Página 1 dos resultados de 48 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Moçambique: identidades, colonialismo e libertação; Mozambique: identities, colonialism and liberation

Cabaço, Jose Luis de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
17.36%
A presente tese define-se como uma reflexão acerca das políticas de identidade promovidas pelo estado colonial português e pela Frente de Libertação de Moçambique, com ênfase nos cem anos que antecederam a independência, proclamada em junho de 1975. Procurando uma perspectiva multidisciplinar, a análise é orientada por conceitos que procuram destacar fatores determinantes da concepção de dualismo inerente à situação colonial. A abordagem das várias estratégias culturais a que recorreu a metrópole para sustentar sua "vocação" imperial constitui um dado significativo do trabalho que procurou compreender algumas particularidades do projeto lusitano, com a preocupação de enquadrá-lo num processo mais amplo que não poderia desconsiderar os passos da História no ocidente. Partindo do estudo das duas concepções de assimilação e sua continuidade no luso-tropicalismo (e sua instrumentalização pelo Estado Novo português), a análise focaliza a gênese do nacionalismo e a nova dinâmica que a tática de guerrilha, implementada pela luta de libertação nacional, introduz no território de Moçambique. No que se refere à política de identidade nacional proposta pela FRELIMO, foi privilegiada pela pesquisa a dialética que ela estabelece com as sociedades tradicionais.; The present thesis deals with the identity policies promoted by the Portuguese colonial State and the Mozambique Liberation Front (FRELIMO)...

A GÉNESE DA FRELIMO- Os grupos e interesses na formação da Frente de Libertação Moçambicana (1964-1974

Cipriano, Leandro
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 26/05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
38.37%
Este Trabalho de Investigação Aplicada, intitulado “A GÉNESE DA FRELIMO - Os grupos que estiveram na formação da Frente de Libertação Moçambicana (1964–1974)”, está estruturado em quatro capítulos distintos inter-relacionados entre si. No primeiro capítulo faremos um enquadramento geral acerca da caracterização geográfica, humana e económica de Moçambique, acompanhada de uma resenha histórica sobre a origem deste território. Portanto, teremos que ter em consideração os factores que afectaram decisivamente o rumo da guerra colonial em Moçambique. No segundo capítulo apresentaremos as características do Movimento Descolonizador em África, e os motivos que antecedem a luta de libertação colonial, enquadrando a guerra no tempo (de 1964-1974). Estabeleceremos uma diferença entre a guerra de guerrilha e a guerra subversiva, falaremos sobre o pós II Guerra Mundial, os dois grandes blocos antagónicos (EUA e URSS), os acontecimentos que marcaram a conferência de Bandung e o do Terceiro Mundo, a posição tomada por Portugal p erante esses movimentos, e o início da luta pela independência nas colónias portuguesas (Angola, Guiné e Moçambique). No terceiro capítulo abordaremos a luta de libertação em Moçambique...

Qual a influência da criação do Destacamento Feminino, nas Lutas de Libertação Nacional, para a Emancipação da Mulher em Moçambique?

Penicela, Isidro
Fonte: Academia Militar. Direção de Ensino Publicador: Academia Militar. Direção de Ensino
Tipo: Outros
Publicado em 01/07/2012 POR
Relevância na Pesquisa
17.36%
O presente trabalho pretende responder à seguinte questão: “Que influência teve o Destacamento Feminino para a emancipação da mulher em Moçambique?”. Como objetivos foram apontados não só assinalar o protagonismo das mulheres na atual sociedade moçambicana, procurando compreender a relação que existe com a sua participação na luta armada, mas também sistematizar o papel assumid o pelo Destacamento Feminino, sem perder de vista as condições que motivaram essa participação e ao mesmo tempo inteirar - se dos estádios de emancipação. A metodologia utilizada foi qualitativa e baseou - se na pesquisa bibliográfica, apoiando - se também nas novas tecnologias para aceder aos documentos disponíveis na in ternet bem como para receber contributos de terceiros, a partir de Moçambique. Além disso, realizaram - se entrevistas (à distância) a mulheres que fizeram parte do Destacamento Feminino. A imposs ibilidade de nos deslocarmos a Moçambique para fazermos essas entrevistas diretamente , limitou a riqueza dos testemunhos apurados. Concluímos que a criação do Destacamento Feminino por parte da FRELIMO estava associada à concretização da revolução social. Visto que, quando este foi criado...

O processo de paz e as assimetrias regionais do desenvolvimento em Moçambique entre 1992 e 2004

Marcos, José Mazula Zarafi
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
17.36%
Tese de mestrado em Geografia apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 2008; O mestrando parte da hipótese da existência de uma relação entre as assimetrias do desenvolvimento e as vicissitudes decorrentes do processo de paz em Moçambique (no que se refere aos refugiados de guerra e ao crescimento populacional nas áreas circundantes aos principais centros urbanos) entre 1992 (aquando da 1ª Vaga de refugiados regressados da guerra entre Renamo/ Frelimo) e 2004 (após a 2ª Vaga migratória dos povos oriundos dos Grandes Lagos e dos países vizinhos); é nesse contexto que se propõe como objectivo, e no âmbito dos Paradigmas de natureza geográfica, confirmar ou infirmar a existência e o acentuar das assimetrias regionais. Com a 1ª Vaga migratória assistiu-se em termos gerais, sobre todo o território, a uma ocupação desordenada do solo na periferia dos centros urbanos e em espaços interstícios; aumentou exponencialmente a pressão sobre a utilização dos escassos recursos materiais e humanos (públicos e privados). A prioridade política na gestão do processo de paz contribuiu para perpetuar o espectro de estagnação económica agravando os níveis de desemprego e de incidência de pobreza ao nível nacional. A reacção das populações levou a emergência do mercado informal...

A realidade moçambicana nas palavras de Mia Couto

Silva, Virginie Amélia Sulprizio da
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
17.36%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Cultura; Tendo como base de análise obras da autoria de Mia Couto, este trabalho focará a história e o passado de Moçambique, bem como o presente e a perspetiva do futuro. Assim, o colonialismo português, a luta pela independência, a guerra colonial, a guerra civil, os diferentes planos político-económicos que opuseram a FRELIMO e a RENAMO durante os dezasseis anos que a guerra civil durou, as divergências entre as zonas rurais e as zonas urbanas do país, as diferentes aceitações da modernidade versus tradição, a condição feminina moçambicana no seio da sociedade, as divisões étnicas, bem como, as marcas do passado que se podem ver refletidas no rosto do povo moçambicano, serão pontos referenciais para a elaboração deste trabalho. As fragilidades psicológicas e físicas do povo moçambicano estão refletidas nos livros de Mia Couto, assim como as soluções para contornar as múltiplas adversidades da vida às quais o povo moçambicano teve de se adaptar. A literatura pós-colonial e o surgimento de movimentos literários como a Negritude e o Pan-africanismo, como resposta direta às atrocidades do colonialismo, mas também como forma de afirmação do povo moçambicano serão também referidos neste trabalho. A literatura da autoria de Mia Couto tem papel fundamental para divulgar a cultura moçambicana...

Entre a colónia e a nação: moçambicanos deficientes físicos das Forças Armadas Portuguesas

Jossias, Elísio Manuel Fernando
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
17.36%
Esta tese trata da dinâmica da identidade entre os moçambicanos Deficientes das Forças Armadas Portuguesas. Procuramos dar conta da forma como os DFAs reconstroem discursivamente as experiências das suas vidas. Do ponto de vista metodológico, o estudo centrou-se na narração dos percursos biográficos dos DFAs. A análise da “assimilação”, do princípio de “conquista das populações” praticado pela política colonial portuguesa durante a guerra, o nacionalista difundido pelo partido Frelimo depois da independência, permitiram-nos olhar para a identidade nacional em Moçambique como processo histórico. No que se refere à análise da identidade dos DFAs, privilegiámos a forma como eles procuram articular, discursivamente, as categorias que surgem da sua interacção com os contextos colonial e pós-colonial.; This thesis deals with the dynamics of identity among Mozambicans Disabled Portuguese Armed Forces (DFAs). We have tried to account for how the DFAs rebuild discursively experiences of their lives. From the methodological point of view, the study focused on the narrative biographical pathways of DFAs. The analysis of “assimilation”, the principle of "conquest of the people" that was practiced by the Portuguese colonial policy during the war...

Nyangas e “feiticeiras” de Moçambique na revista Tempo (1975-1985)

Santana, Jacimara
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 09/03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
17.36%
Após a independência, a Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo) investiu esforços na afirmação de um governo, descolonizado, popular, democrático e socialista. Seu modelo de desenvolvimento de base economicista esteve vinculado à construção de uma nova sociedade e nação, visando integrar o país à contemporaneidade, modernizar suas instituições e fortalecer o poder do Estado. Isto exigiu mudanças profundas nas formas de organização, nos hábitos e modos de pensar das pessoas. Na visão da Frelimo, algumas práticas, instituições, modos de organização social e política inerente as culturas locais foram considerados como supersticiosos, um entrave ao desenvolvimento, ao socialismo e a emancipação das mulheres. Com base nesta visão é que o governo desencadeou uma campanha de combate e proibição a algumas práticas e saberes culturais, inclusive aquelas exercidas por nyangas, chegando a impor-lhes prisão e exílio, mas em contrapartida, demonstrou interesse pelo conhecimento que detinham sobre as plantas. Este artigo aborda a partir das notícias e reportagens da revista tempo, o impacto desta contradição no campo da saúde.

Fragmentos de uma imaginação nacional

Macagno,Lorenzo
Fonte: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS Publicador: Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais - ANPOCS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
Desde o início da luta armada contra a presença de Portugal (1964) até a independência de Moçambique (25 de junho de 1975), os debates no seio da Frente de Libertação de Moçambique - Fremilo transitaram pelo dilema "nacionalismo anticolonial" versus "socialismo". Tais debates trazem para o centro da discussão os dilemas que oscilavam entre o postulado de ser a Frelimo uma simples frente de libertação nacional e, no outro extremo, um Estado/Partido, que mais tarde se autodenominaria "marxista-leninista", o que possibilitaria, na visão de seus porta-vozes, a modernização e o desenvolvimento do país. Este artigo reconstrói esses debates sob o horizonte das contribuições de Benedict Anderson e analisa as representações em torno da figura "mítica" do líder nacionalista Samora Machel.

A concepção de politecnia em Moçambique: contradições de um discurso socialista (1983-1992)

Gonçalves,António Cipriano Parafino
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.36%
O trabalho analisa a fundamentação do conceito de politecnia na educação moçambicana, de acordo com o projeto político proposto pela Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), que preconizava a instauração de uma sociedade socialista nesse país. Definida nos documentos oficiais como tradução do princípio pedagógico de ligação entre a teoria e a prática, entre a escola e o trabalho, a politecnia deveria permear todo o processo de formação escolar e visava propiciar aos alunos bases para compreender a realidade, assimilar o conhecimento científico e transformar a natureza e a sociedade. Metodologicamente, foi realizada uma pesquisa teórica, revisando a bibliografia sobre o surgimento do conceito de politecnia, o entendimento deste em Marx, Lênin e no movimento operário russo. Também foram consultados documentos oficiais, artigos, livros e resultados de pesquisas sobre a educação socialista moçambicana que focassem o propósito da pesquisa. Empiricamente, realizaram-se entrevistas com intelectuais que estiveram envolvidos com a educação moçambicana no período recortado (1983-1992), na cidade de Maputo, entre janeiro e março de 2005. Da análise de dados e do conteúdo das entrevistas, conclui-se, primeiro...

Retos y estrategias del movimiento de mujeres mozambique??as: apuntes de una revoluci??n de g??nero contempor??nea

Vieitez Cerde??o, Soledad
Fonte: Universidad de Granada Publicador: Universidad de Granada
Tipo: Parte de Livro
SPA
Relevância na Pesquisa
17.7%
Las mozambique??as han contribuido y respondido al cambio social y pol??tico acaecido en la regi??n del ??frica austral desde la Revoluci??n, con el Destacamento Femenino (1967) que contribuy?? militarmente a la independencia en 1975 y con el proyecto pol??tico de igualdad de g??nero que implant?? el primer gobierno del partido FRELIMO. En este cap??tulo, se abordan sobre todo las estrategias femeninas de organizaci??n y asociaci??n m??s importantes desde la independencia hasta la actualidad. Todo ello se da en el contexto hist??rico y pol??tico de las reformas marxistas del gobierno de FRELIMO (1975-1986) y la posterior liberalizaci??n socioecon??mica de la regi??n, as?? como la implantaci??n de la democracia mozambique??a y la ca??da oficial del apartheid sudafricano (ambas en 1994). La enorme importancia de la movilizaci??n contempor??nea de las mujeres africanas queda bien reflejada en la bibliograf??a contempor??nea especializada (Cf. Tripp 2001, 1998; Osirim 2001; Nzomo 1997; Geisler 2000). El impacto negativo que algunas pol??ticas de ajuste estructural econ??mico y social han tenido en las mujeres del ??frica subsahariana, as?? como la ca??da del sistema de partido ??nico han conducido a este proceso de organizaci??n. El movimiento de mujeres mozambique??as vive una fase crucial de unificaci??n y lucha por la integraci??n de la igualdad de g??nero en todos los niveles de toma de decisi??n pol??tica desde la d??cada de los noventa...

Identidade étnica e práticas políticas. Entre os vaNdau de Moçambique

Florêncio, Fernando
Fonte: Centro de Estudos Africanos do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Centro de Estudos Africanos do ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2002 POR
Relevância na Pesquisa
17.7%
Este texto apresenta algumas ideias sobre o processo de formação de uma identidade étnica e de uma praxis política entre os vaNdau de Moçambique. Começando por uma breve discussão em torno dos conceitos de identidade social, grupo social e identidade étnica, o artigo traça o processo histórico que conduziu à constituição de uma identidade social Ndau, com destaque para a sedimentação dessa identidade e a sua transformação em praxis política a partir da independência de Moçambique. Neste último contexto reserva urna atenção especial à relação destas populações com o então movimento rebelde da Renamo durante o período da guerra civil. A conclusão discute a influência da identidade social Ndau no modelo de relacionamento com o Estado, a Frelimo e a Renamo no período actual assim como a articulação dessa idenutidade com outras formas identitárias emergentes, nomeadamente as de cariz regional.; This text presents a number of ideas on the process of the formation of an ethnic identity and a political praxis among the vaNdau of Mozambique. Starting by a short discussion around the concepts of social identity, social group, and ethnic identity the article describes the historical process which led to the constitution of a social identity Ndau...

A concepção de politecnia em Moçambique: contradições de um discurso socialista (1983-1992); The idea of polytechnicalism in Mozambique: contradictions of a socialist discourse (1983-1992)

Gonçalves, António Cipriano Parafino
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
27.91%
O trabalho analisa a fundamentação do conceito de politecnia na educação moçambicana, de acordo com o projeto político proposto pela Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), que preconizava a instauração de uma sociedade socialista nesse país. Definida nos documentos oficiais como tradução do princípio pedagógico de ligação entre a teoria e a prática, entre a escola e o trabalho, a politecnia deveria permear todo o processo de formação escolar e visava propiciar aos alunos bases para compreender a realidade, assimilar o conhecimento científico e transformar a natureza e a sociedade. Metodologicamente, foi realizada uma pesquisa teórica, revisando a bibliografia sobre o surgimento do conceito de politecnia, o entendimento deste em Marx, Lênin e no movimento operário russo. Também foram consultados documentos oficiais, artigos, livros e resultados de pesquisas sobre a educação socialista moçambicana que focassem o propósito da pesquisa. Empiricamente, realizaram-se entrevistas com intelectuais que estiveram envolvidos com a educação moçambicana no período recortado (1983-1992), na cidade de Maputo, entre janeiro e março de 2005. Da análise de dados e do conteúdo das entrevistas, conclui-se, primeiro...

“QUEM É ESCRITO?” REVOLUÇÃO, ALTERIDADE, EXPERIÊNCIAS DE REESCRITA E HISTÓRIA CONECTADA NO CONTEXTO DA GUERRA COLONIAL E DE LIBERTAÇÃO EM MOÇAMBIQUE; “WHO IS WRITTEN?” REVOLUTION, OTHERNESS, EXPERIENCES OF REWRITTEN AND HISTORY CONNECTED IN THE CONTEXT OF COLONIAL AND LIBERATION WAR IN MOZAMBIQUE

Basto, Maria Benedita
Fonte: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.91%
A PARTIR DE DOIS TEXTOS, UM DE MILITARES DO EXÉRCITO COLONIAL PORTUGUÊS E O OUTRO DE MILITANTES/GUERILHEIROS DA FRELIMO, NOTA -SE A TENSÃO ENTRE AS NARRATIVAS E MODELOS DO ESTADO E AS APROPRIAÇÕES DOS SUJEITOS QUE SUBVERTEM A ORDEM ESTABELECIDA. NOS DOIS CASOS SEREMOS CONFRONTADOS COM A IRRUPÇÃO DE DESVIOS NUM TECIDO SOCIAL E ESTÉTICO QUE SE CONSIDERAVA HOMOGÉNEO E SEM FALHAS. TEREMOS ASSIM UM PROCESO POLÍTICO ONDE SE VÊM CRUZAR TRÊS DIMENSÕES INTERLIGADAS ENTRE SI: A ANTROPOLÓGICA (CONHECIMENTO-DESCONHECIMENTO DO OUTRO), A SÓCIO-AFETIVA (IDENTIFICAÇÃO-DESIDENTIFICAÇÃO, CRIAÇÃO-RUPTURA DE LAÇOS DE PERTENÇA A UMA COMUNIDADE) E A ESTÉTICA (DINÂMICAS PERFORMATIVAS DE APROPRIAÇÃO, RESCRITA PARÓDICA).; FROM TWO TEXTS, ONE OF PORTUGUESE COLONIAL MILITA RY ARMY AND THE OTHER OF MILITANTS/FRELIMO GUERILLAS, ONE NOTE THE TENSION BETWEEN THE NARRATIVES AND MODELS OF THE STAT E AND APPROPRIATIONS OF SUBJECTS THAT SUBVERT THE ESTABLISHED ORDER. IN BOTH CASES WIL BE CONFRONTED WITH THE OUTBREAK OF GAPS IN SOCIAL FAB RIC AND AESTHETIC CONSIDERED AS HOMOGENEOUS AND FLAWLESS. SO WE HAVE A POLITICAL PROCESS WHERE COME THREE DIMENSIONS CROSS INTERCONNECTED: THE ANTHROPOLOGICAL (KNOWLEDGE, IGNORANCE OF OTHER) A SOCIO-AFECTIVE (ID-DISIDENTIFICATION...

Os municípios dos “outros”: alternância do poder local em Moçambique? O caso de Angoche

Rosário, Domingos Manuel do
Fonte: CEI-IUL Publicador: CEI-IUL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 15/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.7%
As eleições municipais de 2003 marcaram o início do exercício do poder local pela Renamo no município de Angoche. Quais são os factores explicativos desta situação eleitoral local? A partir de uma perspectiva sócio-histórica, este artigo procura compreender como é que a evolução política e administrativa destes territórios influenciou a lógica do poder local. São as relações estabelecidas entre as populações e o Estado e a forma como a municipalizarão foi desenhada e implementada desde 1994 pela Frelimo que não proporcionam condições favoráveis à criação de um pluralismo político, na medida em que o partido dominante consegue, através do controlo que exerce sobre o Estado central, instrumentalizar os recursos e fortificar suas bases políticas e eleitorais.; The 2003 local elections are the beginning of the exercise of local power by Renamo in Angoche. Which are the drivers behind this electoral outcome? Adopting a sociohistorical perspective, this article seeks to understand how the political and administrative evolution of these territories influenced the exercise of local power. It argues that the relationship between the people and the State and the design and implementation of the ‘municipalization’ process led by Frelimo...

Coercion versus co-optation: Western relations with the MPLA and FRELIMO from 1956 to 1976.

Clissold, Gillian Rosalind Gunn
Fonte: London School of Economics and Political Science Thesis Publicador: London School of Economics and Political Science Thesis
Tipo: Thesis; NonPeerReviewed Formato: application/pdf
Publicado em //2001 EN
Relevância na Pesquisa
27.7%
This thesis analyses the development of Western relations with the Popular Movement for the Liberation of Angola (MPLA) and the Front for the Liberation of Mozambique (FRELIMO) from 1956 to 1976. It concludes that nationalist attitudes were influenced by eleven factors, of which only one--perception of Western policies--was consistently present in every time period. Even when a movement was becoming increasingly hostile to the West due to other factors, perception of a friendly Western attitude was capable of producing a positive nationalist response. Although seven factors shaped Western policies, in general governments reacted in accord with the impact of nationalist policies on interests deemed important. For cold war-focussed countries, a movement's policies were only examined to determine their influence on that international competition. Because both nationalist groups had ties with the socialist world, and because Portugal threatened to deny Western access to the Azores base if the West courted the nationalists, cold war-focussed states such as the United States avoided co-optation initiatives. Those states with wider ties to the area tended to evaluate the impact of the whole spectrum of nationalist policies on regional interests when determining strategies. Countries with broad ties to the region...

«Antes o `diabo' conhecido do que um `anjo' desconhecido»: as limitações do voto económico na reeleição do partido FRELIMO

Pereira,João C. G.
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.7%
A literatura dedicada ao voto económico tem demonstrado que os eleitores responsabilizam o governo pelo estado da economia e que punem, igualmente, os partidos no poder que apresentem um fraco desempenho económico e que não cumpram as promessas eleitorais. Porém, tais estudos não fornecem uma explicação convincente para a repetida reeleição do partido da FRELIMO em Moçambique, o qual, não obstante os elevados níveis de pobreza, desemprego e descontentamento económico, venceu três eleições consecutivas. No presente artigo defendo que a reeleição da FRELIMO deverá ser explicada à luz de factores adicionais: o tipo de transição política, o contexto local, a inexistência de uma compreensão clara da diferença entre avaliações pessoais e económicas; o controlo de recursos, as estratégias de implementação de políticas e o tipo de partido político.

Political rhetoric in the transition to Mozambican independence: Samora Machel in Beira, June 1975

Darch,Colin; Hedges,David
Fonte: Kronos Publicador: Kronos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 EN
Relevância na Pesquisa
17.7%
In late May 1975, Samora Machel crossed the Tanzanian border and began a month-long 'Triumphal Journey' down the whole length of Mozambique from north to south, finishing in Lourenço Marques (now Maputo). During the journey, he addressed crowds in the former liberated zones, as well as in urban centres such as Nampula, Quelimane and Beira, where Frelimo had had no public presence during the liberation struggle. A few days before national independence he made a lengthy speech in Portuguese to a large crowd in a football stadium in an outlying black suburb of Beira, Mozambique's second city. This speech ranged widely over such topics as colonial racism, economic exploitation, and the tasks of reconstruction that lay ahead. It was the first time that the population of Beira had seen the Frelimo leader, soon to be the country's first president. With no television stations, censored radio broadcasting, and only a few Portuguese-language newspapers with limited circulation, Frelimo needed to rely heavily on mass meetings and speeches to get its message across. This article breaks new ground in Mozambican studies by combining historical and socio-linguistic techniques to analyse an accurately reconstructed text of this particular speech...

Constructing a history of independent Mozambique, 1974-1982: a study in photography

Thompson,Drew A.
Fonte: Kronos Publicador: Kronos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 EN
Relevância na Pesquisa
18.15%
The taking and publication of photographs played an important role in Mozambique's independence and in the years after 1975. As settlers departed Mozambique in the wake of riots and the Portuguese handover of power, the newly independent government, Frelimo, assumed control of abandoned commercial studios and other photographic equipment. Frelimo used legal and technical distinctions to create a group of photographers who traveled with and photographed its leader President Machel, while the other photographers, lumped under the heading 'commercial', were responsible for studio portraits also known as headshots. In one respect, press photographs allowed Frelimo to document and transmit its political ideologies to public audiences. In another respect, commercial studio portraits, which individuals carried on identification cards in their wallets, permitted Frelimo to categorise populations as employed versus unemployed or as possible enemies of the state. These contrasting forms of image making illuminate the reality that Frelimo supplemented the 'more positive' political power represented through press photographs of President Machel with 'more negative' forces of self-identification and public shaming. This article uses photographs and oral histories with photographers...

Memory and identity in the history of Frelimo: some research themes

de Souto,Amélia Neves
Fonte: Kronos Publicador: Kronos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 EN
Relevância na Pesquisa
28.15%
This article, which is part of a larger research project on historical memory and identity in the history of Frelimo, is a contribution to the study of certain central aspects of the transmission of that history and memory from 1975 to the present day. After independence, Frelimo's history was transmitted above all through the documentation published by the Secretariat for Ideological Work, and through testimony provided by protagonists in the liberation struggle. This historical narrative became, during the period of single party rule (1975-1990), the official national history of the Frelimo government. However, the war of destabilization/civil war was extremely unsettling for the country, and the economic and social changes after 1986-1987 and the political changes after 1990 - which established political pluralism - profoundly altered the political and public space and hence the freedom to question this referential historical narrative. Frelimo needed to guarantee that its memory, which it was now possible to interrogate, would continue to be part of the national identity and the reference point for the past and the future. For this reason, in response to all these changes and to critiques, Frelimo not only countered by revitalising the party at all levels...

The role of the Christian Council of Mozambique in the colonial war (1964-1974) and in civil wars (1977-2014): Christians in colonial wars

da Silva,Fernando Caldeira
Fonte: Studia Historiae Ecclesiasticae Publicador: Studia Historiae Ecclesiasticae
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 EN
Relevância na Pesquisa
27.36%
Founded in 1948, the Christian Council of Mozambique (Conselho Cristáo de Mozambique - CCM) is an institution which contributed to the Colonial War (1964-1974) and to ending the Civil Wars (1977-1992) (2012-2014). The Berkley Center for Religion, Peace and World Affairs informed the CCM ideals on 'sustainable development'.2 By the latter's evangelisation and teaching, leaders such as Eduardo C. Mondlane were produced for the independence of Mozambique.3 After independence the CCM embarked on facilitated dialogue, bringing peace to a nation torn apart by two belligerent parties, RENAMO4 and FRELIMO.5 In 1984 it created the Commission for Justice, Peace and Reconciliation which attended to the victims of war. This article explores the role of the CCM, its President Bishop Dinis Salomáo Sengulane, and other religious leaders in ending the Civil Wars and implementing peace,6 including within recent history.