior, são fundamentais para o entendimento de algumas de suas principais características. Nesta pesquisa, constatou-se que algumas das problemáticas destes cursos, embora em novas condições políticas, educacionais e espaciais, permanecem ainda hoje, tais como: a relação dos perfis dos cursos de licenciatura e bacharelado, a dicotomia entre Geografia Física e Humana, bem como a falta de professores, entre outras. Para operacionalizar esta pesquisa, privilegiou-se a análise dos cursos no período pós 1996, devido à influência das políticas estabelecidas pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1996), pela legislação própria das licenciaturas (2002), pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Geografia (2002), pelo sistema de avaliação de cursos e pelo Plano de Expansão das IES Federais (2007). Os dados qualitativos e quantitativos nesta tese são, principalmente, provenientes de depoimentos de docentes...

Entre as ruínas do muro: a história da geografia crítica sob a ótica da ideia de estrutura ; Among the ruins of the wall: the history of the critical geography under the perspective of the idea of structure

Pedrosa, Breno Viotto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.07%
Esta tese busca analisar a história da geografia crítica na França e nos Estados Unidos, principalmente através da concepção de estrutura. A partir de uma compreensão preliminar dos geógrafos anarquistas do século XIX, seguimos para a análise do marxismo e do debate sobre o materialismo geográfico entre geopolíticos e intérpretes do pensamento marxiano na geografia. Após a limitação da possibilidade histórica do desenvolvimento de uma geografia de esquerda na Alemanha, nos voltamos para a análise da geografia francesa que interage com o marxismo devido à resistência ao nazismo e à necessidade de emancipar-se de algumas concepções do pensamento vidaliano. Acompanhamos, então, o rico desenvolvimento da geografia de esquerda como as análises de geografia urbana e econômica, assim como a introdução da temática do subdesenvolvimento. A geografia de esquerda desacelera-se com a crise do marxismo e a ascensão da nova geografia. Contudo, pouco tempo depois, o descrédito da geografia quantitativa, o contexto mundial de lutas revolucionárias e os eventos de maio de 68 fazem surgir a geografia crítica. No caso francês, exploramos as relações entre a geografia de esquerda e o surgimento da geografia crítica; para os Estados Unidos...

A cartografia no processo de formação acadêmica do professor de geografia; Cartography in the process of geography teachers' formation

Vieira, Eliane Ferreira Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37%
As discussões em âmbito nacional e internacional sobre a Cartografia Escolar apontam que a compreensão da linguagem cartográfica é passo importante na leitura das realidades geográficas. Tais discussões apontam para a necessidade de se repensar a Cartografia na formação do professor. Esse é o debate que nos interessa e sobre o qual nos debruçamos neste trabalho. Os estudos nesse campo apresentam formulações que abrem problemas específicos, também relevantes, que suscitam ângulos diversos de análise. Norteados por questionamentos acerca da inadequação da formação acadêmica no tocante à Cartografia para os professores, defendemos a seguinte tese: a potencialidade da Cartografia na construção do raciocínio espacial impõe repensar a maneira como os conhecimentos cartográficos são construídos ao longo do processo de formação acadêmica dos professores de Geografia. Diante de tal tese, elegemos como principal foco, investigar o seguinte problema: como deveria ser o ensino de Cartografia no curso de Licenciatura de maneira que os futuros professores fossem capacitados para lidar com os conhecimentos cartográficos no ensino de Geografia? Sendo assim, o objetivo geral dessa pesquisa é analisar as contribuições e limitações das disciplinas específicas de Cartografia no curso de licenciatura em Geografia para o exercício da prática docente. Neste sentido...

A cartografia e seus saberes na atualidade : uma visão a partir do ensino superior de geografia no estado de São Paulo; The cartography and knowledge in your top news : a view from the higher education of Geography in São Paulo State

Clezio Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.09%
A área de cartografia é entendida como os saberes básicos da representação gráfica do espaço utilizada para produzir o conhecimento cartográfico e vem sendo ministrada como disciplinas curriculares nos cursos de Geografia no Brasil. A pesquisa procura responder a seguinte questão: Qual a relevância da Cartografia para a formação e utilização dos profissionais de Geografia? A problemática apontada acima, norteou nossa pesquisa e nosso objetivo geral de realizar uma análise de como os saberes cartográficos são efetivados na atualidade no ensino superior de Geografia no estado de São Paulo. Os objetivos específicos são: caracterizar a relação entre o saber cartográfico no ensino superior de Geografia e no ensino básico de Geografia; analisar criticamente os conteúdos de cartografia que são ensinados nos cursos superiores em geografia; analisar em que medida a formação profissional em Geografia influencia no seu modo de ver e trabalhar com os saberes cartográficos no ensino de Geografia; e identificar a necessidade e a existência de novas temáticas cartográficas que devam estar presentes no ensino superior de Geografia. As instituições escolhidas para a pesquisa são as três universidades estaduais públicas e seus cursos de Geografia: Universidade de São Paulo (USP)...

Saberes docentes e a Geografia Urbana Escolar; Teacher knowledge and the Urban Geography School

OLIVEIRA, Karla Annyelly Teixeira de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
This dissertation investigated the development process education of a Geography teacher. The focus of this research was on the composition of the teacher s knowledge about "urban Geography school". It used formation conception of the teacher as a continuum, as composed by teacher s background, his initial education at the University and by his work at school. When designing the school knowledge , "urban Geography school" as a teacher s knowledge the research development came from the following guiding questions: what is the role of teacher formation in the building of the teacher s knowledge about urban Geography school ? How does city is taught in Geography courses at University? How does city is taught in Geography as a school subject? From the content city , in the case study based on qualitative approach, we investigated the formation trajectory of five Geography teachers that studied at Goiás Universities: Federal, Catholic and State. About University training we investigated: the aspirations of teachers in relation to the University, the course of Geography and the teaching profession, their conditions to conduct the course, as well as their assessement about their formation on the content city at University. We have identified how the city is taught in Geography courses...

Geografia, militância e marxismo: a trajetória de Horieste Gomes e sua participação no Movimento de Renovação da Geografia Brasileira; Geography, activism and marxismo: the course of Horieste Gomes and his participation in the Brasilian Geography Renewal Movement

Freitas, Weder David de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
This study aims to understand the participation of teacher Horieste Gomes in the Brazilian Geography Renewal Movement. So, we used the contextual approach method proposed by Berdoulay ([1981] 2003) to help our research. Based on this methodological perspective, we investigated geography development specifically, the so-called Critical Geography and Horieste Gomes participation in the Renewal Movement. We understand that science develops from two important factors: the first is the social context in which it is and the second is the theoretical and methodological bases that will support scientific thinking. In Brazilian Geography, in the 1960s, 1970s and 1980s, there was a meeting between these two factors, providing a moment of epistemological rupture and the formation of a new geographical science conception. This meeting enabled a reinterpretation of Geography and its social function, both in the social context, particularly the military dictatorship actions, and the politicalacademic setting, with the possibility of a pure Marxist reading, with no interference. However, to go only to the original Marxism in a political framework developer was not enough. There was a difficult task to be done: join Marxist theory to geographical science. How could that be...

Special issue: The centenary of academic geography in South Australia / edited by Nick Harvey and Fay Gale

Fonte: Royal Geographical Society of South Australia Publicador: Royal Geographical Society of South Australia
Tipo: Journal issue
Publicado em //2004 EN
Relevância na Pesquisa
37.05%
A special issue of South Australian geographical journal commissioned by the Royal Geographical Society of South Australia to recognise the centenary of the tertiary teaching of geography in South Australia. From tenuous beginnings at the University of Adelaide in 1904, it has grown to a large and important discipline taught in various forms at South Australian tertiary institutions, including related studies in GIS, planning, population studies and environmental management. Indicates the significant role of geography in the community from the beginning of the Society in 1885, which focussed on exploration and the extension of geographical knowledge in South Australia and the Northern Territory. Edited by Nick Harvey and Fay Gale.; Foreword -- The importance of Adelaide in the genesis of academic geography in Australia / Nick Harvey -- The role of Royal Geographical Society of South Australia / Brian Ward -- The development of university geography, 1904-1960 / Fay Gale -- Geography at Flinders University, 1966-2003 / Alaric Maude -- Geography at the University of Adelaide, 1960-1991 / Peter Smailes and Trevor Griffen -- Geography and Environmental Studies at the University of Adelaide since 1990 / Graeme Hugo --The Geography Teachers’ Association of South Australia / Lindsay Francis -- The rise and fall of geography at the University of South Australia / William Slaytor and Neville Harris -- Geography in South Australian universities: future prospects / Nick Harvey and Clive Forster; © Royal Geographical Society of South Australia

Conhecimentos docentes dos alunos da licenciatura em geografia da Universidade Pedagógica-Maputo; Teacher's knowledge of students of degree in geography of the Pedagogical University - Maputo

Buque, Suzete Lourenço
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
It is understood that the discipline of Geography has in school, in combination with other curriculum subjects, a role to play in the formation of students. For this reason, it is considered that the institutions of initial training must provide certain basic knowledge for which the future teachers can work with autonomy and make the discipline Geography significant for their students. For this to happen there is a need to adopt new didacticpedagogical practices that leverage the knowledge construction of teaching future teachers. This knowledge becomes necessarily by the capacity that the future teacher needs to have for the linkage between the knowledge of specific subjects and the pedagogical. To reflect about this the study has as theme the initial training of teachers and as object the knowledge teachers of students in the process of initial training in Degree in Geography of Pedagogical University of Mozambique. The overall objective is to understand the process of construction/mobilization of knowledge teachers of students of degree in Geography and the formative practices that potentiate. The specific are: characterize the initial training of the Degree course in Geography of the Pedagogical University of Mozambique...

Formação profissional em geografia: a graduação no Campus Catalão/UFG e os projetos pedagógicos de 1992, 2005 e 2009; Training in geography: graduation Campus Catalão/UFG and pedagogical projects 1992, 2005 and 2009

Santos, Robson Alves dos
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RC); Regional de Catalão (RC) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RC); Regional de Catalão (RC)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
This research aims to study the process of professional education in Geography with professionals trained in the Course of the Federal University of Goiás - Campus Catalão, focusing on elements that deal with the training of graduate and bachelor Geografia. We experience in the period of a society globalized, capitalist, which directly influences the social, economic, political and cultural development of people and that has caused changes in geographical science, in education, teachers and, consequently, the formation of professional geography. Geography is a science of everyday life and has been undergoing a process of advancement and popularization, in order to provide better understandings of reality, which confirms the importance of studies that address the formation of the Geographer, both licensed as bachelor's . We will address questions about the dichotomy and the relationship between degree and bachelor; geography as a science and its institutionalization as a discipline and its influences in the formative process of the licensee and the BA in Geography, the Political-Pedagogical Project, its construction, its importance and structure curriculum in the process of professional training in geography, and the formation of BA in Geography and the labor market. For the survey...

Geografia e ensino no Brasil e em Cuba: um estudo histórico-geográfico comparado; Geography and teaching in the Brazil and Cuba: an History-Geographic comparative study

Oliveira, Cesar Alvarez Campos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O objeto de estudo desta tese é o desenvolvimento da Geografia como matéria escolar no Brasil e em Cuba, desde seu surgimento até os dias atuais. O objetivo principal é a ampliação do debate e da reflexão sobre as funções e sobre a utilidade da Geografia escolar atual, assim como sobre nossas práticas como professores da disciplina. Para atingir tal objetivo, analisamos, dentro de um enfoque comparativo, os percursos da Geografia nos dois países em questão, dando prioridade aos aspectos relacionados à história do pensamento geográfico, assim como à sua institucionalização, aos fatores que a influenciaram, às transformações sofridas ao longo do tempo, aos seus objetivos principais e à sua configuração nos diferentes períodos históricos abarcados pelo estudo. Nesse sentido, abordamos de forma particularizada os principais elementos que identificamos como responsáveis pela constituição da estrutura conceitual da disciplina, atrelando-os aos contextos espaciais e históricos específicos e aos processos singulares de formação territorial de cada país. Para tanto, desenvolvemos estudos relacionados aos fatores internos e externos à disciplina, articulando-os aos processos de construção e afirmação da Geografia escolar. A abordagem comparativa permite a ampliação da visão sobre temas pertinentes à Geografia como ciência e como disciplina escolar...

"Cosmografia geográfica: a astronomia no ensino de geografia" ; "Geographic Cosmography: the astronomy in geography teaching"

Sobreira, Paulo Henrique Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.06%
Esta pesquisa relaciona o Ensino da Astronomia ao Ensino da Geografia e aborda um grande cabedal de temas que expressam relações importantes entre os conhecimentos terrestres e os celestes. Estudou-se um campo que faz parte da Cosmografia e que se constitui em uma releitura na área de Geografia, para o qual se propõe a designação de “Cosmografia Geográfica”, ao invés do nome “Cosmografia”, simplesmente, ou “Geografia Astronômica”. O termo “Cosmografia” está em desuso, e suas atribuições foram incorporadas pela Astronomia, Cartografia, Náutica e pela Geografia, no entanto, sua função pedagógica no Ensino de Astronomia permaneceu ativa nos ensinos de Matemática e de Geografia no Brasil, ao longo dos séculos XIX e XX. A Cosmografia Geográfica é um campo de estudos da Geografia, cujo conjunto de conhecimentos e habilidades é predominantemente escolar. Estuda a interface entre os conhecimentos terrestres e os celestes e lhes atribui significância geográfica. Analisa as relações humanas e naturais com o Espaço Sideral e suas conseqüências para a sociedade e a natureza e, portanto, para a organização do espaço. Analisou-se a presença da “Cosmografia Geográfica” na Geografia brasileira, para se estabelecer um conjunto mínimo inovador de temas cosmográficos para se ensinar em Geografia...

A geografia de Yi-Fu Tuan: essências e persistências; Yi-Fu Tuan\'s Geography: essences and persistencies

Padua, Leticia Carolina Teixeira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
O constante refletir sobre si mesma é uma das mais importantes características da ciência, é desse modo que ela avança e procura compreender novas realidades e tecer novas maneiras de ver o mundo. Nesse contexto, a geografia não poderia se furtar à permanente autoreflexão. Uma das maneiras de percorrer os caminhos que a geografia tem trilhado é buscar conhecer a obra de grandes geógrafos, em especial, daqueles que efetivamente marcam grandes inovações e abrem novos horizontes para a nossa ciência. Esta tese, então, é fruto de uma profunda exploração na geografia de Yi-Fu Tuan, um dos fundadores da geografia humanista. Suas reflexões enriqueceram e, sobretudo, propuseram à geografia a abertura de novas abordagens e temas de análise: às suas mais conhecidas concepções sobre espaço e lugar, somam-se debates sobre os valores, a moral, o escapismo, a bondade, a criação de pets, o cosmopolitismo e ainda a comunidade e o indivíduo. Para um profundo entendimento da obra de Tuan pensamos ser importante, primeiramente, decompor seus elementos constituintes. Assim, trouxemos à luz suas principais influências e matrizes de pensamento, por meio de um extenso levantamento dos autores que cita e as discussões que fomenta entre a fenomenologia-existencialista...

Reflections on the epistemological positions of Richard Hartshorne in The Nature of Geography; Reflexões sobre as posições epistemológicas de Richard Hartshorne em The Nature of Geography

Coscioni, Fernando José
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37%
Este artigo pretende expor e analisar alguns aspectos da discussão teórico-metodológica sobre a natureza da ciência geográfica presentes na obra The Nature of Geography (1939) de Richard Hartshorne (1899-1992). Analisaremos a definição do propósito da Geografia formulada pelo autor e a reconstrução histórica que realiza na referida obra para edificar tal definição e posteriormente abordaremos algumas reflexões oferecidas por Hartshorne a respeito da relação entre os enfoques sistemático e regional na disciplina. A análise dessas questões será feita a partir de uma preocupação mais ampla com a compreensão do papel do autor na Geografia acadêmica do século XX e com a operação de mecanismos constitutivos do campo científico em sua obra.; This article seeks to expose and analyze some aspects of the theoretical-metho- dological discussion about the nature of geographical science that are present in the work The Nature of Geography (1939) written by Richard Hartshorne (1899- 1992). We’ll review the definition of the purpose of Geography formulated by the author and then discuss some reflections offered by Hartshorne regarding the relationship between systematic and regional approaches in the discipline. The analysis of these issues will be made from a wider concern with the understan- ding of the role of the author in academic Geography of the twentieth century and with the operation of constituting mechanisms of the scientific field in his work.