Página 1 dos resultados de 20 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Desenvolvimento de revestimentos comestíveis para produtos de IV gama

Augusto, Ana Luísa de Sousa
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.25%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Biotecnologia dos Recursos Marinhos apresentada à Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Instituto Politécnico de Leiria.; O sector dos produtos hortofrutícolas prontos a consumir está em constante crescimento devido a uma procura emergente dos consumidores por produtos inovadores. Novas técnicas para manter a qualidade dos produtos minimamente processados (PMP) ou de IV gama são exigidas em todas as etapas da cadeia de produção e distribuição de PMP. A maçã minimamente processada caracteriza-se por apresentar um elevado nível de escurecimento enzimático e alterações de textura ao longo do tempo de armazenamento. Dada a importância da produção de maçã minimamente processada com qualidade e com um tempo de prateleira de maior duração, o presente trabalho teve como objetivo principal o desenvolvimento de um revestimento alimentar de origem biológica para aplicação em maçãs de IV gama. Para o efeito foram utilizados quatro revestimentos formulados com adição de extratos de algas (0,5%; Fusucs spiralis, Bifurcaria bifurcata, Codium tomentosum e Codium vermilara), um revestimento com adição de ácido cítrico (0,5%) e um controlo (água destilada). Os revestimentos foram aplicados por imersão...

Efeitos da radiação gama do Cobalto-60 em frutos de pequi (Caryocar brasiliense Camb.); Effects of gamma radiation from Cobalt-60 on pequi fruits (Caryocar brasiliense Camb.)

Santos, Márcio Ramatiz Lima dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
16.25%
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da radiação gama do Cobalto-60 nas características pós-colheita de frutos de pequi (Caryocar brasiliense Camb.). O cerrado brasileiro e o segundo maior bioma das Américas e concentra grande variedade de espécies vegetais e animais. Muitos frutos, ainda desconhecidos da maioria dos brasileiros, começam a ser revelados e têm atraído a atenção de muitos pesquisadores devido as suas características nutricionais, entre eles está o pequi. Os frutos obtidos no Estado de Goiás foram selecionados, lavados e procedeu-se a retirada da casca (descarte) para se obter o endocarpo comestível (caroço). Os caroços foram pesados, separados em lotes de 150 g, embalados em filme de polietileno biorientado, etiquetados e submetidos à radiação gama nas doses 0,0, 0,4 0,6 e 1,0 kGy, no irradiador multipropósito do IPEN/USP. As amostras foram analisadas quanto aos parâmetros físicos (perda de peso, textura, cor) e químicos (pH, acidez titulável, sólidos solúveis totais, °Brix, relação SST/ATT, extrato etéreo, cinzas, umidade, proteína, fibra alimentar, carotenóides totais e atividade antioxidante). A perda de umidade foi proporcional à dose de radiação aplicada, sendo a maior perda (22...

Desenvolvimento de filme comestível à base de alginato incorporado do agente antimicrobiano óleo essencial de cravo: aplicação em alimento; Development of alginate-based edible film incorporated with clove essential oil as antimicrobial agent: application in food

Igarashi, Maria Crystina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
47.03%
A utilização de embalagens biodegradáveis, tais como os filmes e coberturas comestíveis, apresenta-se como alternativa ao uso de recursos não-renováveis como material de embalagem. A incorporação de substâncias antimicrobianas em embalagens tem como objetivo minimizar o problema da contaminação microbiana em alimentos e, entre elas, os óleos essenciais (OE) têm recebido atenção especial por serem substâncias naturais e atenderem à preferência dos consumidores. Porém, a utilização de OE como um agente antimicrobiano natural é limitada por critérios organolépticos, sendo necessário determinar a concentração mínima necessária para inibir o desenvolvimento de microrganismos sem afetar sensorialmente as características do alimento. Assim, os objetivos desta pesquisa foram: desenvolver um filme comestível à base de alginato com incorporação de agentes antimicrobianos naturais e avaliar a adição de diferentes concentrações de cloreto de cálcio (CaCl2) como agente crosslinking na formulação do filme e na etapa complementar de formação do filme; caracterizar o filme frente às propriedades mecânicas e propriedades de barreira; determinar a concentração mínima inibitória (CIM) de óleos essenciais para Pseudomonas spp....

Efeito de desidratação osmotica e coberturas comestiveis na qualidade de chips de batata-doce elaborado pelo processo de fritura por imersão; Effect of osmotic dehydration and edible coatings on quality of sweet potato chips produced by the process of frying by immersion

Luciana Cristina Brigatto Fontes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
16.44%
O Brasil apresenta a maior produção de batata-doce do continente latino-americano. Uma alternativa interessante para a expansão da cultura e também devido a sua alta perecibilidade seria a utilização da batata-doce como chips que é um mercado que vem crescendo muito por se tratar de um produto de conveniência. O objetivo deste estudo foi desenvolver chips de batata-doce com mínima incorporação de óleo, pela otimização da tecnologia combinada dos pré-tratamentos: desidratação osmótica e aplicação de coberturas comestíveis, antes do processo de fritura por imersão em oleína ou estearina de palma. A estratégia utilizada foi a avaliação sequencial das seguintes etapas: (i) estudo da atuação de diferentes antioxidantes na prevenção de escurecimento enzimático do vegetal; (ii) estudo do efeito das condições operacionais e teor das soluções desidratantes e otimização do processo de desidratação osmótica; (iii) potencial de aplicação de coberturas comestíveis; (iv) otimização do processo de fritura em oleína ou estearina de palma; (v) efeito combinado da desidratação osmótica e coberturas comestíveis antes do processo de fritura e (vi) estudo da vida útil dos chips desenvolvidos. O processo de imersão de batata-doce em solução de metabissulfito de sódio 2...

Blendas formadas por caseína e gelatina

Cristiano, Cláudia Menegaz Zaccaron
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 139 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
16.25%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Quimica, Florianópolis, 2009; Neste trabalho foram estudados filmes formados por gelatina e caseína na presença ou ausência do plastificante sorbitol e do agente reticulante cloridrato de 1-etil-3-(3-dimetilaminopropil) carbodiimida (EDC) visando sua aplicação nas áreas de embalagens, liberação controlada de fármaco e adesão celular. Estudos em solução foram realizados para avaliar interações entre as proteínas e copolímeros à base de PNIPAM (poli(N-isopropilacrilamida)) e PMPC (poli(2-(metacriloiloxi) etilfosforilcolina)). O filme de gelatina apresentou o maior ângulo de contato, grau de intumescimento e porcentagem de reticulação. A permeabilidade aos vapores de água foi maior para os filmes de gelatina/caseína reticulados. Os filmes apresentaram apenas uma temperatura de transição vítrea e superfície com ausência de poros. A adição de sorbitol diminuiu os valores de tensão de ruptura e de módulo de Young dos filmes. Medidas de espalhamento de raios-X à baixos ângulos revelaram que o aumento da quantidade de caseína na mistura reduziu a distância entre os agregados. Filmes analisados sob atmosfera oxidante foram menos estáveis termicamente em relação aos degradados sob atmosfera inerte. Filmes na forma de revestimento comestível para maçãs Fuji foram analisados. A maioria das amostras apresentou um aumento da fraturabilidade com o armazenamento. Em estudos de liberação controlada...

Determinação da taxa de respiração de tomate cereja e da permeabilidade à gás de filme comestível a base de hidroxipropilmetilcelulose (HPMC)

Tosati, Juliano Vinícius
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 86 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
36.66%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos, Florianópolis, 2013.; Aplicação de revestimento comestível tem sido pesquisada como uma alternativa para prolongar a vida útil e manter a qualidade de frutas e hortaliças frescas. Os revestimentos agem como barreira aos gases (oxigênio e ao gás carbônico) modificando a taxa de respiração de frutas e hortaliças bem como minimiza a perda de água desses produtos. Assim, para decidir qual tipo de revestimento aplicar se faz necessário o conhecimento do parâmetro de permeabilidade. O objetivo deste trabalho foi medir a permeabilidade aos gases de filmes comestíveis e determinar a taxa de respiração do tomate cereja (L.esculentum var. Cerasiforme) sem (NC) e com (CC) revestimento comestível em diferentes temperaturas. A determinação da permeabilidade foi realizada com o equipamento montado baseado na norma ASTM D1434. Os tomates cereja foram revestidos com cobertura à base de hidroxipropilmetilcelulose (HPMC), secos e em seguida colocados em um sistema não permeável, contínuo, com pressão e temperatura controladas. A determinação das concentrações de gases foi realizada em um analisador de gás automático...

Influência da aplicação de filmes comestíveis na qualidade de frutos cortados e secos

Ribeiro, C. A. S.; Morais, Alcina M. M. B.
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
26.25%

Assessment of biological properties and applications of extracts obtained from agroindustrial subproducts

Moreira, Diana Margarida Andrade
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 07/08/2014 ENG
Relevância na Pesquisa
26.44%
Lipid oxidation and microbial growth, two of the most well studied processes associated with food spoilage, become the focus of attention when natural compounds are used to circumvent the problem. Synthetic antioxidants associated with food matrices always had a negative connotation due to the undesirable effects related with their consumption over long periods of time. Nevertheless, the addition of natural compounds with antioxidant activity has gained a great importance, particularly when these compounds, less harmful and from renewable resources, can block both processes. In this work, four extracts obtained from by-products / industrial residues were utilized to evaluate: the antioxidant and the antimicrobial activities, the ability to enhance the growth of probiotic bacteria and the applicability associated with the food industry. Grape pomace (GP) extract was the one with the highest antioxidant activity whereas the extract from almond shells (AS) was the one with the lowest capacity. The identification of the compounds present in the extracts showed different profiles for all extracts although there were common compounds, such as: vanillic acid, 3,4-dihydroxybenzaldehyde, vanillin, quercetin, hydroxymethyfurfural and 2-furfuraldehyde. Concerning the antimicrobial activity...

Filmes e coberturas comestíveis compostas à base de amidos nativos e gelatina na conservação e aceitação sensorial de uvas Crimson

Fakhouri,Farayde Matta; Fontes,Luciana Cristina Brigatto; Gonçalves,Priscila Vieira de Macedo; Milanez,Cibele Rufato; Steel,Caroline Joy; Collares-Queiroz,Fernanda Paula
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.82%
Filmes compostos de gelatina com amidos nativos de trigo, sorgo, batata e arroz foram produzidos separadamente e caracterizados quanto às propriedades físico-químicas (solubilidade em água e barreira ao vapor de água), físicas (espessura e opacidade) e mecânicas (resistência à tração e porcentagem de elongação na ruptura). As mesmas soluções filmogênicas foram preparadas e aplicadas em uvas Crimson para avaliação sensorial e acompanhamento da perda de massa durante 22 dias. As coberturas de sorgo e arroz foram as mais eficientes na extensão da vida útil (aumento de 10 dias). Entretanto, em relação aos atributos sensoriais, as uvas com cobertura de arroz não diferiram estatisticamente do controle, que apresentou as menores notas para os parâmetros de aparência global e intenção de compra. O filme de sorgo apresentou uma permeabilidade ao vapor de água de 5,40 g.mm.m-2.d.kPa, resistência à tração de 85,89 MPa, elongação de 6,61% e opacidade de 40%. Mesmo não apresentando os melhores valores de caracterização, como filme, tornou-se a melhor opção como cobertura. Na avaliação sensorial, as uvas cobertas obtiveram aceitação igual ou maior que o controle quanto à aparência global, brilho, cor e intenção de compra. Na degustação das uvas...

Elaboração de filmes comestíveis de purê de manga.

AZEREDO, H. M. C. de; MATTOSO, L. H. C.; ROSA, M. de F.
Fonte: In: SEMINÁRIO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO NORDESTE, 5., 2009, Fortaleza. Caderno do Participante. Fortaleza: Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará, 2009. p.28. Publicador: In: SEMINÁRIO DA INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO NORDESTE, 5., 2009, Fortaleza. Caderno do Participante. Fortaleza: Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará, 2009. p.28.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.52%
2009

Qualidade de caqui minimamente processado associado ao revestimento com filmes comestíveis.

FREITAS, D. G. C.; NEVES JUNIOR, A. C. V.; SOARES, A. G.; FONSECA, M. J. O.; CONEGLIAN, R. C. C.; MIRANDA, A. F. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS, 2.; CONGRESSO DO INSTITUTO NACIONAL DE FRUTOS TROPICAIS, 1., 2010, Aracaju. Avanços em tecnologia de alimentos: anais. Aracaju: Universidade Federal de Sergipe, 2010. 1 CD-ROM. p. 1672-1675. Publicador: In: SIMPÓSIO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS, 2.; CONGRESSO DO INSTITUTO NACIONAL DE FRUTOS TROPICAIS, 1., 2010, Aracaju. Avanços em tecnologia de alimentos: anais. Aracaju: Universidade Federal de Sergipe, 2010. 1 CD-ROM. p. 1672-1675.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.25%
2010

Use of edible and biodegradable coatings in fresh cut pineapple.

GIGNARD, Q.; FREIRE JUNIOR, M.; DUCAMP-COLLIN, M. N.; FREITAS, S. P.; SOARES, A. G.
Fonte: In: EUROPEAN FEDERATION OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY CONFERENCE, 2009, Budapest. New challenges in food preservation: processing: safety: sustainability. Wageningen: EFFoST, 2009. 1 CD-ROM. Ref. P273. Publicador: In: EUROPEAN FEDERATION OF FOOD SCIENCE AND TECHNOLOGY CONFERENCE, 2009, Budapest. New challenges in food preservation: processing: safety: sustainability. Wageningen: EFFoST, 2009. 1 CD-ROM. Ref. P273.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
EN
Relevância na Pesquisa
26.44%
The use of edible coatings in vegetable products has been increasing because it offers several advantages as being biodegradable and extends the shelf-life of fruits and vegetables. The objective of this work was to evaluate the effect of two biodegradable edible coatings, sodiumalginate and Chitosan, on the quality and shelf life of minimally processed pineapple storage at 10°C. Five L of each coating solutions were prepared as following - 2% alginate solution: 100 g of Algenic acid sodium salt in 5 L of distilled water, heated at 70°C under constant stirring - 0,75% Chitosan solution: 150 g of monohydrated citric acid dispersed in 5 L of distilled water and addition 37.5g of Chitosan (Crab shells Chitosan, minimum 85% deacetylated, SIGMA), heated to 60°C to dissolve the Chitosan. The coating solutions were then stored at 5°C before the dipping. The Chitosan coating had an important benefic effect on the microbiological contamination and on the maintenance of the total phenolic content. The high concentration of citric acid in the coating solution contributed to the antimicrobial effect but changed the sensory taste of fresh pineapple. The alginate coating also decreased the contamination of yeasts and molds but its effect was lower than the Chitosan one. Visual aspect of its coating solution can be not well accepted by the consumers. The concentration of alginate must be decreased to avoid the formation of a too thick gel. The Chitosan treatment resulted in the best product at the end of experiment and the most slight decreasing of phenolic compounds during all the experiments.; 2009

Revestimentos comestíveis protetores em frutos minimamente processados.

ASSIS, O. B. G. de; FORATO, L. A.; BRITTO, D. de.
Fonte: Higiene alimentar, São Paulo, v. 22, n. 160, p. 99-106, 2008. Publicador: Higiene alimentar, São Paulo, v. 22, n. 160, p. 99-106, 2008.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.25%
2008

Produção de biofilme colorido de amido extraído de milho preto.

MOURA, P. L. T. de; BARBOSA, N. A.; PAES, M. C. D.; MORAES, M. C. B. de; RIBEIRO, E. P.; SILVA, W. A. da
Fonte: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 30.; SIMPÓSIO SOBRE LEPDÓPTEROS COMUNS A MILHO, SOJA E ALGODÃO, 1., 2014, Salvador. Eficiência nas cadeias produtivas e o abastecimento global: resumos expandidos. Sete Lagoas: Associação Brasileira de Milho e Sorgo, 2014. Publicador: In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 30.; SIMPÓSIO SOBRE LEPDÓPTEROS COMUNS A MILHO, SOJA E ALGODÃO, 1., 2014, Salvador. Eficiência nas cadeias produtivas e o abastecimento global: resumos expandidos. Sete Lagoas: Associação Brasileira de Milho e Sorgo, 2014.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.25%
2014

Revestimentos comestíveis à base de gelatina, glicerina, quitosana e óleos essenciais para conservação de carne bovina refrigerada; Edible coatings based on gelatin, glycerin, chitosan and essential oils for conservation of meat

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DCA - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.25%
Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Alimentos, para obtenção do título de Mestre.; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)

Recobrimento de laranja 'Pêra' com filme de concentrado protéico de soro de leite associado a plastificantes

Alleoni,Ana Cláudia Carraro; Jacomino,Angelo Pedro; Rosa,Alexandra Soares
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.25%
O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito de coberturas à base de concentrado protéico de soro de leite (CPSL), associadas a dois tipos de plastificantes (glicerol e sorbitol), em laranja 'Pêra'. As frutas foram lavadas e higienizadas de acordo com os padrões comerciais e submetidas à aplicação das coberturas. As coberturas à base de CPSL não foram eficientes na redução da perda de massa fresca da laranja 'Pera', independentemente do plastificante utilizado. Depois de 11 dias de armazenagem, as laranjas cobertas com solução filmogênica de 6% de proteína e 6% de glicerol, e laranjas cobertas com solução de 4% de proteína e 8% de sorbitol perderam menos massa, quando comparadas às outras combinações de proteína e plastificante. As coberturas não interferiram nas características físico-químicas das laranjas.

Recobrimento de laranja 'Pêra' com filme de concentrado protéico de soro de leite associado a plastificantes.

ALLEONI, A.C.C.; JACOMINO, A.P.; ROSA, A.S.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 8, p.1221-1226, ago. 2006. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.41, n. 8, p.1221-1226, ago. 2006.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.25%
O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito de coberturas à base de concentrado protéico de soro de leite (CPSL), associadas a dois tipos de plastificantes (glicerol e sorbitol), em laranja 'Pêra'. As frutas foram lavadas e higienizadas de acordo com os padrões comerciais e submetidas à aplicação das coberturas. As coberturas à base de CPSL não foram eficientes na redução da perda de massa fresca da laranja 'Pera', independentemente do plastificante utilizado. Depois de 11 dias de armazenagem, as laranjas cobertas com solução filmogênica de 6% de proteína e 6% de glicerol, e laranjas cobertas com solução de 4% de proteína e 8% de sorbitol perderam menos massa, quando comparadas às outras combinações de proteína e plastificante. As coberturas não interferiram nas características físico-químicas das laranjas.; 2006

Desempenho de filmes comestíveis em comparação ao filme de policloreto de vinila na qualidade pós-colheita de mexericas 'Poncã'

Silva,Danielle Fabiola Pereira; Siqueira,Dalmo Lopes; Matias,Rosana Gonçalves Pires; Oliveira,Sílvia Paula; Lins,Leila Cristina Rosa de; Salomão,Luiz Carlos Chamhum
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
46.61%
O objetivo do trabalho foi avaliar o efeito de diferentes concentrações de fécula de mandioca na vida útil pós-colheita de frutos 'Mexerica Poncã' durante o armazenamento em temperatura ambiente em substituição ao filme de policloreto de vinila (PVC). Os frutos foram imersos em suspensões aquosas de fécula de mandioca a 0; 1; 2 e 3% (m:v) acrescidas de 0,5mL L-1 de óleo mineral Assist (Bayer Cropscience, da empresa Hoechst Schering AgrEvo UK Ltd. - Inglaterra) ou recobertos com PVC de 14µm de espessura, e armazenados a temperatura ambiente. As amostragens foram realizadas no tempo zero (início do experimento) e a cada dois dias, por oito dias. Foram avaliadas a perda de massa fresca, rendimento de suco, sólidos solúveis (SS), acidez titulável (AT), relação SS/AT e teor de ácido ascórbico. A perda de massa fresca aumentou durante o armazenamento, sendo mais acentuada na dose de 2%. A redução no teor de ácido ascórbico foi maior nos frutos recobertos com filme de PVC. A concentração de fécula de mandioca a 1% foi a que proporcionou melhores resultados quanto à manutenção da qualidade físico-química de frutos de 'Mexerica Poncã' durante oito dias de armazenamento.

Desenvolvimento e caracterização de filme emulsionado biodegradável produzido a partir de proteína isolada de soja, óleo de coco e surfactantes naturais

Carpiné, Danielle
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 116 f. : il. algumas color., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.61%
Orientador : Prof. Dr. Marcos Rogério Mafra; Co-orientadora : Profª Drª Larissa Canhadas Bertan; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos. Defesa: Curitiba, 09/07/2015; Inclui referências : f. 92-112; Resumo: Embalagens produzidas a partir de biopolímeros, como proteínas e lipídios, tornaram-se alvo de pesquisas nos últimos anos e se mostram como alternativas sustentáveis na substituição parcial ou completa dos derivados de petróleo. Estudos demonstram que proteínas apresentam capacidade para formar filmes com propriedades mecânicas adequadas e com boa resistência a permeação de gases. Entretanto, estas embalagens são suscetíveis às condições ambientais, principalmente a umidade relativa, inviabilizando sua aplicação em uma possibilidade de produtos. A adição de lipídios pode minimizar a difusão de água na estrutura do filme devido ao aumento na hidrofobicidade da matriz. A dispersão dos lipídios pode ser melhorada pela adição de surfactantes naturais, levando a formação de filmes emulsionados. Neste sentido, o objetivo deste trabalho foi desenvolver e caracterizar filmes emulsionados produzidos a partir de proteína isolada de soja (PIS)...

Utilização de filmes plásticos e comestíveis na conservação pós-colheita de melão amarelo.

BATISTA, P. F.; SANTOS, A. E. O. dos; PIRES, M. M. M. L.; DANTAS, B. F.; PEIXOTO, A. R.; ARAGÃO, C. A.
Fonte: Horticultura Brasileira, Brasilia, DF, v. 25, n. 4, p. 572-576, out./dez. 2007. Publicador: Horticultura Brasileira, Brasilia, DF, v. 25, n. 4, p. 572-576, out./dez. 2007.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.61%
Este trabalho teve como objetivo prolongar a vida pós-colheita de melões do tipo amarelo cv. AF-682, por meio da atmosfera modificada obtida com filme plastico de PVC e filmes comestíveis a base de cera de carnaúba (50%) e fécula de mandioca (1, 2 e 3%). Para o revestimento dos frutos com embalagem plastica utilizou-se filme de PVC com 10 mm de espessura, aderente e esticavel, colocado em camada única, na superfície de cada fruto. Apos serem revestidos pelos filmes os frutos foram armazenados em temperatura ambiente de 29± 2°C e 64± 1% UR por 20 dias, sendo em intervalos de cinco dias submetidos as avaliações: massa individual, firmeza da polpa, teor de sólidos solúveis totais, acidez titulável e pH. Utilizou-se delineamento inteiramente casualizado com seis repetições em esquema fatorial 6x4, sendo 6 tratamentos de conservação e 4 períodos de armazenamento. Nenhum dos tratamentos avaliados e recomendável para aumentar a conservação pós-colheita de melão amarelo. Os frutos revestidos com fécula de mandioca a 3% e filme de PVC apresentaram processo iniciais característicos de fermentação e podridão a partir de 15 dias de armazenamento em temperatura ambiente.; 2007