Página 1 dos resultados de 1166 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Dinâmica da comunidade arbórea de floresta ombrófila densa de terras baixas e de restinga no Parque Estadual da Serra do Mar, SP; Forest dynamics in lowland and coastal seasonally flooded Atlantic forest at Serra do Mar State Park, Brazil

Scaranello, Marcos Augusto da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/03/2010 PT
Relevância na Pesquisa
56.74%
As florestas tropicais exibem elevada biodiversidade e desempenham um importante papel no ciclo global do carbono. Porém, essas florestas têm sido impactadas aceleradamente nos últimos anos. No Brasil, a floresta tropical Atlântica está restrita a aproximadamente 7 % de sua extensão original e seus remanescentes ainda sofrem ameaças. Com isso, informações sobre a dinâmica da vegetação desse bioma são importantes para entender o funcionamento desse ecossistema e servem de subsídio para auxiliar em sua conservação e restauração. No presente estudo, os principais processos que regem a dinâmica de uma floresta (mortalidade, recrutamento e crescimento) foram estimados em duas fisionomias distintas da floresta tropical Atlântica. Além disso, a variação líquida da biomassa acima do solo (BAS) também foi estimada. Para o presente estudo foram utilizadas cinco (5) parcelas permanentes de um (1) hectare inseridas no projeto temático Gradiente Funcional, sendo: quatro (4) na floresta de Terras Baixas e uma (1) na floresta de Restinga. Os inventários foram realizados no momento da implantação das parcelas permanentes (2006) e após dois (2) anos. Os resultados obtidos demonstraram que a Restinga (1635 ind.ha-1) possui maior densidade total de indivíduos vivos com o DAP '>OU='4...

Incremento diamétrico arbóreo em diferentes grupos funcionais e produção de serapilheira em duas florestas tropicais brasileiras; Tree diametric increment in different functional groups and litterfall production in two Brazilian tropical forests

Ferreira, Maurício Lamano
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
46.59%
A alocação de C em biomassa aérea é uma importante via do fluxo de elemento em ecossistemas terrestres. Uma forma de monitorar este processo é por meio de bandas dendrométricas que subsidiam informações relevantes sobre o perfil de incremento diamétrico arbóreo ao longo do tempo. Porém, este monitoramento se torna mais eficientes quando realizados sob a ótica de grupos funcionais, uma vez que florestas tropicais apresentam alta diversidade biológica. No entanto, deve-se considerar que a perda de carbono para o ambiente, seja em termos de respiração autotrófica, mortalidade ou produção de serapilheira, também é um atributo importante na dinâmica de florestas tropicais. Desta forma, torna-se crucial o monitoramento da entrada e saída de C em ecossistemas terrestres tropicais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o perfil de incremento diamétrico arbóreo (IDA) e a produção de serapilheira em duas florestas tropicais brasileiras. Primeiramente instalaram-se 850 bandas dendrométricas em árvores de uma comunidade da floresta Amazônica (FAMZ). Na floresta Atlântica (FAT) foram instaladas 1532 bandas em árvores localizadas em três fitofisionomias ao longo de um gradiente altitudinal (100, 400 e 1000 metros de altitude). Para a estimativa da serapilheira 64 coletores foram espalhados aleatoriamente numa área de 20 ha da FAMZ e 40 coletores por nível de altitude foram espalhados na FAT. Na floresta Atlântica as árvores localizadas no meio do gradiente (400 m) foram as que apresentaram maior incremento diamétrico arbóreo anual...

Tree population and community dynamics in a Brazilian tropical semideciduous forest

Appolinário, Vivette; Oliveira Filho, Ary T.; Guilherme, Frederico A.G.
Fonte: Sociedade Botânica de São Paulo Publicador: Sociedade Botânica de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 347-360
ENG
Relevância na Pesquisa
56.34%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); A dinâmica da comunidade arbórea e de 30 populações das espécies constituintes foi investigada em uma área de floresta tropical semidecídua situada na margem do Rio Grande, em Bom Sucesso (MG), com base em inventários conduzidos em 1990 e 1997 em três parcelas de 0,18 ha. O objetivo principal foi verificar se variações na dinâmica estariam relacionadas à topografia e aos efeitos de uma inundação catastrófica ocorrida em 1992. Foram obtidas taxas de mortalidade e recrutamento de árvores e taxas de ganho e perda de área basal em dois sítios topográficos: baixo (inundado) e alto (não-inundado). Trajetórias de crescimento médio e acelerado foram obtidas para cada espécie. Registrou-se, para ambos os sítios topográficos, que as taxas de mortalidade superaram as de recrutamento, as taxas de ganho superaram as de perda de aérea basal e as distribuições de tamanho mudaram no período devido ao declínio na proporção de árvores menores. Tais mudanças se relacionaram, possivelmente, ao incremento do suprimento de água subterrânea registrado depois da inundação de 1992, bem como a um processo de sucessão primária que vinha ocorrendo há cerca de 250 anos em uma área de mineração de ouro abandonada. Possíveis efeitos da inundação apareceram na maior proporção de árvores mortas nos sítios inundados e nas taxas de crescimento mais aceleradas nos sítios não-inundados. Espécies de diferentes guildas de regeneração mostraram tendências particulares com respeito às suas mudanças demográficas e padrões de crescimento em diâmetro.; The dynamics of the tree community and 30 tree populations were examined in an area of tropical semideciduous forest located on the margin of the Rio Grande...

Análise estrutural da floresta tropical úmida do município de Alta Floresta, Mato Grosso, Brasil

Malheiros,Antonio Francisco; Higuchi,Niro; Santos,Joaquim dos
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.53%
Este trabalho teve como objetivo estudar a composição e estrutura de um estrato arbóreo da floresta tropical úmida em Alta Floresta - MT, determinando os padrões de semelhança com outras regiões da Amazônia brasileira. O estudo foi realizado em uma área de 2 hectares, dividida em 20 parcelas de 10x 100m, onde foram mensurados a altura e o DAP ≥ 10 cm de todos os indivíduos. Para avaliação do grau de similaridade entre a composição florística e estrutura arbórea de Alta Floresta com as nove regiões pertencentes à Amazônia Legal brasileira, utilizou-se o método de agrupamento hierárquico aglomerativo com ligações pela média dos grupos (UPGMA), por meio do índice de Sorensen (qualitativo). Para a ordenação, foi utilizado o mesmo programa, utilizando a Escalonamento Multidimensional não-métrica (NMS) por meio do índice de Jaccard aplicado à presença e ausência de famílias e gêneros. Para análise de similaridade entre as 10 regiões, comparando a matriz de distâncias físicas entre elas com as matrizes de composição de famílias e gêneros, utilizou-se o programa PATN por meio do Teste de Mantel com o índice de Jaccard. A região apresentou 1101 indivíduos, pertencentes a 32 famílias, 54 gêneros e 68 espécies. A família com maior riqueza de espécie foi Leguminosae. A espécie Helicostilys podogyne e o gênero Cecropia sp. foram as mais importantes no levantamento. A floresta tropical úmida de Alta Floresta não se assemelhou com nenhuma das nove regiões comparadas neste estudo.

Análise de danos de colheita de madeira em floresta tropical úmida sob regime de manejo florestal sustentado na Amazônia ocidental

Pinto,Alberto Carlos Martins; Souza,Agostinho Lopes de; Souza,Amaury Paulo de; Machado,Carlos Cardoso; Minette,Luciano José; Vale,Antonio Bartolomeu do
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.35%
Procurou-se identificar, qualificar e quantificar a intensidade de danos causados pela colheita florestal em uma área com floresta primária explorada (FPE), tendo com testemunha uma área com floresta primária não-explorada (FPNE), com 202 e 204 ha, respectivamente. Na FPNE, foram avaliados os danos decorrentes de causas naturais. As áreas de FPE e de FPNE localizam-se no município de Manicoré, Estado do Amazonas. Realizou-se o inventário utilizando o método de amostragem aleatória, em ambas as áreas. As amostragens foram executadas em dois níveis de inclusão de DAP. No nível I foram instaladas cinco parcelas de 100 x 100 m (1 ha), onde foram inventariadas todas as árvores com DAP > ou = 15 cm. No nível II, as parcelas do nível I foram divididas sistematicamente em subparcelas de 10 x 10 m (100 m²), tendo sido amostradas aleatoriamente cinco subparcelas por parcela do nível I, totalizando 2.500 m², onde foram inventariados todos os indivíduos (varejões) com 5,0 <= DAP < 15 cm. As análises dos danos decorrentes de causas naturais indicaram que na FPNE apenas 10% da vegetação adulta remanescente apresentou danos. Na FPE, os danos causados pelas operações de colheita florestal, incluindo-se o corte e o arraste de toras...

Variabilidade quantitativa de população microbiana associada às condições microclimáticas observadas em solo de floresta tropical úmida

Rodrigues,Hernani José Brazão; Sá,Leonardo Deane de Abreu; Ruivo,Maria de Lourdes Pinheiro; Costa,Antônio Carlos Lôla da; Silva,Rommel Benicio da; Moura,Quêzia Leandro de; Mello,Ivan Fiuza de
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
56.39%
Este estudo é uma proposta de contribuição científica ao entendimento das inter-relações entre densidade de populações de microorganismos de solo, associadas à variabilidade microclimática sazonal em floresta tropical úmida, considerando também estudo de caso de evento extremo. Alguns organismos vivos, especialmente microorganismos de solo, são muito sensíveis às pequenas variações microclimáticas (luminosidade, temperatura, umidade do solo, vento, calor sensível, calor latente, etc. Seguramente estes fatores condicionantes são importantes para o entendimento da distribuição espacial destes seres vivos em ecossistemas naturais, habitados por uma enorme variedade de microorganismos (fungos e bactérias). Estes foram estudados quanto sua distribuição e densidade, utilizando a técnica "Pour Plate" de contagem em placas de "Petri" seguindo a metodologia utilizada por De-Polli e Guerra, descrita por Clark. O estudo foi realizado em duas áreas experimentais, PPBio (área de floresta densa natural) e ESECAFLOR (área de um hectare coberta para simulação de seca prolongada) em Caxiuanã-PA, com medidas contínuas de variáveis microclimáticas térmicas, úmidas e precipitações, além da avaliação de padrões de distribuição espacial e temporal da abundância e riqueza das espécies...

Consequências hidrológicas da mudança de uso da terra de floresta para pastagem na região da floresta tropical pluvial Atlântica

Salemi,Luiz Felippe; Groppo,Juliano Daniel; Trevisan,Rodrigo; Seghesi,Gustavo Bicci; Moraes,Jorge Marcos de; Ferraz,Silvio Fronsini de Barros; Martinelli,Luiz Antonio
Fonte: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas Publicador: Instituto de Pesquisas Ambientais em Bacias Hidrográficas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.55%
A floresta tropical pluvial Atlântica é um dos ecossistemas mais ameaçados do Brasil. A degradação deste grande ecossistema ocorre desde o descobrimento do país. Poucos estudos investigaram a hidrologia de microbacias na região deste bioma. A totalidade dos estudos existentes se restringe a ecossistemas cuja cobertura é de florestas naturais. Nesse contexto, este trabalho elucida as consequências hidrológicas da conversão de floresta em pastagem nos domínios da floresta atlântica ombrófila densa. Para tanto, foram medidos o escoamento superficial, a vazão, a condutividade hidráulica do solo, o potencial matricial da água do solo de uma microbacia coberta por pastagem durante um ano. Os resultados indicam que a conversão de floresta ombrófila densa para pastagem promove a redução da condutividade hidráulica próximo à superfície do solo. Entretanto, como as chuvas predominantes são de baixa intensidade, essa redução na permeabilidade do solo à água não implica necessariamente em um aumento substancial de escoamento superficial. Em relação ao potencial matricial da água do solo, a pastagem apresentou valores sempre maiores que os da floresta durante a estação seca. Esse aumento da umidade do solo sobre o uso de pastagens implica em maior drenagem de água rumo ao lençol freático. Este fato explica os maiores valores do coeficiente de deflúvio. Assim...

Estrutura e composição da comunidade herbácea em um remanescente de Floresta Atlântica submontana, no Agreste de Pernambuco

Viana, Jéssica Lira; Barbosa, Maria Regina de Vasconcellos (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
56.29%
Este estudo teve como objetivo realizar: um inventário florístico das ervas terrestres do estrato herbáceo; a caracterização da estrutura dessa comunidade; a caracterização fitogeográfica das espécies que a compõem e a caracterização ambiental usando as espécies como indicadoras. O trabalho foi realizado em um fragmento de floresta tropical submontana localizada em Pernambuco. Foram utilizadas 50 parcelas de 1x1m, plotadas aleatoriamente. Os parâmetros fitossociológicos calculados foram densidade e frequência, absolutas e relativas. Para estimativas de riqueza e diversidade foi usado o indicador de riqueza específica (S) e o índice de Shannon (H’). Foram identificadas 107 espécies em 75 gêneros e 39 famílias, 25 das 107 espéces foram amostradas fitossociologicamente. Poaceae foi a família de maior riqueza tanto no levantamento florístico quanto no fitossociológico. Outras famílias importantes na florística foram Cyperaceae (11 spp.), Rubiaceae (7 spp.), Plantaginaceae (6 spp.), Fabaceae (6 spp.), Marantaceae (6 spp.), Commelinaceae (5 spp.), Orchidaceae (5 spp.) e Acanthaceae (4 spp.). O estrato herbáceo mostrou-se rico, apresentando uma composição formada em sua maioria por espécies de ampla dispersão...

O método Cross para caracterização das estruturas diamétrica e basimétrica de Floresta Tropical Amazônica

Cruz, Eduardo Coutinho
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.53%
O trabalho apresenta o desenvolvimento do método Cross como alternativo para caracterizar as estruturas diamétrica e basimétrica de floresta tropical amazônica, e para testá-lo segundo opções de manejo no contexto da "floresta balanceada de Meyer". Utilizou-se dados oriundos de parcelas permanentes instaladas na Floresta Nacional do Tapajós, localizada no Município de Belterra, Estado do Pará. Testou-se e comparou-se este método, em escala logarítmica natural, com outros dois procedimentos conhecidos: o proposto por HERING (1994), em escala semi-logarítmica, e o Tradicional, em escala decimal, largamente usado por pesquisadores florestais. A metodologia baseou-se na definição de intervalos de classe diamétrica de forma diferenciada para cada método, e no agrupamento do número de árvores e da área basal nessas respectivas classes. Utilizou-se estatísticas de tendência central, de dispersão e de precisão em termos absoluto e relativo, probabilidade empírica, quociente "q" de De Liocourt, e razão "r", para comparar os três métodos em relação aos dois parâmetros, e selecionar o melhor dentre os três para descrever as estruturas diamétrica e basimétrica da floresta estudada. Ajustou-se a função de distribuição exponencial I de Meyer a cada método. Para comparação dos resultados obtidos...

Um modelo em programação linear para garantia do rendimento sustentado em pequena propriedade na floresta tropical

Muñoz Braz, Evaldo
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.62%
Este trabalho teve a finalidade principal de apresentar um modelo matemático que auxilia no planejamento e distribuição dos talhões em uma pequena propriedade da floresta tropical. Existe a necessidade da garantia de um fluxo constante de madeira com potencial comercial para a viabilidade da pequena propriedade e isto nem sempre é possível devido aos talhões serem pequenos e principalmente a distribuição das espécies de interesse na floresta nativa ser irregular pelos ecossistemas heterogêneos e variedade de tipologias florestais que formam um complexo mosaico. Isto só pode ser feito com a maximização dos produtos madeireiros encontrados na floresta. O modelo matemático resultou em um novo conceito de talhão. O modelo de talhão proposto considera de todas as indicações técnicas que a pesquisa científica já alcançou para um manejo da floresta tropical sustentável, acrescidas de um processo de sub compartimentalização dos talhões para garantia de renda anual constante em pequena propriedade florestal. Baseado no inventário pré-exploratório, os talhões foram subdivididos em compartimentos onde serão consideradas características diferenciais tais como: espécie, volume por espécie, abundância, possibilidade de mercado...

Variabilidade quantitativa de popula??o microbiana associada ?s condi??es microclim?ticas observadas em solo de floresta tropical ?mida

RODRIGUES, Hernani Jos? Braz?o; S?, Leonardo Deane de Abreu; RUIVO, Maria de Lourdes Pinheiro; COSTA, Antonio Carlos L?la da; SILVA, Rommel Benicio Costa da; MOURA, Qu?zia Leandro de; MELO, Ivan Fiuza de
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.49%
Este estudo ? uma proposta de contribui??o cient?fica ao entendimento das inter-rela??es entre densidade de popula??es de microorganismos de solo, associadas ? variabilidade microclim?tica sazonal em floresta tropical ?mida, considerando tamb?m estudo de caso de evento extremo. Alguns organismos vivos, especialmente microorganismos de solo, s?o muito sens?veis ?s pequenas varia??es microclim?ticas (luminosidade, temperatura, umidade do solo, vento, calor sens?vel, calor latente, etc. Seguramente estes fatores condicionantes s?o importantes para o entendimento da distribui??o espacial destes seres vivos em ecossistemas naturais, habitados por uma enorme variedade de microorganismos (fungos e bact?rias). Estes foram estudados quanto sua distribui??o e densidade, utilizando a t?cnica "Pour Plate" de contagem em placas de "Petri" seguindo a metodologia utilizada por De-Polli e Guerra, descrita por Clark. O estudo foi realizado em duas ?reas experimentais, PPBio (?rea de floresta densa natural) e ESECAFLOR (?rea de um hectare coberta para simula??o de seca prolongada) em Caxiuan?-PA, com medidas cont?nuas de vari?veis microclim?ticas t?rmicas, ?midas e precipita??es, al?m da avalia??o de padr?es de distribui??o espacial e temporal da abund?ncia e riqueza das esp?cies...

Fluxos de calor no dossel vegetativo e infiltra??o de ?gua no solo, em floresta tropical

DANTAS, Vanessa de Almeida; SILVA, Vicente de Paulo Rodrigues da; COSTA, Antonio Carlos L?la da; CHAGAS, Glayson Francisco Bezerra das
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.56%
Este estudo analisou as varia??es sazonais e anuais dos fluxos de calor sens?vel e latente, armazenados pelo dossel vegetativo de floresta tropical ?mida, bem como a taxa de infiltra??o de ?gua no solo em duas parcelas experimentais, uma com exclus?o de chuva e outra submetida ?s condi??es reais de precipita??o pluvial. Os dados aqui usados foram obtidos do projeto 'Estudo da Seca da Floresta (ESECAFLOR), subprojeto do Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amaz?nia (LBA), conduzido na reserva florestal de terra firme em Caxiuan?, PA. Os dados de temperatura e umidade relativa do ar foram coletados no perfil da floresta amaz?nica, em intervalos de 8 m, deSde a superf?cie at? 32 m, durante o ano de 2008, em intervalos hor?rios, para se determinar os fluxos de calor sens?vel e latente armazenados nos per?odo chuvoso (fevereiro, mar?o e abril) e menos chuvoso (setembro, outubro e novembro). Os resultados indicaram que o fluxo de calor sens?vel armazenado no dossel da floresta no ano de 2008, foi 167,93 W m-2 e o fluxo de calor latente armazenado foi de 5184,38 W m-2. A taxa de infiltra??o de ?gua do solo na floresta foi reduzida drasticamente nos primeiros minutos do in?cio do experimento, independentemente das condi??es de umidade do solo e...

Mecanismos de controle da varia??o sazonal da transpira??o de uma floresta tropical no Nordeste da Amaz?nia

SOUZA FILHO, Jos? Danilo da Costa; RIBEIRO, Aristides; COSTA, Marcos Heil; COHEN, J?lia Clarinda Paiva
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.42%
No presente trabalho foram estudadas a varia??o sazonal da transpira??o, de uma floresta tropical, e sua depend?ncia com fatores bi?ticos e abi?ticos. Utilizaram-se dados do projeto CARBOPAR?, parte integrante do Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amaz?nia (LBA), coletados na reserva florestal de Caxiuan?, regi?o nordeste da Amaz?nia. A evapotranspira??o total num intervalo de 39 dias para o per?odo chuvoso foi 108,2 mm, com valor m?dio de 2,9 mm dia-1, enquanto, durante o per?odo menos chuvoso, a evapotranspira??o total num intervalo de 29 dias foi 128,8 mm, com m?dia de 4,3 mm dia-1 para o per?odo. Os valores m?ximos da condutividade de superf?cie (Cs), nos dois per?odos, ocorreram ?s 08:00 hl, sendo estes valores de 0,060 m s-1 e 0,045 m s-1 para o per?odo chuvoso e menos chuvoso, respectivamente. A condut?ncia aerodin?mica m?dia (Ca) foi 0,164 m s-1 e 0,210 m s-1, para os per?odos chuvoso e menos chuvoso, respectivamente. Os valores m?ximos da Ca observados para os per?odos chuvoso e menos chuvoso foram, respectivamente, 0,220 e 0,375 m s-1. Verificou-se que Cs guarda uma rela??o exponencial inversa com o d?ficit de vapor de ?gua atmosf?rico...

Dinâmica do sub-bosque e do estado arbóreo de floresta tropical primária fragmentada na Amazônia Oriental1

SALOMÃO,Rafael de Paiva; MATOS,Aires Henriques de; ROSA,Nélson de Araújo
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2002 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
Objetivou-se neste trabalho avaliar a dinâmica florestal, sobretudo da regeneração natural, em um fragmento de floresta tropical primária, entre 1998 c 1999, em Peixe-Boi (PA). Foram demarcadas três parcelas permanentes (1 ha cada) onde todos os indivíduos com DAP ≥ 10 cm foram registrados; os indivíduos com 10cm ≥ DAP ≥ 5cm foram amostrados em 6.000 m2, aqueles entre 5cm ≥ DAP ≥ 2cm em 2.400 m2 e com DAP ≤ 2cm em 240 m2. Foram estimados 143.000 indivíduos, desde plântulas até árvores pertencentes a 337 espécies e 76 famílias. Mimosaceae foi a família de maior riqueza (44 espécies); 14 famílias ocorreram com uma única espécie sendo que metade delas apresentaram também um único indivíduo. Independentemente da classe diamétrica verificou-se o egresso de 56 espécies versus o ingresso de 68, gerando um ganho líquido de 12 espécies. A dinâmica da composição e da abundância da regeneração natural foi muito intensa. Observou-se a saída de uma família face ao ingresso de outras 14, aumentando cm quase 30% o número de espécies. A maior mortalidade foi verificada em Bauhinia cf. rutilans e Mabea aff. speciosa (300 e 21 indivíduos). Rinorea negleta e Leçythis idatimon recrutaram 171 e 89 espécimes. A razão recrutamento/ mortalidade foi...

GPR para a verificação do nível d'água subterrânea em transição floresta amazônica e cerrado

Marcelino,Tânia Helena; Shiraiwa,Shozo; Borges,Welitom Rodrigues; Priante Filho,Nicolau; Raiter,Fernando
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2005 PT
Relevância na Pesquisa
56.44%
Um estudo do monitoramento do nível de água foi realizado com medidas diretas e com Radar de Penetração no Solo (GPR) em uma floresta tropical de transição para o cerrado. Três poços de monitoramento do nível de água foram instalados durante 2001/2002 em três locais diferentes: o primeiro em uma área de floresta permanente, outro em área de floresta manejada e outra em uma área de pasto. Os perfis de GPR mostram que o nível do topo do lençol freático aparece como um refletor horizontal forte em março e em agosto de 2002, e como um refletor fraco durante medidas em maio e outubro de 2001 com descontinuidades devido a diversas lentes de solo laterítico no solo. O topo do lençol de água é facilmente confundido com a presença de tais lentes. A umidade do solo teve uma influência nestes sinais da reflexão, mudando a constante dielétrica do solo. A profundidade do topo do lençol da água variou 1,8 m sob a floresta permanente, 0,9 m sob a floresta manejada e 3,7 m sob o pasto.

Prognose da distribuição diamétrica de uma floresta tropical amazônica pós manejo florestal

Cruz, Loarena Leal
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 75 f. : il., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
46.59%
Orientador : Prof. Dr. Nelson Yoshihiro Nakajima; Co-orientadora : Profª. Drª. Ana Paula Dalla Corte; Co-orientador : Prof. Dr. Roberto Tuyoshi Hosokawa; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 18/03/2014; Inclui referências : f. 64-75; Área de concentração : Manejo florestal; Resumo: O presente estudo tem como objetivo avaliar a acuracidade das projeções da distribuição diamétrica empregando os modelos de Matriz de Transição e de Razão de Movimentação em diferentes intervalos de classe diamétrica. O experimento foi conduzido em 200 ha de uma floresta tropical de terra firme, no campo experimental da EMBRAPA, em Moju, estado do Pará, onde houve exploração seletiva em outubro de 1997. Foram selecionadas 9 clareiras, em torno das quais foram instaladas parcelas amostrais 10mx 50m, da bordadura da clareira para dentro da floresta, nas direções norte, sul, leste e oeste, onde foram medidos todos os indivíduos com DAP ? 5 cm. Os dados foram coletados no período de 1998 a 2010, nas nove clareiras totalizando uma área amostral de 1,8 ha. A análise foi realizada com base nos dados obtidos em 1998 e 2001. A eficiência das projeções foi verificada com base nos valores observados...

Viable sí, pero Protegido para las Generaciones Futuras? Un Estudio sobre el Amplio Mercado del Turismo Basado en las Florestas; Viável mas Protegido para Gerações Futuras? Um estudo sobre o Amplo Mercado de Turismo Baseado em Florestas; Viable yet Protected for Future Generations? An Examination of the Extensive Forest-Based Tourism Market

Prideaux, Bruce; McNamara, Karen Elizabeth; Sakata, Hana
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2012 ENG
Relevância na Pesquisa
46.57%
Este artículo enfoca el turismo en florestas, sobretodo en florestas tropicales y, explora supotencial a la hora de contribuir dentro de la industria turística global. Los objetivos específicos de este estudio fueron: desarrollar un perfil, incluyendo las motivaciones, de losturistas que visitan la Wet Tropics, la floresta tropical de Australia e identificar patrones anteriores de visita de florestas tanto en Australia como en otros destinos globales. Unestudio con 1.408 visitantes llevado a cabo en varios lugares con florestas tropicales Wet Tropics en la región tropical norte de Australia concluyó que más del 37% de la muestra yahabía visitado antes las florestas durante sus vacaciones indicando que el turismo basado enflorestas es un componente esencial en el mercado basado en la naturaleza. Países y lugares con florestas en el sudeste de Asia eran las atracciones más populares en las vacaciones yaque más del 13% de los entrevistados había visitado estos lugares. Este porcentaje se mantuvo similar en países del Pacífico sur, América del norte, América del sur, Américacentral, África, el sur de Asia y China, Caribe y Europa. Mientras que, en general este es unresultado prometedor, el turismo basado en florestas enfrenta un gran número de presiones...

Composiçäo florística e estrutura fitossociológica da floresta tropical ombrófila da encosta Atlântica no município de Morretes, Estado do Paraná

Silva, Fernando Cardoso da
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
56.46%
A presente tese tem como objetivo principal, efetuar levantamonto quantitativo de espécies arbóreas e estabelecer análise da estrutura fitossociológica da floresta tropical ombrófila da encosta Atlântica, desenvolvida no período do novembro de 1983 a fevereiro do 1985. A área estudada localiza-se no Município de Morretes, Estado do Paraná, ao Parque Estadual do Marumbi e apresenta as seguintes coordenadas: 25°30’s o 48°38’w de Gr.; clima do tipo Cfa, de acordo corn a classificacão climdtica de Koeppen e corn altitude de 485 m. Foi aplicado o método de “quadrantes de levantamento”, segundo Cottam & Curtis (1956), em árvores corn circunferência no mínimo de 15 cm, sendo alocados 80 pontos de amostragem com distância de 10 rn entre si, compreendendo 70 táxons, 55 gêneros e 31 famílias. Para análise da estrutura da vegetacão, considerou-se os parâmetros de densidade, freqüência, dominância e o índice de valor de importância. Revelando que as famílias mais importantes são as seguintes: Myrtaceae, Rubiaceae, Moraceae, Euphorbiaceae, Meliaceae e Nyctaginaceae. Quanto a densidade e freqüência apresentam-se corn destaque as seguintes espécies. Guapira opposta, Mollinedia sp (2,), Hieronyma alchornneoides...

Economic profitability of low impact management in Tropical forests: a case study; RENTABILIDADE ECONÔMICA DO MANEJO DE BAIXO IMPACTO EM FLORESTAS TROPICAIS: UM ESTUDO DE CASO

Timofeiczyk Júnior, Romano; UFPR; Silva, Versides Sebastião M. da; UFMT; Berger, Ricardo; UFPR; Sousa, Roberto Antonio Ticle de Melo e; UFMT
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 23/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.44%
This paper had as objective to analyze economic viability of the management of low impact on tropical forests in different scenarios of investment in land and productivity of the forest. Data were obtained from a farm located in the municipality of Marcelândia, State of Mato Grosso, which harvests a tropical forest via RIL as a proxy to a sustainable forest management system and sells timber for wooden industries established in its region. The results showed that the land presents great importance in the profitability of management. Considering this investment, the Internal Rate of Return (IRR) ranged from 0,97% to 3,77%, well below the values of rate of Minimum to (MRI) of 12% per year. The Net Present Value (NPV) was very sensitive to the value of the land, ranging from R$ 10.993.508 to - R$ 43.139.242. The exclusion of the value of the land of the investment promoted a significant improvement in the IRR and NPV, demonstrating the impact that this feature is in the analysis of management project. When disregard the investment in land, the values of TIR ranged from 12,68% to 26,23% and the NPV ranged from R$ 210.240 to R$ 4.274.460.; Este estudo teve o objetivo de analisar a rentabilidade econômica do manejo de baixo impacto nas florestas tropicais em cenários distintos de investimento em terra e de produtividade da floresta. Os dados foram obtidos em uma fazenda situada no município de Marcelândia...

Costs of land opportunity for low impact manegement in the tropical forest – a case study; CUSTO DE OPORTUNIDADE DA TERRA NO MANEJO DE BAIXO IMPACTO EM FLORESTAS TROPICAIS – UM ESTUDO DE CASO

Timofeiczyk Jr, Romano; UFPR; Berger, Ricardo; UFPR; Sousa, Roberto Antonio Ticle de Melo e; UFMT; Silva, Versides Sebastião de Moraes e; UFMT
Fonte: FUPEF DO PARANÁ Publicador: FUPEF DO PARANÁ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
56.31%
This work had the objective of analyzing the influence of the land opportunity costs in the cost of low impact management in the tropical forest in two production cycles. The data utilized came from a company that explores a forest land localized in the Marcelândia city, state of Mato Grosso, and commercializes the logs with the industries of the region. The results showed the increasing of the variables costs of R$ 39,56/m3 to R$ 43,09/m3 a long the first cycle in function of the silvicultures treatments, with the same fixed costs in R$ 22,62/m3. In the second cycle it was observed a reduction in the total cost due to the increasing of productivity to 15 m³/ha, and the elimination of pre-harvesting and harvesting operations, with the average variable cost changing to R$ 30.69 and the average fixed cost to R$ 18,10/m3. Taking into account the value of land opportunity costs, the average fixed cost was respectively the greatest share in the total costs, that is R$ 45.99/m3 and R$ 34.37/m3 in the first and second cycles.; Este estudo teve o objetivo de analisar a influência do custo de oportunidade da terra na estrutura de custos do manejo de baixo impacto em florestas tropicais em dois ciclos de produção. Os dados foram obtidos em uma fazenda situada no município de Marcelândia...