Página 1 dos resultados de 82 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

"A repercussão da febre reumática e da cardiopatia reumática na vida de crianças e adolescentes: o movimento entre sentir-se saudável e sentir-se doente" ; "S. The effect of rheumatic fever and rheumatic heart disease in the children and teenagers’ lives: The idea between feeling healthy and feeling sick."

Souza, Solange Pires Salomé de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
55.83%
O estudo tem por objetivo compreender o movimento entre sentir-se saudável e sentir-se doente nos diferentes modos de andar a vida de crianças e adolescentes com febre reumática e cardiopatia reumática. O recorte do objeto foi elaborado a partir das discussões sobre: a doença crônica e condição crônica, febre reumática e cardiopatia como doenças crônicas específicas e particularidades da condição crônica gerada pela febre reumática e pela cardiopatia reumática em crianças e adolescentes. O quadro teórico teve como base a discussão teórico-epistemológica do processo saúde-doença para a aproximação de uma outra discussão central, a fronteira entre o normal e o patológico. Os participantes foram crianças e adolescentes com febre reumática e cardiopatia reumática atendidos no Ambulatório de Cardiologia Pediátrica de um hospital universitário de Cuiabá- MT e suas mães. A coleta de dados ocorreu por meio da análise de documentos e da entrevista aberta que se efetivou no hospital, na residência e no local de trabalho. Os resultados e discussão deram origem a cinco temas: 1. Apresentação dos participantes: uma breve história, no qual se descreve como se conformou o curso da febre reumática e da cardiopatia reumática; 2. Contexto da assistência à criança e ao adolescente...

Rede de proteção social e promoção de direitos: contribuições do conselho tutelar para a integralidade e a intersetorialidade (Uberaba - MG); Social network of protection and promotion of rights: the contributions of Tutelary Council for integrality and intersectoral (Uberaba-Minas Gerais, Brazil)

Aragão, Ailton de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2011 PT
Relevância na Pesquisa
65.87%
As redes de proteção social encontram na concepção dos determinantes sociais da saúde denso aporte conceitual para análise e intervenção sobre as violências contra crianças e adolescentes. De um lado, essa concepção permite a compreensão integral dos indivíduos, famílias e comunidades e, de outro, a proposição de políticas públicas intersetoriais. O presente estudo objetivou conhecer e analisar sob a ótica dos sujeitos sociais (do Conselho Tutelar, profissionais de instituições de saúde e de assistência social e integrantes do judiciário) a atuação da rede de proteção social à criança e ao adolescente no município de Uberaba-MG. Os objetivos específicos consistiram em: identificar e classificar os direitos violados atendidos pelo Conselho Tutelar em relação ao Sistema de Informação para a Infância e Adolescência (SIPIA); caracterizar a rede de atendimento à criança e ao adolescente quando da violação de direitos e avaliar, sob a ótica dos sujeitos sociais, os avanços e desafios da rede de proteção social. Trata-se de estudo de caso desenvolvido com a triangulação de métodos. A metodologia qualitativa conduziu a coleta e a análise de 42 entrevistas semi-estruturadas com profissionais da Saúde...

Sintomas obsessivo-compulsivos em escolares: prevalência, dimensões psicopatológicas, agregação familiar, comorbidades e fatores clínicos associados; Obsessive-compulsive symptoms in schoolchildren: prevalence, dimensions, familial aggregation, comorbidities and associated clinical factors

Alvarenga, Pedro Gomes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
O objetivo central desta tese de doutorado foi investigar as características clínicas de sintomas obsessivo-compulsivos (SOC), como fenômeno intermediário entre o desenvolvimento normal e o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC), em uma ampla amostra comunitária (não-clínica) composta por crianças em idade escolar (6 a 12 anos) e seus familiares biológicos. Para tal, determinou-se a prevalência e a distribuição sociodemográfica dos SOC descrevendo sua fenomenologia caracterizada a partir de dimensões de SOC, agregação familiar, associação com outras comorbidades psiquiátricas e outras variáveis de comprometimento clínico (ex: fatores de risco, problemas sociais, escolares e de comportamento). Dividimos o presente estudo em duas etapas. Na Etapa I, o objeto de estudo foram 9.937 crianças de 6 a 12 anos regularmente matriculadas em escolas públicas (crianças-index) e seus familiares biológicos (n total=29.459). Nesta etapa utilizou-se a Family History Screening (FHS), escala de rastreamento para sintomas psiquiátricos internacionalmente validada, e um módulo adicional com sete itens para identificar quatro dimensões de SOC ("Agressão/ sexual/ religiosa"; "arranjo/ simetria"; "contaminação/ lavagem" e colecionismo"). Nessa primeira etapa obtivemos dados sobre 9.937 crianças-index (podendo ser irmãos entre si)...

Construção de um subconjunto terminológico da CIPE® para crianças e adolescentes vulneráveis à violência doméstica ; Construction of a terminology subset from ICNP® for vulnerable children and adolescents to domestic violence [thesis].

Albuquerque, Lêda Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.87%
Introdução: a violência doméstica contra crianças e adolescentes é um fenômeno complexo, multifacetado e arraigado nas relações sociais que, por vezes, apresenta-se naturalizado e até banalizado. Historicamente, ela existe nas sociedades desde os primórdios. Nas últimas décadas, porém, houve o aumento significativo de casos de violência contra a criança e o adolescente no mundo. Ao mesmo tempo cresceu, também, a preocupação com a denúncia e o enfrentamento do problema, principalmente por organismos mundiais. Tal preocupação se expressa nas políticas públicas, como tem sido no Brasil. A Atenção Primária à Saúde (APS) é um dos locus em que se pode visibilizar e enfrentar a violência doméstica, pois lida com as populações do território, suas famílias, as creches e as escolas. Preparar os profissionais da APS para lidar com esse fenômeno tem sido um desafio, mas a enfermagem, por meio de sua prática social, apresenta potencial para o enfrentamento da violência doméstica. As consultas de enfermagem devem ser instrumentalizadas para tal, recomendando-se o uso de terminologia padronizada como facilitadora da boa comunicação entre os profissionais e da tomada de decisões nos serviços de saúde. Desse modo...

Biografias de gravidez e maternidade na adolescência em assentamentos rurais no Rio Grande do Sul; Biographies of pregnancy and motherhood in adolescence within rural settlemsnts in Rio Grande do Sul; Biografías de gravidez y maternidad en la adolescencia en asentamientos rurales en Rio Grande do Sul

Soares, Joannie dos Santos Fachinelli; Lopes, Marta Júlia Marques
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.05%
Buscou-se conhecer e compreender as vivências de gestação e maternidade na adolescência em assentamentos rurais. O estudo desenvolveu-se a partir de uma abordagem qualitativa, sustentando-se no método biográfico. As testemunhas foram mulheres que vivenciaram gravidez e maternidade na adolescência. A coleta de dados foi realizada em Janeiro e Fevereiro de 2009, por meio de entrevista biográfica temática. As biografias mostram trajetórias familiares de instabilidade e mudanças constantes, além de habitação e emprego precários. A aceitação da gravidez pelas famílias das adolescentes está diretamente ligada à condição do companheiro em assumir a paternidade da criança e a mãe adolescente como companheira ou esposa. As mudanças na vida pessoal decorrentes da gravidez e maternidade relatadas com mais frequência, foram perda de liberdade e aumento de responsabilidade. No plano das instituições, constata-se a ausência de políticas públicas e, consequentemente, de serviços dirigidos e adequados às especificidades de saúde nos assentamentos rurais.; Se buscó conocer y comprender vivencias de gestación y maternidad adolescentes en asentamientos rurales. El estudio se desarrolló con abordaje cualitativo, sustentado en método biográfico. Los entrevistados fueron mujeres que experimentaron gravidez y maternidad en la adolescencia. La recolección de datos se realizó en enero y febrero de 2009...

Biografias de gravidez e maternidade na adolescência em assentamentos rurais de Encruzilhada do Sul/RS

Soares, Joannie dos Santos Fachinelli
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.02%
Buscou-se conhecer e compreender, através de biografias, as vivências de gestação e maternidade na adolescência em assentamentos rurais no município de Encruzilhada do Sul. O estudo desenvolveu-se a partir de uma abordagem qualitativa, sustentando-se no método biográfico. As testemunhas do estudo foram mulheres que vivenciaram/vivenciam gravidez e maternidade na adolescência. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevista biográfica temática, que compuseram 16 ao total. O tratamento dos dados foi realizado por meio da técnica de análise de conteúdo temático. As histórias de vida mostram trajetórias de instabilidade e mudanças constantes, habitação e emprego precários. Observou-se que a quase a totalidade das testemunhas vive em união estável, muitas vezes, originada em consequência da gravidez. Para as adolescentes solteiras, a gravidez ocorreu sem planejamento e foi referida como fruto de “descuido” e desinformação. A aceitação da gravidez pelas famílias das adolescentes está diretamente ligada à condição do companheiro em “assumir” ou não a criança e a adolescente. As mudanças decorrentes da gravidez e maternidade citadas com mais frequência foram a perda de liberdade e o aumento de responsabilidade. Quanto aos planos para o futuro a maioria das entrevistadas citou o desejo de de melhorar as condições materiais em que vivem. Também foi referida a perspectiva de voltar a estudar e de ter trabalho remunerado. Em relação às situações de saúde...

A Gravidez e a maternidade na adolescência: um estudo a partir da unidade básica de saúde - Saco Grande

Lopes, Helena Arminda
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Relevância na Pesquisa
45.92%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social; O presente trabalho tem por objetivo discutir a questão da gravidez e a maternidade na adolescência a partir do Estudo Social das adolescentes que freqüentam o grupo sócio-educativo realizado na Unidade de Saude Saco Grande/ Florianópolis-SC. O estudo aborda o contexto socioeconômica e cultural das adolescentes suas familiares, ou seja, procura-se abordar de forma analítica a situação vivida pelas adolescentes, suas famílias e a proteção social que têm para arcar com as suas responsabilidades de ser mãe, ou ainda, com o seu "desejo" de construir uma nova família. O presente estudo permitiu o conhecimento de outras dimensões da gravidez e a maternidade na adolescência. Constatou-se quanto a escolaridade destes adolescentes aquilo que, quase todas as pesquisas já vinham mostrando, o baixo nível de escolaridade, embora observouse um grande desejo, vontade destas voltarem as salas de aulas o que é pouco provável pela própria história familiar e pela ausência de suporte assistencial estatal que garante a integralidade das ações como preconizado pelas legislações (Constituição Federal, SUS, Estatuto da Criança e do Adolescente e na LOAS. Enfim...

Estudo dos fatores de risco e de proteção para o abuso sexual nos âmbitos social, familiar e institucional: Moanna Matos; orientadora, Catarina Maria Schmickler

Matos, Moanna
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Relevância na Pesquisa
45.99%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social; Este Trabalho de Conclusão de Curso apresenta pesquisa sobre os fatores de risco e de proteção para o abuso sexual nos âmbitos social, familiar e institucional. Através deste estudo, realizado durante novembro de 2006 e janeiro de 2007 no Programa Sentinela do Município de Florianópolis/SC, buscamos: identificar, a partir dos prontuários, os riscos e os fatores de proteção. presentes nos âmbitos social, familiar e institucional, dos casos de violência sexual intrafamiliar contra crianças e adolescentes que apresentam denúncias registradas em 2004 e 2005: avaliar o tempo total do trâmite de atendimento no Programa Sentinela, das denúncias recebidas no biênio acima citado: c observar se a família solicitou ou fez uso de alguma rede de apoio para romper com os abusos. Desenvolvemos unia pesquisa exploratória documental, de natureza quali-quantitativa, a partir dos registros das denúncias efetuados pelo SOS Criança, dos prontuários do Sentinela que aguardavam por atendimento e daqueles que se encontravam em atendimento ou encerrados, Posteriormente delimitamos a amostra com os prontuários de cinco de famílias atendidas pelo Programa c analisamos as informações. Constatamos como principais tutores de risco no âmbito: Social: moradias inadequadas...

Gravidez na adolescência. Sou mãe. E agora?

Silveira, A; Correia, C; Barrantes, M
Fonte: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
46.06%
A realidade no HFF relativamente a gravidezes na adolescência é, segundo dados fornecidos pela Assistente Social do Serviço de Obstetrícia, ainda um número considerável: 135 mães adolescentes em 2007, 72 em 2010, 109 em 2011 e 102 no ano de 2012. O principal objectivo que temos com a apresentação deste trabalho é incutir nos profissionais de saúde que lidam com estas adolescentes diariamente no seu contexto de trabalho, seja ele a Consulta de Obstetrícia, o Bloco de Partos, o Serviço de Obstetrícia ou a Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais do HFF, uma reflexão sobre os cuidados de enfermagem a prestar a estas adolescentes, respectivos companheiros, famílias e/ou pessoas significativas. A nível metodológico, foi realizada uma pesquisa bibliográfica, através da base de dados EBSCO e através da consulta de livros e artigos sobre o tema, enriquecendo as informações daí retiradas com a experiência profissional das autoras. A transição para a parentalidade é o período que decorre desde a decisão da concepção, até aos primeiros meses após o nascimento. Constitui um período de mudança e instabilidade e de incorporação e transição de papéis para a mulher e homem que decidem ter filhos. Na adolescência...

Abrigo, pobreza e negligência: percursos de judicialização

Nascimento,Maria Livia do
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
55.74%
O trabalho discute a negligência como uma categorização que passa a justificar a intervenção estatal sobre famílias pobres, no que se refere à prática de abrigamento de crianças e adolescentes e como essa prática se instala na lógica de judicialização da vida. Com a emergência do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), fica interditado abrigar por pobreza. Dessa maneira, a falta de recursos materiais perde força como justificativa, e se implanta um novo estatuto de criminalização da pobreza e de judicialização da vida, que se apoia no desrespeito a direitos estabelecidos na legislação: família negligente. Com esse referencial, a negligência passa a ser produzida como um dispositivo de afirmação da sociedade de segurança, tendo como parâmetro a lógica biopolítica de governo da vida.

Adolescência e violência: um estudo da medida socioeducativa de prestação de serviço a comunidade no município do Natal

Silva, Luana Gleyce Souza da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Serviço Social; Serviço Social, Formação Profissional, Trabalho e Proteção Social; Serviço Social, Cultura e Relaçõe
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
This Project was built to reflect about juvenile violence and the socio-educational´s range of community services provision. It is known that the juvenile violence is a phenomenon inserted on the capitalism system, backed on neo liberal project. Though, it is essential a historical analysis, showing the economical, political, social and cultural mechanisms which determine the juvenile violence personality. On this way, it is seek understand the elements that leads on work world changes, on the State and public politics sphere, that deepens social dissimilarities. On this propose, it is known that there is a relation among the violence, while one of many manifestations of social question on society and the macroestructuals´determinant that lead the teenager to a social rick situation. This research focused on a inquiry quail-quantitative, using the theoric-metodological procedures of observation, interview and documental quest techniques. The universe had been defined by the intentional sample of 22 interviewed on total, during August and October 2008, covering adolescents and their relatives, technical and the coordinator, which subsidized the Socio educational program of community services provision from Natal analysis of limits and their range. The results of this investigation indicate the necessity of development...

Promoção da saúde na infância e o direito à saúde: experiências de mães adolescentes no cuidado cotidiano de crianças; Health promotion in childhood and the right to health: teenage mothers experience in the daily care of children

Santos, Jaqueline Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.1%
No seu processo de crescimento e desenvolvimento, a criança precisa de cuidados adequados desempenhados por pessoas comprometidas com a sua saúde e bem-estar. A maternidade na adolescência apresenta-se como uma situação delicada e complexa, em que a mãe adolescente necessita contar com uma rede de apoio para desempenhar um cuidado protetor que promova a saúde infantil. O objetivo do presente estudo foi analisar as experiências de mães adolescentes no cuidado de crianças com idade entre seis meses e menores de dois anos na perspectiva da promoção e defesa do direito à saúde da criança. Trata-se de um estudo exploratório com análise qualitativa temática indutiva dos dados. As informações foram coletadas em entrevistas semiestruturadas gravadas com 20 mães adolescentes com filhos acompanhados por equipes de Saúde da Família do município de Passos, Minas Gerais, Brasil. Os resultados foram organizados de acordo com os seguintes temas: A maternidade na adolescência; O cuidado cotidiano da criança; A saúde da criança e a defesa de seus direitos. Nas experiências narradas pelas mães adolescentes emergiram aspectos referentes à construção do papel materno e as perspectivas para o futuro, ao cuidado da criança...

Por uma história sócio-cultural do abandono e da delinqüência de menores em Belo Horizonte 1921-1941.; For a socio-cultural history of abandonment and juvenile\'s in Belo Horizonte 1921-1942.

Silva, Wesley
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.75%
O objetivo desse trabalho é abordar a produção sócio-histórica de representações sobre o abandono e a delinqüência de menores em Belo Horizonte entre os anos de 1921 e 1941. Através da abordagem de espaços lugares e instituições especificamente destinadas aos menores ou apropriadas por eles, tentei entender a forma como a noção de delinqüência e abandono circulava nos espaços da Capital de Minas Gerais no período em apreço. Dessa forma, abordei, ainda que sucintamente, a cidade de Belo Horizonte na condição de espaço geográfico que oferece múltiplos lugares à apropriação para seus habitantes. Revelou-se a forma preconceituosa com que se concebiam os usos do espaço urbano pelos pobres, mas de maneira mais aguda pelos menores. A escola e a educação primária, que deveriam privilegiar a presença dessas personagens da urbanidade modernizante caracterizada na Nova Capital, cidade pedagógica por excelência, não lograram êxito em cumprir um projeto de escolarização de massas, ainda que ensejassem fazê-lo pelo uso do primado da obrigatoriedade. Nem mesmo essa estratégia com todos os dispositivos postos a funcionar foi capaz de efetivar a matrícula, freqüência e aproveitamento escolar de boa parte do contingente de menores pobres da cidade e do Estado de Minas Gerais. A resistência empreendida por esse setor da sociedade possuía diversos matizes dentre os quais a pobreza e a necessidade do trabalho em prol do sustento da família...

A violencia notificada contra a criança e o adolescente na familia : quando tudo começa em casa

Stella Luiza Moura Aranha Carneiro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/1999 PT
Relevância na Pesquisa
46.1%
O presente trabalho é um estudo exp10ratório sobre a violência doméstica notificada contra crianças e adolescentes, em seus aspectos psicossociais. Este tipo de violência é um fenômeno multicausal , resultado da influência de diversos aspectos, que só podem ser compreendidos, se considerarmos as situações que envolvem estas famílias e que afetam os seus relacionamentos. Examinaram-se alguns aspectos demográficos, sócioeconômicos, ambientais e culturais não só em famílias que utilizam este tipo de violência doméstica notificada, como também entre aquelas que não a utilizam, com o objetivo de identificar as influências destes sobre o fenômeno em questão. Fez-se o levantamento de alguns aspectos da personalidade das crianças e (ou) adolescentes vítimas e não vítimas de violência doméstica notificada. A identificação dos agressores domésticos foi realizada com base nas notificações às instituições e na denúncia das vítimas. A amostra foi composta de 154 famílias que apresentavam violência doméstica notificada contra a criança e (ou) adolescente, nos órgãos, SOS Ação Mulher e Família e Crami; 119 famílias, sem notificação deste tipo de violência, até o momento; e sem haver cometido qualquer tipo de violência doméstica contra a criança e o adolescente...

Decidir é (im) preciso

Cintra, Ana Lúcia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
46.1%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Florianópolis, 2015.; A atenção à infância e adolescência tem como elemento organizador o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente (SGD). Em casos específicos de violação de direitos, crianças e adolescentes são afastados dos locais em que vivem para serem abrigados em instituições (serviços de acolhimento). Este estudo problematiza situações de decisão exercidas por profissionais da rede de atenção à infância e adolescência da Grande Florianópolis para retirada de crianças e adolescentes de suas famílias ou serviços de acolhimento. Releva a afecção, aqui compreendida como o remetido à afetação, à condição do sujeito de afetar e de ser afetado pelo outro e pelo entorno. Assim, propõe que ao universal da lei norteadora se soma o singular do sujeito que decide; ao sujeito cognoscente se soma o pathos; ao impessoal da razão se soma a afecção, de forma que em tais situações de decisão, crianças, adolescentes, famílias e operadores do SGD estão atravessados tanto pelo coletivo (história e lei) como pelo singular (afecções). Considerando a dimensão complexa - da realidade e da constituição subjetiva - em que se inserem essas decisões...

ESCOLA DE PAIS: RELATÓRIO; SCHOOL FOR PARENTS: A REPORT

Lima, Vera Lucia G. Pereira; Araújo, Ana Lucia L.; Pagliaro, Graciela; Arruda, José Maria; Campos, Nora Z. Ribeiro
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2001 POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
De acordo com o previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA em seu art. 129, parágr. ^lv, cap. V, o qual afirma que são medidas aplicáveis aos pais ou responsável o“encaminhamento a cursos ou programas de orie^lt^lação”, a I a Vara da Infancia e Juventude do Rio de Janeiro criou o Projeto “Escola de Pais”, visando a reintegração familiar de crianças e adolescentes que vivem em situações de risco social, por meio de ação sócio-educacional junto aos pais. Desde 1998 foram realizadas 9 Escolas de Pais, cada urna delas constituída de cerca de 8 encontros em sua primeira fase, quando são trabalhados temas relacionados à educação, saúde e cidadania, constituindo-se numa oportunidade para garantir direitos e estabelecer obrigações na relação pais e filhos. As famílias recebem bolsas de alimentos of erecidas pelaFundação da Infància e Adolescência (FIA), vales transporte, apoio para manter seus filhos em escolas ou creches da comunidade e do Juizado, orientação de assistentes sociais e psicólogas, e outros benefícios, graças a parcerias estabelecidas com instituições, organizações e empresas,incluindo o setor privado. Após essa fase, os participantes são acompanhados por 12 meses pelo programa Família Solidária...

BLACK EXECUTIVES’ CHILDHOOD AND ADOLESCENC A RETROSPECTIVE STUDY; INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA DE EXECUTIVOS NEGROS: UM ESTUDO RETROSPECTIVO

Santana, Ivo de; Camargo, Climene Laura de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/1999 POR
Relevância na Pesquisa
65.88%
This article deals withcertam aspects ofthe childhood andadolescence of black executives working in banking institutions m Salvador (state of Bahia) and attempts to urderstand the events that occurred during these penods and their relation to the executives’ route of social ascent in order to underst~md the reality of these people. Case studies and life stories were the methods used in this study. The results of the study reveal that ali the executives in the study group came from low income families and that theirparents were the main stimulators oftheir social ascent by encouragmg education and qualification. Racial discrimination was shown to be the main obstacle to their ascent and was confronted with specihc and individual responses, guided by ‘a desire to be the best in order to be accepted as an equal’. The study demonstratesthe uneven way in which blacks become part ofthe process of social ascent, and how the route of ascent purposely eliminates the black cultural values of the small number of individuais whomanage to reach high positions in the institutions, preferring the white as an identity model.; Este artigo aborda situações vivenciadas na infância e adolescência por executivos negros de organizações bancárias com sede em Salvador (BA). Busca-se as intercorrências desse periodo de vida relacionadas à trajetória de ascensão social dos executivos estudados. Na apreensão da realidade desses sujeitos...

Biografias de gravidez e maternidade na adolescência em assentamentos rurais no Rio Grande do Sul; Biografías de gravidez y maternidad en laadolescencia en asentamientos rurales en Rio Grande do Sul; Biographies of pregnancy and motherhood in adolescence within rural settlements in Rio Grande do Sul

Soares, Joannie dos Santos Fachinelli; Lopes, Marta Julia Marques
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/08/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
46.03%
Buscou-se conhecer e compreender as vivências de gestação e maternidade na adolescência em assentamentos rurais. O estudo desenvolveu-se a partir de uma abordagem qualitativa, sustentando-se no método biográfico. As testemunhas foram mulheres que vivenciaram gravidez e maternidade na adolescência. A coleta de dados foi realizada em Janeiro e Fevereiro de 2009, por meio de entrevista biográfica temática. As biografias mostram trajetórias familiares de instabilidade e mudanças constantes, além de habitação e emprego precários. A aceitação da gravidez pelas famílias das adolescentes está diretamente ligada à condição do companheiro em assumir a paternidade da criança e a mãe adolescente como companheira ou esposa. As mudanças na vida pessoal decorrentes da gravidez e maternidade relatadas com mais frequência, foram perda de liberdade e aumento de responsabilidade. No plano das instituições, constata-se a ausência de políticas públicas e, consequentemente, de serviços dirigidos e adequados às especificidades de saúde nos assentamentos rurais.; Se buscó conocer y comprender vivencias de gestación y maternidad adolescentes en asentamientos rurales. El estudio se desarrolló con abordaje cualitativo, sustentado en método biográfico. Los entrevistados fueron mujeres que experimentaron gravidez y maternidad en la adolescencia. La recolección de datos se realizó en enero y febrero de 2009...

ANALYSIS OF DIFFICULTIES REGARDING THE DAILY ACTIVITIES OF TEENAGERS AND CHILDREN WITH TYPE-1 DIABETES MELLITUS: MOTHERS' ACCOUNTS; ANÁLISIS DE LAS DIFICULTADES RELACIONADAS CON LAS ACTIVIDADES DIARIAS DE LOS NIÑOS Y ADOLESCENTES CON DIABETES MELLITUS TIPO 1: DECLARACIONES DE LAS MADRES; ANÁLISE DAS DIFICULDADES RELACIONADAS ÀS ATIVIDADES DIÁRIAS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTE COM DIABETES MELLITUS TIPO 1: DEPOIMENTO DE MÃES

Zanetti, Maria Lúcia; Mendes, Isabel Amélia Costa
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2001 POR
Relevância na Pesquisa
45.99%
This descriptive study aimed at analyzing the difficulties faced by mothers of type-1 diabetic teenagers and children in view of the child's daily activities and based on the principle that emotional, social, personal and economic factors concerning the family interfere with achieving good metabolic control. Data were obtained by means of a semi-structured interview guide applied to 30 mothers. Data analysis followed the standards preconized for descriptive studies in which directed interviews are used. Results showed that: mothers have difficulties in dealing with children's daily activities such as social gatherings, in motivating them to develop physical activities, diet, school adjustment, relationship with the health team as well as with the children's behaviors regarding their brothers/sisters. Results indicated the need for planned and integrated work by a multiprofissional team with the families, considering all the aspects addressed in this study and their interdependence, aiming at a successful care to diabetic children and adolescents.; Estudio descriptivo con el objetivo de analizar las dificultades que las madres de los niños y adolescentes diabéticos tipo 1, presentan de cara a las actividades diarias con el hijo; partiendo de la premisa de que factores de orden económico...

Política social, família e gênero: Temas em discussão

Freitas, Rita de Cássia Santos; Braga, Cenira Duarte; Barros, Nívia Valença
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES Publicador: Programa de Pós-Graduação em Política Social da UFES
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2013 POR
Relevância na Pesquisa
75.91%
Este artigo tem como objetivo refletir acerca da relação entre políticas sociais no contexto atual e famílias pobres brasileiras – local onde as mulheres, por conta das relações de gênero, aparecem como as principais protagonistas. Essa análise se faz necessária na medida em que a matricialidade sociofamiliar nas políticas sociais trazem de volta a discussão sobre a família. No Brasil, essa é uma realidade que tem colocado em situação de vulnerabilidade um grande número de famílias. Pretendemos refletir, nesse espaço, as relações entre política social, famílias e as relações de gênero.