Página 1 dos resultados de 1858 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Um novo olhar sobre os riscos? O exemplo das cheias rápidas (flash floods) em domínio mediterrâneo

Rebelo, Fernando
Fonte: RISCOS - Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança Publicador: RISCOS - Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.88%
A análise de um risco clássico no domínio mediterrâneo, o risco de cheias rápidas, bem conhecido na região de Lisboa, conduz a uma reflexão sobre a importância das acções humanas como factor agravante dos processos potencialmente perigosos e ao mesmo tempo como responsáveis pelas vulnerabilidades. Um novo olhar sobre os riscos vai por isso no sentido do respeito pela legislação existente relacionada com ordenamento do território, bem como na preparação dos agentes de protecção civil para a percepção do perigo e para a gestão da crise; The analysis of one of the most classic risks in the Mediterranean climatic area, flash floods, well known in Lisbon region, is the reason to the present reflection about man made acceleration of hazards and, at the same time, about man responsibility in vulnerabilities. A new look on risks is going to the respect of the planning legislation as well as to the preparation of civil protection agents in the perception of danger and the management of the crisis

O combate às enchentes no município de Santo André/SP: caracterização socioambiental do problema e subsídios dos afetados ao planejamento das ações de Defesa Civil; The fight against floods in Santo André/SP: the affected people's subsidies to civil defence actions plan

Neves, Rafael Antonio Teixeira das
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
Trata-se de uma análise sócio-ambiental do fenômeno de enchentes, recorrente no município de Santo André/SP, permitindo identificar, de um lado, um esforço contínuo do poder público para combater esse fator de ameaça relacionado às chuvas. E, de outro, a persistência da vulnerabilidade espacial de populações de baixa renda na localidade, em especial, em áreas marginais. A dissertação levanta problemas que estão na área do gerenciamento do desastre de enchentes, descreve os processos sociais e urbanos, demonstra as vulnerabilidades e as ações tomadas para minimizálas, verificar quais são as perspectivas futuras para as vulnerabilidades e qual é o discurso coletivo das representações sociais dos afetados para as questões do risco, dos danos imateriais, o entendimento da política aplicada para as áreas de enchente, buscando a dimensão do desastre nas percepções dos atingidos pelas enchentes e inundações. Apresenta-se, daí, uma compreensão sociológica baseada no Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) do relato padrão dos afetados na convivência com as enchentes. A pesquisa qualitativa, realizada através de entrevista, identifica um discurso coletivo de sofrimento que, ao lado das perdas materiais, revelam a ausência de cidadania para levar adiante alternativas para a segurança do lugar frente às enchentes. A dissertação visa destacar seu valor informativo para balizar as ações de gerenciamento de risco através das ações integradas de prevenção...

Previsão de chuva com auxílio de radar de tempo visando a um sistema de alerta antecipado de cheias em áreas urbanas; Precipitation forecast aided by weather radar for early warning system of urban floods

Gonçalves, Micheli Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.88%
Para reduzir as perdas humanas e materiais durante as inundações, é possível realizar estudo conciso da previsão de chuva, etapa principal de um sistema de alerta antecipado de inundação. O uso de informações de radar de tempo, quando acopladas a modelos de previsão de precipitação baseados fisicamente, pode contribuir para o monitoramento e previsão de episódios de chuva intensa. Desta forma, a previsão de chuva, baseada no uso de informações de radar, juntamente com um modelo conceitual de previsão hidrometeorológica, foi descrita neste trabalho. Teve-se por objetivo aperfeiçoar as previsões de chuva de curtíssimo prazo (poucos minutos), que acopladas a um modelo chuva-vazão, podem ser usadas em sistemas de alerta antecipado. O modelo hidrometeorológico adotado, que considera uma nuvem hipotética unidimensional vertical, foi inicialmente desenvolvido por Georgakakos e Bras (1984a) e ampliado, neste trabalho. Para tal, adotou-se o uso das informações de Topo dos Ecos para determinação da altura das nuvens e considerou-se que a componente do modelo relativa à massa de água líquida no interior da nuvem corresponde à estimativa do conteúdo de água líquida integrado verticalmente (VIL) efetuada por radar. Para eventos de natureza frontal quente e convectiva...

Estudo das inundações em cenários alternativos de uso e ocupação do solo na bacia hidrográfica do Córrego do Mineirinho em São Carlos, SP; Study of floods under alternative scenarios for the land use and occupation in the watershed of the stream Mineirinho, in Sao Carlos, SP

Pontremolez, Nataska Schincariol
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.19%
No Brasil, o processo de urbanização iniciado na década de 1950 ocorreu sem o planejamento adequado, e resultou em impactos sobre os sistemas de drenagem das bacias hidrográficas. Essas alterações no escoamento, associadas à ocupação humana das áreas de várzea, resultam em inundações com enormes prejuízos materiais e não materiais. Na falta de uma visão mais global dos processos que ocorrem na bacia, muitas vezes os problemas de enchentes urbanas são combatidos com obras que visam expulsar a água o mais rápido possível. Tais soluções acabam por transferir o problema para regiões à jusante da bacia, além de estimular a ampliação da ocupação das planícies de inundação dos cursos de água. Em 1945, em sua tese de doutorado, o pesquisador Gilbert F. White analisou os prejuízos materiais e não materiais causados por inundações nos Estados Unidos e concluiu que, sempre que possível, a ocupação humana deve se adaptar às enchentes. A partir desse princípio, foi criado em 1969 o Urban Drainage and Flood Control District (UDFCD), com o objetivo de ajudar governos locais da região metropolitana de Denver, nos EUA, na redução do risco de inundações. O presente trabalho teve como objetivo principal o estudo das inundações geradas por precipitações de diferentes tempos de retorno em cenários alternativos de ocupação da bacia hidrográfica do Córrego do Mineirinho. Um dos cenários estudados foi desenvolvido à luz dos princípios e diretrizes do UDFCD para o controle de inundações. A modelação hidráulico-hidrológica foi utilizada para construir hidrogramas de cheia e manchas de inundação para a bacia...

Geração de modelo cartográfico aplicado ao mapeamento das áreas sujeitas às inundações urbanas na cidade de Lajeado/RS; Generation of a cartographic model for the mapping of urban areas reached by floods in Lajeado/RS

Eckhardt, Rafael Rodrigo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.12%
A previsão, o mapeamento, o alerta e o diagnóstico de eventos extremos, como as inundações, são imprescindíveis, principalmente em áreas urbanas, devido à quantidade de vidas, saneamento, bens materiais e infra-estruturas envolvidas no processo. A cidade de Lajeado, localizada no nordeste do RS, historicamente e de forma periódica, é atingida por inundações decorrentes das enchentes do Rio Taquari. A presente dissertação objetiva desenvolver um modelo cartográfico para proceder à previsão e ao mapeamento da área urbana inundável da cidade de Lajeado. A utilização conjunta das geotecnologias e as técnicas de representação e análise espacial mostraram-se promissoras na previsão e fidedignas na simulação, mapeamento e caracterização do uso do solo das áreas sujeitas às inundações. O conhecimento antecipado da cota topográfica a ser atingida por determinada inundação, a respectiva área inundável e o padrão de ocupação do solo contribuem para estabelecer um eficiente plano de evacuação e antecipar a ação da Defesa Civil na remoção e realocação da população atingida.; Predicting, mapping, warning, and diagnosing significant climate events, such as floods, is crucially relevant due to the number of lives...

Inundações em Campinas (SP) entre 1958 e 2007 : tendências sócioespaciais e as ações do poder público; Floods in Campinas (SP) between 1958 and 2007 : socio-spatial trends and actions of the governament

Marina Sória Castellano
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.88%
Totalizando um terço de todos os desastres naturais mundiais (SMITH, 2004), as inundações são eventos naturais, podendo ter suas consequências agravadas por ações antrópicas, como a urbanização, falta de planejamento urbano e ocupações de áreas de risco. Essa é a realidade de grande parte dos centros urbanos do Brasil, onde se inclui a cidade de Campinas (SP). A pesquisa teve como objetivo analisar, para esse município, os impactos relacionados às chuvas extremas entre 1958 e 2007, avaliando o padrão sócioespacial nas suas distribuições. Foram utilizados quatro postos pluviométricos para o levantamento dos episódios extremos, identificados de acordo com a técnica dos quantis. A partir da delimitação desses dias, os impactos associados às chuvas foram levantados nos jornais Correio Popular, Diário do Povo (jornais locais), O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e na Defesa Civil do município. As informações foram analisadas de acordo com 5 décadas e percebeu-se um aumento considerável na quantidade de impactos registrados: foram 129 na primeira década e 3837 na última. A análise dos dados também permitiu perceber que os bairros de baixa e média renda são maioria em grande parte dos registros. Dos 34 tipos de impactos registrados...

Nature, Socioeconomics and Adaptation to Natural Disasters : New Evidence from Floods

Ferreira, Susana; Hamilton, Kirk; Vincent, Jeffrey R.
Fonte: Banco Mundial Publicador: Banco Mundial
Relevância na Pesquisa
37.19%
The authors analyze the determinants of fatalities in 2,194 large flood events in 108 countries between 1985 and 2008. Given that socioeconomic factors can affect mortality right in the aftermath of a flood, but also indirectly by influencing flood frequency and magnitude, they distinguish between direct and indirect effects of development on flood mortality. The authors find that income is negatively associated with the frequency of floods and, conditional on their magnitude, the fatalities they cause in developing countries. However, for developed countries they find that increased income is associated with more fatalities, both directly (conditional on flood occurrence and magnitude) and indirectly through an increase in the frequency and magnitude of flood events. Also in contrast to the literature, they find that the effect of governance on flood frequency and fatalities in developing countries is U-shaped, with improvements in governance reducing the numbers of floods and deaths when governance is weaker but raising them when governance is stronger.

Pakistan Cyclone and Floods 2007 : Preliminary Damage and Needs Assessment, Balochistan and Sindh

Asian Development Bank; World Bank
Fonte: World Bank, Islamabad Publicador: World Bank, Islamabad
EN_US
Relevância na Pesquisa
36.88%
The exercise was to conduct a preliminary assessment of the damage caused by the cyclone and floods, in close coordination with the government, development partners, civil society, and other stakeholders active in the affected area,. The damage and needs assessment (DNA) also estimates the related economic implications and indirect losses incurred due to wide scale flood damages in Sindh and Balochistan, and the associated early recovery and reconstruction costs, based on certain guiding principles and strategies for the short and medium to long-term reconstruction and recovery phases. The assessment reviewed the capacity of the various sector institutions to undertake the reconstruction activity and has made recommendations for capacity improvement accordingly. It also provides basic information on the size and length of the early recovery plan required for each sector for the best possible integration of the relief, early recovery and reconstruction phases. three years. If the different steps of reconstruction get delayed...

2011 Pakistan floods : preliminary damage and needs assessment

Asian Development Bank; World Bank
Fonte: Washington, DC Publicador: Washington, DC
EN_US
Relevância na Pesquisa
37.12%
Pakistan experienced severe flooding after torrential monsoon rains hit southern Sindh and the adjoining areas of Punjab and north-eastern Balochistan in August 2011. Flash floods triggered by the monsoon rain caused severe damage to infrastructure in the affected areas. Entire villages and urban centers have been flooded, homes have been destroyed, and over a million acres of crops and agricultural lands have been damaged. A Damage and Needs Assessment (DNA) has been commissioned in the wake of the floods. The DNA assesses the extent of the damage and the needs for rehabilitation and reconstruction of the damaged assets and infrastructure, and restoration of livelihoods and economic productivity. It provides the strategic underpinnings for medium- to long-term post-floods reconstruction, recovery planning, prioritization, and programming. This report quantifies physical damage and presents sector level recovery and reconstruction strategies. Taking into account the extent of the damage and the proposed strategies...

Community-based autonomous adaptation and vulnerability to extreme floods in Bangladesh: processes, assessment and failure effects.

Younus, Md Aboul Fazal
Fonte: Universidade de Adelaide Publicador: Universidade de Adelaide
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010
Relevância na Pesquisa
37.19%
The Intergovernmental Panel on Climate Change’s (IPCC) Fourth Assessment Report (2007), especially Chapter 17: Assessment of Adaptation Practices, Options, Constraints and Capacity demonstrates the importance of adaptation to climate change. The IPCC (2007) warned that the megadelta basins in South Asia, such as the Ganges Brahmaputra Meghna (GBM) will be at greatest risk due to increased flooding, and that the region’s poverty would reduce its adaptation capacity. A key issue in assessing vulnerability and adaptation (V & A) in response to extreme flood events (EFEs) in the GBM river basin is the concept of autonomous adaptation. This thesis investigates autonomous adaptation using a multi-method technique which includes two participatory rapid appraisals (PRA), a questionnaire survey of 140 participant analyses over 14 mauzas in the case study area, group and in-depth discussions and a literature review. The study has four key approaches. First, it reviews the flood literature for Bangladesh from 1980 to 2009 and identifies a general description of flood hazard characteristics, history and research trends, causes of floods, and types of floods. Second, it examines farmers’ crop adaptation processes in a case study area at Islampur...

Vulnerabilidade Social e ocorrência de doenças gastrointestinais associadas com inundações no Município de São Paulo; Social vulnerability and the occurrence of gastrointestinal diseases associated with floods in São Paulo, Brasil

Benitez, Doris Jimena Roncancio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.12%
As inundações podem ter um grande impacto na saúde das populações. Doenças produzidas pela exposição direta ou indireta às águas, podem resultar em surtos de doenças gastrointestinais, infecções respiratórias, leptospirose entre outras. Já que os cenários de mudança climática predizem o aumento na frequência e severidade das inundações devido ao aquecimento global, é necessário ter claridade nos impactos gerados sobre a saúde humana como reflexo dos efeitos combinados das mudanças climáticas sobre os ecossistemas, o sistema econômico e o sistema social. A pesquisa visa analisar a vulnerabilidade da população do município de São Paulo às doenças infecciosas relacionadas com inundações. O processo tem como fio condutor o modelo de avaliação da vulnerabilidade conhecido como modelo de vulnerabilidade expandida. Dez variáveis consideradas como representativas para o município de São Paulo, foram escolhidas para a análise da vulnerabilidade social, correlacionadas e analisadas dentro da unidade espacial bacia hidrográfica para o ano 2010, mediante a análise de componentes principais. Bases de dados de precipitação da Rede Telemétrica de Pluviômetros de Superfície do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAAE)...

Importancia de las abstracciones iniciales para la génesis de avenidas en cuencas de montaña; Importance of "initial abstraction" in the fenesis of flash floods in montainous basins.

Aroca Jiménez, Estefanía Carmen
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Dissertação de Mestrado
SPA
Relevância na Pesquisa
37.19%
RESUMEN: Las avenidas súbitas (flash floods en terminología anglosajona) constituyen uno de los procesos naturales con mayor capacidad de generar riesgo, especialmente en lo que a la afección a la sociedad se refiere. La complejidad de este proceso y su dependencia de diferentes factores relacionados con las características de la cuenca y de la lluvia desencadenante hacen que las avenidas súbitas sean de difícil caracterización. Para ello, resulta imprescindible un adecuado análisis de las abstracciones iniciales (entendiendo por tales aquellos procesos que determinan que una fracción de la lluvia total no contribuya a la escorrentía superficial por: infiltrarse; evapotranspirarse; ser interceptada por la vegetación; quedar almacenada en depresiones de la superficie topográfica). De entre todos estos procesos, cabe destacar el papel de la infiltración a la hora de explicar la ocurrencia de avenidas en cuencas de montaña. Para su caracterización se utilizará el modelo de Green Ampt, el cual depende de las características de la lluvia y de las propiedades físicas del suelo. La aptitud de este método se contrastará calibrando y validando un modelo hidrológico, en el que la generación del hidrograma de escorrentía se simulará utilizando el hidrograma unitario del SCS...

Análise socioambiental e econômica de inundações: vulnerabilidade humana e natural; Environmental and economic analysis of floods: human vulnerability and natural

Silva, Keila Camila da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
O intenso crescimento urbano vem agravando diversos problemas socioambientais e econômicos nas cidades. Nesse cenário, inundações urbanas são crescentes em muitas cidades brasileiras, causando diversos problemas. Embora as enchentes sejam consideradas fenômenos cíclicos e naturais, podem ser potencializadas pela ação humana. Visando o reconhecimento dos condicionantes destes eventos, a metodologia utilizada foi integrada, englobando fatores naturais, sociais e antrópicos. Foram pesquisados os eventos de inundações na bacia hidrográfica do Rio Jaú, as características humanas que influenciam, bem como a identificação das áreas de risco, visando contribuir social e ambientalmente para a minimização desses danos no município de Jaú-SP. No intuito de contribuir com a população que se encontra nas áreas de risco, foi realizado um estudo de campo, através da utilização de entrevistas, compatível com a realidade do município. O estudo documental, através do histórico de inundações na área urbana nos últimos dez anos, relacionou o processo de urbanização e a incidência de inundações. Entrelaçado a esses dados, identificou-se os bairros de ocorrência de inundação. A pesquisa demonstrou que existem 39 bairros suscetíveis a eventos de enxurradas e inundações. Já a inundação do ano de 2011...

Inundações no municipio de Santa Barbara d´Oeste, SP : condicionantes e impactos; Floods in Santa Barbara d´Oeste, SP municipality : causes and impacts

Daniel Henrique Candido
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
As estratégias preventivas envolvendo preparação, alerta e recuperação aos hazards meteorológicos, como o caso das inundações, são essenciais para o atendimento correto a população em risco. No entanto, para serem realmente efetivos, esses planos devem ser elaborados com base no conhecimento dos atributos físicos e socioeconômicos da área em questão e serem também avaliados por meio de uma perspectiva histórica. Nesse sentido, este estudo foi elaborado com base em dados obtidos através de pesquisas em jornais pretéritos, dados meteorológicos e geomorfológicos. O trabalho, foi realizado mediante uso de técnicas de geoprocessamento e análises teóricas dos aspectos existentes no município de Santa Bárbara d?Oeste, localizado no interior do estado de São Paulo, podendo assim contribuir com a concepção de planos preventivos para a cidade. Como um número cada vez maior de pessoas habitam essas áreas, os impactos das inundações acabam se intensificando de modo considerável. O registro de eventos de inundação nessa área está intrinsecamente ligado aos seus aspectos físicos, como características da precipitação (concentração no período de verão, com intensos e constantes eventos convectivos), geomorfologia e padrões de ocupação do território...

The last millennium largest floods in the hyperarid Kuiseb River basin, Namib Desert

Grodek T.; Benito G.; Botero B.A.; Jacoby Y.; Porat N.; Haviv I.; Cloete G.; Enzel Y.
Fonte: Universidade de Medellín Publicador: Universidade de Medellín
Tipo: Article; info:eu-repo/semantics/article
ENG
Relevância na Pesquisa
37.24%
The largest Kuiseb River floods initiate at the basin's semi-arid headwater. Downstream, along the hyperarid Namib Desert, these floodwaters are feeding shallow alluvial aquifers, the only available water for human activity and for the natural ecology. Here, we characterize the largest floods and their changing frequency and magnitudes using palaeohydrological methods. Along 120km of the rivers canyon 35 palaeoflood deposit sites were identified. At five of these sites we conducted stratigraphic and geochronological analyses and flood discharge estimations. The upper bound of the largest flood over the late Holocene is ∼1475 m3 s-1. Over the last 1300 years more than ten floods have exceeded 1250 m3 s-1. An additional 33 floods exceeded 400 m3 s-1. The last millennium was characterized by one large flood every 30-40 years during the periods 1250-1335, 1355-1565 and 1715 AD to the present. A slight increase in flood frequency (not magnitude) occurred during 1565-1715 AD (one large flood in ∼20 years) and during two short episodes, 1185-1205 and 1335-1355 AD (seven and four floods in 20 years, respectively). These episodes of increased flood frequency are associated with other proxy records of higher water availability in the Namib. © 2013 John Wiley & Sons...

The catastrophic floods of AD 1617 in Catalonia (northeast Spain) and their climatic context; La crue catastrophique de 1617 en Catalogne (nord-est de l'Espagne) et son contexte climatique

Thorndycraft, V. R.; Barriendos, M.; Benito, Gerardo; Rico, María Teresa; Casas Planes, M. A.
Fonte: Blackwell Publishing Publicador: Blackwell Publishing
Tipo: Artículo Formato: 5160 bytes; image/gif
ENG
Relevância na Pesquisa
37.19%
[EN] This paper presents a reconstruction of the catastrophic floods of AD 1617 in Catalonia (northeast Spain). Compilation of archival data sources shows that heavy rainfall occurred from 2 to 6 November 1617 and that the resultant flooding caused severe damage throughout the region, including the destruction of at least 389 houses, 22 bridges and 17 water mills. Discharges of 2700–4500 m3 s−1 and ≤2000 m3 s−1 were estimated from dated palaeostage indicators for the Ter and Segre rivers, respectively, whilst 4680 m3 s−1 was calculated for the Llobregat River flood in a previous study (Thorndycraft et al., 2005). The magnitude of the 1617 floods of the Llobregat and Ter rivers exceeded the largest events of the instrumental data series (2300 and 2350 m3 s−1, respectively). The 1617 floods are also compared to the longer-term palaeoflood record, which shows that the largest floods in the region were associated with colder phases of climatic variability.; [FR] Cet article présente une analyse de la crue catastrophique de 1617 en Catalogne (nord-est de l'Espagne). Les sources documentaires montrent que de fortes intensités de pluie ont eu lieu du 2 au 6 novembre 1617 et ont provoqué de graves dommages dans toute la région...

Number and size of last-glacial Missoula floods in the Columbia River valley between the Pasco Basin, Washington, and Portland, Oregon

Benito, Gerardo; O'Connor, Jim E.
Fonte: Geological Society of America Publicador: Geological Society of America
Tipo: Artículo Formato: 579917 bytes; image/jpeg
ENG
Relevância na Pesquisa
37.29%
Field evidence and radiocarbon age dating, combined with hydraulic flow modeling, provide new information on the magnitude, frequency, and chronology of late Pleistocene Missoula floods in the Columbia River valley between the Pasco Basin, Washington, and Portland, Oregon. More than 25 floods had discharges of >1.0 x 106 m3/s. At least 15 floods had discharges of >3.0 x 106 m3/s. At least six or seven had peak discharges of >6.5 x 106 m3/s, and at least one flood had a peak discharge of 10 x 106 m3/s, a value consistent with earlier results from near Wallula Gap, but better defined because of the strong hydraulic controls imposed by critical flow at constrictions near Crown and Mitchell Points in the Columbia River Gorge. Stratigraphy and geomorphic position, combined with 25 radiocarbon ages and the widespread occurrence of the ca. 13 ka (radiocarbon years) Mount St. Helens set-S tephra, show that most if not all the Missoula flood deposits exposed in the study area were emplaced after 19 ka (radiocarbon years), and many were emplaced after 15 ka. More than 13 floods perhaps postdate ca. 13 ka, including at least two with discharges of >6 x 106 m3/s. From discharge and stratigraphic relationships upstream, we hypothesize that the largest flood in the study reach resulted from a Missoula flood that predated blockage of the Columbia River valley by the Cordilleran ice sheet. Multiple later floods...

1999 Floods in Veracruz and the Paradigm of Vulnerability

Aguirre, Benigno E.; Macias, Jesus M.
Fonte: Disaster Research Center Publicador: Disaster Research Center
Tipo: Outros Formato: 93038 bytes; application/pdf
EN
Relevância na Pesquisa
37.02%
This study examines the distribution of warnings and of services to victims of the 1999 floods in Veracruz, Mexico and offers a criticism of vulnerability as the dominant paradigm guiding national and international disaster-related programs. It has sections on the vulnerability paradigm, the 1999 flood, and the methods used in the analysis. The information comes from a survey of 385 head of households flood victims residing in three cities in the north of Veracruz, Poza Rica, Gutierrez Zamora, and Tecolutla. The results indicate that government services to the population threatened by the floods were almost nonexistent. Radio programming and personal relations with friends, neighbors, and kin, were the most important sources of warnings about the hazard. The respondents’ integration in their communities and the social organizations of these communities were key determinants of their receipt of warnings and assistance such as vertical evacuation sheltering. Authorities should place much greater emphasis than they do now on facilitating the use of vertical evacuation and the service of radio stations providing information to communities at risk of extreme weather events, improving their weather and disaster-preparedness programming and making radios available to people in areas at risk of severe weather and other hazards. Disaster preparedness and mitigation need to be made part of their efforts in community development...

Disaster Risk, Climate Change, and Poverty; Assessing the Global Exposure of Poor People to Floods and Droughts

Winsemius, Hessel C.; Jongman, Brenden; Veldkamp, Ted I.E.; Hallegatte, Stephane; Bangalore, Mook; Ward, Philip J.
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Working Paper; Publications & Research :: Policy Research Working Paper; Publications & Research
ENGLISH; EN_US
Relevância na Pesquisa
37.29%
People living in poverty are particularly vulnerable to shocks, including those caused by natural disasters such as floods and droughts. Previous studies in local contexts have shown that poor people are also often overrepresented in hazard-prone areas. However, systematic evidence across countries demonstrating this finding is lacking. This paper analyzes at the country level whether poor people are disproportionally exposed to floods and droughts, and how this exposure may change in a future climate. To this end, household survey data with spatial identifiers from 52 countries are combined with present-day and future flood and drought hazard maps. The paper defines and calculates a “poverty exposure bias” and finds support that poor people are often overexposed to droughts and urban floods. For floods, no such signal is found for rural households, suggesting that different mechanisms—such as land scarcity—are more important drivers in urban areas. The poverty exposure bias does not change significantly under future climate scenarios...

The Exposure, Vulnerability, and Ability to Respond of Poor Households to Recurrent Floods in Mumbai

Patankar, Archana
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
Tipo: Working Paper; Publications & Research :: Policy Research Working Paper; Publications & Research
ENGLISH; EN_US
Relevância na Pesquisa
37.19%
This paper examines poor households in the city of Mumbai and their exposure, vulnerability, and ability to respond to recurrent floods. The paper discusses policy implications for future adaptive capacity, resilience, and poverty alleviation. The study focuses particularly on the poor households, which tend to have greater exposure and vulnerability to floods and limited ability to respond given the constraints on physical and financial resources. The study seeks to understand the implications of the fact that poor households are more likely than non-poor households to be located in flood-prone areas. The study used the land use maps for the selected flood-prone areas to determine the extent and spread of poor and non-poor households and other types of assets and activities in areas with chronic and localized flooding. Primary data were obtained through detailed household surveys to understand the vulnerability and impacts of the extreme floods of July 2005, recurrent floods and the ability of households to respond and cope. The study examined the option of relocation to flood-free areas and identified factors that influence families’ decisions regarding relocation. The study finds that a significantly large proportion of poor households are located near areas with chronic and localized flooding. These households are either below the poverty line or have low incomes and reside in informal settlements or old and dilapidated structures. Future climate risks are likely to put greater burden on the poor and push them further into poverty unless well directed efforts are made to protect them.