Página 1 dos resultados de 2296 itens digitais encontrados em 0.064 segundos

Factores de Risco da Depressão Pós-Parto: Uma Abordagem Multidimensional

Marques, Mariana Vaz Pires
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
85.72%
Introdução: São poucos os estudos que, no nosso país, tenham investigado simultaneamente o papel de factores de risco (FRs) e correlatos pertencentes a vários domínios (e.g. clínico, social…) no desenvolvimento de sintomatologia depressiva no pós-parto (PPt)/depressão pósparto (DPP). Por outro lado, quer em Portugal, quer internacionalmente, poucos combinam as abordagens categorial e dimensional quando se dedicam ao tema e/ou exploram o papel das variáveis de sono e da insónia na determinação dos outcomes. O nosso principal objectivo foi analisar potenciais associações e o papel preditivo de vários FRs e correlatos de diferentes domínios no desenvolvimento dos outcomes. Apresentamos, também, alguns dados epidemiológicos e sobre o curso da depressão perinatal. Metodologia: 236 mulheres no terceiro trimestre de gravidez (M=32.58 semanas de gestação; DP=3.61), idade média=30.51 anos (DP=4.02; variação=19-41 anos) preencheram uma booklet com dois questionários (Postpartum Depression Screening Scale/PDSS; Profile of Mood States/POMS), questões avaliando variáveis sócio-demográficas, sociais, de saúde, de sono, cronobiológicas e a insónia, entre outras. Em três momentos distintos do PPt (3, 6 e 12 meses PPt; T1/T2 e T3) as participantes voltaram a preencher a booklet com os mesmos questionários e questões sobre variáveis sociais e algumas questões obstétricas e sobre o bebé (e.g. temperamento difícil). As versões portuguesas da Diagnostic Interview for Genetic Studies (DIGS) e do OPerational CRITeria Checklist for Psychotic Illness (OPCRIT) foram usadas em todos os momentos de avaliação como gold standard para o diagnóstico (ICD-10 e DSM-IV). Nas análises estatísticas recorremos à versão 15.0 do SPSS para Windows e a uma funcionalidade do mesmo para realizar análises de bootstrapping/mediação. Depois de exploradas potenciais associações com diferentes outcomes categoriais e dimensionais...

Drug use and risk factors among secondary students; Uso de drogas y factores de riesgo entre estudiantes de enseñanza media; Uso de drogas e fatores de risco entre estudantes de ensino médio

JINEZ, Lourdes Jordán; SOUZA, José Roberto Molina de; PILLON, Sandra Cristina
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
95.85%
Adolescence is a phase of exposure to several risk behaviors, especially the experimental use of drugs and its associated problems. The study aims to identify risk factors and drug use among secondary students in Comonfort, Guanajuato, Mexico. This is a cross-sectional study, using a version of the Drug User Screening Inventory (DUSI) adapted from Portuguese to Spanish. The sample was composed of 695 (42.9%) students, 52.8% women. Drug use was present in 20.3%, predominantly alcohol and tobacco. Risk factors are related to the male gender, older than 13 years, second and third grades, living with relatives, poor relationships, curiosity, family conflicts, peer pressure and solidarity. CONCLUSION: alcohol and tobacco are the most used drugs and are associated to curiosity and peer pressure.; La adolescencia es una etapa de exposición a múltiples factores de riesgo, que hace los adolescentes vulnerables al uso de drogas y problemas asociados. OBJETIVO: identificar los factores de riesgo y el uso de drogas entre los estudiantes de educación secundaria en Comonfort, Guanajuato, México. MÉTODOS: Estudio exploratorio, transversal. La recolección de datos fue con el DUSI, versión adaptada del portugués para el español, de forma autoaplicada...

Prevalência de fatores de risco cardiovascular em trabalhadores de uma indústria brasileira; Prevalence of cardiovascular risk factors in a population of Brazilian industry workers; Prevalencia de factores de riesgo cardiovascular en trabajadores de una industria brasileña

CASSANI, Roberta Soares Lara; NOBRE, Fernando; PAZIN FILHO, Antônio; SCHMIDT, André
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.79%
FUNDAMENTO: Determinar os fatores de risco cardiovascular é essencial para a prevenção primária e secundária das doenças do aparelho circulatório. OBJETIVO: Obter a prevalência de fatores de risco cardiovascular em uma população de industriários no Brasil. MÉTODOS: Estudo transversal em uma coorte com entrevista sociodemográfica para identificação de fatores de risco cardiovascular, medidas antropométricas e de pressão arterial e coleta de sangue capilar para dosagem de glicose, colesterol e triglicérides em funcionários de ambos os sexos de indústria alimentícia. RESULTADOS: Avaliaram-se 1.047 funcionários, sendo 913 (87%) do sexo masculino, com idade média de 36 ± 8 anos. A freqüência de sedentarismo foi de 83% e de sobrepeso de 63%. Hipertensão arterial foi identificada em 28% dos indivíduos e 45% estavam na faixa de pré-hipertensão. Alteração de glicose capilar foi detectada em 49% dos participantes, colesterol elevado em 7% e triglicérides em 11% da população. Os valores de índice de massa corpórea não se associaram à renda, mas houve relação inversa com nível de escolaridade. CONCLUSÃO: Sobrepeso e sedentarismo são os principais fatores de risco cardiovascular em população de industriários.; BACKGROUND: Determining the cardiovascular risk factors is essential for the primary and secondary prevention of circulatory system diseases. OBJECTIVE: To obtain the prevalence of cardiovascular risk factors in a population of industry workers in Brazil. METHODS: Transversal cohort study...

Índice de massa corporal apresenta boa correlação com o perfil pró-aterosclerótico em crianças e adolescentes; Body mass index has a good correlation with proatherosclerotic profile in children and adolescents; Índice de masa corporal presenta buena correlación con el perfil proaterosclerótico en niños y adolescentes

COSTA, Geodete Batista; HORTA, Naira; RESENDE, Zulmira Freire; SOUZA, Graziela; BARRETO, Larissa Machado de Farias; CORREIA, Luis Henrique; NASCIMENTO, Thiago Augusto; RIOS, Clay Barreto; BARRETO-FILHO, José Augusto; LOPES, Heno Ferreira
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.75%
FUNDAMENTO: Recentemente, uma associação de diferentes fatores de risco foi descrita como a síndrome metabólica. Diferentes definições estão sendo utilizadas para a mesma síndrome. Independente do nome ou da classificação, estabeleceu-se que um agrupamento de fatores de risco cardiovasculares incluindo sobrepeso/obesidade, aumento da pressão arterial e anormalidade lipídicas e glicêmicas está associado com aumento do risco de aterosclerose em adultos. OBJETIVO: O objetivo desse estudo foi correlacionar os percentis do índice de massa corporal com a pressão arterial (PA), índice de resistência à insulina (HOMA-ir) e perfis lipídicos em crianças e adolescentes, os quais caracterizam um perfil pró-aterosclerótico. MÉTODOS: Agrupamentos de fatores de risco cardiovasculares foram avaliados em 118 crianças e adolescentes, divididos de acordo com os quartis do percentil de índice de massa corporal (PIMC): Q1 (n=23) com PIMC <50%, Q2 (n=30) com PIMC entre 50 e 85%, Q3 (n=31) com PIMC entre 85 e 93%, e Q4 (n=34) com PIMC > 93%. Estatisticamente, diferenças significantes não foram observadas para idade (F=2,1; p=0,10); sexo (teste Qui-quadrado=3,0; p=0,38), e etnia (teste do Qui-quadrado = 4,7; p=0,20) entre diferentes quartis. RESULTADOS: Uma diferença estatisticamente significante foi observada para PA sistólica (F=15...

Prevalência de hipertensão arterial em militares jovens e fatores associados; Prevalence of arterial hypertension in young military personnel and associated factors; Prevalencia de hipertensión arterial en militares jóvenes y factores asociados

WENZEL, Daniela; SOUZA, José Maria Pacheco de; SOUZA, Sônia Buongermino de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.77%
OBJETIVO: Estimar a prevalência de hipertensão arterial entre militares jovens e fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal realizado com amostra de 380 militares do sexo masculino de 19 e 35 anos de idade em uma unidade da Força Aérea Brasileira em São Paulo, SP, entre 2000 e 2001. Os pontos de corte para hipertensão foram: >140mmHg para pressão sistólica e > 90mmHg para pressão diastólica. As variáveis estudadas incluíram fatores de risco e de proteção para hipertensão, como características comportamentais e nutricionais. Para análise das associações, utilizou-se regressão linear generalizada múltipla, com família binomial e ligação logarítmica, obtendo-se razões de prevalências com intervalo de 90% de confiança e seleção hierarquizada das variáveis. RESULTADOS: A prevalência de hipertensão arterial foi de 22% (IC 90%: 21;29). No modelo final da regressão múltipla verificou-se prevalência de hipertensão 68% maior entre os ex-fumantes em relação aos não fumantes (IC 90%: 1,13;2,50). Entre os indivíduos com sobrepeso (índice de massa corporal - IMC de 25 a 29kg/m2) e com obesidade (IMC>29kg/m2) as prevalências foram, respectivamente, 75% (IC 90%: 1,23;2,50) e 178% (IC 90%: 1,82;4,25) maiores do que entre os eutróficos. Entre os que praticavam atividade física regular...

Doença pulmonar obstrutiva crônica e fatores associados em São Paulo, SP, 2008-2009; Prevalence of chronic obstructive pulmonary disease and risk factors in São Paulo, Brazil, 2008-2009; Enfermedad Pulmonar Obstructiva Crónica y factores asociados en Sao Paulo, Sureste de Brasil, 2008-2009

SOUSA, Clóvis Arlindo de; CÉSAR, Chester Luiz Galvão; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; CARANDINA, Luana; GOLDBAUM, Moisés; PEREIRA, Júlio Cesar Rodrigues
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.92%
OBJETIVO: Estimar a prevalência e fatores associados à doença pulmonar obstrutiva crônica. MÉTODOS: Estudo transversal, de base populacional com 1.441 indivíduos de ambos os sexos e com 40 anos de idade ou mais no município de São Paulo, SP, entre 2008 e 2009. As informações foram coletadas por meio de entrevistas domiciliares e os participantes foram selecionados a partir de amostragem probabilística, estratificada por sexo e idade, e por conglomerados em dois estágios (setores censitários e domicílios). Foi realizada regressão múltipla de Poisson na análise ajustada. RESULTADOS: Dos entrevistados, 4,2% (IC95% 3,1;5,4) referiram doença pulmonar obstrutiva crônica. Após análise ajustada, identificaram-se os seguintes fatores independentemente associados ao agravo: número de cigarros fumados na vida (> 1.500/nenhum) RP = 3,85 (IC95%: 1,87;7,94), cansar-se com facilidade (sim/não) RP = 2,61 (IC95% 1,39;4,90), idade (60 a 69 anos/50 a 59 anos) RP = 3,27 (IC95% 1,01;11,24), idade (70 anos e mais/50 a 59 anos) RP = 4,29 (IC95% 1,30;14,29), problemas de saúde nos últimos 15 dias (sim/não) RP = 1,31 (IC95% 1,02;1,77), e atividade física no tempo livre (sim/não) RP = 0,57 (IC95% 0,26;0,97). CONCLUSÕES: A prevalência da doença pulmonar obstrutiva crônica é elevada e está associada ao uso do tabaco e idade acima de 60 anos. Os problemas de saúde freqüentes e redução da atividade física no tempo livre podem ser considerados conseqüências dessa doença.; OBJECTIVE: To assess the prevalence of chronic obstructive pulmonary disease and related risk factors. METHODS: A population-based cross-sectional study with 1...

Impacto da proteína-C reativa no risco cardiovascular de adolescentes; Impact of C-reactive protein on cardiovascular risk in adolescents; Impacto de la Proteína-C reactiva en el riesgo cardiovascular de adolescentes

SILVA, Isis Tande da; SANCHES, Letícia Bertoldi; MELLO, Ana Paula de Queiroz; DAMASCENO, Nágila Raquel Teixeira
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.66%
FUNDAMENTO: Vários estudos sugerem que a proteína-C reativa (PCR) se correlaciona com doença arterial coronariana em adultos. Entretanto, essa associação ainda é pouco explorada em adolescentes. OBJETIVO: Avaliar a associação entre a PCR e os fatores de risco cardiovascular em adolescentes obesos. MÉTODOS: Oitenta e quatro adolescentes (12,6 ± 1,3 anos), ambos os sexos, foram distribuídos nos grupos Eutrófico (n = 28), Sobrepeso (n = 28) e Obeso (n = 28), segundo o índice de massa corpórea (IMC). A concentração de PCR (ELISA ultrassensível), o perfil lipídico e o conteúdo de anticorpos anti-LDLox (ELISA) foram determinados após jejum de 12h. RESULTADOS: Os grupos foram semelhantes quanto a idade (p = 0,13) e sexo (p = 0,83). Colesterol total, HDL-C, CT/HDL-C e LDL-C/HDL-C apresentaram diferenças significativas entre os grupos Eutrófico e Obeso. Não houve variação significativa no conteúdo de anticorpos anti-LDLox. Os valores de PCR foram diferentes entre os três grupos (p < 0,01). PCR apresentou associação significativa com IMC (β = 2,533), CB (β = 2,645) e CC (β = 2,945), CT (β = 0,006), LDL-C (β = 0,006) e anticorpos anti-LDLox (β = 0,383) e negativa entre HDL-C (β = -0...

Inatividade física no lazer de adultos e fatores associados; Leisure-time physical inactivity in adults and factors associated; Inactividad física en ocio de adultos y factores asociados

MARTINS, Taís Gaudencio; ASSIS, Maria Alice Altenburg de; NAHAS, Markus Vinícius; GAUCHE, Heide; MOURA, Erly Catarina
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.81%
OBJETIVO: Analisar a associação entre inatividade física no lazer de adultos com fatores sociodemográficos e indicadores de risco e proteção para doenças crônicas. MÉTODOS: Estudo transversal com indivíduos com idade de 18 anos e superior (n=1996). Foram utilizados dados obtidos do Sistema Municipal de Monitoramento de Fatores de Risco para Doenças Crônicas Não Transmissíveis, por meio de entrevistas telefônicas, em Florianópolis, SC, 2005. Analisaram-se fatores sociodemográficos e comportamentais de proteção e de risco. Os resultados das análises de regressão múltipla para associação entre inatividade física no lazer e variáveis independentes foram expressos por razões de prevalência. RESULTADOS: A prevalência da inatividade física no lazer foi de 54,6% (47,3% homens, 61,4% mulheres). Após análise ajustada, entre os homens, maior probabilidade de inatividade física no lazer foi associada ao aumento da faixa etária, à diminuição do nível de escolaridade e ao fato de trabalharem; menor probabilidade de inatividade física no lazer foi associada ao consumo abusivo de bebida alcoólica, independentemente da faixa etária, nível de escolaridade e trabalho. Entre as mulheres, maior probabilidade de inatividade foi observada entre as que relataram nível de escolaridade inferior a 12 anos de estudo e que trabalhavam. Análises ajustadas pelo nível de escolaridade e trabalho mostraram maior probabilidade de inatividade física no lazer para mulheres que relataram consumo de frutas e hortaliças com freqüência inferior a cinco vezes por dia e consumo de leite integral. CONCLUSÕES: Os fatores associados à inatividade física no lazer apresentaram perfil diferente entre homens e mulheres. Para mulheres...

Fatores de risco associados ao desmame em crianças até seis meses de idade no município de São Paulo; Risk factors associated to weaning from breastfeeding until six months of age in São Paulo city; Factores de riesgo asociados al destete en niños hasta seis meses de edad en el municipio de São Paulo

Leone, Cléa Rodrigues; Sadeck, Lilian dos Santos R.
Fonte: Sociedade de Pediatria de São Paulo Publicador: Sociedade de Pediatria de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
85.85%
OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco associados à ausência de aleitamento materno exclusivo (AME) em crianças <6 meses de vida na cidade de São Paulo, em 2008. MÉTODOS: Aplicou-se o questionário do Projeto Amamentação e Municípios-1998 (AMAMUNIC) a pais/responsáveis de crianças <6 meses de idade durante a Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite. Cálculo da amostra por conglomerados com sorteio em dois estágios. Os fatores analisados foram idade e educação materna, peso de nascimento, sexo, tipo de parto, nascer em Hospital Amigo da Criança, presença de aleitamento materno precoce, uso de chupeta nas últimas 24 horas e mãe trabalhando fora de casa. Análise estatística por regressão logística binária com SPSS, versão 15.0, sendo significante p<0,05. RESULTADOS: Foram realizadas 724 entrevistas, das quais 275 referiram (39,1%) aleitamento materno exclusivo (Grupo I - GI) e 429 (60,9%) sem aleitamento materno exclusivo (Grupo II - GII). Houve diferenças entre os grupos quanto ao uso da chupeta nas últimas 24 horas (GI 32,3 versus GII 59,8%; p<0.001), mães trabalhando fora (GI 12,4 versus GII 24,8%; p<0.001) e idade da criança (GI 74,1±45,3 versus GII 105,8±49,5 dias; p<0,0001).Na análise multivariada...

Contribuição para aprevenção da osteoporose: avaliação de factores genéticos, antropométricos, ambientais laboratoriais e de dados densitométricos e de ultrasons em portugueses de ambos os sexos

Canhão, Helena Cristina de Matos, 1967-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
86.05%
Tese de doutoramento em Medicina (Reumatologia), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Medicina, 2008; Ao contrário do que se verifica para os factores de risco da osteoporose (OP), não é possível enumerar de forma simples uma lista de factores protectores. A identificação de variáveis que se associam a melhor qualidade óssea, entendida como a optimização do balanço entre estrutura, geometria, microarquitectura, massa, composição e função, é fundamental porque os conhecimentos sobre esses parâmetros poderão ajudar-nos a obter e manter um osso de melhor qualidade, com uma massa óssea que permaneça acima do limiar fracturário. Por outro lado, a compreensão dos factores que determinam uma massa óssea mais elevada e uma melhor qualidade do osso, poderá contribuir para o desenvolvimento de terapêuticas capazes de restabelecer o equilíbrio da remodelação óssea. Objectivos: 1- Identificar e avaliar a importância relativa dos factores de risco e protectores de OP em ambos os sexos; 2- Estabelecer associações entre parâmetros laboratoriais como o balanço fosfo-cálcico, marcadores de remodelação óssea, hormonas sexuais, hormonas relacionadas com o crescimento e a massa corporal, citocinas envolvidas na inflamação e na remodelação óssea e a massa óssea; 3- Estudar a associação de polimorfismos na posição 308 do promotor do gene do factor de necrose tumoral (TNF) alfa e a massa óssea. Métodos: Os trabalhos de investigação foram desenvolvidos no Serviço de Reumatologia do Hospital de Santa Maria (Director: Prof. Doutor M. Viana Queiroz)...

Prevalência e factores de risco de hipertiroidismo felino em 80 gatos da região da grande Lisboa

Ferreira, Rita de Oliveira Reis
Fonte: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária Publicador: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/03/2014 POR
Relevância na Pesquisa
95.75%
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária; Objectivo: Determinar a prevalência e potenciais factores de risco de hipertiroidismo felino na região da Grande Lisboa, Portugal, de modo a prevenir o desenvolvimento de tirotoxicose nos felinos domésticos. Métodos: Foi medida a tiroxina total sérica em 80 gatos com 6 ou mais anos de idade que se apresentaram num hospital veterinário na Grande Lisboa, quer para visitas de rotina como por problemas de saúde. Foi realizado um estudo observacional transversal com base num questionário em pacientes que cumprissem os critérios de inclusão e exclusão. Os dados recolhidos incluíam informação acerca da dieta, exposições ambientais, características demográficas e tipo de vida. Resultados: A prevalência de hipertiroidismo (T4 > 4 μg/dL) foi de 12,5% e não houve diferença significativa na prevalência em pacientes doentes (13,5%) e saudáveis (10,7%). Gatos que eram mais velhos, comeram carne cozinhada ou foram expostos a insecticidas estavam mais propensos a ser diagnosticados com hipertiroidismo. Foi detectado um efeito protector associado à utilização de ectoparasiticidas em pipeta, desparasitação externa e utilização de recipientes de plástico para a comida e água. Conclusões: A prevalência de hipertiroidismo no grupo de estudo foi semelhante à prevalência reportada noutras regiões do globo. São necessários mais estudos para avaliar os factores de risco e de protecção demonstrados...

Análisis de los factores de riesgo relacionados a la incidencia de infección del sitio quirúrgico en gastrocirugías; Analysis of risk factors related to the incidence of site infections in gastrosurgeries; Análise dos fatores de risco relacionados à incidência de infecção do sítio cirúrgico em gastrocirurgias

Poveda, Vanessa de Brito; Galvão, Cristina Maria; Hayashida, Miyeko
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2003 POR
Relevância na Pesquisa
85.72%
La infección hospitalaria es considerada un problema grave, creciendo tanto en incidencia como en complejidad, generando diversos tipos de implicaciones sociales y económicas. La presente investigación tuvo como objetivo identificar la incidencia de infección del sitio quirúrgico en pacientes sometidos a cirugias electivas, en la especialidad de Gastroenterología, realizadas en un hospital público del interior del estado de São Paulo. Los datos fueron recoleccionados por medio de un estudio retrospectivo de los archivos medicos, en el periodo entre enero y diciembre de 1999. En 134 casos estudiados, detectamos la ocurrencia de infección del sitio quirúrgico en 18 situaciones (13.4%), ocurriendo 9 casos (50%) del tipo considerado infección incisional superficial, 8 (44.4%) infección incisional profunda y 1 (5.5%) infección de órgano/espacio. Con relación a los factores de riesgo presentes en los casos de ISC detectados, los que alcanzaron percentaje mayor or igual a 50% fueron: edad acima de 50 años, presencia de neoplasias, duración de la cirugía mayor que dos horas y tricotomía inadecuada.; Nosocomial infection is regarded as a serious problem whose incidence and complexity has been increasing, thus generating various types of social and economic implications. This investigation aimed at assessing the incidence of surgical site infection and risk factors in patients submitted to elective surgeries in the specialty of gastroenterology performed in a public hospital in the interior of São Paulo State. Data were collected by means of a retrospective study of medical records from January to December 1999. Of the 134 cases under study...

Fatores de risco para câncer de colo do útero segundo resultados de IVA, citologia e cervicografia; Factores de riesgo para cáncer de cuello uterino según resultados de IVA, citología y cervicografía; Risk factors for uterine cervical cancer according to results of VIA, cytology and cervicography

Anjos, Saiwori de Jesus Silva Bezerra dos; Vasconcelos, Camila Teixeira Moreira; Franco, Eugênio Santana; Almeida, Paulo César de; Pinheiro, Ana Karina Bezerra
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
85.72%
Este estudio objetivó evaluar la asociación entre factores de riesgo para cáncer de cuello de útero y lesiones cervicales por HPV, según comparación entre los resultados de la inspección visual con ácido acético (IVA), citología y cervicografía. Se realizó investigación de prevalencia, con 157 mujeres en un centro de salud de Fortaleza-CE-Brasil, en el período de junio a setiembre de 2006. Se utilizó el SPSS para codificar los datos. Se realizaron inferencias a través de tests estadísticos (χ2 = Qui-cuadrado y RV= razón de verosimilitud). La IVA, cervicografía y citología obtuvieron 43,3%, 10,19% y 3,2% de resultados alterados. Las variables con importante asociación a lesiones cervicales en la IVA fueron: edad menor a 20 años (p=0,0001), uno o más parejas en los últimos tres meses (p=0,015), uso de anti-conceptivos (p=0,0008), presencia de vaginitis (p=0,0001) y pH elevado (p=0,001). No se encontró asociación significativa en la cervicografía.; This study aimed to evaluate the association between risk factors for uterine cervical neoplasms and cervical lesions by HPV by comparison of the visual inspection with acetic acid (VIA), cytology and cervicography results. A prevalence research was made with 157 women in a health center of Fortaleza in the period of June to September 2006. The SPSS program was used to codify the data. Inferences were made through statistical tests (χ2= chi square and LR= likelihood ratio). The VIA...

Fatores de risco para incontinência urinária na mulher; Factores de riesgo para incontinencia urinaria en la mujer; Risk factors for urinary incontinence in women

Higa, Rosângela; Lopes, Maria Helena Baena de Moraes; Reis, Maria José dos
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2008 POR
Relevância na Pesquisa
85.78%
Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica com o objetivo de identificar os principais fatores de risco ou associados à incontinência urinária (IU) na mulher. Utilizou-se a base de dados MEDLINE e LILACS e pesquisa em bibliotecas dos artigos publicados entre 1983 e 2003. Foram analisadas trinta e oito publicações em inglês e português, as quais relataram como os principais fatores de risco: idade, trauma do assoalho pélvico, fatores hereditários, raça, menopausa, obesidade, doenças crônicas, uso de alguns simpaticomiméticos e parasimpaticolíticos, constipação, tabagismo, consumo de cafeína e exercícios intensos na região abdominal. A enfermeira pode, por meio de anamnese, identificar estes fatores e realizar intervenções para a prevenção e tratamento da IU, contribuindo para melhorar a qualidade de vida da mulher incontinente.; Se trata de un estudio de repaso bibliográfico con objetivo de identificar los principales factores de riesgo o asociados a la incontinencia urinaria (IU) en la mujer. Se utilizó la base de datos MEDLINE e LILACS y pesquisa en bibliotecas de los artículos publicados entre 1983 e 2003. Fueron analizadas treinta y ocho publicaciones en inglés y portugués, las cuales relataron como los principales factores de riesgo: edad...

Risk factors associated with overweight among adolescents from Western São Paulo state; Factores de riesgo asociados al exceso de peso entre adolescentes de la Región Oeste Paulista; Fatores de risco associados ao excesso de peso entre adolescentes da Região Oeste Paulista

Fernandes, Rômulo Aráujo; Conterato, Igor; Messias, Kelly Patrícia; Christofaro, Diego Giuliano Destro; Oliveira, Arli Ramos de; Freitas Júnior, Ismael Forte
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
85.75%
The objective of this study was to analyze the association between being overweight and family risk factors in adolescents from Western Sao Paulo state. This cross-sectional study involved 1779 adolescents of both genders and with ages ranging between 11 and 17 years. The participants' body mass index was calculated, and the family risk factors were analyzed through a questionnaire. Excessive weight was associated with the male gender (CR=1.55 [1.22-1.97]), studying in a private school (CR=2.14 [1.56-2.94]) and mother's higher education (CR=0.52 [0.33-0.83]). There is a need to implement initiatives to fight obesity in the school environment and reach the whole family structure, taking gender-related specificities into consideration.; Analizar la asociación entre exceso de peso y diferentes factores de riesgo familiares en adolescentes de la región oeste del estado de São Paulo. Estudio transversal con 1779 adolescentes de ambos sexos, y edad comprendida entre 11 y 17 años. Se calculó el índice de masa corporal; los factores de riesgo familiares fueron analizados por medio de cuestionario. El exceso de peso fue asociado con: sexo masculino (RC=1,55 [1,22-1,97]), estudiar en escuela particular (RC=2,14 [1,56-2,94]), y mayor escolaridad materna (RC=0...

Risk factors and cardiovascular events in adult Latin American immigrants in the Macarena District, Seville, Spain: a pilot study; Factores de riesgo y eventos cardiovasculares en inmigrantes latinoamericanos adultos en el Distrito Macarena, Sevilla, España: estudio piloto; Fatores de risco e eventos cardiovasculares em imigrantes latino americanos adultos no Distrito Macarena, Sevilla, Espanha: estudo piloto

González-López, José Rafael; Lomas-Campos, María de las Mercedes; Rodríguez-Gázquez, María de los Ángeles
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2013 SPA; ENG
Relevância na Pesquisa
85.77%
In order to estimate the prevalence of self-reported risk factors and cardiovascular events in an adult immigrant Latin American population of District 2 (Macarena) in Seville, we conducted a pilot study using cross-sectional descriptive research. We used an anonymous questionnaire with self-reported risk factors and cardiovascular events. 34 people participated (18% of the sample); mean age: 31.8 years, mean residence: 6.5 years, women: 52.9%. Prevalence of risk factors: diabetes 8.8%, high cholesterol 14.7% and high blood pressure 23.5%. Prevalence of coronary events was 8.8%; angina pectoris, myocardial infarction and stroke, 2.9% each. The conclusion is that self-reported prevalence of cardiovascular events was higher than in the literature, this issue deserving the attention of health agencies. This knowledge should be considered by nurses to develop culturally appropriate care plans of the context of immigrants.; Con la finalidad de estimar la prevalencia por autorreporte de factores de riesgo y eventos cardiovasculares en población latinoamericana inmigrante adulta del Distrito 2 (Macarena) de Sevilla, se realizó un estudio piloto de investigación descriptiva de corte transversal. Fue utilizado un cuestionario anónimo con autorreporte de factores de riesgo y eventos cardiovasculares. Resultados: participaron 34 personas...

Fatores de risco para mortalidade neonatal em crianças com baixo peso ao nascer; Factores de riesgo para mortalidad neonatal en niños con bajo peso al nacer; Risk factors for neonatal mortality among children with low birth weight

Ribeiro, Adolfo Monteiro; Guimarães, Maria José; Lima, Marilia de Carvalho; Sarinho, Silvia Wanick; Coutinho, Sonia Bechara
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
85.8%
OBJETIVO: Analisar os fatores de risco associados aos óbitos neonatais em crianças com baixo peso ao nascer. MÉTODOS: Realizou-se um estudo de coorte, composto pelos nascidos vivos com peso entre 500 g e 2.499 g, residentes no Recife (PE), entre 2001 e 2003, produtos de gestação única e sem anencefalia. Os dados sobre os 5.687 nascidos vivos e 499 óbitos neonatais, provenientes do Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e do Sistema de Informações sobre Mortalidade, foram integrados pela técnica de linkage. Em modelo hierarquizado, as variáveis dos níveis distal (fatores socioeconômicos), intermediário (fatores de atenção à saúde) e proximal (fatores biológicos) foram submetidas à análise univariada e regressão logística multivariada. RESULTADOS: Com o ajuste das variáveis na regressão logística multivariada, as variáveis do nível distal que permaneceram significantemente associadas com o óbito neonatal foram: a coabitação dos pais, número de filhos vivos e tipo de hospital de nascimento; no nível intermediário: número de consultas no pré-natal, complexidade do hospital de nascimento e tipo de parto; e no nível proximal: sexo, idade gestacional, peso ao nascer, índice de Apgar e presença de malformação congênita. CONCLUSÕES: Os principais fatores associados à mortalidade neonatal nos nascidos vivos com baixo peso estão relacionados com a atenção à gestante e ao recém-nascido...

Prevalência de fatores de risco para o câncer de mama no município de Maringá, Paraná, Brasil; Prevalencia de factores de riesgo para el cáncer de mama en el municipio de Maringá, en el estado de Paraná, Brasil; Prevalence of risk factors for breast neoplasm in the city of Maringá, Paraná state, Brazil

Matos, Jéssica Carvalho de; Pelloso, Sandra Marisa; Carvalho, Maria Dalva de Barros
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2010 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
85.77%
Esse estudo pretendeu identificar a prevalência dos fatores de risco para o câncer de mama em mulheres de 40 a 69 anos, no município de Maringá. Foi realizado estudo analítico, exploratório, de corte transversal, tipo inquérito populacional domiciliar. O estudo foi realizado com 439 mulheres entre 40 e 69 anos. Os dados foram coletados por entrevistas domiciliares, armazenados no programa Statisitical Package for the Social Sciences (SPSS) e apresentados em forma de frequência absoluta e relativa. A maior parte das mulheres estudadas pertence à raça branca, com média de idade de 52 anos. Dentre os fatores de risco identificados destaca-se o grande número de mulheres acima do peso. Ressalta-se a importância da implementação de ações que visem a identificação dos fatores de risco modificáveis para o desenvolvimento do câncer de mama para, com isso, diminuir o número de adoecimento e morte por essa patologia.; Ese estudio pretendió identificar la prevalencia de los factores de riesgo para el cáncer de mama en mujeres de 40 la 69 años, en el municipio de Maringá. Fue realizado un estudio analítico, exploratorio, de corte transversal, tipo encuesta poblacional domiciliar. El estudio fue realizado con 439 mujeres entre 40 y 69 años. Los datos fueron recolectados durante entrevistas domiciliares...

An analysis of risk factors for arterial hypertension in adolescent students; Análisis de los factores de riesgo para hipertensión arterial en adolescentes escolares; Análise de fatores de risco para hipertensão arterial em adolescentes escolares

Costa, Jonathan Veloso; Silva, Ana Roberta Vilarouca da; Moura, Ionara Holanda de; Carvalho, Rumão Batista Nunes de; Bernardes, Lais Evêncio; Almeida, Paulo César de
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2012 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
85.8%
The objective of the study was to evaluate some risk factors for increases in systemic arterial blood pressure. This transversal study was carried out with 145 individuals from 12 to18 years of age at two state schools in the city of Pico in the state of Piauí in Brazil. The majority were female (62.8%). The median age was 14.8 years (±3.19). It was ascertained that 13 of the subjects (9.0%) were overweight [CI% 73.0-86.0]. Elevations in waist circumference were found in 31 (21.4%) and 76 (52.4%) had elevated arterial blood levels. There was no statistically-significant association between the above-cited risk factors and gender (p=0.088; 0.999; 0.204, respectively). However, 44.8% of the adolescents had at least one risk factor associated with arterial hypertension; 15.9% had two, and 2.1% had three. The study confirms the influence of the risk factors on arterial pressure values among adolescents. Being aware of these factors means that nurses can intervene with health education measures.; El objetivo fue evaluar de los algunos factores de riesgo para aumento de los niveles de presión arterial sistémica. Estudio transversal con 145 personas de 12 a 18 años de dos escuelas públicas de la ciudad de Picos-PI. La mayoría eran mujeres (62...

Uso de drogas e fatores de risco entre estudantes de ensino médio; Uso de drogas y factores de riesgo entre estudiantes de enseñanza media; Drug use and risk factors among secondary students

Jinez, Lourdes Jordán; Souza, José Roberto Molina de; Pillon, Sandra Cristina
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2009 ENG; POR; SPA
Relevância na Pesquisa
85.85%
A adolescência é fase em que os indivíduos ficam expostos a múltiplos fatores de risco que os tornam os vulneráveis para o uso de drogas e problemas associados. O objetivo deste trabalho foi identificar os fatores de risco e o uso de drogas entre os estudantes do Ensino Médio no Comonfort, Guanajuato, México. É estudo exploratório, transversal, e a coleta dos dados foi realizada por meio do DUSI, versão adaptada do português para o espanhol, de forma auto-aplicada, com prévio consentimento, por escrito, dos pais. A amostra foi composta por 695 adolescentes, 52,8% eram mulheres, média de idade de 13,03±0,99 anos, sendo que 20,3% dos adolescentes usam drogas, 38% referem que o uso é somente por curiosidade. Conclui-se que os fatores de risco identificados são: adolescentes do sexo masculino, idade maior que 13 anos, que cursavam o segundo e terceiro grau, viviam com familiares, tinham relacionamento ruim, usavam drogas movidos pela curiosidade, e mostraram enfrentar situações desagradáveis, com predomínio de uso experimental de álcool e tabaco, o uso de drogas ilícitas foi encontrado em menor porcentagem.; La adolescencia es una etapa de exposición a múltiples factores de riesgo, que hace los adolescentes vulnerables al uso de drogas y problemas asociados. OBJETIVO: identificar los factores de riesgo y el uso de drogas entre los estudiantes de educación secundaria en Comonfort...