Página 1 dos resultados de 593 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Cimento ósseo com gentamicina no tratamento da infecção óssea: estudo da eluição in vitro; Bone cement and gentamIcin in the treatment of bone infection: background and in vitro study

AZI, Matheus Lemos; KFURI JUNIOR, Mauricio; MARTINEZ, Roberto; PACCOLA, Cleber Antonio Jansen
Fonte: Atha Comunicação & Editora Publicador: Atha Comunicação & Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
OBJETIVO: Determinar as características de eluição da gentamicina. MÉTODO: 480mg de gentamicina foram adicionadas a 40g de cimento ósseo. Dez corpos de teste semelhantes foram produzidos e imersos individualmente em solução salina tamponada por 28 dias. Amostras dos dias 1, 2, 7, 14, 21 e 28 foram analisadas pelo método de imunofluorescência polarizada. RESULTADO: A maior parte da gentamicina foi liberada do cimento nas primeiras 24 horas. Uma queda gradual se deu do 2° ao 14° dia. No 28° dia, a maior parte das amostras não apresentava mais níveis detectáveis do antibiótico. CONCLUSÃO: A mistura liberou quantidades elevadas e em doses terapêuticas do antibiótico de forma previsível ate o décimo quarto dia.; OBJECTIVE: To determine the elution characteristics of the antibiotic (gentamicin) mixed with bone cement. METHODS: 480mg of gentamicin was added to 40g of bone cement. Ten specimens were immersed in buffered saline solution for 28 days. Samples of days 1, 2, 7, 14, 21 and 28 were analyzed by the fluorescence polarization immunoassay method. RESULTS: Most of the gentamicin was eluted from the cement in the first 24 hours. A gradual downslide occurred between days 2 and 14. By the 28th day, there was no trace of the antibiotic. CONCLUSION: The mixture released high amounts of the antibiotic in a predictable (therapeutic) manner during at least fourteen days.; Fundação de Amparo a Pesquisa do estado de São Paulo (FAPESP)

Estudo experimental anatômico-funcional da cocleotoxicidade da gentamicina com doses habituais para recém-nascidos; Experimental morphological and functional study of gentamicin cochleotoxicity using the regular dose given to neonates

BAGGIO, Carla Luiza; SILVEIRA, Aron Ferreira; HYPPOLITO, Miguel Angelo
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
TEMA: a gentamicina é um antibiótico que atua nas infecções causadas por bacilos Gram-negativos. Seu efeito colateral mais importante é a ototoxicidade. As ototoxicoses são afecções iatrogênicas provocadas por fármacos que alteram a orelha interna, podendo afetar o sistema coclear e/ou vestibular, alterando duas funções importantes: a audição e o equilíbrio. Os principais grupos pediátricos que recebem antibióticos aminoglicosídeos são recém-nascidos com infecções graves na UTI neonatal. OBJETIVOS: verificar a ocorrência de lesão às células ciliadas externas (CCE) pela gentamicina com os esquemas de dose única de 4mg/Kg/dia e de 2,5mg/Kg/dia a cada 12 horas, por meio de um estudo anatômico por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e estudo funcional através das emissões otoacústicas por produto de distorção (OEAPD). Forma de estudo experimental. MÉTODO: foram avaliadas 26 cobaias albinas através das EOAPD pré e pós-tratamento com gentamicina. Para a avaliação anatômica por MEV, as cobaias foram sacrificadas em tempo programado após a administração das drogas via intramuscular. RESULTADOS: a avaliação do estado funcional das CCE mostrou preservação das OEAPD em todas as cobaias. Os resultados da MEV...

Doseamento microbiológico de gentamicina por difusão em agar - proposta de delineamento experimental; Microbiological assay of gentamicin sulfate by agar diffusion - proposal of experimental design

Lourenço, Felipe Rebello
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
A gentamicina é um complexo antibiótico de largo espectro, produzido por actinomicetos do gênero Micromonospora e classificado entre os antibióticos aminoglicosídeos, utilizado no tratamento de infecções graves, devidas a microrganismos Gram-negativos. Alterações da sua atividade antimicrobiana, não demonstradas pelos ensaios químicos, podem ser avaliadas pelos ensaios microbiológicos. O objetivo deste trabalho foi comparar os delineamentos experimentais 5 x 1, 2 x 2 e 3 x 1, avaliando-se os parâmetros de validação de especificidade, linearidade, faixa ou intervalo, precisão e exatidão para cada delineamento experimental em diferentes níveis de concentração, apresentações e lotes. O plano de trabalho constituiu-se na realização de 81 ensaios (em 3 réplicas) de doseamento microbiológico de gentamicina. As concentrações das soluções empregadas foram preparadas numa faixa de 1,0 µg/mL a 5,0 µg/mL, diluídos em tampão fosfato 0,1 M pH 8,0. O meio utilizado foi o meio antibiótico no. 11, com Staphyloccocus epidermidis (ATCC 12228). Empregou-se 21 mL de meio como camada base e 4 mL de meio inoculado à 1% como camada superfície. As placas foram incubadas por 16-18 horas à 37 ± 1 °C. Os três delineamentos empregados apresentaram especificidade adequada para análise de creme dermatológico e solução injetável contendo sulfato de gentamicina. Também apresentaram exatidão e linearidade no intervalo avaliado. Os delineamentos não apresentaram diferença significativa quanto a precisão. Os resultados foram comparados através da determinação de índices de capacidade do sistema de medição. A análise estatística demonstrou que não há diferença significativa entre os resultados obtidos pelos delineamentos 5 x 1...

Avaliação in vitro do polímero de mamona associado ao carbonato de cálcio com gentamicina como dispositivo de liberação de antibióticos; In vitro evaluation of castor polymer associated with calcium carbonate with gentamicin as a device for release of antibiotics

Soares, Paolo Neandro Bona
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.55%
Na medicina equina, procedimentos cirúrgicos ortopédicos, principalmente os que envolvem fixação de fratura, apresentam um grande índice de infecção e mortalidade. Diferentes métodos de liberação local de antibiótico têm sido utilizados com sucesso na profilaxia e tratamento das infecções musculoesqueléticas. O objetivo da presente investigação foi avaliar a capacidade da poliuretana de mamona como dispositivo de liberação local de antibiótico in vitro já que não existem relatos deste polímero para tal finalidade, além de analisar o efeito bactericida da gentamicina liberada pelo polímero. Foram confeccionados 40 corpos de prova de polímero de mamona, divididos igualmente em 4 grupos, sendo um grupo controle, este sem adição de sulfato de gentamicina e três grupos com diferentes concentrações de gentamicina (6, 12 e 24 mg/g de polímero), onde avaliou-se a liberação de gentamicina em solução PBS com pH 7,4 através da espectrofotometria colorimétrica com reação da ninhidrina em diferentes dias (01, 02, 07, 14, 21 e 28). A espectrofotometria colorimétrica com reação da ninhidrina não se mostrou o método de análise adequado para avaliar a liberação a partir deste polímero, porém a poliuretana de mamona mostrou-se efetiva como mecanismo de liberação de gentamicina quando avaliada in vitro em culturas de S. aureus.; In equine medicine...

Permeabilidade de Ca2+ nas celulas B : efeito de gentamicina

Andrea de Castro Perez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/1986 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
O presente trabalho teve como objetivo estudar os efeitos da gentamicina sobre as diferentes permeabilidades do ?Ca POT. 2? nas celulas ?beta? de ratos. Dois metodos distintos foram empregados: 1 - Anãlise da incorporação do ?ANTPOT.45 Ca? por ilhotas após 10 ou 90 minutos de incubação em diferentes situações experimentais. 2 - Anãlise do efluxo do ?ANTPOT. 86 Rb? de ilhotas previamente marcadas com o referido isótopo (substituto do ?ANTPOT. 42 K?) e perfundidas durante 72 minutos em diferentes condições experimentais. A incorporação do ?ANTPOT.45 Ca? foi inibida pela gentamicina (1 mM) com maior potencia, quando estimulada por glicose ou arginina, quando comparada com altas concentrações de ?K POT. +?. Como a glicose (8,3 mM) -e arginina (10 mM) estimulam a permeabilidade ao ?Ca POT. 2+? voltagem-insensivel e altas concentrações de ?K POT. +? estimulam a permeabilidade voltagem-sensivel, concluimos que nesta concentração a gentamicina age preferencialmente sobre a permeabilidade ao ?Ca POT. 2+? independente da voltagem tanto em 10 como 90 minutos de incubação. Na concentração de 0,1 mM não observamos efeito inibitório da gentamicina, indicando que a manifestação desse efeito seja dose-dependente. O D600 não manifestou seletividade por nenhum dos tipos de permeabilidade...

Efeitos da gentamicina sobre a severidade do diabetes, induzidos por aloxana, em ratos

Eliana de Cassia Pinheiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/1988 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
Ratos com grau moderado de diabetes não apresentaram alterações significativas na severidade do mesmo, avaliada por glicemia, evolução ponderal, ingestão de água, diurese de 24 horas, consumo de reação, pesos do rim direito da gordura epididimal e da gordura perirrenal, pelo tratamento diário com 10 mg de gentamicina/kg peso corporal/dia. Ratos com diabetes moderado tratados com 50 mg de gentamicina/kg peso corporal/dia não apresentaram alterações na glicemia, na evolução ponderal, na ingestão de água, no consumo de ração, nos pesos do rim direito, da gordura epididimal e da gordura perirrenal. Por outro lado, apresentaram aumento da diurese de 24 horas, da uréia sérica e tendência deu aumento da diurese de 24 horas, da uréia sérica e tendência e aumento da creatinina sérica. Esses dados avaliados em conjunto sugerem o desenvolvimento de alterações renais provocadas pela alta dose do antibiótico do que para o aumento da severidade do diabetes. Ratos com diabetes moderado tratados diariamente com 2 x 25 mg de gentamicina/Kg peso corporal apresenta diminuição da glicemia no período de tratamento, a qual se manteve no período de recuperação. Tal alteração poderia significar a ação hepática do antibiótico aumentando a captação de glicose e/ou diminuindo a ação do glucagom...

Análise da monitorização farmacocinética da gentamicina nos serviços farmacêuticos do CHCB : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação

Magalhães, Paulo Ricardo Machado
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
A saúde da população é fundamental para a felicidade e o bem-estar de todos os indivíduos, sendo os medicamentos parte essencial e crítica dos serviços de saúde em todas as sociedades e culturas. O farmacêutico é o elemento de articulação entre a medicina e a Humanidade, desempenhando atividades nas diferentes áreas do circuito do medicamento. No contexto da experiência profissionalizante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas da Universidade da Beira Interior, o presente trabalho encontra-se dividido em três componentes, entre as quais: o projeto de investigação de mestrado intitulado “Análise da Monitorização Farmacocinética da Gentamicina nos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB)”, o relatório de estágio em Farmácia Hospitalar e o relatório de estágio em Farmácia Comunitária. No que concerne ao projeto de investigação de mestrado, a monitorização de concentrações séricas de fármacos é uma das intervenções assistenciais que tem vindo a ser desenvolvida pelo farmacêutico hospitalar, no âmbito da sua atividade clínica. A consideração de critérios farmacocinéticos na elaboração de regimes posológicos contribui significativamente para uma melhoria da eficácia e segurança dos tratamentos farmacológicos...

Intoxicação experimental por gentamicina em cães

Dantas,Antônio Flávio Medeiros; Kommers,Glaucia Denise; Hennemann,Carla Rosane de Aguiar
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
A toxicose experimental por gentamicina foi estudada em 11 cães. Dez cães receberam 10mg/kg de gentamicina por via intramuscular, 3 vezes ao dia, durante 14 dias. Outro cão recebeu a mesma dose por 10 dias. Os cães foram submetidos à eutanásia e necropsiados no 11°, 15°-19°, 21°, 27° e 37° dias do experimento. Os principais sinais clínicos foram anorexia, apatia, poliuria, polidipsia, diarréia, vômito e oligúria. Os achados laboratoriais foram enzimúria, cilindrúria, azotemia e isostenúria. As lesões macroscópicas eram restritas aos rins, que estavam acentuadamente pálidos, tumefeitos e macios. Dois cães desenvolveram edema perirrenal discreto. Ao exame histológico do rim, dez cães tinham necrose tóxica aguda restrita aos túbulos contorcidos proximais. Regeneração das células epiteliais desses túbulos foi observada nos rins de todos os cães, principalmente na cortical externa, variando de mínima a acentuada e associada a dilatação acentuada da luz tubular. Aos 37 dias os rins apresentavam-se morfologicamente recuperados. Não foram observadas lesões glomerulares, nem lesões extra-renais de uremia. Concluiu-se que a gentamicina, na dose e frequência administradas, foi tóxica para todos os cães...

Estudo experimental anatômico-funcional da cocleotoxicidade da gentamicina com doses habituais para recém-nascidos

Baggio,Carla Luiza; Silveira,Aron Ferreira; Hyppolito,Miguel Angelo
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
TEMA: a gentamicina é um antibiótico que atua nas infecções causadas por bacilos Gram-negativos. Seu efeito colateral mais importante é a ototoxicidade. As ototoxicoses são afecções iatrogênicas provocadas por fármacos que alteram a orelha interna, podendo afetar o sistema coclear e/ou vestibular, alterando duas funções importantes: a audição e o equilíbrio. Os principais grupos pediátricos que recebem antibióticos aminoglicosídeos são recém-nascidos com infecções graves na UTI neonatal. OBJETIVOS: verificar a ocorrência de lesão às células ciliadas externas (CCE) pela gentamicina com os esquemas de dose única de 4mg/Kg/dia e de 2,5mg/Kg/dia a cada 12 horas, por meio de um estudo anatômico por microscopia eletrônica de varredura (MEV) e estudo funcional através das emissões otoacústicas por produto de distorção (OEAPD). Forma de estudo experimental. MÉTODO: foram avaliadas 26 cobaias albinas através das EOAPD pré e pós-tratamento com gentamicina. Para a avaliação anatômica por MEV, as cobaias foram sacrificadas em tempo programado após a administração das drogas via intramuscular. RESULTADOS: a avaliação do estado funcional das CCE mostrou preservação das OEAPD em todas as cobaias. Os resultados da MEV...

Cimento ósseo com gentamicina no tratamento da infecção óssea: estudo da eluição in vitro

Azi,Matheus Lemos; Kfuri Junior,Mauricio; Martinez,Roberto; Paccola,Cleber Antonio Jansen
Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
OBJETIVO: Determinar as características de eluição da gentamicina. MÉTODO: 480mg de gentamicina foram adicionadas a 40g de cimento ósseo. Dez corpos de teste semelhantes foram produzidos e imersos individualmente em solução salina tamponada por 28 dias. Amostras dos dias 1, 2, 7, 14, 21 e 28 foram analisadas pelo método de imunofluorescência polarizada. RESULTADO: A maior parte da gentamicina foi liberada do cimento nas primeiras 24 horas. Uma queda gradual se deu do 2° ao 14° dia. No 28° dia, a maior parte das amostras não apresentava mais níveis detectáveis do antibiótico. CONCLUSÃO: A mistura liberou quantidades elevadas e em doses terapêuticas do antibiótico de forma previsível ate o décimo quarto dia.

Estudo comparativo de duas técnicas farmacopéicas de avaliação da atividade antimicrobiana dos fármacos: nistatina, eritromicina, neomicina e gentamicina

Vital,Tatiane Margato; Reis,Cleomenes; García-Zapata,Marco Túlio Antonio; Cunha,Luiz Carlos da
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.49%
Através das técnicas de difusão em ágar com discos de papel e cilindros de aço inoxidável, analisou-se quantitativamente a atividade antimicrobiana de 123 medicamentos contendo os fármacos: nistatina (43 amostras de creme vaginal), eritromicina (14 amostras de comprimidos e 9 amostras de suspensão oral), gentamicina (33 amostras de líquido injetável) e neomicina (24 amostras de creme de uso tópico), mediante as seguintes cepas de microrganismos: Saccharomyces cerevisiae ATCC 2601 para a nistatina; Staphylococcus epidermidis 12228 para a gentamicina e neomicina e Micrococcus luteus ATCC 9341 para a eritromicina. O preparo das cepas, soluções de padrão e amostra e meios de cultura nos dois métodos seguiram as recomendações da Farmacopéia Brasileira IV (1988) e Farmacopéia Americana 24 (2000). Os resultados foram analisados estatisticamente pelos testes de Fisher (p=0,05) e Student (p=0,05). Dentre as 43 amostras de nistatina creme vaginal analisadas, verificaram-se pelo teste de Student , diferenças pouco significativas (para p=0,05) de atividade antimicrobiana entre os métodos dos discos e cilindros; porém no teste de Fisher não houve diferenças. Nas amostras de eritromicina, gentamicina e neomicina não se obtiveram diferenças significativas entre os testes estatísticos de Fisher e Student. Conclui-se que...

Utilização de gentamicina no tratamento de neonatos atendidos em uma maternidade pública da região metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais (1999)

Martins,Maria Auxiliadora Parreiras; Starling,Sérgia Maria; Borges,Siura Aparecida
Fonte: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo Publicador: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
A gentamicina é um antimicrobiano de baixo custo amplamente utilizado no tratamento da septicemia neonatal. Entretanto, existe um risco potencial de oto e nefrotoxicidade. Neste trabalho, buscou-se caracterizar o recém-nascido hospitalizado em uso de gentamicina e avaliar o cumprimento do protocolo de tratamento adotado em uma Instituição pública de Belo Horizonte, Minas Gerais. Trata-se de um estudo transversal incluindo 63 recém-nascidos atendidos em uma maternidade pública no período de agosto, outubro e dezembro de 1999. Essa maternidade é referência na assistência à gestação e ao parto de alto risco em Minais Gerais. A maioria dos recém-nascidos foi prematura (85,7%) e de baixo peso (90,5%). Apenas dois (3,2%) casos de septicemia foram confirmados por hemocultura. O protocolo adotado preconiza a administração de doses de 2,5 mg/kg a intervalos de 24 horas para neonatos com peso inferior a 1200 g e 12 horas para aqueles com peso superior a esse. Observou-se que o esquema terapêutico foi adotado em 96,7% dos casos. Contudo, constatou-se uma utilização por tempo superior ao recomendado, frente à hemocultura negativa, em mais de 70,0% dos casos.

Viabilizacao da heparina como suporte para carrear gentamicina

Bezerra de Oliveira, Givanildo; da Paz Carvalho da Silva, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Muitos polímeros usados como carreadores de drogas em sistemas de liberação controlada são polissacarídeos. O presente trabalho propõe o uso do glicosaminoglicano heparina, como carreador para o antibiótico aminoglicosídico gentamicina. Devido à natureza química, estes compostos possuem uma afinidade iônica intrínseca, entretanto, utilizou-se uma carbodiimida para promover uma ligação covalente (amida) entre estas moléculas. O conjugado heparinagentamicina após a diálise apresentou atividade antimicrobiana in vitro. Este conjugado ainda apresentou menor migração eletroforética, quando comparado à heparina sozinha. Quando submetido a degradação enzimática pelas liases da heparina, mostrou-se estável. O espectro de infravermelho deste conjugado apresentou bandas características de ligação amida, sugerindo que a ligação covalente está presente. Em uma segunda etapa do trabalho, observou-se o efeito de concentrações crescentes de carbodiimida, sobre as atividades físico-químicas e biológicas da heparina. Os resultados demonstram que a ativação afeta a atividade de fixação aos corantes, azul de metileno e azul de toluidina, sendo este efeito dependente da concentração do agente ativante. Estas heparinas ativadas quando submetidas à eletroforese no sistema descontínuo acetato de bário/acetato de diaminopropano...

Permeabilidade ao potassio (calcio intracelular-dependente) nas celulas beta de pancreas de rato : efeito da gentamicina

Everardo Magalhães Carneiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/1989 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
O presente trabalho visou estudar a permeabilidade ao K+, (Ca) independente em Ilhotas de Langerhans de rato. Para isso utilizamos o antibiótico aminoglicosídeo gentamicina, que possui propriedades de antagonista de Ca 'POT. + 2'. Ilhotas isoladas de rato, pela colagenese, foram previamente marcadas com 'POT. B.6' RbCl (usado como substituto de K 'POT.+' e perfundidas em solução de Krebs-bicarbonato contendo diferentes concentrações de glicose, Ca 'POT. + 2', teofilina, neuraminidase e gentamicina.

Análise da monitorização farmacocinética da gentamicina nos serviços farmacêuticos do CHCB : experiência profissionalizante na vertente de farmácia comunitária, hospitalar e investigação

Magalhães, Paulo Ricardo Machado
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
A saúde da população é fundamental para a felicidade e o bem-estar de todos os indivíduos, sendo os medicamentos parte essencial e crítica dos serviços de saúde em todas as sociedades e culturas. O farmacêutico é o elemento de articulação entre a medicina e a Humanidade, desempenhando atividades nas diferentes áreas do circuito do medicamento. No contexto da experiência profissionalizante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas da Universidade da Beira Interior, o presente trabalho encontra-se dividido em três componentes, entre as quais: o projeto de investigação de mestrado intitulado “Análise da Monitorização Farmacocinética da Gentamicina nos Serviços Farmacêuticos do Centro Hospitalar Cova da Beira (CHCB)”, o relatório de estágio em Farmácia Hospitalar e o relatório de estágio em Farmácia Comunitária. No que concerne ao projeto de investigação de mestrado, a monitorização de concentrações séricas de fármacos é uma das intervenções assistenciais que tem vindo a ser desenvolvida pelo farmacêutico hospitalar, no âmbito da sua atividade clínica. A consideração de critérios farmacocinéticos na elaboração de regimes posológicos contribui significativamente para uma melhoria da eficácia e segurança dos tratamentos farmacológicos...

Avaliação da atividade da gama glutamil transpeptidase urinária em cães que receberam gentamicina em dose terapêutica

Guimarães, Fabiola Voznika
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 51f. : il., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.3%
Orientador : Pedro Ribas Werner; Co-orientadora : Rosangela Locatelli Dittrich; Tese (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias; Resumo: A gama glutamil transpeptidase urinária (GGT) é uma enzima encontrada nas células epiteliais com "borda em escova" do túbulo contorcido proximal renal. Esta enzima foi descrita em cães, eqüinos e ovinos, como indicador precoce de necrose tubular aguda, causada pelos aminoglicosídeos. Observou-se o aumento na atividade da GGT urinária, anterior a outros indicadores de lesão renal, como o aumento da uréia e creatinina sérica e a presença de sinais clínicos. Para a dosagem da atividade da GGT, utilizando-se apenas uma única amostra de urina diária, foi proposto dois tipos de relações. Uma primeira que relaciona os valores da atividade de GGT com a concentração de creatinina urinária e outra, mais recente, que a relaciona com o valor da densidade urinária. Este trabalho foi proposto para obter a melhor relação que expressa a verdadeira atividade da GGT na urina em uma amostra diária; determinar através de exame histopatológico se a gentamicina, na dose terapêutica de 10 mg/kg uma vez ao dia por 14 dias, causa lesão renal e determinar se a dosagem da atividade da GGT seria um indicador precoce de lesão renal...

Avaliação da atividade da gama glutamil transpeptidase urinária em cães que receberam gentamicina em dose terapêutica

Guimarães, Fabiola Voznika
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 51f. : il., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.3%
Orientador : Pedro Ribas Werner; Co-orientadora : Rosangela Locatelli Dittrich; Tese (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias; Resumo: A gama glutamil transpeptidase urinária (GGT) é uma enzima encontrada nas células epiteliais com "borda em escova" do túbulo contorcido proximal renal. Esta enzima foi descrita em cães, eqüinos e ovinos, como indicador precoce de necrose tubular aguda, causada pelos aminoglicosídeos. Observou-se o aumento na atividade da GGT urinária, anterior a outros indicadores de lesão renal, como o aumento da uréia e creatinina sérica e a presença de sinais clínicos. Para a dosagem da atividade da GGT, utilizando-se apenas uma única amostra de urina diária, foi proposto dois tipos de relações. Uma primeira que relaciona os valores da atividade de GGT com a concentração de creatinina urinária e outra, mais recente, que a relaciona com o valor da densidade urinária. Este trabalho foi proposto para obter a melhor relação que expressa a verdadeira atividade da GGT na urina em uma amostra diária; determinar através de exame histopatológico se a gentamicina, na dose terapêutica de 10 mg/kg uma vez ao dia por 14 dias, causa lesão renal e determinar se a dosagem da atividade da GGT seria um indicador precoce de lesão renal...

Estudo comparativo de duas técnicas farmacopéicas de avaliação da atividade antimicrobiana dos fármacos: nistatina, eritromicina, neomicina e gentamicina; Comparison of two pharmacopeical thecnics to the evaluation of the antimicrobial activity of the drugs: nystatin, erythromycin, neomycin and gentamicin

Vital, Tatiane Margato; Reis, Cleomenes; García-Zapata, Marco Túlio Antonio; Cunha, Luiz Carlos da
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Ciências Farmacêuticas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2004 POR
Relevância na Pesquisa
37.49%
Através das técnicas de difusão em ágar com discos de papel e cilindros de aço inoxidável, analisou-se quantitativamente a atividade antimicrobiana de 123 medicamentos contendo os fármacos: nistatina (43 amostras de creme vaginal), eritromicina (14 amostras de comprimidos e 9 amostras de suspensão oral), gentamicina (33 amostras de líquido injetável) e neomicina (24 amostras de creme de uso tópico), mediante as seguintes cepas de microrganismos: Saccharomyces cerevisiae ATCC 2601 para a nistatina; Staphylococcus epidermidis 12228 para a gentamicina e neomicina e Micrococcus luteus ATCC 9341 para a eritromicina. O preparo das cepas, soluções de padrão e amostra e meios de cultura nos dois métodos seguiram as recomendações da Farmacopéia Brasileira IV (1988) e Farmacopéia Americana 24 (2000). Os resultados foram analisados estatisticamente pelos testes de Fisher (p=0,05) e Student (p=0,05). Dentre as 43 amostras de nistatina creme vaginal analisadas, verificaram-se pelo teste de Student , diferenças pouco significativas (para p=0,05) de atividade antimicrobiana entre os métodos dos discos e cilindros; porém no teste de Fisher não houve diferenças. Nas amostras de eritromicina, gentamicina e neomicina não se obtiveram diferenças significativas entre os testes estatísticos de Fisher e Student. Conclui-se que...

Influencia de la concentración inhibitoria mínima de penicilina en la acción sinérgica de su combinación con gentamicina frente a estreptococos del grupo viridans

Vigliarolo,L.; Ramírez,M. S.; Centrón,D.; Lopardo,H.
Fonte: Revista argentina de microbiología Publicador: Revista argentina de microbiología
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 ES
Relevância na Pesquisa
37.41%
Los porcentajes de resistencia a penicilina entre los estreptococos del grupo viridans han llegado a niveles superiores al 60% en algunos estudios realizados en la década pasada, y en recientes trabajos se los encontró asociados a un mayor índice de mortalidad en las bacteriemias. Aún no se conoce cuál es el nivel de concentración inhibitoria mínima de penicilina para el cual resulta imposible lograr un efecto sinérgico con algún aminoglucósido. Con este propósito, se estudió la sensibilidad a penicilina de 28 cepas de estreptococos del grupo viridans aisladas de materiales clínicamente significativos en el Hospital de Pediatría "Prof. Dr. Juan P. Garrahan". Se seleccionaron siete aislamientos pertenecientes al grupo mitis con distintas características de sensibilidad, y con ellos se ensayó la curva de muerte frente a penicilina, gentamicina y penicilina más gentamicina, con concentraciones de penicilina por encima y por debajo de su concentración inhibitoria mínima. En ningún caso se observó sinergia cuando la concentración de penicilina fue inferior a la concentración inhibitoria mínima, al menos en este grupo particular de estreptococos que presentaron concentraciones inhibitorias mínimas de gentamicina ³ 16 µg/ml. Se encontró sinergia en cinco de las siete cepas cuando se trabajó con concentraciones de penicilina superiores a la concentración inhibitoria mínima. En las otras dos...

La profilaxis con sellado de gentamicina de las ramas del catéter venoso central crónico tunelizado no causa resistencia bacteriana

Fernández-Gallego,J.; Martín,M.; Gutiérrez,E.; Cobelo,C.; Frías,P.; Jironda,C.; Hidalgo,P.; Jiménez,T.
Fonte: Nefrología (Madrid) Publicador: Nefrología (Madrid)
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/01/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
37.67%
Introducción: La profilaxis con sellado de gentamicina de las ramas del catéter venoso central tunelizado en hemodiálisis crónica disminuye la morbimortalidad infecciosa bacteriana asociada a la bacteriemia del catéter. Objetivo: Valorar en un estudio prospectivo observacional de siete años de duración de 101 pacientes en hemodiálisis crónica con catéter tratados con profilaxis la aparición de resistencia bacteriana al antibiótico en gérmenes habitualmente sensibles a su acción. Material y métodos: Protocolo de asepsia universal en el manejo del catéter. Sellado intraluminal de las ramas posdiálisis con gentamicina 5 mg/rama + heparina sódica al 1%, monitorizando su nivel valle en sangre y modificando la dosis por un protocolo establecido. El diagnóstico de bacteriemia se basa en criterios habituales. Variables principales estudiadas: Diagnóstico por el servicio de bacteriología de resistencia bacteriana en gérmenes habitualmente sensibles a gentamicina. Diagnóstico de ototoxicidad clínica. Variables secundarias: Pacientes hospitalizados/bacteriemia; número de bacteriemias/catéter/1.000 días; mortalidad infecciosa y retirada del catéter/bacteriemia. Gérmenes causantes de bacteriemia. Resultados: Variables principales: No observamos resistencia de gérmenes sensibles al antibiótico...