Página 1 dos resultados de 1009 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Teoria e prática da gerontologia: um guia para cuidadores de idosos

Pereira, Fernando (Coord.)
Fonte: Psicosoma Publicador: Psicosoma
Tipo: Livro
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
“Temos de nos tornar na mudança que queremos ver” Mahatma Gandhi Este pensamento de Gandhi reserva ao Homem uma responsabilidade ao mesmo tempo simples e imensa. Simples, porque exorta a fazer o que está ao alcance da nossa esfera pessoal. Sem desculpas. Imensa, porque nos responsabiliza, dado que, em grande medida, fazer o bem ou o mal depende do nosso cometimento. A construção de uma sociedade mais humana, mais segura, mais agradável, mais sustentável passa, necessariamente, pela consciencialização dos fenómenos societários que trespassam e determinam as condições de vida atual, as condições da pós-modernidade. O fio condutor das ideias, ideias tão só, emana do diálogo entre interação e estrutura, isto é, do reconhecimento de que a subjetivação do indivíduo e a matriz dos contextos sociais, ambas contam. A presente obra é uma compilação de um conjunto de textos apresentados pelo autor em conferências que têm como denominador comum a questão do envelhecimento, dos idosos e dos cuidadores formais e informais. Algumas dessas conferências foram sustentadas em estudos empíricos, outras resultam tão só da reflexão sobre os temas e as problemáticas sociais envolventes. Para além deste contributo pessoal...

A emergência da gerontologia como profissão e o seu reconhecimento social em Portugal

Pereira, Fernando; Mata, Maria Augusta; Pimentel, Maria Helena
Fonte: Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais Publicador: Centro Interdisciplinar de Estudos Educacionais
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
A gerontologia enquanto disciplina académica e actividade profissional tem sofrido um desenvolvimento notável nas últimas décadas. Em Portugal, à semelhança de outros países europeus com uma população muito envelhecida, o desenvolvimento da gerontologia tem sido fundamental na evolução quantitativa e qualitativa dos cuidados gerontológicos formais. Em grande medida, essa evolução é devida ao aparecimento na última década de novos profissionais com diplomas de primeiro ciclo em gerontologia. Importa, no contexto da sociologia das profissões, estudar o processo de inserção profissional dos gerontólogos, assim como o seu papel específico no desenvolvimento dos cuidados e serviços disponibilizados aos idosos. Objetivos: Estudar a perceção dos gerontólogos e das entidades empregadoras sobre o desempenho profissional do gerontólogo no contexto de trabalho; Encontrar pontos de convergência e de divergência com os desempenhos de outros profissionais diplomados envolvidos na prestação de cuidados formais aos idosos; Incrementar o conhecimento empírico sobre o conceito de cuidado gerontológico formal. Metodologia: Foram realizadas cerca de uma dezena de entrevistas em profundidade a gerontólogos e a entidades empregadoras de gerontólogos...

Educação permanente em gerontologia para agentes comunitários de saúde

Placideli, Nádia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 86 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Pós-graduação em Cirurgia Veterinária - FCAV; The increasing proportion of elderly causes implications such as the growing number of diagnoses of chronic diseases, which in most cases are handled by the Unified Health System (UHS). In some Brazilian cities, the primary health care is carried out through the Family Health Strategy (FHS). Among the professionals who work in the FHS, the Community Health Agents (CHA) stand out, since they are key players in the team, setting up the communication link with the community. Regarding the elderly, an agent can greatly contribute to improve their life quality. In this context, this study aimed to study an Education Program in Gerontology to the Community Health Agents, in a small town in the state of São Paulo. It also had as a purpose to analyse the profile sociodemographic of the CHA, to know the formal and informal contact of the elderly group with the CHA and to evaluate successes and failures of the test on gerontological knowledge applied before and after the development of the Education Program in Gerontology. This research follow the ethical aspects, since all subjects involved signed a consent form and it was approved by the ethical committee for research (FMB-UNESP), under the protocol CEP 4149-2012. The survey involved 86 participants and it had a total of 25 lost subjects. The results regarding the socioeconomic profile...

Formação pós-graduada em Gerontologia Social na UALG: balanço e perspetivas

Anica, Aurízia
Fonte: Autor Publicador: Autor
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 24/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.01%
Pretende-se traçar as linhas de evolução da oferta formativa da UALG na área da Gerontologia, desde a criação do curso de pós-graduação até à criação do curso de mestrado, caracterizando a evolução da procura de formação na mesma área. Analisa-se seguidamente os resultados obtidos até ao momento, indicando os caminhos da investigação já percorridos e terminando com uma reflexão sobre as perspetivas futuras, no quadro da oferta formativa de 2os ciclos da UALG.

A concepção sobre a família na Geriatria e na Gerontologia brasileiras: ecos dos dilemas da multidisciplinaridade

Guedes,Simoni Lahud
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
Nas últimas décadas, nas sociedades ocidentais, registra-se um processo de construção e, simultaneamente, de descontrução da velhice, temática que se impõe como objeto de reflexão em vários campos de saber. A velhice transforma-se, igualmente, no mesmo movimento, em objeto de intervenção crescente por parte de diversas agências e agentes. Assim, a produção de discursos legitimados sobre a velhice é acompanhada de uma série de atuações, organizadas a partir de alguns pressupostos básicos. No campo acadêmico, este movimento dá surgimento aos geriatras, especialistas médicos, e gerontólogos, especialistas não-médicos, legitimados pelas instituições que criam, como a prestigiada Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG), detentora do saber científico sobre a velhice. O artigo apresenta algumas questões, surgidas no interior de um projeto mais amplo sobre categorias etárias, relacionadas ao discurso e à prática de geriatras e gerontólogos acerca da temática da família, buscando evidenciar, por esse caminho, alguns dos pressupostos não explicitados que orientam suas atuações.

Perspectivas das pesquisas em gerontologia e geriatria: revisão da literatura

Freitas,Maria Célia de; Maruyama,Sônia Ayako Tao; Ferreira,Terezinha de Freitas; Motta,Ana Maria de Almeida
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
Este estudo é exploratório e descritivo e objetivou identificar e analisar as tendências e perspectivas das pesquisas nas áreas de gerontologia e geriatria. Realizou-se levantamento bibliográfico, junto ao Banco de Dados Lilacs e acervo da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP, de publicações multiprofissionais, no período de 1980 a 2000. Apresentaram-se os resultados sob a forma de tabelas e gráficos, destacando-se os estudos com enfoque geriátrico (54%). Quanto às abordagens, houve, na última década (1990 a 2000), aumento, distribuindo-se em Biológica (32%), Recursos Humanos (18%), Social (17%), Psicológica (9,8%), Holística (4,0%), excetuando-se a Ética que permaneceu com o mesmo percentual nos dois períodos (0,8%). Em relação ao tipo de pesquisa, predominou a qualitativa (49,2%). Verifica-se, portanto, que as perspectivas em relação aos idosos indicaram interesse dos profissionais pela temática, tanto pelas transições demográficas e epidemiológicas quanto pela formação de recursos humanos, para o mundo do trabalho junto a idosos, no âmbito profissional e no domiciliar.

A gerontologia e a interdisciplinaridade: aspectos relevantes para a enfermagem

Camacho,Alessandra Conceição Leite Funchal
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.27%
Este artigo retrata a Gerontologia como área rica e cheia de lacunas a serem preenchidas pelas disciplinas que a compõem, indo além das abordagens convencionais à clientela idosa, visando a caminhos renovados para a Enfermagem, que, dentre tantas disciplinas, também está no processo construtivo de conhecimento. Tem como objetivo destacar a importância da Gerontologia para a atuação interdisciplinar, principalmente para Enfermagem, ressaltando o cliente idoso no contexto social. A interdisciplinaridade é instrumento condutor para Gerontologia em busca de mudanças que venham a somar conhecimentos e redundar em esforços no processo de desenvolvimento da área da saúde em relação ao cliente idoso e às diversas disciplinas que contemplam uma atuação relevante que, sem dúvida, permitem avanços para a Enfermagem.

A gerontologia como campo do conhecimento científico: conceito, interesses e projeto político

Prado,Shirley Donizete; Sayd,Jane Dutra
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
Discutimos a gerontologia em suas pretensões de constituir-se como a ciência do envelhecimento no Brasil. Consideramos o pensamento de Stengers, que defende a idéia de que o desenvolvimento de um conceito e o despertar de interesses em diferentes setores da sociedade, articulados a um projeto político, constituem-se em pilares fundamentais para o estabelecimento de um campo científico. Identificamos limitações conceituais importantes envolvendo a delimitação da velhice e do envelhecimento, bem como problemas referentes a hierarquias entre domínios internos à gerontologia e a outros campos do conhecimento. A despeito dos importantes interesses suscitados quando a velhice está em questão, a gerontologia parece estar num plano muito limitado como parque científico e como massa crítica para a produção de pesquisas de ponta. Parece-nos que o momento atual de elaboração de um projeto político para a gerontologia está situado no espaço da tentativa de incorporação do discurso epistemológico, a partir de uma perspectiva que nos faz pensar na necessidade do aprofundamento da abordagem teórica acerca do conceito que pretende capturar; sob pena de não avançar na constituição de um importante conjunto de pesquisadores brasileiros de ponta...

Como poderia a Gerontologia, um campo multidisciplinar do saber, estar presente na Tabela das Áreas do Conhecimento do CNPq?

Prado,Shirley Donizete; Sayd,Jane Dutra
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Discutimos a possibilidade da inserção da Gerontologia na Tabela das Áreas do Conhecimento do CNPq num cenário em essa tabela vem sendo questionada na comunidade científica, particularmente no que se refere à inclusão de áreas multidisciplinares. A partir de Foucault, entendemos a Árvore do Conhecimento como uma taxonomia, um continuum, onde todas as áreas são colocadas lado a lado, mais próximas ou mais afastadas conforme semelhanças e diferenças entre si. Trata-se de um tratamento linear e finito que estabelece que uma determinada área do conhecimento só pode estar situada num ponto da parte da linha que corresponde a uma grande área. A Gerontologia caracteristicamente multidisciplinar não alcançou lugar nessa taxonomia institucionalizada, seja porque haveria problemas em relação a conceitos, interesses e projeto político em sua constituição como área do conhecimento, seja porque a taxonomia seria incompatível com a multidisciplinaridade. Concluímos que é possível conceber uma nova Tabela de Campos de Conhecimentos e de Saberes e proceder visualizações dos estudos sobre o envelhecimento e sobre toda e qualquer região dos conhecimentos e dos saberes na plenitude de sua muldisciplinaridade e de suas transformações ao longo dos tempos.

Prevalência de depressão nos idosos institucionalizados na morada do idoso do instituto de gerontologia de Brasília; Depression Prevalence in Seniors Who Live in Morada do Idoso Long-Term Care Facility – Brasília Geronthology Institute

Póvoa, Thaís Rocha e; Amaral, Amanda Spínola; Cárdenas, Carmen Jansen de; Viana, Lucy Gomes; Tavares, Adriano Bueno; Machado, Flávio Vieira
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Objetivo. O trabalho consistiu em uma pesquisa para rastreamento de depressão em 35 idosos (10 homens e 25 mulheres) maiores de 60 anos, institucionalizados no Instituto de Gerontologia de Brasília. Método. Aplicou-se primeiramente o miniexame do estado mental para excluir idosos com demência. Dezessete (48,6%) foram excluídos por apresentarem índice compatível com quadro demencial. Nos dezoito restantes (51,4%), sendo treze mulheres e cinco homens, aplicou-se a Escala de Depressão Geriátrica de Yesavage em versão reduzida (EDG-15) para investigar prevalência de depressão dentro dessa população. Resultados. Do total de indivíduos incluídos na pesquisa, verificou-se que quatro (22,2%) tiveram índice menor que 5, ou seja, sem sintomas de depressão; quatorze (77,8%) apresentaram índice superior ou igual a 5, sendo suspeitos de depressão e destes, apenas dois (11,1%) tiveram índice maior ou igual a 11, sugerindo depressão grave, segundo o ponto de corte adotado pela EDG-15. Em relação ao sexo, das treze mulheres entrevistadas, onze (84,6%) apresentaram quadro depressivo comparados a apenas três homens (60%) dos cinco entrevistados. Os dois entrevistados que obtiveram índice maior que 11 (depressão grave) foram mulheres. Conclusões. A prevalência de depressão nesta amostra de idosos institucionalizados foi maior do que na população geral e o sexo mais acometido foi o feminino...

Análisis bibliométrico de la Gerontología y Geriatría en España en el período 1981-2005

Abellán García, Antonio; Giménez Toledo, Elea; Pérez Díaz, Julio; Sancho Castiello, María Teresa; Sevillano Bermejo, Ana
Fonte: Consejo Superior de Investigaciones Científicas (España); Instituto de Mayores y Servicios Sociales (España) Publicador: Consejo Superior de Investigaciones Científicas (España); Instituto de Mayores y Servicios Sociales (España)
Tipo: Artículo Formato: 153027 bytes; application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.27%
Para citar este documento: GIMÉNEZ TOLEDO, Elea; SEVILLANO BERMEJO, Ana; PÉREZ DÍAZ, Julio; SANCHO CASTIELLO, María Teresa; ABELLÁN GARCÍA, Antonio (2009). “Análisis bibliométrico de la Gerontología y la Geriatría en España en el período 1981-2005. Madrid, Portal Mayores, Informes Portal Mayores, nº 88. [Fecha de publicación: 23/02/2009].; Aunque la Gerontología y la Geriatría son disciplinas noveles en España, experimentan un desarrollo notable en el último cuarto de siglo (como la investigación científica en general y, de hecho, como el país en su conjunto). En ese período, además, la clásica investigación médica se ha visto crecientemente complementada y enriquecida por investigaciones desde ámbitos anteriormente menos transitados, como la Sociología, la Psicología, la Demografía o la Economía. En este documento ensayamos un examen retrospectivo sobre el modo en que la vejez ha sido investigada y dada a conocer en España, a través de la producción científica. Creemos que este estado de la cuestión recapitulatorio es necesario para adquirir perspectiva temporal amplia sobre nuestras investigaciones, pasadas pero también futuras, y para contrastar el grado de concordancia entre la demanda y la producción de conocimiento acerca de la vejez. Resulta también un primer paso para conseguir...

Formação do terapeuta ocupacional em gerontologia: contribuições de docentes de cursos de graduação em terapia ocupacional no Brasil; The education of occupational therapist in gerontology: contributions of teachers from undergraduate courses in occupational therapy in Brazil

Almeida, Maria Helena Morgani de; Ferreira, Aline Buchalla; Batista, Marina Picazzio Perez
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
A capacitação de recursos humanos para a área gerontológica contribui para o enfrentamento dos desafios do envelhecimento. Com objetivo de aprimorar a formação na área de gerontologia do curso de Terapia Ocupacional da USP-SP desenvolveu-se pesquisa com docentes da área de gerontologia de diversos cursos de graduação em Terapia Ocupacional no Brasil. MÉTODO: O estudo qualitativo, exploratório e descritivo foi realizado em 2009 e 2010. Os dados foram obtidos por meio de questionário e analisados em seu conteúdo. Participaram do estudo 11 docentes, 8 lecionam em instituições de ensino superior públicas e 3 em particulares. RESULTADOS: Os docentes consideram que as disciplinas proporcionam maior compreensão do processo de envelhecimento humano e, possibilidades de atuação junto à população idosa. Parte dos docentes refere a articulação teórico-prática como estratégia de ensino-aprendizagem. As mudanças na metodologia de ensino, com destaque para as metodologias ativas, foram citadas por 9 docentes. Alguns docentes identificam reduzida carga horária para a área. Todas as instituições adotam projetos de extensão para formação e 6 realizam atividades de pesquisa. CONCLUSÃO: As informações obtidas reafirmam parte das estratégias adotadas pelo curso de Terapia ocupacional da USP-SP na área de gerontologia: adequação de carga horária para formação...

Perspectivas das pesquisas em gerontologia e geriatria: revisão da literatura; Perspectivas de la investigación en gerontología y geriatría; Perspectives of research in gerontology and geriatrics

Freitas, Maria Célia de; Maruyama, Sônia Ayako Tao; Ferreira, Terezinha de Freitas; Motta, Ana Maria de Almeida
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2002 POR
Relevância na Pesquisa
37.35%
Este estudo é exploratório e descritivo e objetivou identificar e analisar as tendências e perspectivas das pesquisas nas áreas de gerontologia e geriatria. Realizou-se levantamento bibliográfico, junto ao Banco de Dados Lilacs e acervo da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto-USP, de publicações multiprofissionais, no período de 1980 a 2000. Apresentaram-se os resultados sob a forma de tabelas e gráficos, destacando-se os estudos com enfoque geriátrico (54%). Quanto às abordagens, houve, na última década (1990 a 2000), aumento, distribuindo-se em Biológica (32%), Recursos Humanos (18%), Social (17%), Psicológica (9,8%), Holística (4,0%), excetuando-se a Ética que permaneceu com o mesmo percentual nos dois períodos (0,8%). Em relação ao tipo de pesquisa, predominou a qualitativa (49,2%). Verifica-se, portanto, que as perspectivas em relação aos idosos indicaram interesse dos profissionais pela temática, tanto pelas transições demográficas e epidemiológicas quanto pela formação de recursos humanos, para o mundo do trabalho junto a idosos, no âmbito profissional e no domiciliar.; Estudio exploratorio descriptivo, que buscó identificar y analizar las tendencias y perspectivas en relación con la investigación en las áreas de gerontología y geriatría. Se realizó un levantamiento bibliográfico utilizando el Banco de Datos LILACS y el acervo de la Escuela de Enfermería de Ribeirão Preto/USP de publicaciones multiprofesionales en el periodo de 1980 a 2000. Se presentaron los resultados en tablas y gráficos. Se observó que hubo predominio de los estudios con enfoque geriátrico (54%). En relación con los abordajes y el periodo analizado...

A gerontologia e a interdisciplinaridade: aspectos relevantes para a enfermagem; La gerontología e interdisciplinaridade: los aspectos relevantes para la enfermería; Gerontology and interdisciplinarity: relevant aspects to nursing

Camacho, Alessandra Conceição Leite Funchal
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2002 POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
Este artigo retrata a Gerontologia como área rica e cheia de lacunas a serem preenchidas pelas disciplinas que a compõem, indo além das abordagens convencionais à clientela idosa, visando a caminhos renovados para a Enfermagem, que, dentre tantas disciplinas, também está no processo construtivo de conhecimento. Tem como objetivo destacar a importância da Gerontologia para a atuação interdisciplinar, principalmente para Enfermagem, ressaltando o cliente idoso no contexto social. A interdisciplinaridade é instrumento condutor para Gerontologia em busca de mudanças que venham a somar conhecimentos e redundar em esforços no processo de desenvolvimento da área da saúde em relação ao cliente idoso e às diversas disciplinas que contemplam uma atuação relevante que, sem dúvida, permitem avanços para a Enfermagem.; Este artículo retrata la Gerontología como área rica y llena de lagunas para ser resueltas por las disciplinas que la componen, yendo más allá de los abordajes convencionales a la población anciana, buscando caminos renovados para enfermería, que dentro de tantas disciplinas, también está en el proceso constructivo del conocimiento. Tiene como objetivo destacar la importancia de la gerontología para la actuación interdisciplinaria...

NURSING RESEARCH IN GERONTOLOGY; INVESTIGACIONES DE ENFERMERÍA EN GERONTOLOGÍA; Pesquisas de enfermagem em gerontologia

Hammerschmidt, Karina S. de Almeida; Borghi, Ângela Cristina da Silva; Lenardt, Maria Helena; Seima, Márcia Daniele
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2007 POR
Relevância na Pesquisa
37.41%
Esta es una investigación bibliográfica permeada por reflexiones teóricas acerca de las investigaciones de enfermería engerontología. El objetivo fue identificar la producción científica del oficio de enfermería en gerontología. Fueron realizadas búsquedasen las bases de datos LILACS; MedLINE y SciELO. El periodo de trabajo fue de enero de 1996 a enero de 2007. Los resultadosapuntaron 28 publicaciones, siendo que 20 pueden ser clasificadas como investigación y 8, como reflexión. De los trabajos, 26 eranartículos y dos eran tesis; 65% de ellos están en idioma inglés y 72% de las publicaciones tienen su fecha después del año 2000. Delaanálisis, siguen cinco categorías: 1) Geriatría y gerontología en la graduación; 2) Práctica gerontológica; 3) Capacidad funcional deancianos institucionalizados; 4) Consulta de enfermería gerontológica y/o instrumentos de enfermería para atención al anciano; 5)Grupos de estudio/investigación en gerontología. El tema con mayor énfasis de trabajos se relaciona con la práctica profesional. Soninvestigaciones que plantean la población de ancianos y determinadas patologías...

Estudios de Población y enfoques de Gerontología Social en México

Díaz-Tendero-Bollain,Aída
Fonte: Universidad Autónoma del Estado de México, Centro de Investigación y Estudios Avanzados de la Población Publicador: Universidad Autónoma del Estado de México, Centro de Investigación y Estudios Avanzados de la Población
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 ES
Relevância na Pesquisa
37.27%
Este artículo pretende relacionar las líneas de investigación de los Estudios demográficos o Estudios de Población en México cuyo objeto de estudio son las personas adultas mayores con las teorías de gerontología social de primera, segunda y tercera generación. Con tal fin se reúne una muestra significativa del acervo en materia de envejecimiento y se clasifican las publicaciones y sus contenidos siguiendo la matriz estadounidense y europea de gerontología social. Como resultado se obtiene un panorama claro de cuáles son las líneas de investigación y los enfoques predominantes, comprobándose la existencia de una trayectoria en materia de gerontología social en México.

Características de los trabajos científicos nacionales en geriatría y gerontología.1980-2001

Varela Pinedo,Luis; Ortiz Saavedra,Pedro José; Chavez Jimeno,Helver
Fonte: Revista Medica Herediana Publicador: Revista Medica Herediana
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 ES
Relevância na Pesquisa
37.41%
Objetivo: Describir el estado actual de la Investigación en Geriatría y Gerontología en el Perú y así identificar el amplio campo que aún falta por investigar. Materiales y métodos: El presente es un estudio transversal y descriptivo de las tesis, artículos y publicaciones relativos a geriatría y gerontología realizados a nivel nacional desde 1980 hasta el 2001. Se utilizó una metodología de búsqueda mediante el uso de palabras clave y una selección basada en el cumplimiento de los pasos del proceso metodológico. Resultados: Se encontraron un total de 256 Trabajos de Investigación en Gerontología y Geriatría, 30 trabajos (11.7%) de Gerontología y 226 trabajos (88.3%) de Geriatría. Una mayor proporción de trabajos fueron realizados en las Universidades Cayetano Heredia (47.9%) y San Marcos (23.7%) en Lima, seguido de la Universidad San Agustín de Arequipa (19.9%). Se encontró que únicamente un 19.2% de los trabajos se habían publicado. Las tesis de pregrado (69.2%) fueron realizadas en mayor número que las de postgrado. Se encontró un mayor porcentaje de trabajos relativos a temas quirúrgicos (12.1%), temas infecciosos (10.2%) y temas de enfermería (9.8%). De acuerdo a la clasificación de los estudios, se encontró un alto porcentaje de trabajos de tipo transversal (55.1%)...

Como poderia a Gerontologia, um campo multidisciplinar do saber, estar presente na Tabela das Áreas do Conhecimento do CNPq?

Prado,Shirley Donizete; Sayd,Jane Dutra
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
Discutimos a possibilidade da inserção da Gerontologia na Tabela das Áreas do Conhecimento do CNPq num cenário em essa tabela vem sendo questionada na comunidade científica, particularmente no que se refere à inclusão de áreas multidisciplinares. A partir de Foucault, entendemos a Árvore do Conhecimento como uma taxonomia, um continuum, onde todas as áreas são colocadas lado a lado, mais próximas ou mais afastadas conforme semelhanças e diferenças entre si. Trata-se de um tratamento linear e finito que estabelece que uma determinada área do conhecimento só pode estar situada num ponto da parte da linha que corresponde a uma grande área. A Gerontologia caracteristicamente multidisciplinar não alcançou lugar nessa taxonomia institucionalizada, seja porque haveria problemas em relação a conceitos, interesses e projeto político em sua constituição como área do conhecimento, seja porque a taxonomia seria incompatível com a multidisciplinaridade. Concluímos que é possível conceber uma nova Tabela de Campos de Conhecimentos e de Saberes e proceder visualizações dos estudos sobre o envelhecimento e sobre toda e qualquer região dos conhecimentos e dos saberes na plenitude de sua muldisciplinaridade e de suas transformações ao longo dos tempos.

A gerontologia como campo do conhecimento científico: conceito, interesses e projeto político

Prado,Shirley Donizete; Sayd,Jane Dutra
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.35%
Discutimos a gerontologia em suas pretensões de constituir-se como a ciência do envelhecimento no Brasil. Consideramos o pensamento de Stengers, que defende a idéia de que o desenvolvimento de um conceito e o despertar de interesses em diferentes setores da sociedade, articulados a um projeto político, constituem-se em pilares fundamentais para o estabelecimento de um campo científico. Identificamos limitações conceituais importantes envolvendo a delimitação da velhice e do envelhecimento, bem como problemas referentes a hierarquias entre domínios internos à gerontologia e a outros campos do conhecimento. A despeito dos importantes interesses suscitados quando a velhice está em questão, a gerontologia parece estar num plano muito limitado como parque científico e como massa crítica para a produção de pesquisas de ponta. Parece-nos que o momento atual de elaboração de um projeto político para a gerontologia está situado no espaço da tentativa de incorporação do discurso epistemológico, a partir de uma perspectiva que nos faz pensar na necessidade do aprofundamento da abordagem teórica acerca do conceito que pretende capturar; sob pena de não avançar na constituição de um importante conjunto de pesquisadores brasileiros de ponta...

Capacitação de recursos humanos em gerontologia: os cuidadores leigos seriam a melhor opção?

Santos, Silvia Maria Azevedo dos; Diogo, Maria José D'Elboux
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado pelos pares; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.27%
Discute-se aqui, a capacitação de recursos humanos em Gerontologia tomando-se por base o preconizado pela Política Nacional do Idoso. Além da capacitação de cuidadores leigos, conforme proposto pela Portaria Interministerial N.º 5.153 de abril de 1999. Palavras-chave Gerontologia;Lei do idoso Abstract In this paper, we discuss the qualification of human resources in Gerontology based on what is called for by the National Policy for the Elderly, besides discussing the qualification of lay caregivers according to what is proposed by the Interministerial Administrative Rule N.o 5.153 of April, 1999. Keywords Gerontology; Law of the elderly