Página 1 dos resultados de 30 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

No rastro da cobra-grande - variações míticas e sociocosmológicas: a questão da diferença na região das Guianas; The processes of differentiation among the various persons that make up the "lived worlds" found in the region of the Guianas.

Gongora, Majoi Favero
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
66.02%
Esta dissertação consiste em um estudo dos agenciamentos indígenas acerca da questão da diferença, mais especificamente, dos processos de diferenciação entre os vários sujeitos que compõem os "mundos vividos" na região das Guianas. Parto de uma análise de variações míticas sobre a origem das cores dos pássaros, a origem dos grafismos e as sócio-gêneses, para em seguida lançar um olhar sobre a centralidade da produção de diferenças nas práticas sociais da região. Ao enfocar o tema da oscilação permanente entre contínuo e descontínuo, reúno em uma mesma geometria as mitologias e as sociocosmologias.; This study concerns indigenous agency around the question of difference, and more specifically, around processes of differentiation among the various persons that make up the "lived worlds" found in the region of the Guianas. The study takes as its starting point an analysis of variations in myths concerning the origins of the colours of birds, graphic patterns and human collectives, and goes on to explore the importance of the production of difference within social practices seen throughout the region. In focussing on the theme of permanent oscillation between the continuous and the discontinuous, the study brings together mythologies and sociocosmologies within a single frame of reference.

O perspectivismo e o projeto leibniziano de conciliação das filosofias; The perspectivism and the Leibnizs project of conciliation of Philosophies

Hirata, Celi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
Com o intento de fundar a metafísica rumo ao conhecimento certo, Descartes rejeita a história precedente da filosofia. Com efeito, esta carrega consigo uma pluralidade de opiniões e disputas, o que é inaceitável face à unidade da verdade e da razão. Por isso, o progresso da filosofia em direção ao futuro só pode se dar mediante uma ruptura com o passado, ruptura que se opera por meio da dúvida metódica. Leibniz, ao contrário, defende que o avanço do conhecimento rumo à descoberta de novas verdades pode e deve retomar o que já foi anteriormente estabelecido. Isto porque, à diferença de Descartes, o autor da Monadologia possui uma outra concepção da relação entre pluralidade e unidade, o que se pode constatar de maneira privilegiada na sua tese de que cada mônada ou ser criado representa o universo inteiro de uma determinada perspectiva. Ora, como todas as representações possuem o mesmo referente o mundo , todas são verdadeiras e harmônicas entre si, de modo que o que varia é a maneira como o mundo é representado, isto é, os graus de distinção presentes na representação. Deste modo, a pluralidade dos sistemas filosóficos redunda em diferenças (de modo que uns são mais perfeitos do que outros e que haja determinadas partes mais relevantes do que outras dentro de um mesmo sistema)...

Políticas da morte-acontecimento

Rosa, Marcele Pereira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
Esta dissertação trata do desmedido, do desumano, da afirmação, da criação, da morte. Trata de entender a morte como um acontecimento e este como importante conceito das Filosofias da Diferença, em especial a de Gilles Deleuze. É enquanto acontecimento que a morte passa a agregar o máximo da neutralidade em relação ao já-formado, mas também o máximo da potência capaz de tudo criar, inclusive uma existência passível de superar a forma humana com sua perpétua reprodução do mesmo e da subjugação no presente. Morte como a tarefa desumanizante que está na base da função política da Psicologia. E, assim, trata da morte como mecanismo potencializador de vida e não como sua finalização absoluta e infértil. Morte que povoa uma vida da imanência e dá a ela toda sua virtualidade. Esta dissertação trata do colapso, do simulacro, do tempo aiônico, do querer. Trata do riso.; This dissertation deals with the immeasurable, the dehumanizing, the affirmation, the creation, death. It deals with the understanding of death as an event and as an important concept of the Philosophies of Difference, especially the one of Gilles Deleuze. It is while an event that death starts to aggregate a maximum of neutrality in relation to the already-formed...

Por uma (des)educação musical

Pacheco, Eduardo Guedes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
56.22%
Vinculado à Linha de Pesquisa Filosofias da Diferença e Educação da UFRGS, este texto, intitulado “Por uma (Des)Educação Musical”, toma para a sua realização a música, a infância e a educação como “lugares” de problematização das relações que os constituem. Como intercessores, trazemos pensadores como Friedrich Nietzsche, Paul Valéry, Gilles Deleuze, Manoel de Barros, Silvio Ferraz, Sandra Corazza, entre outros. O objetivo desta tese é pesquisar a criação de novas possibilidades de existência naqueles “lugares”, tendo como nosso principal guia o pensamento proposto pela Filosofia da Diferença. Tal investimento elege conceitos como "plano de composição" e "ritmo" para produzirem uma nova possibilidade de ação e relação entre aqueles que querem ensinar música e aqueles que desejam aprender música, entendendo que os espaços que escolhem estabelecer relações de ensino e de aprendizagem podem realizar tal feito, tendo a arte como orientadora das ações que são chamadas, neste trabalho, de (Des)educacionais. Compõem esta criação, desejos de escritura que passeiam por poesias, métodos, inventários, dicionários, cartas, experimentações, que carregam, além da força dos intercessores escolhidos...

Ensino de filosofia e resistência; Teaching of philosophy and resistance

Renata Pereira Lima Aspis
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.13%
Pesquisar as possibilidades do ensino de filosofia para o nível médio nas condições políticas e econômicas da contemporaneidade tem como objetivo criar novas formas de pensar esse ensino e novas formas de agir como resistência através desse ensino. A pesquisa se expressa por uma escrita crazy-patchwork, remendando-louco, assim como a vida, assim como se compõem as subjetividades. Aglomerado de relações, multiplicidade de conexões, de possibilidades de entradas e saídas. Reativa-se conceitos de Nietzsche, Foucault e Deleuze e Guattari, assim como se encontra com pensadores contemporâneos, que também seguem a linha das chamadas filosofias da diferença, na busca de ressonâncias para produzir um diagrama das relações de poder que compõem o campo de tensões onde se dão os modos de subjetivação atuais. A hipótese é a de que se possa inventar um determinado ensino de filosofia para jovens, hoje, na escola, que se configure como vetor de enxame de re-existências. Um ensino de filosofia a partir de um planejamento nômade, por meio de aulas-acontecimento, que ensine como vírus, afetando, que exercite rigorosamente as ferramentas da filosofia de problematizacão, de argumentação, de conceituação, fluxos de pensamentos filosóficos...

E se eu fosse s/surda? : o processo de categorização do mundo da pessoa s/surda : a perspetiva da linguística cognitiva

Silva, Ana Isabel Pereira Pinheiro da
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 19/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
35.88%
E se eu fosse s/Surda? é um espaço mental construído no âmbito da Linguística Cognitiva que permite um olhar sobre o que é ser s/Surdo e como se processa a categorização do mundo pelo s/Surdo. A Linguística Cognitiva descreve este matizado de conceitos à luz da teoria da categorização, preferindo um tratamento da linguagem atualizada no uso pragmático da língua. Constituímos quatro capítulos no enquadramento teórico ao longo dos quais revelamos as conceções de surdez e da pessoa s/Surda. Questionamo-las a partir da dicotomia deficiência - diferença. Com base no peso do friso cronológico, apresentamos os paradigmas sócio-antropológico e médico-terapêutico definidores de filosofias de educação de s/Surdos. Propomos uma visita à educação de s/Surdos e descrevemos a urgência de uma educação s/Surda promotora do bilinguismo fundado na mestria de duas línguas: a Língua Gestual Portuguesa (LGP) e a Língua Portuguesa (LP) na modalidade escrita. Esta educação, sustentada em evidências das neurociências, pretende-se que capacite o aluno s/Surdo para a literacia emergente, redimensionando as suas mundividências na plataforma multilingue e multicultural. Propomos a emancipação do s/Surdo pela emancipação da LGP. Neste processo...

Aprendizagem do naufrágio: Moby Dick, Ahab, um leitor e o muro

Martins,Ronie Von; Farina,Cynthia
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.84%
Este texto apresenta uma experiência de aprendizagem com uma obra literária e com ideias filosóficas. Ele é narrado por um Leitor, personagem fascinada pelo encontro com Moby Dick de Melville, que conta uma experiência de perda de sentido com o universo educativo, com o universo do ensinar e aprender. Para enfrentar tal experiência, ele busca aliar-se a alguns conceitos, especialmente, de Deleuze e Guattari. Entende, então, que o pensamento filosófico não dá apenas referências, mas o impulsiona também em direções não pensadas, não previstas por ele. Com personagens literários e filosóficos, ele vive e busca expressar uma experiência de aprendizagem: uma "aprendizagem do naufrágio". Entende que uma aprendizagem não se encerra na conquista de um saber, mas tem uma íntima relação com um desprender-se de si próprio.

Os “dramas” de J. L. Moreno e a filosofia da diferença

Zamboni,Jésio; Oliveira,Sonia Pinto de; Canal,Fabiana Davel; Barros,Maria Elizabeth Barros de; Cordeiro,Poliana dos Santos
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.03%
O objetivo deste ensaio teórico é avançar no deslocamento dos "dramas" de Jacob Levy Moreno de uma política representacional para uma política da diferença. Metodologicamente, desenvolve uma análise conceitual e uma crítica institucional, a partir das filosofias da diferença de Michel Foucault, Gilles Deleuze e Félix Guattari. Questionam-se os projetos e a orientação das práticas pelos conceitos de psicoterapia, existência, identidade e liberdade. A gênese social dos dispositivos morenianos é abordada no sentido de elucidar a formação dos impasses relativos a tais projetos e práticas. Conclui-se que as potências do falso funcionam como eixo problemático com vistas a promover o deslocamento objetivado.

Fazer da matemática problema a ser inventado inventando formação

Rotondo,Margareth Aparecida Sacramento
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.87%
Este artigo traz um evento que se deu em salas de aulas da formação de professores e professoras que ensinarão matemática nas séries iniciais. Na tensão de um vivido e com a atenção num vivido põe a pensar a formação de professores e professoras como inquietude e processualidade na experiência. Aproximando-se das filosofias da diferença, principalmente em Foucault e Deleuze, faz ação da teoria e ação da prática, no revezamento teoria-prática, dando a pensar a formação ao fazer da matemática problema a ser inventado. A produção matemática dá condições da invenção na formação de professores e professoras.

O PAPEL DO CETICISMO NA FILOSOFIA DO JOVEM HEGEL

Silva, Edney Jose da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Filosofia; Metafísica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Filosofia; Metafísica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.14%
Ce travail veut montrer que le scepticisme n‟est pas q‟un des principaux défis pour la philosophie moderne jusqu‟a la déflagration da la Reforme Protestante, la redecouverte et la traduction des textes de Sexte Empirique. La reception de ce scepticisme n‟est q‟un des principaux facteurs qui determinent le noveau fondament da la philosophie moderne avec base dans la subjectivité. Dans ce contexte d‟un nouveau fondament de la philosophie sous la base de la subjectivité, Hegel aborde le problème du scepticisme. La pensé developpé par Hegel dans période de Jena (1801-1807), principalement dans l‟écrit de la Differance parmi les philosophies de Fichte e Schelling, et dans les articles du Journal Critic de Philosophie, Relation du scepticisme avec la philosophie et Foi et Savoir, part du dialogue avec la philosophie d‟idealisme allemand, qui est le point plus haut du subjectivisme dans la philosophie developpé à partir du retour du scepticisme. Hegel essaye à travès l‟interpretation et la superation du scepticisme, établir une nouvelle base pour la philosophie. Alors, le scepticisme, dans cette période de la philosophie d‟Hegel, a la function d‟être la negativité propre à la authentique philosophie qui anéante le point de vue des les philosophies de la subjectivité. Cette manière comme Hegel intégre la scepticisme à sa philosophie...

Por uma educação do micro: ensaio sobre experimentações no corpo

Rodrigues, Carla Gonçalves; Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas; Henning, Paula Corrêa; Instituto de Educação e Programas de Pós-graduação Educação em Ciências e Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande (
Fonte: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
65.97%
Problematizar o campo da educação é o propósito deste texto. Nada além disso. Simplesmente, aceitar o desafio de fomentar o pensamento, de compor resistências e criações diante de discursos instaurados como verdadeiros neste tempo atual em que se consolida uma forma de ser, viver e sentir a educação. Uma tentativa de pensar a educação imersa e tramada no cenário desta atualidade é o exercício deste ensaio. Assim, tratamos a educação como um conjunto de processos pelos quais indivíduos se transformam ou são transformados por dispositivos culturais nos quais se situam elementos da arte contemporânea e da filosofia da diferença. Arnaldo Antunes, Eduardo Kac, Orlan, Gilles Deleuze e Félix Guattari são os interlocutores para o exercício proposto. Questionando a episteme moderna de gerenciar a educação, pensamos numa educação menos do macro e mais do micro, includente de cuidados éticos com os outros e cuidados estéticos consigo. Atravessa o texto a conhecida indagação com indignação: O que estamos fazendo de nós mesmos?

O conceito de desejo na filosofia de Gilles Deleuze

Cintia Vieira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2000 PT
Relevância na Pesquisa
56.02%
Partindo da idéia de que o desejo como produção, tal como concebido por Deleuze e Guattari em O Anti-Édipo, inscreve-se na elaboração da ontologia da diferença deleuzeana, fizemos um mapeamento dos elementos constituintes deste conceito e daqueles com os quais ele opera. Nossa pesquisa apoiou-se também na idéia de que tal conceito de desejo surge da crítica de Deleuze às filosofias da representação. Assim, o conceito de desejo seria fruto de todo o esforço teórico deleuzeano para construir uma filosofia da diferença que não a aprisione nas determinações do conceito, segundo uma repartição analógica e categorial do ser. Ao mesmo tempo, na elaboração deste conceito, surgem novos elementos (como a noção de corpo sem órgãos, que desdobra-se e se enriquece) para esta filosofia que, repudiando as figuras do negativo assim como toda instância transcendente, procura se constituir num plano de imanência.; Considering that desire as production is intrinsic to the development of Deleuze's ontology of difference, this work delineates the elements that constitute this concept (as conceived by him and Guattari in Anti-Oedipus), as welI as the other concepts with which it operates. Emerging from Deleuze's criticism of the philosophies of representation...

Das imagens identitarias da pedagogia ao oficio de pedagogo : traçados nomades; From the identitary images in pedagogy to the work of the work of the tachers : nomadic traces

Glaucia Maria Figueiredo Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.05%
O objetivo deste trabalho é o de recolocar a problemática da identidade dos Pedagogos e da Pedagogia na contemporaneidade, através de outras bases analíticas. Trata-se de uma metodologia investigativa, reflexiva, conceitual e imanente, a partir das filosofias de Gilles Deleuze e Félix Guattari, e, mesmo sendo desenvolvida majoritariamente apoiada na teoria referida, não desconsidera a natureza prática do tema. Na obra Diferença e Repetição, Deleuze faz uma radical crítica à Filosofia da Representação, ou seja, o solo em que surge e se fixa a Identidade, tanto em seu sentido clássico, como em suas derivações contemporâneas. Para defender sua tese acerca da manifestação da Diferença em seu estado puro, Deleuze perverte e ataca todas e quaisquer formas de submissão do diferencial pela representação. Nesse contexto, a identidade, aqui, é abordada em perpétua relação com a Diferença. Ao utilizar a via da Imagem para confirmar esta relação Identidade-Diferença, constata-se que não se revelam mais Identidades em seu sentido estrito, mas produzem-se Imagens Identitárias em cada um dos territórios que vão efetuar a 'captura idêntido-imagética' da Pedagogia e seus profissionais. Nesses mesmos territórios...

Instalações interativas computacionais : exercícios de contemplação interfaceada de sensações

Coelho, Alberto d'Avila
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.84%
A pesquisa aborda experiências estéticas realizadas com Instalações Interativas Computador (IIC), produtos de uma Artemídia que estão em pleno desenvolvimento. A idéia central é produzir um pensamento sobre o funcionamento da interatividade com interfaces digitais em mundos virtuais produzidos como arte, na perspectiva de fundamentar exercícios de uma contemplação interfaceada de sensações, processados por um corpo-interator a partir de sua interação com o entorno. Coloca-se em trabalho o conceito de contemplação estética encaminhando uma abordagem que permita compreender sua compatibilidade com as tecnologias digitais, longe da dicotomia ativo x passivo e fundamentada no conceito de arte como um bloco de sensações, composto de afectos e perceptos. A hipótese principal funda-se na noção de contemplação como contração de sensações, segundo Gilles Deleuze e Felix Guattari, autores que compõem as filosofias da diferença.; The thesis presented here deals with aesthetic experiences done using Interactive Installations through Computer (IIC), products of a Media Art that are at the peak of their development. The main idea is to produce a thought about the dynamics of the interactivity with digital interfaces in virtual worlds produced as art...

Da discussão "clown ou palhaço" às permeabilidades de clownear-palhaçar

Sacchet, Patricia de Oliveira Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.83%
Este trabalho aborda a discussão sobre a diferenciação entre os termos "clown" e "palhaço". Inicialmente, contextualizamos e destacamos as seguintes desconfianças mútuas: o não reconhecimento sobre as competências e as metodologias de cada um; a negação inicial das referências circenses pelos freqüentadores dos cursos; a idéia de que o "palhaço" teria a sua origem legítima no picadeiro e os "clowns" estariam fazendo uma apropriação indevida desta arte para a dramaturgia teatral. Para superarmos tais visões, buscamos algumas aproximações e confluências importantes entre circo e teatro, que se acentuam com o surgimento do circo contemporâneo. Adotando uma visão que não separa "clowns" de "palhaços", nos servimos de conceitos das filosofias da diferença para criarmos algumas brechas por onde possam fluir idéias mais permeáveis, mais coerentes com a porosidade e abertura do corpo clownesco. Estão presentes nesta pesquisa estudiosos que valorizam a multiplicidade nesta arte, palhaços de diferentes períodos e tendências, além das minhas experiências pessoais como clown-palhaça e esportista.; This study approaches the discussion about the differentiation between the terms "clown" and "palhaço." Initially...

Bagagem-maldita : o artista-etc & caos

Garbin, Leonardo Gonçalves
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.86%
Bagagem-Maldita são meus referenciais estéticos e filosóficos exóticos à Academia de Artes Visuais: o punk rock e a contracultura, as histórias em quadrinhos, o video-game e minhas experiências de vida e profissionais. O Artista-etc, é o conceito do artista e pesquisador em artes Ricardo Basbaum, que me ajudam a perceber e questionar a natureza e as práticas da profissão Artista. O &, refere-se à metodologia rizomática deste trabalho que é amparado pelas Filosofias da Diferença e minhas pesquisas em Educação dentro do Projeto Escrileituras. O Caos é a potência criadora que busca em encontros improváveis, força vital para criar um trabalho artístico, seja ele uma ilustração, logotipo, capa de disco ou plano de ensino. Como se trata de um trabalho de conclusão de curso de Licenciatura em Artes Visuais, o desfecho deste trabalho se dá em sala de aula e é neste espaço que minha trajetória encontra fôlego e dificuldades para criar coisas, aulas e encontros sui generis dentro da escola. No apêndice deste TCC estão meus planos de ensino, diários de bordo e avaliações das turmas onde fiz meu estágio docente no Colégio de Aplicação da UFRGS.; Damned-Baggage is my exotic aesthetic and philosophical aspects to the Visual Arts Academy: the punk rock and the counterculture...

A AMBIGUIDADE DAS IDENTIDADES SEGUNDO ÉTIENNE BALIBAR; The ambiguity of identities according to Étienne Balibar

Rodrigues, Daniel Airbaza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/08/2013 POR
Relevância na Pesquisa
35.86%
O trabalho exposto a seguir se dispõe a examinar o caráter ambíguo das identidades segundo as análises do filósofo francês Étienne Balibar. O texto irá se concentrar em suas obras a partir do final da década de oitenta, aonde ocorre um distanciamento do círculo formado em torno de Althusser e uma aproximação às filosofias da diferença de Foucault, Deleuze e Derrida. Buscaremos explicitar como o autor, mediante o prisma marxista do conflito de classes, irá denunciar o escalonamento dos indivíduos de modo hierárquico dentro da economia-mundo capitalista mediante múltiplos processos identitários, que respeitam uma lógica de manutenção da estrutura social internacional existente. O pano de fundo de tais análises são os crescentes movimentos xenófobos e neo-fascistas na Europa hodierna como reação à uma profunda crise do Estado-Nação, de suas instituições e da fragmentação de comunidades idealmente estabelecidas.; The work exposed hereafter intends to examine the ambiguous character of identities according to the analyses of the French philosopher Étienne Balibar. The text will focus on his works from the late eighties, where there is a distancing from the circle formed around Althusser and an approach to the philosophies of difference of Foucault...

Educação, subjetivação e resistência nas sociedades de controle

Severiano Benevides, Pablo; Universidade Federal do Ceará; Muniz Neto, João; Universidade Federal do CEará
Fonte: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade Publicador: ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade; ECOS - Estudos Contemporâneos da Subjetividade
Tipo: ; Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.84%
O presente trabalho objetiva apresentar uma reflexão sobre as possibilidades de resistência no campo educacional, tendo em vista o atual contexto das sociedades de controle. A passagem das sociedades disciplinares, onde o exercício do poder ocorria de modo mais centralizável e explícito, para as sociedades de controle, nas quais as formas de dominação tendem a se apresentar de um modo mais sutil e virtual, nos leva a perguntar em que medida uma série de discursos e políticas educacionais contemporâneas que se apresentam como sendo progressistas e/ou de resistência não consistem em capturas dessa nova organização do poder que nos confere uma maior ilusão de autonomia e liberdade. Uma vez subsidiado pelo referencial pós-estruturalista, apresentaremos, então, as dificuldades que os dispositivos educacionais encontram para lidar com o novo, com o inédito, com o acontecimento e com a diferença, precisamente por sua tendência à instituição, territorialização e normalização.

Ciência Maior e Ciência Menor: ressonâncias da filosofia de Deleuze e Guattari na Etnomatemática

Duarte, Claudia Glavam; Universidade Federal de Santa Catarina; Taschetto, Leonidas Roberto; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
45.86%
Promovemos neste artigo um diálogo entre os campos da Filosofia e da Matemática no sentido de identificar e de melhor compreender as ideias que têm pautado os debates contemporâneos em torno da Etnomatemática, permitindo-lhe constituir-se em um território fértil e mobilizador de resistências. Em um primeiro momento, situamos as principais contribuições teóricas das filosofias de Foucault e Wittgeinstein. Em seguida, incursionamos pela filosofia de Deleuze e Guattari, elegendo os conceitos de ciência maior, ciência menor e máquina de guerra como intercessores do pensamento etnomatemático, no sentido dos riscos de purificação, estratificação, domesticação das ciências menores pelas ciências maiores. Ao dar visibilidade às outras matemáticas na ambiente acadêmico, a Etnomatemática pode tornar muito tênue a fronteira entre uma ciência e outra. No entanto, é nos territórios que abrigam a matemática acadêmica que está a potência de combate e luta das ciências menores.  

Patchwork como princípio de produção e organização do conhecimento

Mostafa, Solange Puntel; Cruz, Denise Viuniski da Nova
Fonte: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia Publicador: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion;
Publicado em 09/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
45.87%
A poesia americana de Walt Whitman (1819-1892) e sua máxima Carpe Diem, famosa após o filme Sociedade dos Poetas Mortos, conjugada com a filosofia americana de mosaicos de William James (1842 – 1910), e com as multiplicidades da filosofia da diferença de Gilles Deleuze (1925-1995) são analisadas na questão do fragmento e da fragmentação. A figura da colcha de retalhos é proposta como princípio de produção e organização do conhecimento, tendo em vista a lógica das relações no empirismo e pragmatismo americanos, em que o conhecimento é construído pouco a pouco, pedaço por pedaço, por meio de junções sucessivas; a conjunção “E” aponta para junções disjuntivas na poesia de Whitman e nas filosofias analisadas; a conjunção “E” também é analisada na Ciência da Informação com a ênfase nos aspectos intangíveis da informação no conceito de informação-como-afeto e informação-como-acontecimento, abordagens pouco estudadas pela Ciência da Informação. Palavras-chaves: Patchwork. Pragmatismo americano. Organização do conhecimento. Produção do conhecimento. Informação como um evento. Informação como afeto. Link para o texto completo (HTML) http://dgz.org.br/fev11/Art_02.htm