Página 1 dos resultados de 384 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Dessecação de plantas daninhas com o herbicida glyphosate associado a fertilizantes nitrogenados; Weed desiccation with the herbicide glyphosate associated to nitrogen fertilizers

Carvalho, Saul Jorge Pinto de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
67.23%
A expansão dos sistemas conservacionistas de manejo do solo e das culturas geneticamente modificadas para tolerância a herbicidas contribuiu sobremaneira para a crescente adoção do herbicida glyphosate que, atualmente, pode ser considerado o herbicida de maior importância mundial. Na tentativa de elevar a eficácia deste herbicida, diversas substâncias têm sido adicionadas à calda de pulverização, dentre elas a uréia e o sulfato de amônio. Neste sentido, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar aspectos da dessecação da cobertura vegetal com o herbicida glyphosate quando influenciada pela adição de uréia e/ou sulfato de amônio à calda de pulverização, incluindo a análise de doses, alterações no pH da calda, participação fisiológica do nitrogênio, aplicação conjunta dos fertilizantes e controle de diferentes espécies vegetais. Para tanto, nove experimentos foram desenvolvidos em campo, em áreas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Esalq/USP, em Piracicaba SP. Em complementação, cinco experimentos foram desenvolvidos em casa-de-vegetação e outros quatro experimentos foram desenvolvidos no Laboratório de Biologia de Plantas Daninhas, ambos do Departamento de Produção Vegetal...

Contribuição ao banco de dados brasileiro para apoio à avaliação do ciclo de vida: fertilizantes nitrogenados.; Contribution for the Brazilian database to support life cycle assessment: nitrogen fertilizers.

Ribeiro, Paulo Henrique
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
67.21%
A principal limitação da Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) é a necessidade da coleta de um elevado número de dados representativos para a região em estudo. Esta limitação pode ser contornada pela construção de bancos de dados regionais, ou seja, de inventários de elementos que são comuns aos ciclos de vida de inúmeros produtos. Entre esses elementos encontram-se os fertilizantes químicos. Nesse contexto este trabalho de doutorado apresenta uma contribuição ao banco de dados brasileiro para apoio aos estudos de ACV, qual seja: os inventários do ciclo de vida da uréia; do nitrato de amônio e do sulfato de amônio adequados às condições brasileiras. Para a elaboração dos inventários foi necessário obter o perfil detalhado do setor de fertilizantes nitrogenados no país. Em seguida, efetuou-se a identificação e quantificação das entradas de recursos naturais e das disposições de rejeitos associados ao ciclo de vida dos fertilizantes estudados. Por fim, fez-se uma discussão dos principais aspectos ambientais associados à produção dos três fertilizantes no Brasil. Os dados obtidos no inventário da uréia revelaram 45 aspectos ambientais. No que diz respeito às emissões atmosféricas, verificou-se que o dióxido de carbono foi responsável por 98...

Fertilizantes nitrogenados de liberação gradual: longevidade e volatilização em ambiente controlado; Gradual release of nitrogen fertilizers: longevity and volatilization under controlled environment

Mota, Edson Pereira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.96%
O aumento populacional verificado em escala mundial remete a necessidade do aumento da produção de alimentos, fibras e energia e, neste cenário, a prática da adubação como aporte de nutrientes ao solo ganha destaque para atender essas necessidades. Nesse contexto, a adubação nitrogenada, por fornecer nitrogênio, elemento fundamental ao desenvolvimento das plantas e à manutenção e aumento da produtividade, destaca-se com o uso da ureia. A ureia é o principal fertilizante sólido em âmbito mundial, ocupando metade da matriz dos nitrogenados tanto no Brasil como no mundo, possui alta concentração de N e preço mais atrativo por unidade do nutriente, porém esta sujeita a perdas, das quais a volatilização de amônia é o principal fator da baixa eficiência nas adubações. Como alternativa a minimização dessas perdas, tem-se hoje o desenvolvimento de produtos denominados fertilizantes de eficiência aumentada. Dentre esses, uma opção é o recobrimento da ureia com polímeros, resultando em proteção física do insumo. O objetivo foi estudar a dinâmica de fertilizante nitrogenado de liberação gradual avaliando a longevidade e suas perdas por volatilização de amônia. O experimento foi conduzido no município de Batatais- SP...

Estoque de carbono do solo e fluxo de gases de efeito estufa no cultivo do café; SOIL CARBON STOCK AND GREENHOUSE GASES FLUXES UNDER COFFEE CULTIVATION

Belizario, Maísa Honorio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2013 PT
Relevância na Pesquisa
46.96%
O café é uma das principais culturas exploradas no Brasil, e está entre as mais importantes commodities agrícolas de exportação. A demanda por produtos agrícolas sustentáveis é cada vez maior, questão especialmente importante para a competitividade dos produtos de exportação. Portanto, conhecer os impactos das emissões de gases do efeito estufa (GEE) é fundamental para qualquer cultura agrícola, assim como estudar o seu manejo para detectar alternativas mitigadoras. O objetivo deste estudo foi determinar o estoque de carbono no solo e o fluxo de gases de feito estufa no cultivo do café. Para tal foram avaliados o estoque de carbono do solo devido à conversão do uso da terra sob vegetação de Cerrado para a cultura do café; o uso de corretivo agrícola e sua influencia no fluxo de CO2, assim como a influência do uso de fertilizantes nitrogenados na emissão de N2O. O carbono (C) do solo foi determinado para o solo original de cerrado (controle) e em áreas convertidas há 37, 15 e 8 anos, além de duas áreas que receberam adição 22.684 e 16.845 kg ha-1de composto orgânico em 2006 (CRI) e 2010 (CRII), respectivamente. O estoque de C no solo foi maior na área Café 37 (91,34 Mg C ha-1) e o menor para o Cerrado (66...

Produção e avaliação da eficiência de ureia enriquecida com aditivos para o controle da liberação do nitrogênio; Production and evaluation of the efficiency of urea enriched with additives for the control of nitrogen release

Rech, Ioná
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
47.14%
Devido à importância do aumento da eficiência agronômica dos fertilizantes nitrogenados em função do custo cada vez maior dos fertilizantes na produção agrícola, o objetivo do presente estudo foi desenvolver formulações de fertilizantes nitrogenados a base de ureia com a adição de compostos inibidores de urease (NBPT, Cu, B), enxofre elementar e um argilomineral do grupo das zeolitas compondo os grânulos internamente, a fim de minimizar as perdas de N por volatilização de amônia e por lixiviação de amônio e nitrato. O primeiro experimento foi conduzido em casa de vegetação entre janeiro e março de 2013, no departamento de ciência do solo da ESALQ, onde foram avaliadas dez formulações produzidas no Laboratório de Tecnologia de Fertilizante da Embrapa Solos, mais alguns fertilizantes comerciais (FH Nitro Mais®, FH Nitro Gold®, Super N®, sulfato de amônio e ureia). Colunas de PVC com 15 cm de diâmetro por 45 cm de altura foram montadas e preenchidas com amostra de um Latossolo Vermelho Amarelo de textura média. A volatilização de amônia foi determinada através de uma câmara semi-aberta estática instalada na parte superior de colunas. A avaliação da lixiviação do nitrato e amônio foram feitas ao final do experimento de volatilização por meio da percolação de água...

Volatilização de amônia de fertilizantes nitrogenados aplicados nas culturas do trigo e do milho em sistema plantio direto no sul do Brasil; Volatilization of ammonia of fertilizer nitrogen applied in crops of wheat and corn in tillage system in southern Brazil

Viero, Fernando
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.89%
A volatilização de amônia é um importante fator influenciando a eficiência dos fertilizantes nitrogenados no sistema plantio direto (SPD). O objetivo da pesquisa foi avaliar a magnitude das perdas de N por volatilização de fontes nitrogenadas aplicadas nas culturas do trigo (2 safras) e do milho (2 safras) num Latossolo Bruno em SPD, na região Centro-Sul do Paraná (estudo 1), e verificar a influência da irrigação, antes e após a aplicação de N, nas perdas de N por volatilização na cultura do milho num Argissolo Vermelho em SPD na Depressão Central do Rio Grande do Sul (estudo 2). Diferentes fontes de N foram avaliadas (uréia, uréia com inibidor de urease, uréia com Cu e B, fertilizante de liberação lenta, fertilizante líquido, nitrato de amônio e sulfato de amônio), bem como diferentes manejos da uréia (aplicação pela manhã e a tarde, e incorporação mecânica). Doses de 150 e 50 kg ha-1 de N foram aplicadas nas culturas do milho e do trigo, respectivamente, em Guarapuava e 180 kg N ha-1 no milho na Depressão Central do RS. Em ambos locais, utilizouse um delineamento de blocos casualizados. A volatilização foi avaliada com o auxílio de um coletor semi-aberto estático. Na região Centro-Sul do Paraná (Latossolo Bruno)...

Nitrous oxide and methane fluxes in south Brazilian gleysol as affected by nitrogen fertilizers; Fluxos de óxido nitroso e de metano em gleissolo influenciados pela aplicação de fertilizantes nitrogenados no sul do brasil

Zanatta, Josiléia Acordi; Bayer, Cimelio; Vieira, Frederico Costa Beber; Gomes, Juliana; Tomazi, Michely
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
47.27%
Fertilizantes nitrogenados incrementam os fluxos de óxido nitroso (N2O) e podem deprimir a oxidação de metano (CH4) em solos agrícolas. Entretanto, não existem resultados da magnitude desses efeitos nas condições edafoclimáticas do Sul do Brasil, tampouco do potencial de algumas fontes de N em mitigar esses efeitos. O presente estudo objetivou avaliar o impacto da aplicação de fertilizantes nitrogenados (ureia, sulfato de amônio, nitrato de cálcio, nitrato de amônio, Uran, N de liberação lenta e ureia com inibidor de urease) nos fluxos de N2O e CH4 em um Gleissolo no Sul do Brasil (Porto Alegre, RS), em comparação a um tratamento controle sem aplicação de N. O experimento seguiu um delineamento de blocos ao acaso, com três repetições, e os fertilizantes foram aplicados, em cobertura, numa dose única de 150 kg ha-1 N, no estádio V5 da cultura do milho. A avaliação dos gases foi feita utilizando-se o método da câmara estática, nos 15 dias que sucederam a aplicação de N, e a análise das concentrações de N2O e CH4 nas amostras de ar foi realizada por meio de cromatografia gasosa. O pico de emissão de N2O ocorreu no terceiro dia após a aplicação dos fertilizantes nitrogenados e a sua intensidade variou de 187...

Identificação do teor de nitrogênio foliar em cana-de-açúcar no estágio inicial de crescimento utilizando infravermelho próximo e sistemas inteligentes

Domingues, Edson Lucio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 129 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.89%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia Elétrica - FEB; A busca por novas soluções que estimulem o crescimento da produção para atender o aumento do consumo mundial de produtos agrícolas, sem aumentar o impacto ambiental, desperta o interesse pelo desenvolvimento de novas técnicas de controle e aplicação de insumos nas plantações, visando uma melhor precisão no gerenciamento das quantidades de nutrientes necessárias nas áreas agrícolas. No Brasil a cultura da cana-de-açúcar esta se destacando no segmento agrícola e o aumento do interesse mundial no mercado de açúcar e álcool têm interessado o aumento de investimentos no setor de todo o país. A cultura de cana-de-açúcar tem grande necessidade de aplicação na aplicação de fertilizantes nitrogenados e esta necessidades estimula as pesquisas por novas soluções que permitam o monitoramento da quantidade de nitrogênio absorvida nas plantas, respeitando sua variabilidade espacial, para melhorar a eficiência no uso dos fertilizantes nitrogenados, aumentando a produtividade, reduzindo custos e os impactos ambientais. O uso dos sensores ópticos como ferramenta para medir a quantidade de nitrogênio absorvida pelas plantas através da refletância vem despertando o interesse dos pesquisadores e a utilização desta técnica em plantas de cana-de-açúcar no estagio inicial do crescimento precisa ser aprimorada. Esta dissertação pesquisou novas técnicas de processamento em tempo real utilizando sistemas inteligentes aplicados à ambientes agrícolas baseados em redes neurais artificiais...

Participação da energia fóssil na produção dos fertilizantes industriais nitrogenados com ênfase na uréia

Mendes Júnior, Antonio Aparecido
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vii, 43 f. : gráfs.
POR
Relevância na Pesquisa
57.2%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; Atualmente, pode-se observar a importância da produção agropecuária e florestal mundial desde o algodão, processado para a fabricação de roupas até o plantio e transformação dos alimentos. A agricultura mundial sofreu uma grande reestruturação no aspecto produtivo, pois, com o aumento da população mundial, o homem foi obrigado a desenvolver novas técnicas de produção, para assim alcançar um aumento na produção e na produtividade de alimentos e matérias-primas. Nesse sentido, tornou-se uma realidade a utilização de grandes quantidades de fertilizantes industriais em agroecossistemas. Nesse estudo, analisou-se a participação de energias fósseis no processo de produção dos fertilizantes industriais nitrogenados, embora sua apresentação na estrutura de dispêndio energético de agroecossistemas nem sempre é distribuída adequadamente. Assim, o presente trabalho teve por objetivo analisar a participação das fontes de energia empregadas no processo de produção industrial dos fertilizantes nitrogenados, particularmente a uréia. A hipótese que orienta este estudo é que nas análises energéticas de agroecossistemas...

Diagnose da composição nutricional e eficiência de fertilizantes nitrogenados na cultura do milho

Modesto, Viviane Cristina
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xvi, 54 p.
POR
Relevância na Pesquisa
67.12%
Pós-graduação em Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV; The nitrogen fertilization is the agricultural practice that influences the most the grains yield in the maize culture. Together to the use of technologies the use of fertilizers promotes a better use of N by the cultures. This way, it was aimed evaluate the biometric characteristics, chlorophyll amount, biomass production, and the nutritional status of maize plants when submitted to different sources and doses of nitrogenous fertilizers. The experiment was carried out in a Luvisol, at Embrapa/CNPC Experimental Field in Sobral, CE, Brazil. The treatments were five nitrogen sources: urea + NBPT, urea + polymer, urea + enzymatic inhibitor, urea + sulfur covering, and urea without technology added. Three doses of nitrogen were used: 45, 67,5 and 90 kg N ha-1 and an additional treatment, without nitrogen fertilization, as top dressing 30 days after planting. The nitrogen fertilization combined to technology promoted higher chlorophyll contents and biomass production in the maize plants. The maximum agronomic economic efficiency was reached using urea without nitrogen fertilization, as top dressing 30 days after planting. The nitrogen fertilization combined to technology promoted higher chlorophyll contents and biomass production in the maize plants. The maximum agronomic economic efficiency was reached using urea without technology added...

Adubação da cana-de-açúcar. III - Fertilizantes nitrogenados

Alvarez,R.; Segalla,A. L.; Catani,R. A.
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1958 PT
Relevância na Pesquisa
47.04%
Neste trabalho são apresentados os resultados obtidos em solo terrq-roxa-misturada da Usina Tamôio, Araraquara, em um ensaio com diferentes fertilizantes nitrogenados. Empregando um delineamento experimental em blocos ao acaso com oito tratamentos e seis repetições, estudaram-se, em presença de fósforo e potássio, os seguintes fertilizantes nitrogenados: torta de mamona, salitre do Chile, sulfato de amônio, calnitro, uréia e calciocianamida. A torta de mamona e a calciocianamida foram empregadas nos sulcos, por ocasião do plantio, e os outros fertilizantes nitrogenados em três aplicações. Os resultados mostraram que os efeitos produzidos pela torta de mamona, salitre do Chile, sulfato de amônio, calnitro e uréia são equivalentes e superiores ao da calciocianamida, que apresentou a mesma produção que o tratamento sem nitrogênio.

Destino de adubos nitrogenados marcados com 15N em amostras de dois solos da Amazônia central

Alfaia,S. S.
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/1997 PT
Relevância na Pesquisa
56.78%
Foi estudado, em condições de casa de vegetação, em Nancy (França), em 1992, o destino de duas formas de fertilizantes nitrogenados, marcados com 15N, sulfato de amônio e uréia, em amostras do horizonte A de dois principais solos da Amazônia Central, classificados como latossolo amarelo e podzólico vermelho-amarelo. A planta teste foi o "rye-grass" da Itália (Lolium multiflorum L.). Em ambos os solos, a uréia foi mais bem utilizada do que o sulfato de amônio. Entre 60 e 70% do N aplicado como uréia foi absorvido pela planta, enquanto, com a aplicação de sulfato de amônio, esses valores variaram entre 44 e 49%. O balanço do 15N no final do ciclo da cultura mostrou que a imobilização do N nos dois solos foi maior na presença de uréia que na de sulfato de amônio. As perdas, estimadas por diferença, foram mais elevadas no tratamento com sulfato de amônio. Considerando que perdas por lixiviação foram praticamente nulas com a técnica de cultivo utilizada, elas devem ter ocorrido essencialmente por via gasosa.

Efeito de fertilizantes nitrogenados na produtividade de melão

Soares,José Monteiro; Brito,Luiza Teixeira de Lima; Costa,Nivaldo Duarte; Maciel,José Lins; Faria,Clementino Marcos Batista de
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/1999 PT
Relevância na Pesquisa
46.89%
Em Petrolina, PE, foi realizado um estudo com a cultura do melão (Cucumis melo L.), Valenciano Amarelo, num Latossolo, para avaliar o efeito de fontes de fertilizantes nitrogenados e de suas combinações. O delineamento experimental foi em blocos casualizados com arranjo em faixa, com quatro repetições e nove tratamentos englobando a testemunha e os fertilizantes nitrogenados na dose de 80 kg/ha de N, aplicados no solo e, ou, via água de irrigação, por um período de 42 dias após a germinação. Esses tratamentos foram: Uréia e Sulfato de Amônio isolados; Uréia (15 dias) + Nitrato de Potássio (16-42 dias); Uréia (15 dias) + Sulfato de Amônio (16-42 dias); Uréia (30 dias) + Nitrato de Potássio (31-42 dias); Uréia (15 dias) + Sulfato de Amônio (16-30 dias) + Nitrato de Potássio (31-42 dias). A uréia aplicada via fertirrigação até 42 dias proporcionou maior rendimento (31,14 t/ha), embora não estatisticamente diferente dos demais tratamentos. A testemunha e o sulfato de amônio mostraram-se menos produtivos, com rendimentos de 25,06 e 24,65 t/ha, respectivamente. O peso médio do fruto variou de 1,63 a 1,84 kg/fruto, e o teor de sólidos solúveis totais, de 12,1 a 13,1 ºBrix; não se verificaram diferenças estatísticas.

Fixação biológica de nitrogênio e fertilizantes nitrogenados no balanço de nitrogênio em soja, milho e algodão

Alves,Bruno José Rodrigues; Zotarelli,Lincoln; Fernandes,Francisco Marques; Heckler,João Carlos; Macedo,Ricardo Antonio Tavares de; Boddey,Robert Michael; Jantalia,Cláudia Pozzi; Urquiaga,Segundo
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.89%
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da fixação biológica de nitrogênio (FBN) da cultura da soja, e a eficiência do uso de fertilizantes nitrogenados (EUFN) pelas culturas de milho e algodão, no balanço de N de um Latossolo Vermelho distroférrico, sob plantio direto, em Dourados, MS. O estudo foi feito em dois anos, concentrando-se nas safras de verão. A contribuição da FBN para a soja foi avaliada pela técnica de abundância natural de 15N. A EUFN foi avaliada mediante a substituição dos fertilizantes nitrogenados convencionais pelos enriquecidos com 15N, nas culturas do milho e algodão. No primeiro ano, foram adicionados 115 kg ha-1 de N, de forma parcelada, para ambas as culturas; somente a parte aérea das plantas foi avaliada. No segundo ano, somente a cultura do milho foi avaliada, tendo recebido 70 kg ha-1 de N aos 29 DAE. Nesse ano, além da parte aérea do milho, amostrou-se também o solo, na profundidade de 0-20 cm. Nos dois anos de avaliação, a FBN foi superior a 80% do N nas plantas de soja, o que resultou em alta produtividade e em balanço positivo de N para o solo. A EUFN na parte aérea de milho e algodão, no primeiro ano, foi de 48 e 61%, respectivamente. No segundo ano, a EUFN, na parte aérea do milho...

Eficácia e pH de caldas de glifosato após a adição de fertilizantes nitrogenados e utilização de pulverizador pressurizado por CO2

Carvalho,Saul Jorge Pinto de; Damin,Virginia; Dias,Ana Carolina Ribeiro; Yamasaki,Gaspar Miura; Christoffoleti,Pedro Jacob
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
47.04%
Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficácia e o pH de caldas de glifosato após a adição de fertilizantes nitrogenados e utilização de pulverizador pressurizado por CO2. Em campo, foram aplicadas duas doses de glifosato (360 e 720 g ha-1), isoladas ou combinadas a duas concentrações de ureia (2,5 e 5,0 g L-1) ou sulfato de amônio (7,5 e 15,0 g L-1). Em laboratório, mensurou-se o pH de caldas de glifosato após o uso de diferentes concentrações do produto e dos fertilizantes nitrogenados e após a utilização do pulverizador pressurizado por CO2. Em todas as avaliações do experimento em campo, a menor dose de glifosato teve maior eficácia biológica após a adição de sulfato de amônio (15 g L-1) à calda. A ureia (5 g L-1) proporcionou efeitos benéficos somente na avaliação aos 28 dias após a aplicação. Em laboratório, o aumento da concentração de glifosato promoveu gradativa acidificação da calda de pulverização, com estabilização do pH da solução em 4,5. O sulfato de amônio causou pequena acidificação da calda herbicida, enquanto a ureia não alterou o pH. O uso do pulverizador pressurizado por CO2 pouco alterou o pH da calda de glifosato. A maior eficácia do glifosato após a adição de fertilizantes nitrogenados à calda está pouco relacionada com alterações no pH da solução.

Fertilizantes nitrogenados de eficiência aumentada e ureia na cultura do milho

Frazão,Joaquim J.; Silva,Átila R. da; Silva,Vanderli L. da; Oliveira,Vinícius A.; Corrêa,Rubia S.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
47.04%
A ureia é o principal fertilizante nitrogenado utilizado na adubação de cobertura no milho; no entanto, apresenta elevada suscetibilidade às perdas de N por volatilização de amônia. Uma alternativa é o tratamento da ureia com inibidor de urease ou revestimento com camadas de polímeros, classificados como fertilizantes nitrogenados de eficiência aumentada. Neste contexto, o presente trabalho objetivou avaliar o efeito da aplicação de doses de nitrogênio na forma de fertilizantes nitrogenados de eficiência aumentada e ureia em cobertura na cultura do milho. Utilizou-se o delineamento em blocos casualizados em esquema fatorial 3 x 4 + 1. As fontes utilizadas foram: ureia comum; ureia tratada com inibidor de urease e ureia revestida com polímeros testados nas doses de 32,5, 65, 130 e 260 kg ha-1 de N. A massa de cem grãos e a massa seca de parte aérea de plantas aumentaram de forma linear com as doses de N. O teor de nitrogênio na folha e a produtividade de milho foram superiores quando se utilizou ureia tratada com inibidor de urease ou revestida com polímeros, principalmente nas doses de 130 e 260 kg ha-1 de N. Neste sentido, a utilização de fertilizantes nitrogenados de eficiência aumentada não apenas aumentou mas também melhorou o suprimento de N para o milho aumentando ainda a produtividade de grãos.

Eficácia e pH de caldas de glifosato após a adição de fertilizantes nitrogenados e utilização de pulverizador pressurizado por CO2.

CARVALHO, S. J. P. de; DAMIN, V.; DIAS, A. C. R.; YAMASAKI, G. M.; CHRISTOFFOLETI, P. J.
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 6, p. 569-575, jun. 2009. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 44, n. 6, p. 569-575, jun. 2009.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.04%
Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficácia e o pH de caldas de glifosato após a adição de fertilizantes nitrogenados e utilização de pulverizador pressurizado por CO2. Em campo, foram aplicadas duas doses de glifosato (360 e 720 g ha-1), isoladas ou combinadas a duas concentrações de ureia (2,5 e 5,0 g L-1) ou sulfato de amônio (7,5 e 15,0 g L-1). Em laboratório, mensurou-se o pH de caldas de glifosato após o uso de diferentes concentrações do produto e dos fertilizantes nitrogenados e após a utilização do pulverizador pressurizado por CO2. Em todas as avaliações do experimento em campo, a menor dose de glifosato teve maior eficácia biológica após a adição de sulfato de amônio (15 g L-1) à calda. A ureia (5 g L-1) proporcionou efeitos benéficos somente na avaliação aos 28 dias após a aplicação. Em laboratório, o aumento da concentração de glifosato promoveu gradativa acidificação da calda de pulverização, com estabilização do pH da solução em 4,5. O sulfato de amônio causou pequena acidificação da calda herbicida, enquanto a ureia não alterou o pH. O uso do pulverizador pressurizado por CO2 pouco alterou o pH da calda de glifosato. A maior eficácia do glifosato após a adição de fertilizantes nitrogenados à calda está pouco relacionada com alterações no pH da solução.; 2009

Uso estratégico de fertilizantes nitrogenados em sistemas de produção animal em pastagens.

SANTOS, P. M.
Fonte: In: SIMPÓSIO SOBRE MANEJO DE PASTAGEM, 25., 2009, Piracicaba, SP. Intensificação de sistemas de produção animal em pasto - anais. Piracicaba: FEALQ, 2009. p.151-162. Publicador: In: SIMPÓSIO SOBRE MANEJO DE PASTAGEM, 25., 2009, Piracicaba, SP. Intensificação de sistemas de produção animal em pasto - anais. Piracicaba: FEALQ, 2009. p.151-162.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.89%
Conceitos básicos sobre sistemas de produção animal em pasto; Crescimento da planta forrageira: aspectos relativos ao acúmulo e valor nutritivo da forragem; Consumo de forragem por animais em pastejo: analogias e simulações em pastoreio rotativo; Uso de metas de pasto para a realização do manejo do pastejo; Planejamento do uso de áreas de pastagens em sistema de produção animal em pasto; Uso estratégico de fertilizantes nitrogenados em sistemas de produção animal em pastagens; Uso estratégico da suplementação concentrada em sistemas de produção animal em pastagens; Uso estratégico da suplementação volumosa em sistemas de produção animal em pastagens; Uso estratégico da irrigação em sistemas de produção animal em pastagens; Estudo de caso: Fazenda Queima Ferro; Estudo de caso: Fazenda Santa Maria do Brejo Alegre; Estudo de caso: Sisal Planejamento Agropecuário e Assistência Técnica.; 2009

Eficiência agronômica de fertilizantes nitrogenados, emissão de CO2 e volatilização de NH 3 na cultura do milho

Souza, Taylor Lima de
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo; UFLA; brasil; Departamento de Ciência do Solo Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo; UFLA; brasil; Departamento de Ciência do Solo
Tipo: Dissertação
Publicado em 04/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
47.28%
The increase in corn productivity implies a proper supply of nutrients, among which nitrogen (N) stands out. Urea is the most widely nitrogen fertilizer used in agriculture, it presents high concentration of N and less cost. The objective of this study was to evaluate the agronomic efficiency of conventional, stabilized, and slow and controlled release nitrogen fertilizers in corn crop. The experiment was conducted in Lavras, Minas Gerais state, Brazil. The treatments were: Prilled urea, granulated urea, urea incorporated into 2 cm deep, ammonium nitrate, sulfur coated urea (16% of elementary sulfur -S 0 ) urea + 530 mg kg -1 NBPT, Polymer coating of sulfur-coated urea (7.9% of S 0 + polymers), hydrolyzed leather, urea + thermoplastic resin. All fertilizers were applied at 150 kg ha -1 of N in top dressing and the control treatment (without nitrogen in topdressing).Were evaluated: Daily and cumulative CO2 emissions after 33 days from the application of nitrogen fertilizers, ammonia losses by volatilization, dry weight of shoots (straw), grain productivity, accumulation of nitrogen and sulfur in the grains and in straw and two agronomic efficiency index were calculated. The largest losses of N-NH3 from conventional urea (granulated or prilled) occur until the 7 th day of application in coverage. The Urea + NBPT...

Desenvolvimento inicial do milho em função de doses e fontes de nitrogênio aplicadas na semeadura

Sangoi, Luís; EMBRAPA; Ernani, Paulo Roberto; EMBRAPA; Bianchet, Paula; EMBRAPA
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/05/2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.96%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n4p53O crescimento do plantio direto fez com que aumentassem as doses de nitrogênio aplicadas na semeadura do milho. Em função disso, o trabalho objetivou avaliar o efeito de fontes e doses de fertilizantes nitrogenados na germinação do milho. Testaram-se duas fontes nitrogenadas (ureia e sulfato de amônio) e quatro doses de N (0, 50, 100 e 200Ng.ha-1), aplicadas em cinco solos com diferentes texturas. As unidades experimentais foram caixas plásticas com 50cm de comprimento, 22cm de largura e 13cm de profundidade. Foram semeadas quatro linhas por caixa com 10 sementes cada, a 2,5cm de profundidade. Os fertilizantes foram aplicados nas linhas de semeadura, a 5cm da superfície do solo. A aplicação de doses de N superiores a 50Ng.ha-1 na forma de ureia prejudicou a germinação do milho em quatro dos cinco solos avaliados. A adição de sulfato de amônio somente reduziu germinação do milho no Neossolo Quartzarênico com menor quantidade de argila. Doses crescentes de N aumentaram a condutividade elétrica do solo. Este incremento foi mais pronunciado com aplicação do sulfato de amônio. A volatilização de amônia diminuiu mais a germinação do milho do que a salinidade quando foram aplicadas altas doses de fertilizantes nitrogenados.