Página 1 dos resultados de 648 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Turismo, patrimônio cultural e transporte ferroviário: um estudo sobre ferrovias turísticas no Brasil e na Argentina; Turismo, patrimonio cultural y ferrocarriles: un estudio acerca de los trenes turísticos en Brasil y en Argentina

Allis, Thiago
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.19%
Este trabalho identifica, qualifica e analisa as ferrovias turísticas no Brasil e na Argentina, mediante quatro estudos de caso, sendo dois no Brasil ? Viação Férrea Campinas-Jaguariúna e Serra Verde Express ? e dois na Argentina ? Tren de la Costa e Viejo Expreso Patagónico. Nosso objetivo principal foi entender como tais ferrovias contribuem para a preservação do patrimônio cultural ferroviário. Para tanto, desenvolvemos um conceito de ?ferrovias turísticas?, tendo por base as questões do turismo, do patrimônio cultural e do transporte ferroviário em ambos os países. Apresentamos também algumas discussões acerca do atual estágio da urbanização, de forma a compreender as maneiras pelas quais o patrimônio cultural e o turismo se articulam para a gestão do território num contexto globalizado.; Este trabajo identifica, cualifica y analiza los trenes turísticos en Brasil y en la Argentina, mediante cuatro estudios de caso: dos en Brasil ? Viação Férrea Campinas-Jaguariúna y Serra Verde Express ? y otros dos en la Argentina ? Tren de la Costa y Viejo Expreso Patagónico. Nuestro principal objetivo fue comprender como tales trenes contribuyen para la preservación del patrimonio cultural ferroviario. Para eso...

A regulação do setor ferroviário brasileiro : monopólio natural, concorrência e risco moral

Durço, Fábio Ferreira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.13%
Este trabalho analisará a eficiência econômica do arcabouço regulatório do setor ferroviário brasileiro e sua influência sobre o desenvolvimento do modal ferroviário no País e sobre as empresas detentoras dos atuais contratos de concessão vigentes desde a desestatização das ferrovias, iniciada em 1996. A hipótese formulada é que a regulação, ainda que mínima, foi fundamental, na segunda metade da década de 1990, para criar as condições jurídicas e econômicas necessárias para a desestatização do setor. Por outro lado, a despeito dos avanços econômicos do modal ferroviário nos primeiros quinze anos de concessão, é possível constatar distorções, exemplificadas pela baixa concorrência, pelo abandono de alguns trechos e pela falta de integração entre as malhas ferroviárias. Por essa razão, serão analisados os aspectos históricos do desenvolvimento das ferrovias no Brasil, as condições e premissas que nortearam o Estado no processo de desestatização, os instrumentos contratuais, os investimentos privados nas estradas de ferro, a experiência de outros países na condução de reformas para o fortalecimento do transporte ferroviário e finalmente as novas Resoluções propostas pelo poder concedente em 2011...

Requalificação de ativo público em obsolescência tecnológica: a ferrovia tronco centro de Pernambuco

Maciel Júnior, Artur Barbosa
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.13%
O estudo objetivou levantar as possibilidades de requalificação da Linha Tronco Centro de Pernambuco (LTCPE), um ativo ferroviário secular, em bitola métrica, com 608 km de extensão, desenvolvidos ao longo da linha dorsal do Estado de Pernambuco. Sua relevância se justifica pela solicitação da Concessionária ao Governo federal de devolução do patrimônio ferroviário. A operadora destaca que a linha ferroviária será substituída por outra linha férrea, a Ferrovia Nova Transnordestina, em bitola larga, de alto desempenho, que liga os estados de Pernambuco, Piauí e Ceará. Ambas as ferrovias desenvolvem um longo paralelismo em toda a extensão da LTCPE. Pretendeu-se, pois, identificar outras utilidades para o referido ramal ferroviário que não a de transporte de carga, vez que esta requalificação não deveria se dar em posição concorrencial com a Transnordestina. A pesquisa foi desenvolvida com base na compreensão de seu contexto histórico, da análise do quadro nacional do setor e na análise dos diversos ambientes socioeconômicos em que está inserido esse ramal ferroviário. Para obtenção dos resultados, foram aplicados questionários com profissionais dos setores de serviços públicos de planejamento e logística...

O PAC e o setor de ferrovias: do incrementalismo à proposta de um novo paradigma

Guerra, Pedro Henrique Giocondo
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.13%
O trabalho analisa historicamente as recentes medidas do governo federal para o desenvolvimento do setor de ferrovias, buscando verificar se o PAC representou uma mudança de paradigma. Conclui-se que o PAC, em si, não rompeu com o paradigma inaugurado pela desestatização do setor, ocorrida entre 1996-1998. No entanto, reforçou o papel do Estado como planejador, iniciado com o PNLT, como empresário, com o fortalecimento da Valec e, de maneira indireta, como regulador, com o a edição de novas resoluções pela ANTT, em resposta a seus objetivos de integrar as malhas ferroviárias concedidas e de torná-las mais competitivas.

Infraestrutura ferroviária e desenvolvimento econômico : o caso de um projeto de grande vulto

Silva, Felipe de Abreu Inácio da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.23%
Este trabalho destaca a importância da relação entre infraestrutura, desenvolvimento econômico e ferrovias. Nesse sentido, analisa-se a ligação entre infraestrutura, desenvolvimento e ferrovias através de fundamentação teórica; pesquisas bibliográficas relacionadas ao histórico e à atualidade das ferrovias no Brasil, inclusive mediante comparação com outros países; e um exemplo para melhor entendimento sobre um projeto ferroviário. Esta monografia destaca as ferrovias tendo um papel determinante para o desenvolvimento econômico e as vantagens do modal ferroviário em relação ao rodoviário. Esses resultados se confirmam ao analisar a matriz de transporte do Brasil, visto que essa diverge muito das matrizes de países desenvolvidos com semelhança territorial, pois a brasileira tem as rodovias com muito mais participação do que as ferrovias.; Este trabajo destaca la importancia de la relación entre la infraestructura, el desarrollo económico y los ferrocarriles. Para eso se analiza la ligazón entre la infraestructura, el desarrollo y los ferrocarriles desde los fundamentos teóricos hasta las investigaciones de la bibliografía relacionadas al histórico y a la actualidad de los ferrocarriles en Brasil, incluso comparado a otros países. Se pone también un ejemplo...

Influência da soldagem por caldeamento na tenacidade à fratura e na resistência à fadiga de trilhos ferroviários

Gerlin Neto, Vicente
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 115f.
POR
Relevância na Pesquisa
26.13%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Engenharia Mecânica - FEIS; O transporte ferroviário é um meio de transporte já consolidado na maior parte do mundo desde o início do século XIX. Atualmente o Brasil está reiniciando a construção de novas ferrovias e novos investimentos na área surgiram. Com vista nestas novas ferrovias, estudos sobre a caracterização mecânica e de mecânica da fratura dos trilhos se faz necessária e o estudo da tenacidade do material dos trilhos é um importante fator no conhecimento das propriedades dos trilhos. As ferrovias são construídas em linhas contínuas soldadas por um processo denominado caldeamento. Este trabalho teve como objetivo estudar a influência da junta soldada no comportamento à fratura do material de trilhos ferroviários do tipo TR-57. Por meio de ensaios de tração, fadiga por flexão rotativa, impacto Charpy instrumentado e de tenacidade à fratura foi feita a caracterização do material e análise das influências da junta soldada nas características de tenacidade à fratura dinâmica aparente e de tenacidade à fratura do material dos trilhos. Os resultados mostraram que o material dos trilhos segue uma tendência de queda da tenacidade a fratura na região da junta soldada...

A Sorocabana Railway Company: a relação de uma empresa ferroviária privada com as diretrizes governamentais (1907-1919)

Corrêa, Lucas Mariani
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 136 f.
POR
Relevância na Pesquisa
26.13%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 11/16954-8; Pós-graduação em História - FCLAS; On the propulsion of progress in Brazil Empire, at the 19th century, appear the first railroads. In 1875, crop out the Sorocabana Railway. During the early years of the Republic, São Paulo’s state government, through the Agriculture, Trade and Public Works Department, initiate to develop proposals to coordinate of the railroads and their expansion in the state in favor of the state’s guidelines of territory occupation and economical boost. Even during these years, in 1907, the Sorocabana will be lease by a businessmen group, represented by Percival Farquhar, becoming part of a holding. During the years under private management, from 1907 to 1919, many changes occurred on governmental proposals, even campaigns against this group domain on the railway activity. These facts lead to a contract rupture and the enterprise goes back to the public administration. Considering all this, our research goal is, first of all, to analyze which was the governmental proposals and guidelines, through the Agriculture Department, about the railways. Second, to comprise the involvement and relationship of the Sorocabana Railway Company with such guidelines. We use as research sources the Annual Reports of the Agriculture...

Avaliação de desempenho de ferrovias utilizando a abordagem integrada DEA/AHP

Humberto de Paiva Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2000 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
A avaliação de desempenho sempre foi um assunto de interesse para o planejamento e operação de transportes. Mas, atualmente, com as privatizações e o acirramento da competição, conhecer o desempenho tomou-se crucial para os agentes deliberantes. O processo de reestruturação do transporte ferroviário demanda um sistema de monitoração do desempenho das concessões ferroviárias que permita ao poder concedente acompanhar. e, se necessário, intervir nas concessionárias para garantir a qualidade dos serviços ferroviários. Tal sistema de monitoração deve considerar múltiplos fatores devido às características dos serviços de transporte. Neste trabalho, duas técnicas muito difundidas são comparadas como ferramentas de benchmarking. Os métodos DEA e AHP, apesar de terem origens diferentes, apresentam certas semelhanças que podem ser exploradas para uma aplicação integrada de ambos, a fim de aumentar o espectro das análises. Este trabalho também apresenta um breve relato do processo de reestruturação ferroviário e uma análise, usando o método AHP, do sistema de monitoração de indicadores proposto para o Ministério dos Transportes. Duas estruturas hierárquicas de avaliação de desempenho foram elaboradas para a comparação dos métodos...

Uma Contribuição metodológica ao atendimento emergencial em ferrovias

Ribeiro, Guilherme Vilela
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 134 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.23%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Florianópolis, 2011; Esta dissertação de mestrado consiste na proposição de procedimentos de atendimento de ocorrências emergenciais em ferrovias, representados por meio de fluxogramas de seqüenciamento lógico das rotinas de atendimento. O objetivo principal foi o desenvolvimento de uma contribuição metodológica ao atendimento de ocorrências emergenciais em ferrovias. O quadro conceitual versou sobre os principais assuntos relacionados ao tema do trabalho: modal ferroviário no Brasil, segurança ferroviária, transporte de produtos perigosos e Planos de Atendimento Emergencial. A vertente empírica da pesquisa contou com a coleta e análise de dados e informações documentais e entrevistas com profissionais da administração de empresas ferroviárias e de atendimento emergencial em instituições públicas e privadas de natureza não ferroviária. São enumerados os agentes internos de uma empresa ferroviária, os agentes externos de apoio, os recursos materiais necessários para realizar atendimento emergencial em ferrovias e, tendo em vista a proposta de contribuição metodológica...

As ferrovias no Brasil e avaliação econômica de projetos : uma aplicação em projetos ferroviários; Railways in Brazil and the project economic analysis : analysis of railway project

Lang, Aline Eloyse
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.26%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2007.; O Brasil, país de dimensões continentais, necessita de um transporte de carga eficiente e barato. As ferrovias se encaixam nesse perfil, se apresentando como um modal bastante econômico, seguro e sustentável. No Brasil, desde o início da utilização desse modo de transporte, em 1854, até hoje, as ferrovias passaram por algumas crises e as conjunturas histórica e política delinearam o setor, com características bem definidas. Hoje, as ferrovias desestatizadas passam por um processo de melhoramento em muitas esferas, mas ainda apresentam muitos problemas, na grande maioria surgidos antes das concessões e situados principalmente em áreas urbanas. Esses entraves exigem, na grande maioria, soluções e empenho do Governo Federal, como exemplo tem-se as invasões da faixa de domínio. Contudo, nota-se que a aplicação de recursos é feita sem um embasamento teórico diante de qual opção de investimento a adotar, bem como a seleção e identificação de projetos prioritários. Assim, se torna imprescindível a utilização de técnicas para avaliação econômica de projetos, apontando quais os benefícios de um projeto para a economia e para a sociedade como um todo...

Um século de estradas de ferro : arquiteturas das ferrovias no Brasil entre 1852 e 1957

Finger, Anna Eliza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.05%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação, 2013.; Este trabalho analisa o Patrimônio Ferroviário brasileiro produzido entre 1852 (início da construção da primeira linha) e 1957 (formação da Rede Ferroviária Federal – RFFSA), com enfoque na arquitetura de seus edifícios, dentro de uma perspectiva global de compreensão do acervo, considerando suas origens estrangeiras, o contexto histórico, econômico e social em que foi produzido no Brasil, e investigando suas características particulares, visando à produção de uma base teórica e metodológica para sua análise e entendimento. Para sua compreensão, foram pesquisadas as origens estrangeiras da tecnologia, relacionada ao contexto europeu pós-Revolução Industrial, estudando a formação dos programas de necessidades, partidos e tipologias, principais materiais e técnicas empregados, e a definição do caráter e linguagem desses edifícios. De forma a compreender o que levou o Brasil a importar a tecnologia ferroviária, bem como os efeitos de sua implantação, foi analisado o panorama político e econômico do país durante o século XIX, suas relações com os países exportadores da tecnologia...

Estudo numérico e ambiental de dutos enterrados sob a influência de rodovias e ferrovias

Berquó, Felipe Augusto Nunes
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.05%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2014.; Este trabalho buscou avaliar, comparativamente, o comportamento mecânico de dutos enterrados considerando carregamentos estáticos baseados em rodovias e ferrovias. Hoje existem diversos tipos de casos onde existem interações de carregamentos entre os modais de transporte. Analisou-se a contribuição da altura de cobertura e de carregamentos na superfície do terreno para tensões e deformações no duto e na região da envoltória deste. Foram utilizadas análises com base em formulações analíticas pelos métodos propostos por Kirsch, Einsten & Schwartz e Marston-Spangler. Trabalhos de outros pesquisadores e normas motivaram e auxiliaram esta pesquisa. Estes forneceram instrumentos para que se avaliassem criticamente o comportamento mecânico das instalações quanto aos efeitos gerados em 10 tipos de casos. Assim, foram descritas as instalações consideradas seguras para regiões próximas a carregamentos superficiais. Para o desenvolvimento e análises dos casos, utilizou-se a ferramenta numérica PLAXIS®. Os resultados encontrados se mostraram coerentes em diferentes situações após a análise de diferentes comportamentos quanto ao coeficiente de empuxo no repouso...

Mensuração de eficiência produtiva das ferrovias brasileiras de carga : uma aplicação de modelos DEA e Tobit; Measurement of productive efficiency of brazilian freight railways : an application of DEA and Tobit models

Macambira Filho, José Kleber Duarte
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.23%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2014.; Este estudo mensura a eficiência produtiva das ferrovias brasileiras de carga através da aplicação de modelos DEA (Análise Envoltória de Dados) considerando retornos constantes à escala e retornos variáveis à escala. Os dados utilizados provêm da Agência Nacional de Transportes Terrestres e possuem periodicidade mensal, estando compreendidos entre os meses de janeiro de 2006 a dezembro de 2011 e são relativos às 12 concessionárias de transporte ferroviário de carga. Primeiramente são selecionadas variáveis proxy que representam os fatores de produção utilizados pelas concessionárias ferroviárias na produção de transporte. Essas variáveis são usadas como inputs e a produção de transporte como output dos modelos DEA. Após aplicação dos modelos DEA e a obtenção das eficiências produtivas foram elaborados modelos de regressão censurada Tobit para aferir o nível de correlação entre os inputs dos modelos DEA e as eficiências produtivas. Os resultados dos modelos DEA mostram que as ferrovias que se especializaram no transporte de commodities minerais e agrícolas possuem níveis mais elevados de eficiência produtiva do que as ferrovias que atuam no transporte de uma carteira mais diversificada de produtos. Por outro lado...

Ferrovias Mogiana e norte e sul em território goiano : a geopolítica dos transportes

Mendonça Filho, Marajá João Alves de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Pós Graduação em Geografia, 2015.; O presente trabalho analisa o processo histórico de instalação das ferrovias no território brasileiro para a compreensão da sua importância na integração e na competitividade econômica, o que culminou com a formação do novo entroncamento logístico nacional em Goiás. Para tanto, o trabalho foi distribuído em quatro capítulos. O primeiro analisa a implantação da rede ferroviária e a formação do território nacional: em três momentos: a logística colonial, as ferrovias imperiais e as ferrovias republicanas. O segundo capítulo contempla as modificações no território goiano, diante da chegada dos trilhos da Mogiana a partir da ótica do avanço das fronteiras. Para isso fez-se um resgate bibliográfico dos principais autores que abordam Goiás e as fronteiras, seguido pelo enquadramento do Brasil neste cenário, a fim de compreender a estratégia logística de transportes do país especialmente as ferrovias. No terceiro capítulo avaliou-se a ferrovia Norte – Sul e seus legados na transformação do Brasil Central, com ênfase no território goiano. Nesta etapa, contemplou-se a constituição histórica da instalação e as operações da ferrovia Norte – Sul no trecho goiano...

Agricultura e mercado de trabalho: trabalhadores brasileiros livres nas fazendas de café e na construção de ferrovias em São Paulo, 1850-1890

Lamounier,Maria Lúcia
Fonte: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE Publicador: Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.05%
Este artigo examina o emprego de trabalhadores brasileiros livres em diversas atividades nas fazendas de café e na construção de ferrovias em São Paulo na segunda metade do século XIX. A historiografia sobre o tema ressalta, em geral, a ausência/marginalidade dos trabalhadores nacionais na economia agroexportadora, seja assumindo a exclusão dos trabalhadores brasileiros considerados "vadios" e "indolentes" pela sociedade contemporânea, seja privilegiando os aspectos culturais desse grupo de população que resistia em se submeter aos novos moldes de dominação e padrões de eficiência e disciplina impostos neste momento de transição para o trabalho livre. Destacando o engajamento dos trabalhadores brasileiros nas mais diversas tarefas dos dois setores e a peculiaridade do emprego nessa economia rural baseada no trabalho escravo, o texto argumenta que, na verdade, era justamente a incapacidade da agricultura de gerar emprego durante todo o ano que produzia um padrão de instabilidade e mobilidade geográfica no mercado de trabalho rural, irregularidade/instabilidade que muitos identificavam como ociosidade e justificavam o recurso a legislações repressivas.

Domínios do café: ferrovias, exportação e mercado interno em São Paulo (1888-1917)

Tosi,Pedro Geraldo; Faleiros,Rogério Naques
Fonte: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas Publicador: Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.13%
Não obstante o peso decisivo das receitas geradas pelo café para os balanços financeiros das ferrovias paulistas entre 1888 e 1917, e a centralidade da atividade cafeeira na economia paulista de então, discute-se neste artigo a especialização relativa ao nível da produção verificada em São Paulo e a questão dos fretes das ferrovias neste cenário. Parte-se da ideia de que a cafeicultura, em seu desenvolvimento, demandava a diversificação de culturas agrícolas, pois as unidades básicas de produção - as fazendas de café - não se caracterizavam unicamente pela monocultura, sendo que os nexos entre uma produção voltada à exportação e outra voltada ao mercado interno davam-se nas relações de trabalho estabelecidas entre contratantes e contratados, e nas formas pelas quais os fazendeiros expropriavam aqueles que se subordinavam aos seus interesses. Verifica-se no caso estudado o aumento simultâneo das quantidades de café e de alimentos transportadas e transacionadas pela Cia. Mogiana nos marcos da periodização proposta; porém, percebe-se estreita dependência em relação à receita gerada pelo transporte de café. Aponta-se, ainda, a especialização absoluta ao nível do crédito e da circulação (transportes) que caracterizavam este complexo econômico.

Ferrovias: da produção de riquezas ao apoio logístico no Triângulo Mineiro

Silva, Ercília de Fátima Pegorari
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Esta dissertação mostra a importância das ferrovias como catalisadoras na construção e ocupação do espaço geográfico. Elas surgiram na Inglaterra e de lá se espalharam pelo mundo, acompanhando o desenvolvimento da indústria e a urbanização. No Brasil , as ferrovias foram fundamentais para o transporte do principal produto, o café, do final do século XIX às primeiras décadas do século XX. Tornaram-se responsáveis também por ligar o litoral ao interior do país, inclusive, o Triângulo Mineiro, por meio da implantação de várias companhias ferroviárias. Os reduzidos investimentos na remodelação, na conservação e na aquisição de material rodante levaram o setor ferroviário à estagnação. Para minimizar essa situação, na década de 1990, ocorreram as privatizações e as concessões. No Triângulo Mineiro, a concessionária é a Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), que presta serviços de transporte de cargas, tornando-se, dessa maneira, um importante apoio logístico para a região. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This dissertation shows the importance of the railways as catalytic in the construction and occupation of the geographical space. They appeared in England and of there they dispersed all over the world...

Posesión de Rosario Bedoya Becerra como vicepresidente ejecutiva de Ferrovías

Diario Occidente
Fonte: Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero Publicador: Biblioteca Departamental Jorge Garcés Borrero
Tipo: historicalDocument; other; Documento histórico Formato: JPEG; 1 foto, 19.5 x 14 cm; Electrónico
SPA
Relevância na Pesquisa
36.05%
Posesión de Rosario Bedoya Becerra como vicepresidente ejecutiva de la Empresa Colombiana de Vías Férreas (Ferrovías). // El Archivo del Patrimonio Fotográfico y Fílmico del Valle del Cauca es responsabilidad de la Biblioteca Departamental del Valle Jorge Garcés Borrero, por convenio de cooperación suscrito con la Secretaría de Cultura Departamental, con el fin de aunar esfuerzos para su conservación, preservación y divulgación del Archivo entre la comunidad Vallecaucana, especialmente entre los estudiantes e investigadores que visitan la Biblioteca, propiciando su uso y consulta permanente. La universidad Icesi es un colaborador en el proceso de difusión, facilitando la tecnología que permite la consulta de las imágenes.; Valle del Cauca, Gobernación; Tipo de fotografía: color. Estado de conservación: bueno. Lugar de la toma: Santiago de Cali. Personajes identificados: Rosario Bedoya Becerra. Ingresado por: Adrián Quiroga Grajales.

Agricultura e mercado de trabalho: trabalhadores brasileiros livres nas fazendas de café e na construção de ferrovias em São Paulo, 1850-1890

Lamounier, Maria Lúcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.05%
This article examines the engagement of Brazilian workers in several tasks in railway building and coffee plantations in São Paulo during the second half of the nineteenth century. In general, most of historiography argues that nacionais lived a marginal existence, either due to the prejudice of contemporary Brazilian society against free poor people, invariably presented as "indolent", "vagrant" and "lazy"; or to the free people´s resistance to the shift from cultural practices based on traditional values, to a more disciplined, methodical labour life. In contrast to these views, first, this article stresses the presence of Brazilian workers in the activities of both railway building and coffee plantations. Second, the article maintains that, in fact, it was the failure of agriculture to generate year-round employment that produced a pattern of instability and geographical mobility, that many (planters, officials and railway entrepreneurs) interpreted as an indication of worker indolence or cultural bias against regular employment, and asked for harsh social legislation against the poor workers.; Este artigo examina o emprego de trabalhadores brasileiros livres em diversas atividades nas fazendas de café e na construção de ferrovias em São Paulo na segunda metade do século XIX. A historiografia sobre o tema ressalta...

Domínios do café: ferrovias, exportação e mercado interno em São Paulo (1888-1917)

Tosi, Pedro Geraldo; Faleiros, Rogério Naques
Fonte: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações Publicador: Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Economia - Setor de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares; Formato: application/pdf
Publicado em 06/01/2016 POR
Relevância na Pesquisa
36.13%
Não obstante o peso decisivo das receitas geradas pelo café para os balanços financeiros das ferrovias paulistas entre 1888 e 1917, e a centralidade da atividade cafeeira na economia paulista de então, discute-se neste artigo a especialização relativa ao nível da produção verificada em São Paulo e a questão dos fretes das ferrovias neste cenário. Parte-se da ideia de que a cafeicultura, em seu desenvolvimento, demandava a diversificação de culturas agrícolas, pois as unidades básicas de produção – as fazendas de café – não se caracterizavam unicamente pela monocultura, sendo que os nexos entre uma produção voltada à exportação e outra voltada ao mercado interno davam-se nas relações de trabalho estabelecidas entre contratantes e contratados, e nas formas pelas quais os fazendeiros expropriavam aqueles que se subordinavam aos seus interesses. Verifica-se no caso estudado o aumento simultâneo das quantidades de café e de alimentos transportadas e transacionadas pela Cia. Mogiana nos marcos da periodização proposta; porém, percebe-se estreita dependência em relação à receita gerada pelo transporte de café. Aponta-se, ainda, a especialização absoluta ao nível do crédito e da circulação (transportes) que caracterizavam este complexo econômico.Abstract Notwithstanding the decisive weight of values generated by coffee for the financial statements of the São Paulo’s railroads between 1888 and 1917...