Página 1 dos resultados de 1609 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

O impacto dos relatórios sociais nos juízes em casos de promoção e protecção de crianças e jovens em perigo

Cascais, Catarina Leonhartsberger Barbosa Ngan
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.23%
Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Psicologia, com especialização em Psicologia Clínica e da Saúde.; O presente trabalho tem como objectivo a análise dos factores de concordância/discordância dos Juízes nos processos de Promoção e Protecção de Crianças e Jovens em Perigo com a medida proposta nos relatórios sociais elaborados por técnicos. Na presente investigação recorreu-se à análise quantitativa e qualitativa. Na abordagem quantitativa utilizou-se a abordagem descritiva e correlacional e na abordagem qualitativa, através da análise de conteúdo, recorreu-se a uma abordagem descritiva e exploratória com base nas informações obtidas nos 44 relatórios sociais e respectivos despachos judiciais. Os resultados deste estudo demonstram que a concordância e discordância dos Tribunais em relação às medidas dependem, efectivamente, do tipo de medidas propostas nos relatórios sociais. The purpose of the present paper is the analysis of the agreement/disagreement factors from the Judges in Judicial Cases of Promotion and Protection of children and youth in danger with the measures proposed in the social reports issued by experts in the field. In the present investigation quantitative and qualitative analysis was used. The quantitative approach was descriptive and correlational and the qualitative approach...

Ease of doing business : a importância dos factores socioeconómicos

Moutinho, Nuno; Oliveira, Alexandra
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
46.1%
O presente trabalho pretende averiguar se o ambiente de negócios é influenciado por factores económicos e sociais. São analisados 183 países, tendo utilizado como base os relatórios do Doing Business do Banco Mundial. Os dados mostram que os países desenvolvidos ou em desenvolvimento são os que possuem melhores condições favoráveis a um melhor ambiente de negócios.

Violência conjugal: representações sociais e atribuições numa amostra de estudantes de psicologia do mestrado integrado

Paiva, Liliana Susete Maia
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Trabalho em Andamento
POR
Relevância na Pesquisa
46.16%
O presente estudo teve como objectivo principal identificar as representações sociais da violência conjugal, numa amostra de estudantes de Mestrado Integrado em Psicologia, a frequentar o primeiro e quinto anos. Foi administrado um protocolo de investigação que incluía o Questionário de Violência Conjugal – Histórias (QRVC-HIS); a Escala de Crenças sobre a Violência Conjugal (ECVC) e o Questionário de Violência Conjugal – Causas, Manutenção e Resolução (QVC-CMR). Os resultados revelam que, embora os níveis globais de legitimação sejam baixos, os estudantes do primeiro ano demonstram atitudes mais tolerantes face à violência na conjugalidade. Na análise dos factores de activação, manutenção e resolução que os estudantes crêem fazer parte da dinâmica dos comportamentos violentos, verificou-se que as causas são atribuídas ao agressor e a factores sociais e culturais, enquanto a manutenção dos abusos é tida como responsabilidade da vítima. Como factores de resolução, ressaltaram a sensibilização/educação dos jovens nas escolas, a denúncia e a protecção da vítima e dos filhos.; The present study aims to identify the social representations of conjugal violence in a Psychology Masters Degree sample of students attending to first and fifth years. Was administered a research protocol that included the Conjugal Violence Questionnaire – Stories (QRVC-HIS)...

Representações sociais em torno do abuso sexual de crianças numa amostra de médicos e enfermeiros dos cuidados de saúde primários

Fazenda, Isabel Maria Estrela Morão
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.29%
O abuso sexual de crianças é uma realidade global e incontornável nos nossos dias constituindo pelas suas múltiplas dimensões um especial desafio para um vasto leque de profissionais. Pretendeu-se com esta dissertação identificar as Representações Sociais em torno do Abuso Sexual de Crianças numa amostra de médicos e de enfermeiros dos Cuidados de Saúde Primários. Estes profissionais são frequentemente a primeira e única “porta de entrada” de silêncios implícitos na abordagem deste problema. Com este trabalho procurou-se conhecer a influência que essas representações poderão ter nas dinâmicas de prevenção e de intervenção daqueles profissionais, e criar instrumentos de avaliação das representações sociais em torno da temática. Iniciou-se pela contextualização da problemática com referência a pontos considerados fulcrais: conceito(s), evolução histórica, científica, jurídico-legal, e modelos explicativos. Apresenta-se um estudo empírico efectuado com uma amostra de médicos e de enfermeiros dos Cuidados de Saúde Primários. Neste estudo foram utilizados três questionários de auto-resposta com o objectivo de identificar a legitimação/aceitação do abuso sexual de crianças (Questionário de Representações sobre Abuso Sexual de Crianças – Histórias)...

A publicidade nas redes sociais : percepções e respostas dos utilizadores

Santos, Luísa Sofia Soares dos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.19%
Dissertação de mestrado em Marketing e Gestão Estratégica; A popularidade e o número de sites de redes sociais têm crescido por todo o mundo nos últimos anos e têm revolucionado a maneira de comunicar e interagir de utilizadores e de marcas. A grande concentração de consumidores nestes sites e a grande quantidade de tempo gasto por eles nestas plataformas tornou as redes sociais muito apelativas para as marcas. No entanto, as marcas enfrentam problemas de aceitação da publicidade por parte dos utilizadores das redes sociais. Por um lado, os sites de redes sociais necessitam das receitas publicitárias para operar e para poder oferecer mais serviços aos seus utilizadores e as marcas necessitam estar presentes onde grande parte dos consumidores gasta o seu tempo. Por outro lado, os consumidores estão mais exigentes e menos receptivos à publicidade nos sites de redes sociais devido ao carácter pessoal dos conteúdos que partilham. Este estudo procurou, por isso, averiguar quais os factores que podem influenciar as percepções e os comportamentos dos utilizadores das redes sociais para com a publicidade nas redes sociais. Recorrendo à literatura sobre sociologia e publicidade, realizou-se um inquérito online a utilizadores de redes sociais e chegou-se à conclusão de que as percepções podem ser influenciadas pela identidade social...

Influencia de los factores sociales, ambientales y personales en la percepción de los gimnasios

Sena, Paulo
Fonte: Instituto Politécnico de Santarém Publicador: Instituto Politécnico de Santarém
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
Tese apresentada à Universidade de Vigo - Departamento de Psicoloxia Evolutiva e Comunicación, para a obtenção do grau de Doutor; Os ginásios são locais pouco estudados ao nível académico apesar de formarem parte de uma indústria do fitness com um impacto significativo na sociedade, mas que sofre do problema das elevadas taxas de abandono. Recorrendo a pesquisas em diversas bases de dados, discutimos a informação acerca das variáveis determinantes da actividade física em ginásios, concluindo que a população dos ginásios é maioritariamente jovem, embora tenha aumentado a procura por parte de pessoas mais velhas. Os motivos pelos quais as pessoas se inscrevem e os motivos pelos quais se mantêm parecem ser diferentes, estando as principais razões que levam as pessoas aos ginásios sobretudo relacionadas com a saúde e o bem-estar, mas também têm um peso específico outras de ordem estética, física, psicológica. Quanto às variáveis determinantes para fazer actividade física em ginásios, podem ser categorizadas em: atributos pessoais, factores ambientais e características da actividade física. Os aspectos de índole social revelaram uma grande importância nos motivos de abandono dos ginásios. Todavia são necessárias mais investigações para conhecer o perfil dos utilizadores e o ambiente social dos ginásios. Um dos objectivos fundamentais deste trabalho é averiguar se a relação sóciofuncionários é a variável determinante mais importante para a adesão à actividade física em ginásios. Com esta finalidade realizaram-se dois estudos. O Estudo 1 consiste na criação de um questionário para avaliar a percepção que os sócios têm do ambiente dos ginásios...

O bem-estar psicológico e as competências pessoais e sociais na adolescência

Remédios, Carolina Isabel Fonseca Ramos Nunes
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.18%
Tese de mestrado, Psicologia (Secção de Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Psicoterapia Cognitiva-Comportamental e Integrativa), Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia, 2010; A importância do estudo da adolescência prende-se com o facto de cada vez mais se estar a adoptar a perspectiva, de que para além de um período de grandes mudanças e factores de risco, este também é um período de grandes oportunidades de desenvolvimento. Será importante, então, estudar os factores que mais se podem correlacionar com o desenvolvimento saudável dos adolescentes e com um maior nível de bem-estar nos mesmos. Dotar os jovens de ferramentas e competências que lhes permitam ultrapassar as dificuldades e prosseguirem um percurso pessoal e social eficaz, deverá ser uma preocupação de todos os que trabalham com esta faixa etária. O presente estudo procura então avaliar a relação entre a promoção de competências pessoais e sociais de forma prolongada no tempo e o nível de bem-estar psicológico em jovens com idades compreendidas entre os 12 e os 19 anos. Este estudo foi dirigido a jovens de risco, provenientes de um meio em risco de exclusão social, onde são muitos os factores de risco a que estão sujeitos. Comparou-se jovens que usufruíram de promoção de competências pessoais e sociais através de actividades semi-estruturadas...

Saneamento básico:factores sociais no insucesso de uma política adiada:o caso do Lis

Ferreira, José Gomes, 1965-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
46.2%
Tese de doutoramento, Ciências Sociais (Sociologia Geral), Universidade de Lisboa, Instituto de Ciências Sociais, 2012; A adesão à União Europeia, em 1986, trouxe a Portugal os meios financeiros e técnicos necessários para suprir as suas carências em termos de infra-estruturas de esgotos. Apesar desse impulso verifica-se uma incapacidade interna para resolver cabalmente o problema, que continua, em parte, sem soluções adequadas e sem que se identifiquem os factores que têm contribuído para tais disfuncionamentos, cujas consequências se reflectem sobre a qualidade de vida das populações e sobre os ecossistemas, e representam elevados custos económicos para o país. Com o objectivo de explicar o insucesso das políticas de esgotos assumimos como hipótese que intervieram variáveis que até aqui não têm sido tomadas em conta, mas sem as quais não conseguiremos (re)construir a narrativa de entendimento do problema. Dito de outro modo, que os factores sociais e políticos são absolutamente determinantes para explicar o insucesso das políticas de esgotos, repercutindo-se sobre uma gama alargada de outros factores. Optamos por uma análise genérica do insucesso das políticas de esgotos e por estudar as implicações da poluição da bacia hidrográfica do rio Lis como estudo de caso...

A captação de investimento: factores de localização, serviços públicos e agências de desenvolvimento económico

Noivo, Fernando Manuel Gonçalves
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 09/12/2010 POR
Relevância na Pesquisa
45.98%
Dissertação de Mestrado em Gestão e Políticas Públicas; Numa era de globalização das economias, o investimento assume um papel fundamental na integração das mesmas. A comunicação das mais-valias de um território ou país, a criação de condições políticas e administrativas que promovam este mesmo investimento e de estruturas específicas para este fim, afiguram-se como essenciais para proceder com maior eficácia à captação do mesmo. Identificar quais os factores de localização que as empresas privilegiam, prestar bons serviços de acompanhamento ao investimento, reduzir a burocracia, criar um ambiente favorável para a recepção de novos negócios, será, cremos, um contributo decisivo para o seu incremento. Este trabalho procurou identificar quais os factores que são relevantes para que as empresas optem por determinada localização, aferir dificuldades e barreiras à mesma, aferir a qualidade dos serviços públicos existentes, sua imagem e contribuição para a facilitação destes processos e, por último, se as agências de desenvolvimento económico, enquanto estruturas dedicadas e especializadas no acompanhamento de destes fenómenos, incrementariam a eficácia na instalação de novas empresas.; In an era of a globalized economy...

Factores sociais no tratamento oncológico: um estudo na população dos Açores

Ferreira, Carla Marília Medeiros
Fonte: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas Publicador: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 26/05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
55.94%
Dissertação de Mestrado em Política Social; presente tema de Mestrado em Política Social surge da ligação de duas áreas de intervenção da Mestranda. O apoio psicossocial aos doentes oncológicos do Hospital Divino Espírito Santo de Ponta Delgada EPE, e o apoio social ao Serviço de Deslocação de Doentes do mesmo hospital. Pelo contacto estabelecido com os doentes oncológicos, a mestranda, acabou por desenvolver uma grande empatia por estes, atendendo a que, na generalidade, são muito receptivos à intervenção social. Com efeito, o surgimento de uma doença oncológica vem perturbar toda a dinâmica interna do doente e do seu capital social, actuando o Trabalhador Social neste âmbito. Para além da questão oncológica e das consequências que tais doenças acabam por inferir nos doentes e seus capitais sociais, pretende a mestranda, estudar os impactos dos tratamentos oncológicos nos doentes açorianos, neste caso concreto abordando a questão das Deslocações Hospitalares para o Continente para a realização de Radioterapia. Do mesmo modo, a autora está intencionada a avaliar as condições do Hospital Divino Espírito Santo de Ponta Delgada EPE, para se tornar no receptáculo de todos os doentes oncológicos açorianos propostos para radioterapia aquando da criação do Centro de Radioterapia em São Miguel.; The present subject of Master Degree in Social Policy appears of the linking of two areas of intervention of the author: the advocacy empowerment support to the oncology patients of the Hospital of Divino Espirito Santo de Ponta Delgada EPE...

Autopercepção da saúde das mulheres: a influência de factores sociais e familiares

Nunes, Maria Amália Simões Ferreira Marques da Silva
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 04/03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
46.08%
No exercício da nossa actividade médica fomos, durante mais de duas décadas, confrontadas, com uma frequência de consulta maioritariamente feita por mulheres, com problemas de saúde de gravidade ligeira a moderada, e onde os problemas familiares e sociais se manifestavam repetidamente. Tal facto influenciou esta pesquisa, cujo objecto definimos como a auto-avaliação de estado de saúde da mulher na sua relação com factores sociais e familiares. Nas nossas hipóteses de trabalho defendemos a existência de uma associação entre resultados da auto-avalição do estado de saúde da mulher e concepções de saúde/doença subjacentes, classe social, tipo de família e fase do ciclo de vida familiar. Foram definidos e trabalhados os conceitos de saúde/doença, coesão, regulação, afectividade e sociabilidade familiares, tempo e de classe social. Entrevistámos, em entrevista semi-dirigida, trinta mulheres, de meio urbano, dos 20 aos 64 anos, repartidas equitativamente por duas classes sociais e três grupos etários. Os resultados do trabalho revelaram-nos que as representações de saúde/doença predominantes são, na classe média-alta, a de “equilíbrio” e na classe média-baixa, a “instrumental.” A auto-avaliação do estado de saúde nas mulheres tende a ser mais negativa na classe social média-baixa e nesta...

As classes sociais já não contam? Advocacia e reprodução social

Chaves, Miguel; Nunes, João Sedas
Fonte: CIES-IUL / Editora Mundos Sociais Publicador: CIES-IUL / Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
46.04%
O crescimento numérico que a advocacia sofreu internacionalmente, nas últimas décadas, foi muito intenso, gerando junto dos profissionais a percepção de que se verificou um amplo desmantelamento das condicionantes que pautavam o acesso à profissão e, no seu interior, às posições mais capitalizadas. Recorrendo a umestudo centrado na advocacia portuguesa, observar-se-á que essa leitura não é correcta —a segmentação interna que a profissão regista, hojeemdia, permite que continue a ser utilizada eficazmente nos processos de reprodução das classes dominantes. Demonstrar-se-á ainda que os mecanismos pelos quais esse processo opera contribuempara o ocultar, pois tendem a ser reduzidos a factores que radicamnumaconcepção associal do mérito individual.; Internationally, advocacy has known a significant growth in the last decades, breeding here in the professionals the perception that there has been a wide dismantlement of the constraints which regulated the access to the profession and, within, the most capitalized positions. Making a study based upon the Portuguese advocacy its keystone, the fallacy of this idea will be uncovered—advocacy’s inner segmentation today allows it to remain a topos of the reproduction of the dominant classes. It will also be stressed that the mechanisms that steer this process contribute to conceal it...

O efeito das características económicas e sociais dos países na gestão de resultados

Almeida, Isabel Barão Marinho
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Mestrado em Contabilidade; Este estudo tem como objectivo investigar a influência de factores económicos e sociais de diferentes países na gestão de resultados contabilísticos das empresas. A amostra é composta por 42 países e considera um espaço temporal entre os anos de 2000 e 2007, resultando num total de 119 183 observações. A gestão de resultados foi medida com base na qualidade dos accruals, conforme o modelo proposto por Kothari, Leone & Wasley (2005). Os factores económicos e sociais dos países envolvidos no estudo são medidos com base em indicadores do Banco Mundial e World Values Surveys, respectivamente. Os resultados evidenciam que o nível de desenvolvimento económico reduz as práticas de gestão ou manipulação de resultados contabilísticos. Nomeadamente, o PIB per capita, o nível de abertura da economia ao exterior e o número de utilizadores de internet influenciam negativamente as práticas de gestão de resultados. Relativamente aos factores sociais, este estudo demonstra que a importância da família e dos amigos, o nível de felicidade, o grau de honestidade, e o envolvimento religioso, que caracterizam os habitantes de um país, influenciam negativamente a gestão de resultados, isto é, os factores sociais considerados por uma sociedade como moralmente e eticamente correctos tendem a reduzir as práticas de relato financeiro manipulativas. Os resultados do estudo mostram...

Desigualdades sociais e diferenças culturais: os resultados escolares dos filhos de imigrantes africanos

Machado, Fernando Luís; Matias, Ana Raquel; Leal, Sofia
Fonte: Imprensa de Ciências Sociais Publicador: Imprensa de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
45.9%
Neste artigo analisamos dados de um projecto de investigação no âmbito do qual se realizou, em 2004, um extenso inquérito por questionário a 1000 jovens descendentes de imigrantes dos PALOP. Conclui-se que os resultados escolares são muito parecidos com os dos jovens em geral e que os factores de desigualdade social diferenciam notoriamente esses resultados. Contrariamente ao reducionismo multiculturalista, defende-se que as questões colocadas pelos novos públicos escolares envolvem combinações complexas de «velhas» e «novas» formas de desigualdade social e diferença cultural.

Os adolescentes portugueses do 9º ano e o uso do preservativo : atitudes, factores sociais e afectivos

Ferreira, Sancha Isabel Sousa Fernandes Vasques
Fonte: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública Publicador: Universidade Nova de Lisboa. Escola Nacional de Saúde Pública
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
RESUMO - A presente investigação pretende caracterizar e relacionar os principais factores que levam o adolescente a usar ou não o preservativo na relação sexual, no âmbito da adaptação da Teoria do Comportamento Interpessoal de Triandis (1977). O enfoque é posto na relação entre as atitudes e os factores afectivos e sociais que estão associados à intenção comportamental. Trata-se de um estudo transversal, correlacional, descritivo e analítico, que recorre à técnica do inquérito por questionário. A amostra é de 2.465 adolescentes de 14, 15 e 16 anos a frequentar o 9.º ano das escolas portuguesas, por regiões. Espera-se uma forte associação entre os factores sociais, afectivos e atitudes, e entre estes individualmente, e a intenção do uso do preservativo. ----------- ABSTRACT - This research aims to explore, characterize and set relationships between the main factors that lead adolescents to use or not use condoms during sexual intercourse, based in an adaptation of the Theory of Interpersonal Behaviour (Triandis, 1977). The focus is put on the relationship between attitudes and emotional and social factors that are associated with behavioral intention. It is a cross-sectional, correlational...

Factores Determinantes no Desenvolvimento de Bebés com Muito Baixo Peso à Nascença: Modelo Logit

Dias, Sara Alexandra da Fonseca Marques Simões
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 11/07/2006 POR
Relevância na Pesquisa
36.2%
Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Estatística e Gestão de Informação; Em Portugal, os índices de maternidade materna perinatal e infantil melhoraram de modo significativo nas últimas décadas, reflectindo ganhos em saúde sustentados a nível nacional. A evolução ocorrida nos últimos 20 anos permitiu alcançar taxas de mortalidade fetal e perinatal comparáveis às dos países desenvolvidos. Os cuidados perinatais contribuíram para que os índices de sobrevida global de 1996 para 2000 tenham aumentado significativamente. Com este estudo pretende-se mostrar que o acompanhamento aos bebés prematuros e de muito baixo peso à nascença, durante os primeiros tempos de vida, pode ter uma grande importância para o desenvolvimento cognitivo e comportamental da criança. Neste sentido, esta dissertação tem como objectivo, comprando as crianças com diferentes pesos à nascença, identificar as variáveis que contribuem de forma mais significativa para o desenvolvimento psicomotor dos bebés prematuros. Pretende-se avaliar o efeito do muito baixo peso à nascença relativamente à cognição e ao comportamento das crianças. Para tal, utilizamos uma especificação baseada no modelo logit para explicar os atrasos no desenvolvimento geral atrasos nas capacidades motoras...

Tuberculose — Doença Social

Carapau, João
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
45.98%
A Tuberculose (TB) em geral é uma doença eminentemente social que, por acaso, tem também implicações médicas.O autor relembra o facto de: ser a TB, a nível mundial, a principal causa de morte por um único agente infeccioso; a incidência e prevalência da TB serem elevadíssimas a nível planetário e não terem tendência para descer, antes pelo contrário; persistirem programas inadequados ao controlo da situação, quer nos países desenvolvidos, quer nos países em desenvolvimento. Enumeram-se as várias condicionantes para esta situação, sendo a pobreza generalizada, a falta de condições mínimas de habitabilidade e a imunodepressão de causa infecciosa (Ex.: VIH) e gerontológica as principais.Em Portugal, país desde há décadas integrado em comunidades de países desenvolvidos (EFTA, CEE, UE), as taxas de incidência de TB continuam elevadas porque apresenta factores sociais de risco comuns aos países desenvolvidos e aos países em desenvolvimento associados a faltas de organização, já que nunca existiu uma política coerente de luta contra a Tuberculose...Para este combate, que o autor considera um imperativo nacional, devem ser rapidamente disponibilizados os meios financeiros, técnicos e humanos necessários.

Factores de vida e a Intensidade da sintomatologia depressiva no pósparto

Agra, Sandra Cristina Mendes
Fonte: ISMT Publicador: ISMT
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
36.24%
A depressão refere-se a uma sensação de mal-estar relacionada com sintomas como tristeza e angústia, mas também contrariedade, labilidade e frustração, em consequência de algum acontecimento negativo. Em relação à depressão pós-parto, este diagnóstico é feito mediante a presença e ocorrência de sintomas num período de quatro semanas após o parto. Os primeiros sintomas costumam ser uma mistura de tristeza e de diminuição do humor, havendo uma rejeição do bebé por vezes associada a sentimentos de incapacidade em a mãe se imaginar com o seu bebé no futuro. Perante o facto de esta situação acarretar dificuldades acrescidas para a relação mãe/bebé e consequente desenvolvimento da criança, torna-se pertinente perceber que factores estão associados à ocorrência de sintomatologia depressiva materna no pós-parto a fim de delinear intervenções preventivas. Na presente investigação pretendemos caracterizar e avaliar o tipo de associação existente entre alguns factores sociodemográficos, ginecológicos e obstétricos, sociais e psico-sociais e a intensidade de sintomatologia depressiva presente em mães, nos dois primeiros meses pós-parto, junto de uma amostra de 40 mulheres, recrutadas na Unidade de Intervenção Precoce da Maternidade Bissaya Barreto...

As classes sociais já não contam? Advocacia e reprodução social

Chaves,Miguel; Sedas Nunes,João
Fonte: Editora Mundos Sociais Publicador: Editora Mundos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
45.9%
O crescimento numérico que a advocacia sofreu internacionalmente, nas últimas décadas, foi muito intenso, gerando junto dos profissionais a percepção de que se verificou um amplo desmantelamento das condicionantes que pautavam o acesso à profissão e, no seu interior, às posições mais capitalizadas. Recorrendo a um estudo centrado na advocacia portuguesa, observar-se-á que essa leitura não é correcta - a segmentação interna que a profissão regista, hoje em dia, permite que continue a ser utilizada eficazmente nos processos de reprodução das classes dominantes. Demonstrar-se-á ainda que os mecanismos pelos quais esse processo opera contribuem para o ocultar, pois tendem a ser reduzidos a factores que radicam numa concepção associal do mérito individual.

Desigualdades sociais e diferenças culturais: os resultados escolares dos filhos de imigrantes africanos

Machado,Fernando Luís; Matias,Ana Raquel; Leal,Sofia
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
45.9%
Neste artigo analisamos dados de um projecto de investigação no âmbito do qual se realizou, em 2004, um extenso inquérito por questionário a 1000 jovens descendentes de imigrantes dos PALOP. Conclui-se que os seus resultados escolares são muito parecidos com os dos jovens em geral e que os factores de desigualdade social diferenciam notoriamente esses resultados. Contrariamente ao reducionismo multiculturalista, defende-se que as questões colocadas pelos novos públicos escolares envolvem combinações complexas de «velhas» e «novas» formas de desigualdade social e diferença cultural.