Página 1 dos resultados de 4750 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Caracterização físico-química em materiais de esculturas de cera do Museu Alpino; Physical-chemical characterization of waxy sculptures materials from the Museum Alpino

Rizzo, Marcia de Mathias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.33%
As esculturas de cera do Museu Alpino, no Brasil, compostas por diversos materiais orgânicos e inorgânicos, apresentaram um tipo de degradação da superfície a qual foi investigada cientificamente através de metodologia diversificada baseada no uso de técnicas complementares, com cruzamento dos resultados. As matérias primas assim como os produtos de degradação foram caracterizadas físico-química e analiticamente. Foram empregadas as técnicas: análise térmica (termogravimetria, termogravimetria derivada e calorimetria exploratória diferencial); espectroscopia no infravermelho; análise elementar e microscopia eletrônica de varredura com analisador de dispersão de energia de raios X. A MEV/EDS foi utilizada para inspeção da micro morfologia da superfície e através dela foi possível identificar a presença de microorganismos que estavam causando a degradação físico-química pela forma como se fixaram na superfície através de suas hifas e por utilizarem os ácidos graxos presentes na cera como substrato metabólico. Os resultados de FTIR constataram a diminuição de ácidos graxos na superfície deteriorada em relação à superfície em bom estado. A TG/DTG e DSC permitiram avaliar o comportamento térmico das matérias primas e das amostras retiradas das obras de arte. Foi constatada a teoria da obra de arte como parte do ecossistema e a importância da utilização de políticas de preservação dos bens culturais por meio de ambientes controlados.; The waxy sculptures from Museum Alpino in Brazil...

Desenvolvimento e caracterização físico-química de um sistema para liberação intracanal de Epigalocatequina-3-galato e seu efeito na cor dos dentes; Development and characterization of physic-chemical properties of a system for intracanal release of epigallocatechin-3-gallate and its effects on the colour of the teeth

Ferreira, Danielly Cunha Araújo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.34%
O chá-verde apresenta efeitos terapêuticos na saúde geral, principalmente em função da epigalocatequina-3-galato (EGCG), componente com comprovada ação antioxidante, antiinflamatória, antimicrobiana, inativadora de endotoxina bacteriana e mineralizadora. Nesse sentido, a EGCG poderia apresentar papel promissor como medicação intracanal, durante o tratamento endodôntico de dentes portadores de necrose pulpar e lesão periapical. Assim, o objetivo deste estudo foi desenvolver um sistema de liberação tópica de EGCG, para uso no interior do sistema de canais radiculares, caracterizar suas propriedades físico-químicas bem como avaliar a possível alteração de cor dental após sua aplicação no interior dos canais radiculares de dentes decíduos e permanentes. Inicialmente, foi realizada a caracterização físico-química da EGCG por meio de espectrofotometria em Ultravioleta/Visível (UV/Vis), fluorescência e titulação potenciométrica. A seguir, foi desenvolvida uma formulação para liberação tópica prolongada de EGCG, utilizando um veículo viscoso (PEG 400). O comportamento espectral desse novo sistema de liberação de EGCG foi avaliado em função do tempo (1, 2, 3, 4, 5, 6, 24 e 27 horas) e na presença de dentes (decíduos e permanentes). Para a análise da possível alteração de cor dental...

Avaliação da qualidade físico-química e microbiológica do leite cru, do leite pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação de uma Granja Leiteira no RS; Evaluation of physical, chemical and microbiological quality of raw and pasteurized grade A milk and points of contamination at a dairy farm in RS

Silva, Vanessa Aparecida de Mello da; Rivas, Paula Marques; Zanela, Maira Balbinotti; Pinto, Andrea Troller; Ribeiro, Maria Edi Rocha; Silva, Fabiana Fernanda Pacheco da; Machado, Maluza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
O leite tipo A, produzido e beneficiado em granja leiteira, possui padrões de qualidade específicos. O objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e microbiológica do leite cru e pasteurizado tipo A e de pontos de contaminação em uma granja leiteira do RS. De novembro de 2006 a abril de 2008 foram realizadas seis coletas. A cada coleta foram amostrados: leite cru e pasteurizado, swabes de tetos e teteiras para contagem de coliformes totais, termotolerantes, bactérias mesófilas aeróbias e psicrotróficas. Foi realizada análise físico-química do leite. A contagem de coliformes totais e termotolerantes no leite pasteurizado indicou que 50% e 33,3% das amostras estavam fora do padrão, respectivamente. Na contagem de mesófilos aeróbios no leite pasteurizado, duas amostras apresentaram resultados acima do limite estabelecido pela Instrução Normativa 51 (IN51). No leite cru, 3 amostras apresentaram elevadas contagens de mesófilos aeróbios (>1,0 x 104UFC/mL). A quantidade de psicrotróficos do leite cru variou entre as coletas. Houve aumento dos valores entre a primeira e a última coleta para as contagens na superfície das teteiras do início para o fim do período da ordenha. Na análise físico-química do leite foi verificado que duas amostras de leite cru e uma amostra de leite pasteurizado apresentaram teores de gordura abaixo do mínimo permitido (3...

Caracterização físico-química do leite de ovelhas da raça Lacaune e análise do rendimento de coalhada com Caracterização física do soro obtido

Fava, Luisa Wolker
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
O leite ovino se diferencia do das demais espécies devido à sua riqueza em sólidos. Contudo, mesmo no caso de raças especializadas, a produção de leite é representativamente menor, em termos de volume, quando comparado ao leite de vaca. Em função disso, o resfriamento prolongado ou o congelamento do leite podem ser uma alternativa ao produtor e à indústria. Sendo assim, os objetivos do presente estudo foram avaliar o efeito do resfriamento e do congelamento, por sete dias, sobre as características físico-químicas do leite de ovelhas da raça Lacaune, considerando a influência dos meses do ano, sobre o rendimento da coalhada produzida e as características físicas do soro obtido. Também foi verificada a influência do resfriamento e do congelamento no comportamento reológico, viscosidade e distribuição do tamanho de partículas do leite. Foram realizadas coletas mensais de leite, no período de janeiro a dezembro de 2011, em quatro propriedades produtoras de leite de ovelha, localizadas no Rio Grande do Sul, sendo as amostras encaminhadas ao Laboratório LEITECIA, da UFRGS. Cada amostra foi dividida em três alíquotas: a primeira era analisada no mesmo dia e as restantes armazenadas até sete dias, uma em refrigeração (5ºC) e outra em congelamento doméstico (- 18ºC). As análises realizadas foram: determinação da densidade...

Avaliação sensorial e físico-química do suco de laranja proveniente das etapas do proessamento do suco concentrado e congelado

Machado, Talita Vieira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 118 f.
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Alimentos e Nutrição - FCFAR; O suco de laranja é um produto de grande importância para a economia nacional, tendo papel relevante na pauta de exportações brasileiras. Em torno de 80% da laranja produzida no Brasil é processada na forma de suco de laranja concentrado e congelado (frozen concentrated orange juice-FCOJ). Durante o processamento do suco, podem ocorrer alterações das características do suco influenciando sua aceitação pelo consumidor. Os objetivos desse trabalho foram reunir informações referentes às características da laranja e à produção, à exportação, ao consumo de FCOJ, às etapas do processamento, às alterações sensoriais e físico-químicas que podem ocorrer durante o processamento, e avaliar a aceitação sensorial e a estabilidade físico-química do suco de laranja proveniente das etapas do processamento do suco concentrado e congelado. Uma equipe de 101 julgadores avaliou a cor, a impressão global, o aroma, o sabor e a textura do suco das etapas de extração, de filtração, de concentração, de resfriamento e de mistura de duas coletas, processados no início e no final da safra de 2009 da laranja da variedade Pêra-Rio. A estabilidade físico-química do suco de laranja proveniente das etapas do processamento do suco concentrado e congelado também foi avaliada no decorrer da safra de 2009...

Avaliação físico-química e sensorial de fermentado de acerola

Segtowick, Edilene Cléa Dos Santos; Brunelli, Luciana Trevisan; Venturini Filho, Waldemar Gastoni
Fonte: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL Publicador: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 147-154
POR
Relevância na Pesquisa
66.32%
Fruit processing for beverage production purposes is a way of adding value to the raw material and of raising the farmer s income by increasing the demand. Thus the objective of this work was the production of fermented West Indian cherry beverages and their physicochemical and sensory evaluation. The beverages were produced based on the Brazilian legislation for fermented fruit beverages and wine. The fermented beverages were produced from West Indian cherry pulp (pulper) and juice (press) and sweetened with sugar to obtain three types of beverage: dry, semidry and sweet. The beverages were submitted to the following physicochemical analyses: pH, alcohol, reducing sugars, total reducing sugars, total acidity, volatile acidity, fixed acidity, dry extract, reduced dry extract, alcohol to reduced dry extract ratio, free sulphur dioxide, total sulphur dioxide and turbidity. In the sensory analysis, the beverages were assessed using a 9-point hedonic scale, evaluating the attributes of appearance, odour, flavour and overall assessment. The chemical and sensory results were submitted to an analysis of variance and the means compared using Tukey s test (5%). Both the raw materials (pulp and juice) and the different sugar concentrations (dry...

Avaliação microbiologica e fisico-quimica do polen apicola in natura e desidratado sob diferentes temperaturas; Evaluation microbiological and physico-chemical in nature the pollen and dried at different temperatures

Heloisa Litholdo Hervatin
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
66.29%
O pólen apícola é a aglutinação do pólen presente nas flores coletados pelas abelhas operarias, e depositados na entrada da colméia. O estudo visou avaliar a qualidade microbiológica e físico-química do pólen IN NATURA e do submetido a diferentes processos de secagem, simulando as condições de processamento do produto comercializado. Também avaliou as amostras adquiridas no comercio do estado de São Paulo. Registrou-se a escassez das pesquisas sobre a qualidade microbiológica do pólen apícola. Primeiramente a pesquisa, analisou amostras de pólen apícola obtidas através de coletores instalados nas colméias pertencentes ao apiário experimental do Pólo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios do Vale do Paraíba, localizado em Pindamonhangaba-SP, pertencente à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios. A coleta ocorreu nos intervalos de 24horas, 48horas e 72horas, objetivando a presença e/ou quantidade de microrganismos patogênicos no pólen com relação ao tempo de permanência do produto no campo. As amostras foram congeladas por 48horas, e submetidas a dois processos de secagem (circulação de ar em sistema aberto a 40-42°C e sistema de circulação de ar fechado a 30°C). Foram realizadas as análises físico-químicas para os parâmetros de pH...

Estudos sobre a fluorescência do pireno: uma proposta pedagógica para disciplinas de físico-química experimental

Drews , Franciele
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 82 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.46%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Curso de Química.; Este trabalho trata do desenvolvimento de um novo experimento para disciplinas de Físico-Química Experimental de cursos de graduação em Química, abordando o fenômeno da fluorescência. Alguns aspectos teóricos relacionados à absorção de luz (radiação ultravioleta ou visível, especificamente) e aos processos de “eliminação” da energia absorvida pelas moléculas. Aborda os temas referentes à ABSORÇÃO E EMISSÃO DE LUZ; Absorção no UV-Vis e transições eletrônicas: excitação de Elétrons; Relaxações não-radioativas e luminescência: desexcitação de elétrons; Processos não-radioativos de decaimento de elétrons; Processos radioativos de decaimento de elétrons; FLUORESCÊNCIA; Fluoróforos e suas características químico-estruturais; Espectroscopia de emissão de fluorescência; Influência do solvente na fluorescência; FLUORESCÊNCIA DO PIRENO; EXPERIMENTAÇÃO EM FÍSICO-QUÍMICA; Como objetivo geral propõe um novo experimento didáticopedagógico envolvendo a espectroscopia de emissão de fluorescência do pireno e sua utilização para determinação de um parâmetro empírico de polaridade de solventes...

Caracterização físico-química e molecular de genótipos de maracujá azedo cultivados no Distrito Federal

Greco, Sther Maria Lenza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
66.34%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2014.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: capítulos 2,3,4 e 5.; Na fruticultura nacional, algumas frutas lançam o Brasil à posição de grande produtor mundial, destacando-se o maracujá. Entretanto, essa cultura ainda enfrenta problemas como carência de materiais genéticos com alta produtividade, qualidade dos frutos, resistência a fitopatógenos e pequena longevidade da lavoura, em razão, principalmente, da falta de trabalhos de pesquisa nas diversas áreas do conhecimento e especialmente com melhoramento genético. Verifica-se, que a cultura do maracujazeiro necessita de trabalho contínuo de melhoramento genético, uma vez que, existe poucas cultivares disponíveis aos produtores brasileiros e a produtividade das mesmas ainda é considerada baixa. Neste trabalho, objetivou-se gerar informações moleculares, morfoagronômicas e de qualidade dos frutos de maracujá azedo. Para isso utilizou-se a caracterização molecular, físico-química e estimativa de parâmetros genéticos visando explorar mais eficientemente a variabilidade genética existente e assim auxiliar na escolha de progenitores para cruzamentos controlados. O experimento foi realizado na Fazenda Água Limpa (FAL) da Universidade de Brasília (UnB). Os ensaios de avaliação físico-química foram conduzidos segundo as normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz...

Caracterização microbiológica e físico-química de leite pasteurizado destinado ao programa do leite no Estado de Alagoas

Silva,Maria Cristina Delgado da; Silva,Juliana Vasconcelos Lyra da; Ramos,Alécia Cristinne Santos; Melo,Rossana de Oliveira; Oliveira,Juliana Omena
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.29%
Atualmente 17 mini usinas fazem parte do Programa do Leite no estado de Alagoas, e através de um convênio firmado entre o Laboratório de Microbiologia de Alimentos da Universidade Federal de Alagoas e a Cooperativa de Laticínio de Alagoas - CPLA para monitorar a qualidade microbiológica e físico-química de leite pasteurizado tipo C, foram analisadas 348 amostras deste produto e avaliadas quanto à contagem de coliformes a 35 e 45 °C, quanto a bactérias aeróbias mesófilas, bactérias psicrotróficas e pesquisa de Salmonella sp., segundo metodologia convencional proposta pela Instrução Normativa nº 62/2003 do MAPA. Os parâmetros físico-químicos (acidez titulável em graus Dornic, estabilidade ao álcool, densidade a 15 °C, índice crioscópico, teor de gordura, extrato seco desengordurado e teor de proteína) foram avaliados segundo metodologia convencional recomendada pelo Instituto Adolfo Lutz. As análises de gordura, proteína e extrato seco desengordurado foram realizadas utilizando o aparelho Ekomilk, conforme recomendação do fabricante. De acordo com os resultados obtidos, 134 (38,5%) e 159 (45,7%) amostras apresentaram-se dentro dos padrões microbiológicos e físico-químicos, respectivamente, segundo a legislação em vigor. Salmonella sp. não foi detectada nas amostras analisadas. Recomenda-se a implantação de programas de boas práticas de fabricação e análise de perigos e pontos críticos de controle para assegurar a inocuidade deste produto.

Caracterização físico-química de méis de Apis mellifera L. da região noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

Welke,Juliane Elisa; Reginatto,Sabrina; Ferreira,Débora; Vicenzi,Raul; Soares,José Maria
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
66.29%
O objetivo deste trabalho foi determinar a composição físico-química de méis de Apis mellifera L. produzidos em dois anos consecutivos na região noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. As características físico-químicas de 36 amostras de mel foram comparadas utilizando o teste T de Student e a adequação aos padrões da legislação brasileira da qualidade do mel foi verificada. Os resultados das análises dos méis variaram para as características analisadas conforme segue: pH (3,3-4,4), umidade (14,7-19,8%), acidez total (16,9-49,2meq kg-1), hidroximetilfurfural (0,15-48,3mg kg-1), açúcares redutores (60,1-75,9%), açúcares não-redutores (1,35-5,99%), cinzas (0,05-0,47%) e sólidos insolúveis (0,016-0,27g kg-1). A análise estatística das amostras de mel produzidas em dois anos consecutivos mostrou que houve diferença significativa na umidade, na acidez e na hidroximetilfurfural. Os méis produzidos nesta região apresentam boa qualidade e características físico-químicas compatíveis aos padrões da legislação brasileira.

Avaliação físico-química e sensorial de fermentado de acerola

Segtowick,Edilene Cléa Dos Santos; Brunelli,Luciana Trevisan; Venturini Filho,Waldemar Gastoni
Fonte: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL Publicador: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.32%
O processamento de frutas para a obtenção de bebidas é uma forma de agregar valor a essa matéria-prima e remunerar melhor o produtor rural por meio do aumento de demanda. Tendo essa ideia como premissa, o objetivo deste trabalho foi produzir fermentados de acerola e caracterizá-los físico-química e sensorialmente. A produção das bebidas foi baseada na legislação brasileira de fermentado de fruta e de vinho. Os fermentados foram produzidos a partir de suco (prensa) e polpa (despolpadora) de acerola, e adoçados com açúcar para a obtenção de três tipos de bebidas: seco, meio seco e suave. As bebidas foram analisadas físico-quimicamente quanto a pH, teor alcoólico, açúcar redutor, açúcar redutor total, acidez total, acidez volátil, acidez fixa, extrato seco, extrato seco reduzido, relação álcool/extrato seco reduzido, dióxido de enxofre livre, dióxido de enxofre total e turbidez. A análise sensorial das bebidas foi feita pelo teste de escala hedônica estruturada de nove pontos, sendo considerados aparência, odor, sabor e avaliação global. Os resultados das análises físico-químicas e sensorial foram submetidos à análise de variância e as médias foram comparadas pelo teste de Tukey (significância de 5%). Tanto as matérias-primas (suco e polpa) como as diferentes concentrações de açúcar (seco...

Avaliação da qualidade físico-química da carne bovina proveniente de cruzamento entre raças adaptadas e não adaptadas.

PINHEIRO, M. B.; TULLIO, R. R.; WADA, T. C.; TOFFANI, P. R. P.; FERREIRA, A. U. de C.
Fonte: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010. Publicador: In: JORNADA CIENTÍFICA - EMBRAPA SÃO CARLOS, 2., 2010, São Carlos, SP. Anais... São Carlos: Embrapa Instrumentação Agropecuária: Embrapa Pecuária Sudeste, 2010.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.3%
A agropecuária brasileira tem grande importância econômica no país e a pecuária bovina tem grande influência nesse quadro, pois o Brasil é o maior exportador mundial de carne bovina. Dessa maneira, os mercados consumidores mundiais visam à qualidade de tal alimento. Em específico, no caso da carne, os atributos qualitativos mais observados são a palatabilidade (maciez, textura, sabor e suculência) e a aparência (cor, firmeza e marmorização), sendo estes observados através de características físico-química obtidas no músculo . Assim, o objetivo desse trabalho foi avaliar a qualidade físico-química de carne bovina de animais provenientes de diferentes cruzamentos entre mães ½ Angus + ½ Nelore e ½ Simental + ½ Nelore, cruzadas com touros das raças Angus e Wagyu. As análises foram realizadas no Laboratório de Qualidade da Carne da Embrapa Pecuária Sudeste. Foram determinados o pH, a capacidade de retenção de água, a perda por cocção, a cor e a força de cisalhamento. O pH foi medido na porção muscular do bife com um medidor digital. As determinações de cor da carne e da gordura foram realizadas com colorímetro portátil, em diferentes porções do bife. Foram avaliadas: a luminosidade (L*); a intensidade da cor vermelha (a*); e a intensidade da cor amarela (b*). A capacidade de retenção de água foi obtida por diferença entre os pesos de uma amostra de carne...

Obtenção e caracterização física, química e físico-química de liquor de cupuaçu e de cacau.

COHEN, K. de O.; JACKIX, M. de N. H.
Fonte: Brazilian Journal of Food Technology, v. 7, n. 1, p. 57-67, jan./jun. 2004. Publicador: Brazilian Journal of Food Technology, v. 7, n. 1, p. 57-67, jan./jun. 2004.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.29%
De sementes fermentadas e secas de cupuaçu (Theobroma grandiflorum Schum.) pode-se produzir um produto semelhante ao liquor de cacau, denominado liquor de cupuaçu, que pode ser usado como ingrediente na elaboração de produtos análogos ao chocolate, bolos, biscoitos e sorvetes. Embora o liquor de cupuaçu apresente grande potencial na ndústria alimentícia, há escassez de informações na literatura sobre as suas características em geral. Portanto, neste trabalho, realizou-se o estudo de processo de obtenção e caracterização física, química e físico-química do liquor de cupuaçu, fazendo-se análise comparativa com o iquor de cacau. Para a produção das amostras de liquor, as sementes de cupuaçu e de cacau foram fermentadas e secas, sendo quebradas em moinhos de facas para a obtenção dos nibs, os quais foram torrados a 150ºC por 40min, moídos e refinados, produzindo-se as amostras de liquor de cupuaçu (LCU) e de cacau (LCA), respectivamente. A metodologia desenvolvida para a produção de liquor mostrou-se apropriada para as amostras LCU e LCA. A LCU apresentou teor de gordura (65,77%) significativamente superior ao de LCA (54,20%), conseqüentemente, seu valor calórico também foi maior . No entanto, o LCA obteve maiores teores de proteínas (12...

Caracterização físico-química, reológica e sensorial de iogurte obtido pela mistura dos leites bubalino e caprino

Bezerra, Maria de Fátima
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Milk from different animals can be used for dairy production. Yoghurt is a popular fermented milk product and considered to be one of the greatest importance in terms of consumer acceptance and consumption. The present research deals with the production of strawberry set-type yoghurt by mixing goat and buffalo s milk and it has the objective of taking advantage of the intrinsic characteristics of each milk to produce a final product with desirable attributes. It was conducted by analyzing five experimental groups with different proportions of goat and buffalo s milk: C 100% goat s milk; 7C3B - 70% goat s milk and 30% buffalo s milk, 5C5B - 50% goat s milk and 50% buffalo s milk, 3C7B 30% goat s milk and 70% buffalo s milk; B - 100% buffalo s milk. Each group was evaluated for total solids content and the acidification profile was monitored every 30 minutes by pH analysis. The yoghurt samples were analyzed for physical-chemical (pH, acidity, protein, fat, total and reducing sugars, ash and total solids), rheological (syneresis and viscosity) and sensory characteristics (appearance, odor, consistency and flavour). Samples with higher percentual of bubaline milk reached Vm faster, but the time necessary for pH 4.6 (Te) were similar between groups. Statistical differences (p<0.05) were observed for fat and total solids content of yoghurt...

Avaliação físico-química e funcional da algaroba prosopis juliflora proveniente da mesorregião agreste do Rio Grande do Norte; Physical-chemical and functional evaluation of algaroba (Prosopis juliflora) from Rio Grande do Norte s semi arid

Oliveira, Natalia de Freitas
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química; Pesquisa e Desenvolvimento de Tecnologias Regionais
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.29%
Algaroba (Prosopis juliflora) is a typical legume from arid and semi arid regions, which is composed by sugar-rich pods and high protein seeds. Phenolic compounds are secondary metabolites recognized as potent bioactive compounds, found in several vegetables.Therefore, the objective of this work is to characterize the algaroba flour in terms of its physicalchemical composition, total phenolic content, antioxidant activity by DPPH and ABTS methods, a-amylase and a-glycosidase inhibition, as well as to analyze its organic compounds by high performance liquid chromatography (HPLC). Three experimental groups were investigated (seeds, seeds and pod together and only pod), which were prepared by oven drying and posterior grinding. Water and ethanol extracts (70, 80, 100% v/v) were prepared and used for functional studies. Organic compounds were detected by using HPLC equipment coupled to mass spectrometer. Results show important physical-chemical differences among the experimental groups, seeds, seeds and pod together and only pod. The algarroba seed flour is high in protein (49.49%) and fat (3.10%), while the pod flour is especially rich in sugar (60.3% to 67.9%). Algaroba phenolics are concentrated in pod flour, mainly in water extracts (1.30 mg GAEQ/100g sample). All seed extracts showed high DPPH activity and maximum antioxidant activity was registered for ethanol 80% extracts (19.81 μM Trolox/g sample). The ABTS activity ranged from 9.73 to 12.74 μM Trolox/g sample. Nearly all the extracts were able to inhibit α-amylase activity mildly (30.50% to 48.80%)...

Obtenção e Caracterização Físico-Química do Sistema Compósito PEG-TiO2

Maria, Roberta Patrícia Medeiros de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.31%
Hybrid systems formed from polymers and transition metals have now their physical and chemical properties extensively investigated for use in electronic devices. In this work, Titanium Dioxide (TiO2) from the precursor of titanium tetrabutoxide and the composite system Poly(Ethylene Glycol)-Titanium Dioxide (TiO2-PEG) were synthesized by sol-gel method. The PEG as acquired and TiO2 and composites powders were analyzed by X-Ray Diffraction (XRD), Spectroscopy in the Infrared region with Fourier transform (IRFT), Thermogravimetric Analysis (TGA), Scanning Electron Microscopy (SEM) and Electrochemical Impedance Spectroscopy (EIS). In the XRD analysis were observed in the TiO2 crystal faces of one of its polymorphs - anatase phase, crystal planes in Poly (Ethylene Glycol) with considerable intensity and in the composite systems the mixture of crystal faces of their precursors isolated and reduction of crystallinity. The TG / DTG suggested increasing the thermal instability of PEG in the composite powders as TiO2 is incorporated into the system. Spectral analysis presented in the infrared overlapping bands for the polymer and metal oxide, reducing the intensity of symmetric stretching of ligand groups in the main chain polymer and angular deformations; were observed using SEM micrographs of the morphological changes suffered by composite systems with the variation of the oxide concentration. Analyses by impedance spectroscopy indicated that the increased conductivity in composite occurs in line with the addition of the metal oxide concentration in the composite system; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior; Sistemas híbridos formados a partir de polímeros e metais de transição atualmente têm suas propriedades físicas e químicas extensivamente investigadas para aplicação em dispositivos eletrônicos. Neste trabalho...

Avaliação da qualidade físico-química e sensorial de frutas durante o armazenamento e comercialização

Soares, Andreia Catarina Azevedo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.43%
O comerciante tem por objetivo proporcionar um melhor produto ao consumidor para que este fique satisfeito com a compra. No caso das frutas, relacionar os parâmetros físico-químicos de teor de sólidos solúveis, dureza, acidez titulável e índice de maturação, com a análise sensorial de um painel de consumidores não treinados poderá ser uma ferramenta importante no melhoramento da qualidade do produto. A Empresa atua na área de comércio a retalho e pretende oferecer os melhores produtos aos seus consumidores, baseando-se em critérios de qualidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar a relação entre os parâmetros físico-químicos e sensoriais de frutas disponíveis no entreposto da Empresa, com o intuito de averiguar se os critérios de qualidade definidos por esta são satisfatórios para o consumidor. Neste estudo foram consideradas sete frutas de diferentes variedades (abacaxi Sweet Gold, laranja Newhall, clementina Nules e Fremont, maçã Royal Gala, Golden Delicious e Starking, pera Rocha, manga Tommy Atkins e Kent, uva Red Globe e tomate Longa Vida), para avaliação dos parâmetros físico-químicos de teor de sólidos solúveis (TSS), dureza, acidez e índice de maturação (IM), e os parâmetros sensoriais. Os dados físico-químicos e sensoriais foram correlacionados pelo teste de correlação de Spearman. Os resultados mostraram correlações significativas para o abacaxi...

AVALIAÇÃO MICROBIOLÓGICA E FÍSICO-QUÍMICA DE DOCE DE LEITE E REQUEIJÃO PRODUZIDOS COM LEITE DE BUFÁLA NA ILHA DO MARAJÓ- PA

SOUSA, CONSUELO L.; NEVES, ELISA CRISTINA A.; CARNEIRO, CÉSAR AUGUSTO A.; DE FARIAS, JOVANA B.; PEIXOTO, MARIA REGINA S.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Avaliou-se a qualidade microbiológica e físico-química de doces de leite e requeijões produzidos, na Ilha do Marajó – PA (Brasil), com leite de búfala. Não foi detectada a presença de Salmonellas e Staph ylococcus aureus nas amostras dos produtos analisados e os resultados obtidos para contagem de bactérias mesófilas e bolores e leveduras para o doce de leite demonstraram boas condições higiênicosanitárias do produto. Porém, 28,60% das amostras de requeijão apresentaram condições higiênico-sanitárias insatisfatórias, sendo 14,26% consideradas impróprias para o consumo humano. Na caracterização físico-química, 83,34% das amostras de doce de leite apresentaram teores de gordura superiores ao padrão (6,0 a 9,0%) e uma amostra mostrou-se acima do limite permitido (máx. 30%) para umidade. Verificou-se que 100% das amostras de requeijão apresentaram teores de proteínas (mín. 5%) e umidade (máx. 60%) de acordo com os padrões e apenas 14,86% enquadraram-se no padrão para gordura no extrato seco total (45 a 54,9%). Esses resultados sugerem que o requeijão de leite de búfala pode estar sendo produzido a partir de matérias-primas de qualidade microbiológica inadequada ou o produto está sendo contaminado durante a produção...

Avaliação físico-química e microbiológica do leite UHT comercializado em três países do Mercosul (Brasil, Argentina e Paraguai)

Luiz,Domareski Jackson; Simões,Bandiera Nataly; Tamostu,Sato Rafael; Casale,Aragon-Alegro Lina; Walter de,Santana Elsa Helena
Fonte: Sociedad Latinoamericana de Nutrición Publicador: Sociedad Latinoamericana de Nutrición
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
66.3%
Com o objetivo de avaliar a qualidade físico-química e microbiológica do leite UHT comercializado em três países do Mercosul, as amostras de 04 marcas diferentes vendidas nas cidades de Foz do Iguaçu (Brasil), de Puerto Iguazú (Argentina) e de Ciudad del Este (Paraguai) foram submetidas a determinação de matéria gorda, acidez, estabilidade ao etanol 68%, 72%, 76% e 80%, extrato seco total e extrato seco desengordurado, pH, densidade e crioscopia, além da contagem de microrganismos mesófilos e psicrotróficos. Na avaliação físico-química do leite UHT conclui-se que um número significativo de amostras apresentou-se fora dos padrões de qualidade para gordura, extrato seco desengordurado, densidade e crioscopia; os leites analisados exibiram resistência (estabilidade) ao etanol a 68%, salvo uma das marcas do Brasil; médias de valores de pH estavam adequados para as marcas de leite do Brasil, e valores elevados nas marcas de leite do Paraguai. Quanto aos resultados das análises microbiológicas, 37,5% das amostras do Brasil, 62,5 % das amostras da Argentina e 12,5% das amostras do Paraguai apresentaram valores acima dos valores limites para microrganismos mesófilos. Quanto às análises de psicrotróficos, 50% das amostras do Brasil e da Argentina...