Página 1 dos resultados de 615 itens digitais encontrados em 0.072 segundos

O currículo de geografia: uma análise do documento de reorientação curricular da SEE-RJ; The Geography curriculum: an analysis of the document "curriculum guide" of SEE-RJ

Ferreira, Washington Aldy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
55.77%
Trata-se de uma pesquisa sobre o currículo de Geografia da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de analisar a construção da geografia escolar inserida no documento de Reorientação Curricular deste órgão oficial. Neste trabalho, o currículo de Geografia é analisado no atual contexto de transformações do mundo da educação pela perspectiva neoliberal. Tal contexto é marcado por transformações na educação brasileira que ocorre a partir da criação Lei de Diretrizes de Base Nacional (9.394/96), das reformas curriculares como os Parâmetros Curriculares Nacionais para os níveis fundamental e médio, das Diretrizes Curriculares Nacionais e dos sistemas de avaliação como o Exame Nacional do Ensino Médio, cujo objetivo é criar um novo modelo de escola e de ensino no país. No estado do Rio de Janeiro, essas transformações ocorreram dentro de uma mesma lógica global/nacional através de um programa de avaliação das escolas públicas intitulado de Nova Escola. O currículo de Geografia da Secretaria Estadual de Educação é parte desse contexto. Sua análise é feita através de um diálogo com o campo de estudos sobre currículo e a Geografia acadêmica e escolar brasileira, objetivando compreender as concepções de currículo e de Geografia escolar presentes no documento. A pesquisa aborda as relações existentes entre as políticas educacionais dos organismos multilaterais para os países emergentes...

A alfabetização científica, a resolução de problemas e o exercício da cidadania: uma proposta para o ensino de geografia; The scientific literacy, problem based learning and citizenship: a suggestion to the Geography teaching

Moraes, Jerusa Vilhena de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
55.78%
Nesta tese, investigamos a metodologia da aprendizagem baseada na resolução de problemas (PBL) no ensino de Geografia como proposta para a alfabetização científica e o exercício da cidadania. O trabalho, desenvolvido no contexto de formação de professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II, contribui para uma maior reflexão acerca de propostas voltadas à melhoria da prática pedagógica (no que diz respeito aos professores) e da aprendizagem de conceitos científicos (no que diz respeito a professores e alunos). Acreditamos que essa proposta para o ensino de Geografia, entendida como metodologia, pode permitir a compreensão, por parte do aluno, de conceitos das áreas comumente tratadas em sala de aula como antagônicas (Geografia Física e a Humana) e uma articulação entre a teoria e a prática. Do ponto de vista curricular, a proposta auxilia na estruturação de planos de aulas que enfatizam não apenas o conteúdo, mas a aprendizagem de conceitos científicos, habilidades e procedimentos ligados às diferentes áreas do conhecimento. Os teóricos que abordam essa questão no ensino escolar (LAMBROS, 2002; LEITE & ESTEVES, 2006, entre outros) mostram que essa metodologia possibilita aos alunos uma aprendizagem de conceitos científicos muito mais significativa e autônoma...

O ensino das temáticas físico-naturais na geografia escolar; The teaching of physical and natural themes in school geography

Morais, Eliana Marta Barbosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.86%
Entendemos que o sentido da Geografia no currículo do ensino básico é a sua potencialidade para a formação de cidadãos críticos, autônomos e conscientes para atuarem em sociedade. A Geografia escolar pode contribuir para essa formação ao trabalhar, no ensino, as temáticas físico-naturais do espaço geográfico, todavia esta contribuição está vinculada à forma como o ensino é encaminhado. Esta forma se relaciona, além de outros fatores, à formação teórico-metodológica do docente que, bem fundamentada, lhe possibilita desenvolver o processo de ensino e aprendizagem a partir da articulação entre objetivos, conteúdos e métodos. Para refletir sobre esta questão, buscamos analisar a relação existente entre a concepção de professores de Geografia acerca dos conceitos de natureza e ambiente e o ensino realizado por eles sobre as temáticas físico-naturais do espaço geográfico nas Redes Municipal e Estadual de Educação de Goiânia-Goiás nos amparando nos conhecimentos didáticos do conteúdo. Assim, nesta tese tivemos a intenção de verificar se os docentes que atuam nestas redes, ao ensinarem os conteúdos relevo, rochas e solos na Geografia escolar, ratificam a separação entre os aspectos físicos e sociais instituída na dicotomia entre a Geografia Física e a Geografia Humana. Se assim o fazem...

O novo paradigma produtivo e os parâmetros curriculares nacionais de Geografia; The new productive paradigm and the national curricular parameters of Geography

Soares, Marcos de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.76%
Esta pesquisa trata das possíveis relações entre um novo paradigma produtivo e a proposta de currículo presente nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Geografia para o ensino fundamental. Novo paradigma produtivo construído pelo sistema do capital cuja materialização se apresenta entre outras formas de políticas neoliberais como as que conduziram reformas econômicas e educacionais e da reestruturação produtiva com mudanças na forma do produzir que imprime a necessidade de um novo trabalhador mais adaptado, apto, e multifuncional para essa nova forma de produzir e onde a constituição desse trabalhador tenha nas competências cognitivas de atributos individuais sua relação com o mundo do trabalho. O PCN se constitui como um currículo oficial do Estado brasileiro no bojo dessas reformas educacionais, construído a partir de elementos de recontextualização do discurso pedagógico caracterizando-se por um currículo por competências, cuja expressão para o ensino fundamental são os temas transversais. No caso da Geografia, o PCN critica uma abordagem marxista e salienta a fenomenologia como a metodologia científica mais adequada ao entendimento dos fatos geográficos. A fenomenologia constitui-se numa leitura filosófica da realidade...

Cartografia e ensino de geografia: uma breve discussão teórico-metodológica; Cartography and Geography teaching: a brief theoretical and methodological discussion

Simião, Helaine Cordeiro Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
65.81%
Neste trabalho procura-se discutir a linguagem cartográfica para o ensino-aprendizagem da disciplina de Geografia. Nesse sentido entende-se que a Cartografia é uma linguagem visual, que deve estar presente nas aulas de Geografia. Ressalta-se que, essa linguagem cartográfica deve ser ensinada desde as séries inicias do segundo ciclo do ensino fundamental. Inclusive, que deve permanecer até o final do ensino médio no currículo escolar, em todas as séries. O objetivo é fazer com que os mapas façam sentido para os alunos, uma vez que, como linguagem que são, possuem um potencial comunicativo relevante no ensino e na aprendizagem. No entanto, para ficar clara a ideia do ensino e da aprendizagem que se espera efetivar, procura-se também trabalhar com autores que discutem o desenvolvimento da psique infantil, o currículo escolar e a escola. A intenção é compreender como ocorre o ensino e a aprendizagem e quais seriam os procedimentos didático-pedagógicos que permitiriam que esse processo se efetivasse nas aulas de Geografia. Nesse sentido foram pensados procedimentos e planos de aulas para o ensino dos conteúdos geográficos por meio do ensino da sintaxe das regras da representação gráfica conforme a Semiologia gráfica de Jacques Bertin. A partir da apreensão da sintaxe das regras da Semiologia Gráfica os alunos poderiam adquirir mais conhecimentos geográficos do que se apenas vissem os mapas temáticos como ilustração de textos. Os alunos apresentariam ganhos cognitivos e maior interesse pela disciplina de Geografia. Adquiririam também conhecimentos sobre a importância e representação dos fluxos e das redes geográficas para uma Cartografia adequada a uma Geografia renovada e perceberiam o potencial das anamorfoses para a representação do espaço geográfico como uma dimensão do social. Trabalha-se...

Geografia política e geopolítica no Brasil (1982-2012); Political Geography and Geopolitics in Brazil (1982-2012)

Karol, Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
65.64%
Esta tese discute a Geografia Política e Geopolítica produzida por geógrafos no período de 1982-2012, procura identificar quais os temas mais tratados, os lugares da produção e a existência de especialistas com ligação na formulação de políticas territoriais do Estado brasileiro. Neste sentido, questiona a renovação da Geografia no Brasil, mostra que a negligencia dos geógrafos com a análise do Estado não passou ao largo das instituições de ensino e pesquisa. Dentre os resultados alcançados, expõe a concentração da produção em poucos geógrafos, fato marcante em todo o século XX, a localização em grandes universidades dos centros urbanos e a ligação dos geógrafos como formuladores de políticas estatais de organização territorial. Conclui-se que, no período analisado, a obra de Bertha K. Becker é preponderante na Geografia Política e Geopolítica e que a renovação que pretendia olvidar a ligação dos geógrafos com o Estado não se efetivou, ao contrário viu crescer o número de trabalhos sobre políticas territoriais para o Estado.; This thesis discusses Political Geography and Geopolitics produced by geographers between 1982 and 2012, looking to identify which topics were the most discussed...

Cartografando a construção do conhecimento cartográfico no ensino da geografia

Abreu e Silva, Paulo Roberto Florencio de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.82%
Este trabalho, que denominamos de desafio, é fortalecido por duas epistemologias que lidam com a construção do conhecimento: a complexidade de Edgar Morin que utilizamos como método e a Epistemologia Genética de Jean Piaget, que nos fortaleceu no entendimento da (des) construção do conhecimento Cartográfico no Ensino Escolar. Como objetivo, estudamos a construção do conhecimento da Cartografia na formação do professor de Geografia e as suas implicações no ensino escolar. Procura inicialmente, sustentar algumas inquietações em nossa jornada enquanto professores e pesquisadores. No ambiente escolar existem deficiências na construção do conhecimento cartográfico, ou não? Existe ou não preocupação dos professores de Geografia em desmistificar o paradoxo do analfabetismo cartográfico no ensino escolar? O ir e o vir, da construção da espacialidade da Geografia utilizando a Cartografia como ferramenta, nos impulsionou a sugerir algumas novidades no sentido de mobilizar transformações, como o Cardápio de informações geográficas/cartográficas e a oficina do Parque de diversão, utilizando a espacialidade cartográfica. Através da pesquisa de cunho qualitativo, o movimento foi realizado nas escolas públicas e particulares da região metropolitana do Recife...

Migrações, geografia escolar e educação para a cidadania

Silva, Ana Celeste
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
55.81%
Relatório da Prática de Ensino Supervisionada, Mestrado em Ensino da História e da Geografia, Universidade de Lisboa, 2011; Migrações, Geografia Escolar e Educação para a Cidadania relata a prática de ensino supervisionada que desenvolvemos na disciplina de Geografia. Apresenta a concepção, implementação e avaliação de uma unidade didáctica, dirigida aos alunos da turma B do 8.º ano de escolaridade do CIMM, no âmbito do tema População e Povoamento e do subtema A distribuição e mobilidade da população. A unidade didáctica que concebemos tem os seus alicerces nas Migrações e nos Migrantes, mas igualmente na geografia escolar, que se pretende recentrada, social, problematizadora do real, global, sistémica e activa; e na educação para a cidadania. Não podendo ignorar que a sociedade actual é multicultural, a escola tem de estar preparada para formar um novo tipo de cidadão: o cidadão global. E este, por sua vez, deve ser detentor e defensor de valores como a tolerância, a igualdade, a justiça social, a liberdade e o respeito. Enquadrados por estes princípios da geografia escolar e pelas balizas dos paradigmas cognitivista e o ecológico-contextual, depois de estudarmos o fenómeno das migrações do ponto de vista científico...

Promoção da educação intercultural: o contributo da diversidade cultural dos alunos no processo de ensino-aprendizagem nas disciplinas da História e Geografia

Rolão, Ana Brites de Sousa Melo
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
55.78%
Relatório de Estágio apresentado para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ensino da História e da Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário; Este relatório descreve a Prática de Ensino Supervisionada do Mestrado em Ensino da História e da Geografia no 3º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário, incide sobre as actividades desenvolvidas nas turmas 11º J da escola Secundária Miguel Torga e 11º 2 e 3 da Escola Secundária Seomara da Costa Primo, no ano lectivo de 2010/2011. O relatório está dividido em duas partes. Na primeira faz-se uma breve apresentação do tema central do trabalho – Educação Intercultural – onde se tentam definir de alguns conceitos chave e se traça uma evolução das práticas relativas à educação intercultural em Portugal. Na segunda, descrevem-se algumas experiências de ensino-aprendizagem desenvolvidas durante a Prática de Ensino Supervisionada bem como uma reflexão sobre a sua aplicação e vivência do estagiário nas escolas. A multiculturalidade dos alunos das referidas turmas permitiu a aplicação de estratégias que promoveram a educação intercultural e os seus princípios orientadores, como a igualdade de oportunidades...

O método intuitivo e a percepção sensorial como legado de Pestalozzi para a geografia escolar

Zanatta,Beatriz Aparecida
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
55.78%
O artigo é uma contribuição para o entendimento da história da prática pedagógica da geografia escolar. Busca subsidiar a formação de professores com elementos que permitam a compreensão das concepções pedagógicas que, a partir do século XIX, passaram a nortear a prática de ensino de geografia. O principal objetivo é apresentar uma reflexão a respeito das contribuições de Pestalozzi acerca da metodologia de ensino de geografia, assim como, da repercussão dessas idéias no ensino da geografia brasileira. A conclusão aponta para o entendimento de que muitas das idéias e princípios pestalozzianos encontram-se presentes nas atuais propostas de ensino, porém enriquecidas pelas reflexões de renomados teóricos do pensamento pedagógico e geográfico contemporâneo.

O uso da representação cartográfica e a cartofobia: analisando a prática e a formação inicial docente na Geografia do ensino público em Teresina-PI

Silva, Teresa Cristina Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.81%
This word has objective to analyzer the relevance of the use of the cartographic representations, in the constructions of the geographical knowledge, during the process of the teaching-learning in the classes of the Geographic of the High School, drawing liam with the formation docent of the regulars courses of teacher training in the regular courses of Degree in Geography. Delimit is the area of empiric search to College State Zacarias de Goes (CEZG) Liceu Piauiense, and to regulars courses of Degree in Geography of the University Federal of the Piauí (UFPI) and University State of the Piauí (UESPI), educational institutions of the public network, located in the city of the Teresina Piauí. Expression of the problematic searched is gaps to been demystified on the vision cartofógica, when has reference to use of the cartographic representations, in the practice, and the initial formation docent in the Geography. To analyze the dynamics of the use of the cartographic resources, tried demystify the Cartography while of the space during the teaching of discipline Geography. So, the lyam with the initial formation in the begree search understand the impasses of construction to academic know and the possibilities of the didactic transposition to the restructure of the know scholar to teacher who works in the Geography...

A geografia no currículo do ensino médio e no vestibular da UFRN: 2001-2007

Ferreira, Hilma de Azevedo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.84%
This work examines the results of the selecting process to enter Universidade Federal do Rio Grande do Norte called Vestibular, in 2001, 2003, 2005 and 2007, in relation to the necessary knowledge presented by the candidates in the Geography area. It observes the contents in the discursive exams and its corresponding results discussing them from the official curriculum of the Secondary School, as it is stated in the official documents of Ministério da Educação(MEC): Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio (PCNEM), Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (OCNEM) e Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+ do Ensino Médio). We aim to highlight what are the contents and background of the Geography curriculum according to the orientations of the official curriculum; discuss in what measure these contents are present in the questions and in the correct answers of the candidates as well as reflect upon what possibly is suggested by those results concerning the knowledge presented in the answers. In this investigation process, the history of the teaching in Brazil is taken up together with the statistical data about the Fundamental School and about Higher Education in the last years. Both map the scenario in which this research takes place as well as make knowledgeable some variables such as: cultural...

A cartografia escolar na educação de jovens e adultos: uma experiência com a prática docente em geografia; La cartografía escolar en la educación de jóvenes y adultos: una experiencia con la práctica docente en geografia

Rezende, Caroline Geraldini Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.82%
Esta investigación analizó la acción mediadora de la Cartografía en el proceso de enseñanzaaprendizaje de EJA posibilitando, consecuentemente, la formación continuada de profesores de Geografía de esta modalidad de enseñanza. La investigación fue desarrollada junto a uno profesor de la Tercera Etapa (Enseñanza Media) en una unidad de la Red Estatal de Educación, que ofrece Educación de Jóvenes y Adultos (EJA), en el municipio de Goiânia, Goiás. La formación inicial del graduando en Geografía viene posibilitando la comprensión de las necesidades del alumno de enseñanza regular, quedando, de cierta forma, olvidado el alumno de Educación de Jóvenes y Adultos. La EJA es compuesta por un público que requiere un tratamiento diferenciado y muchas veces los profesionales de la educación que actúan en esta modalidad no comprenden y/o no son preparados para enfrentar esta realidad. Ante estos hechos, algunos cuestionamientos fueron levantados especialmente en lo que dice respeto a la capacidad mediadora de la Cartografía en la construcción de los conocimientos geográficos. Utilizando-se de una metodología cualitativa a través de investigación participante...

O conceito de lugar no livro didático e o processo de ensino-aprendizagem; The concept of Place in the didactic book and the teachinglearning process

Silva, Luan do Carmo da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.82%
This dissertation, entitled The concept of Place in the didactic book and the teachinglearning process, is focused on the matter of the not so discerning use of the didactic book in the geography classes, its subtle contribution to the citizen formation of the students and the effective learning of the geographic knowledge. The research had the intention to answer the following questions: what have been the conceptions of place brought by the didactic works of regional nature used in the state of Goiás during the early years? How do the teachers absorb the concepts of place pointed by those works and how do they use these concepts during the teaching-learning process? From what has been exposed, the research had as aims: to analyze the practices and the theoretical conceptions brought and propitiated by the didactic books of Geography that have regional characteristics of the state of Goiás and the introduction of these notes in the classrooms of Elementary school concerning the meaning of place; problematize the Geography that is brought by the didactic books, discuss the different basis to the construction of the concept of place in the academic Geography and in the school Geography; to interpret and to analyze the practice of those who works directly with the formative process in the early years – the teacher. In the ambit of the school Geography...

Uma análise do ensino de Geografia utilizando as representações cartográficas no 2º ciclo nas escolas públicas de Natal - RN

Freitas, Edilson Pereira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Análisis de Ensino de la geografía usando las representaciones cartográficas en el ciclo 2º en las escuelas públicas de Navidad - RN, en la vista de la relación teo'rico-pra'ctica dividida en dos, en cuanto a la aplicabilidad verdadera de estos recursos en la educación de la geografía. Este análisis entiende una revisión bibliográfica, a la luz de teorías y de conceptos en el proceso de la educación y de aprender de la geografía y el uso de los recursos de los geocartográficos el largo de historia. El objetivo para caracterizar pertenecer al espacio de la escuela, a la escuela en la comunidad, a la educación de la geografía y al uso de los recursos cartográficos, la importancia de los recursos didácticos como ayudas de los metodológicos en la educación de la geografía, la dirección de señalar soluciones para mejorar las lecciones en Ensino básico, y comtemplaba preguntas primordiales relativas a los profesores prácticos; para la comprensión, mientras que profesional de la educación, la lucha para la valuación de la enseñanza y la educación pública; para la importancia social de la mejora de la formación de profesores de la educación básica, en el ejercicio completo de las actividades de enseñanza...

A geografia da saúde na geografia escolar do ensino médio, no contexto dos colégios estaduais de Curitiba/Pr : uma análise crítica

Braga, Ramon de Oliveira Bieco
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 132 f. : il. algumas color., mapas, tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
65.87%
Inclui anexos; Orientadora : Profª. Drª. Ana Maria Muratori; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 16/04/2015; Inclui referências: f.118-128; Área de concentração: Espaço, sociedade e ambiente; Resumo: A Geografia da Saúde como parte da ciência geográfica, objetiva analisar e compreender a acessibilidade dos habitantes aos serviços de saúde, bem como a distribuição espacial de doenças frente às condicionantes sociais, ambientais e geográficas. Desse modo, verifica-se que no Brasil, conforme os Parâmetros Curriculares Nacionais e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN, nº 9.364/96), os assuntos relacionados à temática saúde devem ser abordados transversalmente nas disciplinas da educação básica. Contudo, assinala-se a hipótese de que a Geografia da Saúde é pouco explorada por docentes e livros didáticos, não recebendo a atenção que deveria ter no âmbito escolar do ensino médio, embora se apresente como conteúdo norteador nas matrizes curriculares da educação. Desse modo, a proposta de destacar a Geografia da Saúde no Ensino Médio, refere-se ao seu aprimoramento quanto ao que já é desenvolvido em sala de aula. Nesse contexto...

O atual e as tendências do ensino e da pesquisa em Geografia no Brasil; NOWADAYS AND TRENDS IN GEOGRAPHY TEACHING AND RESEARCH IN BRAZIL

Suertegaray, Dirce Maria Antunes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
55.78%
Este artigo faz uma análise do ensino e da pesquisa em Geografia no Brasil, com base na formação de profissionais em programas de Pós-Graduação. Foi definido que o produto final dos Mestrados e Doutorados, dissertações e teses, expressa essas duas dimensões conjuntamente: o ensino e a pesquisa. Considerando esta idéia, foi analisada a produção dos 29 Programas de Pós-Graduação recomendados pela CAPES. A produção levantada corresponde ao período 2000-2003. Com estes dados e considerando os títulos dos trabalhos, foram classificados estes em sub-campos e escalas de análise em Geografia. Os resultados indicam um deslocamento da análise na Geografia Física para Geografia Ambiental e uma predominância da Geografia Humana sobre os demais campos analisados, além do predomínio da análise em escala local.; This paper makes an analysis of teaching and research in Brazil, based in the professionals' formation in Geography graduation programs. It was defined that the final product of the Master's degrees and Doctorates, dissertations and thesis, expressed those two dimensions together: teaching and research. Considering this idea, the production of the 29 Masters degree programs recommended by CAPES was analyzed. The production corresponds to the period 2000-2003. With these data and considering the titles of the works...

Trabalho de campo e ensino de Geografia

azambuja, leonardo dirceu; UNIJUÍ - Universidade Regional do Nororeste do Estado do Rio Grande do Sul
Fonte: Editora da UFSC Publicador: Editora da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Revisão de literatura. Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.81%
http://dx.doi.org/10.5007/2177-5230.2012v27n54p181Na Geografia Clássica, a observação e a descrição das formas espaciais era o resultado da realização do trabalho de campo. A renovação teórica e metodológica da Geografia qualificou este procedimento de pesquisa acrescentando neste resultado a interpretação do movimento presente nas relações socioespaciais. O trabalho de campo desenvolvido no ensino de Geografia na Educação Básica é uma atividade didática compatível com os novos paradigmas do ensino-pesquisa ou da construção social do conhecimento escolar. Refletir sobre o trabalho de campo no ensino de Geografia, considerando as mudanças na ciência e no ensino da ciência constitui o objeto do presente texto, incluindo algumas indicações de procedimentos e possibilidades para a realização didática de trabalhos de campo na escola.

GEOGRAFIA CÍNICA E PEDAGOGIA ANARQUISTA COMO BASES DO MUTUÓRIO

Sobreira, Antônio Elísio Garcia
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
65.7%
Este artigo faz aproximações entre os enunciados cínicos da Grécia e o anarquismo para direcionar uma discussão sobre pedagogia anarquista para o ensino de Geografia. Essas bases teóricas estão intimamente ligadas com a construção de uma categoria de pensamento que não existe na Geografia que sugere o espaço mútuo como princípio gerador de esperanças. O sentido deste trabalho é para dialogar com professores de Geografia que estudam o libertarismo como prática de suas propostas educacionais.

CARTOGRAFIA SOCIAL DO ESPAÇO URBANO DE MONTES CLAROS/MG: PARA APRENDER NA CIDADE E APREENDER A CIDADE

Silva, Francielle Gonçalves
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.78%
O artigo é resultado de observações, reflexões obtidas através das intervenções do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID - Subprojeto Geografia – Unimontes. Consiste em relato da “Oficina Cartografia Social” ministrada na Escola Estadual Professor Hamilton Lopes. A proposta consistiu em trabalhar o ensino da cartografia e da Geografia Urbana privilegiando a cidade média de Montes Claros/MG - BR, locus do educando. O procedimento metodológico baseia-se em revisão bibliográfica e experiência através da prática escolar das autoras. O objetivo foi desenvolver nos estudantes uma visão crítica da cidade em que vivem. Para tanto, utilizamos os recursos: fotografias, trabalho de campo, ferramenta de geotecnologias dentre elas o software de Sistema de Informações Geográficas – SIG, ArcGis 9.3, imagens de satélites (raster) e mapas. Neste contexto, a oficina corroborou para o entendimento sobre os elementos que compõem a cidade, aliado a compreensão dos conteúdos de Cartografia e Geografia urbana, possibilitando uma noção ampla e crítica do bairro e da cidade.