Página 1 dos resultados de 380 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

As rádios locais no Norte de Portugal e na Galiza: dificuldades e desafios em ambos os lados da fronteira

Santana, Maria José Teixeira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
As rádios locais são meios de excelência de informação de proximidade, apesar de terem nascido de um processo conturbado (ilegalidade). No presente estudo pretende analisar-se como vivem e se desenvolvem actualmente este tipo de meios de comunicação social local, comparando as realidades de duas regiões diferentes, pertencentes a dois países distintos, mas fortemente ligadas pela história, cultura e economia: o Norte de Portugal e a Galiza; Dissertação de mestrado em Comunicação e Jornalismo, apresentada à Fac. de Letras da Univ. de Coimbra

Precedentes histórico-teóricos dos regionalismos dos Açores e da Galiza

Abrunhosa, Ângelo
Fonte: Universidade de Santiago de Compostela Publicador: Universidade de Santiago de Compostela
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Tese de Doutoramento apresentada à Faculdade de Direito da Universidade de Santiago de Compostela sob a direção do Professor Doutor D. Francisco Puy Muñoz; INTRODUÇÃO: A ciência progride com a aquisição de novas verdades ou com a reposição crítica de velhas verdades relegadas para o olvido. É hoje vulgar dissertar-se sobre centralização, desconcentração e descentralização, quase sempre na perspectiva do constituído ou do estatuído, embora com a nobre ideia democrática de preservar a Nação face ao Estado. Os três vocábulos serviriam para equacionarmos a relação Estado-Poder / Estado-Comunidade; a título exemplificativo, na centralização, os problemas dos Açores são decididos por Lisboa e os da Galiza por Madrid; na desconcentração, esses problemas são decididos in loco, mas por pessoas nomeadas, respectivamente, por Lisboa e Madrid; finalmente, na descentralização, os mesmos problemas são decididos in loco por pessoas eleitas pelos Açorianos e pelos Galegos, sem dependência ou autorização vindas de Lisboa ou de Madrid. Todavia, o nosso trabalho não será divulgar teses ou nomes que já dissertaram brilhantemente sobre circunscrições territoriais administrativas ou político-administrativas...

O primeiro modernismo português e a/na Galiza (1915) : um caminho (im)possível

Pazos Justo, Carlos
Fonte: Centro de Estudos Humanísticos / Húmus Publicador: Centro de Estudos Humanísticos / Húmus
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Partindo do conhecimento que sobre o tema existe na atualidade, pretende-se com este trabalho descrever e analisar as dificuldades e obstáculos que o primeiro modernismo português e alguns dos seus agentes, entre eles Alfredo Guisado, enfrentaram para internacionalizar o seu projeto no Estado Espanhol e, nomeadamente, na Galiza.

Efeitos económicos da melhoria da ligação ferroviária Porto-Vigo na euroregião Norte de Portugal-Galiza

Ramos, Rui A. R.; Carballo Cruz, Francisco; Ribeiro, J. Cadima
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
A introdução de um comboio de altas prestações numa linha mista no eixo Porto-Vigo terá importantes consequências sobre o modelo de transporte da euro-região Norte de Portugal-Galiza. A sua avaliação deve ter em consideração várias dimensões analíticas: microeconómica, macroeconómica, espacial e de rede. Uma análise desta natureza deve incidir sobre um número restrito de alternativas de traçado e de conectividade. Globalmente foram avaliadas duas grandes possibilidades para o troço português do eixo Porto-Vigo: construção de uma linha de raiz Braga-Valença e utilização temporária da actual infra-estrutura Porto-Braga; e construção de uma linha de raiz Porto-Valença. Os condicionantes em termos de traçado e de conectividade, associados ao tráfego de passageiros, vêem-se ainda amplificados ao ter em consideração as racionalidades subjacentes à movimentação de mercadorias. O presente trabalho propõe um novo modelo de transporte para a região, no qual o comboio assume um papel preponderante. Ademais, analisa e discute diversos aspectos fundamentais para aprofundar o conhecimento sobre os efeitos económicos e territoriais do projecto em estudo, centrando a análise no território português directamente afectado. Os aspectos de natureza estratégica são também uma prioridade. Neste âmbito...

Galegos, galego-portugueses ou espanhóis? Hipóteses e contributos para a análise das origens e funções da imagem atual da Galiza e dos galegos em Portugal; Galicians, galician-portuguese or spanish? Hypotheses and contributions for an analysis of the origins and functions of the current image of Galicia and Galicians in Portugal

Pazos Justo, Carlos
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos Publicador: Universidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.61%
O presente artigo tem por objetivo contribuir para a análise da imagem contemporânea da Galiza e dos galegos no Portugal. Num primeiro momento, partimos do imaginário português de fins do século XIX e primeiras décadas do XX, onde a imagem da Galiza e os galegos pode ser entendida como formada por dois imagotipos: o imagotipo negativo e o imagotipo de afinidade. Na segunda parte deste artigo, lançamos algumas hipóteses que pensamos viáveis como contributos para a análise da imagem da Galiza e os galegos das elites culturais portuguesas. Deste modo, entendemos que o estudo da imagologia atual de Galiza e dos galegos deve conjugar a palavra invisibilidade, vinculada à emergência da Espanha e do espanhol em Portugal, assim como analisar a provável vigência do imagotipo de afinidade e as suas (novas) funções.; El presente artículo tiene por objetivo contribuir al análisis de la imagen contemporánea de Galicia y de los gallegos en Portugal. En un primer momento, partimos del imaginario portugués de finales del siglo XIX y primeras décadas del XX, donde la imagen de Galicia y los gallegos puede ser entendida como formada por dos imagotipos: el imagotipo negativo y el imagotipo de afinidad. En la segunda parte de este artículo...

A imagem da Galiza e dos galegos em Portugal entre fins do século XIX e primeiras décadas do XX : do imagotipo negativo ao imagotipo de afinidade

Pazos Justo, Carlos
Fonte: Associação Internacional de Lusitanistas Publicador: Associação Internacional de Lusitanistas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
O objetivo deste trabalho é descrever e analisar as origens e funções da imagem que dos galegos e da Galiza funcionava em Portugal, nomeadamente em Lisboa, desde fins do século XIX até as primeiras décadas do século XX. A partir fundamentamente da trajetória do enclave galego de Lisboa, neste artigo tentaremos descrever e analisar como o imagotipo dos galegos em vigor em finais do século XIX, passa a partilhar o imaginário português com uma outra representação bem diferente que funcionará no espaço social português respondendo a outros interesses e finalidades. Neste sentido, explicitamos já que não é objetivo deste trabalho entrar aqui em elucubrações sobre a menor ou maior fidelidade da imagem portuguesa dos galegos à realidade deste coletivo, apenas nos interessa conhecer e analisar a representação que efetivamente funcionou no imaginário português

Semântica do espaço: Entre a Casa e a Rua numa “vila” da Galiza

Pereiro, Xerardo
Fonte: UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA Publicador: UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Antropologia do espaço numa vila da Galiza

Reflexão sobre a antropologia na Galiza de hoje

Pereiro, Xerardo
Fonte: ETNOGRÁFICA - CEAS Publicador: ETNOGRÁFICA - CEAS
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Reflexão sobre a antropologia na Galiza

Turismo e oferta gastronómica na comarca de Ulloa (Galiza): Análise de uma experiência de desenvolvimento local

Pereiro, Xerardo
Fonte: PASOS Publicador: PASOS
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Análise de uma experiência de desenvolvimento local com ligação entre o turismo e a gastronomia na comarca da Ulhoa (Galiza)

Turismo transfronteiriço na Euro-região Galiza – Norte de Portugal

Pereira, Varico; Pereiro, Xerardo
Fonte: UNIVERSIDADE DE AVEIRO Publicador: UNIVERSIDADE DE AVEIRO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
Reflexão sobre algumas experiências de turismo tranfronteiriço entre Portugal e a Galiza

A Galiza dos séculos XIX e XX: A ollada anglosaxona

March, Kathleen
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
GLG
Relevância na Pesquisa
37.52%
[Resumo] Até entrado o século XX, o chegar a Galiza desanimaba a moitos viaxeiros; polo xeral, as terras galegas non figuraban nos itinerarios. As catro provincias de Galiza que partillaban unha lingua semellante ao portugués eran un enigma dentro do marco español, cuxa imaxe máis espallada fora construída cunha base na capital, cidades como Burgos e outras cidades de Andalucía. Os viaxeiros dependían dos anteriores para as recomendacións de aloxamentos, pratos típicos e actividades culturais. O mundo que se estendía ao outro lado da Serra de Cervantes apenas chamaba a atención. Os textos que aquí comentamos foron escritos por unha cantidade non numerosa de mulleres anglosaxonas (inglesas, unha escocesa e unhas estadounidenses) que viaxaron –contra a tendencia a seguir un itinerario máis turístico e coñecido– á Galiza de finais do século XIX e comezos do XX.

Galiza aos olhos do Brasil. Conformaçâo da identidade galega através dos visitantes brasileiros

Mayer Mayer, Iria
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
[Resumo] Apresentam-se neste trabalho alguns resultados do projeto TUI (Turismo e Identidade) pertencente ao grupo de pesquisa Galabra (de Estudos dos Sistemas Culturais Galego, Português, Brasileiro e Africanos de Língua Portuguesa) da Universidade de Santiago de Compostela, relativos às atitudes que os visitantes brasileiros mostram na Galiza, o tipo de turismo que consomem e as escolhas turísticas que realizam. Um dos objetivos fundamentais é encontrarmos chaves que permitam assessorar em matéria de planificação cultural e turística a entidades galegas, públicas e privadas, que desejem melhorar quantitativa e qualitativamente este tipo de turismo; assim como tentar conhecer como funciona, de facto, a Galiza para os receptores brasileiros.; [Abstract] This paper presents some of the results of the TUI project (Tourism and Identity), developed by the Galabra research group (Studies of Cultural Systems in Galicia, Portugal, Brazil and lusophone Africa) at the University of Santiago de Compostela. The project focuses on the image of Galicia that Brazilian visitors have, the type of tourism they consume and the choices they make. A central objective is to enable key terms that assist cultural planning of tourism entities in Galicia...

A escuridade en causa: novos elementos para a análise dos processos culturais na Galiza do século XVIII

Montenegro Pico, Lucia
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
GLG
Relevância na Pesquisa
37.23%
[Resumo] Este relatório apresenta umha revisom do discurso historiográfico fabricado sobre o século XVIII em Galiza. À luz de conclusons derivadas de trabalhos prévios do nosso grupo de investigaçom, detectamos modos de análise sobre o objecto em causa que tenhem resultado distorcionadores para o conhecimento dos processos culturais deste período. Neste sentido, certos elementos operativos no estudo do campos culturais no século XVIII galego fôrom desatendidos, fundamentalmente polo discurso historiográfico literário. Devido à aplicaçom dumha focage excessivamente centrada nos produtos culturais impressos, um conjunto significativo da documentaçom que circulou foi desestimado, assi como foi obviada a pertinência do estudo dos espaços como fonte de informaçom sobre os processos culturais. Na delimitaçom do corpus também interferirom outros critérios desenfocadores como o critério lingüísitico ou filológico, que reduziu o corpus significativamente, ao nom ser contemplada aquela produçom veiculada em latim, espanhol ou noutras línguas foráneas como o italiano. A nossa proposta consiste, portanto, na reabilitaçom destes elementos nom contemplados na análise e na revisom dos critérios metodológicos utilizados para a configuraçom do corpus...

Construindo unha nacionalidade histórica: a identidade galega em 1980, entre a Constituiçom espanhola e o Estatuto de autonomía de Galiza

González Figueiras, Carlos
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
GLG
Relevância na Pesquisa
37.61%
[Resumo] Esta comunicaçom, integrada no painel «Somos ou nom somos?» do projecto FISEMPOGA (Fabricaçom e socializaçom de ideias num sistema cultural emergente durante um período de mudança política, Galiza 1968-1982) do Grupo de Investigaçom GALABRA da Universidade de Santiago de Compostela, tem como finalidade ampliar o conhecimento sobre o estado dos Campos Culturais na Galiza e sobre o seu relacionamento com o Campo do Poder durante a transiçom política espanhola. Pretende-se atingir este objectivo pola via do estudo das temáticas que estruturam o pensamento, das ideias artísticas e político-ideológicas e das homologias entre os principais grupos e agentes dos Campos Culturais e do Campo do Poder presentes ou dedutíveis dos artigos publicados nas principais revistas culturais que circulavam na Galiza durante o ano 1980. Finalmente, estabelecerá-se umha ligaçom entre o grau de sucesso de algumhas dessas ideias e a capacidade dos grupos activos nos Campos Culturais para fazer triunfar os seus repertórios no Campo do Poder.; [Abstract] This paper makes part of the «Somos ou nom somos?»1 panel of the FISEMPOGA project (Fabricaçom e socializaçom de ideias num sistema cultural emergente durante um período de mudança política...

Manuel Maria em Portugal. Lusofonia e tomada de consciência identitária na Galiza

Quiroga, Carlos
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
[Resumo] Examina-se (em primeira instância) o relacionamento do poeta galego Manuel Maria com Portugal, e particularmente a sua colaboração na revista Céltica, lançada por Manuel de Oliveira Guerra – ativista e intermediário da relação entre a Galiza e Portugal – no início da década de 60 do século passado. Esta publicação tratava de «quebrar a capa de gêlo» entre ambos, e nela se recolheram colaborações de Manuel Maria e de vários autores galegos, tanto de vivos e em plena produção como também de escritores já desaparecidos na altura, e tanto textos de criação como ainda de teor crítico e na forma de resenhas. O jovem Manuel Maria deu aí alguns contributos, que agora revemos e recuperamos, e retomou posteriormente o contacto com a filha de Oliveira Guerra. O caso, ainda não sendo dos mais significativos quanto ao peso absoluto da relação, permite ilustrar (em segunda instância) como na configuração sociológica do Sistema Cultural Galeguista Moderno tem sido central o contacto com a Lusofonia na tomada de consciência identitária.; [Abstract] This paper examines the relationship of the Galician poet Manuel Maria with Portugal, and particularly his contributions to the journal Céltica, launched by Manuel de Oliveira Guerra...

O ensino da língua portuguesa na Galiza

Fernández Carballido, Xurxo
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Dissertação de mestrado em Ensino de Português Língua Não Materna, Português Língua Estrangeira e Português Língua Segunda; Esta dissertação de mestrado inscreve-se no âmbito da formação dos docentes de Português Língua Não Materna (PLNM), Português Língua Estrangeira (PLE) e Português Língua Segunda (PL2) e na formação de professores de língua portuguesa, em geral, e especificamente no contexto galego dentro da realidade linguística, cultural, social e política desta nacionalidade histórica dentro do Reino de Espanha. Esta dissertação de mestrado é o produto final da formação realizada no Mestrado em Português Língua Não Materna (PLNM) – Português Língua Estrangeira (PLE) e Português Língua Segunda (PL2) da Universidade do Minho. A dissertação analisa algumas características essenciais no ensino e aprendizagem da língua portuguesa na Galiza. Ou seja, uma reflexão sobre as vantagens e os desafios com que os profissionais da docência se confrontam num teórico espaço fronteiriço, as necessidades no processo de ensino e aprendizagem. Também analisar as relações que com Portugal se estabelecem na sala de aula através da situação política e linguística da Galiza, sejam estas relações reais...

A Forza que Galiza precisa BNG /

Galiza Nova
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Image; Cartells polítics Formato: image/jpeg
Publicado em //[2009] GLG; GLG
Relevância na Pesquisa
37.23%
Dibuix d'un braç brandant una espasa

Neither order nor progress for our territory. The (lack of) territorial management in galicia; Ni orden ni progreso para nuestro territorio. La (des)ordenación territorial en Galicia; Nem ordem nem progresso para o nosso território. O (des-)ordenamento territorial na Galiza

Paredes, Xoán M.; Centro de Iniciativas Culturais e Académicas, Ponte Vedra, Galiza
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Investigação crítica; ; Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.23%
The Galician territorial structure is a complex reality, heir of a long evolution and influenced by intense social, political and economical forces that resulted in drastic alterations. Thus, spatial planning was required to readjust such situation. This essay attempts to briefly point out (from a perspective of post-colonial studies) how this has simply failed, but also how contemporary territorial management practices caused further negative effects in many occasions. ; La organización teritorial gallega es una realidad compleja, heredera de una larga evolución y afectada por fuertes cambios sociales, políticos y económicos recientes que acabaron por alterarla, hasta el punto de hacerse necesaria una planificación territorial reequilibradora. Este ensayo pretende apuntar de forma breve, y con una óptica de estudios post-coloniales, como ésto no tan sólo no fue conseguido, sino como tentativas de ordenación territorial contemporánea tuvieron en muchas ocasiones un efecto contrario.;  http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p95A organização territorial galega é uma realidade complexa, herdeira de uma longa evolução e afectada por fortes mudanças sociais, políticas e económicas recentes que vieram a alterá-la...

Galegos, galego-portugueses ou espanhóis? Hipóteses e contributos para a análise das origens e funções da imagem atual da Galiza e dos galegos em Portugal

Justo,Carlos Pazos
Fonte: Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho Publicador: Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.61%
O presente artigo tem por objetivo contribuir para a análise da imagem contemporânea da Galiza e dos galegos no Portugal. Num primeiro momento, partimos do imaginário português de fins do século XIX e primeiras décadas do XX, onde a imagem da Galiza e os galegos pode ser entendida como formada por dois imagotipos: o imagotipo negativo e o imagotipo de afinidade. Na segunda parte deste artigo, lançamos algumas hipóteses que pensamos viáveis como contributos para a análise da imagem da Galiza e os galegos das elites culturais portuguesas. Deste modo, entendemos que o estudo da imagologia atual de Galiza e dos galegos deve conjugar a palavra invisibilidade, vinculada à emergência da Espanha e do espanhol em Portugal, assim como analisar a provável vigência do imagotipo de afinidade e as suas (novas) funções.

O 25 de abril na Galiza dos anos setenta: impactos e consequências

Samartim,Roberto
Fonte: Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho Publicador: Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.41%
A partir dos resultados de um projeto de investigação desenvolvido pelo Grupo Galabra (com sede na Universidade de Santiago de Compostela [USC]) focando analisar os processos de elaboração e socialização de ideias na Galiza dos anos setenta do século XX, complementados para este trabalho com uma sondagem na imprensa galega da altura, serão apresentados os impactos causados pelo 25 de abril nos campos cultural e político da Galiza a partir da análise das ações, os discursos e as relações dos grupos que ocupam uma posição de maior centralidade no Sistema Cultural Galego (SCG) imediatamente antes de abril de 1974. Do percurso realizado destaca que é nesta altura quando são construídas as lógicas de relacionamento e as alianças galego-portuguesas ainda hoje vigorantes, nomeadamente no campo da esquerda política.