Página 1 dos resultados de 951 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Relações entre espectroscopia de fluorescência, fotossíntese e severidade do cancro cítrico (Xanthomonas axonopodis pv. citri); Relationships between fluorescence spectroscopy, photosynthesis and severity of citrus canker (Xanthomonas axonopodis pv. citri)

Gasparoto, Maria Cândida de Godoy
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
O cancro cítrico (Xanthomonas axonopodis pv. citri) é uma das mais importantes doenças dos citros e seu controle é feito com medidas de exclusão e erradicação do patógeno. As chances de detecção de plantas doentes diminuem em pomares com baixa incidência da doença. Considerando-se as dificuldades da diagnose visual do cancro cítrico e as vantagens de uma tecnologia que possa melhorar o processo de detecção desta doença no campo, procurou-se identificar características espectroscópicas únicas de uma planta com esta doença. Os objetivos do presente trabalho foram verificar as características espectroscópicas de folhas com cancro cítrico e correlacioná-las às alterações na eficiência fotossintética do tecido foliar doente e relacionar severidade da doença à eficiência fotossintética. Os perfis espectroscópicos e a eficiência fotossintética de plantas das espécies Citrus sinensis (?Hamlin?), Citrus reticulata (?Ponkan?) e Citrus limonia (?Cravo?) foram avaliados antes e após a inoculação com Xanthomonas axonopodis pv. citri. O modelo y = (1 - x) ?, onde y representa a assimilação líquida relativa de CO2 e x, a severidade da doença, foi ajustado aos dados por meio de regressão não-linear. O modelo monomolecular foi ajustado à relação entre assimilação líquida relativa de CO2 e razões espectroscópicas da região do vermelho...

Fitomonitoração e modelagem de fotossíntese em jatobá (Hymenaea courbaril L.) com redes neurais artificiais.; Phytomonitoring and modelling of photosynthesis in jatobá (Hymenaea courbaril L.) with artificial neural.

Barriga Puente de la Vega, Madeleine Lita
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
O aumento das concentrações dos gases-estufa, principalmente o dióxido de carbono, e as mudanças climáticas se tornaram assuntos científico, econômico e político importantes nos últimos anos. O Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, do Protocolo de Kyoto concede créditos de carbono comercializáveis para projetos que promovam o seqüestro de carbono nos países em desenvolvimento. Portanto, avaliar a capacidade de absorção de CO2 pela vegetação terrestre é um aspecto importante, o que justifica o interesse em desenvolver modelos de fluxo e troca desse gás em diferentes escalas. O desenvolvimento desses modelos é dificultado pela não-linearidade dos processos ecofisiológicos. Este trabalho apresenta um método de modelagem de fotossíntese no nível da folha, como um primeiro passo para um método de quantificação do potencial de seqüestro de carbono. A técnica utilizada foi a de redes neurais artificiais, uma vez que ela permite ajustar relações não lineares entre as variáveis de entrada e de saída. O trabalho foi divido em duas partes: fitomonitoração e modelagem. A fitomonitoração foi realizada em jatobá (Hymenaea courbaril), durante um ano. Medindo-se variáveis fisiológicas: taxa de fotossíntese...

Efeitos da radiação UV-B em variantes cromáticas de Gracilaria birdiae (Gracilariales, Rhodophyta): crescimento, conteúdo pigmentar, fotossíntese e ultra-estrutura; Effects of UV-B radiation on different strains of Gracilaria birdiae(Gracilariales, Rhodophyta): growth, pigment content, photosynthesis and ultrastructure

Silva, Ligia Maria Thomaz Ayres da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos da radiação UV-B em indivíduos de linhagens de cultivados em laboratório. Foram utilizadas linhagens de gametófitos femininos de coloração vermelha (VMsubES/sub e VMSUBCE/SUB), verde (VD subCE/sub) e marrom-esverdeada (ME subCE/sub), derivados de populações dos Estados do Espírito Santo e Ceará. Dois experimentos distintos foram delineados: exposição à radiação UV-B por 5 horas (curto prazo - 2,01 W.msup-2/sup) e exposição por 3 horas diárias, durante 28 dias (longo prazo - 0,08 W.m-2). Ambos incluíram uma condição controle (sem radiação UV-B). As condições gerais de cultivo foram: água do mar enriquecida com von Stosch à 12,5% sem nitrato; nitrato (0,250mM); 25±1supo/supC; 14L:10E; 70±10µmol.fótons.msup-2/sup.ssup-1/sup; sem aeração. No experimento de curta duração, foram avaliados os seguintes parâmetros: fotossíntese, composição pigmentar e ultra-estrutura. No experimento de longa duração, foram avaliados: crescimento, composição pigmentar e ultra-estrutura. Curvatura acentuada dos ápices após a exposição prolongada à UV-B e mudanças na coloração foram observadas principalmente em indivíduos da linhagem VMsubES/sub, cujos ápices adquiriram aspecto espiralado...

COMPARACAO DAS RESPOSTAS DE CRESCIMENTO E FOTOSSINTESE DE TRES CLONES DE PHAEODACTYLUM TRICORNUTUM; Comparison of the responses of growth and Photosynthesis of three clones of Phaeodactylum tricornutum

Gaeta, Salvador Airton
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/04/1985 PT
Relevância na Pesquisa
37.03%
Através de bioensaios estáticos fo-ram comparadas as taxas máximas de crescimento, razão de fotossintese em termos de clorofila-a e de célula, bem como o rendimento final de tres clones de Phaeodacty-tum tricornutum visando verificar uma possível existência de diferenças intraespe-cificas entre eles. Dois desses clones foram isolados a partir de amostras de Uba-tuba (U3, isolado em 1972 e U5 isolado em 1979) e um de Cananéia (Cl, isolado em 1980). Todos os resultados foram submeti-dos a uma análise de variância trifatorial e a uma anállse de agrupamento com a finlidade de discriminar as condições experimentais nas quais os tres clones diferi-ram significativamente em suas respostas fisiológicas. Durante a fase exponencial de crescimento os tres clones se apresen-taram com morfótipos fusiformes raramente se encontrando morfótipos ovóides e trir-radiados. O padrão das curvas de cresci -mento dos tres clones em diferentes temperaturas (16, 20, 240 C) e meios de cultu-ra (ASP 2, Erd-Schreiber, Guillard fl) não diferiu. Os resultados obtidos indicaram a existência de diferenças significativas nas taxas de crescimento e produti-vidade primária. Morfótipo ovóides for-mando grumos foram observados nos tres clones após a fase exponencial e de modo conspícuo no clone U5. Nas mesmas condi-ções...

Efeitos da radiação UVB no crescimento, conteúdo pigmentar e fotossíntese de Gracilaria caudata (Gracilariales, Rhodophyta); Effects of UVB radiation on growth, pigment content and photossynthesis of Gracilaria caudata (Gracilariales, Rhodophyta)

Araújo, Fabíola Ornellas de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.37%
Gracilaria caudata é uma das principais agarófitas coletadas no nordeste brasileiro. Este estudo teve como objetivo avaliar "in vitro" os efeitos da radiação UVB no crescimento, conteúdo pigmentar e fotossíntese de gametófitos e tetrasporófitos de G. caudata procedentes de duas localidades distintas da costa brasileira: Estados do Ceará e São Paulo. Nossa hipótese foi que indivíduos procedentes da população do sudeste são mais sensíveis à radiação UVB que indivíduos da população do nordeste. As condições gerais de cultivo foram: 23-25ºC; 14L:10E; 70 ± 10 μmolfótons.m-2.s-1; 32 psu; água do mar enriquecida com solução de von Stosch modificada; e aeração a cada 30 minutos. Os ápices foram submetidos a duas condições distintas: i) controle (PAR), semelhante às condições gerais; e ii) PAR+UVB (0,08W.m-2 por 3h ao dia). O crescimento foi analisado semanalmente durante 28 dias. O conteúdo pigmentar e a fotossíntese foram analisados ao final dos 28 dias. Alterações morfológicas foram observadas em algas expostas à radiação UVB. Essas algas apresentaram menores taxas de crescimento quando comparadas às cultivadas em PAR. As linhagens procedentes do Estado de São Paulo apresentaram maiores taxas de crescimento que as linhagens do Estado do Ceará quando cultivadas em PAR...

Evapotranspiração da cana-de-açúcar e fotossíntese acumulada em biomassa e energia, para diferentes variedades, disponibilidades hídricas no solo e ciclos de cultivos; Sugarcane evapotranspiration and accumulated photosynthesis into biomass and energy, for different varieties, soil water availability and crop cycles

Leal, Daniel Philipe Veloso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
O objetivo neste experimento foi quantificar a evapotranspiração de diferentes variedades de cana-de-açúcar, a produtividade de biomassa e energia (fotossíntese acumulada), bem como a produtividade da água (PA), submetidas à irrigação plena e sob déficit, durante o estádio de enchimento e crescimento dos colmos, em três ciclos de cultivo sequenciais (2009, 2010 e 2011). Dois experimentos nomeados Experimento 1 e Experimento 2 foram instalados e desenvolvidos em casa de vegetação, com 23 variedades, em vasos com volume de 0,5 m3. No Experimento 1 foram avaliadas 9 variedades, sendo elas RB855453, RB855536, RB925211, RB867515, SP89-1115, SP81-3250, CTC14, CTC8 e CTC6 implantadas em um solo de textura argilosa, classificado como Nitossolo Vermelho Eutrófico. Outras 14 variedades (RB925345, RB855156, RB966928, RB72454, RB92579, IACSP95-5000, Caiana, SP83-2847, SP90-3414, SP79-1011, CTC17, CTC15, CTC9 e CTC2) foram implantadas no Experimento 2 em um solo de textura franco-arenosa, classificado como Latossolo Vermelho Amarelo. Em ambos os experimentos as variedades foram submetidas à irrigação plena e à irrigação sob déficit. O manejo da irrigação foi realizado através de irrigação por gotejamento mediante controle do potencial mátrico...

Efeitos de uma atmosfera enriquecida com CO2 sobre a fotossíntese, o crescimento e o metabolismo de carboidratos do açaí (Euterpe oleracea Mart.); Effects of a CO2-enriched atmosphere on the photosynthesis, growth, and carbohydrate metabolism of açaí (Euterpe oleracea Mart.)

Mortari, Leila Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.42%
Dentre a gama de estudos existentes acerca das respostas de plantas ao incremento de CO2 atmosférico associado às mudanças climáticas, são poucas as investigações que contemplam espécies amazônicas frente à relevância desse ecossistema, e se desconhecem estudos desse aspecto com palmeiras. O açaí (Euterpe oleracea Mart., Arecaceae) é uma espécie típica de planícies da Floresta Amazônica sujeitas ao regime anual de inundação e, além de ser extremamente tolerante à anóxia, apresenta elevado valor comercial e um potencial para a produção de energia a partir de biomassa, gerando uma exploração economicamente sustentável. Este trabalho buscou caracterizar o crescimento inicial de plântulas de açaí quanto à fotossíntese, crescimento e metabolismo de carboidratos e investigar as respostas desses parâmetros ao incremento de CO2 atmosférico (de 380ppm - ambiente para 760ppm - elevado) em duas escalas temporais: ao longo do desenvolvimento das plântulas (entre 105 e 195 dias após a germinação, período de desenvolvimento da segunda folha) e ao longo de 24 horas (aos 175 dias após a germinação). Foram analisadas medidas de altura, área foliar, acúmulo e alocação de biomassa, curvas de resposta da fotossíntese à luz...

Competência para a expressão da fotossíntese CAM em plantas de Guzmania monostachia (Bromeliaceae) em diferentes fases ontogenéticas; Competence for CAM photosynthesis expression in different ontogenétic stages of plants of Guzmania monostachia (Bromeliaceae)

Hamachi, Leonardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
A Guzmania monostachia é uma espécie de bromélia heteroblástica, ou seja, na fase juvenil, ela apresenta a forma atmosférica e na fase adulta, ela adquire uma estrutura chamada de tanque, que pode armazenar água e nutrientes em momentos de seca esporádica. Ela também é reconhecida por ser C3-CAM facultativa, podendo ser induzida ao CAM através de estímulos ambientais como o a escassez d'água. Estudos com outras espécies competentes para a expressão do CAM, há relatos de que tecidos jovens expressariam preferencialmente a fotossíntese C3 e passariam a expressar o CAM à medida que se tornassem maduros. No Laboratório de Fisiologia do Desenvolvimento Vegetal a indução do CAM em plantas adultas da espécie G. monostachia por déficit hídrico foi estudada e pôde-se constatar que essa bromélia possui folhas com regiões funcionais distintas: a porção basal seria responsável pela absorção de água e nutrientes e a porção apical encarregada de realizar, principalmente, a fotossíntese. Contudo, ainda não se possuía informação sobre como a ontogenia e as mudanças morfológicas estariam influenciando a competência para a expressão do CAM em folhas inteiras e nas diferentes porções foliares de G. monostachia. A fim de se caracterizar o CAM nesta espécie ao longo da ontogenia...

Eficiência do uso da água em cana-de-açúcar irrigada por gotejamento com base em medições de trocas gasosas IRGA: fotossíntese e transpiração; Water use efficiency in sugarcane drip irrigated based on gas exchange measurements IRGA: photosynthesis and transpiration

Barros, Timóteo Herculino da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/07/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
A cana-de-açúcar apresenta-se como umas das principais culturas do agronegócio no Brasil e está integrada à matriz energética nacional, servindo também como matéria prima para diversos produtos industrializados. Em virtude das alterações nos padrões de precipitação natural que está ocorrendo em várias regiões do mundo, observam-se perdas significativas de produtividade na cana-de-açúcar devido ao déficit hídrico no solo, sendo esse um dos principais entraves atuais para maximização e para produtividade desta cultura. A busca por variedades resistentes ao estresse hídrico nos programas de melhoramento genético tem procurado selecionar genótipos que convertam de maneira mais eficiente à transpiração da planta em biomassa, evitando a perda de água excessiva para a atmosfera, de modo tal que a planta "economize a água do solo" para poder sobreviver posteriormente durante os períodos de estiagem. Este trabalho tem por hipótese que seja possível estimar a eficiência do uso da água (produtividade da água) e o acúmulo final de carbono na cultura de cana-de-açúcar em diferentes níveis de disponibilidade hídrica no solo, através de medidas pontuais da taxa de fotossíntese e transpiração (IRGA - Trocas gasosas) nos estágios iniciais e intermediários de crescimento da cultura. O presente trabalho tem por objetivo avaliar...

Fotossíntese, condutância estomática e transpiração em pupunheira sob deficiência hídrica

Oliveira, Maria Aparecida José de; Bovi, Marilene Leão Alves; Machado, Eduardo Caruso; Gomes, Mara Menezes de Assis; Habermann, Gustavo; Rodrigues, João Domingos
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 59-63
POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
Resultados de pesquisa envolvendo aspectos fisiológicos da pupunheira (Bactris gasipaes Kunth), fruteira nativa da América Tropical, são escassos. Procurando completar essa lacuna, um experimento sob deficiência hídrica foi conduzido em casa de vegetação, durante um período de 13 dias, utilizando plantas de 12 meses de idade. O objetivo principal foi avaliar as respostas da pupunheira à deficiência hídrica. As variáveis observadas foram: taxa de assimilação de CO2, transpiração, condutância estomática e potencial de água das folhas. As coletas dos dados foram realizadas diariamente em laboratório e sob fluxo de 1200 mim-2 s-1. Os resultados foram submetidos à análise de variância e de regressão. Verificou-se decréscimo no potencial de água da folha e nas trocas gasosas quando a irrigação foi interrompida por mais de seis dias. Valores mínimos foram obtidos no décimo dia, com redução de 92% da fotossíntese líquida, 87% da condutância estomática e 70% da transpiração. O menor potencial de água nas folhas (-1,9 MPa) foi também observado nesse período. Houve recuperação total de todas as variáveis dois dias após reirrigação, com exceção da condutância estomática. A diminuição da condutância estomática e a queda mais rápida da taxa de transpiração que a queda na fotossíntese...

Produção e difusão de oxigênio : processos biofísicos da fotossíntese investigados com a técnica fotoacústica

Paulo Roxo Barja
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2000 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Este trabalho mostra a caracterização de sistemas vegetais em função de sua atividade fotossintética a partir de medidas efetuadas com a técnica fotoacústica. Um modelo para a difusão de oxigênio em folhas é analisado e verificado através de medidas in vivo e in situ em plantas de diversas espécies. Medidas de indução da fotossíntese em mudas de eucalipto produzidas a partir de dois procedimentos diferentes permitiram constatar o melhor desempenho fotossintético dos clones obtidos por estaquia, quando comparados às mudas semeadas. A ocorrência de estresse radicular e seus efeitos na fotossíntese do eucalipto foram avaliados através de medidas fotoacústicas. Este estudo também permitiu comparar a eficiência das técnicas fotoacústica e fluorescência na diagnose das mudas sujeitas a estresse; This work shows the characterization of plant systems through their photosynthetic activity measured with the photoacoustic technique. A model for oxygen diffusion in leaves is analyzed and checked through in vivo and in situ measurements in plants from different species. Photosynthetic induction measurements in eucalyptus plants produced by two distinct procedures lead to the conclusion that clones (shoot cuttings) presented a higher photosynthetic performance than that shown by seedlings. The occurrence of radicular stress and its effects in the photosynthesis of eucalyptus samples were evaluated through photoacoustic measurements. This study also allowed the comparison between the efficiency of the photoacoustic and the fluorescence techniques on the diagnosis of plants subjected to stress conditions

Percursos investigativos em fotossíntese e transpiração no e.secundário

Gameiro, Maria Manuela Antunes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
Este trabalho incide sobre o tema “ Percursos Investigativos em Fotossíntese e Transpiração no Ensino Secundário”. Visa a identificação de estratégias de como tornar a aprendizagem da Fotossíntese e Transpiração mais apelativa para os alunos do 10º ano do Ensino Secundário, bem como o desenho/construção de percursos investigativos e sua implementação. Os dados foram obtidos a partir de dois questionários por inquérito dirigido aos alunos (o 1º questionário foi administrado antes da construção/implementação dos percursos investigativos, o 2º questionário foi administrado após a leccionação de todos os conteúdos programáticos de Biologia de 10º ano), da observação e participação dos alunos nas aulas laboratoriais. Em sessão de trabalho para professores foram validados os percursos investigativos desenhados. A avaliação dos percursos investigativos pelos alunos permitiu determinar se estes modificaram as suas preferências acerca dos temas em estudo e/ou surtiram efeito no desenvolvimento de competências. Concluiu-se que há razões para considerar a implementação de percursos laboratoriais investigativos como uma metodologia motivadora no desenvolvimento das temáticas em estudo e para consultar os alunos quanto ao contributo dos percursos investigativos no desenvolvimento de competências. ABSTRACT: This work is about the theme “Investigating Courses in Photosynthesis and Transpiration in Secondary School”. It aims to identify strategies of how to turn the learning of photosynthesis and transpiration more appealing to the 10th grade students...

Fotossíntese, condutância estomática e transpiração em pupunheira sob deficiência hídrica

Oliveira,Maria Aparecida José de; Bovi,Marilene Leão Alves; Machado,Eduardo Caruso; Gomes,Mara Menezes de Assis; Habermann,Gustavo; Rodrigues,João Domingos
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Resultados de pesquisa envolvendo aspectos fisiológicos da pupunheira (Bactris gasipaes Kunth), fruteira nativa da América Tropical, são escassos. Procurando completar essa lacuna, um experimento sob deficiência hídrica foi conduzido em casa de vegetação, durante um período de 13 dias, utilizando plantas de 12 meses de idade. O objetivo principal foi avaliar as respostas da pupunheira à deficiência hídrica. As variáveis observadas foram: taxa de assimilação de CO2, transpiração, condutância estomática e potencial de água das folhas. As coletas dos dados foram realizadas diariamente em laboratório e sob fluxo de 1200 mim-2 s-1. Os resultados foram submetidos à análise de variância e de regressão. Verificou-se decréscimo no potencial de água da folha e nas trocas gasosas quando a irrigação foi interrompida por mais de seis dias. Valores mínimos foram obtidos no décimo dia, com redução de 92% da fotossíntese líquida, 87% da condutância estomática e 70% da transpiração. O menor potencial de água nas folhas (-1,9 MPa) foi também observado nesse período. Houve recuperação total de todas as variáveis dois dias após reirrigação, com exceção da condutância estomática. A diminuição da condutância estomática e a queda mais rápida da taxa de transpiração que a queda na fotossíntese...

Fotossíntese foliar do capim-xaraés [Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf. cv. Xaraés] e modelagem da assimilação potencial de dosséis sob estratégias de pastejo rotativo

Pedreira,Bruno Carneiro e; Pedreira,Carlos Guilherme Silveira
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.47%
Objetivou-se com este trabalho quantificar a fotossíntese foliar ao longo do período de rebrotação e modelar a fotossíntese de dosséis vegetativos em função da arquitetura foliar e do ambiente luminoso em pastagens de capim-xaraés [Brachiaria brizantha (A. Rich.) Stapf.] submetidas a estratégias contrastantes de pastejo rotativo. Na fase inicial de rebrotação, o potencial fotossintético foi pequeno, em média 10,4 µmol CO2 m-2 s-1 e, no tratamento de maior intervalo de pastejo (100% IL), esse potencial foi ainda menor (3,3 µmol CO2 m-2 s-1), o que pode comprometer o desenvolvimento das plantas. No dia médio (DM) do ciclo, ocorreram os maiores valores de fotossíntese foliar, em média 26 µmol CO2 m-2 s-1. No pré-pastejo, o tratamento 95%, que apresentou os menores intervalos de pastejo (22 dias), continuou com os maiores valores de fotossíntese foliar (26,1 µmol CO2 m-2 s-1). Enquanto isso, os tratamentos com maiores intervalos de pastejo (28 e 32 dias, respectivamente para o tratamento 28 dias e 100% IL) tiveram seus valores de fotossíntese foliar reduzidos (21,3 e 24,5 µmol CO2 m-2 s-1). No tratamento de maior freqüência de pastejo (95% de IL), o menor intervalo de pastejo e a manutenção de menor IAF médio (2...

Detecção óptica da eficiência quântica da fotossíntese

Henrique Duarte, Carlos; Dias Nunes, Frederico (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A fotossíntese é o processo de síntese orgânica realizada por vegetais portadores de clorofila, que absorvem a luz para possibilitar a reação entre o gás carbônico e a água, produzindo carboidratos e oxigênio. Num sistema biológico, a importância da resposta à luz tem de ser analisada em termos de seu requerimento quântico. Neste sentido, a medida da fluorescência da clorofila a é uma técnica simples, rápida e não invasiva, para avaliação quantitativa in vivo da fotossíntese. Este trabalho objetiva utilizar a fotônica para detectar alterações físicas pré-determinadas numa cultura de milho, que foi escolhida por sua simplicidade, grande importância dentre os principais cultivos de grãos e rápido crescimento. Assim, iniciamos a confecção de um módulo optoeletrônico, que será nosso primeiro protótipo para as medições. Em seguida realizamos trabalho de campo, na Embrapa Sete Lagoas MG, utilizando um fluorímetro para medição da fluorescência de uma cultura de milho submetida ao déficit de nitrogênio. Finalmente, obtivemos nos laboratórios da USP-São Carlos, curvas de espectroscopia da fluorescência das folhas de milho sob diferentes regimes hídricos. Paralelamente a isso reunimos uma farta bibliografia relativa aos processos de realização da fotossíntese e à emissão de fluorescência. Também como motivação para este trabalho mostramos a importância da inserção da tecnologia no aumento da produção de grãos. A proximidade entre este centro de fotônica e a próspera região agrícola de Petrolina...

A fotossíntese vegetal no 3º ano do Ensino médio: concepções alternativas, erros conceituais e uma proposta de unidade didática baseada no Desenvolvimento Sustentável.

Torres, Danielly Ferreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais e Matemática; Ensino de Ciências Naturais e Matemática
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; O objetivo geral do trabalho foi identificar as concepções alternativas dos alunos sobre fotossíntese vegetal para subsidiar o desenvolvimento de uma unidade didática baseada nos conceitos e princípios do desenvolvimento sustentável. O levantamento das concepções alternativas ocorreu durante os anos de 2011 e 2012 em uma escola estadual de Natal-RN, na terceira série do ensino médio dos turnos vespertino e noturno. O instrumento inicial utilizado nesse diagnóstico foi a elaboração de desenhos pelos alunos, seguida por sua interpretação e categorização de acordo com a expectativa elaborada para esse nível de escolaridade. O segundo instrumento era a realização de entrevistas semiestruturadas gravadas em áudio que pretendiam esclarecer as representações que geraram dúvidas nos desenhos e oportunizar outro veículo para identificação das explicações sobre a fotossíntese em plantas. A maioria das concepções alternativas identificadas foi similar às encontradas em outros trabalhos, contudo também foram encontradas concepções não mencionadas nos referenciais teóricos. Ambos os métodos de reconhecimento das concepções alternativas, mostraram-se adequados à condição de heterogeneidade da escola que compreende particularidades quanto à idade...

Influência da temperatura na fotossíntese de laranjeira 'Pêra' com clorose variegada dos citros.; Influence of temperature on photosynthesis of sweet orange 'Pêra' with citrus variegated chlorosis.

Ribeiro, Rafael Vasconcelos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/07/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A clorose variegada dos citros (CVC) é um dos principais problemas que assolam a citricultura brasileira nos últimos dez anos. Essa doença, causada pela bactéria Xylella fastidiosa, determina menor produção das plantas infectadas e tem estreita relação com as condições climáticas, sendo sua severidade agravada em regiões com baixa disponibilidade hídrica, alta demanda atmosférica e elevadas temperaturas. A fotossíntese, que possue relação direta com a produtividade das plantas, é um dos processos fisiológicos afetados pela CVC. Esse trabalho visou investigar os efeitos da temperatura na fotossíntese de plantas infectadas pela X. fastidiosa e determinar como o processo fotossintético é afetado pela presença da bactéria. Para tanto, foram utilizadas mudas de laranjeira 'Pêra' (Citrus sinensis (L.) Osbeck), com aproximadamente 9 meses de idade, cultivadas em vasos plásticos de 3L. Foram realizados dois experimentos. No experimento I, mudas sadias e doentes foram dispostas em câmara de crescimento e submetidas por 7 dias a regimes de temperatura de 25/20 e 35/20ºC (dia/noite), com concentrações de CO2 e O2 atmosféricas, 14h de fotoperíodo, densidade de fluxo de fótons fotossintéticos (DFFF) de 600umol m -2 s -1 e déficit de pressão de vapor do ar de 1kPa. Foram realizadas medidas simultâneas de trocas gasosas [assimilação de CO2 (A); transpiração (E) e condutância estomática (gs)] e fluorescência da clorofila a [eficiência quântica potencial (Fv/Fm) e efetiva ( F/Fm')do fotossistema II...

Aspectos da fotossintese e da assimilação do nitrogenio em quatro especies de leguminosas arboreas tropicais

Javier Alberto Pinzon Torres
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
Na composição e estrutura das florestas tropicais, as leguminosas estão entre os grupos melhor representados por apresentarem uma alta diversidade de gêneros e espécies em suas três sub-famílias, Caesalpinioideae, Mimosoideae e Papilionoideae ou Faboideae. Muitas das espécies de leguminosas possuem a capacidade de associar-se a microorganismos fixadores de nitrogênio, formando nódulos radiculares e contribuindo para o ciclo do nitrogênio, desempenhando grande importância ecofisiológica. O presente trabalho foi dividido em três capítulos, visando estudar alguns aspectos do crescimento, fotossíntese e assimilação do nitrogênio em quatro espécies de leguminosas arbóreas nativas: Centrolobium tomentosum Mart. Ex Benth, lnga vera Willd., Lonchocarpus muehlbergianus Hass. (espécies que formam nódulos radiculares) e Myroxylon peruiferum L.f. (espécie que não apresenta nódulos radiculares). No capítulo I, avaliou-se o crescimento das quatro espécies aos 7 e 10 meses de idade. Observou-se em geral que, 1 vera apresentou a maior massa seca da parte aérea e o maior acúmulo de nitrogênio nas folhas e que L. muehlbergianus apresentou a maior massa seca de raízes e nódulos e o maior acúmulo de nitrogênio em caule...

As novas tecnologias de informação no ensino da biologia : um estudo sobre fotossíntese com alunos do 10º ano de escolaridade

Silva, José Luís; Duarte, M. C.
Fonte: Portugal. Ministério da Educação. Instituto de Inovação Educacional Publicador: Portugal. Ministério da Educação. Instituto de Inovação Educacional
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2001 POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
Ao longo das duas últimas décadas, investigações desenvolvidas no domínio do ensino da Biologia revelaram que muitos alunos possuíam concepções alternativas. Este facto conduziu ao incremento de uma linha de investigação centrada em estratégias de ensino que pudessem facilitar o desenvolvimento/ reestruturação dessas concepções. Algumas dessas estratégias incluem o recurso às Tecnologias de Informação, nomeadamente, ao Sistema de Aquisição e Tratamento de Dados (SATD), uma vez que este equipamento, ao permitir reduzir o tempo gasto no tratamento de dados, disponibiliza um maior período de tempo para os alunos preverem resultados, reflectirem e discutirem resultados obtidos, bem como compararem resultados discrepantes. Tendo como referência estas investigações, realizou-se um estudo, no tema "Fotossíntese", que incluiu 41 alunos do 10.0 ano de escolaridade, distribuídos por duas turmas - uma experimental e outra de controlo. As duas desenvolveram actividades laboratoriais, com recurso, respectivamente, ao SATD (turma experimental) e a equipamento tradicional (turma de controlo). A análise de resultados mostrou que os alunos da primeira revelaram, relativamente aos alunos da segunda, uma evolução conceptual mais extensa no tópico "Fotossíntese". Estes resultados parecem indicar que o SATD constitui um factor facilitador da aprendizagem dos alunos.; During the last two decades...

Photosynthesis, stomatal conductance and transpiration in peach palm under water stress; Fotossíntese, condutância estomática e transpiração em pupunheira sob deficiência hídrica

Oliveira, Maria Aparecida José de; Bovi, Marilene Leão Alves; Machado, Eduardo Caruso; Gomes, Mara Menezes de Assis; Habermann, Gustavo; Rodrigues, João Domingos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2002 POR
Relevância na Pesquisa
37.18%
Research results on physiological aspects of peach palm (Bactris gasipaes Kunth), a native fruit tree from tropical America, are scarce. Trying to fill this gap, a water deficit experiment was performed under nursery conditions during 13 days, utilizing 12 months old plants. The main objective was to evaluate peach palm responses to water deficit. The measured variables were: CO2 assimilation rate, transpiration rate, stomatal conductance and leaf water potential. Data were collected daily in a laboratory, under a photosynthetic photon flux (PPF) of 1200 mum-2 s-1, and studied by variance and regression analysis. Significant decreases of leaf water potential values and gas exchange rates were verified when water was withhold for more than six days. The smallest values were found at the tenth day without water replacement, with a reduction of 92% of the net photosynthetic rate, 87% of the stomatal conductance and 70% of the transpiration. By that time, the smallest measured leaf water potential was --1.9 MPa. Recovering from water stress was accomplished two days after rewatering, except for stomatal conductance. The partial closing of the stomata (decrease in stomatal conductance) and the reduction of photosynthesis, suggest the existence of an acclimation mechanism of the peach palm...