Página 1 dos resultados de 38 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Identificação das práticas de auto-cuidado referentes ao funcionamento intestinal em pacientes com trauma raquimedular; Identification of self care practices related to bowel functioning in patients with spinal cord injury

Furlan, Marcia Lucia de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
35.96%
O trauma raquimedular (TRM) é uma agressão na medula espinhal e pode acarretar severas alterações físicas e psíquicas ao paciente, refletindo na família e sociedade. Com a inexistência de terapêutica que reverta o quadro de TRM, é necessário investimento na reabilitação para melhorar a qualidade de vida destes pacientes. Através de um estudo exploratório-descritivo, com metodologia quantitativa foi investigada as práticas de autocuidado intestinais e complicações em 27 indivíduos com TRM. Todos os participantes eram do sexo masculino e predominância da faixa etária de 18 a 30 anos, solteiros, com até 1º grau incompleto, com renda familiar entre 2 e 5 salários mínimos, tendo o ferimento por arma de fogo como principal etiologia da lesão. As práticas de autocuidado intestinal mais utilizadas foram a massagem abdominal (32%), seguida da dieta rica em fibras (24%), uso de laxante (15%), toque dígito anal (15%), extração manual das fezes (7%) e outros (7%). Quanto às complicações intestinais, houve predomínio de constipação/impactação (50%), seguido de incontinência fecal (23%), sangramento anal (21%) e outras (6%). Em relação às internações hospitalares, consideradas oportunidades para o enfermeiro orientar sobre as alterações decorrentes do TRM...

Condições de saúde e cuidado domiciliar de indivíduos com lesão de medula espinhal; Health conditions and home care of individuals with spinal cord injury.

Rabeh, Soraia Assad Nasbine
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
26.04%
O estudo observacional e transversal teve por objetivos caracterizar indivíduos adultos que sofreram lesão de medula espinhal (LME) entre janeiro de 2003 a julho 2006, em hospitais credenciados pelo SUS no município de Ribeirão Preto (RP), avaliar a sua independência funcional utilizando a escala medida de independência funcional (MIF), considerando o nível de lesão, identificar a prevalência de úlcera de pressão (UP) e problemas de funcionamento intestinal, assim como as condições de cuidado domiciliar e o acesso e utilização de serviços de saúde. Após a aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, o estudo foi desenvolvido em duas fases. Na primeira foi feito levantamento de prontuários em 2 hospitais e, na segunda, entrevistas com sujeitos e cuidadores nos domicílios, utilizando instrumentos préviamente testados. Os resultados evidenciaram que 28 indivíduos residentes em RP sofreram LME no período e que 19 (67,9%) tiveram UP. Desses, 6 foram a óbito antes da segunda fase do estudo. Dentre os 22 sobreviventes, 91% eram do sexo masculino e 14 (63,6%) tinham entre 20 a 39 anos. Acidente de trânsito foi a etiologia principal (50%) da LME, seguida de queda (27,3%). Onze (50%) tiveram lesão cervical, dez (45...

Avaliação da potencialidade da farinha de banana verde como ingrediente funcional: estudo in vivo e in vitro; Evaluation of the unripe banana flour potential as a functional ingredient: In vivo and in vitro studies

Dan, Milana Cara Tanasov
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.46%
A cada dia cresce o interesse por alimentos ricos em carboidratos não disponíveis em virtude da relação inversa entre seu consumo e o risco de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). No presente trabalho, foi avaliado o potencial fisiológico da farinha de banana verde (FBV) como ingrediente funcional. Em ratos adultos, foi realizado ensaio de média duração (28 dias) para avaliação do efeito trófico da FBV sobre o intestino grosso e de parâmetros relacionados à tolerância à glicose. Em humanos, foram realizados ensaios clínicos de curta e média duração para avaliação dos efeitos sobre resposta glicêmica; liberação de hormônios gastrintestinais relacionados à saciedade; status antioxidante; fome e saciedade; e funcionamento intestinal. A FBV foi produzida com banana verde, Musa acuminata, de acordo com patente depositada pelo grupo (Patente (RPI - 1941), 2008). A FBV é uma fonte concentrada de carboidratos não disponíveis, com 56% de AR e 8% de FAT na base integral. A adição de FBV nas rações provocou efeito trófico no ceco dos animais, evidenciado por aumento no índice metafásico, número de células da cripta e profundidade das criptas. Além disso, a ração com FBV proporcionou melhora nos parâmetros relacionados à tolerância à glicose. Em voluntários saudáveis...

As complicações precoces e tardias e a demarcação de estoma intestinal; The early and late complications and the stoma site-marking

Oliveira, Marissa Silva de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.09%
As complicações de estoma e de pele periestoma comprometem a vida dos estomizados intestinais na realização do autocuidado e na sua reabilitação, e a demarcação de estoma pré-operatória tem sido considerada importante na prevenção destas. Este estudo teve como objetivo descrever as complicações de estoma e de pele periestoma de estomizados intestinais demarcados e não demarcados, submetidos ao tratamento cirúrgico no ano de 2009, em um hospital universitário de ensino público (CEP/EERP-USP 341.314). Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa, de levantamento de 70 prontuários de pacientes demarcados e não demarcados, submetidos ao tratamento cirúrgico com confecção de estomia intestinal, no ano de 2009. Do total de 70 (100%) analisados, verificamos que 37 (52,9%) pertenciam ao sexo feminino e 33 (47,1%) masculino. Houve predomínio de 31 (44,3%) sem comorbidades, diagnóstico oncológico 46 (65,8%), 54 (77,1%) nunca haviam sido submetidos às cirurgias intestinais prévias, 56 (80%) cirurgias eletivas e 40 (57,1%) registros de tratamentos adjuvantes. Em relação ao tipo de estoma predominou 46 (65,7%) colostomias e 31 (44,3%) estomas definitivos. Do total, 33 (47,1%) foram demarcados no pré-operatório e 37 (52...

Modelo experimental para o estudo da gastrosquise em embriões de galinha

Gandara, Carlos André Tarrino
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.2%
A gastrosquise passou, nos últimos 50 anos, da condição de uma patologia fatal para índices de sobrevida ao redor de 90%, graças aos avanços na neonatologia e cirurgia neonatal modernas. Porém uma significativa morbidade permanece, relacionada principalmente com o atraso no início do funcionamento intestinal normal. Este tema é objeto de estudo em vários centros visando determinar a origem do problema e promover soluções. Os modelos experimentais em animais são parte importante desses estudos. O objetivo deste trabalho foi o de reproduzir o modelo experimental da gastrosquise em embriões de galinha e comprovar que as alterações histopatólogicas apresentadas são comparáveis às da gastrosquise em humanos. Foram utilizados 278 ovos galinha da raça Leghorn (Gallus domesticus).Os embriões foram divididos em três grupos: grupo gastrosquise, no qual, através de um orifício na casca do ovo, o cordão umbilical foi aberto e as alças intestinais expostas a uma mistura de líquidos amniótico e alantóide; grupo mistura, no qual se promovia apenas a mistura de líquidos amniótico e alantóide, sem a manipulação do coto umbilical e sem a exposição de alças intestinais; e o grupo controle, que consistia de embriões normais e nos quais nenhum procedimento foi realizado. Os procedimentos foram feitos no 13o dia do desenvolvimento embrionário...

Desenvolvimento de um instrumento de avaliação funcional da motilidade intestinal

Bohm, Carlos Henrique
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
46.12%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2012.; A síndrome do intestino irritável (SII) é um transtorno gastrointestinal funcional no qual há desconforto ou dores abdominais recorrentes e modificação na frequência de evacuação. Essa pesquisa adaptou um instrumento para avaliar possível diagnóstico de SII, o Checklist de Provável Diagnóstico para SII, traduziu e adaptou uma escala para avaliar a intensidade dos sintomas intestinais, a Escala dos Sintomas Intestinais (ESI), e desenvolveu um inventário para a avaliação funcional da motilidade intestinal, o Inventário do Funcionamento Intestinal (IFI). A amostra de 401 participantes foi composta por estudantes universitários e usuários de redes sociais, e todos responderam os três instrumentos. Na análise fatorial, observaram-se quatro fatores próximos à análise realizada com base na literatura: Fator 1 – Contingências sociais, com duas facetas (F1 A – Reforço social positivo; F1 B – Fuga/esquiva social); Fator 2 – Fuga/esquiva de resolução de problemas; Fator 3 – Contingências indutoras abrangentes; e Fator 4 – Contingências indutoras restritivas. Os fatores tiveram níveis elevados de consistência interna. A validade de hipótese foi observada na ESI e em todos os fatores do IFI (com exceção do F1 A) ao comparar portadores de SII com não portadores de nenhum diagnóstico intestinal. Foi realizada uma demonstração do caso de três participantes que responderam os instrumentos...

Absorção intestinal de tiamina : caracterização e modulação nutricional

Lemos, Adelaide Clara Faria Álvares de
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese+relatório); 30 cm
POR
Relevância na Pesquisa
26.04%
Resumo da tese: A tiamina (vitamina B1) é uma vitamina hidrossolúvel que deve ser obtida a partir da dieta, essencial para o normal funcionamento celular. Este trabalho teve como objectivos a caracterização farmacológica e o estudo da modulação nutricional do transporte apical de tiamina, no epitélio intestinal. Para tal, foram usadas células Caco-2 (linha celular de adenocarcinoma de cólon humano, com fenótipo enterocítico) em cultura. Estas células foram pré-tratadas com diferentes concentrações dos compostos em estudo e incubadas com T+-3H (400 nM), a 37ºC. Os nossos resultados mostram que a captação apical de tiamina, nas células Caco-2: (i) é um cotransporte T+/H+; (ii) é independente do sódio, do cloreto e do potencial; e (iii) é diferentemente afectada pelos vários catiõs orgânicos, conhecidos substratos/inibidores dos transportadores de catiões orgânicos. Os nossos resultados sugerem que neste transporte está envolvido mais que um transportador - ThT1 ou ThT2 transportadores especificos da tiamina) e um, ou mais, membros da ASF, provavelmente o EMT. As bebidas testadas (vinhos, cervejas e chás) alteram significativamente o transporte intestinal de tiamina, excepto o vinho branco com álcool. O etanol reduz significativamente a captação de tiamina. No entanto...

O ácido butírico : possível regulador da expressão dos genes do relógio circadiano intestinal?

Pintado, Jéssica de Matos
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 24/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
36.09%
Dissertação de Mestrado em Engenharia Zootécnica.; O presente estudo foi elaborado em células Caco-2, para verificar se a glucose e o ácido butírico regulam a expressão dos genes do relógio circadiano intestinal. O seguimento da expressão de SRF sobre 18h, por imuno-detecção por epifluorescência, confirma que se trata de um input do relógio. A imunodetecção da expressão oscilatória de PERIOD1 sobre 18h e 48h (com intervalos de 6h) comprova que Period1 é um gene da resposta imediata, fundamental ao funcionamento do relógio. Verificamos ainda que a expressão de PERIOD1 é sincronizada com maior eficácia, utilizando um meio com 1mM de ácido butírico, relativamente a outros meios de cultura (DMEM 10% FCS, 25mM D-glucose, sem glucose nem ácido butírico). A redução significativa da concentração em ácido butírico (0,5, 1 e 2mM) nos sobrenadantes de monocamadas de células Caco-2, comparativamente a sobrenada-ntes incubados em placas sem células (ANOVA em triplicado; significância: 5%), sugere que o composto será consumido pelas células. Integrando essa observação com o resultado da experiência anterior, deduzimos que o ácido butírico utilizado pelas células servirá de regulador à expressão do gene Period1. O uso desse composto poderá assim diminuir a dessincronização dos ritmos de células do relógio...

Controle neuronal e manifestações digestórias na paralisia cerebral

Araújo,Liubiana A.; Silva,Luciana R.; Mendes,Fabiana A.A.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.04%
OBJETIVOS: Abordar as peculiaridades do controle neuronal digestório e descrever as principais manifestações digestórias na paralisia cerebral, atentando-se à importância do diagnóstico precoce para intervenção interdisciplinar eficaz. FONTES DOS DADOS: Revisão sistemática de 1997 a 2012 das bases de dados MEDLINE, LILACS, SciELO e Cochrane Library. Incluem-se 70 artigos, como revisões relevantes, estudos observacionais, ensaios clínicos e estudos de prevalência. Excluíram-se pesquisas qualitativas. Os termos pesquisados foram: paralisia cerebral, disfagia, doença do refluxo gastroesofágico, constipação intestinal, infecção respiratória e gastrostomia. SÍNTESE DOS DADOS: O controle adequado do trato digestório depende do funcionamento e integridade do sistema nervoso. Como indivíduos portadores de paralisia cerebral possuem anormalidades estruturais evidentes no sistema nervoso central e periférico, estão mais propensos a desenvolver distúrbios do trato digestório, com repercussões nutricionais. As alterações vão desde imaturidade neurológica até interferência do estado de humor e capacitação dos cuidadores. Trata-se, portanto, de etiologia multifatorial. As desordens digestórias mais prevalentes são disfagia...

Influência da resposta individual ao estresse e das comorbidades psiquiátricas na síndrome do intestino irritável

Ribeiro,Luana Medeiros; Alves,Natália Galdino; Silva-Fonseca,Vilma Aparecida da; Nemer,Aline Silva de Aguiar
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
25.82%
CONTEXTO: A síndrome do intestino irritável (SII) é um distúrbio clínico comum, porém ainda pouco compreendida, uma vez que o desenvolvimento dos seus sintomas está fortemente relacionado ao estresse, ansiedade e depressão. OBJETIVOS: Revisar a literatura a fim de verificar se, de fato, existe influência do estresse e das comorbidades psiquiátricas no desenvolvimento, diagnóstico e tratamento para os portadores da SII. MÉTODOS: A revisão foi realizada por meio de pesquisa na base de dados MedLine e Lilacs entre 1990 e 2009, usando-se as palavras-chave "estresse", "comportamento", "psiquiatria" e "síndrome do intestino irritável". RESULTADOS: Foram selecionados 38 artigos que relacionaram a síndrome do intestino irritável à reação individual ao estresse e comorbidade psiquiátrica, incluindo ansiedade e depressão. CONCLUSÃO: A reatividade do indivíduo ao estresse e os fatores psicossociais desempenham um papel etiológico importante, embora não determinante, podendo interferir no funcionamento intestinal mediante a alteração na motilidade ou espasmo, na diminuição ou aumento de secreção e,finalmente, na irritação. É necessário desenvolver uma metodologia para definir e medir a somatização para o auxílio no diagnóstico clínico e a inclusão dos fatores psicossociais relacionados ao desenvolvimento e persistência dos sintomas nos critérios diagnósticos para a SII.

Síndrome do ceco móvel: manifestações clínicas e avaliação radiológica da mobilidade do ceco e cólon ascendente em pacientes com queixa de constipação crônica

Santos,Carlos Henrique Marques dos; Marão,Rafael Fonseca; Bezerra,Fernando Márcio Matos
Fonte: Cidade Editora Científica Ltda Publicador: Cidade Editora Científica Ltda
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
25.96%
A síndrome do ceco móvel é uma doença causada por um mesentério relativamente alongado do ceco e segmento do cólon ascedente podendo levar a torções as quais poderiam causar micro danos vasculares impedindo a ação plena de substâncias como o peptídeo intestinal vasoativo e do óxido nítrico, fundamentais para o correto funcionamento do trato gastrointestinal. Este estudo tem como objetivo avaliar a relação entre a mobilidade do ceco e cólon ascendente (diagnosticada por exame radiológico) e a constipação crônica. Foram estudados 40 pacientes constipados, do Ambulatório de Coloproctologia do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), segundo protocolo em anexo, por meio de analise radiográfica do segmento em questão. Verificou-se que a maioria dos pacientes (72,50%) apresentou mobilidade radiológica do ceco e cólon ascendente, e que as variáveis clínicas estudadas segundo o protocolo não são suficientes para definir esses pacientes como portadores dessa síndrome.

Funcionamento intestinal e a relação com a independência funcional de indivíduos com lesão medular

Rabeh,Soraia Assad Nasbine; Nogueira,Paula Cristina; Caliri,Maria Helena Larcher
Fonte: Sociedade Brasileira de Coluna Publicador: Sociedade Brasileira de Coluna
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.39%
OBJETIVOS: Caracterizar indivíduos adultos que sofreram lesão de medula espinhal; avaliar a independência funcional considerando o nível da lesão; descrever a ocorrência de problemas de funcionamento intestinal e a relação com o nível de independência funcional. MÉTODO: Estudo observacional, transversal. Para investigar a independência funcional foi utilizada a escala Medida de Independência Funcional. Para avaliar o funcionamento intestinal, as orientações recebidas e as práticas de autocuidado, utilizaram-se as Diretrizes do Consórcio de Medicina da Lesão Medular. RESULTADOS: Dos 22 participantes, 91% eram homens, com média de idade de 38 anos (DP 11,7) e 50,0% apresentavam dependência mínima e participavam de programa de reabilitação. Verificou-se alteração no padrão de funcionamento intestinal pós-lesão. CONCLUSÃO: A literatura enfatiza a importância de instituir programas de intervenção por meio de estratégias educativas para o controle do intestino neurogênico.

Efeito da dextrina de trigo na sensibilidade à insulina e estado nutricional de indivíduos com Diabetes Mellitus tipo 2; Effect of wheat dextrin in insulin sensitivity and nutritional status of individuals with type 2 diabetes mellitus

CARVALHO, Ana Clara Martins e Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciencias da Saude; Ciencias da Saude
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.34%
Introduction: The dietary fiber, particularly soluble, are assigned the physiological effects that are important for the treatment of patients with type 2 diabetes mellitus. Objective: To evaluate the effect of supplementing wheat dextrin in insulin sensitivity, glycemic control and lipid, and nutritional status of patients with type 2 diabetes mellitus. Methodology: This is a trial blind, randomized, lasting 12 weeks.The sample consisted of 27 type 2 diabetic subjects of both sexes with a BMI ≥ 25.00 kg/m2 and sedentary. These subjects were randomized into two groups, test (n = 14) and placebo (n = 13). The test group was supplemented daily with 200 ml of orange flavor beverage without the addition of sugar and added 10 g of wheat dextrin, 30 minutes before the lunch. The control group received the same drink daily, but without the addition of fiber. Participants were instructed to maintain their lifestyle (diet and physical activity). Fasting plasma glucose, glycated hemoglobin (A1c), insulin sensitivity, lipid profile, the level of physical activity, intestinal function, food intake, and anthropometric indicators were assessed at baseline, 45 and 90 days intervention. Results: The A1c, fasting glucose and lipid profile showed no significant differences within and between groups. There was an increase in the values of HOMA-IR (p = 0.0163) and fasting insulin (p = 0.0406) at 45 days in the placebo group...

Caracterização da expressão de neuropeptídeos do sistema nervoso entérico de pacientes portadores e não portadores de constipação intestinal; Characterization of the expression of enteric nervous system neuropeptides in patients with and without constipation

Souza, Vanessa Ribeiro de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.16%
A constipação intestinal é um problema grave de saúde pública que aflige milhares de pacientes em todo o mundo. Acredita-se que, com o estilo de vida moderno, seguido de constante estresse e inadequação dos hábitos alimentares, a incidência da constipação intestinal aumente consideravelmente nas próximas décadas. A constipação é causada por alterações no funcionamento do trato digestório que ainda não estão completamente elucidadas. Sabe-se que o sistema nervoso entérico é responsável pelas funções sensitivas e motoras do trato digestivo, o que confere a este funcionar sob perfeita sincronia e realizar a peristalse, promovendo o trânsito adequado do bolo alimentar e posteriormente do bolo fecal. A grande maioria das patologias que afligem o trato gastrointestinal são originadas de distúrbios em neurônios específicos do sistema nervoso entérico e, provavelmente, o mesmo ocorre com a constipação intestinal. Diante disto, o objetivo deste trabalho foi, através da técnica de imunohistoquímica, caracterizar e comparar a expressão dos diversos neuropeptídios do sistema nervoso entérico em pacientes portadores de constipação intestinal e indivíduos não constipados. Os resultados demonstraram que...

Impacto de ingrediente funcional sobre a saúde intestinal; Impact of functional ingredient on intestinal health

Souza, Gabriela Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.52%
O microbioma intestinal influencia de maneira positiva e/ou negativa o bem estar e o equilíbrio da saúde no organismo humano. Carboidratos não disponíveis, tais como frutanos e amido resistente (encontrado na farinha de banana verde), são ingredientes funcionais que resistem à digestão, estimulam o peristaltismo e o trânsito intestinal, e podem aumentar população de bactérias benéficas. O presente estudo teve como objetivo avaliar o impacto do consumo regular e descontinuado (durante 6 semanas e 3 vezes por semana) de sopas adicionadas de inulina (8 g) ou farinha de banana verde (FBV) (8 g), sobre o funcionamento intestinal em voluntários saudáveis. Para a avaliação do funcionamento intestinal, o questionário semanal Gastrointestinal Symptom Rating Scale foi validado para o idioma português (Brasil), apresentando alfa de Cronbach de 0,82 e correlação intraclasse de 0,83. Além desta ferramenta, também foi utilizado um questionário diário de hábito gastrintestinal, que inclui a Escala de Bristol. Após o consumo das sopas adicionadas de inulina, os voluntários apresentaram redução na consistência das fezes, aumento na frequência de evacuações e na necessidade de evacuar, entretanto foi observado aumento leve de flatulência. O grupo que consumiu sopas adicionadas com FBV apresentou redução na consistência das fezes...

Farinha de banana verde: efeitos fisiológicos do consumo regular sobre a fome/saciedade e microbiota intestinal em voluntários saudáveis; Unripe banana flour: physiological effects of regular consumption on hunger/satiety and intestinal microbiota in healthy volunteers

Sardá, Fabiana Andréa Hoffmann
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.47%
Estudos com farinha de banana verde (FBV), rica em amido resistente, mostram efeitos positivos sobre a saciedade, resposta glicêmica e melhora do funcionamento intestinal. Entretanto, pouco se sabe sobre a capacidade da FBV em estimular seletivamente o crescimento e/ou atividades de microbiota intestinal benéfica e os efeitos fisiológicos do consumo habitual. No presente trabalho foi investigado o efeito da ingestão regular e descontinuada de FBV sobre a microbiota intestinal em voluntários saudáveis, bem como as interações com hormônios relacionados à fome e saciedade, funcionamento intestinal e homeostase da glicose. Para tanto foi realizado estudo de intervenção, duplo cego paralelo controlado com placebo, no qual voluntários saudáveis consumiram FBV ou maltodextrina, veiculadas através de sopa prontas congeladas, três vezes por semana e durante seis semanas. Os resultados evidenciaram que a FBV pode aumentar a saciedade, promover redução no aporte energético de refeições subsequentes (14%) e melhorar o funcionamento intestinal. Ao mesmo tempo reduz a secreção plasmática de insulina no jejum e o Índice HOMA2-RI em 20%, sinalizando aumento na sensibilidade à insulina. A análise da microbiota intestinal utilizando o rDNA 16S mostrou que existem dois grupos distintos de indivíduos...

Efeito da suplementação com glutamina sobre a inflamação sistêmica e a composição corporal de idosos; Effects of supplementation with glutamine on systemic low-grade inflammation and body composition in elderly individuals

Freitas, Angelica Marques de Pina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.28%
Introdução- Considerando o papel da glutamina como substrato energético para os enterácitos e como fornecedora de nitrogênio para o músculo esquelético, o estudo hipotetiza que a suplementação com glutamina pode contribuir na modulação da inflamação sistêmica e na preservação da massa muscular de idosos. Objetivos-avaliar os efeitos da suplementação com glutamina em alguns marcadores de inflamação e de composição corporal de idosos em risco de fragilidade. Métodos-estudo randomizado duplo-cego de intervenção. Foram recrutados idosos não institucionalizados que apresentaram de um a dois critérios de fragilidade biológica. Os idosos foram distribuídos em dois grupos: um recebeu glutamina(GLU) e outro maltodextrina, utilizado como placebo(PLA) durante seis meses, em duas doses diárias. No início e ao fmal do estudo os indivíduos foram avaliados pelo peso e estatura, para cálculo do índice de massa corporal(IMC), circunferências da cintura, quadril, panturrilha e braço(CC,CQ,CP e CB) e dobra cutânea tricipital(DCT); composição corporal porbioimpedância elétrica, observando os valores de resistência(R), reactância(Xc), ângulo de fase(AF), água extra e intracelular e capacitância; força de preensão palmar(FPM); concentração sérica de citocinas (IL-IO...

Autocuidados e automedicação na temática da obstipação

Bito, Rita Alexandra da Silva
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
Atualmente, consideram-se os autocuidados como a primeira forma de prevenção e tratamento de doenças. Através de alterações no estilo de vida e da automedicação é possível obter enormes benefícios, não só na saúde mas também na economia do próprio país. Para que estas medidas sejam eficazes e seguras, é essencial garantir a formação e informação da sociedade, sendo os profissionais de saúde os principais intervenientes neste processo. Assim, o farmacêutico deve intervir junto da população, não só na promoção da saúde, como também no incentivo ao uso racional dos medicamentos. São diversas as situações passíveis de automedicação e são igualmente vários os casos de utilização incorreta de medicamentos neste contexto. Assim, optou-se por destacar a automedicação na obstipação com recurso não só a Medidas Não Farmacológicas, como também à utilização de laxantes. A obstipação é um conjunto de sintomas associado a determinada causa. Fatores desencadeantes podem ser de origem patológica ou de origem comportamental, destacando-se o stress, polimedicação e hábitos de consumo. Os laxantes são normalmente utilizados no tratamento da obstipação, no entanto, temse conhecimento que podem ser indevidamente usados para outros fins...

Os efeitos da yoga sobre as respostas características da síndrome do intestino irritável

Medeiros, Paula Azevedo de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
26.04%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Comportamento, 2013.; A síndrome do intestino irritável é um distúrbio intestinal funcional comum caracterizada por desconforto abdominal recorrente e função intestinal anormal. Evidencias experimentais indicam que a qualidade de vida e o estresse podem exacerbar os sintomas da SII. Pretendeu-se ao longo desta pesquisa verificar a relação existente entre a prática de yoga com a melhora nos sintomas de pacientes diagnosticados com Síndrome do Intestino Irritável. Adicionalmente, pretendeu-se também contribuir para a descrição das variáveis comportamentais que podem atuar na síndrome. Foi realizada uma análise do repertório de quatro pacientes diagnosticados com SII, sendo dois deles diagnosticados com diarreia, um diagnosticado com constipação e um com hábitos intestinais mistos. Seis semanas de aulas de yoga foram oferecidas aos participantes em momentos diferentes da pesquisa. Registros de atividades diárias, alimentação e funcionamento intestinal foram feitos pelos participantes tanto na linha de base quanto na fase de tratamento. Por meio desses registros foi possível identificar as alterações nos sintomas dos participantes. Contrariando alguns estudos...

Influência da resposta individual ao estresse e das comorbidades psiquiátricas na síndrome do intestino irritável; Influence of individual response to stress and psychiatric comorbidity in irritable bowel syndrome

Ribeiro, Luana Medeiros; Alves, Natália Galdino; Silva-Fonseca, Vilma Aparecida da; Nemer, Aline Silva de Aguiar
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2011 POR
Relevância na Pesquisa
25.96%
CONTEXTO: A síndrome do intestino irritável (SII) é um distúrbio clínico comum, porém ainda pouco compreendida, uma vez que o desenvolvimento dos seus sintomas está fortemente relacionado ao estresse, ansiedade e depressão. OBJETIVOS: Revisar a literatura a fim de verificar se, de fato, existe influência do estresse e das comorbidades psiquiátricas no desenvolvimento, diagnóstico e tratamento para os portadores da SII. MÉTODOS: A revisão foi realizada por meio de pesquisa na base de dados MedLine e Lilacs entre 1990 e 2009, usando-se as palavras-chave "estresse", "comportamento", "psiquiatria" e "síndrome do intestino irritável". RESULTADOS: Foram selecionados 38 artigos que relacionaram a síndrome do intestino irritável à reação individual ao estresse e comorbidade psiquiátrica, incluindo ansiedade e depressão. CONCLUSÃO: A reatividade do indivíduo ao estresse e os fatores psicossociais desempenham um papel etiológico importante, embora não determinante, podendo interferir no funcionamento intestinal mediante a alteração na motilidade ou espasmo, na diminuição ou aumento de secreção e,finalmente, na irritação. É necessário desenvolver uma metodologia para definir e medir a somatização para o auxílio no diagnóstico clínico e a inclusão dos fatores psicossociais relacionados ao desenvolvimento e persistência dos sintomas nos critérios diagnósticos para a SII.; BACKGROUND: The irritable bowel syndrome (IBS) is a common clinical disorder...