Página 1 dos resultados de 6 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Investigação de polimorfismos nos genes dos fatores Miogênicos e Miostatina como marcadores moleculares para características quantitativas em Gallus gallus.; Investigation of polymorphisms of myogenic factors and myostatin genes as molecular markers for quantitative traits in Gallus gallus.

Souza, Carla dos Anjos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2005 PT
Relevância na Pesquisa
16.2%
O presente trabalho teve como objetivo identificar polimorfismos em cinco genes candidatos (MyoD, Myf5, miogenina, MRF4 e miostatina) que atuam no desenvolvimento muscular de galinhas, e avaliar os efeitos de suas variantes alélicas sobre características quantitativas de crescimento e desenvolvimento muscular. Os genes MyoD e Myf5 são essenciais para a determinação da linhagem miogênica de células precursoras das fibras musculares na etapa inicial da miogênese, enquanto que a miogenina e MRF4 são requeridos na diferenciação final destas células. A miostatina por sua vez, atua como um potente regulador negativo do crescimento muscular esquelético durante a miogênese, persistindo por toda a fase adulta. Os produtos amplificados dos cinco genes foram clonados e seqüenciados a partir de pools de DNA dos parentais de duas linhagens divergentes desenvolvidas pela Embrapa - Suínos e Aves, uma de corte (TT) e outra de postura (CC). Os polimorfismos identificados foram validados e genotipados em uma população experimental F2, originada do cruzamento entre machos da linhagem TT e fêmeas da linhagem CC. Para avaliação dos efeitos dos polimorfismos sobre características quantitativas foram genotipados os genes da miostatina...

Avaliação da veia oftálmica superior por meio do Doppler colorido nas diferentes formas e estágios da orbitopatia de Graves; Evaluation of the superior ophthalmic vein by color Doppler in different forms and stages of Graves Orbitopathy

Angotti Neto, Helio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
16.73%
INTRODUÇÃO: A orbitopatia de Graves é uma doença autoimune cujas manifestações clínicas ocorrem por infiltração tecidual inflamatória. Apresenta estágio ativo inicial e estágio sequelar posteriormente, podendo se manifestar nas formas clínicas miogênica ou lipogênica. A inflamação da órbita pode gerar importante congestão, agravando manifestações clínicas e comprometendo o sucesso da terapia específica em alguns pacientes. O objetivo deste trabalho é a avaliação da congestão orbitária feita pelo estudo das características do fluxo sanguíneo na veia oftálmica superior, por meio do Doppler colorido de órbitas, nos grupos de pacientes com orbitopatia de graves em fase ativa, em fase sequelar miogênica e em fase sequelar lipogênica, além do grupo controle. MÉTODOS: Estudo transversal prospectivo realizado entre maio de 2006 e abril de 2008 no Serviço de Órbita do HCFMUSP. Noventa órbitas de 46 pacientes com orbitopatia de Graves foram incluídas, assim como 38 órbitas de 20 pacientes do grupo controle. Foi feito exame oftalmológico completo e avaliação pelo DCO em todos os pacientes. Pacientes com orbitopatia de Graves foram divididos em grupos com doença em atividade e doença em estágio sequelar nas apresentações miogênicas ou lipogênicas. O sentido...

Desempenho produtivo e crescimento muscular de linhagens de tilápia-do-nilo cultivadas na fase inicial

Freitas, Thiago Mendes de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xv, 75 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.34%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; O presente estudo teve como objetivo a comparação do desempenho produtivo e do crescimento muscular (morfometria das fibras musculares e expressão gênica dos fatores de regulação miogênica) de três linhagens de tilápia-do-nilo (GIFT, ―Supreme‖ e Tailandesa), alimentadas com dieta comercial contendo ou não o hormônio 17α-metiltestosterona, durante a fase inicial, quando ocorre o processo de diferenciação sexual. O trabalho foi conduzido em esquema fatorial (2 dietas X 3 linhagens), constituído por seis tratamentos com quatro repetições de cada, por 29 dias. As larvas (com quatro dias pós eclosão) foram estocadas na densidade de 4 larvas.L-1 e receberam dieta comercial farelada, em seis arraçoamentos diários. Foram realizadas cinco avaliações biométricas durante o experimento para verificação dos resultados de desempenho. Além disso, foram calculadas as taxas de sobrevivência, de masculinização e a homogeneidade dos animais no final do experimento. Para a avaliação morfométrica das fibras musculares (n = 8 indivíduos por tratamento) foram realizadas amostragens aos 4, 19 e 33 dias pós-eclosão...

Expressão do fator de regulação miogenica MyoD, na musculatura estriada esqueletica do pacu (Piaractus mesopotamicus), durante o crescimento; Expression of myogenic regulatory factor MyoD in skeletal muscle of pacu (Piaractus mesopotamicus) during growth

Fernanda Losi Alves de Almeida
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
Nos peixes, o crescimento do tecido muscular ocorre por hipertrofia e/ou hiperplasia a partir da proliferação e diferenciação de mioblastos adultos ou células miossatélites, processos regulados pela expressão diferencial dos fatores de regulação miogênica (MRFs). O objetivo desse trabalho foi avaliar os mecanismos de crescimento muscular hiperplásico e hipertrófico e a expressão do MRF MyoD, na musculatura branca do pacu (Piaractus mesopotamicus), durante o crescimento. Exemplares juvenis (n=5) e adultos (n=5) de pacu foram anestesiados, sacrificados e determinados o peso corporal (g) e o comprimento total (cm). Fragmentos musculares brancos da região dorsal de cada exemplar, em cada fase estudada, foram congelados e imersos em nhexano congelado em nitrogênio líquido. Cortes histológicos (10 µm), obtidos em criostato, foram submetidos à coloração hematoxilina-eosina para avaliação da morfologia e morfometria das fibras musculares brancas. Foi calculado o menor diâmetro de 100 fibras musculares brancas em cada animal de cada fase estudada. As fibras musculares foram distribuídas em classes, na dependência do seu diâmetro (<20, 20-50, >50µm), para avaliar o grau de crescimento hipertrófico e hiperplásico da musculatura. A expressão do MRF MyoD na musculatura branca foi analisada por Reação em Cadeia da Polimerase após Transcrição Reversa (RT - PCR). Todos os produtos visualizados em gel de agarose a 1% foram clonados e seqüenciados. A morfologia da musculatura dos exemplares juvenis e adultos foi semelhante...

Dynamics of cell-extracellular matrix interactions during epaxial muscle morphogenesis

Gonçalves, André Brás, 1988-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 ENG
Relevância na Pesquisa
16.8%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Evolutiva e do Desenvolvimento).Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2011; All muscle cells of the trunk and limbs are derived from the delamination of myogenic precursor cells (MPCs) from the dermomyotome of somites. Myogenic differentiation is then activated and orchestrated by myogenic regulatory factors. In the trunk, myogenesis begins with the formation of the myotome, a segmented muscle which progressively differentiates, reorganizes and translocates to form the definitive adult skeletal muscles. Nevertheless, external factors such as the extracellular matrix (ECM) are also important in myogenesis. Previous studies have proved that ECM plays important functions in primary myogenesis. It is thought that the fibronectin matrix may help muscle cell reorganization through its integrin receptors, in particular through α4, α5 and αv subunits. Here we mapped the 3D distribution of the fibronectin matrix in embryos throughout myotome development until its final reorganization. We also described thedistribution pattern of the αv integrin subunit. To assess the effect of fibronectin during the translocation of myocytes, we performed explant cultures, using the 70kDa fragment and the RGD peptide to inhibit fibronectin matrix assembly and cell-ECM interactions...

A influência de um programa de treinamento de força muscular, nas fases neurogênica e miogênica, sobre os níveis de IGF-1 em idosas sedentárias

Silva, José Guilherme F. Bertoni da
Fonte: Universidade da Corunha Publicador: Universidade da Corunha
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
57.24%
El presente estudio tuvo como objetivo evaluar los efectos del fortalecimiento muscular, en las fases neurogénica y miogénica, sobre el nivel de fuerza muscular y la autonomía funcional de una población de mujeres mayores sanas y sedentarias. La muestra quedó constituida por 40 mujeres, subdivididas de manera aleatoria en: grupo experimental (GE, n = 12; 65,62±5,36 años) y grupo control (GC, n = 11; 71,45±5,72 años). Se utilizó el protocolo de una repetición máxima (1RM) para la evaluación de la fuerza muscular y la batería de test del protocolo del Grupo de Desarrollo Latino Americano para la Madurez (GDLAM) para evaluar la autonomía funcional. Para el análisis estadístico fueron utilizadas las siguientes pruebas: Friedman (GE, en relación a los 3 momentos) seguido de las comparaciones múltiples de Wilcoxon (GC, en relación a los 2 momentos) y Mann-Whitney por el ∆% (comparación inter-grupos). Los resultados en los niveles de fuerza muscular del GE, en la fase miogénica, revelaron ganancias significativas cuando fueron comparados con el pre-test (valores de p: EJ = 0,0001; FJD y FJE = 0,0001; SUP = 0,0001; ET = 0,0001) y en la fase neurogénica (valores de p: EJ = 0,0008; FJD y FJE = 0,0031; SUP = 0,0005; ET = 0...