Página 1 dos resultados de 897 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Planejamento de urbanização de favelas: caracterização sócio-econômica-ambiental de favelas a partir de dados censitários do IBGE. ; Planning of slums upgrading: socio-economical-environmental characterization of slums with IBGE censuses data.

Bon Junior, Waldemar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
A urbanização de favelas vem sendo disseminada mundialmente como uma solução para reduzir boa parte de seus problemas, exigindo para tanto, um maior conhecimento das características sócio-econômico-ambientais das mesmas. O levantamento destas características deve obter o melhor resultado a partir de censos específicos, sendo que para Municípios de médio a grande porte, estes censos demandam uma logística complexa e cara, justificando-se a busca de soluções alternativas. Procurou-se neste trabalho desenvolver uma metodologia de adequação dos dados dos censos do IBGE para este fim, por meio da quantificação do contingente de domicílios e população das favelas com menos de 50 domicílios, não computados pelo censo nos aglomerados subnormais. Foram analisados os dados dos censos de 1991 e 2000 para o Município de São Paulo, a base cartográfica utilizada pelo IBGE, a base cartográfica das favelas do município desenvolvida pela sua Prefeitura e uma imagem digital de 2000. É proposta uma metodologia para corrigir a área e a densidade populacional obtidos com os dados do IBGE de forma a permitir estimativas corrigidas para o Município, para os distritos e para as favelas. Podem-se obter informações de população...

Turismo e favelas: necessidades e possibilidades: o caso da urbanização da favela do Dique Sambaiatuba, em São Vicente (Baixada Santista - São Paulo); Tourism and slums: necessities and possibilities: the case of urbanization of 'Favela do Dique Sambaiatuba', in São Vicente (Baixada Santista - São Paulo)

Siqueira, Maria Eliza de Sales Amaral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
O presente trabalho pretende contribuir para o aprofundamento das discussões em torno da questão das favelas em municípios litorâneos paulistas voltados ao turismo, fornecendo subsídios ao equacionamento das dinâmicas envolvidas, do ponto de vista das características do turismo enquanto atividade de lazer e de um processo de urbanização que considere a organização sócio-espacial e as possibilidades oferecidas pelo lugar. Observando que o crescimento das favelas nestes municípios leva ao comprometimento das condições físicovisuais, ambientais e sociais e que isto se reproduz por todo o território nacional. Toma-se como objeto de estudo o Programa de Urbanização do Dique Sambaiatuba, em São Vicente - Baixada Santista, no Estado de São Paulo, no período que vai do ano de 1990 a 2006. A partir da reflexão crítica sobre a idéia de desenvolvimento turístico sustentável, apontam-se possibilidades e necessidades relacionadas ao ambiente físico-ambiental e sócio-econômico da favela. Apresenta-se então a hipótese de que tal desenvolvimento implica em que a urbanização da favela envolva o trabalho com o plano da vida do lugar - o do cotidiano e da razão local, assim como a necessidade de incorporar programas que aliem a educação cidadã...

Projeto de habitação em favelas: especificidades e parâmetros de qualidade; Housing project to slums: specificities and quality parameters

Samora, Patricia Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.55%
Esta tese propõe um método de projeto para o desenvolvimento de tipologias habitacionais em favelas objeto de programas de urbanização, visando qualificar o ambiente construído nessas áreas. Parte do conhecimento da dinâmica habitacional da cidade de São Paulo que levou ao surgimento de favelas, uma das principais alternativas de moradia para a população de baixa renda hoje. O método proposto distingue a habitação a partir de dois modelos habitacionais presentes nessas áreas: a moradia auto-construída pelo morador, que será consolidada a partir da intervenção de urbanização e regularização fundiária, e a nova unidade habitacional, construída durante a urbanização da favela para abrigar parte ou totalidade dos moradores removidos. O conceito de qualidade habitacional subjacente foi o de que o objeto construído deve ser adequado às necessidades dos ocupantes quanto ao uso a que se destina e às especificidades do sítio urbano onde estará inserido. Para a primeira situação habitacional definida - a moradia auto-construída - o trabalho fornece um conjunto de indicadores mínimos de habitabilidade que conduzam a intervenções pontuais nas edificações e auxiliem na tomada de decisão quanto à escolha daquelas que devem ser objeto de remoção. Já para a segunda situação habitacional - a nova unidade habitacional - e objeto central do trabalho...

Verticalização de favelas em São Paulo: balanço de uma experiência (1989 a 2004); Vertical slums in São Paulo: balance of experience (1989 to 2004)

Albuquerque, Maria José de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Esta tese trata das experiências de verticalização de favelas desenvolvidas no Município de São Paulo no período compreendido entre 1989, precisamente no início da gestão de Luiza Erundina, até o final de 2004, quando se encerra a gestão de Marta Suplicy. Tem por objetivo, além de proceder a um resgate histórico dessa polêmica modalidade de intervenção em assentamentos informais, detectar o que mobilizou os diferentes administradores do período a fazer uso da mesma. Pretende-se, ainda, apontar as potencialidades, limites e desafios de tal modalidade no contexto paulistano, a partir das impressões dos agentes que estiveram de alguma forma envolvidos na sua definição em execução, bem como dos próprios beneficiários a população da antiga favela e atualmente residindo nos conjuntos habitacionais. Parte-se da premissa de que a verticalização de favelas executada nas gestões de Luiza Erundina (1989 1992), pioneira do uso da modalidade, Paulo Salim Maluf e Celso Pitta (1993 2000) e Marta Suplicy (2001 2004), embora em contextos políticos distintos, não se distingue de forma significativa, ou seja, foram adotados praticamente os mesmos procedimentos que apresentaram resultados muito próximos. Para testar tal premissa...

Análise orientada a objeto para detecção de favelas e classificação do uso do solo em Taboão da Serra/SP; Object based image analysis for detection of slums and classification of land use in Taboão da Serra/SP

Pedrassoli, Júlio César
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/11/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.3%
O crescimento acelerado das cidades e os reflexos desse aumento das populações urbanas é preocupação constante na atualidade. Nesse processo, o surgimento de ocupações precárias, especialmente nas regiões metropolitanas, torna-se uma das características mais explicitas, caracterizando a própria lógica de ocupação, uso e direito desigual ao território. O monitoramento dessas áreas, sua formação e expansão, são uma necessidade crescente, em diversos locais no mundo, visto que a inclusão dessas áreas à cidade formal é tido como gatilho para a melhoria das condições de vida de mais de 100 milhões de pessoas que vivem em favelas no mundo todo, como colocam as Metas de Desenvolvimento do Milênio propostas pela Organização das Nações Unidas. Contudo, para que os habitantes das favelas sejam atendidos em seu direito a uma vida digna, faz-se necessário seu conhecimento e principalmente quantas são e onde estão. Um importante instrumento, com relação benéfica entre tempo de aquisição, custo de aplicação e possibilidade de replicabilidade e transferência de conhecimento é o uso de dados de Sensoriamento Remoto. Estes possibilitam o estabelecimento de metodologias através de procedimentos de detecção de feições e classificação do uso do solo...

Modernização e desenvolvimentismo: formação das primeiras favelas de São Paulo e a favela do Vergueiro ; Modernization and development: formation of the first of São Paulo's favelas and the Vergueiro favela

Lara, Fernão Lopes Ginez de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/01/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.55%
Nessa dissertação tratamos da formação das primeiras favelas paulistanas e em especial da favela do Vergueiro (~1949-1969), como particularidade de um estudo sobre a constituição do capitalismo no Brasil em seu momento desenvolvimentista. Tomando o capitalismo como uma socialização crítica, considera-se a realização da acumulação como momento conceitual que nega a si mesmo, expresso pelo movimento de expulsão da fonte originadora do capital - o trabalho - através do desenvolvimento das forças produtivas. No Brasil, teria se dado uma industrialização sem ruptura completa da forma social, refletindo-se num processo posto em grande parte pelas necessidades de venda de mercadorias do departamento de bens de capital global. A periferia capitalista se expressaria por uma formação negativa do trabalho, expropriando trabalhadores/as e forçando sua mobilização para o trabalho, sem sua necessária incorporação como polo negativo do capital. Sem dispor de base de valorização produtiva, muitos investimentos capitalistas concentram-se na propriedade da terra através do mercado imobiliário, expresso na retenção de terras na cidade de São Paulo. No período analisado - meados de 1930 a 1970 - as favelas não eram tão significativas comparativamente à magnitude que o fenômeno viria a assumir a partir dos anos 1970; entretanto...

Forma. Reforma. Desforma: o novo formato da política pública para favelas; Form. Reform. De-forms : the new format of public policy for slums

Rezende, Heloisa Diniz de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.52%
Esta dissertação se propõe a refletir sobre a atual política pública de urbanização de favelas, entre-laçando a política nacional e as políticas locais e buscando, a partir delas, compreender seus alcances como garantia do acesso e permanência da população ao território urbanizado. A pesquisa constrói um breve histórico apresentando as diferentes ideologias retratadas através das políticas promovidas pelo Estado. O histórico da política circunscreve-se em, numa ponta, políticas que buscavam erradicar fave- las através de sua remoção e, na outra ponta, intervenções para melhoria do território ocupado, implementadas através da participação popular. Entre essas duas pontas, há diferentes gradações de intervenções, em diferentes instâncias de governo, até se chegar no atual contexto, quando ganha destaque para a nova política federal, a partir do governo Lula, quando ocorre a criação do Ministério das Cidades e investimentos jamais vistos no âmbito da política habitacional. Presente nesse mesmo contexto, a pesquisa se aprofunda na análise das políticas públicas desenvolvidas em dois municípios: Taboão da Serra e São Paulo, entre os anos de 2005 a 2012, contrapondo suas formas de urbanizar favelas. Em Taboão prevaleceu a urbanização sobre o tecido autoconstruído...

Vozes ativas das favelas 2.0: autorrepresentações midiáticas numa rede de comunicadores periféricos

Santos, Mayra Coelho Jucá dos
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.44%
Se, ao longo do século XX, as favelas foram representadas sob a ótica de atores externos, o século XXI marca o surgimento das autorrepresentações, trazendo à tona a perspectiva de habitantes de territórios populares. Neste contexto, o presente estudo investiga a categoria dos “comunicadores periféricos” que participam da renovação contemporânea das representações de favelas e bairros de periferia urbana no campo midiático. A partir da análise da rede de colaboradores do website “Viva Favela 2.0”, ativo entre 2010 e 2013, destacando as autorrepresentações inseridas nas páginas de “perfil” dos usuários cadastrados, a pesquisa identifica um grupo de moradores de favelas e periferias produtores de conteúdo jornalístico e cultural em diversas linguagens, articulados em múltiplas redes, com ensino superior iniciado ou concluído e dispostos a tomar parte no diálogo social não apenas como profissionais mas também como militantes pelo desenvolvimento de suas comunidades.; Throughout the 20th century, Favelas in Rio/Brazil were represented by external actors. In the 21st century however, the Favela (and urban periphery) residents themselves are expressing new perspectives about people and territories on various media channels. In this context...

Cidadania, justiça e pacificação em favelas cariocas

Oliveira, Fabiana Luci de; Nuñez, Izabel Saenger; Sadek, Maria Tereza; Spieler, Paula; Rangel, Tânia Abrão
Fonte: Editora FGV Publicador: Editora FGV
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.49%
Cidadania, justiça e “pacificação” em favelas cariocas traz um diagnóstico empírico da condição do exercício da cidadania nas favelas do Cantagalo, do Vidigal e do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, cobrindo algumas das dimensões da cidadania, com ênfase no acesso à justiça. O livro é resultado de extensa pesquisa de campo realizada nestas favelas entre os anos de 2010 e 2013, incluindo dados gerados a partir de entrevistas estruturadas (survey) e semiestruturadas (entrevistas individuais e grupais), discutidos à luz de teorias e outros estudos sociológicos e sociais, refletindo acerca dos efeitos que a política pública de segurança destinada a estas áreas (as Unidades de Polícia Pacificadora) têm provocado nas dimensões da cidadania abordadas no estudo. O leitor encontrará, ao longo da publicação, o mapeamento do perfil destas favelas e dos seus moradores, enfatizando a negociação de identidades e a sociabilidade nesses espaços, passando pela identificação da cultura jurídica dos moradores, das categorias jurídicas por eles acionadas, e de percepções, vivências e atitudes que manifestam com relação a dimensões diversas como qualidade de vida, consumo de bens e serviços, lazer, conflitos...

(Des)organizando o espaço social de favelas: o campo burocrático do Estado em ação no contexto da "pacificação"

Soares, Vanessa Brulon
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.6%
Nesta tese tive por objetivo analisar a relação entre o campo burocrático do Estado em ação e o espaço social de favelas, no contexto da “pacificação”. Para tal, me propus a responder a três questões de pesquisa: Como os agentes do campo burocrático do Estado se fazem presentes no espaço social de favelas? Qual é a relação entre o campo burocrático do Estado em ação nas favelas e os processos de organizar dos agentes do campo? Qual é a relação entre os processos de organizar dos agentes do campo burocrático do Estado em ação nas favelas e o espaço social? Para o desenvolvimento da pesquisa, realizei um trabalho de campo em duas favelas da cidade do Rio de Janeiro, durante 1 ano e 4 meses (de janeiro de 2013 a abril de 2014). Nesse sentido, a coleta de dados se deu por meio de observação participante e 91 entrevistas com moradores e representantes do Estado. Os dados foram analisados com base em teoria fundamentada, conforme proposta por Strauss e Corbin (2008), bem como por meio de análise retórica. Com base nos conceitos de campo proposto por Bourdieu, na literatura sobre processos de organizar, e na noção de espaço social cunhada por Lefebvre (2007), busquei demonstrar como os agentes do campo burocrático do Estado inserem-se nas favelas a partir de lógicas institucionais distintas...

Sorteio de domicílios em favelas em inquéritos por amostragem

Alves, Maria Cecilia Goi Porto; Morais, Maria de Lima Salum e; Escuder, Maria Mercedes Loureiro; Goldbaum, Moisés; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Cesar, Chester Luiz Galvão; Carandina, Luana
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Saúde Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1099-1109
POR
Relevância na Pesquisa
37.38%
OBJETIVO: Identificar vantagens e desvantagens do uso de segmentos em relação ao sorteio feito a partir da lista completa de endereços, para o sorteio de domicílios em amostragem por conglomerados em múltiplos estágios em favelas. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo realizado em quatro favelas sorteadas no Inquérito de Saúde do Município de São Paulo, SP, 2008, nas quais foram aplicadas as duas técnicas. Foram realizados grupos focais com pesquisadores de campo - arroladores e entrevistadores do inquérito. Os conteúdos das conversações foram analisados, agrupados em categorias e organizados em núcleos temáticos. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A utilização de segmentos de domicílios foi associada a numerosas vantagens e poucas desvantagens. Entre as vantagens, constaram a rapidez e facilidade na elaboração do cadastro de endereços e na localização e identificação de domicílios na etapa de realização das entrevistas, maior segurança dos entrevistadores e da população, maior acesso aos entrevistados, maior estabilidade e maior cobertura do cadastro produzido, e menor ocorrência de erros na identificação dos domicílios sorteados. CONCLUSÕES: A construção de cadastro de domicílios por meio da criação de segmentos é vantajosa em relação à listagem completa de endereços...

Fatores intervenientes na relação entre a inclusão social e o trem considerando as favelas e as taxas de embarque observadas nas estações

Gonçalves,Jorge Augusto Martins; Andrade,Gustavo Teixeira de; Portugal,Licinio da Silva
Fonte: Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes Publicador: Sociedade Brasileira de Planejamento dos Transportes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.38%
A redução da desigualdade e da exclusão social é uma preocupação mundial. No Brasil, esses temas se expressam nas favelas, isoladas espacialmente, devido à falta de sintonia entre os setores de transporte e de habitação. Um encaminhamento para a solução do problema envolve a execução de melhorias na acessibilidade, com base no maior uso do transporte público e na construção de moradias populares e na concentração de atividades no entorno de suas estações. A fim de contribuir com essa temática, o objetivo do estudo é identificar os fatores intervenientes na relação entre a população que mora em favelas e as viagens por trem. As favelas e as estações são Polos Geradores de Viagens importantes que reforçam a necessidade dessa articulação. Os fatores intervenientes que restringem/incentivam o acesso à estação apontam onde e como intervir na área de transporte. Essas propostas devem ser efetivadas por meio de políticas públicas includentes, que integrem os indivíduos aos meios sociais, estabelecendo padrões de acessibilidade nos diferentes espaços que contribuem para compatibilizar a taxa de mobilidade dos moradores das favelas com a dos demais moradores.

"Trabalhadores favelados": identificação da favelas e movimentos sociais no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte

Oliveira, Samuel Silva Rodrigues de
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.63%
A tese aborda o processo de identificação das favelas e sua apropriação pelos movimentos de “trabalhadores favelados”. Em A Invenção das Favelas (2005), Valladares discutiu as favelas como uma representação e invenção social do século XX. Partindo desse marco analítico compartilhado e discutido por outros autores, construímos uma escala de comparação entre Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Na primeira parte da tese, compreendemos essa representação como o resultado de um processo identificação. Como observou Noriel, em L’Identification (2006), o Estado moderno foi um dos maiores produtores de tecnologias de identificação, dispositivos de poder que visam conhecer, classificar e governar as populações num dado território. Investigamos como as práticas estatais no Rio de Janeiro e em Belo Horizonte constituíram representações das favelas, delineando um discurso e um dispositivo de poder sobre os territórios da pobreza através de legislações, censos e comissões de estudo. As analogias, particularidades e trocas instituídas no processo de identificação são analisadas, observando a formação de uma retórica da marginalidade social no âmbito do Estado, reproduzindo estigmas sociais, mas também gerando oportunidades para reivindicação de direitos. Nesse sentido...

A luta pela moradia na cidade de São Paulo : as interações entre moradores de favelas e o poder público de 1975 a 1982; The struggle for housing in the city of São Paulo : the interactions between the residents of favelas and the public power of 1975 to 1982

Aldrey Cristiane Iscaro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
Esta pesquisa tem como tema o processo organizativo e de construção das demandas do movimento de moradores de favelas e como este movimento social foi conformando, ao longo do tempo, seu repertório de luta para afirmação da moradia digna, mediados por seu apoiador principal naquele momento, a Igreja Católica, sua relação com o governo e seu processo de aprendizagem na tentativa do atendimento de suas reivindicações. Nosso principal objetivo é descrever como se davam as interações entre moradores de favelas e poder público, na cidade de São Paulo, entre 1975 e 1982, em um momento no qual as políticas públicas para as favelas aos poucos iam se deslocando da ênfase na remoção, ainda hegemônicas, para a ideia da assistência coletiva às famílias. Para a nossa análise retomaremos, de forma mais rápida e como contraponto, a luta dos moradores dos loteamentos clandestinos, como forma de avaliarmos os diferentes padrões de resposta estatal associados à luta pela terra urbana. A pesquisa foi desenvolvida utilizando bibliografia secundária e análise de documentos do período, alguns deles produzidos pelo próprio movimento e também pela pesquisa de jornais da época.; This research has as its theme the organizational process and construction of the demands of the movement of the favelas's residents and how this social movement has been conforming...

Observatório de favelas (Rio de Janeiro): a comunicação institucional e a comunicação para o desenvolvimento

Luiz, Marta Fernandes
Fonte: Escola Superior de Comunicação Social Publicador: Escola Superior de Comunicação Social
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.38%
Relatório de estágio apresentado à Escola Superior de Comunicação Social como parte dos requisitos para obtenção de grau de mestre em Gestão Estratégica das Relações Públicas.; Discute-se neste relatório de estágio – condição necessária para a obtenção do grau de mestre em GERP – como é que a Comunicação Institucional e a Comunicação para o Desenvolvimento/Participativa se relacionam no seio do Observatório de Favelas no Rio de Janeiro (Complexo da Maré – Comunidade de Nova Holanda). A autora estagiou no gabinete de Comunicação Institucional da referida instituição entre os dias 21.01.2014 e 07.04.2014. Esteve ainda envolvida em três projectos: Guia Cultural de Favelas, Imagens do Povo e Do Chão da Maré às Nuvens. O grande desafio, para além das dificuldades inerentes ao próprio contexto de trabalho, prendeu-se com a reflexão sobre o papel e o lugar da Comunicação numa Organização da Sociedade Civil brasileira.; This internship report describes how the Corporate Communication and the Communication for Development relate to each other inside the “Observatório de Favelas” (slums observatory) in Rio de Janeiro (Complexo da Maré - community of Nova Holanda). This report is a partial requirement for obtaining a master's degree in GERP. The author was an intern at the office of Institutional Communication of the aforementioned institution between 21/01/2014 and 07/04/2014. She was also involved in three different projects: Guia Cultural de Favelas (Cultural guide of the slums)...

Pobreza invisibilizada e resistência: as favelas às margens de trilhos em Fortaleza CE e a política de urbanização de áreas de risco

Soares Mota, Lidiany; Bitoun, Jan (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.44%
Esta dissertação vem a discutir a realidade de favelas às margens de trilhos na cidade de Fortaleza, especificamente, as comunidades do Boba (Bairro de Fátima) e Maravilha (Bairro Aeroporto) de 1985 a 2001. Discutimos o conceito de área de risco, hoje sustentáculo da política de intervenções em favelas que, antes da década de 80, nem eram registradas, mesmo se houve movimentos de moradores para permanecer no lugar. Com as diversas definições de áreas de risco por parte de atores governamentais e não governamentais, examina-se a situação de favelas às margens de trilhos, a priori sob perigo de incêndios ou mesmo de explosões face ao transporte de cargas inflamáveis (como derivados de gasolina). Observamos que, apesar dessa situação, esse tipo de risco não leva o Poder Público a intervir como fez em outras favelas à beira de cursos d'água. Desse modo, as favelas às margens de trilhos se mantêm praticamente intocadas desde o final da década de 30, permitindo o desenvolvimento de práticas comunitárias e a convivência com o trem. Concluímos que é esse sítio peculiar, em terrenos da União que não atraem o interesse imobiliário, à beira de trilhos que mantem e assegura a permanência dessas comunidades através das décadas; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Metodologia de avaliação de resultados: o caso das intervenções do Pac Urbanização de Favelas; Texto para Discussão (TD) 1903: Metodologia de avaliação de resultados: o caso das intervenções do Pac Urbanização de Favelas; Methodology for evaluating results: the case of interventions Pac Slum Upgrading

Balbim, Renato; Krause, Cleandro; Becker, Maria Fernanda; Lima Neto, Vicente Correia; Cassiolato, Maria Martha; Andrade, Carla Coelho de
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Texto para Discussão (TD)
PT-BR
Relevância na Pesquisa
37.38%
Este texto parte do desenvolvimento de um processo de pesquisas sobre avaliação e meta-avaliação de políticas e intervenções de urbanização de assentamentos precários, e apresenta como resultado final uma proposta de metodologia para avaliação de intervenções de urbanização de favelas adequada às características e necessidades da atual política federal consubstanciada no PAC Urbanização de Favelas. Além de discorrer sobre diretrizes e princípios do processo de avaliação, é apresentado um manual de avaliação, que parte do princípio da indisponibilidade ou das dificuldades de obtenção de dados e informações, além das dificuldades em se proceder com um processo de avaliação de intervenções que se apoiam em projetos e planos precários. O texto oferece um conjunto de técnicas e estratégias que pretendem ser universais para a avaliação do amplo conjunto de intervenções de urbanização de favelas que estão sendo e serão executadas em todo o país a partir do PAC 1 e PAC 2. A metodologia foi desenvolvida a partir da sistematização de pesquisas e experiências anteriores e oferece subsídios aos órgãos federais no desempenho de suas funções e na reflexão sobre os aprimoramentos necessários. Ao longo do texto...

Desenhos e vozes no ensino de geografia: a pluralidade das favelas pelos olhares das crianças; Drawings and voices in the teaching of geography: the plurality of favelas through the eyes of children

Dias, Juliana Maddalena Trifilio
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.55%
The science of geography prioritizes the relationships between society and nature as an object of study. However, one needs to reflect on the possibility of listening in the teaching of geography in schools, in dialogue with its epistemology. The outline chosen to illustrate the potential of this approach results from the quest to understand the reading of the world from the favela, considering the plurality present in the productions of senses and meanings of the subjects who observe it. In such productions, there are mediated experience and direct experience with/in favelas. What notions guide the concept of favelas constructed by students, though? Understanding how students perceive favelas and create senses and meanings when conceiving their notions was an important connection between school and non-school knowledge in the educational process and spatial learning. This study points to humanistic geography as a possibility of understanding the investigative universe in contemporaneity, by allowing to shift various meanings - in this case, of urban space and its relations with teaching - to shore up teacher education actions. Rethinking notions such as space and place provides a reflection on the appropriation of different meanings and knowledge in school and beyond. Urban space is filled with social practices that reveal different temporalities and spatial experiences. Thinking it within the school means giving visibility to different subjects and their territorialities. To achieve this goal...

Sorteio de domicílios em favelas em inquéritos por amostragem; Sorteo de domicilios en tugurios en pesquisas por muestreo; Household sampling in slums in surveys

Alves, Maria Cecilia Goi Porto; Morais, Maria de Lima Salum e; Escuder, Maria Mercedes Loureiro; Goldbaum, Moisés; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Cesar, Chester Luiz Galvão; Carandina, Luana
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
37.38%
OBJETIVO: Identificar vantagens e desvantagens do uso de segmentos em relação ao sorteio feito a partir da lista completa de endereços, para o sorteio de domicílios em amostragem por conglomerados em múltiplos estágios em favelas. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo realizado em quatro favelas sorteadas no Inquérito de Saúde do Município de São Paulo, SP, 2008, nas quais foram aplicadas as duas técnicas. Foram realizados grupos focais com pesquisadores de campo - "arroladores" e entrevistadores do inquérito. Os conteúdos das conversações foram analisados, agrupados em categorias e organizados em núcleos temáticos. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A utilização de segmentos de domicílios foi associada a numerosas vantagens e poucas desvantagens. Entre as vantagens, constaram a rapidez e facilidade na elaboração do cadastro de endereços e na localização e identificação de domicílios na etapa de realização das entrevistas, maior segurança dos entrevistadores e da população, maior acesso aos entrevistados, maior estabilidade e maior cobertura do cadastro produzido, e menor ocorrência de erros na identificação dos domicílios sorteados. CONCLUSÕES: A construção de cadastro de domicílios por meio da criação de segmentos é vantajosa em relação à listagem completa de endereços...

Audiovisual Representation of Favelas in Rio de Janeiro; Representações Audiovisuais sobre Favelas do Rio de Janeiro

Moreira, Tiago de Almeida; Universidade de Brasília
Fonte: Programa de Pós Graduação em Geografia - UFRJ Publicador: Programa de Pós Graduação em Geografia - UFRJ
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2011 POR
Relevância na Pesquisa
37.55%
This paper reviews the representation of Rio de Janeiro’s favelas in contemporaryaudiovisual production. Twenty five recent films involving representations of favelas are used to present a field of study in need of more profound research and the selected films are shown to adopt distinct points of view. Images of favelas have gained increasing importance in cinema and video media, whether in documentary or fictional modes and self representative or external points of view.; O artigo faz uma revisão de representações audiovisuais sobre favelas cariocasna produção cultural contemporânea e também apresenta um inventário com 25 filmes recentes que envolvem representações sobre favelas. O estudo realizado mostra um campo de pesquisa aberto a investigações mais aprofundadas, e os filmes citados evidenciam distintos olhares sobre a questão. Entre o documental e o ficcional, entre as autorrepresentações e os olhares externos, as imagens das favelas no cinema e vídeo são cada vez mais presentes.