Página 1 dos resultados de 26 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Narrativas sobre a metrópole centenária: Simmel, Hessel e Seabrook

Fortuna, Carlos
Fonte: Observatório das Metrópoles Publicador: Observatório das Metrópoles
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
27.84%
Georg Simmel’s The Metropolis and Mental Life is treated as a seminal study of urban sociology and of the analysis of human behavior in metropolitan contexts. A relationship between the blasé attitude and the appearance of the flâneur is established. The latter is seen through Franz Hessel’s writings, in the late 1920s, which present a somewhat romantic view of the pre World War II in Europe. The article ends up by questioning whether flânerie still exists in today’s global South megacities. The author makes use of J. Seabrook’s recent writings to show the deep transformation Simmel’s metropolis went through in the past hundred years. If we can still talk of flânerie, it has certainly undergone a very radical change in nature which leads to an epistemic revision of the canon in urban sociology.

Cidade - dispositivo de olhar: elementos para uma teoria benjaminiana da percepção; City - looking device: evidence for a Benjamin's theory of perception

Salles, Vanessa Madrona Moreira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
28.05%
Este trabalho propõe-se à reorganização e releitura de textos benjaminianos que se referem direta ou indiretamente à questão da percepção. Objetiva levar à maturação e sistematização de elementos para uma teoria da percepção benjaminiana que se encontra dispersa em alguns de seus diversos estudos. Aborda o conceito de percepção colocando-o em situação constelacional com outros conceitos como Estética, comentário, critica, percepção ótica, percepção tátil. Discute sobre o conceito de percepção em alguns momentos da tradição filosófica. Reflete sobre os regimes escópicos da modernidade. E discute sobre a compreensão benjaminiana da percepção como leitura. Aborda uma questão fundamental no pensamento benjaminiano sobre os meios audiovisuais que é o conceito de aura. Intenta situar os termos da discussão controversa sobre o declínio da aura e discorre sobre a forma de percepção que predominaria na recepção cinematográfica: a percepção de choque. Avalia a legibilidade da cidade, através de uma reflexão sobre a flânerie e a visão surrealista, entendidas como práticas sociais inspiradoras da original reflexão de Benjamin sobre a percepção.; The present thesis aims to show the result of Walter Benjamins theory of perception texts organization edited in several publishing. Thus...

Colhendo com o corpo: ou o sujeito como 'corpo-crítico' nas práticas artísticas de intervenções urbanas; Colhendo com o corpo: ou o sujeito como 'corpo-crítico' nas práticas artísticas de intervenções urbanas

Freitas, Marcos Paulo Martins de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
17.48%
A partir de um olhar e de uma escuta direcionadas à cidade, objetivou-se a experiência do corpo no espaço urbano por meio do caminhar como ação poética capaz de suscitar um corpo-crítico que percebesse na paisagem e na arquitetura dos mobiliários urbanos instalados os ideais de cerceamento que fomentam os desequilíbrios sociais e a segregação urbana. A metodologia utilizada inspirou-se na flanerie na cidade, com um mapeamento do uso de espaços públicos, seguido de levantamento das arquiteturas dos mobiliários urbanos, para que as mesmas fossem Re-projetadas, além da coleta feita da paisagem sonora do lugar. Buscou-se assim revelar as segregações, brechas e vazios produzidos por uma anti-arquitetura que cauteriza a experiência sensorial de imersão do corpo na cidade quando estas revelam, na escala fílmica aqui proposta, a solidão e angústia, frutos da leitura de uma cidade fragmentada pelo desenho urbano de onde os vazios, as ausências e o caos engolfam a vida, anulando a experiência do corpo na cidade.; From a direct observation and an attentive listening to the city, this research emphasizes the experience of the body in the urban space taking the act of walking as poetical action as a means to excite a critical-body that could perceive in the landscape and in the architecture of the urban furniture installed the method of clipping ideals that foment social unbalance and urban segregation. The methodology used was inspired in flanerie in the city...

Juventude e paixão pelo real : problematização sobre experiência e transmissão no laço social atual

Gurski, Rose
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
17.48%
Esta tese trata de modos “violentos” de representação no social vividos por jovens de classe média e alta. A partir de um grupo de notícias de jornais e revistas em circulação no Brasil (1997-2007), que associavam tais jovens a episódios de violência, bem como de produções cinematográficas, cujos temas abordavam essas tensões, formulamos as seguintes interrogações: quais seriam os vetores de episódios violentos protagonizados por jovens que não padecem de privações sociais extremas? O que a brutalidade dos atos praticados poderia retratar acerca de suas referências simbólicas? Que condições sociais do tempo atual contribuem para a emergência de condutas como essas? Por que o privilégio da violência quando de suas tentativas de inscrição? Para problematizar e pensar tais questões, valemo-nos das ferramentas conceituais da Psicanálise e dos escritos de Walter Benjamin, bem como de teóricos que problematizam as condições do laço social contemporâneo, entre eles Hannah Arendt, Slavoj Zizek, Maria Rita Kehl e Contardo Calligaris. Destacamos que escolhemos a inspiração do ensaio como forma de escrita e de produção de conhecimentos. Para o trabalho de análise, buscamos a perspectiva do flâneur de Baudelaire: aquele que se deixa interpelar pelos pequenos detalhes do cotidiano e que vê nas insignificâncias diárias a matéria maior dos modos de subjetivação. Apostando na fragmentação e no “resto” dos fatos e acontecimentos...

A flânerie como forma de mobilidade cultural em um romance americano

Bordini, Henrique Sagebin
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%

A cidade da flânerie, do vazio e da errância em Estorvo, de Chico Buarque

Ignácio, Ewerton de Freitas
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.8%
This article aims to perform a reading of Estorvo (1991), by Chico Buarque, trying to show that you have in the work, setting up an urban poetics of emptiness and wandering through the individual unfolded the protagonist wandering dazed and without the right direction, performs on the streets of a big city. In this respect, it is interesting to observe how a fragmented narrative - in whole and in language that conforms - is consistent with the picture of the experience of a character who, in the midst of an urban setting - with brief references to elements of the universe rural - through the experience of mutual incomprehension, violence and the impossibility of a full communication with each other, always in a dazed condition and lost flâneur.

Jorge

Silva, Ricardo Lanzarini Gomes
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
17.48%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas, Florianópolis, 2013.; Esta tese é uma etnografia de homens de identidade pública heterossexual atestada pelo casamento que, durante viagens a trabalho, buscam novas interações sexuais, diferentes de suas práticas cotidianas, a partir de sociabilidades homoeróticas que são encontradas no ciberespaço, por intermédio dos chats. Trata-se de uma pesquisa participante realizada durante três anos consecutivos, entre 2010 e 2012, por meio da flânerie, com incursões em espaços virtuais e físicos de capitais brasileiras (São Paulo/SP, Florianópolis/SC, Campo Grande/MS, Porto Alegre/RS e Curitiba/PR) e em Lisboa, Portugal. Os dados foram coletados também por meio de entrevistas semi-estruturadas com viajantes e residentes em grandes centros urbanos. Os principais resultados encontrados remetem a um senso de "comunidade" estabelecida por homens que se reconhecem como semelhantes, onde prevalece um senso de proteção pelo segredo e pela ausência de identificação pública durante as viagens e os encontros sexuais, que são únicos e dissociados do cotidiano. Identifiquei...

Walter Benjamin e Paris: individualidade e trabalho intelectual

Ortiz,Renato
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2000 PT
Relevância na Pesquisa
27.84%
Este artigo é uma leitura do texto de Walter Benjamin Paris capital do século XIX. A partir do conjunto de anotações que Benjamin faz de diversos livros consultados, principalmente durante sua pesquisa na Bibliothèque Nationale, o autor pretende trabalhar a noção de indivíduo vinculando-a a dois temas. Primeiro, a emergência do flâneur como tradução do espírito de mobilidade que se inaugura com a modernidade. Para isso a discussão sobre a noção de espaço, particularmente no que diz respeito a cidade de Paris, é importante. O flâneur surge assim como um indivíduo desenraizado que se locomove através do espaço urbano remodelado. Segundo, uma aproximação entre o ato da flânerie e o trabalho intelectual. Considerando a flânerie como uma atividade intelectual o autor mostra como os temas do distanciamento e da construção do objeto são relevantes tanto para o flâneur-detetive quanto para a reflexão nas ciências sociais.

Utópicas cidades de nossas andanças: flânerie e amizade no acompanhamento terapêutico

Palombini,Analice de Lima
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.48%
Com base na experiência do acompanhamento terapêutico como uma clínica sem muros, imersa na cidade, o artigo centra-se no tema da cidade nas suas relações com a subjetividade. Valendo-se das elaborações de Benjamin sobre a flânerie e a idéia da amizade como política, presente em Foucault e Derrida, o texto assinala a importância, para a consecução dessa clínica, de se tomar em consideração a cidade como polis, aberta ao encontro com a diferença e, portanto, território de conflitos e negociação. Assim, a cidade como polis é a utopia que a clínica do acompanhamento terapêutico busca ativar.

A cidade-em-que-o-muro-já-caiu: uma histórias de amor-percurso entre Porto Alegre e Berlim

Silva, Camila Gonzatto da
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
17.48%
O projeto A cidade-em-que-o-muro-já-caiu reúne estudos teóricos, literatura, cinema e artes visuais para propor uma reflexão sobre a possibilidade da construção de um amor-percurso. Para isso, o trabalho se articula teórica e ficcionalmente em torno da tríade amor-cidade-caminhada, sendo a cidade o lugar em que o percurso acontece e a caminhada o elemento performativo. Para estabelecer as condições de um amor-percurso, teorias sobre o amor na contemporaneidade, bem como teorias sobre o espaço e a mobilidade, principalmente dentro do escopo do Spattal Turn, são utilizadas ao lado de estudos sobre a flânerie. O texto teórico é apresentado lado a lado à narrativa ficcional, que está composta por textos literários, fotografias, mapas, uma intervenção urbana e um vídeo. A articulação entre os dois textos sustenta o pensamento em torno do amor-percurso.; The project The city-whre-wall-has-already-fallen combines theoretical research, literature, cinema, and visual arts to propose a reflection on the possibility of positing love-as-a-trail. In this sense, the work is theoretically and fictionally articulated around the triad love-city-walking, in which the city stands for the place where the trail takes place and the walking supplies the performative element. In order to establish the conditions to a love-as-trail...

Le rôle des dimensions culturelles de Hofstede en regard du fonctionnement interne des équipes de travail pluriculturelles

Temimi, Nalia
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
16.8%
La présente thèse de doctorat porte sur les processus internes au sein des équipes de travail pluriculturelles. Cette thèse se compose de trois articles et propose, d’une part, une mesure validée des valeurs culturelles au niveau individuel en langue française et, d’autre part, une mesure du degré d’homogénéité culturelle au sein des équipes de travail (ci-après ÉT). En outre, elle se penche sur la vérification empirique des nombreux liens entre l’homogénéité culturelle et les processus internes au sein des ÉT postulés par les auteurs mais jamais vérifiés empiriquement. Le premier article a pour but de faire le point sur la documentation scientifique concernant les équipes de travail pluriculturelles. Il présente une recension de la documentation portant sur ce type d’équipe, notamment l’impact présumé de la culture sur les comportements d’équipier, et les effets de la diversité culturelle sur la performance de l’équipe et sur ses processus internes. Le deuxième article, quant à lui, a pour objectif de valider la mesure des dimensions culturelles de Hofstede (1980, 1991, 1994) sur une base individuelle et en langue française. Cette étude a été réalisée en adaptant deux questionnaires...

Obligation de flâner : fugues narratives sur les sentiers littéraires

Juteau-Rhéaume, Francis
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
27.84%
Ce mémoire propose de s’attarder sur la symbolique de la flânerie pour associer le déplacement physique de la marche à l’opération mentale qui l’accompagne, mais aussi pour y tracer un rapprochement avec l’évolution des pratiques de lecture au cours des deux derniers siècles. Si l’on exigeait auparavant du lecteur qu’il se fasse en quelque sorte pèlerin traversant religieusement une œuvre selon la volonté de l’auteur, c’est un tout nouveau lecteur qui revendique le droit d’errer textuellement du Nouveau Roman jusqu’à l’hypertexte. Le concept de parcours narratif se dessine alors ici comme une alternative aux études narratologiques traditionnelles, un nouvel axe herméneutique où le lecteur dynamise ses pratiques de lectures en traçant dans une œuvre ses propres sentiers narratifs. Prenant en exemple l’éclosion hypertextuelle aussi bien que les tortueuses littératures de Kafka et de Camus, il s’agira de voir comment cette lecture-errance a renégocié, dans l’imprimé comme dans le numérique, la relation entre auteur et lecteur pour offrir une littérarité qui soit mise en marche, enfin libre d’être agie, parcourue.; This mémoire proposes to dwell on the symbolism of the flânerie by associating the physical act of walking to the mental operation that accompanies it...

Flanerie: A post -reflexive mode of urban research inquiry

Stubbs, Ronald Lee
Fonte: FIU Digital Commons Publicador: FIU Digital Commons
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
28.05%
Urban ethnographic studies in social science usually proceed from within a pre-figured research framework that guides field activity and filters what is considered see-worthy and study-worthy to those phenomena which are in some way necessary for the fulfillment of specific research agendas. Reliance on formalized ethnographic research methods to explore the city, and the reflex to intellectualize that which is observed by using them, frequently leads to the neglect of much of what comprises the ethnographic richness of city-life through an overly-contemplative intellectuocentrism. ^ Flânerie, an avocational, proto-sociological ethnographic mode of urban exploration and observation originating in early-nineteenth-century Paris, is representative of an alternate approach to exploration and study of the city—one less subject to a compressed horizon of ethnographic experience. It affords insight into a broad range of phenomena taking place in interstitial urban space and time which often escape the instrumentally overly-determined gaze of professionalist research inquiry. ^ The present work addressed the fact that the concept of flânerie , though occasionally invoked in discussions of methodology in urban sociology and cultural studies...

A flânerie como prática surrealista em Nadja

Costa, Anderson da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
28.39%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-graduação em Literatura, Florianópolis, 2011; A presente tese é um trabalho que se articula sobre dois eixos. O primeiro propõe estabelecer uma relação entre a flânerie praticada no século XIX e aquela praticada no século seguinte pelo surrealismo. Flânerie que adquire outros contornos quando apropriada pelos surrealistas, que farão dela uma prática de poetização do cotidiano, a qual ambiciona a fusão entre real e imaginário enquanto tentativa da libertação total do homem. O outro eixo no qual se articula essa tese se refere à tradução de um excerto de Nadja, obra de André Breton, no qual a temática da flânerie e dos preceitos fundamentais do surrealismo se faze presente. Nadja foi publicada originalmente em 1928 na França, e conta com duas traduções no Brasil. A primeira editada pela extinta Editora Guanabara em 1987 e a segunda pela Editora Cosacnaify em 2007, ambas trazendo o mesmo tradutor. A tradução do trecho da obra de Breton baseia-se na teoria da tradução de Antoine Berman e procura estabelecer diálogo com as traduções anteriores, além de procurar compreendê-las enquanto inserção no contexto de recepção do surrealismo no Brasil.; Il s#agit d#une investigation développée sur deux axes principaux. On établit des rapports entre la flânerie pratiquée au XIXe siècle et le surréalisme au XXe siècle. En fait...

Legião de palavras: crônicas em comemoração aos 30 anos do surgimento da Legião Urbana

Mendes, Sara Rayane Marcelino
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.84%
O livro “Legião de Palavras” apresenta crônicas jornalísticas produzidas a partir do exercício da flânerie, tendo como inspiração as músicas da Legião Urbana, banda brasiliense que completa 30 anos de seu surgimento em 2012. O presente Memorial Descritivo tem por objetivo explicar as etapas realizadas para a concretização do livro, qual foi a metodologia utilizada, como ele foi produzido, bem como os desafios enfrentados para sua conclusão.; The book "Legião De Palavras" features essays produced from the journalistic practice of flânerie, taking as inspiration in Legião Urbana’s music, band brasiliense complete 30 years of its inception in 2012. This Descriptive Memorial aims to explain the steps taken to achieve the book, what was the methodology used, how it was produced, as well as the challenges for its completion.; Comunicação Social / Jornalismo

El viaje en los textos autobiográficos de Julio Cortázar

Stoilov Tasev, Krasimir
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2015 SPA
Relevância na Pesquisa
17.48%
El principal objetivo de esta tesis es reconstruir a través de los textos autobiográficos del escritor argentino Julio Cortázar su trayectoria de viajero vocacional y apasionado, en todas sus facetas y épocas. Se intenta arrojar luz sobre los orígenes de lo que el propio autor denominó su "sed planetaria", sobre los factores más importantes que conforman su postura personal frente al viaje y, en particular, sobre la evolución de la forma en que practicó esta actividad prioritaria para él a través de los años. La tesis está estructurada en tres partes. La primera ofrece una visión de conjunto de la rica problemática que presenta el viaje desde el punto de vista teórico, definiendo los principales términos que se utilizarán posteriormente en el análisis de los textos cortazarianos. El primer capítulo aborda el viaje desde una perspectiva sincrónica, haciendo hincapié en aspectos como la atracción que ejerce esta actividad en la cultura occidental moderna, el encuentro con el Otro y la otredad, la oposición entre turista y viajero, el espacio turístico (dividido en atracciones y "no lugares"), el exilio, la expatriación, la inmigración, la diáspora y el nomadismo. El segundo capítulo estudia el viaje en diacronía...

Dérive poética e objeção cultural: da boemia parisiense a Mário de Andrade; Poetic dérive and cultural objection: from Parisian bohemia to Mário de Andrade

Sevcenko, Nicolau
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
28.45%
A partir de um panorama e de articulações entre os processos de reurbanizações das cidades de Paris e São Paulo e as experiências poéticas de fins do século XIX e primeiras décadas do século XX, a poesia de Mário de Andrade é lida na chave da tradição do projeto da boemia parisiense iniciado pela dérive de Jarry. Picasso e Apollinaire. Essa experiência de errância é diferente da flânerie baudelairiana. Ela é difusa por toda a superfície da cidade e de seus arrabaldes e turva a identidade de quem pratica, contrariamente à flânerie, que se realiza no circuito circunscrito das arcadas e dos bulevares parisienses, envolvendo um público homogêneo e um protagonista em geral do sexo masculino. Enquanto a flânerie confunde-se com um gesto visual, a errância comporta um gesto existencial na sua plenitude.; After beginning with a general overview and establishing the connections between the reurbanization of the cities of Paris and São Paulo and the poetic experiments of the late nineteenth and early twentieth centuries, Mário de Andrade's poetry is then read in light of the tradition of the Parisian bohemian project initiated by Jarry. Picasso, and Apollinaire's derive. An experience of drifting that differs from Baudelairean flânerie...

DE CESÁRIO VERDE A WENCESLAU DE MORAES: ESBOÇO DE UMA POÉTICA DO OLHAR FLÂNEUR; DE CESÁRIO VERDE A WENCESLAU DE MORAES: ESBOÇO DE UMA POÉTICA DO OLHAR FLÂNEUR

Pinto, Marta Pacheco
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
28.05%
Enquanto experiência e estímulo sensoriais, o olhar institui-se como instância mediadora entre o sujeito e a realidade circundante. A apreensão do mundo exterior através doolhar e do inerente movimento de flânerie é um elemento fulcral não só na obra poética de Cesário Verde como também no orientalismo de Wenceslau de Moraes. Neste ensaio, propomonos analisar a pertinência da estética do olhar na produção literária destes dois flâneurs lusófonos que, embora inseridos em espaços geoculturais distantes e se servindo dos mesmos processos visuais para a fruição estética dessas esferas culturais, manipulam habilmente o códigovisual enquanto instrumento epistemológico e ferramenta etnográfica.//; As a sensory experience and stimulus, the gaze plays a mediating role between the subject and the surrounding reality. The apprehension of the external world through the gaze and the inherent flânerie movement is crucial not only to the poetic work of Cesário Verde but also to the orientalism of Wenceslau de Moraes. In this essay we propose to analyse the importance of the aesthetics of the gaze in the literary production of these two Lusophone flâneurs. Although part of distant geocultural spaces, both authors make use of the same visual processes to achieve the aesthetical fruition of those cultural spheres...

Walter Benjamin e Paris: individualidade e trabalho intelectual

Ortiz, Renato
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/05/2000 POR
Relevância na Pesquisa
28.31%
Este artigo é uma leitura do texto de Walter Benjamin Paris capital do século XIX. A partir do conjunto de anotações que Benjamin faz de diversos livros consultados, principalmente durante sua pesquisa na Bibliothèque Nationale, o autor pretende trabalhar a noção de indivíduo vinculando-a a dois temas. Primeiro, a emergência do flâneur como tradução do espírito de mobilidade que se inaugura com a modernidade. Para isso a discussão sobre a noção de espaço, particularmente no que diz respeito a cidade de Paris, é importante. O flâneur surge assim como um indivíduo desenraizado que se locomove através do espaço urbano remodelado. Segundo, uma aproximação entre o ato da flânerie e o trabalho intelectual. Considerando a flânerie como uma atividade intelectual o autor mostra como os temas do distanciamento e da construção do objeto são relevantes tanto para o flâneur-detetive quanto para a reflexão nas ciências sociais.; This paper is an interpretation of Walter Benjamins Paris, Capital of the 19th Century. Based on the notes Benjamin made on several books he read, mainly during his research at the Bibliotèque Nationale, the author discusses the notion of the individual linking it to two themes. First, to the emergence of the flâneur as a translation of the spirit of mobility which starts with modernity. The discussion on the notion of space...

Utópicas cidades de nossas andanças: flânerie e amizade no acompanhamento terapêutico; Utopian citys of our walks: lânerie and friendship in the therapeutic accompaniment

Palombini, Analice de Lima
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: Avaliado por Pares; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 16/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.84%
Com base na experiência do acompanhamento terapêutico como uma clínica sem muros, imersa na cidade, o artigo centra-se no tema da cidade nas suas relações com a subjetividade. Valendo-se das elaborações de Benjamin sobre a flânerie e a idéia da amizade como política, presente em Foucault e Derrida, o texto assinala a importância, para a consecução dessa clínica, de se tomar em consideração a cidade como polis, aberta ao encontro com a diferença e, portanto, território de conflitos e negociação. Assim, a cidade como polis é a utopia que a clínica do acompanhamento terapêutico busca ativar.; The article, based on the experience of therapeutic accompaniment as a clinic without walls immersed in the city, focuses on the issue of the city and its relations to subjectivity. Using the elaborations of Benjamin about the flânerie and the idea of friendship as the politic present at Foucault and Derrida it underscores the importance, for the achievement of this clinic, of taking into account the city as polis, open to the encounter with difference and therefore a territory for conflict and negotiation. Thus the city as polis is the utopia that the clinic of therapeutic accompaniment intends activate.