Página 1 dos resultados de 21 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Efeitos de fatores genéticos e do sistema de criação sobre o desempenho e o rendimento de carcaça de frangos tipo caipira.; Effect of genetic factors and rearing system on the performance and carcass yield of free range broiler chickens.

Hellmeister Filho, Paulo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
76.69%
O experimento teve por objetivo verificar os efeitos de fatores genéticos e do sistema de criação sobre o desempenho e o rendimento de carcaça de frangos tipo caipira. Foram utilizados 1120 pintos de um dia provenientes de ovos férteis de quatro linhagens alternativas de frango de corte tipo caipira, sendo duas comerciais e duas experimentais, desenvolvidas no Departamento de Genética da ESALQ/USP. Foi empregado o delineamento experimental em faixas com oito tratamentos, quatro repetições e 35 aves por unidade experimental. As linhagens foram: Comercial Label Rouge (crescimento lento), Comercial Paraíso Pedrês (crescimento rápido), Experimental Caipirinha (crescimento lento), Experimental 7P (crescimento rápido). As variáveis estudadas foram: idade das aves ao atingir o peso de 2300g (Idade 2300), ganho de peso médio diário (GPMD), consumo médio de ração (CR), conversão alimentar (CA), mortalidade, rendimento das partes principais da carcaça (carcaça eviscerada, pernas, asa, peito, dorso, carne de perna e carne de peito) e .rendimento das partes secundárias da carcaça (osso de perna, osso de perna, pele de perna, pele de coxa, gordura abdominal, vísceras, pés e cabeça + pescoço). Os tratamentos experimentais consistiram de quatro linhagens caipiras criadas nos sistemas intensivo e semi-intensivo...

Opinião do consumidor e qualidade da carne de frangos criados em diferentes sistemas de produção; Consumers’ opinion and meat quality of broilers from different production systems

Aguiar, Ana Paula Saldanha de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.88%
O presente trabalho teve como objetivo conhecer a opinião dos consumidores sobre frangos criados em três sistemas distintos, bem como comparar a qualidade físico-química, microbiológica e sensorial dessas carnes. As opiniões e informações sobre os consumidores foram pesquisadas em lojas de produtos naturais e supermercados através de entrevistas com consumidores de carne de frango. Para avaliar a qualidade dos produtos, foram utilizadas carnes de peitos de frangos, oriundas de aves criadas nos sistemas convencional, natural e caipira, e abatidas em abatedouro comercial. Foram realizadas análises físico-químicas de cor, pH, força de cisalhamento, composição centesimal, capacidade de retenção de água, perfil de ácidos graxos e substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico. Também foram realizadas análises microbiológicas, de classificação de carcaças e análise sensorial, sendo esta última utilizada para avaliar a aceitação e a expectativa dos consumidores. Dentre os entrevistados, 65% eram consumidores de frango convencional, 21% de frango caipira e 14% do tipo natural. Os principais motivos de compra dos consumidores de frango convencional foram: fácil de encontrar, barato, prático e gostoso. Estes declararam não consumir frangos alternativos devido à falta de conhecimento ou ao custo elevado dos produtos. Os consumidores de frango caipira declararam comprar o produto principalmente porque o consideram saudável e saboroso. O frango natural foi percebido como saudável e de boa qualidade...

Avaliação do desempenho e do rendimento de carcaça de quatro linhagens de frangos de corte em dois sistemas de criação

Madeira, Luciene Aparecida; Sartori, José Roberto; Araujo, Priscila Cavalca; Pizzolante, Carla Cachoni; Saldanha, Érika Salgado Politi Braga; Pezzato, Antonio Celso
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2214-2221
POR
Relevância na Pesquisa
46.33%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); O objetivo neste trabalho foi avaliar o desempenho e o rendimento de carcaça e das partes de quatro linhagens de frangos de corte criados em sistemas de confinamento e semiconfinamento. Foram utilizados 1.440 pintos distribuídos em delineamento inteiramente casualisado com esquema fatorial 4 õ 2, composto de quatro linhagens (Ross 308, Máster Griss, Label Rouge e Vermelhão Pesado) e dois sistemas de criação (em confinamento e semiconfinamento), cada um com quatro repetições de 45 aves. Aos 84 dias de idade, foram abatidas quatro aves por repetição, totalizando 128 aves, para avaliação do rendimento de carcaça e das partes. O acesso ao piquete (semiconfinamento) não influenciou o desempenho nem o rendimento de carcaça das linhagens, exceto o rendimento de gordura abdominal, que foi mais baixo nas aves semiconfinadas. Considerando apenas aves das linhagens tipo colonial, a Máster Griss e Vermelhão Pesado tiveram melhores resultados de peso e a Label Rouge, melhor conversão alimentar. Os frangos tipo colonial Máster Griss, Label Rouge e Vermelhão Pesado, em comparação aos da linhagem comercial Ross, apresentaram maior rendimento de partes, exceto de peito e carne de peito...

Tipos de miosinas de linhagens de frangos de corte criados em sistemas de confinamento e semiconfinamento

Madeira, Luciene Aparecida; Sartori, José Roberto; Pizzolante, Carla Cachoni; Saldanha, Érika Salgado Politi Braga; Silva, Maeli Dal Pai; Carani, Fernanda Regina
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1961-1967
POR
Relevância na Pesquisa
46.54%
O objetivo neste trabalho foi avaliar o peso vivo, o peso de pernas, os aspectos morfológicos das fibras musculares do músculo flexor longo do hálux e o perfil eletroforético das miosinas de cadeia pesada de quatro linhagens de frangos de corte criados nos sistemas de confinamento e semiconfinamento. Foram utilizados 1.440 pintos distribuídos em delineamento inteiramente casualisado em esquema fatorial 4 × 2, composto de quatro linhagens (Ross 305, Máster Gris, Label Rouge e Vermelhão Pesado) e dois sistemas de criação (confinamento e semiconfinamento), cada combinação avaliada com quatro repetições. Aos 28 e 84 dias de idade, foram abatidas quatro aves por tratamento, totalizando 64 aves. A eletroforese identificou a presença das três isoformas de miosinas, tipo MyHC-I, MyHC-IIa e MyHC-IIb, no músculo flexor longo do hálux dos frangos de corte. Com aumento da idade, a isoforma de miosina MyHC-II aumenta, enquanto a MyHC-I diminui. Somente aos 84 dias de idade, a expressão das isoformas de miosina do tipo MyHC-II foram influenciadas pela linhagem, confirmando o reflexo da seleção na linhagem Ross no músculo mais glicolítico.A linhagem Ross apresenta maior peso vivo, peso de perna, peso e área do músculo flexor longo do hálux em comparação às linhagens tipo caipira.; The objective was to evaluate body weight...

Sistemas de criação e linhagens de frangos de corte: desempenho, rendimento, qualidade de carne e perfil de miosinas de cadeia pesada no músculo esquelético

Madeira, Luciene Aparecida
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: viii, 82 f.: il. color., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Zootecnia - FMVZ; Um fator atualmente relevante no estudo da qualidade da carne é o estudo da miosina, que é a proteína mais abundante no músculo, envolvida no crescimento muscular, desenvolvimento do animal, geração de força (contração muscular) e maciez da carne. Com este trabalho objetivou-se avaliar a qualidade de carne e aspectos morfológicos das fibras musculares esqueléticas e perfil de miosina de cadeia pesada do músculo flexor longo do hálux, de quatro linhagens de frangos de corte, criados nos sistemas confinado e semi-confinado. O delineamento foi conduzido em fatorial 4x2, quatro linhagens (Ross 308, Máster Gris, Label Rouge e Vermelhão Pesado), dois sistemas de criação (confinamento e semi-confinamento), com quatro repetições por tratamento. Aos 28 e 84 dias de idade, foram abatidas quatro aves por tratamento, totalizando 64 aves. A técnica eletroforética separou somente duas isoformas de miosinas, tipo MyHC-I e MyHC-II, no músculo flexor longo do hálux dos frangos de corte. Com aumento da idade, aumentou a isoforma da miosina de cadeia pesada MyHC II e diminuiu a MyHC I. A expressão das isoformas de miosina de cadeia pesada não foram influenciadas pela linhagem e sistema de criação. Não se encontrou influencia do sistema de criação para pH...

Lisina digestível em dietas de baixa proteína para frangos de corte tipo caipira de um aos 28 dias

Oliveira,H.G.; Carrijo,A.S.; Kiefer,C.; Garcia,E.R.M.; Oliveira,J.A.; Silva,J.B.; Freitas,L.N.; Horing,S.F.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.68%
Avaliou-se a inclusão de diferentes porcentagens de lisina digestível em dietas de baixa proteína para frangos de corte tipo caipira, machos e fêmeas, com idade entre um e 28 dias. Utilizaram-se 792 machos e 792 fêmeas de linhagem comercial, de um dia de idade, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 2x6 (sexo x porcentagem de lisina digestível: 0,85; 0,90; 0,95; 1,00; 1,05 e 1,10%) com seis repetições de 22 aves. Não foi constatada interação (P>0,05) de sexo versus inclusão de lisina. Observou-se superioridade (P<0,05) dos machos em relação às fêmeas para todas as variáveis avaliadas. O ganho de peso dos frangos diminuiu linearmente (P<0,05) em função do aumento da porcentagem de lisina digestível na dieta e observou-se redução linear (P<0,01) nos consumos de ração e de proteína. O consumo de lisina digestível aumentou linearmente (P<0,01) em função do aumento de sua concentração na dieta. Não houve diferença (P>0,05) para conversão alimentar. Da composição centesimal da carcaça, apenas o percentual de matéria mineral foi influenciada (P<0,05) pela porcentagem de lisina digestível. Conclui-se que 0,85% de lisina para frangos tipo caipira de pescoço pelado atende à exigência nutricional de lisina digestível em dietas com baixa concentração proteica.

Parâmetros de desempenho e carcaça de genótipos de frangos tipo caipira

Veloso,R.C.; Pires,A.V.; Torres Filho,R.A.; Pinheiro,S.R.F.; WinKelstroter,L.K.; Alcântara,D.C.; Cruz,C.C.D.C.S.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
66.67%
Objetivou-se com este trabalho avaliar as características de desempenho e de carcaça de sete genótipos de frangos tipo caipira da linhagem Redbro. Foram utilizados 840 pintos de um dia, machos, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, dos seguintes genótipos: Caboclo, Carijó, Colorpak, Gigante Negro, Pesadão Vermelho, Pescoço Pelado e Tricolor. Os frangos foram alojados em 28 boxes, sendo 30 frangos por boxe, em galpão de alvenaria com acesso a um piquete de 45m², em quatro repetições. As características de desempenho (conversão alimentar, ganho em peso médio diário, consumo de ração médio diário) foram avaliadas nos períodos: um a 28, um a 56, um a 70 e um a 84 dias de idade. O peso corporal foi avaliado aos 28, 56, 70 e 84 dias de idade. As características de carcaça (peso e rendimento de carcaça, peito e pernas) foram obtidas a partir do abate de dois frangos por boxe, aos 85 dias de idade. As análises estatísticas foram realizadas utilizando-se o "proc glm" do SAS. Verificou-se que, em todos os períodos, os frangos do genótipo Colorpak apresentaram maior peso corporal, consumo de ração médio diário...

Influência do sistema de criação sobre o desempenho, a condição fisiológica e o comportamento de linhagens de frangos para corte

Silva,Marco Aurélio Neves da; Hellmeister Filho,Paulo; Rosário,Millor Fernandes do; Coelho,Antonio Augusto Domingos; Savino,Vicente José Maria; Garcia,Antonio Augusto Franco; Silva,Iran José Oliveira da; Menten,José Fernando Machado
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.26%
Realizou-se o presente trabalho com o intuito de avaliar a influência do sistema de criação (intensivo e semi-intensivo) no desempenho (peso corporal e conversão alimentar), na condição fisiológica sob estresse térmico (temperatura retal, freqüência respiratória e hematócrito) e comportamento (freqüência ao pasto) de frangos de corte. Foram utilizadas quatro linhagens de frangos de corte, duas tipo caipira e duas comerciais. Para avaliação do desempenho e condição fisiológica das aves nas idades de 45, 55, 65 e 75 dias, instalou-se um experimento no qual as aves foram alojadas em boxes constituídos de 4,5 m² de área interna (abrigo) e 35 m² de área de pastejo com lotação de 35 aves/box. Outro experimento foi instalado para avaliação da freqüência das aves ao pasto entre o 35º e 75º dia de idade. Uma das linhagens avaliadas não demonstrou ser adaptada ao sistema semi-intensivo de criação. Verificaram-se diferenças significativas nos parâmetros de desempenho e de condição fisiológica das aves nos dois sistemas. Na criação semi-intensiva obtiveram-se menores valores para temperatura retal, taxa respiratória e hematócrito e melhores valores de peso corporal e conversão alimentar. Concluiu-se que a criação semi-intensiva proporcionou condições que aumentaram o bem-estar das aves...

Efeito de genótipo e do sistema de criação sobre o desempenho de frangos tipo caipira

Hellmeister Filho,Paulo; Menten,José Fernando Machado; Silva,Marco Aurélio Neves da; Coelho,Antonio Augusto Domingos; Savino,Vicente José Maria
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
76.56%
Este estudo avaliou a influência de genótipos e do sistema de criação sobre o desempenho de frangos de corte tipo caipira. Foram utilizadas duas linhagens experimentais (Caipirinha e 7P) e duas comerciais (Label Rouge e Paraíso Pedrês) criadas nos sistemas intensivo e semi-intensivo (acesso a piquete com gramínea após 21 dias de idade), em um experimento no delineamento em faixas com oito tratamentos, quatro repetições e 35 aves por unidade experimental. Ração à base de milho e farelo de soja e água foram fornecidas ad libitum, na área interna apenas, e as aves do sistema semi-intensivo tiveram livre acesso à área de pastejo. Cada unidade experimental foi criada até atingir o peso médio de 2300 g. Foi detectada interação linhagem x sistema de criação na variável idade para atingir 2300 g (idade 2300) e ganho de peso médio diário, sendo que a linhagem Caipirinha criada no sistema semi-intensivo teve Idade 2300 aumentada (79,2 dias vs 73,2 dias). Não houve diferença na Label Rouge (84,0 dias vs 62,2 dias) e Paraíso Pedrês (60,8 dias vs 61,0 dias). O consumo de ração (5688 g) e a conversão alimentar (2,46) das aves Label Rouge diferiram das demais (consumo de 4304 a 4996 g e conversão de 1,87 a 2,13)...

Avaliação do desempenho e do rendimento de carcaça de quatro linhagens de frangos de corte em dois sistemas de criação

Madeira,Luciene Aparecida; Sartori,José Roberto; Araujo,Priscila Cavalca; Pizzolante,Carla Cachoni; Saldanha,Érika Salgado Politi Braga; Pezzato,Antonio Celso
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.33%
O objetivo neste trabalho foi avaliar o desempenho e o rendimento de carcaça e das partes de quatro linhagens de frangos de corte criados em sistemas de confinamento e semiconfinamento. Foram utilizados 1.440 pintos distribuídos em delineamento inteiramente casualisado com esquema fatorial 4 õ 2, composto de quatro linhagens (Ross 308, Máster Griss, Label Rouge e Vermelhão Pesado) e dois sistemas de criação (em confinamento e semiconfinamento), cada um com quatro repetições de 45 aves. Aos 84 dias de idade, foram abatidas quatro aves por repetição, totalizando 128 aves, para avaliação do rendimento de carcaça e das partes. O acesso ao piquete (semiconfinamento) não influenciou o desempenho nem o rendimento de carcaça das linhagens, exceto o rendimento de gordura abdominal, que foi mais baixo nas aves semiconfinadas. Considerando apenas aves das linhagens tipo colonial, a Máster Griss e Vermelhão Pesado tiveram melhores resultados de peso e a Label Rouge, melhor conversão alimentar. Os frangos tipo colonial Máster Griss, Label Rouge e Vermelhão Pesado, em comparação aos da linhagem comercial Ross, apresentaram maior rendimento de partes, exceto de peito e carne de peito, que foram maiores na linhagem Ross. A escolha da linhagem deve ser feita de acordo com o interesse de mercado...

Tipos de miosinas de linhagens de frangos de corte criados em sistemas de confinamento e semiconfinamento

Madeira,Luciene Aparecida; Sartori,José Roberto; Pizzolante,Carla Cachoni; Saldanha,Érika Salgado Politi Braga; Silva,Maeli Dal Pai; Carani,Fernanda Regina
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.54%
O objetivo neste trabalho foi avaliar o peso vivo, o peso de pernas, os aspectos morfológicos das fibras musculares do músculo flexor longo do hálux e o perfil eletroforético das miosinas de cadeia pesada de quatro linhagens de frangos de corte criados nos sistemas de confinamento e semiconfinamento. Foram utilizados 1.440 pintos distribuídos em delineamento inteiramente casualisado em esquema fatorial 4 × 2, composto de quatro linhagens (Ross 305, Máster Gris, Label Rouge e Vermelhão Pesado) e dois sistemas de criação (confinamento e semiconfinamento), cada combinação avaliada com quatro repetições. Aos 28 e 84 dias de idade, foram abatidas quatro aves por tratamento, totalizando 64 aves. A eletroforese identificou a presença das três isoformas de miosinas, tipo MyHC-I, MyHC-IIa e MyHC-IIb, no músculo flexor longo do hálux dos frangos de corte. Com aumento da idade, a isoforma de miosina MyHC-II aumenta, enquanto a MyHC-I diminui. Somente aos 84 dias de idade, a expressão das isoformas de miosina do tipo MyHC-II foram influenciadas pela linhagem, confirmando o reflexo da seleção na linhagem Ross no músculo mais glicolítico.A linhagem Ross apresenta maior peso vivo, peso de perna, peso e área do músculo flexor longo do hálux em comparação às linhagens tipo caipira.

Níveis de lisina digestível para frangos de corte tipo caipira de 28 a 56 dias de idade

Rosa,Evellize Pereira Morara; Kiefer,Charles; Souza,Karina Márcia Ribeiro de; Silva,Jardel Barbosa da; Ozelame,Aline Marhold; Gomes,Eva Nara Oliveira; Rosa,Rafael Arantes
Fonte: UFBA - Universidade Federal da Bahia Publicador: UFBA - Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.71%
Realizou-se este estudo com o objetivo de avaliar níveis de lisina digestível para frangos tipo caipira, machos, de 28 a 56 dias de idade. Utilizou-se 720 frangos pescoço pelado de crescimento lento, da linhagem Label Rouge machos, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, composto por seis níveis de lisina digestível (0,800; 0,850; 0,900; 0,950; 1,000 e 1,050%), seis repetições, com 20 aves cada. Os níveis de lisina digestível não influenciaram (P>0,05) o desempenho dos frangos nos períodos acumulados de 28 a 35 dias, 28 a 42 dias e 28 a 49 dias. Não houve efeito (P>0,05) no consumo de ração e conversão alimentar no período total de criação (28-56 dias). Observou-se efeito (P<0,05) dos níveis de lisina no peso aos 35 dias, peso final e ganho de peso dos 28 aos 56 dias de idade. Não foram observadas diferenças (P>0,05) para os rendimentos de carcaça e peito, pesos de gordura abdominal, coxa + sobrecoxa, dorso, asa e deposição de gordura entre os níveis de lisina digestível. Os pesos da carcaça e do peito variaram (P<0,05) de forma quadrática, em função dos níveis de lisina digestível. O aumento do peso do peito proporcionou aumento do peso da carcaça, fato explicado pelo aumento (P<0...

Grau de bem estar de frangos de corte

Sans, Elaine Cristina de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.67%
Resumo: A utilização dos animais de produção foi importante para o desenvolvimento da civilização humana. Entretanto, cada vez mais, os animais passaram a ser mantidos como populações concentradas, tornando o tema bem-estar animal importante para todos aqueles que fazem parte das cadeias de produção. O objetivo geral deste trabalho foi contribuir para o conhecimento de questões de bem-estar de frangos de corte sob diferentes modos de criação. O estudo divide-se em seis capítulos: (I) Apresentação, (II) Histórico da avicultura mundial e brasileira, (III) Efeitos do enriquecimento ambiental sobre o bem-estar de frangos de corte de sistemas industriais, (IV) Avaliação do grau de bem-estar de frangos de corte tipo caipira, (V) Comparação do grau de bem-estar entre frangos de corte em um sistema caipira e industrial e (VI) Considerações finais. O segundo capítulo é uma revisão bibliográfica sobre a história da avicultura mundial e brasileira e como foi possível construir o modo de criação industrial que atualmente compromete o bem-estar dos frangos de corte. A seguir, foi efetuada a avaliação do grau de bem-estar de frangos de corte submetidos à técnicas de enriquecimento ambiental, demostrando que o comportamento das aves é alterado quando dada a oportunidade de escolha...

Granulometria de grãos em rações para frangos Label Rouge; Particle size in Label Rouge broiler

GODOY, Heloisa Baleroni Rodrigues de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Ciência Animal; Ciências Agrárias
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.58%
To determine the nutritional value of corn, millet and sorghum in different sizes for broiler chickens, Label Rouge, animal performance and development of the digestive organs, experiments were performed in the areas of Poultry, Federal University of Goiás (UFG) and the Federal University of Tocantins (UFT). We evaluated the values of apparent metabolizable energy (AME) and apparent metabolizable energy corrected for nitrogen balance (AME) in the dry and natural, the coefficients metabolism of nutrients, animal performance up to 28 days and the biometrics of the digestive organs of broiler type rustic Red Label line with diets based on corn, millet and sorghum in different sizes For the determination of AME and AME of grains, we used the method of excreta collection of chickens 14 days old were distributed in a completely randomized in two experimental trials, using 60% reference diet and 40% of food test. The AME values of dry matter of coarsely ground corn, finely ground corn, millet grain, finely ground millet, sorghum grain, sorghum grain sorghum thick and finely ground, were 3530, 3445, 3617, 3586, 3295, 3156 and 3024 kcal / kg, respectively and the values of the AME 3273, 3200, 3352, 3372, 3137, 3147 and 2.967kcal/kg natural matter...

Lisina digest?vel para frangos de corte tipo caipira; Digestible lysine for alternative lines of broiler chickens

Oliveira, Renata Gomes
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
Foram conduzidos quatro experimentos para avaliar n?veis de lisina digest?vel para frangos de corte tipo caipira, linhagem Colonial, machos e f?meas, criados em semiconfinamento durante as fases: inicial (1 a 21 dias), crescimento I (22 a 42 dias), crescimento II (43 a 56 dias) e final (57 a 60 dias). As aves foram alojadas em 30 boxes (?rea de abrigo), com acesso ? ?rea de pastejo. Em cada experimento foram utilizados 630 frangos e o delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualisado, em esquema fatorial 5x2 (n?veis de lisina x sexo) e tr?s repeti??es de 21 aves cada. Os n?veis de lisina digest?vel avaliados foram: 8,1; 9,5; 10,9; 12,3 e 13,7(g/kg) na fase inicial; 7,07; 8,07; 9,07; 10,7 e 11,07 (g/kg) na fase de crescimento I; 6,07; 7,07; 8,07; 9,07 e 10,07 (g/kg) na fase de crescimento II e 6,0; 7,0; 8,0; 9,0 e 10,0 (g/kg) na fase final. As vari?veis de desempenho avaliadas foram: consumo de ra??o (CR, g/ave), consumo de lisina (CL, g/ave), ganho em peso (GP, g/ave) e convers?o alimentar (CA, g ra??o consumida/ g de ganho em peso). Foram avaliadas as vari?veis de carca?a e de qualidade da carne: rendimento de carca?a, peso da gordura, rendimento e peso dos cortes de peito, de asa+coxinha e de coxa+sobrecoxa, o potencial hidrogeni?nico (pH)...

Redu??o da prote?na bruta da ra??o de frangos de corte tipo caipira; Reducing dietary crude protein broiler type redneck

Ferreira, C?tia Borges
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
76.76%
Objetivou-se, com este trabalho, avaliar a redu??o dos n?veis de prote?na bruta (PB) e a suplementa??o de amino?cidos industriais para frangos de corte, tipo caipira, a fim de determinar suas exig?ncias para este nutriente. Foram realizados quatro ensaios, abrangendo as fases iniciais (um a 21 dias), crescimento I (22 a 42 dias), crescimento II (43 a 56 dias) e final (57 a 70 dias). Em cada ensaio, 630 machos de linhagem Colonial com idade correspondente ? fase de cria??o foram alojadas nas instala??es experimentais constitu?das por 30 boxes e piquetes. Todos os boxes dispunham de ?rea coberta e ?rea de pastejo. O delineamento utilizado foi inteiramente casualisado, com cinco tratamentos e seis repeti??es de 21 aves cada. Os n?veis de redu??o da PB avaliados foram: 21,5; 21,0; 20,5; 20,0 e 19,5% (fase inicial); 19,0; 18,5; 18,0; 17,5 e 17% (fase crescimento I); 17,5; 17,00; 16,5; 16,0 e 15,5% (fase crescimento II); 17,0; 16,5; 16,0; 15,5 e 15,0% (fase final). Foram avaliadas as caracter?sticas de desempenho (ganho em peso, consumo de ra??o e convers?o alimentar), de carca?a (peso e rendimento de carca?a e de cortes nobres) e de qualidade da carne (cor, luminosidade, capacidade de reten??o de ?gua, perda de peso por cozimento e maciez objetiva). Os n?veis de PB para frangos de corte tipo caipira podem ser reduzidos para 19...

Divergência genética entre genótipos de frangos tipo caipira

Veloso,R. C.; Pires,A. V.; Torres Filho,R. A.; Ferreira,T. A.; Silva,M. T. P.; Ballotin,L. M. V.; Moreira,J.; Bonafé,C. M.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.43%
RESUMOObjetivou-se com este trabalho verificar a divergência genética entre sete genótipos de frangos tipo caipira da linhagem Redbro utilizando as características de desempenho por meio de técnicas de análise multivariada. Foram utilizados 840 pintos de um dia, machos, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, dos seguintes genótipos: Caboclo, Carijó, Colorpak, Gigante Negro, Pesadão Vermelho, Pescoço Pelado e Tricolor. Após a consistência dos dados, foram avaliadas as seguintes variáveis: ganho em peso médio diário, consumo de ração médio diário e conversão alimentar, para os períodos: 1 a 28, 1 a 56, 1 a 70 e 1 a 84 dias de idade; peso corporal ao nascimento, aos 28, 56, 70 e aos 84 dias de idade. O desempenho dos genótipos foi avaliado por meio da análise de variância multivariada e da função discriminante linear de Fisher, usando os testes do maior autovalor de Roy e da união-interseção de Roy para as comparações múltiplas. O estudo da divergência genética foi feito por meio da análise por variáveis canônicas e pelo método de otimização de Tocher. Os genótipos Caboclo e Gigante Negro apresentaram médias canônicas diferentes dos demais genótipos. As duas primeiras variáveis canônicas explicaram 97...

Crescimento de genótipos de frangos tipo caipira

Veloso,R. C.; Pires,A. V.; Torres Filho,R. A.; Drumond,E. C. S.; Costa,L. S.; Amaral,J. M.; Pereira,I. G.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.71%
RESUMOObjetivou-se com este trabalho comparar o padrão de crescimento, mediante ajustes das respectivas curvas de crescimento por modelos não lineares, bem como estudar o desenvolvimento de cortes de carcaça em relação ao peso da carcaça em diferentes genótipos de frangos tipo caipira. Foram utilizados 840 pintos de um dia, machos, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso, dos seguintes genótipos da linhagem Redbro: Caboclo, Carijó, Colorpak, Gigante Negro, Pesadão Vermelho, Pescoço Pelado e Tricolor. As aves foram alojadas em 28 boxes, sendo 30 aves/boxe, em galpão de alvenaria com acesso a um piquete de 45m², com quatro repetições. O peso corporal individual dos frangos foi medido ao nascer, aos 14, 28, 42, 56, 70 e 84 dias de idade. Para a determinação das curvas de crescimento do peso corporal das aves, os dados coletados foram avaliados por meio dos modelos não lineares: Brody, Gompertz, Logístico, Richards e von Bertalanffy. Foi empregado o PROC NLIN do SAS, utilizando-se o método interativo de Gauss-Newton. Os critérios usados para escolha do modelo de melhor ajuste da curva de crescimento foram o coeficiente de determinação, o desvio padrão assintótico, o desvio médio absoluto dos resíduos e o índice assintótico. As análises para obtenção dos coeficientes alométricos foram realizadas por meio do PROC GLM do SAS para os genótipos Carijó...

Padr?o de crescimento, par?metros de desempenho e diverg?ncia gen?tica de gen?tipos de frangos tipo caipira; Growth pattern, performance parameters and genetic divergence of genotypes in Alternative strain of Broiler Chickens

Veloso, Rog?rio de Carvalho
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.36%
Objetivou-se com este trabalho comparar o padr?o de crescimento, avaliar o desempenho, as caracter?sticas de carca?a e, verificar a diverg?ncia gen?tica por meio de t?cnicas de an?lise multivariada de diferentes gen?tipos de aves tipo caipira. Foram utilizados 840 pintos de um dia, machos, distribu?dos em delineamento inteiramente casualizado, dos seguintes gen?tipos: Caboclo, Carij?, Colorpak, Gigante Negro, Pesad?o Vermelho, Pesco?o Pelado e Tricolor. Para a determina??o das curvas de crescimento do peso corporal das aves, os dados coletados foram avaliados a partir dos modelos n?o-lineares: Brody, Gompertz, Log?stico, Richards e von Bertalanffy. Foi empregado o ?proc nlin? do SAS, utilizando o m?todo interativo de Gauss-Newton. Os crit?rios utilizados para escolha do modelo de melhor ajuste da curva de crescimento foram o coeficiente de determina??o, o desvio padr?o assint?tico, o desvio m?dio absoluto dos res?duos e o ?ndice assint?tico. O estudo do crescimento relativo dos cortes foi realizado mediante o modelo da equa??o alom?trica de Huxley. As caracter?sticas de desempenho (convers?o alimentar, ganho em peso m?dio di?rio, consumo de ra??o m?dio di?rio) foram avaliadas em quatro per?odos: 1 a 28, 1 a 56, 1 a 70 e 1 a 84 dias de idade. As caracter?sticas de carca?a (peso e rendimento de carca?a...

Farelo da raiz integral de mandioca em dietas de frangos de corte tipo caipira

Souza,K.M.R.; Carrijo,A.S.; Kiefer,C.; Fascina,V.B.; Falco,A.L.; Manvailer,G.V.; García,A.M.L.
Fonte: Archivos de Zootecnia Publicador: Archivos de Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.76%
O objetivo do trabalho foi avaliar níveis de inclusão de farelo da raiz integral de mandioca, em dietas de frangos de corte tipo caipira, sobre o desempenho, os rendimentos de carcaça, de cortes e as propriedades funcionais da carne. Foram distribuídos 384 pintainhos machos da linhagem ISA S757-N (pescoço pelado) em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e quatro repetições de 24 aves cada. Os tratamentos foram 0%, 20%, 40% e 60% de FRIM (farelo da raiz integral de mandioca) na ração total. O período experimental foi dividido em três fases de criação: inicial (1 a 28 dias de idade), crescimento (29 a 56 dias de idade) e engorda (57 a 84 dias de idade). Foram obtidos o peso corporal final (PF), o ganho de peso (GP), consumo de ração, conversão alimentar e viabilidade. Aos 84 dias foram obtidos os rendimentos de carcaça, peito, coxa+sobrecoxa, asa, dorso gordura abdominal e das carnes de peito das aves foram determinados o pH, capacidade de retenção de água (CRA) e perda de peso por cozimento (PPC). Por comparação visual, foram determinados os escores para as cores de pele de canela e de peito. Os resultados foram submetidos à análise de variância, à análise de regressão e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey a 5% de probabilidade. A análise de variância detectou diferença significativa entre os tratamentos para PF e GP...