Página 1 dos resultados de 5328 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Processo de formação inicial de professores de português em Angola

Silva, Rosa Maria Sampaio da
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Dissertação de mestrado em Ciências da Educação (área de especialização em Supervisão Pedagógica em Ensino do Português); Angola passou por um longo período de conflito armado, que terminou em dois mil e dois. Desde então, e sob a influência de várias agências internacionais, nomeadamente das Nações Unidas, procedeu a uma Reforma Educativa, que atingirá a fase de generalização no presente ano letivo. No que concerne à formação de professores, definiu um Plano Mestre de Formação de Professores, que, entre outras, fornece diretivas para a formação inicial, para a formação contínua e para a formação à distância, que sugere a adoção de uma nova metodologia de ensino e que aponta para a necessidade de uma reflexão curricular, em prol da melhoria da qualidade de ensino. Perante um cenário de reconstrução e de reforma educativa, importa refletir e analisar a formação inicial de professores, em particular dos de Português, por esta ser a língua oficial e de escolarização, mas não a língua materna de muitos dos angolanos. Assim, o estudo Processo de Formação Inicial de Professores de Português em Angola visa descrever o processo de formação inicial de professores de Português do primeiro ciclo do ensino secundário; caracterizar as habilitações literárias dos supervisores e dos professores-tutores; identificar instrumentos de apoio ao processo de supervisão; analisar instrumentos de apoio ao processo de supervisão; definir ações que contribuam para a progressiva integração profissional dos professores em formação. Para tal...

A formação inicial de professores em Angola no contexto da reforma educativa: desafios e necessidades (Institutos Médios Normais de Educação de Benguela); The initial teacher training in Angola in the context of the educational reform: challenges and needs (Institutos Médios Normais de Educação de Benguela)

Chimuco, Sandra Marisa Nascimento
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 27/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
Tese de Doutoramento em Ciências da Educação (área de especialização em Desenvolvimento Curricular).; Assim como ocorre um pouco por todo o mundo, a educação está a ser alvo de várias reformas, com o objetivo de melhor a qualidade desta nas sociedades. Fruto das necessidades de cada sociedade, as mudanças propostas afiguram-se como importantes para a melhoria da qualidade da educação e da própria sociedade. Angola afigura-se como um país, particular, que diariamente é desafiado, também em termos educativos, atendendo a que neste campo existem especificidades como as salas lotadas, a falta de infraestruturas e meios humanos para colmatar as dificuldades e, simultaneamente, dar resposta às necessidades, de entre muitas outras dificuldades. Nesta investigação procuramos compreender a articulação da formação inicial de professores ao nível dos institutos médios normais de educação, em Benguela com os objetivos definidos pelas reformas educativa e curricular. Neste enquadramento, formulamos a problemática da investigação que consistiu em estudar o sistema de formação inicial levado a cabo pelos Institutos médios normais de educação/Escolas de formação de professores de nível médio e sua articulação com os objetivos da reforma educativa tendo como suporte a Lei de bases nº 13 de 31 de Dezembro de 2001. A reflexão sobre essa questão remeteu-nos para a formulação de outras...

O papel do orientador de estágio na formação inicial de professores do básico e secundário

Valente, Maria Goretti Matias Coelho Pereira
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 15/11/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Os professores são fundamentais num país ou numa sociedade em constante desenvolvimento. A eles cabe uma parte importante da formação das gerações mais novas, em conjunto com as famílias. A escola é, pois, o local ideal para a realização de um conjunto de aprendizagens importantes para a integração e desenvolvimento salutar da sociedade onde estão inseridos. Ser professor é um grande desafio e acata grandes responsabilidades, por isso a formação deste profissional do ensino, quer a nível inicial ou ao logo da vida, tem vindo a ser um tema de grande reflexão e investigação. O seu contributo na formação dos jovens a nível da produção e promoção de conhecimentos científicos, experienciais, relacionais e morais torna-o um elemento imprescindível, numa sociedade em construção, capaz de promover o bem-estar físico e emocional de todos os que nela vivem. Este relatório pretende incidir na área da formação de professores do 3º ciclo e secundário, sobretudo na sua formação inicial. Dentro desta formação inicial, pretende-se dar algum realce ao período do estágio e ao papel do orientador, utilizando sempre uma linguagem simples e concreta. Tendo em conta que este momento de formação é muito importante para o professor em formação e marcante para o professor orientador...

Construção da profissionalidade na formação inicial de professores do 1º CEB: o caso de um grupo de professores estagiários da ESEC

Leitão, Álvaro de Sousa Pereira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.41%
Este trabalho põe em evidência o valor formativo da prática profissional supervisionada e da escrita reflexiva com feedback co-construtivo sobre a praxis enquanto eixos estruturantes da construção de competências profissionais na formação inicial de professores do 1.º ciclo do ensino básico. Integrada no paradigma da complexidade e assumindo, do ponto de vista teórico-epistemológico, o diálogo entre o paradigma construtivista da complexidade (Lerbet 1986, 2004; Morin, 1994, s.d.; Le Moigne, 2002, 2003a), o paradigma da complexificação e da epistemologia da escuta/controvérsia (Correia, 2001), o experiencialismo crítico (Alarcão, 2001b) e o construtivismo/socioconstrutivismo (Piaget, 1975; Perret-Clermont, 1978; Morgado, 1988), a investigação que desenvolvemos teve como objectivo central saber como e em que condições, num contexto de formação reflexiva (Schön, 1983, 1992; Zeichner, 1993; Alarcão, 1996b, 2001c; Marcelo, 1999; Sá-Chaves, 2002; Alarcão e Tavares, 2003; Perrenoud, 2004) e, simultaneamente, de investigação (Moreira e Alarcão, 1997; Elliot, 1997; Alarcão, 2001a, 2001b; Moreira, 2001; Esteves, 2002; Estrela, 2003), se opera a construção da profissionalidade e da identidade social docente (Perrenoud...

A construção do e-portfolio reflexivo na formação inicial de professores

Schenkel, Maria Hermínia; Cabrita, Isabel
Fonte: Universidade de Aveiro, Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Formação de Formadores Publicador: Universidade de Aveiro, Centro de Investigação em Didáctica e Tecnologia na Formação de Formadores
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.17%
O e-portfólio (portfólio digital) é um dos recursos que vem sendo integrado ao processo educativo em espaços online. Inicialmente entendido como instrumento de avaliação das aprendizagens tem, mais recentemente, sido encarado como um precioso instrumento ao serviço da própria aprendizagem. De fato, defendese que o aluno, ao recolher, selecionar, organizar e refletir sobre os materiais que o integrarão, constrói conhecimento e desenvolve uma série de outras capacidades e atitudes, numa relação dialógica com o saber e com outros intervenientes no processo. No entanto, esta ‘nova’ função do e-portfólio ainda não está a ser alvo de uma sistemática avaliação que permita concluir da sua mais valia para esse fim. Assim, está em curso um projeto de investigação que persegue como principal finalidade conceber, implementar e avaliar o impacto da construção dialógica do e-portfólio como instrumento de reflexão das e para as aprendizagens num contexto de formação inicial de professores no curso de Pedagogia a distância. Mais concretamente, pretende-se avaliar a ressonância da construção dialógica do e-portfólio ao nível da promoção da reflexão crítica (que também mobiliza), da construção de novos conhecimentos e do desenvolvimento de atitudes positivas em relação a uma aprendizagem continuada. Optou-se por uma investigação qualitativa...

Perspectivas e expectativas em relação à formação inicial e à profissão de educadora de infância.

Graciano, Ana Rita; Fialho, Isabel
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Aula
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
O saber profissional do docente é o resultado da “mobilização, produção e utilização de diversos saberes (científicos, pedagógico-didácticos, organizacionais, técnico-práticos) estruturados e integrados adequadamente em função da acção concreta a desenvolver em cada situação de prática profissional”(Ponte, 2004). Enquanto que a componente académica do curso influi pouco nas perspectivas e práticas do formando, as experiências práticas têm uma influência potencialmente mais significativa (Rodríguez, 1995). As primeiras experiências na docência, realizadas autonomamente, confinam em si, um amplo conjunto de intensas aprendizagens determinantes para a construção e desenvolvimento profissional e pessoal da educadora de infância. É na formação inicial que constrói as bases do seu conhecimento e desenvolvimento profissional e o estágio pedagógico, sendo a ultima etapa do processo de formação inicial, encerra um ciclo, mas não o processo de formação, devendo funcionar como base para a construção de uma política de formação permanente. Devido à rápida evolução do conhecimento, à complexidade e imprevisibilidade do ensino, a formação inicial de professores é um período de formação não auto-suficiente e com carácter condicionante para a preparação posterior do profissional (Rodríguez...

CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS CONSTRUÍDAS POR ESTUDANTES DE FORMAÇÃO INICIAL

Fonseca, Ana; Lopes, Manuel José; Sebastião, Luís; Magalhães, Dulce
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
CONHECIMENTO EM ENFERMAGEM: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS CONSTRUÍDAS POR ESTUDANTES DE FORMAÇÃO INICIAL Fonseca, A.; Lopes, M. J.; Sebastião, L., & Magalhães, D. (2013). Conhecimento em enfermagem: representações sociais construídas por estudantes de formação inicial. In Mendes, F; Gemito, L; Cruz, D., & Lopes, M. (org). Enfermagem Contemporânea. Dez Temas, Dez Debates. (pp 30-43), Nº 1. Coleção E-books. Oficinas Temáticas. ISBN:978-989-20-4162-9. Palavras chave: enfermagem; conhecimento; representações sociais; formação inicial. A aquisição e a construção pessoal do conhecimento em enfermagem resultam de processos complexos de compreensão das situações, nas quais, experiência e saber são estruturados e alvo de reflexão. O conhecimento em enfermagem que o estudante constrói ao longo do tempo, consciente da sua responsabilidade pela própria aprendizagem e num processo contínuo de desenvolvimento, há de possibilitar-lhe o desempenho profissional, pois será mobilizável, nas diversas situações, para dar resposta às necessidades de cuidados de enfermagem. A forma como os estudantes se apropriam dos saberes, como se relacionam com eles e como constroem o seu conhecimento em enfermagem está vinculada à representação que têm deste...

Didáctica da matemática e formação inicial: um estudo com três futuros professores

Borralho, António Manuel Águas
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
As experiências vividas pelos futuros professores enquanto alunos têm consequências profundas no conhecimento, concepções e atitudes que desenvolvem em relação à Matemática, aos alunos, ao ensino, à aprendizagem, à inovação e à profissão. Estarão a formação inicial e, em particular, a Didáctica da Matemática a proporcionar o desenvolvimento de competências, conhecimentos, capacidades, valores e atitudes necessários às pessoas que optam por uma carreira no ensino da Matemática? O principal objectivo desta investigação foi compreender, a partir do ponto de vista de quem se forma, o significado que três futuros professores de Matemática, da Licenciatura em Ensino de Matemática da Universidade de Évora, atribuem à sua formação inicial e à Didáctica da Matemática em particular, tendo em conta o seu percurso pessoal e académico. Para concretizar a investigação utilizou-se uma metodologia de natureza qualitativa e interpretativa em que se privilegiou uma recolha de dados empíricos com base em entrevistas biográficas, observações de aulas e consulta de uma variedade de documentos. Assim, foi dada uma relevância particular ao papel do investigador como principal fonte de recolha de dados e às interacções que este foi capaz de estabelecer com os futuros professores de modo que pudesse perceber os respectivos pontos de vista. Em relação à formação inicial...

Os desafios da literacia científica na formação inicial de professores de biologia e geologia: concepções e práticas de professores estagiários

Fialho, Isabel José Botas Bruno
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Em Portugal, como em muitos outros países do mundo, vive-se um período de mudança na organização curricular do ensino básico, particularmente na área das ciências naturais. Os novos currículos reflectem as tendências actuais da educação científica, propostas por diversas organizações internacionais. Estes documentos, da política educativa, apontam para um novo paradigma do ensino da ciência assente em algumas ideias centrais das quais se destacam: "formação para a literacia científica e cidadania", a "utilização de experiências educativas activas, significativas, diversificadas, integradoras e socializadoras", a "flexibilidade curricular", a "iríterdisciplinaridade", a aprendizagem construtivista", a "contextualização do ensino", a "valorização dos conhecimentos dos alunos", "a ênfase em temáticas baseadas nas relações ciência-tecnologia-sociedade e as suas interacções com o ambiente"; o "ensino centrado em competências"; a "incidência em actividades de resolução de problemas, actividades de pesquisa e actividades experimentais" e o "uso das novas tecnologias de informação e comunicação". Um ensino desta natureza exige novas formas de estar e de agir por parte dos professores de ciências e exige uma formação adequada às novas orientações da educação científica. A investigação tem revelado...

"O que fiz bem, o que fiz mal" : desenvolvimento de competências reflexivas na formação inicial dos professores

Wünsch, Luana Priscila, 1979-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
Tese de mestrado em Ciências da Educação (Formação de Professores), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008; Nesta investigação foi analisada o desenvolvimento de competências reflexivas na formação inicial de professores. Primeiramente desenvolvemos um quadro conceptual a partir de como se dá a reflexão nesta vformação, descrevendo: os saberes necessários para a mesma; o que é a reflexão docente; os métodos de aprendizagem colaborativa que compartilham a ideia de que os professores podem e devem trabalhar juntos para melhorar a sua prática docente; as finalidades da reflexão na formação inicial, em especial no que diz respeito à autonomia e emancipação do trabalho docente; as estratégias que podem promover os aspectos citados; e como pode ocorrer a avaliação desta reflexão. Nestes aspectos, debruçámo-nos essencialmente nas definições de reflexão nas práticas dos professores descritas por Dewey, Schön e Zeichner. Logo, no enquadramento metodológico enfatizamos os objectivos desta dissertação e relatamos como se deu a entrevista com os oito inqueridos, estagiários finalistas do curso de formação inicial de Ensino Básico, 1.º Ciclo...

Narrativas biográficas na formação inicial de professores de Matemática: Reflexões a partir de um olhar retrospectivo

Fernandes, Domingos
Fonte: Editora da Universidade Federal da Bahia Publicador: Editora da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.4%
Os programas de formação inicial de professores têm de criar oportunidades para que os jovens possam analisar e refletir sobre uma variedade de aspectos tais como as suas concepções acerca da disciplina que vão ter de ensinar, do ensino, da educação em geral, da aprendizagem, da avaliação e da escola. Os jovens, futuros professores, têm ainda de ser ajudados a desenvolver um sofisticado conjunto de conhecimentos (e.g., pedagógicos, científicos, curriculares) no contexto da sua formação inicial. Além disso, têm de ser acompanhados e apoiados nas experiências formativas que as práticas lhes proporcionam. Aqui é fundamental que aprendam a mobilizar, integrar e utilizar conhecimentos que os ajudem a resolver os problemas que decorrem dos processos de aprendizagem, ensino e avaliação. É no confronto com as práticas que, muitas vezes, os jovens professores podem atribuir um real significado às suas concepções, às suas experiências passadas e presentes e aos seus conhecimentos. Por isto mesmo, parece mais uma vez fazer sentido que a narrativa dos jovens professores, e, em particular, a sua narrativa biográfica, possa constituir um poderoso processo formativo porque os leva a posicionar-se perante os seus sistemas de concepções...

Percursos de identidade do professor de Matemática em início de carreira: O contributo da formação inicial

Oliveira, Hélia
Fonte: APM Publicador: APM
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 POR
Relevância na Pesquisa
66.38%
Neste artigo pretende-se analisar a contribuição da formação inicial no processo de construção da identidade profissional de duas professoras de Matemática do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário, no decurso dos seus três primeiros anos de carreira. A metodologia adoptada nesta investigação situa-se no paradigma interpretativo, assumindo o estudo de caso como design. Os estudos de caso basearam-se, essencialmente, na análise de um conjunto de entrevistas com carácter biográfico realizadas ao longo de três anos lectivos consecutivos. A primeira parte da apresentação dos resultados diz respeito aos casos das duas professoras, e onde se dá a conhecer as suas motivações para a profissão e as suas perspectivas sobre a formação inicial. Numa segunda parte, descrevem-se as dinâmicas identitárias profissionais que foram descortinadas para cada professora e analisa-se a contribuição da formação inicial nas várias vertentes dessas dinâmicas. Este estudo vem mostrar que a identidade é um processo idiossincrático, complexo e multidimensional, no qual a biografia tem um papel muito importante. As duas professoras, embora tendo experimentado a mesma formação inicial, que ambas valorizam, acabam por desenvolver identidades profissionais distintas. Isto decorre...

Contextualização do saber na formação inicial de professores de física e de química : perspetivas de futuros professores : um contributo para a melhoria da formação de professores

Almendra, Bruno João Ramalho Gomes de, 1986-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013; Alguns estudos recentes têm procurado esclarecer o potencial da contextualização do saber como possível resposta ao insucesso e abando escolar. Com referência a alguns destes trabalhos procuramos saber se a formação inicial de professores prepara para contextualizar, assim como aprofundar o conhecimento sobre este conceito. Este estudo qualitativo aborda um conceito recente e que cujo significado não é unívoco. Como não se encontraram outros estudos referentes à preparação que a formação inicial de professores oferece quanto à contextualização do saber este trabalho configura-se de carácter exploratório. Para sabermos se a formação inicial de professores prepara profissionais capazes de contextualizar o saber procurámos aceder às representações dos estudantes de mestrado em ensino sobre o que significa contextualizar o saber, e quais os seus referenciais teóricos. Foi também nossa intenção saber se a formação inicial de professores prepara para contextualizar saberes específicos da física e da química. Para aceder às representações dos sujeitos foram realizadas entrevistas semidiretivas. A análise feita ao conteúdo das entrevistas levou-nos a concluir que a formação inicial de professores...

Aprender a ensinar : estudo comparado sobre currículos e práticas na formação inicial de professores : o ensino das ciências em duas instituições de ensino superior europeias

Rodrigues, Filomena do Rosário Alves, 1983-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
Tese de mestrado, Ciências da Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2013; A realidade escolar espelha as características globais, mutáveis e multiculturais da nossa sociedade atual. Desta forma, a formação inicial de professores constitui-se como o local privilegiado para a preparação de profissionais qualificados, dotados das competências necessárias para lecionarem nesta realidade. Com este estudo pretende-se perceber, através de uma análise comparativa, de que forma os currículos e as práticas de formação inicial de professores influenciam a qualidade do ensino das Ciências em duas instituições de ensino superior europeias (Universidade de Lisboa e Universidade de Malmo), que se situam em dois países (respetivamente, Portugal e Suécia) que apresentam indicadores educacionais significativamente diferenciados. O estudo empírico pauta-se por uma metodologia qualitativa de estudo de caso múltiplo, cujo principal instrumento de recolha de dados foram as entrevistas semiestruturadas. Foram também recolhidos alguns dados através de observação e de análise documental. Para a análise dos dados, foram criados quatro domínios de análise, com base na categorização dos mesmos. Dois destes domínios dizem respeito à contextualização do estudo (caracterização dos participantes e caracterização da especialização docente) e os outros dois à análise comparativa do mesmo (caracterização da formação inicial e relação entre a formação inicial e a profissão docente). Conclui-se que os dois modelos de formação inicial em estudo permitem a aquisição de conhecimentos e o desenvolvimento de competências necessárias para o exercício da profissão docente...

A prática em contexto profissional na formação inicial:perspectivas de estudantes:contributos para a configuração profissional do educador de infância

Silva, Rita Margarida A. Friães Neves da, 1971-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.36%
Tese de doutoramento, Educação (Formação de Professores), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2014; O presente trabalho tem como campo de pesquisa a Formação de Professores, mais especificamente a formação dos Educadores de Infância. Centra-se num olhar atento sobre os contributos da imersão na prática em contexto de trabalho durante a formação inicial, no âmbito da formação profissional do educador de infância. Incrito no paradigma interpretativo, incidindo na perspectiva dos sujeitos, a investigação desenvolveu-se em duas fases, conjugando diferentes metodologias e técnicas de recolha e análise de dados. Numa fase inicial, procedeu-se à realização de entrevistas de grupo a estudantes a frequentar o último ano de uma licenciatura em Educação de Infância e a uma entrevista individual ao supervisor institucional que acompanhou esse grupo de estudantes e respectiva análise de conteúdo. Esta fase passou ainda pela recolha e análise de conteúdo de reflexões semanais escritas e incidentes críticos contidos em portfólios de estudantes da referida licenciatura, onde se incluem os anteriores e a ainda a uma análise documental de legislação específica reguladora da formação e da actividade do educador de infância. Uma segunda fase...

A formação inicial em pedagogia e o ensino da arte: um estudo em instituições de ensino superior do Estado de Pernambuco

Souto Lima Vidal, Fabiana; Martins de Araújo, Clarissa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O presente estudo foi elaborado na linha de Formação de Professores e Prática Pedagógica do Programa de Pós-Graduação em Educação UFPE. Teve como objetivo geral compreender o Ensino da Arte na Formação Inicial do(a) Pedagogo(a) em Instituições do Ensino Superior do Estado de Pernambuco. Apresenta um diálogo com autores que discutem o campo da Pedagogia, a formação de professores(as), o currículo e o Ensino da Arte. Elegemos como campo de investigação três Universidades que se caracterizam como referência na formação inicial em Pedagogia do Estado: uma privada, uma pública federal e uma pública estadual. Tivemos como colaboradores(as) os(as) coordenadores(as) dos cursos de Pedagogia e os(as) professores(as) formadores(as) responsáveis pela(s) disciplina(s) relacionada(s) ao Ensino da Arte nos cursos investigados. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram a pesquisa documental (os documentos legais que norteiam os cursos de Pedagogia DNC/Pedagogia, os documentos que orientam a formação inicial em cada Instituição investigada , Projetos Políticos Pedagógicos), o questionário, a entrevista semiestruturada e a observação, que nos possibilitaram uma maior aproximação com os sujeitos e com o objeto do nosso estudo. A Análise de Conteúdo (BARDIN...

O jogo como conhecimento da formação inicial em Educação Física

Jorge Souza da Silva, Eduardo; Luiza de França, Tereza (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Esta pesquisa insere-se no Programa de Pós-Graduação em Educação, do Centro de Educação, da Universidade Federal de Pernambuco, especificamente na linha de pesquisa Formação de Professores e Prática Pedagógica. Sua problemática está delimitada pelo contexto de seu objeto de estudo, O Trato com o Conhecimento Jogo na especificidade da Formação Inicial no curso de graduação da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco ESEF-UPE. No plano geral problematizaremos o conhecimento jogo e suas repercussões na formação humana e profissional. No plano específico analisamos o que está contido no programa e nos planos / planejamentos das disciplinas Fundamentos Teórico-Metodológicos do Jogo e Fundamentos do Jogo da licenciatura e do bacharelado da ESEF-UPE, a fim de compreender e explicar os fundamentos sobre os quais se baseia o trato com este conhecimento, com nexos e repercussões específicas para a formação inicial. Metodologicamente optamos pela construção de uma questão de pesquisa para orientar a delimitação das hipóteses levantadas para o estudo, caracterizado como uma pesquisa de natureza bibliográfico-documental, subsidiada na Análise de Conteúdos a partir da técnica de análise temática documental...

A política de formação inicial de professores e a implementação do componente curricular Prática Profissional na Licenciatura de Geografia do CEFET-RN

Silva, Luzimar Barbalho da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
This work is a research about the policy of initial education of teachers made by the federal government, in the Brazilian educational view in the 1990 s. It is based on that the procedures to the initial education of teachers are in a much bigger context of the productive rearrangement and of the reconstruction of the State and they have in the international institutions, like the CEPAL, UNESCO and the World Bank, their main mediators. The dissertation aims to analyze the implementation of the policy of initial education of educators, having as empirical field the CEFET RN institution, and as reference the undergraduate course of Geography, more specifically the subject vocational practice. This study is advised by the theoretical and methodological fundamentals of the qualitative research, and it is being characterized by a case study. Among the methodological procedures which were used, some of them can be pointed out such as, the bibliographic research, the documental analysis, the application of questionnaires and the carrying out of interviews. The studies show up CEFETs and the Superior Education Institutes were considered by the Brazilian government suitable for the introduction of the initial education of vocational training...

A formação inicial percepcionada pelos professores cooperantes

Silveirinha, Maria da Conceição Rosa Cruz
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Actualmente, a formação inicial de professores do 1º ciclo tem-se centrado na flexibilidade dos processos de trabalho, nas vertentes científica e técnica e no desenvolvimento de competências (Comissão Europeia, 2001), colocando-se ainda, no entanto, a tónica no conhecimento científico. O professor deve ser capaz de se adaptar aos diferentes contextos e funções a desempenhar e de resolver situações de grande imprevisibilidade e de grande indefinição. Será que a formação inicial de professores os prepara para um futuro próximo? Que futuro? “Tentarmos descrever o futuro, a partir do agora, significa que o que fizermos hoje será criticamente importante”, porque no futuro a formação inicial de professores será construída a partir do conhecimento básico, das ideias abstractas e das descobertas cientificas que fizermos hoje. “A base do modo como hoje, no século XXI, se formam professores está no que foi descoberto e legado nos anos 60, 70, 80, 90 do século XX”. Que fazemos hoje, agora mesmo, para contribuir para esse legado? Estamos convictos que muito de nada ou muito de pouco. O que alterar? Há quem pense que os professores do 1º ciclo não são analíticos. Talvez intuitivos, mas analíticos não. Ao aceitarmos esta dicotomia estamos a “atrapalhar” o futuro. Não somos apenas analíticos. Não somos apenas intuitivos. Na prática quotidiana...

Analogias na formação inicial de professores de ciências naturais

Santos, Maria Ermelinda Batista Monteiro Cardoso Gonçalves dos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
Assumindo que é a prática pedagógica de um professor que em última análise define o tipo de aprendizagens realizadas pelos alunos, facilmente se torna perceptível que a formação inicial e a formação contínua têm um papel fundamental a desempenhar na criação de situações de aprendizagem que possibilitem aos professores desenvolver as competências que os tornem capazes de responder às novas exigências educacionais. Atendendo a que o estágio pedagógico implica a realização de actividades lectivas, esta etapa da formação inicial pode constituir-se como uma excelente fonte de mudança nas perspectivas dos professores sobre o ensino, em geral, e das Ciências Naturais em particular, além de, provavelmente, propiciar uma maior abertura à reflexão e a práticas mais inovadoras. A linguagem metafórica tem sido utilizada na produção, divulgação e compreensão do conhecimento científico, e muitos autores e investigadores educacionais têm vindo a alertar para as potencialidades das metáforas e das analogias como estratégias de ensino e aprendizagem das ciências. Contudo, a utilização didáctica de linguagem metafórica deve obedecer a determinados critérios, de forma a minimizar as limitações inerentes à metáfora e à analogia e a ampliar as suas potencialidades. Assim...