Página 1 dos resultados de 982 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Negócios sociais e valores pessoais: um estudo quantitativo com estudantes de administração; Social business and personal values: a quantitative study with business administration students

Rosolen, Talita
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.39%
Os desafios sociais e ambientais resultantes do sistema econômico vigente passaram a ocupar cada vez mais espaço nas discussões e atuação de empresas, governo e sociedade civil. Conceitos como desenvolvimento sustentável, responsabilidade social e sustentabilidade corporativa passaram a ser cada vez mais disseminados e observou-se o surgimento dos negócios sociais, que têm como intuito a geração de valor social e/ou ambiental juntamente com o econômico, e sua organização pode variar entre o modelo privado e o do terceiro setor. Para acelerar a consolidação de tais organizações, são necessários profissionais que possuam valores voltados para o cuidado com o outro e com o coletivo, que podem direcioná-lo a agir de maneira social ou ambientalmente correta. Ao mesmo tempo em que se observa a evolução do campo dos negócios sociais, é possível notar também o crescimento do número de pessoas que buscam uma atuação profissional responsável e vinculada a seus valores, cada vez mais independente das fronteiras organizacionais, características da carreira sem fronteiras e a carreira proteana. Tendo em vista a importância da ação dos indivíduos na consolidação dos negócios sociais, bem como a importância dos valores pessoais nas decisões de carreira desses indivíduos...

Tem muitas coisas que as pessoas não sabem: que é o que se passa dentro da cabine: um estudo sobre fronteiras sociais

Daniel, Renata Del Caro
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.18%
Ambientes voltados para o embelezamento corporal, tais como salões de beleza e institutos de depilação são frequentemente palco de uma inusitada relação entre cliente e profissional que é a tomada por parte da cliente da profissional como sua confidente. O presente trabalho propõe uma reflexão sobre esta relação interclasses, sobre as fronteiras sociais, em um instituto de depilação expressa. A principal questão discutida é a forma como a prestadora de serviço lida com as diferenças socioeconômicas e a ordem hierárquica existente entre ela e sua cliente. Foram realizadas observações e sete entrevistas em profundidade com depiladoras em um instituto de depilação expressa localizado na cidade do Rio de Janeiro. São expostos comportamentos observados, onde a relação de intimidade e entrega por parte da cliente vem a ser apenas um deles, e como as diferenças existentes são naturalizadas.; Beauty salons and waxing institutes are often the stage of an unusual relationship between client and professional. That is, the attitude of the client of taking the professional as her confident. This paper proposes a reflection on this kind of relationship that evolves a client belonging to a higher social class than the professional. The main issue discussed is how the professional handles hierarchical order and socioeconomic differences between herself and her client. That is...

Movimentos sociais : a longa viagem para o mesmo lugar

Mansueto Dal Maso
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.37%
Ao reconstituir os processos sociais que originaram o bairro Canudos e o assentamento Nova Conquista, localizados respectivamente nos municípios de São Luís e Açailândia, ambos no estado do Maranhão, o estudo se propõe caracterizar aspectos importantes da composição do social e da natureza dos movimentos sociais. Agregados pelas condições de exclusão social ? sem-teto e sem-terra -, setores da população, que se constituem em movimentos a partir dos acampamentos, se mobilizam tendo em vista sua integração. Ao mesmo tempo em que denunciam as condições de desigualdade sobre as quais está fundada e se organiza a sociedade brasileira, alargam as fronteiras do conflito e transformam suas reivindicações ? casa e terra - em questões de caráter social e político. Nesta ampliação do espaço público está contida, ainda que não explicitada verbalmente, a necessidade de instituir uma nova sociabilidade como condição sine qua non de sua integração. Defrontam-se com a ordem instituída, representada pelo Estado, que, ao criar os assentamentos, recompõe os espaços públicos e recoloca as demandas e os próprios movimentos na esfera dos ordenamentos jurídicos e administrativos. Vistos pela ótica dos setores sociais mobilizados...

Fronteiras sociais e a educação das crianças em famílias de alta renda; Social boundaries and the education of children in high income families

Karen Tereza Marcolino Polaz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.28%
Esta pesquisa investiga os processos de construção de fronteiras sociais pelas famílias de alta renda em relação a outros grupos e como essas fronteiras se mantêm ao longo do tempo. Para tanto, analisou-se as práticas de educação de famílias associadas ao clube mais seletivo, em termos econômicos, de uma grande cidade do interior de São Paulo. Foram focalizados, particularmente, os filhos envolvidos no curso de equitação e nas atividades competitivas realizadas pelo departamento de hipismo. O trabalho de campo consistiu na realização de observações tanto das aulas, quanto das provas realizadas no clube e entrevistas aprofundadas e semi-estruturadas com mães, pais e filhos e, também, alguns funcionários. O clube é visto, neste trabalho, como um dos lugares onde os associados parecem estar "entre si" e onde suas crianças podem ser expostas à aprendizagem dos valores, modos de vida, sensibilidades, habilidades, percepções próprias ao grupo social a que são destinadas a pertencer. Os resultados mostram como as experiências educativas, incluindo a passagem por esse "esporte de elite", contribuem para a constituição de uma maneira de perceber a si e aos outros que pode estar diretamente ou não relacionada às formas concretas de agir sobre o espaço social à sua volta.; This research investigates the processes involved in the formation of social boundaries in high income families in relation to other groups and how these boundaries are maintained over the course of time. The educational practices of families associated with the most selective club...

Reterritorialização. Home e fronteiras - recursos em prol de uma estratégia de inserção no país de acolhimento.

Leite, Maria José Peraboa
Fonte: Faculdade de Ciências Socias e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Socias e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.5%
Apresentação do Projecto de Dissertação Mestrado em Migrações, Minorias Étnicas e Transnacionalismo; O presente texto reflecte a relação entre a procura de uma nova “home” e a construção de fronteiras, como recursos de inserção, no processo de reterritorialização dos sujeitos no país de acolhimento. A reterritorialização é o processo de sedentarização dos sujeitos em mobilidade, que passa pela ocupação de um espaço – físico, geográfico, mas também construído social e subjectivamente – a partir do qual os sujeitos sediam a sua vida, reconstroem as suas identidades, as suas redes sociais, as suas actividades – profissionais, religiosas, artísticas, sociais, ou outras – no país de acolhimento. O conceito de “reterritorialização” é utilizado por Tololyan (2001), sobre o modo como algumas diásporas ou grupos diaspóricos escolhem um território, dentro do país de acolhimento para se juntarem aos seus familiares, grupos, compatriotas e aí se fixarem, constituindo uma expressiva minoria (ou maioria), a partir de onde podem iniciar as suas práticas ou actividades de grupo, como escolas, prática religiosa, estabelecimento de redes sociais, actividades económicas, práticas sociais de recordação e celebração...

As crianças e a internet. Crianças e tweens, as redes sociais e as ferramentas interactivas em Portugal - uma análise do canal temático ‘DISNEY CHANNEL PORTUGAL’

Amaro, Jaqueline Vaz
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
Trabalho projecto de mestrado em Novos Media e Práticas Web; A realização deste trabalho de projecto tem como objectivo tecer algumas considerações acerca dos conceitos de Internet, crianças e tweens, redes sociais e novas tecnologias, onde procuramos compreender as relações que se estabelecem entre os diferentes agentes da comunicação. Num contexto mais específico, temos interesse em perceber qual o papel e relevância das novas tecnologias e das ferramentas interactivas para o público infanto-juvenil em Portugal. O estudo incide sobre o canal temático infantil ‘Disney Channel Portugal’, um canal criado em 2001, que embora tenha raízes internacionais, tem adoptado uma política de expansão além fronteiras. Para melhor o caracterizar, realçamos os principais indicadores que contribuem para o seu reconhecimento no mercado: longevidade e consolidação da marca Disney; forte aposta no marketing; associação à música; associação a grandes marcas; aposta nas novas tecnologias, com destaque para a comunicação e alteração de imagem que o canal tem vindo a desenvolver. Ao nível do site www.disneychannel.pt, enumeramos as principais vantagens e os entraves à sua utilização, com recurso a uma entrevista à relações-públicas e responsável de marketing do canal. Numa vertente quantitativa...

Fronteiras, trajetórias e experiências de rupturas

Labache,Lucette; Saint Martin,Monique de
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.42%
Este texto analisa diferentes trajetórias individuais e familiares marcadas sobretudo por mobilidade social, profissional, geográfica e residencial e por descontinuidades. Membros dos diferentes grupos que constituem a sociedade francesa foram entrevistados por uma equipe de pesquisadores entre 2004 e 2007, com o objetivo de apreender como os indivíduos ou as famílias jogam com as fronteiras sociais e espaciais, deslocando-as, transpondo-as ou construindo-as de forma ativa. Os resultados mostram que as experiências de ruptura de fronteiras específicas, como a do diploma, por exemplo, muito valorizado por certos atores, contribui para desenvolver disposições para ultrapassar as fronteiras sociais ou, pelo menos, para não naturalizá-las tanto, quando não mais, quanto as próprias mobilidades social ou profissional. As fronteiras espaciais (nacionais e de bairro, em particular) são frequentemente evocadas nas entrevistas. O fato de se percebê-las e de se jogar com elas está estreitamente vinculado às experiências, mais especificamente às de deslocamentos e rupturas.

Trocas intergeracionais e construção de fronteiras nas experiências educativas das classes médias

Gheorghiu,Mihaï Dinu; Gruson,Pascale; Vari,Judit
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.16%
A análise comparada das estratégias e experiências educativas de quatro famílias das classes médias e intermediárias da região parisiense fez surgir vários elementos de continuidade e descompasso entre a educação recebida dos pais e a educação dada aos filhos, como diferentes graus de adesão à ideologia do "familismo" e os efeitos tanto da autonomização progressiva do campo da educação como da delegação da autoridade parental. As relações estabelecidas antigamente entre a educação familiar e a educação escolar e os valores reconhecidos como tendo garantido às famílias uma mobilidade de sucesso participam da constituição das "vocações" familiares e educativas. As mudanças observadas dizem respeito, por um lado, à transformação do papel das mulheres na gestão da memória familiar, nas transmissões do patrimônio familiar e na construção das genealogias e, por outro lado, aos estilos educativos, com o declínio dos comportamentos autoritários e sua transformação em obrigações morais. Essas mudanças têm reforçado o papel das famílias na produção das fronteiras éticas do espaço social, nas trocas intergeracionais e nas perspectivas de mobilidade.

Redes sociais, redes de sociabilidade

Santos,Francisco Coelho dos; Cypriano,Cristina Petersen
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.08%
A forma da sociabilidade que emerge nas redes sociais da internet encontra abrigo em uma web cuja utilização vem deixando de ser prioritariamente instrumental para se tornar fundamentalmente relacional. O Facebook reúne um conjunto de tecnologias e práticas exemplar dessa transição para a chamada web social. O presente trabalho parte da observação das dinâmicas interacionais que transcorrem nesse site para entender a especificidade da vida social tecida pelos usuários que ali se encontram. A partir daí são analisadas as características que esboçam o desenho de uma nova sociabilidade e discutidas suas repercussões para os integrantes das redes, no que tange aos novos modos de expressão de si, à redefinição das fronteiras entre o público e o privado e à própria experiência da individualidade.

Trocas intergeracionais e construção de fronteiras sociais na França

Saint-Martin,Monique de; Rocha,Daniella de Castro; Heredia,Mariana
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.58%
Na sociedade francesa contemporânea, as antigas desigualdades perduram e novas desigualdades se manifestam, particularmente com a desestabilização crescente das posições sociais e profissionais ocupadas. A noção de fronteira revela-se, assim, essencial: as fronteiras delimitam os contornos das categorias sociais, mas abrem também espaços de troca e de encontro. Buscando apreender os processos de construção e/ou de fragilização das fronteiras sociais, uma pesquisa qualitativa foi realizada junto a famílias (pais e jovens) de diferentes grupos sociais, com interesse pela construção simbólica e percepção das fronteiras entre as diferentes classes sociais, e também sua construção no interior das mesmas. As classes sociais continuam a constituir o fundamento de fronteiras "subjetivas". No entanto, o caráter fluido e complexo das experiências sociais exige dos atores mais trabalho de coerência e de adaptação.

Movimentos sociais e democracia: os dois lados das "fronteiras"

Bringel,Breno; Echart,Enara
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.43%
A democracia evoluiu historicamente através de intensas lutas sociais e, com frequência, também foi sacrificada em muitas dessas lutas. Nem sempre os movimentos sociais promovem a democracia, mas há uma tendência contemporânea a que muitos deles incorporem uma dimensão renovada de luta democrática, contribuindo para a ressignificação das práticas e teorias democráticas no começo deste século. Este artigo pretende ir além das análises unidirecionais com que foram tratadas as relações entre movimentos sociais e democracia nas transições democráticas, com o objetivo de questionar e ampliar as articulações teóricas possíveis entre democracia e sujeitos sociais, tomando como referência a existência de quatro "fronteiras" que muitas vezes não são superadas: a da ciência, a do Estado-nação, a da instituição e a do momento histórico.

O poder da fé, o milagre do poder: mediadores evangélicos e deslocamento de fronteiras sociais

Birman,Patricia
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.35%
A partir de dois estudos de caso analisarei neste artigo a articulação de duas tendências do universo evangélico pentecostal: a da vida apartada do mundo e aquela centrada no milagre e no protagonismo divino. A articulação entre elas forma um conjunto, cuja integração variada constitui na atualidade a presença evangélica na esfera pública. Enquanto conjunto, as igrejas evangélicas reconstruíram as fronteiras do religioso, para "dentro" e para "fora". Para "dentro" redefiniram magia e religião deslocando o encantamento do mundo, convencionalmente mantido como mágico, através do catolicismo, para o interior da religião como milagre. Para "fora" os evangélicos adotaram em suas práticas e discursos uma forma de sacralização dos seus agentes e dos seus instrumentos. A aura divina passou a habitar os muitos domínios sociais que, por sua vez, passaram a fornecer a matéria-prima necessária para forjar o protagonismo dos seus pastores.

O potencial das representações sociais para a compreensão interdisciplinar da realidade: Geografia e Psicologia Ambiental

Peluso,Marília L.
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.41%
O artigo pretende ser uma contribuição para as discussões sobre a interdisciplinaridade em Psicologia Ambiental e Geografia. Espera-se contribuir para o debate dentro do pressuposto de que a afinidade entre as duas áreas se tece quando se entende o espaço e o ambiente como atores sociais, isto é, eles não são neutros, mas atuam sobre as sociedades e os sujeitos que os produziram, construíram e organizaram. Vai-se trabalhar com os pressupostos de que as fronteiras entre as ciências são tênues e que, para ultrapassá-las, deve-se romper com a compartimentação e articular pensamento e práticas sobre a realidade de maneira interdisciplinar. Considera-se que as representações sociais permitem ultrapassar as fronteiras entre as duas ciências e desvendar complexas relações psíquicas e sociais, tendo como objeto empírico as periferias do Distrito Federal.

Olhares que se cruzam, fronteiras que se erguem : a sociabilidade em Tambaú, João Pessoa PB

Gabriele Lima Sousa, Anne; de Carvalho Lins Hamlin, Cynthia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Este estudo lança o olhar para o comportamento social urbano contemporâneo, através da percepção dos tipos de fronteiras simbólicas construídos pelas complexas interações sociais presentes no cotidiano de lazer de Tambaú, bairro nobre e de grande visibilidade na cidade de João Pessoa. As relações estabelecidas pelos diferentes grupos que participam no campo de sociabilidade do qual Tambaú é palco, são percebidas a partir dos processos de diferenciação social responsáveis pela inclusão ou exclusão de indivíduos nos círculos sociais que permeiam os espaços do bairro. Consideramos a cidade contemporânea como um lócus de fronteiras, onde proximidade espacial e distância social se cruzam, norteando classificações e hierarquizações. A partir de observações sobre sua dinâmica social e das narrativas de seus freqüentadores, Tambaú é apresentado a partir dos diferentes estilos de vida que se revelam no seu interior, manifestando valores, reafirmando identidades e reforçando habitus inerentes a trajetórias culturais peculiares

O direito à saúde da população trabalhadora: um estudo na linha das fronteiras do Brasil com os países do mercosul

Dal Prá, Keli Regina
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.45%
Este estudo adensa as discussões relacionadas ao direito à saúde nas áreas das fronteiras do Brasil com os países do Mercosul (Argentina, Paraguai e Uruguai). O objetivo central reside em identificar como se constitui a proteção ao trabalhador fronteiriço no campo da saúde nas cidades-gêmeas do Brasil com os Estados-membros do bloco. A metodologia utilizada no desenvolvimento do estudo foi a pesquisa documental nas legislações que aportam elementos sobre os temas sociais e sobre a configuração da proteção à saúde entre os Estados-membros, e nas informações contidas no Banco de Dados do COLSAT-Mercosul relacionadas às entrevistas semi-estruturadas realizadas com gestores municipais, profissionais de saúde e trabalhadores usuários dos sistemas públicos de saúde brasileiro e estrangeiro. A coleta das informações ocorreu em nove cidades-gêmeas do Brasil e oito cidades-gêmeas do lado estrangeiro das fronteiras. Examinou-se: 1) o perfil da demanda dos trabalhadores fronteiriços usuários dos sistemas públicos de saúde; 2) a rede de atendimento local de saúde; 3) as articulações entre as cidades-gêmeas visando o atendimento destes trabalhadores fronteiriços que buscam atendimento de saúde; e 4) a legislação bilateral estabelecida entre o Brasil e os países do Mercosul para as áreas das fronteiras. Entre os principais resultados...

Transpondo fronteiras: os desafios do assistente social na garantia do acesso saúde no Mercosul

Dal Prá, Keli Regina
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.51%
Este estudo identifica a articulação entre a intervenção profissional do assistente social, o Projeto Ético-Político e a efetivação do acesso à saúde para a população fronteiriça que busca o SUS no Brasil, nas cidades fronteiriças da Região Sul e do Mato Grosso do Sul. A perspectiva teórica assumida entende o direito à saúde como um desdobramento dos direitos sociais, os quais refletem as relações entre o Estado e a sociedade civil e pressupõem sua articulação com o contexto macrossocietário, tendo como suposto que os ordenamentos econômicos, políticos e sociais incidem diretamente sobre o mesmo. O enfoque reside nas relações estabelecidas entre os profissionais de serviço social e a população fronteiriça que busca assistência à saúde, na tentativa de estabelecer agendas de proteção e inclusão social. Tais agendas se materializam ou não em políticas, serviços e ações de saúde a partir de diferentes arranjos políticos, econômicos e sociais que sustentam a concepção de direito à saúde e sua operacionalização em cada Estado-membro do Mercosul. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, que utiliza as técnicas de entrevista semi-estruturada, observação assistemática e diário de campo...

Aqui, todo mundo é da mesma família : parentesco e relações étnicas entre os ciganos na cidade alta, Limoeiro do Norte CE

Silva, Laílson Ferreira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.13%
This study aims to understand how facing a context of Constant interaction whit the local population, the gypsies family Alves dos Santos, neighborhood residentes in uptown, Limoeiro do Norte Ce, maintain a sense of ethnic belonging. To that end, I analyze both the social relations between Gypsies and non-gypsies community, as it is from the contact that the social boundaries are delineated, as the discourses and social representations that are used to qualify them from stigma. So, I found that grounded in the notion of family, gypsies are seen as a group, searching the history / past nomadic origing and blood common elements that underlie its condition, and the language a cultural trait that makes it possible to establish objective distinctions among gypsies and other community residentes, becoming thus a diacritical mark.; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; O presente trabalho tem como objetivo compreender como diante de um contexto de constante interação com a população local, os ciganos da família Alves dos Santos, residentes no bairro Cidade Alta, Limoeiro do Norte - Ce, mantêm o sentimento de pertencimento étnico. Para tanto, analiso tanto as relações sociais entre ciganos e não-ciganos na comunidade...

Quilombo urbano maloca: territorialidade e ressignificação de processos identitários; Quilombo urbano maloca: territorialidade e ressignificação de processos identitários

Santo, Franklin Timóteo Souza do Espírito
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
Currently in the social sciences the question of self-identity and its meanings, absorb as a central objective aspects that concern analysis of an imaginary (re) constructed from processes of identity affirmation. Ethnic discourse in the consolidation of social boundaries (re) assemble a social policy apparatus able to claim their belongings concerning his ancestry, as well as the interpretation of the meanings given to their territory by any group. This dissertation work is the result of an ethnographic study undertaken with the residents of the Community Maloca, Vargas located in the neighborhood adjacent to the commercial center in Aracaju - SE. Since February 2007 the group is certified by FCP - Palmares Cultural Foundation as a lasting community, while it is part of a special gift for being an urban center, varying from the majority of that remaining Maroons in their contexts, outcrops and specific land rural. It focuses on the work process of territorial formation of the hut, and the arrival of their first actors, contextualizing the process of legitimation refers to the territory they live, as well as the various narratives that (re) construct the time he lived, the relations kinship, conflict, the process of self-affirmation as runaways and the relationship of belonging with their living space / living contained in the imaginary city of Aracaju. Attempts are made to the opportunity to understand the meanings that affirm their ethnicity...

Fronteiras e identidades em movimento: fluxos migratórios e disputa de poder na fronteira Paraguai-Brasil;

Albuquerque, José Lindomar C.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
A pesquisa aborda a imigração brasileira na fronteira paraguaia. Os espaços fronteiriços de forte movimento migratório entre dois Estados nacionais produzem singularidades na reflexão sobre os limites da nação e do Estado soberano. Analisa-se os conflitos sociais, étnicos, nacionais e civilizacionais que se configuram entre os "empresários da soja", que são em sua maioria brasileiros, e os "camponeses paraguaios" neste território fronteiriço. Esse processo pode ser compreendido a partir do conceito de fronteiras em movimento, noção que visa problematizar e sintetizar as concepções de frente de expansão, fronteiras sociais e simbólicas e identidades situacionais.; The research talks about the Brazilian immigration in the Paraguayan border. The border areas of high migration between two national states produce singular reflection on the limits of the nation and the sovereign State. I analyze the social conflicts, ethnic, national and civilization that is set between the "business of soybeans", which are mostly Brazilian, and" Paraguayan peasants "in this border territory. This process can be understood from the concept of frontiers in movement, notion which seeks to problematize and synthesize the ideas of the front of expansion...

Trocas intergeracionais e construção de fronteiras sociais na França; Social boundaries and the instability of positions in France

Saint-Martin, Monique de; Rocha, Daniella de Castro; Heredia, Mariana
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.58%
In contemporary French society, traditional inequalities persist while new ones have emerged, particularly as a result of the growing destabilization of social and professional positions. The notion of boundary therefore becomes essential: boundaries delimit social categories, but also open up spaces for encounters and exchanges. Seeking to comprehend the processes of constructing and/or weakening social boundaries, a qualitative research study was carried out with families (parents and young people) of different social groups, centred on the symbolic construction and perception of the boundaries between different social classes, and on their construction within these classes. Do social classes still constitute the bases for subjective boundaries? The article concludes that the fluid and complex nature of social experiences means the need for more work at connecting and adapting from the actors.; Na sociedade francesa contemporânea, as antigas desigualdades perduram e novas desigualdades se manifestam, particularmente com a desestabilização crescente das posições sociais e profissionais ocupadas. A noção de fronteira revela-se, assim, essencial: as fronteiras delimitam os contornos das categorias sociais, mas abrem também espaços de troca e de encontro. Buscando apreender os processos de construção e/ou de fragilização das fronteiras sociais...