Página 1 dos resultados de 197 itens digitais encontrados em 0.051 segundos

Afetividade e correção e/ou tratamento de erros de dois professores de E/LE da rede pública do DF

Scherer, Deise Librelotto
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, 2008.; Esta pesquisa é do tipo qualitativo-interpretativista e tem como objetivos identificar os fatores afetivos que estão presentes na sala de aula de E/LE (Espanhol como Língua Estrangeira), verificar se o professor corrige ou trata o erro e de que forma o faz, e também verificar se os fatores afetivos presentes na sala de aula de E/LE influenciam positiva ou negativamente a correção e/ou o tratamento do erro. Para alcançar esses objetivos, utilizamos instrumentos de coleta de dados pertinentes com o tipo de pesquisa supracitado, tais como: questionários, entrevistas, técnica da narrativa, observação e gravação das aulas em áudio e em vídeo. Os participantes da pesquisa são dois professores da rede pública de ensino de línguas do DF e suas respectivas turmas. Este estudo teve por base considerações teóricas de Wallon (1968, 1971, 1978) e de Vygotsky (1993, 1994, 1998) para abordar a presença de aspectos afetivos na relação professor-aluno e suas possíveis influências no processo de ensino e aprendizagem em sala de aula de LE. Destacamos também em nossos pressupostos teóricos sentimentos inerentes ao ambiente da sala de aula de LE tais como ansiedade e inibição. Além disso...

Eu e eles: a construção da identidade em alunos do ensino básico

Martins, Dulce; Carvalho, Carolina; Gama, Ana Paula; Carvalho, Cristina; Tavares, David; Fiúza, Edite; Fonseca, Jesuína; Conboy, Joseph; Salema, Maria Helena; Valente, Maria Odete
Fonte: Edições UNI-CV Publicador: Edições UNI-CV
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
55.76%
Partilhando a ideia que a identidade individual é um conceito que expressa caraterísticas singulares que se constroem e desenvolvem na acção de relacionamento com os outros, o domínio da identidade cruza-se com o da aprendizagem. Este estudo faz parte de um projeto investigação, cujo objetivo principal é compreender a relação entre a natureza do feedback do professor, a identidade do aluno e o comprometimento do aluno na escola. A finalidade deste trabalho foi a construção de um questionário. Pretendia-se compreender como os alunos do Ensino Básico vão construindo a sua identidade de aluno, partindo das questões: a) Como me vejo enquanto aluno?; b) Como os meus colegas me veem enquanto aluno?; c) Como os professores me vêem enquanto aluno? Alunos do 6º e 9º ano de escolaridade, entre os 10 e os 19 anos de idade, num total de 44, responderam a um questionário em formato de resposta aberta. Uma análise preliminar indica que os alunos têm imagens positivas e negativas de si mesmos enquanto alunos, verificando-se semelhanças entre as imagens que os alunos referem de si e as que consideram que os colegas e os professores têm deles enquanto alunos. Os alunos de 6º ano descrevem-se com um maior número de imagens...

Acompanhamento do professor principiante em sala de aula

Toscano, Paula Cristina Mendonça
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
55.93%
O acompanhamento do professor principiante, em sala de aula, é um percurso importante para o exercício da profissão do futuro docente. É aqui que vai ter o primeiro contacto com a realidade educativa, ao nível do seu desempenho profissional e colocar em prática os conhecimentos adquiridos na formação inicial, estando, no entanto, em constante aprendizagem. Neste processo de aprendizagem, o supervisor pedagógico terá concerteza um papel preponderante na ajuda e orientação do professor principiante, de modo a que este possa, constantemente, melhorar a sua prática docente. Neste trabalho de investigação, procuramos conhecer a melhor forma de contribuir para desenvolvimento profissional do professor principiante, através de um acompanhamento, reflexão, feedback e avaliação contínuos, motivado por uma relação interpessoal e de empatia entre ambos. Torna-se igualmente importante recolher sugestões para a melhoria das etapas no percurso de desenvolvimento profissional do professor principiante e compreender se os supervisores influenciam esse percurso, de forma a contribuir para o seu desenvolvimento profissional e pessoal. Assim, este trabalho tem por base uma metodologia qualitativa, através de entrevistas, observações e questionários implementados a professores em início de carreira e tem como principal objetivo conhecer de que modo o acompanhamento do professor principiante...

A utilização de guiões de texto narrativo, o feedback e textos escritos pelos alunos

Roseta, Maria Rita Prates
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
A escrita é um dos grandes pilares da Educação e do Ensino. É fundamental para todos, sendo necessário trabalhar com os alunos desde cedo, de modo a ajudá-los a compreender tudo o que a escrita significa, bem como a escrever, com regras, mas também com criatividade. Para isso a avaliação formativa pode ter um papel muito importante, uma vez que permite que uma maior interação professor/aluno e aluno/professor, que permite ao aluno ter um maior apoio. Assim, o aluno tem a oportunidade de aprender de forma diferenciada. Neste quadro o professor funciona como um suporte à aprendizagem de cada aluno. Um dos instrumentos que o professor pode utilizar para servir de apoio ao aluno é, justamente, o feedback, escrito e/ou oral. O feedback cria uma ponte entre o professor e o aluno, ajudando o aluno a melhorar as suas produções textuais através das sugestões do professor, e, permitindo ao professor compreender melhor as possíveis dificuldades e os sucessos alcançados. Como a escrita deve ser uma atividade bem planeada, de modo a permitir ao aluno a possibilidade de pensar sobre o que vai escrever, escrever e rever o que escreveu, é importante que existam algumas linhas orientadoras para os textos. Assim, os guiões de estruturação de texto narrativo são instrumentos pertinentes...

Processos mediadores do professor e do aluno : uma abordagem quali-quantitativa do pensamento do professor, da interação pedagógica e das percepções pessoais do aluno na disciplina de educação física

Santos, José Henrique dos
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 28/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
56%
Doutoramento em Ciências da Educação na especialidade de Análise e Organização de Situações de Educação.; O objectivo deste estudo foi analisar o ensino sob a perspectiva do pensamento acção dos professores e dos pensamentos dos alunos. A amostra foi constituída por 15 professores e 272 alunos. Os professores foram agrupados em função da eficácia pedagógica. Os alunos foram classificados em classes de género, idade, nível de desempenho e competência percebida. Os pensamentos do professor foram recolhidos através de entrevista e transcritos para fim de análise de conteúdo. Os indicadores do processo de ensino foram recolhidos através de observação sistemática e abrangeu a análise da gestão do tempo da aula, feedback, intervenções disciplinares e do clima nas aulas. As percepções pessoais do aluno foram recolhidas através de questionários. Recorremos à estatística descritiva para caracterizar os dados de professores e alunos. A caracterização das classes de aluno foi realizada através da classificação automática. Os resultados confirmaram a teoria. Os professores mais eficazes se caracterizaram pela maior frquência e qualidade dos pensamentos e decisões de planejamento, maior frequência de feedback e foram mais efectivos no controle do comportamento do aluno e na gestão do clima. A análise do pensamento dos alunos mostrou a relação positiva da percepção de competência com os indicadores de atitude e percepção de envolvimento académico. O comportamento do professor foi percebido de forma distinta pelos alunos face ao sentimento de competência externado.

Relação entre regulação para a aprendizagem e perceção de clima de sala de aula em função do desempenho académico

Ribeiro, Ana Filipa Silva
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.07%
Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; Neste estudo tentou-se perceber se existe uma relação entre a regulação para a aprendizagem dos alunos do 4º ano de escolaridade e as suas perceções de clima de sala de aula, bem como o papel do desempenho académico. Participaram neste estudo 164 alunos pertencentes a cinco escolas da área de Lisboa. Como instrumentos utilizaram-se três questionários para medir a regulação para a aprendizagem dos alunos, a sua perceção do feedback do professor e do clima de sala de aula; os professores preencheram um questionário relativo ao desempenho académico dos seus alunos. Concluiu-se que níveis de regulação para a aprendizagem mais intrínsecos se relacionam com as perceções dos participantes face ao suporte do professor e dos colegas, as suas atitudes face à aprendizagem e encararem o clima de sala de aula como cooperativo; perceções de clima de sala de aula competitivo correlacionam-se positivamente com tipos de regulação mais extrínsecos. Verificou-se também que alunos com um desempenho elevado possuem níveis de regulação para a aprendizagem mais intrínsecos e o suporte por parte do professor é percecionado como mais positivo; se os alunos possuem um desempenho académico baixo...

Escala de perceção dos alunos sobre o feedback dos professores : Construção e validação

Carvalho, Carolina; Conboy, Joseph; Santos, João; Fonseca, Jesuína; Tavares, David; Martins, Dulce; Salema, Maria Helena; Fiuza, Edite; Gama, Ana Paula
Fonte: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: ISPA - Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.92%
Investigação recente tem realçado como o feedback do professor pode contribuir para a melhoria das aprendizagens, traduzindo-se no comprometimento presente e futuro do aluno com a escola. O presente estudo pretende apresentar o processo de construção e validação de uma escala que avalia a perceção dos alunos sobre o feedback dos professores. Os questionários foram aplicados a uma amostra probabilística de 1089 alunos do 6º, 7º, 9º e 10º anos da escolaridade (mediana da idade=13) em Portugal continental, sendo que 52% são do sexo feminino. A amostra é composta essencialmente por alunos de nacionalidade portuguesa (96%). Do universo dos casos disponíveis selecionaram-se duas sub-amostras aleatórias, sem valores missing. Os dados de uma sub-amostra foram submetidos à análise fatorial exploratória. Os dados de uma segunda sub-amostra independente foram sujeitos a uma análise fatorial confirmatória de forma a testar o modelo estrutural proposto. Estes procedimentos conduziram a uma estrutura composta por duas dimensões. A escala para avaliar a perceção sobre o feedback eficaz apresenta bons índices de consistência interna (α=.84), com a escala que avalia a perceção sobre o feedback não eficaz a revelar uma consistência interna aceitável (α=.71). Assim...

A interlocução entre professor tutor e aluno na educação a distância

Balbé,Marta Maria Gonçalves
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2003 PT
Relevância na Pesquisa
55.86%
Este artigo apresenta um relato de experiência de tutoria no Curso de Pedagogia - Séries Iniciais na modalidade a distância. Na EAD o tutor é responsável por manter uma comunicação ativa com seus alunos. Para isso é necessário que o feedback do professor-tutor ao aluno seja constante. Para o aluno da EAD é mais frustrante não obter uma resposta do professor do que para o aluno da presencial que tem o professor presente em sala de aula toda semana. Para garantir esta comunicação, o professor-tutor deve manter uma rotina de atendimento aos alunos e canais abertos de comunicação. O tutor deve estar constantemente atento para as necessidades de seus alunos, sejam elas pedagógicas ou afetivas.

O feedback dos professores e o envolvimento dos alunos na escola : um estudo com alunos do 9º ano

Avões, Patrícia Marques
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.02%
Dissertação de Mestrado, Educação (Área de especialização em Formação Pessoal e Social), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2015; O feedback dado pelos professores às produções dos alunos é conside-rado por diversos autores como uma influência poderosa no modo como os alu-nos aprendem. Atendendo a que se tem verificado um interesse crescente na temática do envolvimento dos alunos nas escolas, uma vez que este é tido como uma solução para os baixos desempenhos académicos e para o abandono esco-lar que afetam muitas escolas, delineou-se o presente estudo para estudar os efeitos de um programa de intervenção, na área do feedback do professor, no envolvimento dos alunos. Deste modo, o presente estudo tem como objetivo averiguar se o uso de feedback escrito e eficaz promove o envolvimento dos alunos na escola e com-preender os progressos gerados quando os alunos estão sujeitos a um feedback intencional e sistemático do professor. A amostra era constituída por 91 sujeitos do nono ano de escolaridade, em contexto de sala de aula, na disciplina de Geografia, numa escola de Ensino Privado de Lisboa. A metodologia adotada foi um desenho quasi-experimental, com um gru-po de controlo e um grupo experimental...

Interação em sala de aula de língua inglesa: o feedback como estratégia do desempenho assistido

Varela, Leodecio Martins
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.19%
This dissertation aims at characterizing the practices as well as the effects of a teacher s feedback in oral conversation interaction with students in an English Language classroom at a Primary School, 6th Grade in Açu/RN, Brazil. Therefore, this study is based on Vygotsky s (1975) and Bruner´s (1976) researches, which state that the learning process is constructed through interaction between a more experienced individual (teacher, parents and friends) and a learner who plays an active role, a re-constructor of knowledge. It is also based on Ur´s (2006) and Brookhart s (2008) studies (among other authors in Applied Linguistic) who defend that the feedback process needs to be evaluative and formative since it sets interfaces with both students autonomy and learning improvement. Our study is based on qualitative, quantitative and interpretive researches, whose natural environment (the classroom) is a direct source of data generated in this research through field observations/note-taking as well as through the transcriptions of five English classes audio taped. This study shows the following results: the teacher still seems to accept the patterns of interaction in the classroom that correspond to the IRE process (Initiation, Response...

A formação pedagógica do professor: relatos do seu desenvolvimento

Silva, Margarida Maria de Jesus
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
55.91%
O objecto deste estudo centra-se no desenvolvimento do professor, na compreensão dos diversos contextos e factores que, na perspectiva dos próprios professores, contribuem para a construção do seu conhecimento pedagógico. Procurámos, a partir das vozes dos professores, evidenciar que a eficácia pedagógica não depende exclusivamente das competências e conhecimentos adquiridos durante a formação inicial e que este conhecimento se vai construindo ao longo da vida sendo fruto de uma aprendizagem permanente. Sem qualquer possibilidade de esgotar o tema colocámos como meta central compreender alguns dos processos e variáveis que interferem na construção do conhecimento pedagógico do professor. Dito por outras palavras, pretendemos saber como é que o professor aprende a ser e a fazer o que entende ser a sua função. A metodologia usada neste estudo é de natureza qualitativa e interpretativa dada a sua adequação à investigação na área da educação e ao propósito deste trabalho. Para obter os dados utilizamos a entrevista e para o seu tratamento recorremos à análise de conteúdo por ser a técnica que melhor se adequa à exploração dos registos de carácter qualitativo. Os resultados obtidos revelam que a construção do conhecimento pedagógico se faz ao longo da carreira...

Feedback in Teaching Practice: A Workshop for Teachers; Feedback en la Práctica Docente: Un Curso de Formación para el Profesorado; Feedback na prática letiva: Uma oficina de formação de professores

Fonseca, Jesuína; Universidade de Lisboa; Carvalho, Carolina; Universidade de Lisboa; Conboy, Joseph; Universidade de Lisboa; Salema, Helena; Universidade de Lisboa; Valente, Maria Odete; Universidade de Lisboa; Gama, Ana Paula; Instituto Superior D. Afo
Fonte: Instituto de Educação da Universidade do Minho Publicador: Instituto de Educação da Universidade do Minho
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.1%
The use of feedback in the classroom can promote the quality of teacher student relationships, student academic involvement and achievement, eventhough teachers may not always use it in the best way. In this article we describe the development and evaluation of a workshop designed to enhance teacher knowledge and skills in the use of feedback strategies. Twelve teachers participated in the workshop. Reports and reflections of teachers reveal that participation in the workshop potentiated greater awareness and more appropriate use of feedback strategies. A long-term workshop, that integrates specific objectives related to feedback strategies and reflection sessions interspersed with application work in the classroom, can promote participants’ involvement, knowledge and skills in the use of these strategies.It can also result in greater involvement and learning by these teachers’students. Keywords: Teacher education; Teacher feedback; Feedback strategies and effects;Workshop; El uso del feedback en el aula puede promover la calidad de las relaciones profesor-alumno, la participación académica y el rendimiento del alumnado,aunque los docentes no siempre lo usan de la mejor manera. En este artículo se describe el desarrollo y la evaluación de un curso diseñado para mejorarlos conocimientos y capacidades de los docentes en el uso de estrategias de feedback...

Uma proposta para caracterizar a atuação do professor na sala de aula; A proposal to characterize teacher\'s practices in the classroom

Scarinci, Anne Louise
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/11/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.04%
Este trabalho resulta de uma pesquisa observacional, realizada no período de 2004 a 2005 em São Paulo, junto a um grupo de professores de física em formação continuada. Nossa problemática mais ampla se insere no contexto da formação de professores, e nosso problema inicial se sustentou no reconhecimento do aprendizado incipiente dos professores nos cursos, a contar pelas poucas mudanças resultantes em sua atuação. A primeira observação mais objetiva que deu origem ao problema específico de pesquisa foi o truncamento da seqüência pedagógica do professor, quando ele ensaia mudanças em sua prática a partir da tentativa de aplicação das propostas do curso. Percebemos que o incômodo do professor com essa ruptura gerada na seqüência muitas vezes o dissuadia de continuar a aplicar a novidade aprendida. Em que consiste esse truncamento e como ocorre? Quais são os obstáculos (conceituais/epistemológicos) do professor que podem causar o truncamento? Essa pergunta nos motivou a estudar quais são as características da atuação do professor em sala de aula e como essas características mudam, ou oscilam, quando o professor está em processo de re-elaboração de sua prática, motivado por um programa de formação. Escolhemos um grupo em formação continuada entendida por nós como construtivista. Analisamos a atuação dos professores sob esse referencial...

Instrumentos de Ajuda à Mediação do Professor Para Promover a Apredizagem dos Alunos e o Desenvolvimento Profissional dos Professores

Lopes, Joaquim Bernardino; Silva, António Alberto; Cravino, José Paulo; Viegas, Clara; Cunha, Ana Edite; Saraiva, Elisa; Branco, Maria Júlia; Pinto, Alexandre; Silva, Adília; Santos, Carla A.
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.02%
Melhorar as práticas de ensino é um desígnio que carece da reflexão dos professores sobre a sua experiência e da investigação didática. Apresenta-se um quadro teórico das práticas de ensino que concebe o professor como mediador em contexto de aprendizagem formal, construído no âmbito de um projeto de investigação sobre as práticas de ensino. Neste âmbito foram concebidos e validados cinco instrumentos de ajuda à mediação do professor. Estes instrumentos de ajuda à mediação podem servir de referência para a melhoria progressiva das práticas de ensino em cinco dimensões importantes para o ensino de ciências e tecnologia: envolvimento produtivo dos alunos, avaliação e feedback, uso de contextos científicos e tecnológicos, trabalho realmente solicitado aos alunos e práticas epistémicas. Finalmente, apresentam-se os cinco instrumentos de ajuda, largamente ilustrados com excertos de práticas de ensino reais.; Improve teaching practices is a purpose that requires the teachers’ reflection on their experience and the research of teaching. We present a theoretical framework of teaching practices that face the teacher as mediator in formal learning contexts, constructed as part of a research project on teaching practices. Within this framework were designed and validated five instruments to help teacher mediation. These tools to help teacher mediation can be used as a reference for the progressive improvement of teaching practices in five important dimensions to the teaching of science and technology: productive engagement of students...

A importância do suporte e do feedback do professor na regulação da aprendizagem

Gomes, Joana Madureira
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional, apresentada ao ISPA - Instituto Universitário; A presente investigação pretende estudar como o suporte do professor e as estratégias de feedback por ele utilizadas, interferem na regulação das aprendizagens dos alunos. Neste âmbito, tem como principal objetivo verificar se existe uma relação entre a percepção que os alunos têm do suporte e das estratégias de feedback utilizadas pelo seu professor na regulação da sua aprendizagem. Assim, foi desenvolvida uma investigação quantitativa de carácter comparativo, que contou com a participação de 90 alunos, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 9 e os 11 anos, a frequentar o 4º ano de escolaridade em diferentes escolas da região de Lisboa. Para se avaliar a percepção dos alunos relativamente ao suporte do professor, e às estratégias de feedback dadas pelo mesmo no contexto de sala de aula, assim como a regulação da aprendizagem, foram utilizados três questionários distintos, nomeadamente o questionário “Porque é que eu faço as coisas?” que permitiu avaliar a regulação académica dos alunos, “Na sala de aula I” que permitiu avaliar a percepção que os alunos têm do suporte do professor. E por fim...

Estudar e trabalhar durante a graduação em música : construindo sentidos sobre a formação profissional do músico e do professor de música

Morato, Cíntia Thais
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.76%
A temática desta pesquisa diz respeito a uma dimensão da educação superior em música: a formação profissional dos alunos. O que interessa nessa dimensão é a realidade de alunos que já atuam profissionalmente com música enquanto cursam a graduação na área. A pesquisa tem como objetivo geral compreender como os alunos, vivendo no curso e no trabalho, vão estabelecendo relações e produzindo sentidos que instituem a sua formação profissional em música. E, como objetivos específicos: investigar como os alunos vão aprendendo a ser professores de música e/ou músicos à medida que estudam e trabalham e o que consideram importante em suas oportunidades concomitantes de atuação profissional e de estudo na graduação; identificar os sentidos atribuídos pelos alunos à importância de trabalhar e estudar simultaneamente; e examinar as opções feitas, decisões tomadas e ações empreendidas para gerenciar as exigências demandadas pelo seu trabalho e pelo curso. Adoto como conceito de formação as perspectivas teóricas de Jorge Larossa (2002, 2004a, 2004b, 2005), que também se subscreve Larossa Bondiá (2002), e Marie-Christine Josso (2004a). Por essas perspectivas teóricas, a formação se constitui ao longo das experiências vividas pelas pessoas (o âmbito instituinte da formação) quando em relação com as instâncias formadoras (o âmbito instituído da formação). A metodologia adotada é o estudo de caso por se tratar de um fenômeno contemporâneo (YIN...

A formação do autoconceito vocacional em contexto académico e social

Laranjeira, Márcia
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.9%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia da Educação e da Orientação), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2015; Fundamentada na Teoria da Circunscrição e Compromisso de Gottfredson (1981, 1996, 2006) e na Teoria Sociocognitiva da Carreira de Lent, Brown e Hackett, (1994), a investigação analisa a formação do autoconceito vocacional das crianças, nomeadamente nas dimensões das aspirações, dos interesses e das crenças de autoeficácia, e pretende estudar nestas dimensões a influência dos estereótipos sociais de género e das respostas dos professores nas aprendizagens do 1º ciclo. Assim, tem como objetivos principais (1) explorar o mapa cognitivo das profissões, com base no género, (2) analisar as crenças que associam o género às atividades profissionais socialmente atribuídas aos homens e às mulheres, (3) identificar as diferenças entre rapazes e raparigas nas perceções de competência, nos interesses e nas aspirações e (4) analisar a influência do feedback dos professores na formação da autoeficácia e dos interesses. A amostra é constituída por 228 crianças do 4º ano de escolas públicas e privadas da área metropolitana de Lisboa. Foram usadas as versões adaptadas do Inventory of Children’s Activities – Revised (ICA-R) (Tracey & Ward...

Feedback pedagógico do professor estagiário nas aulas de educação física : análise das suas dimensões em aulas com diferentes funções didáticas : relatório de estágio desenvolvido na escola básica e secundária da Quinta das Flores junto da turma do 12º A no ano letivo 2014-2015

Reis, Jason Gomes
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.01%
O Relatório Final de Estágio insere-se no âmbito da Unidade Curricular Relatório de Estágio, do segundo ano do Mestrado em Ensino da Educação Física dos Ensino Básico e Secundário, da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra. Este documento pretende que o professor estagiário demonstre competências de análise crítica e reflexão aprofundada a partir da sua experiência de Estágio Pedagógico. O Estágio Pedagógico é o culminar de uma etapa de formação curricular, na qual o professor estagiário, devidamente orientado e supervisionado, exerce e cumpre todas as tarefas inerentes à função de docente e permite desenvolver um conjunto de competências científicas, pedagógicas e didático-metodológicas, essenciais ao desempenho dessa função. Assim, o Estágio Pedagógico realizado na Escola Básica e Secundária da Quinta das Flores, em Coimbra, no ano letivo de 2014/2015, consistiu na transposição para o contexto real dos conhecimentos adquiridos na formação inicial, através da lecionação da disciplina de Educação Física junto da turma A do 12º ano de escolaridade. O presente documento pretende englobar a descrição e reflexão sobre as atividades desenvolvidas e as aprendizagens realizadas ao longo do Estágio Pedagógico. Este contempla três partes fundamentais. A primeira parte é basicamente descritiva e relacionada com a contextualização da prática desenvolvida. A segunda parte incide na análise reflexiva sobre a prática pedagógica ao nível do planeamento...

A interlocução entre professor tutor e aluno na educação a distância

Balbé, Marta Maria Gonçalves
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2004 POR
Relevância na Pesquisa
55.87%
Este artigo apresenta um relato de experiência de tutoria no Curso de Pedagogia – Séries Iniciais na modalidade a distância. Na EAD o tutor é responsável por manter uma comunicação ativa com seus alunos. Para isso é necessário que o feedback do professor-tutor ao aluno seja constante. Para o aluno da EAD é mais frustrante não obter uma resposta do professor do que para o aluno da presencial que tem o professor presente em sala de aula toda semana. Para garantir esta comunicação, o professor-tutor deve manter uma rotina de atendimento aos alunos e canais abertos de comunicação. O tutor deve estar constantemente atento para as necessidades de seus alunos, sejam elas pedagógicas ou afetivas. The tutorage´s interlocutory dimension between distance education’s tutors and tutees Abstract This article presents a case study of a tutorial experience on a Distance Education´s undergraduate course in the field of Pedagogy with major in fundamental education at at the Federal University of Paraná. The tutor on a Distance Learning Process is responsible for keeping an active communication with her students. Therefore it´s necessary that the feedbak offered by the tutor to the student be an on going process. On Distance Education...

Feedback na prática letiva: Uma oficina de formação de professores

Fonseca,Jesuína; Carvalho,Carolina; Conboy,Joseph; Salema,Helena; Valente,Maria Odete; Gama,Ana Paula; Fiúza,Edite
Fonte: Centro de Investigação em Educação. Instituto de Educação da Universidade do Minho Publicador: Centro de Investigação em Educação. Instituto de Educação da Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
65.97%
O uso de feedback em sala de aula pode promover a qualidade das relações professor-aluno e o envolvimento académico e desempenho dos alunos, apesar de nem sempre os professores o usarem da melhor forma. Neste artigo descreve-se o desenvolvimento e a avaliação de uma oficina projetada para melhorar os conhecimentos e as capacidades dos professores no uso de estratégias de feedback e a valorização destas. Doze professores participaram na oficina. Relatos e reflexões dos professores revelam que a participação na oficina potenciou maior sensibilização e uso mais adequado de estratégias de feedback. Uma oficina de longa duração, que integre objetivos específicos respeitantes a estratégias de feedback e sessões reflexivas intercaladas com trabalho de aplicação em sala de aula, pode promover o envolvimento, os conhecimentos e as competências dos participantes no uso dessas estratégias. Pode ainda resultar num maior envolvimento e aprendizagem por parte dos alunos desses professores.