Página 1 dos resultados de 571 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

O ensino das temáticas físico-naturais na geografia escolar; The teaching of physical and natural themes in school geography

Morais, Eliana Marta Barbosa de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.59%
Entendemos que o sentido da Geografia no currículo do ensino básico é a sua potencialidade para a formação de cidadãos críticos, autônomos e conscientes para atuarem em sociedade. A Geografia escolar pode contribuir para essa formação ao trabalhar, no ensino, as temáticas físico-naturais do espaço geográfico, todavia esta contribuição está vinculada à forma como o ensino é encaminhado. Esta forma se relaciona, além de outros fatores, à formação teórico-metodológica do docente que, bem fundamentada, lhe possibilita desenvolver o processo de ensino e aprendizagem a partir da articulação entre objetivos, conteúdos e métodos. Para refletir sobre esta questão, buscamos analisar a relação existente entre a concepção de professores de Geografia acerca dos conceitos de natureza e ambiente e o ensino realizado por eles sobre as temáticas físico-naturais do espaço geográfico nas Redes Municipal e Estadual de Educação de Goiânia-Goiás nos amparando nos conhecimentos didáticos do conteúdo. Assim, nesta tese tivemos a intenção de verificar se os docentes que atuam nestas redes, ao ensinarem os conteúdos relevo, rochas e solos na Geografia escolar, ratificam a separação entre os aspectos físicos e sociais instituída na dicotomia entre a Geografia Física e a Geografia Humana. Se assim o fazem...

História da Geografia escolar: uma possibilidade de estudo da cultura escolar através da história oral temática híbrida

Souza, Thiago Tavares de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 139 f. : il., mapas, fots. + 1 CD-ROM
POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Pós-graduação em Geografia - IGCE; Ao tratar da história da Geografia enquanto disciplina escolar, tanto no que tange as determinações políticas e teóricas do currículo formal quanto dos fatores cotidianos, que e produzem a cultura escolar, aqui entendida conforme Vidal(2005), e a dinâmica do currículo real e oculto, desenvolvemos a presente pesquisa. Nosso objetivo foi o de contribuir para o estudo da historia das disciplinas escolares, no contexto do ensino da Geografia. No âmbito da metodologia, empregamos a pesquisa documental e a metodologia da história oral. A pesquisa bibliográfica e documental abrangeu a analise da produção acadêmica que trata da história da Geografia Escolar, da história do ensino no Brasil e no Estado de São Paulo e documentos oficiais, em especial aqueles que prescrevem orientação pedagógica e de conteúdo curricular, como orientações curriculares oficiais e prescrições metodológicas de ensino, como as Guias Curriculares Propostos para as Matérias do núcleo comum do Ensino do 1º Grau (1973), a Proposta Curricular para o ensino de Geografia-primeiro Grau(1991) e os Parâmetros Curriculares Nacionais(1997). Com isso, e a partir de Goodson (1998), estabelecemos uma periodização em quatro estágios do ensino de Geografia no Brasil para o período de 1549 a 2009. Caracterizamos cada período apontando as tendências de cada um...

A cartografia nos livros didáticos e programas oficiais no período de 1824 a 2002: contribuições para a história da geografia escolar no Brasil

Boligian, Levon
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 221 f. : il., tabs., quadros
POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Geografia - IGCE; A presente pesquisa possuiu como foco principal de investigação a evolução histórica dos conteúdos de Cartografia de 1824 até 2002 e seu papel no estabelecimento de uma cultura geográfica escolar. Identificou alternâncias, permanências e transformações curriculares desses conteúdos no período investigado, tomando como fontes da pesquisa os programas curriculares oficiais, mas, sobretudo, os compêndios e os livros didáticos de Geografia dirigidos aos alunos do primeiro ano do ensino secundário brasileiro. Além disso, foi realizada uma análise pormenorizada dos componentes disciplinares (vulgatas, exercíciostipo, avaliações docimológicas), desenvolvidos por professores-autores de obras publicadas durante o século XIX e o início do século XX. Por meio dessa visão sócio-histórica do currículo, foi possível evidenciar importantes diferenças epistemológicas entre o saber geográfico científico e o saber geográfico escolar.; La presente pesquisa posee como foco principal de investigación la evolución histórica de los contenidos de Cartografía desde 1824 hasta 2002 y su papel en el establecimiento de una cultura geográfica escolar. Se identificó alternancias...

O lugar do desenho e o desenho do lugar no ensino de geografia: contribuição para uma geografia escolar crítica

Miranda, Sérgio Luiz
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: iv, 158 f. : il., fots.
POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Geografia - IGCE; Este trabalho é orientado para a compreensão das abordagens do desenho no ensino de geografia, buscando possibilidades didáticas do desenho para abordar conteúdos curriculares nas séries iniciais da escola fundamental, tomando o conceito geográfico de lugar como eixo estruturador do currículo e a perspectiva crítica marxista como referencial na Geografia e na Educação, tendo em vista uma Geografia Escolar Crítica. Caracteriza-se como um estudo de caso com enfoque da dialética materialista histórica em que o pesquisador-professor volta-se para sua própria prática no ensino e na pesquisa enquanto práxis, considerando o processo de pesquisa como processo de conhecimento-aprendizagem numa perspectiva dialógica. Nos estudos e propostas para o ensino de geografia, identifica o lugar do desenho limitado a um lugar de passagem para o mapa, como um caminho natural balizado pelos estudos piagetianos. Reduzindo o desenho aos aspectos geométricos do espaço gráfico e orientando-se pelo construtivismo piagetiano, o ensino de geografia reproduz uma orientação conservadora da Educação. O estudo de outras abordagens do desenho e do ensino e a vivência experimental em sala de aula com o desenho do lugar apontaram para as contribuições de Vigotski para se rever e se ampliar a atividade do desenho em aula e o ensino como um todo...

Saberes docentes e a Geografia Urbana Escolar; Teacher knowledge and the Urban Geography School

OLIVEIRA, Karla Annyelly Teixeira de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.64%
This dissertation investigated the development process education of a Geography teacher. The focus of this research was on the composition of the teacher s knowledge about "urban Geography school". It used formation conception of the teacher as a continuum, as composed by teacher s background, his initial education at the University and by his work at school. When designing the school knowledge , "urban Geography school" as a teacher s knowledge the research development came from the following guiding questions: what is the role of teacher formation in the building of the teacher s knowledge about urban Geography school ? How does city is taught in Geography courses at University? How does city is taught in Geography as a school subject? From the content city , in the case study based on qualitative approach, we investigated the formation trajectory of five Geography teachers that studied at Goiás Universities: Federal, Catholic and State. About University training we investigated: the aspirations of teachers in relation to the University, the course of Geography and the teaching profession, their conditions to conduct the course, as well as their assessement about their formation on the content city at University. We have identified how the city is taught in Geography courses...

Saberes e práticas de professores de geografia referentes ao conteúdo cidade no cotidiano escolar; Knowledge and practices of teachers of geography regarding the subject city in the school quotidian

BENTO, Izabella Peracini
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Geografia; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.6%
The aim of this research is to investigate the knowledge and the practices constituting the training of the Geography teacher. The relationship between knowledge and teaching practice is sought to be understood from the participation of this subject in the universe city, as school content. The subject city marks then, in this proposal, a point of reflection about the study of the space, in its dialectical understanding. It is having in mind the theoretical proposal of school Geography that I take a look at the teaching practice, as a bias which enables and promotes the training of students who are citizens and critical individuals who see the city as a place of rights, access, and social insertion. This research is considered a case study due to its nature, which aims to analyze the knowledge that a group of Geography teachers, who work at the Public Education Network, has upon the city. It is an inquiry that covers a qualitative approach for the analysis and observation of lessons and interviews. Having three chapters, this thesis is structured in parts which are interrelated and complete each other. Thus, the first part presents a discussion about the training of the Geography teacher emphasizing, specifically, the construction of professional knowledge that guides the teaching practice. In the second part of the text...

A cartografia escolar na educação de jovens e adultos: uma experiência com a prática docente em geografia; La cartografía escolar en la educación de jóvenes y adultos: una experiencia con la práctica docente en geografia

Rezende, Caroline Geraldini Ferreira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.54%
Esta investigación analizó la acción mediadora de la Cartografía en el proceso de enseñanzaaprendizaje de EJA posibilitando, consecuentemente, la formación continuada de profesores de Geografía de esta modalidad de enseñanza. La investigación fue desarrollada junto a uno profesor de la Tercera Etapa (Enseñanza Media) en una unidad de la Red Estatal de Educación, que ofrece Educación de Jóvenes y Adultos (EJA), en el municipio de Goiânia, Goiás. La formación inicial del graduando en Geografía viene posibilitando la comprensión de las necesidades del alumno de enseñanza regular, quedando, de cierta forma, olvidado el alumno de Educación de Jóvenes y Adultos. La EJA es compuesta por un público que requiere un tratamiento diferenciado y muchas veces los profesionales de la educación que actúan en esta modalidad no comprenden y/o no son preparados para enfrentar esta realidad. Ante estos hechos, algunos cuestionamientos fueron levantados especialmente en lo que dice respeto a la capacidad mediadora de la Cartografía en la construcción de los conocimientos geográficos. Utilizando-se de una metodología cualitativa a través de investigación participante...

A geografia escolar do aluno EJA: caminhos para uma prática de ensino

Borges Neto, Fernanda
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
66.48%
Uma educação democrática e de qualidade é componente fundamental para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. Historicamente, o Brasil não tem sido capaz de promover o acesso e a permanência de uma importante parcela da população na escola, principalmente aquela de menor poder aquisitivo. Os números dos censos escolares demonstram que, nos últimos anos, vem ocorrendo um retorno, relativamente grande, de jovens e adultos às escolas. É neste contexto de exclusão educacional que se insere a presente pesquisa. Objetivou-se conhecer e compreender o desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem de Geografia, e propor metodologias adequadas para o ensino de Geografia em classes de Educação de Jovens e Adultos (EJA), do ensino fundamental. Para isto, realizou-se uma pesquisa bibliográfica sobre a questão da Educação de Jovens Adultos no Brasil, enfocando a pedagogia freiriana e o processo de ensino-aprendizagem da Geografia escolar. Foram pesquisadas duas turmas da EJA, do período noturno, de uma escola da Rede Municipal de Uberlândia, MG, no ano de 2007, sendo uma da 6ª série (3º ciclo), e outra da 8ª série (4º ciclo). Constataram-se, dentre outros resultados desta pesquisa, a incapacidade e a ineficiência histórica das políticas públicas educacionais em promoverem o acesso e a permanência do alunado na escola; a não observância de que o ensino deve ser pautado...

Pensamento teórico-conceitual docente sobre a geografia escolar: evidências da atuação de professores de geografia na educação básica em Goiânia/GO; Pensamiento teórico-conceptual sobre la geografia escolar: evidencias de la actuación de profesores de geografia em la educación basica en Goiânia/GO

Oliveira, Karla Annyelly Teixeira de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.73%
Pensar teórico-conceptualmente la Geografía escolar posibilita la autoría de la práctica docente. Esta tesis trata de la relación del profesor con la Geografía en la enseñanza, que es marcada por fragilidades epistemológicas en relación a los contenidos y la didáctica de la Geografía. Tal relación se encuentra en un contexto marcado por las adversidades sociales vinculadas a la profesión, a la formación y al trabajo docente así como por formulaciones teóricas que hacen la separación pensamiento-acción docente en la elaboración de la Geografía escolar. Con vistas a la superación de esta perspectiva, están las teorías que conciben el profesor como autor de la Geografía escolar, puesto que hacen la articulación pensamiento-acción en la elaboración de este conocimiento. Desde estos referenciales, la investigación se ha orientado por los siguientes cuestionamientos: ¿Cómo los profesores hacen el desarrollo del pensamiento teórico-conceptual sobre la Geografía, aunque de las adversidades sociales? ¿Quién son estos profesores? ¿Lo que caracteriza, fundamenta y especifica sus prácticas? ¿ Cómo ellos raciocinan didácticamente no desarrollo de la Geografía escolar? ¿Y la apropiación efectiva del modo de hacer con la Geografía escolar es una posibilidad de reestructuración de sus prácticas docentes? En función de estos cuestionamientos...

O Estágio na formação do professor de Geografia: relação universidade e escola; The training (stage) in the graduation of Geography teacher: the relationship between college and primary school

Rosa, Claudia do Carmo
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.47%
This research has as an object of study the Supervised Curricular Stage in the graduation of the geography teacher, because this time of the progress is considered difficult due to lack of approach between institutions of higher education with field schools and vice versa. Its objective is understanding the stage when testing the formation process of the Geography teacher, having as a guide element the relation college – school. Through the activities of the internship in the Bachelor's Degree in Geography from the Universidade Estadual de Goiás – Porangatu Unit University , looks into the trainee insertion in the field school, the motivation for performing the stage, the difficulties faced in, the overcoming of such difficulties, the contributions of the stage to vocational training, the seriousness of the relation between college and school and interfaces between academic disciplines and geographic content on the school Geography building. In this sense, it is considered the stage as a potentiating curricular component from relation between mentioned educational institutions, even considering the gaps for effective interinstitutional approach. The study took a qualitative approach to the research participant type...

As representações sociais da Geografia escolar: um olhar sobre a prática didático-pedagógica

Oliveira, Marlene Macário de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Geografia; Dinâmica e Reestruturação do Território
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
To present research had for study object to understand the social representations of the school geography for the students of the Municipal Schools Lions Prata and Dr. Francisco Brasileiro, located in the neighborhood of Catolé, and in Santa Terezinha District, respectively, in the municipal district of Campina Grande/PB. The objective of that study consisted of identifying, to understand and to analyze those apprehensions in the form as they are communicated and executed at the school and in the society. That search is due to the fact that the constant reproduction of the same ones in the current world context in that we are inserted doesn't to the understanding of the being's complexity and of the knowledge in the educational and social extent. Like this, we considered urgent their dialogues in practice didactic-pedagogic of the geography for ressignificar the geographical knowledge produced in the city. Authors as Moscovici; Jodelet; Bourdieu; Tuan; Foucault; Castoriadis; Morin among others contributed in the reflexive mediation of the imaginary symbolic emitted by the interior speeches of the 281 (two hundred and eighty and a) researched students. Those corresponded to 64,0% (sixty four) integral of the enrolled ones in the two schools of the municipal public system of teaching (INEP...

A cidade, o urbano e a geografia escolar

Siqueira, Santiago Alves de
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 197 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.5%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Geografia; Esta pesquisa procura analisar de que maneira, concepções teórico-metodológicas a respeito de eventos socioespaciais de cidade e urbano são abordados no ensino de Geografia, tendo-se por referência a Rede Municipal de Ensino de Florianópolis, e como estes dois conceitos são desenvolvidos na perspectiva pedagógica para uma geografia escolar. Nessa perspectiva, avaliamos como esta disciplina nas dimensões ensino-aprendizagem busca contribuir para a formação da cidadania de seus educandos. A ideia de cidadania é discutida a partir de concepções bibliográficas, onde buscamos uma aproximação com pensamento do geógrafo Milton Santos e ideias afins de outros estudiosos que tratam dessa questão. A partir dessa referência, tomamos um recorte metodológico centrado em cinco escolas de Ensino Fundamental da Rede Municipal, tendo-se professores de Geografia e alunos do último ano do Ensino Fundamental como sujeitos do processo focado. Utilizamos recursos de entrevistas visando compreender dimensões qualitativas do trabalho de professores daquela disciplina escolar, notadamente sob aspectos metodológicos das abordagens nos conteúdos pesquisados e seus possíveis desdobramentos...

A geografia da saúde na geografia escolar do ensino médio, no contexto dos colégios estaduais de Curitiba/Pr : uma análise crítica

Braga, Ramon de Oliveira Bieco
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 132 f. : il. algumas color., mapas, tabs., grafs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
66.57%
Inclui anexos; Orientadora : Profª. Drª. Ana Maria Muratori; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 16/04/2015; Inclui referências: f.118-128; Área de concentração: Espaço, sociedade e ambiente; Resumo: A Geografia da Saúde como parte da ciência geográfica, objetiva analisar e compreender a acessibilidade dos habitantes aos serviços de saúde, bem como a distribuição espacial de doenças frente às condicionantes sociais, ambientais e geográficas. Desse modo, verifica-se que no Brasil, conforme os Parâmetros Curriculares Nacionais e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN, nº 9.364/96), os assuntos relacionados à temática saúde devem ser abordados transversalmente nas disciplinas da educação básica. Contudo, assinala-se a hipótese de que a Geografia da Saúde é pouco explorada por docentes e livros didáticos, não recebendo a atenção que deveria ter no âmbito escolar do ensino médio, embora se apresente como conteúdo norteador nas matrizes curriculares da educação. Desse modo, a proposta de destacar a Geografia da Saúde no Ensino Médio, refere-se ao seu aprimoramento quanto ao que já é desenvolvido em sala de aula. Nesse contexto...

Doutrinação : a influência do pensamento gramsciano na geografia crítica escolar brasileira

Correia, Marcos Antonio
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 232 f. : il.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.57%
Orientador : Prof. Dr. Luis Lopes Diniz Filho; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências da Terra, Programa de Pós-Graduação em Geografia. Defesa: Curitiba, 13/04/2015; Inclui referências : fls. 199-205; Resumo: A tese, "Doutrinação: a Influência do Pensamento Gramsciano na Geografia Crítica Escolar Brasileira", em síntese, procura demonstrar que a Geografia radical ou crítica escolar de matiz marxista, apresenta-se comprometida com ideologias que manifestam, prioritariamente, mote político em detrimento do científico. Ela vem eivada de doutrinação ideológica que se antepõe e altera o processo de produção e disseminação do conhecimento geográfico. O que abre precedente ao contraponto weberiano que diz: a ciência e o ensino não devem misturar-se ao político. Exibe evolução do pensamento gramsciano, sua elaboração pedagógica, bem como algumas categorias e conceitos pertinentes à tese, destacando conceitos de hegemonia, escola única, intelectuais, estado ampliado e sociedade civil. Mostra a prevalência da Geografia Crítica na educação brasileira, assim como traça breve evolução paradigmática da Geografia Acadêmica, seus antecedentes, seu caráter educativo e sua institucionalização no Brasil. Constata a influência de Antonio Gramsci na Geografia Crítica escolar brasileira...

Travessias da aula em campo na geografia escolar: a necessidade convertida para além da fábula

Oliveira,Christian Dennys Monteiro de; Assis,Raimundo Jucier Sousa de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.44%
O ensino de geografia cultiva um vínculo de identidade com o mundo exterior: a aula em campo. Os desafios para investigação escolar das instituições, localidades e relações são enormes. Esse exercício didático é o alvo do presente texto, cujo objetivo é mostrar a preocupação e o avanço, de alguns estudiosos, na construção de uma 'teoria' das aulas de campo, aqui denominadas aulas em campo. A proposta corresponde à apresentação e discussão de certas abordagens específicas para esse tipo de aula. No entanto, esse cultivo não se realiza de forma contínua nem está no centro do planejamento da geografia escolar. Ele aparece como uma exceção contra a qual os autores aqui citados reagem, caracterizam limites e potencialidades e direcionam soluções. Para tanto, propõem seu resgate nas diversas formas de atividades externas ao espaço escolar: excursões, visitas, estudos do meio, turismo. A força pedagógica da aula em campo encontra-se, todavia, na capacidade da interação professor-aluno em apreender com o lugar-mundo e planejar-se no improviso, o que, na conclusão do artigo, aparece como defesa de uma postura estratégica da gestão do retorno à sala de aula. Chamada de autobiografia coletiva da aula anterior...

Las Condiciones del cambio en la enseñanza de la geografía análisis de innovaciones operadas en el temario de la geografía escolar por un grupo de docentes que participaron de la capacitación en la ciudad de Buenos Aires durante 2002-2004 /

Fernández Caso, María Victoria
Fonte: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2007 SPA; SPA
Relevância na Pesquisa
56.5%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; El objetivo de esta investigación ha sido explorar las condiciones del cambio curricular a partir de la identificación, análisis e interpretación de las concepciones y prácticas vinculadas con la innovación de un grupo de profesores de secundaria con formación inicial no universitaria, que participó de la capacitación en el Centro de Pedagogías de Anticipación (CePA) de la Ciudad de Buenos Aires. El estudio se ocupa de validar la hipótesis que la innovación curricular excede las cuestiones estrictamente metodológicas de la enseñanza, camino usualmente postulado como más eficaz, siendo el escenario de la concepción y organización del conocimiento una pieza clave para incentivar la renovación. En cuanto a las condiciones del cambio que se desprenden del análisis, las asociadas a la dimensión socio-cultural, revelan los motivos por los que la asignatura es percibida como encargada de enseñar toponimia y regiones y procedimientos acordes como la localización en un mapa y se destaca el papel que ha tenido la propia disciplina como productora de un saber generador de discursos naturalizantes sobre las sociedades y los territorios. En el plano epistemológico...

Travessias da aula em campo na geografia escolar: a necessidade convertida para além da fábula; The excursions of the class in the field in school geography: the need converted beyond the fable

Oliveira, Christian Dennys Monteiro de; Assis, Raimundo Jucier Sousa de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
O ensino de geografia cultiva um vínculo de identidade com o mundo exterior: a aula em campo. Os desafios para investigação escolar das instituições, localidades e relações são enormes. Esse exercício didático é o alvo do presente texto, cujo objetivo é mostrar a preocupação e o avanço, de alguns estudiosos, na construção de uma 'teoria' das aulas de campo, aqui denominadas aulas em campo. A proposta corresponde à apresentação e discussão de certas abordagens específicas para esse tipo de aula. No entanto, esse cultivo não se realiza de forma contínua nem está no centro do planejamento da geografia escolar. Ele aparece como uma exceção contra a qual os autores aqui citados reagem, caracterizam limites e potencialidades e direcionam soluções. Para tanto, propõem seu resgate nas diversas formas de atividades externas ao espaço escolar: excursões, visitas, estudos do meio, turismo. A força pedagógica da aula em campo encontra-se, todavia, na capacidade da interação professor-aluno em apreender com o lugar-mundo e planejar-se no improviso, o que, na conclusão do artigo, aparece como defesa de uma postura estratégica da gestão do retorno à sala de aula. Chamada de autobiografia coletiva da aula anterior...

O estudo do meio sobre a cidade e o urbano na geografia: (re)pensar a prática de ensino na escola é necessário?; The environment study of the city and geography ur- ban: is necessary rethink practice in the school?

Oliveira, Marlene Macário
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana. Universidade de São Paulo.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
School geography textbook use limited distance reflective-critical understanding of the contents of the city and of the urban, unveiling a mechanical education, functional and exclusive lessons archetype of life of the inhabitants of the segre- gationist city, including students. In this perspective, this work reflects the contri- bution of environmental study from the locus of students experiences, contribu- ting the complexity that involves the subject in the process of teaching-learning in geography. Build a critical eye and investigative over the city and the contem- porary urbanization process, including criticizes exclusion, poverty, violence and the differentiated types of segregation in the school curriculum, promotes the construction of socio-spatial identities and exercise of citizenship.; Quando restrita ao uso do livro didático, a geografia escolar se afasta da com- preensão crítico-reflexiva dos conteúdos da cidade e do urbano, praticando um ensino mecânico e funcional, arquétipo de aulas excludentes e segregacionistas da dos habitantes da urbe, inclusive os educandos. Nessa perspectiva, este trabalho discute a contribuição do estudo do meio a partir do lócus das experiências dos alunos para o estudo da complexidade que envolve o tema no processo de ensino- -aprendizagem em geografia. Construir um olhar crítico e investigativo sobre a ci- dade e o processo de urbanização contemporânea...

Geografia do Brasil: A Construção de um Corpus Escolar

Del Gaudio, Rogata Soares
Fonte: Revista Geografias Publicador: Revista Geografias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.51%
O presente artigo discute aspectos relativos à construção do corpus da geografia escolar, relacionados aos estudos de geografia do Brasil. Analisa singularidades da geografia escolar frente à geografia acadêmica ou científica e aprecia a constituição do mercado brasileiro de livros didáticos. Com base em pressupostos da Análise do Discurso, investiga quatro obras: uma voltada à aprendizagem da leitura – Através do Brasil – e três destinadas especificamente ao ensino dessa disciplina, publicadas entre as décadas de 1930 e 1960. A constituição do mercado editorial ocorreu no país pari passu à implementação de políticas públicas de educação, bem como a consolidação das disciplinas escolares. Dos objetivos do ensino de geografia, pelo menos no período considerado, um recobria tanto a construção do sentimento de pertencimento à nação brasileira, como buscava também a valorização das gentes e da terra brasileiras. Foram mobilizados nas obras os sentimentos de orgulho em razão da extensão territorial do país, do caráter pacífico e ordeiro do povo brasileiro e da prodigalidade da natureza “nacional”. Essas características demarcaram, por décadas, o ensino de geografia do/no Brasil.

Formação de Professores de Geografia e as Diretrizes Curriculares Nacionais: pensando o professor no contexto da Geografia Escolar

Menezes, Priscylla Karoline; Universidade Estadual de Goiás
Fonte: ParticipAção; ParticipAção Publicador: ParticipAção; ParticipAção
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.55%
O artigo trata de uma pesquisa no campo dos estudos sobre a formação e a atuação de professores de Geografia, que foi desenvolvida a partir de um projeto de extensão. A pesquisa teve como objetivo principal compreender o papel do Currículo no Ensino de Geografia e as alterações ocorridas na formação inicial em função das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) entre os anos de 2002 a 2012 e discutir como ocorre a articulação entre os conhecimentos da Geografia Acadêmica e da Geografia Escolar para o ensino de Geografia. Na metodologia do trabalho de investigação foram empregados procedimentos dos estudos de casos, conforme as abordagens qualitativas da pesquisa educacional, com uma perspectiva histórico-cultural da educação escolar. O trabalho de campo foi realizado em uma escola pública municipal de Minaçu com a participação de duas professoras da segunda fase do ensino fundamental. Os resultados da pesquisa indicam insuficiência na comunicação entre conhecimentos técnicos e pedagógicos, que resultam em uma desarticulação entre a geografia acadêmica e a geografia escolar.